Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

 

Embed or link this publication

Description

João Monlevade, 30 de Abril de 2017 - Edição Número 4.150

Popular Pages


p. 1

QUINTA E SEXTA 29 e 30 DE JUNHO - 2017 | R$ 1,00 O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.150 - Ano XIX - Fechamento: 18h00 www.bomdiaonline.com Ônibus da Saúde esquece pacientes em BH Página 3 Acom / CMSB Dupla tenta se esconder, mas é pega com grande quantidade de droga Divulgação FIM DOS RECESSOS Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovaram, por unanimidade, o fim do recesso parlamentar dos meses de julho e dezembro. O presidente da Casa, Juarez Camilo (PSDB) (foto), disse que a aprovação da mudança é benéfica e vai agilizar os trabalhos dentro do Legislativo. Página 4 Velório municipal continua rendendo polêmicas Arquivo BD Reinaugurado recentemente, velório é assunto semanal. Página 3 A PM localizou dentro de uma mochila cerca de sete quilos de maconha e um quilo de crack. Página 7

[close]

p. 2

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 2.opinião EXPEDIENTE BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Reportagem Kátia Passos • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com João Monlevade tem cultura? NO MEDIOPIRA da semana, tomo a liberdade de publicar um texto provocação da produtora Carla Lisboa. Carla é uma daquelas pessoas insistentes, pertinentes. Ela anda meio na contramão da cidade, pois o que a motiva a fazer arte e cultura não é o dinheiro, mas o amor. Ela é uma romântica incurável e como dizia o Vander Lee...românticos são poucos. Mas vamos ao ótimo texto da Carla. “Sabe o que é? Preciso contar uma coisa pra vocês: É que eu moro numa cidade “que não tem cultura”, sabe? Moro numa cidade que não tem nada pra fazer. Tem uma galerinha ai, “aquele povo do hip-hop”, que fazem batalhas de mc’s de 15 em 15 dias, lá na Praça do Povo, sabe? Mas eu não curto, “isso não é cultura”, “eu não gosto”. Inclusive ouvi dizer que na próxima sexta-feira, dia 30/06 vai rolar batalha lá, mas não vou não, tá muito frio e prefiro ficar em casa vendo séries no Netflix. A Casa de Cultura da cidade? Ah, lá não acontece nada... tem uma galera lá que “veste a camisa”, faz um corre danado pras coisas acontecerem... fi- quei sabendo inclusive que rola uns recitais lá todo mês também, com os alunos de violão e canto, e dizem as más línguas que você sai de lá com a alma lavada... mas também nem perco meu tempo indo prestigiar. Ficar no facebook reclamando que “aqui não tem nada pra fazer” é mais produtivo. Dá mais Ibope e ganho likes. Ontem uns conhecidos foram lá no Sindicato dos Metalúrgicos, que fica ali perto do DAE, bem no centro, pra prestigiar o ensaio aberto da Orquestra Big Band Funcec. E ai esses conhecidos me disseram que esses ensaios abertos (e gratuitos) rolam todo mês também. Ah, mas eu nunca fui também, sabe? Sair pra prestigiar um evento cultural em dia de segunda? E com esse frio? Esse povo tá doido?? Fim de semana teve encontro de motos aqui na cidade, no sábado, e no domingo teve Arraiá da UEMG na Praça do Povo, com show do Mike Santos, Dj Lucas Tavares e a turma da Casa de Cultura com o professor Guilherme, que também apresentou um projeto bacana que tá surgindo aí. E fiquei sabendo também que vai rolar a segunda edição do Festival de Inverno de João Monlevade, entre os dias 01 a 08 de julho, que a Prefeitura e Casa de Cultura tão organizando junto com uma galera animada ai do 7faces. Um monte de “coisa bacana e de graça”, mas não vai ter nenhum “artista conhecido”... então não vou também não. A UFOP também está trazendo Festival pra cá, entre os dias 13 e 15 de julho. Esse vai ter artista conhecido. Ouvi dizer que Tianastácia vai tocar na Praça do Povo, e vai rolar outras bandas “legais” também. Ah, mas sabe o que é... eu até queria ir, mas não vai ter nada “que eu curto”. Então se eu não gosto, não é cultura. E como já disse, ficar no face reclamando que aqui “não tem cultura e não tem nada pra fazer” dá mais likes! PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS Aviso de Licitação: PREGÃO PRESENCIAL Nº 39/2017 no dia 13/07/2017 às 14h. Objeto: Locação de veículos com condutores para transporte eventual. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações, Av.: Arthur da Costa e Silva, 70, Centro, de segunda à sexta-feira no horário de 7h às 11h e 13h às 17h. ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Bela Vista de Minas, 29 de junho de 2017. Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefax: (31) 3853-1271/1272. Wilber José de Souza – Prefeito Municipal. PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS PREGÃO PRESENCIAL Nº 38/2017 no dia 13/07/2017 às 09h. Objeto: aquisição de combustível. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações, Av.: Arthur da Costa e Silva, 70, Centro, de segunda à sexta-feira no horário de 7h às 11h e 13h às 17h. ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Bela Vista de Minas, 29 de junho de 2017. Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefax: (31) 3853-1271/1272. Wilber José de Souza – Prefeito Municipal. VAGA DE EMPREGO RCM CONTRATA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS (31) 3852-2031 (31) 3852-8696 Interessados enviar currículo para o e-mail pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Bairro Sion João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234

