Revista Olympico Club - Edição 31

 

Embed or link this publication

Description

Março a Abril de 2017

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

2

[close]

p. 3

Taesa Revista do Olympico Club 3

[close]

p. 4

EXPEDIENTE EDITORIAL COM A PALAVRA GENTE DA GENTE NOSSO BAIRRO ESPORTE EVENTOS SOCIAIS PROGRAME-SE FIQUE POR DENTRO TORNEIOS INTERNOS BEM VIVER SAÚDE E BEM-ESTAR SUMÁRIO 07 08 09 10 12 24 31 32 35 36 37 www.olympico.com.br Olympico da Serra Olympico da Serra Olympicobh Acesse e fique por dentro das programações dos eventos sociais e esportivos. Rua Professor Estêvão Pinto, 735 Tel.: (31) 3073 9111 / (31) 3073 9112 CEP 30220-060 - Serra - Belo Horizonte-MG 4 10Pedimos Paz na Serra 18Além das quatro linhas Páscoa 26

[close]

p. 5

Basquete na escola Festa Junina 12 20 EXPEDIENTE DESTAQUES 17Lars Grael oficializa repasse dos recursos do Projeto Edital 6 PROJETO GRÁFICO/DIAGRAMAÇÃO Rafaella Thomé comunicacaovisual@olympico.com.br REdação Enedina Prates redacao@olympico.com.br COMERCIAL/MARKETING Rafaela Almeida rafaelamkt@olympico.com.br COMUNICAÇÃO E EVENTOS Anna Carolina Alves eventosenegocios@olympico.com.br REVISÃO Adelina Sette settacom@gmail.com FOTOGRAFIA Fernando Robert IMPRESSÃO Gráfica Del Rey Projetos Incentivados 22 A temperatura ideal 34 Torneio de Vôlei 35 Capa / Foto: Fernando Robert Comentários sobre esta edição, sugestões e outras contribuições serão bemvindas. Canal aberto com o associado para responder as principais dúvidas, ouvir críticas e registrar elogios e sugestões: e-mkt@olympico.com.br 31 3073 9122 Revista do Olympico Club 5

[close]

