Boletim Cristo Rei - Ano II - 13

 

Embed or link this publication

Description

Boletim mensal da Paróquia

Popular Pages


p. 1

BOLETIM Ano II – Edição 13 Julho/2017 Nesta Edição: 2 Nossa Paróquia - Capela do Santíssimo - A Imagem no Templo 3 Acontece - Você sabia... - Estudo documento do Sínodo Calendário Paroquial 4 Vida Cristã - Vamos conversar sobre o Batismo II Mensagem do Papa Palavra do Pároco O Conselho Paroquial de Pastoral está atento a todas as necessidades da Paróquia, buscando refletir sobre a realidade pastoral e buscar formas de animação da comunidade. Desde 2009 estamos trabalhando na reestruturação da paróquia, no sentido de torná-la cada vez mais atual e adaptada aos tempos modernos, conforme as orientações do nosso Papa Francisco e de nosso Arcebispo, Dom Airton José. “Paróquia em Estado Permanente de Missão”, é o Projeto Pastoral que está em andamento sob a coordenação do Pároco, juntamente com a Equipe Executiva, e a animação do Conselho Paroquial. Além do cuidado com a Formação dos Agentes, novos membros da comunidade estão assumindo serviços nas Equipes. A Equipe de Catequese da Primeira Eucaristia vem conseguindo adequar suas atividades às exigências dos novos tempos, usando linguagem mais adequada, atividades lúdicas e de caráter espiritual, participação dos pais em reuniões e outras atividades extra sala. Novos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística ampliaram o quadro de servidores do altar, assim como na Pastoral do Dízimo. O grande desafio para a nossa e a maioria das paróquias tem sido o trabalho com a Juventude. Envolvidos em estudos, trabalho e compromissos pessoais, sentem cada vez mais dificuldade de participar dos Grupos de Serviço à comunidade. O próximo Sínodo dos Bispos, convocado pelo Papa Francisco, vem provocando a participação das dioceses e paróquias para que reflitam sobre a situação. Assim se expressa o Papa: “O que significa para a Igreja acompanhar os jovens e acolher a chamada para a alegria do Evangelho, sobretudo numa época marcada pela incerteza, pela precariedade e pela insegurança? É PRECISO levar a sério o desafio do cuidado pastoral e do discernimento vocacional, tendo em consideração os protagonistas, os lugares e os instrumentos à disposição”. Os organismos da Arquidiocese de Campinas têm oferecido alguns subsídios que consideramos insuficientes para a criação de Grupos, Formação dos Jovens e acompanhamento das iniciativas paroquiais. As orientações são muitas vezes no campo teórico não permitindo que se extraiam práticas concretas de execução do objetivo. O maior desafio fica por conta do que o Papa escreveu: “Sair para o mundo dos jovens exige a disponibilidade a passar tempo com eles, a ouvir as suas histórias, as suas alegrias e esperanças, as suas tristezas e angústias, para compartilhá-las com eles: este é o caminho para inculturar o Evangelho, e evangelizar todas as culturas, inclusive a juvenil”. Cônego Luiz Carlos F. Magalhães

[close]