[close]

p. 3

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 3.cidade Pacientes são esquecidos pelo Ônibus da Saúde em BH e voltam para João Monlevade de carona João Monlevade - Dois pacientes de João Monlevade que foram a consultas médicas em Belo Horizonte tiveram uma surpresa nada agradável. Eles foram esquecidos na capital mineira pelo “Ônibus da Saúde” e voltaram para casa depois de uma carona no ônibus da prefeitura de Manhuaçu. O caso foi confirmado pela administração de João Monlevade. A prefeita Simone Moreira (PSDB) determinou reunião com a secretária de Saúde, Andréa Peixoto, e com os três monitores do ônibus para tratar sobre o assunto. O “Ônibus da Saúde” faz viagens diárias para Belo Horizonte com pacientes de João Monlevade que precisam de tratamento médico ou exames na capital. O transporte monlevadense sai pela manhã e retorna por volta das 17h. O fato de usuários serem deixados para trás não é novo, segundo o vereador Belmar Diniz (PT). Ele pontuou sobre o assunto durante a última reunião da Câmara Municipal, na quarta-feira (28) e disse que os casos são reincidentes. O parlamentar peemedebista Revetrie Teixeira, que é funcionário Público, lotado na Saúde, foi além e afirmou que reclamações do tipo passam de 40. Todas elas, de conhecimento da administração municipal. Ainda segundo o vereador, falta suporte aos monitores que trabalham no transporte. “Os monitores estão errando muito, mas falta suporte a eles. Estou sabendo que até o telefone celular coorporativo foi cortado. A prefeita [Simone Moreira] falou várias vezes que não aceitaria serviço ruim, mas as reclamações continuam”, ponderou. Thiago Araújo (Titó-PMDB) também comentou sobre a questão e disse ser necessários chamar os responsáveis pelos serviços na Câmara para que eles expliquem o que ato tem acontecido. Os fatos serão encaminhados à Comissão de Saúde do Legislativo para providências. Com capelas fechadas, corpo é velado em corredor do velório João Monlevade - Nesta semana, o velório Municipal de João Monlevade foi palco de mais uma polêmica. É que um corpo foi velado no corredor do local sob alegação de que duas das três capelas existentes estariam trancadas e reservadas para uma funerária da cidade que realizaria as cerimônias fúnebres. A situação constrangedora aconteceu no último dia 22. O corpo foi velado do lado externo das 23h até o dia seguinte. Segundo informações, um dos velórios na capela só foi começar no meio da tarde do dia 23. A situação causou revolta na família, segundo o vereador Gentil Bicalho (PT). Foi ele quem tornou o caso público, na tarde de quarta-feira (28), em reunião da Câmara Mu- nicipal. O parlamentar pontuou que “faltou senso de responsabilidade da administração municipal para evitar situações como essa”. O vereador pediu que providências fossem tomadas para evitar que novos episódios se repitam. O discurso de Gentil foi endossado pelo presidente do Legislativo, Djalma Bastos, que também disse que faltou bom senso e sensibilidade com a questão. O líder da prefeita na Câmara, Sinval Dias (PSDB), sugeriu um requerimento em conjunto com o vereador petista. O documento deve ser enviado para a chefe do Executivo com pedido de providências. “Quem sabe construímos outra capela e acabamos com o problema”, falou o tucano. Vereador quer reunião com o Dnit Vereador denuncia a existência de salas com mofo na policlínica Consultórios mofados Outro ponto na saúde que foi alvo de denúncia por parte do vereador Belmar Diniz são consultórios médicos cheios de mofo. As salas ficam na Policlínica e, uma delas é usada para atendimento a crianças e outra para vacinas. O vereador criticou a situação e a caracterizou como “absurda”. “Não é implicância, mas basta limpar o mofo para evitar até mesmo complicações na saúde das crianças”, disse o petista que completou: “médicos estão tendo que usar máscaras para fazer o atendimento. É lamentável”. A situação da Policlínica, segundo o vereador Guilherme Nasser (PSDB) não é de agora. “A denúncia é fundamentada e precisamos solucionar isso”, argumentou. Segundo informações, o posto de saúde que fica na região central de João Monlevade deve passar por reforma nos próximos meses. João Monlevade - No último sábado (24), por volta das 21h40, um carro atropelou e feriu com gravidade dois adultos e duas crianças, uma de 6 e outra de 9 anos, ao tentarem atravessar a BR-381, na altura do bairro ABM, em João Monlevade. O motorista, que também mora no bairro, prestou socorro às vítimas. Segundo in- formações, eles estavam numa festa e voltavam para casa, quando foram cruzar a pista e acabaram atropelados. A situação poderia ser evitada caso o bairro contasse com uma passarela para travessia de pedestres. O desejo da comunidade local é antigo e alvo de vários protestos. Os acidentes no bairro e a falta de solução para o problema foram lembrados pelo vereador Guilherme Nasser (PSDB), em reunião da Câmara Municipal. Ele disse que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) não atendeu á comunidade de forma plena instalando no local quebra-molas. “A comunidade ainda é pre- judicada. O quebra-molas não resolveu e acidentes no trecho continuam”, falou o parlamentar que sugeriu uma reunião com representantes do órgão para tratar sobre o assunto. “É uma vergonha falar que não colocam passarela por vão duplicar a BR381. Até quando vamos ficar a mercê desse povo”, questionou Nasser.