p. 6

EXPEDIENTE Fundado em 04 de fevereiro de 1940, tendo como Presidente de honra Juscelino Kubitschek de Oliveira, o Olympico foi o segundo Clube esportivo e social a se instalar em Belo Horizonte, originado de um sonho em comum de um grupo de jovens. Os chamados “onze meninos”, como são conhecidos seus fundadores, não possuíam maioridade jurídica na época e, portanto, tiveram que contar com o apoio de pessoas adultas para construir a primeira quadra na casa da família Magalhães Pinto. Foram eles: Roberto de Magalhães Pinto, João Câncio Fernandes Filho, Renato de Magalhães Pinto, Rogério de Magalhães Pinto, Mauro Ferreira, Antônio Carlos Rezende Garcia, Alberto Soares Teixeira, Luciano Passini, Camil Caram, Gil Guatimosim e José Vieira. O Clube, localizado entre as montanhas, em uma maravilhosa área onde, contrário à regra, rejuvenesce a cada dia, preservando o lazer, amizade, família e o desenvolvimento esportivo de crianças e jovens. Venda de Cota Informamos que, desde 20/12/2013, o valor da cota do Olympico foi reajustada para: - R$ 10.000,00 (dez mil reais) para pagamento em 10 vezes (entrada, mais 9 parcelas de R$ 1.000,00). - R$ 9.000,00 (nove mil reais) para pagamento à vista. - Taxa de transferência para terceiros: 14 (quatorze) taxas de condomínio atuais. 6 DIRETORIA EXECUTIVA Presidente: Nismar Alves dos Reis Vice-presidente Administrativo: Daniel de Oliveira Cardozo Vice-presidente Financeiro: Valter Francisco da Silva Vice-presidente de Esportes: Cristóvão Eyer Cabral Vice-presidente Social: Walney José de Almeida DIRETORIA SOCIAL/ESPORTES Diretor Esporte Recreativo: Matheus Jorge Rodrigues Neto Diretor de Futsal Recreativo: Rossano Farah Diretor de Peteca: Vinicius Antonini Diretor de Sinuca: José Sílvio Abras Diretor de Squash: Daniel de Oliveira Cardozo Diretor de Tênis: Sávio Luís Toledo Diretora do Projeto Bem Viver: Maria do Carmo Bréscia F. Diretor de Basquete: Flávio Rezende Magalhães Diretor de Futsal: Walfrido Garcia B. Filho Diretora de Voleibol Feminino: Isabel M. Teodoro Meninconi Diretor de Voleibol Masculino: Leopoldo Pires de Castro Diretor de Natação: Iwens Marinho COMISSÃO FISCAL EFETIVA Daniel Lopes Garcia Glauco Naves Corrêa Jair Eustáquio Ferreira Maia COMISSÃO FISCAL SUPLENTE Ruy Gomes da Silva Filho Rodrigo Teixeira Magalhães Eduardo Antônio Pinto Campelo PRESIDENTE DO CONSELHO Paulo Martins S. F. Bomfim CONSELHO EFETIVO Ângelo Alberto Maestrini Antônio Chaves Fernandes Antônio de Pádua Felga Fialho Antônio Pinheiro de Almeida Breno Moreira Montoni Carlos Alberto Silva Barros Cláudia Mara Gonçalves Fonseca Cláudio Silva de Mello DIRETORIA BIÊNIO 2017/2018 Daniel de Almeida Barra Ewerton Andrade Félix Felipe Bastos Barros Gustavo Dias e Sarmento Helton de Oliveira Henrique Murta Barros Ignácio de Loyola Eyer Cabral João Carlos Guimarães João Eduardo Delmaestro Valim João Penna Martins Vieira José Carlos Antunes José Expedito Ferreira Luiz Augusto Duarte Perdigão Marcelo de Oliveira Bernardes Marcelo Pereira Camilo Marcus Vinicius Hudson Nascimento Maurício Zuquim Macedo Paulo Beltrão da Cunha Paulo César Eterovik Baranda Paulo César Seabra Gomes Paulo Tarciano Neves Campos Pedro Rocha Galvão Júnior Ricardo Siqueira Campos Rodrigo Cezar de Freitas Rogério Luiz Lemos Carneiro Rômulo Ferolla Rômulo Rocha Mesquita Ruben Marques Fraga Júnior Sônia Maria Monteiro Thomaz de Aquino Pimenta Walney José de Almeida CONSELHO SUPLENTE Cristóvão Eyer Cabral Daniel de Oliveira Cardozo Fábio Augusto Gentil Buarque Flávia Maria de Araújo Lamounier Flávio Rezende Magalhães Gabriel Gelape Marques Helton Brant Aleixo Filho Jorge Suman Vieira Leonardo Mourão Cardoso Lucas Grossi Torres Luiz Carlos de Carvalho Manoel Mendes dos Santos Neto Marcelo Augusto Avelar Fonseca Onésio Luiz de Castro Araújo Renata Keile Fabreti de Oliveira Rossano Américo Farah Valter Francisco da Silva Vinicius Drummond Martins Vinicius Marco Antônio Antonini Waldiney José de Almeida CONSELHEIROS NATOS Gecenir Colen Hélcio Nunan Macedo Júlio César Pereira de Andrade Luiz Carlos Bemfica Cotta Santos Sebastião Ferreira da Luz