p. 2

PG 2 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Nossa Paróquia CAPELA DO SANTÍSSIMO Por ocasião da restauração do Templo dedicado a Cristo Rei, a partir de 15 de agosto de 2004, o pároco, Côn. Luiz Carlos F. Magalhães aproveitou a ocasião para Construir a capela do Santíssimo Sacramento para que o povo tivesse um lugar mais recolhido para seu encontro com Jesus Eucarístico. O projeto com todos os simbolismos que o pároco desejava fosse expresso no local, contou com a colaboração de vários assessores: Idealização: Côn. Luiz Carlos F. Magalhães, Engenheiro: Tiago Melilo Magalhães, assessoria artística e visualização: Catarina de França, arquiteta: Maria Sílvia, artesanato em madeira: Arte dom Bosco, Vitrais: Geuer, pinturas externas e internas: Sérgio e Augusto. O simbolismo A inauguração da capela, aconteceu na Quinta-feira, Festa de Corpus Christi, 26 de maio de 2005. Todo o simbolismo encontra-se no site da Paróquia, que assim resumi: há uma arquitetura hexagonal: as seis paredes simbolizam o selo de Salomão e as seis pontas da estrela de Davi, em cuja linhagem o Mestre nasceu. Também significam os seis braços do candelabro judaico. E seis também foram os dias da criação para preparar o Dia do descanso, do repouso. A porta é fechada com cortinas de fino voal. Os vitrais coloridos e a passadeira de sisal não são para decorar, mas para velar. O ornamento desta capela é Cristo em comunhão com você. Do contrário não faz sentido. Tudo foi feito de madeira como se fosse da marcenaria de José: o assoalho, a mesa, os genuflexórios, as cadeiras. As almofadas aí colocadas para nosso conforto recordam o trabalho de Maria nos teares. No silêncio deste santuário colocamos parte de uma árvore frondosa doada pela Mãe Terra para ser suporte e mesa. Estaremos em frente à Árvore da Vida e ao Tronco principal do qual somos os ramos. Em vez do sacrário tradicional de prata e ouro, colocamos uma casa. A primeira casa que conhecemos é o corpo, Templo sagrado do espírito. A segunda é o Lar em que vivemos à semelhança da Casa de Nazaré. Nessa capela, “Tenda do Senhor”, somente o sacrário chama a atenção. Tudo foi feito para que o olhar do visitante se concentre unicamente no Mestre. Na “casinha” de Jesus, iluminada por dentro com uma luz vermelha, estão a porta e a janela; nelas foi colocado um vidro, permitindo às pessoas contemplar as âmbulas que sugerem exposição do Santíssimo, silêncio, contemplação e comunicação. “O Mestre está aí e te chama”, está escrito na entrada. Não deixe de visitar nossa capela. Melhor: não deixe de recolher-se na capela para conversar com o Mestre. Padre Magalhães A IMAGEM NO TEMPLO Para comemorar os 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida foi colocada uma Imagem da Padroeira no Templo Cristo Rei, em cima da porta de entrada lateral, ao lado da secretaria. Vamos agora completar o quadro colocando uma moldura com a pintura da Basílica de Aparecida para dar mais visibilidade à Imagem. Esse Projeto quer expressar também toda Programação elaborada pelos Bispos do Brasil, em sua Assembleia Geral Ordinária que aconteceu em maio de 2017. Cada Diocese do Brasil recebeu uma Imagem, em Aparecida, para que ela visitasse todas as paróquias do País, concluindo com uma grande Festa no dia 12 de Outubro de 2017. A Arquidiocese de Campinas também abraçou essa ideia: após a visitação em todas as paróquias, no dia 27 de maio foi realizada a peregrinação ao Santuário da Mãe Aparecida com a participação do Arcebispo, dos Padres, Diáconos, Seminaristas, Religiosos(as) e Leigos. A Casa da Mãe Aparecida acolheu a todos. Graças à generosidade de muitos corações, podemos dizer, com toda a força que, em Aparecida, acolher bem, significa evangelizar. Sob o manto de amor, ela abraça e abençoa a todos, sem distinção! Ela acolhe e leva a Deus as nossas intenções depositadas diante do altar. Que a Mãe querida cuide de nós e nos ensine a servir! Assim vamos juntos, nessa caminhada jubilar, rezando e realizando maravilhas em nossas vidas, marcadas pela devoção à Mãe de Jesus.

[close]