[close]

p. 4

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 4.cidade Vereadores aprovam fim de recessos em julho e dezembro Santa Bárbara - Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovaram, por unanimidade, o fim do recesso parlamentar dos meses de julho e dezembro. A votação ocorreu de maneia rápida e sem qualquer questionamento. Com isso, no mês que vem acontecem reuniões ordinárias nos dias 13 e 27. O presidente da Casa, Juarez Camilo (PSDB), disse que a aprovação da mudança é benéfica e vai agilizar os trabalhos dentro do Legislativo. “Quando estava Guilherme Assis/Acom CMSB Os vereadores aprovaram o fim do recesso em reunião que ocorreu no plenarinho da Câmara de recesso muitas vezes era preciso convocar reunião extraordinária, agora não terá mais essa necessidade. O fim do recesso é benéfico para todos e a Câmara deu um passo importante”, garantiu. Ele destacou ainda que a mudança só foi possível graças a sensibilidade dos vereadores em mudar esse sistema. “É importante destacar o trabalho de cada vereador, isso mostra que eles estão atentos às mudanças dentro da Câma- ra. É preciso que todos nós continuemos com essa linha de trabalho de se ater ao mandato com respeito e responsabilidade – é o que a população espera de cada um”, comentou o presidente. O vice-presidente Carlos Augusto Fonseca Bicalho “Guto” (PDT), também ressaltou a importância da aprovação do fim do recesso. “Parabenizo a cada vereador por ter votado nesse projeto que é algo fundamental para esse novo momento que a Câmara está vivendo e isso é resultado do trabalho de todos nós”, argumentou. Quem também destacou o fim do recesso como algo positivo foi o vereador Geraldo Magela Silva “Gege” (PP): “desde o início fui a favor dessa mudança porque precisamos dar o exemplo e essa votação aqui hoje mostrou que a Câmara está caminhando de maneira positiva neste sentindo”. O vereador Timóteo de Lourdes (PPS) também se manifestou sobre a mudança: “todos os dias nós temos demandas da comunidade. Eu gostei dessa mudança porque vai possibilitar a gente votar os projetos e requerimentos que beneficiam a população de maneira contínua”, explicou. Câmara autoriza doação de terreno para associação comercial São Gonçalo do Rio Abaixo - Durante reunião extraordinária no início da semana, os vereadores de São Gonçalo do Rio Abaixo aprovaram o Projeto de Lei 03/2017. A matéria prevê a desafetação de bens imóveis do patrimônio público municipal para permuta, doação e da outras providências. O projeto, que prevê permutas de áreas e doação de um terreno para a Aciasgra, Associação Comercial e Industrial de São Gonçalo do Rio Abaixo recebeu 6 votos favoráveis, 2 contrários e 1 abstenção. Os contrários a matéria justificaram o voto alegando que preferiam que o projeto fosse todo desmembrado para ser levado a votação. Já os Acom CMSG Vereadores aprovaram permutas de áreas e doação de terrenos vereadores favoráveis justificaram o voto reafirmando que não havia irregularidades na matéria, que não era necessária o desmembramento total do projeto e que a doação do terreno seria de grande importância para a Associação bem como as demais permutas pertencentes a matéria. Ao final da votação a gerente executiva da Aciasgra, Elziana Car- valho de Oliveira, agradeceu os parlamentares pela aprovação do projeto e justificou a importância de receber a doação do terreno. Segundo ela, no local será construída a sede da entidade o que irá propiciar aos associados mais comodidade além de melhor atendimento para os associados e a população usuária do plano da Unimed. “Ter uma sede pró- pria e ampla irá facilitar muito o trabalho da Associação. Desta forma, poderemos enriquecer o nosso trabalho oferecendo mais cursos, oficinas e workshops sempre trabalhando em prol do desenvolvimento econômico da cidade”, disse. A Acisasgra A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Gonçalo do Rio Abaixo, ACIASGRA, foi fundada em 30 de Abril de 1997. É uma entidade sem fins lucrativos representativa da classe empresarial que atua no município. A associação vem se estruturando e procurando meios para se fortalecer. A busca pela profissionalização dos serviços sempre foi foco dos presidentes que estiveram à frente da entidade. Como é uma instituição sem fins lucrativos os recursos fi- nanceiros visam à manutenção da mesma juntamente com a promoção de benefícios e serviços aos seus associados. Cíntia Araújo/Acom CMJM Vereadores entregam diploma de Honra ao Mérito ao Sicoob Credimepi Os vereadores da Câmara de João Monlevade entregaram na noite da última quarta-feira (28), o diploma de Honra ao Mérito ao Sicoob Credimepi. O reconhecimento, que é uma iniciativa de todos os vereadores, é justificado por eles pelo excelente trabalho desenvolvido e relevante atuação na área do cooperativismo. Além disso, os parlamentares afirmaram que a referida cooperativa contribui para o desenvolvimento dos municípios onde atua. O presidente do Sicoob Credimepi, Jacson Guerra Araújo, recebeu o diploma em nome de todos os cooperados, funcionários e conselheiros.