[close]

p. 7

PALAVRA DO PRESIDENTE EDITORIAL Nismar Alves dos Reis Presidente Nascido em Belo Horizonte MG, graduado como Engenheiro Civil pela PUC Minas em 1977, proprietário da N. A. Reis Engenharia Ltda, desde 1980. Con- “selheiro Nato do Olympico Club. Aos nossos atletas que iniciaram recentemente a temporada de Campeonatos Estaduais e Metropolitanos, desejo que vistam a camisa do Olympico com garra, determinação e ”respeito. Foto: Fernando Robert Prezados Associados, É com enorme prazer que anuncio sobre a realização de mais uma edição do Arraiá do Olympico Club. Estamos preparando uma linda festa com grandes atrações. Para mim, é um orgulho receber a Banda Blitz, transcendendo os anos e sendo um grande sucesso desde a década de 80. Teremos também os shows da dupla Rick e Ricardo e da banda Trem dos Onze. A realização deste evento é, para mim, a consolidação da nossa festa no calendário da cidade. Tudo que acontece em nosso Clube é pensado e realizado com exclusivo intuito de privilegiar nossos sócios. No mês de maio, passaremos por uma reformulação no restaurante central e uma nova administração assumirá o comando do local. A mudança prevê diversos benefícios, entre eles, novo cardápio gourmet assinado por um Chef de cozinha e a reativação do quiosque localizado próximo à piscina recreativa, aos finais de semana. Aproveito esta edição para parabenizar todas as mães do Olympico. Que o reconhecimento pelas mulheres guerreiras, batalhadoras e especiais, não aconteça apenas um dia durante o ano, mas sim, todos os dias. Aos nossos atletas que iniciaram recentemente a temporada de Campeonatos Estaduais e Metropolitanos, desejo que vistam a camisa do Olympico com garra, determinação e respeito. Confiem no trabalho do departamento de Esportes e sigam em frente. Boa sorte! Que venham títulos! Grande abraço! Nismar Alves dos Reis Revista do Olympico Club 7

[close]

p. 8

COM A PALAVRA Fotos: Enedina Prates Fala diretor novos diretores “Começo agora minha jornada como diretor de Natação do Olympico, Clube este em que fui atleta da modalidade por dez anos. Minha história começou aqui, em 1982, quando fui matriculado na escolinha de Natação, com a saudosa Darcy que me ensinou a nadar. O intuito inicial de tratar uma bronquite foi substituído, três anos mais tarde, pela emoção das competições, quando entrei para a Pré-equipe com a Wânia e, daí, não parei mais. Passei por todos da minha época, Adilson, Marco Aurélio, Jair Coelho e o Guido, com quem obtive meus melhores resultados. Na única modalidade individual do Clube, aprendi a ter disciplina, foco e muita auto- confiança, pois no momento da partida do árbitro, o nadador está sozinho na água e o resultado é exclusivamente fruto do seu trabalho e dedicação. Claro que por trás desses resultados tem todo o trabalho com seu treinador que, por muitas vezes, faz o papel de um pai, toda equipe técnica e os colegas de equipe, verdadeira família. Fico muito honrado em ter recebido este convite e poder, de alguma forma, buscar sempre o melhor para os nossos atletas e para a comissão técnica. Fico ainda mais feliz e motivado por entrar em um período promissor, com vários projetos aprova- dos e patrocinadores apoiando o nosso esporte. Contamos com Roberto e Leandro, dois técnicos de altíssimo nível, Maísa, auxiliar técnica e toda uma equipe de base para dar suporte ao nosso time. Comprometo-me a buscar, intensamente, apoio e melhorias para nossa equipe. Agradeço muito ao Nismar e ao Cristóvão por esta Iwens marinho diretor de natação oportunidade e espero retribuir à altura, ajudando a elevar ainda mais o nome da nossa Natação e do nosso querido Olympico. Um abraço a todos e nos vemos nas piscinas. ”Prezados associados, é com grande prazer que me dirijo a vocês para uma breve “apresentação. Minha história com o Esporte teve início no Samarkam Clube, em 1976, localizado na região da Pampulha, onde fui sócio por cerca de 15 anos. Lá, participei como jogador de Futebol nas peladas de sábado e domingo. Da pelada, me converti para a Peteca e me tornei assíduo na modalidade. Jogando praticamente todos os dias, revezava-me entre as quadras do Samarkam Clube e do Minas Tênis Clube. Em 1988, tomei frente da Peteca no Samarkam. Começava, ali, minha trajetória como diretor de Peteca. Promovi vários torneios de caráter interno, sempre com a presença de bons petequeiros e convidávamos sempre os melhores no âmbito mineiro. Infelizmente, o Samarkam foi vendido para uma construtora, mas ficaram boas lembranças da minha participação. Após o fechamento do Samarkam, me vi sem Clube e em busca de um novo local para jogar minha Peteca. Escolhi dar continuidade no Olympico. Muitos fatores me influenciaram, entre eles meus amigos Walney (Major), Francisco (Chico), Wagner e o saudoso Biu, sem contar a proximidade com o Olympico. Ao integrar-me com o pessoal da Peteca, me tornei participativo em quadra e, neste ano de 2017, tive a honra de ser indicado para diretor de Peteca do Tricolor da Serra, cargo esse que assumi com orgulho. Pretendo uma integração total dos petequeiros e a realização de torneios externos, com intuito de integrar-nos também com os demais Clubes da cidade. Desejo que a ala Feminina do Clube se torne mais participativa. Convido homens e mulheres para compartilhar conosco de momentos de descontração. Aproveito a oportunidade para convidar para o nosso Torneio Interno, que acontecerá de 20 de maio a 24 Vinícius antonini ”de junho. As inscrições podem ser feitas na Secretaria do Clube ou comigo, pelo e-mail: vinicius@vmasismo.com.br. Obrigado pela recepção. Conto com o apoio de todos e me coloco à disposição. Abraços! 8 diretor de peteca

[close]

p. 9

GENTE DA GENTE Sócia do Olympico é professora de arte japonesa Gostar de flores e da natureza é indispensável para começar o curso Ikebana é a arte de montar arranjos de flores com base em regras e simbolismo pré-estabelecidos. E é com esse método que a sócia Gretia Novaes trabalha, há cerca de 20 anos. Ikebana são arranjos florais utilizados como oferenda religiosa ou decoração, o termo em japonês significa dar vida às flores. O Ikebana teve origem na Índia, onde os religiosos faziam grandes decorações para o altar de Buda, porém foram os japoneses que tornaram a prática conhecida e estenderam-na até o Ocidente. Os arranjos são sempre compostos por todos os tipos de folhas, flores, ramos e, segundo os japoneses, a prática da Ikebana como arte com suas regras e fundamentos traz para o artista uma paz interior muito grande. De acordo com Gretia, os arranjos de Ikebana podem influenciar e orientar para o bem viver da humanidade: “Ao fazermos um arranjo floral, estamos realçando ainda mais a beleza da flor de modo que ela possa ampliar sua missão. Dessa forma, a flor pode ir embelezando e influenciando positivamente o ambiente”, disse a professora. A Ikebana possui diversas vertentes conhecidas como escolas. A preferida de Gretia é a Escola Ikenobo: “Ikenobo considera o botão de uma flor o mais bonito, porque em seu bojo encontra-se a energia da vida que se abre para o futuro. É como um poema ou pintura feita de flores, o Ikebana da Escola Ikenobo expressa a natureza de modo realista”. Gostou e quer saber um pouco mais sobre a técnica? No Dia das Mães (14 de maio), a sócia Gretia realizará um Workshop de Ikebana, usando o método da Escola Ikenobo. Para participar, basta realizar inscrição na Secretaria do Clube, à Rua Professor Estêvão Pinto, 735 - Serra. Fotos:Arquivo Gretia Novaes Revista do Olympico Club 9