[close]

p. 5

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 5.cidade Prestadoras de serviços reforçam compromisso de priorizar contração de mão de obra local João Monlevade - As empresas prestadoras de serviços da ArcelorMittal Monlevade renovaram seus compromissos em priorizar a contratação de mão de obra local. É o que foi afirmado pelo gerente de Recursos Humanos, João Carlos de Oliveira Guimarães, durante reunião com os vereadores da Câmara de João Monlevade. O encontro contou com a presença do presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), e dos vereadores Leles Pontes (PRB), Cláudio Cebolinha (PTB), Revetrie da Saúde (PMDB), Fábio da Prohetel (PP), Tonhão (PPS), Toninho Eletricista (PHS), Lelê do Fraga (PTB), Belmar Diniz (PT), Thiago Titó (PDT), Gentil Bicalho (PT), Pastor Carlinhos (PMDB) e Sinval Dias (PSDB). Pela empresa, além de João Carlos esteve presente o analista de Comunicação, Lucas Vilela. A reunião foi agendada a pedido dos vereadores, para que fossem esclarecidas denúncias de trabalhadores da cidade, de que as prestadoras de serviço da ArcelorMittal não estariam dando preferência à contratação de mão de obra de João Monlevade. Os vereadores Djalma Bastos e Revetrie da Saúde atenderam a estes trabalhadores e solicitaram explicações da siderúrgica por ofício. Ainda assim optou-se também pela reunião presencial, a fim de esclarecer todos os questionamentos. Segundo João Carlos, é Cíntia Araújo/Acom CMJM Vereadores se reuniram com gerência da ArcelorMittal preciso esclarecer inicialmente que as contratações em questão são para uma obra que vai durar 40 dias e que é necessária para prolongar a vida útil do alto forno da empresa. “Neste momento a aciaria irá parar, a partir de 27 de julho. Então os trabalhadores desempenharão funções também junto a obra”, disse João Carlos. O gerente de RH da siderúrgica ainda disse que após intervenção da Câmara, reuniu-se com os representantes destas empresas para analisar a situação. Conforme declarado por ele, foi explicado novamente as regras de conduta empresarial da ArcelorMittal Monlevade, e dentro dessas recomendações, foi destacada a de priorização da mão de obra local. “Primeiro por questão de cidadania. A ArcelorMittal está inserida em João Monlevade, e por isso nosso interesse máximo no município. Depois, porque é o melhor a se fazer até pelo impacto social e custo para as empresas, que não precisam arcar com alojamentos e outros fins”, explicou João Carlos. Outro ponto abordado pelo gerente é que neste primeiro momento, é comum que pessoas de fora venham para a cidade. Isto porque inicialmente é preciso instalar o canteiro de obras e construir equipamentos. “As empresas têm suas equipes fixas para isto. Nenhuma empresa faz um canteiro de obras com pessoas desconhecidas ou sem experiência. Elas têm equipe própria”, detalhou. João Carlos ainda frisou que em alguns casos, o trabalho demanda certa especificação, que às vezes não se encontra. “Ainda assim tem-se dado prioridade para preenchimento de vagas para os candidatos de João Monlevade”, afirmou. Comprovação por números Como forma de comprovar sua fala, João Carlos solicitou às empresas a relação de contratados até então. A Paul Wurth informou que dos 308 contratados, 147 moram em João Monlevade, 140 de cidades da região e 21 de Belo Horizonte. A Mascarenhas Barbosa Roscoe (MBR) informou que dos 160 empregados, 146 são de João Monlevade e 14 de fora. “Até o pico da obra, serão contratadas mais 80 pessoas por esta empresa, e a projeção é que 75% sejam daqui”, acrescentou. Já a Reframax informou que no pico da obra, 240 pessoas serão contratadas e que hoje, 100 de João Monlevade estão empregados. “Projetando para o pico das obras, serão 63% contratados de nossa cidade. Isso demonstra que a informação que demos no ofício é verdadeira”, informou o gerente. Documentação dificulta contratação João Carlos ainda informou aos vereadores as dificuldades das empresas nesta contratação de mão de obra local. Segundo ele, o CAT/Sine faz a primeira triagem, passando às empresas os currículos selecionados, com comprovante de endereço em João Monlevade. “Os candidatos passam por todo o processo e são fichados. Aí, quando as empresas se dão conta, um mesmo comprovante de endereço foi utilizado por 10 trabalhadores, ou seja, são usadas artimanhas como alugar uma casa como república ou pegar comprovante de endereço de terceiros. Mas na entrevista o candidato afirma que reside aqui”, explicou João Carlos. Especificamente nesta situação, as empreiteiras solicitam ao Cat/Sine que sejam mais rigorosos nesta seleção. Outro ponto levantado pelas empresas à ArcelorMittal é que algumas vagas demandam uma especialização, e que quando não encontram na cidade, buscam fora. “Há ainda o dificultador de que alguns candidatos levam documentação incompleta. Tomei a liberdade de mostrar alguns currículos às empresas. O representante de uma delas disse que teve um senhor que passou no processo, na entrevista, mas não apresentou o atestado de bons antecedentes. Deste jeito não houve como contratá-lo”, declarou João Carlos. Ao fim de sua fala, João Carlos destacou que não foram preenchidas ainda todas as vagas. “O pico das contratações será a partir da segunda quinzena de julho. O alto forno só para dia 27 do mês que vem. O processo ainda está correndo”, informou. O representante da ArcelorMittal ainda disse que as empresas terceirizadas se comprometeram novamente a priorizar a contratação pelo Cat/Sine e também a solicitar que o processo seja mais rigoroso. Vereadores sugerem melhorias no processo Após ouvirem as colocações, os vereadores fizeram uso da palavra. Todos agradeceram à ArcelorMittal pela disponibilidade e clareza nesta questão. Neste momento, Cláudio Cebolinha sugeriu que o Cat/Sine e até mesmo as empresas exijam que seja apresentado como comprovante de residência o título de eleitor do candidato. Desta forma os vereadores acreditam que será reduzida a possibilidade de informação enganosa passada por alguns. Já Toninho Eletricista sugeriu que a Prefeitura ofereça capacitação gratuita aos trabalhadores de João Monlevade, para que possam disputar as vagas. Djalma Bastos agradeceu a disponibilidade da empresa e reforçou o papel conciliador do Legislativo. Logo após a reunião com os vereadores, três representantes dos trabalhadores desempregados em Monlevade solicitaram uma reunião com João Carlos e Lucas Vilela e foram prontamente atendidos. Todas as informações repassadas aos vereadores foram direcionadas a estes trabalhadores. Os mesmos agradeceram a atenção e fizeram também a sugestão de se exigir o título de eleitor durante o processo seletivo. Eles cobraram ainda mais rigor do Cat/Sine nesta seleção.