[close]

p. 10

nosso bairro Cercada pela Serra do Curral, que serve de moldura natural, a região do bairro Serra foi a porta de entrada para o crescimento da região Centro-sul de Belo Horizonte. A maior ocupação do bairro teve como impulso a construção do Colégio Sagrado Coração de Maria, inaugurado em 1930, com o nome Sacré Coeur de Marie e do nosso querido Olympico Club, em 1940. Por ser um bairro próximo ao centro de Beagá, a Serra abriga prédios comerciais, mas grande parte da população é residencial. O crescimento do bairro tem gerado uma crescente na violência. A violência em toda sua plenitude tem envolvido grande parte da sociedade mundial. Em Belo Horizonte, ela tem feito milhares de vítimas. Funcionários do Tricolor da Serra são assaltados na região, constantemente. Outros casos, muitas vezes, acontecem sem explicação plausível, como a morte do sócio Matheus Silveira Lemos, 18 anos, no dia 5 de março, assassinado a tiros a dois quarteirões de sua casa, enquanto comia um sanduíche com um amigo na proximidade da lanchonete. “Desde pequeno, nosso filho foi muito alegre. No Olympico Club, se divertia e foi muito feliz. Era chamado de “morcego”, porque sempre aparecia de repente e acertava quase todas as cestas de Basquete. Sobrevivemos numa era de violência desmedida. Não queremos que nosso filho seja mais um nas cruéis estatísticas. Precisamos que a perda do nosso amado Matheus contribua para mudar essa situação insuportável, de enorme violência urbana e de homicídios de tantos jovens”, disse a sócia Adriana Silveira, mãe de Matheus, em um trecho da carta publicada em suas redes sociais em que pede paz na sociedade. Confira a carta na integra em nosso site www.olympico.com. br. Pedimos PAZ na Serra! A SERRA PEDE Foto: Arquivo pessoal Adriana Lemos Foto: Pietro (www.skyscrapercity.com) Matheus em sua primeira carteirinha de sócio do Olympico Club e, ao lado, já na adolescência. 10 No dia 11/03, mais de 100 jovens se reuniram no ato Matheus pela Paz, pedindo paz e justiça.

[close]

p. 11

NOSSO BAIRRO PAZ A diretoria do Olympico Club se preocupa com os quadros de violência e se mantém firme em busca de uma sociedade mais justa por meio do Esporte. “Esperamos que notícias que envolvem violência em nossa região não aconteçam mais. Prezamos por trabalhos que envolvam pessoas da comunidade. Ofertamos aos nossos atletas palestras sobre diversos assuntos, com intuito de formação de caráter. Buscamos igualdade social e não vamos desistir de um mundo melhor”, disse Walney Almeida, vice-presidente Social do Olympico. Confira as dicas da Polícia Militar de Minas Gerais para promover a paz social: • Comunique-se com seu vizinho durante a sua ausência, ele é sua segurança mais próxima. Procure formar uma rede de vigilância comunitária para que haja uma observação mútua de residências. Tenha sempre bastante atenção ao entrar e sair de casa. • Dispositivos eletrônicos de segurança, como alarmes, portões eletrônicos e sistemas de comunicação como telefone, rádio, etc., são bons inibidores da ação de criminosos. • Evite colocar cadeados do lado de fora do portão. Isso poderá denunciar a saída dos moradores. • Evite deixar escadas e outros objetos no quintal que facilitem o acesso à residência. Quando ocupar uma casa nova, troque as fechaduras. Peça um exame cuidadoso do aspecto físico do seu imóvel e procure melhorar a segurança dos pontos que você achar vulneráveis. • Evite carregar muitos pacotes ou sacolas, para não ter as duas mãos ocupadas. Se notar que está sendo seguido, atravesse a rua ou entre em um local movimentado e acione a Polícia Militar pelo telefone 190. • Em caso de assalto, não reaja. Mantenha a calma, guarde os traços físicos do assaltante. Não o enfrente, pois ele, geralmente, não atua sozinho. Acione a Polícia Militar imediatamente. • Procure caminhar no centro das calçadas e contra o sentido do trânsito. Assim, é mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito. • Prefira pagar com cheque ou cartão. Dessa forma, você não precisa levar grandes quantias em dinheiro. • Evite passar em ruas ou praças mal iluminadas e ermas, faça opção por locais iluminados e movimentados. • Se necessitar transportar bolsas com objetos pessoais de valor, coloque-os à frente do corpo para que tenha domínio sobre eles. Revista do Olympico Club 11