[close]

p. 6

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 CONECTE JÁ (31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906 www.internetsuper.com.br 6.cultura MUITO MAIS QUE UM ENCONTRO E MOTOS Motoclube realiza ótimo evento valorizando artistas locais e promovendo a solidariedade Fotos: Divulgação / Facebook Direção do motoclube Voo das Águias entregou uma cadeira de rodas para Acinpode João Monlevade - O motoclube “Voo das Águias” de João Monlevade realizou no último fim de semana, na avenida Castelo Branco, o seu 1° Encontro de Motociclistas e 3° Aniversário. O evento, que contou com representantes de 187 motoclubes e motogrupos de diversas cidades do estado e do Brasil, foi destaque na promoção de artistas locais, além da solidariedade. Atendendo a uma solicitação dos organizadores, muitos participantes do encontro doaram litros de leite que terão como destino o Asilo Lar São José. Também durante a festa, no intervalo entre as bandas, a direção do motoclube Voo das Águias entregou uma cadeira de rodas para Associação de Cooperação e Integração dos Portadores de Deficiência de João Monlevade (Acinpode) através do projeto Lacre do Bem. Quatro bandas de rock da região animaram a festa, sendo duas delas de João Monelvade. O evento, ainda contou praça de alimentação, de bebidas e barracas especializadas com artigos para motociclistas. Foram realizadas algumas homenagens aos parceiros do motoclu- be que ajudaram na captação dos lacres das latinhas de refrigerantes e cervejas, usados para trocar na cadeira de rodas. Os motociclistas escudados ficaram instalados no estádio esportivo, ao lado do palco. Muitos elogiaram a praticidade e o conforto proporcionado no encontro em João Monlevade.

[close]

p. 7

BOM DIAquinta e sexta, 29 e 30 de junho de 2017 7.polícia Dupla tenta se esconder da PM para não ser pega com grande quantidade de droga Entorpecentes seriam levados e vendidos na cidade de Machacalis (Nordeste de Minas) João Monlevade - Uma grande quantidade de droga entre maconha e crack foi apreendida pela Polícia Militar na madrugada da última quarta-feira (28), no bairro Tanquinho, em João Monlevade. Um homem de 22 anos e um menino de 13 foram detidos. A polícia chegou até a dupla após desconfiar de um Polo, com placa de Belo Horizonte, que transitava nas imediações do Gauchão Grill, às margens da BR-381. O fato de o motorista tentar esconder o veículo em local com pouca iluminação gerou mais suspeita dos militares que passaram a monitorar o carro e perceberam quando o motorista e o passageiro tentaram se esconder dentro dele. A dupla foi abordada e em consulta foi constatado que o condutor já possui passagem pela polícia por tráfico de drogas. Em buscas no veículo a PM localizou dentro de uma mochila cerca de sete quilos de maconha e um quilo de crack. A quantia de R$ 356,85 também foi apreendida. Questionados sobre a origem da droga, o homem e o adolescente informaram que haviam adquirido o material na cidade de Belo Horizonte, por R$ 10 mil. Os entorpecentes seriam levados e vendidos na cidade de Machacalis (Nordeste de Minas), onde o menor mora. O comércio geraria R$ 30 mil para a dupla. Casal é preso com arma após tenta fugir da PM João Monlevade - Um homem de 27 anos e uma mulher de 18 foram presos na madrugada de ontem (28), em João Monlevade, pela Polícia Militar. Segundo o registro policial, os dois estavam num veículo Gol em atitudes suspeitas. Ao perceber que seriam abordados, eles tentaram fugir, mas foram interceptados pela viatura militar. Ao realizar busca pessoal foi encontrado com a autora um revolver calibre .38 devidamente municiado com seis munições intactas e dez munições também calibre .38 intactos no bolso de sua blusa. Ela também tinha um pino de cocaína e R$ 357,00. Os autores foram presos em flagrante e o veículo removido devido a falta de documentação.

[close]

p. 8

QUINTA E SEXTA 29 e 30 JUNHO

[close]

Comments

no comments yet