[close]

p. 12

Foto: Arquivo Pessoal André Tabuquini ESPORTE BASQUETE Basquete na escola A prática esportiva como instrumento educacional visa o estímulo integral das crianças e adolescentes, crescendo as competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social. Dessa forma, o Olympico tem criado canais de captação de atletas fora dos muros do Clube, com o pensamento no desenvolvimento do ser humano. Atualmente, o Projeto Social de Basquete atende 20 meninos de Escolas Públicas da região Centro-sul. “A ideia é colocar os meninos aqui dentro do Clube para poder contribuir na formação do cidadão e, automaticamente, vai surgir algum talento que ajudará em nossas categorias de base, a partir do Sub-13”, contou André. Liderado pelo treinador de Basquete, André Tabuquini, “Medina” e o estagiário Tales Beltrão, o Tricolor da Serra realizou no dia 10 de março, atividades de incentivo à prática esportiva na Escola Estadual Bueno Brandão, após convite da direção desta instituição de ensino. “Sempre vamos às escolas para captar crianças de 8 a 12 anos. Deixamos um bilhete contando sobre o projeto e aguardamos que os jovens procurem o Clube. No Bueno Brandão foi um pouco diferente, fizemos uma contrapartida a pedido da diretora, que nos convidou a conduzir uma atividade para todos os alunos da 5ª série. Nessa atividade, a cada duas turmas nós fazíamos 40 minutos de Basquete. Foi muito bacana,” conta Medina. Frutos de uma história do Basquete Alef César, João Augusto, Junio Duval e David Augusto se conheceram nas quadras do Tricolor da Serra, em meados dos anos 2000. Os anos se passaram e os jovens tomaram caminhos diferentes. Cinco anos depois, eles se reencontraram no Olympico, no dia 15 de março, para disputar a partida entre Contagem Towers x Botafogo, pela Liga Ouro de Basquete. Antes, defendendo a mesma camisa, atualmente, eles têm objetivos iguais, porém de lados opostos na busca da conquista da Liga que dá acesso ao NBB (Novo Basquete Brasil). Alef, João e Junio são jogadores do Contagem Towers, time recém-montado na cidade de Contagem e que fechou parceria com o Olympico para sediar seus jogos da Liga. David defende a camisa do Botafogo, time tradicional do Rio de Janeiro. O ala armador do Botafogo está longe do estado mineiro há algum tempo, o sotaque é prova de que as raízes cariocas estão começando a tomar espaço, porém, no coração, o amor pelo Olympico não será esquecido: “Tudo que eu sou, tudo que eu aprendi, foi aqui”, disse ele. Alef conquistou pelo Flamengo a LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete), considerada a principal competição de base do Basquetebol brasileiro, em 2013. O ex-atleta do Olympico se sente grato pela equipe da Serra e aos amigos que tem no Clube. “Perdi meu pai e voltei para casa. Estava sem Clube, o Flavinho (diretor de Basquete) e a Sofia (coordenadora de Esportes do Olympico) liberavam minha entrada e eu ficava aqui, treinando, batendo uma bola.” A história de sucesso dos garotos só foi possível por muita determinação. “É importante se dedicar, escutar as pessoas mais experientes, para dar um passo à frente. E aproveitar a estrutura e os profissionais que o Olympico oferece”, disse a mensagem de gratidão de João ao Clube, durante a entrevista. Como prova de um trabalho bem feito no Olympico, os atletas atuaram por equipes de ponta no país. Com passagem pelo Flamengo, Pinheiros e convocações para a Seleção Brasileira de Base, Duval se cobra e acredita que ainda faltam detalhes para ir além: “Preciso ter um pouco mais de leitura de jogo. Quero ser um atleta de alto nível”. Foto: Enedina Prates 12

[close]

p. 13

Foto: Arquivo Olympico Foto: Departamento de Esportes futsal Play nos campeonatos ESPORTE O Tricolor da Serra participa mais uma vez da Copa Minas Estadual de Futsal, nas categorias Sub-13, Sub-15 e Sub-17. A competição teve início no dia 3 de abril e segue até o mês de junho. Já o tradicional Campeonato Metropolitano também teve início no dia 27 de abril. Neste ano, o Olympico participa nas categorias Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub20 em parceria com a Prefeitura de Contagem. II Seminário Nacional de Futsal No dia 30 de março, o Olympico foi representado no II Seminário Nacional de Futsal pelo técnico Henrique Barcelos e a coordenadora de Esportes do Tricolor da Serra, Sofia Bicalho. A oficina foi uma iniciativa da Confederação Brasileira de Futebol de Salão - CBFS junto ao Ministério do Esporte, com o objetivo de contribuir para o crescimento do Futsal, aprimorando os gestores da modalidade no Brasil.O evento propôs uma programação com temas e atividades atualizadas sobre legislação, gestão, comunicação e cases em entidades esportivas com o que há de mais atual com foco na gestão. Sofia Bicalho, coordenadora de Esportes, destacou a importância de participar de conferências desse tipo: “O seminário foi importante para adquirir novos conhecimentos na área de gestão, principalmente a do Futsal, ao qual o seminário se referia. Além disso, foi importante para realizar uma troca de experiências entre os participantes. As palestras trouxeram o que há de mais novo em Marketing e gestão esportiva”. Revista do Olympico Club 13

[close]

p. 14

Foto: Federação Aquática Mineira - FAM ESPORTE I Metropolitano Mirim e Petiz 2017 A equipe Mirim e Petiz de Natação do Olympico Club competiu, no dia 25 de março, no Campeonato I Metropolitano Mirim e Petiz 2017, no Jaraguá Country Club. O torneio abriu a temporada 2017 para as categorias. “Entramos na competição com 18 atletas e conquistamos 39 medalhas, 9 de ouro, 22 de prata e 8 de bronze. Garantimos ótimos resultados e batemos várias marcas. Estamos em montagem do grupo e os atletas mostraram muita disposição e garra, demonstrando o que querem e que o trabalho começa a ser assimilado”, disse Leandro Murchd, técnico das equipes. Parabéns para as atletas que se destacaram nas provas. Ariana Martins Gomes levou 4 ouros para casa, Gabriela Carrato, 3 ouros e 1 prata e Maria Cecília Oliveira, 1 ouro e 2 pratas. natação Natação do Olympico inicia novo ciclo Os sócios apaixonados por Natação devem ficar atentos. A diretoria de Natação do Tricolor da Serra acabou de criar a Equipe Master. O recém-chegado à diretoria da modalidade, Iwens Marinho, aposta na categoria como possível fonte de medalhas. “Fui formado pelas categorias de base da Natação do Olympico. Em 2012, voltei a nadar na categoria Master, por outras equipes, já que o Olympico não possuía a classe. Mas, como sócio, sempre treinei no Clube e os encontros com ex-atletas e outros amantes da Natação foram inevitáveis. Assim, o interesse em criar nossa equipe foi aumentando e com o auxílio do Marzano, diretor de Natação na época, essa nova equipe do Olympico tornou-se realidade”, disse Iwens. A equipe Master compreende atletas a partir de 20 anos, divididos em grupos de 5 em 5 anos. Desta forma temos: Pré- master de 20 a 24 anos, de 25 a 29 anos, 30 a 34 anos, e assim por diante. Atualmente com quatro membros, a nova equipe participou do Circuito Mineiro e obteve importantes resultados individuais. O ano reserva muitas competições, entre elas já garantimos participação no Campeonato Mineiro de Inverno que será realizado no Olympico, no mês de junho e o Campeonato Mineiro de Verão que será realizado no Praia Clube, em Uberlândia, no mês de novembro. Iwens aproveitou a oportunidade para convidar outros sócios a integrarem o quadro de atletas. “Os interessados em fazer parte do nosso time podem entrar em contato comigo, Iwens (iwens@globo.com) ou com o Paulo (pauloecbueno@gmail. com), outro atleta Master que também está à frente da nossa equipe. Esperamos todos dentro d’água!” Fotos: Federação Aquática Mineira - FAM Eric, Iwens e Paulo já representam o Olympico na equipe Master. 14

[close]

p. 15

Foto: Departamento de Esportes ESPORTE vôlei masculino Federação Mineira de Voleibol reconhece apoio de parceiros No dia 11 de março, a Federação Mineira de Voleibol prestou homenagens aos incentivadores dos projetos aprovados pela Lei de Incentivo ao Esporte Minas Olímpica, que contemplaram os Campeonatos Estaduais Sub-14 e Sub-15 Femininos e Sub-15 e Sub-16 Masculinos, no ano de 2016. O momento solene aconteceu durante o jogo Sada Cruzeiro e Brasil Kirin que pertencia à última rodada da Superliga Masculina. O Projeto Campeonato Estadual Sub-14 e Sub-15 de Voleibol Feminino 2016 foi incentivado pela ArcelorMittal. A gerente de Esporte e Cultura da Fundação ArcelorMittal, Adriana do Carmo, recebeu um quadro das mãos das atletas do NEEV/Sada/DPA, que representaram as demais equipes participantes das duas categorias. Já o Projeto Campeonato Sub-15 e Sub-16 de Voleibol Masculino foi incentivado pelo Grupo Sada. A empresa foi representada por Laura Medioli e o diretor do Sada Cruzeiro, Flávio Pereira, que receberam o prestígio das mãos dos atletas Maycon Marques e Vanner Feliciano, da equipe Masculina de Vôlei Sub17 do Olympico Club e atletas do Cruzeiro E.C. O presidente da Federação Mineira de Voleibol, Tomás Mendes, reforça que essa homenagem abrange todos aqueles que acreditam e investem no esporte. “A FMV é muito grata a todos que investem no esporte e, principalmente, em nosso Voleibol. Os nossos incentivadores foram fundamentais para o sucesso desses torneios que aumentaram, consideravelmente, o número de equipes inscritas em 2016. Isso nos mostra o quanto podemos potencializar os Campeonatos Estaduais.” Olympico na Seleção Mineira A Federação Mineira de Voleibol - FMV divulgou em nota oficial, no dia 5 de abril, a convocação para compor a Seleção Mineira de Voleibol Masculina Sub-18, na qual constam o técnico do Olympico, Cássio Giovanni, para assumir o posto de assistente técnico, e o atleta Maycon Marques. Vale lembrar que Cássio é um dos beneficiados pelo Proje- to Edital 6 promovido pelo CBCf – Comitê Brasileiro de Clubes, que viabilizou a contratação via CLT de equipe multidisciplinar esportiva. Com muito orgulho, parabenizamos os convocados! Atleta descoberto pelo Olympico conquista espaço na Seleção Brasileira de Vôlei O central da equipe de Voleibol do São Bernardo, Wennder Carlos, visitou o Olympico na manhã do dia 13 de abril e treinou com a equipe Sub-21. Formado nas categorias de base do Tricolor da Serra, Wennder foi convocado para integrar a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei, na primeira lista do novo técnico da equipe, Renan Dal Zotto. A apresentação aconteceu no dia 23 de abril, no Centro de Desenvolvimento do Vôlei, em Saquarema. Parabéns! Estamos na torcida e com muito orgulho do seu crescimento. Foto: Enedina Prates Foto: Enedina Prates Revista do Olympico Club 15

[close]

Comments

no comments yet