p. 3

Boletim - Paróquia C r i s t o R e i PG 3 Acontece VOCÊ SABIA... • Que todas as manhãs, às 7h30, na terça, quarta e quinta feira, algumas pessoas vêm ao Templo para rezar a Oração da Manhã que é dirigida pelo Ministro da Palavra, o Fernando Júnior Rogo ? • Que desde o início do mês de junho a Equipe de Eventos, coordenada pelo José Carlos e Meire, estão preparando a alimentação, o espaço para as barracas, poda de árvores e tudo mais necessário para a Festa Junina que acontece 24/25 de junho e 01/02 de julho? • Que existe uma Equipe de Cerimonial que cuida da preparação dos noivos e os acompanha na celebração do casamento, colocando-os a par de todo o Ritual do Sacramento do Matrimônio? • Que os noivos ajudam na preparação do seu casamento, montando o Rito Sacramental escolhendo a leitura bíblica, uma pessoa da família para fazer a leitura, e acrescentando sugestões pessoais à celebração? • Que não há taxa para a realização dos batizados, mas os pais oferecem uma cesta básica ou uma caixa de leite para as creches, lembrando o gesto de José e Maria que levaram ao templo um par de pombinhos quando da apresentação de Jesus ao Templo, conforme a lei de Moisés? • Que há uma faxineira que cuida da limpeza do salão e das salas, outras duas que cuidam do Templo, Casa de Belém e Casa Paroquial, e um funcionário para serviços gerais? ESTUDO DOCUMENTO DO SÍNODO Toda a comunidade cristã deve sentir-se responsável pela tarefa de educar as novas gerações. É comum ver a improvisação e a incompetência no trato com os jovens. É um risco do qual devemos nos defender, assumindo cada vez mais seriamente a tarefa de pensar, concretizar, coordenar e realizar a pastoral juvenil de modo correto, coerente e eficaz. Acompanhar os jovens exige sair dos próprios esquemas préfabricados, encontrando-os lá onde eles estão, adaptando-se aos seus tempos e aos seus ritmos. Significa levá-los a sério na dificuldade que têm de decifrar a realidade em que vivem e de transformar um anúncio recebido em gestos e palavras, no esforço diário de construir a própria história e na busca de um sentido para as suas vidas. É caminhando com os jovens que construímos a inteira comunidade cristã. Também aqui se impõe a necessidade de uma preparação específica e contínua dos formadores. O papel de adultos é fundamental em cada percurso de amadurecimento humano e de discernimento vocacional. Por vezes, ao contrário, adultos despreparados e imaturos tendem a agir de modo possessivo e manipulador, criando dependências negativas. Além disso, dentro de cada comunidade cristã deve ser reconhecido o papel educativo insubstituível, desempenhado pelos pais e pelos demais familiares. No seio da família são, em primeiro lugar, os pais que exprimem cada dia o cuidado de Deus por cada ser humano, no amor que os une entre si e aos seus próprios filhos. Calendário Paroquial Festa Junina - 18h 01 Tirinhas da Solidariedade - Final Missas Festa Junina - 18h 02 Tirinhas da Solidariedade - Final Missas 05 Missa dos Enfermos - 17h 06 Hora Santa - Adoração Sacramento - 19h45 ao Santíssimo 07 Missa do Sagrado Coração de Jesus - 17h Encerramento 1ª Etapa Catequese e Perseverança - 15h30 08 Preparação Batismo - 16h 09 Batismo - 9h 11 Reunião Mensal CONSEG - 19h Reunião de Catequistas - 9h30 23 Encerramento das Inscrições da Catequese Confraternização futebol - 18h 26 Abertura Catequese 2017/2019 - 19h30 Preparação Batismo - 16h 29 Missa dos casais aniversariantes - 19h Pão de Mel e Salgados - Final Missas Batismo - 9h 30 Encontro Jovens - 17h Pão de Mel e Salgados - Final Missas Eventos, notícias, fotos Acesse nosso site www.paroquiacristorei.com.br

[close]

p. 4

PG 4 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Vida Cristã VAMOS CONVERSAR SOBRE O BATISMO - II No batismo você recebeu simbolicamente uma vela acesa, símbolo da Fé-viva que deve testemunhar. Não é só com a palavra que se evangeliza. É, sobretudo, com o exemplo de vida, sendo Luz para os Irmãos. Veja o que diz o Apóstolo Tiago cap. 2, 14-18. Você pode perceber que João ensina a mesma coisa que Paulo. Será que você pratica isso na sua casa, conforme prometeu solenemente no Batismo? Leia 1João 3,16-20 Você tem a responsabilidade de ser um Missionário e um Catequista na sua família, com os amigos de trabalho ou escola e vizinhos, e até junto aos desconhecidos. Leia o que diz Paulo na Carta a Timóteo 2,1-5. Após o batismo com água, você foi ungido com o óleo da Crisma que é o óleo da consagração para assumir o compromisso de servir. Leia carta aos Gálatas 6,1-4 Você que estava tão preocupado em batizar seu filho, agora percebe que a sua responsabilidade é bem maior. Batismo não é somente festa exterior marcada com um bom almoço. Batismo é mudança interior, compromisso de ser melhor a cada dia. De partilhar a fé com a família toda, como você pode observar na atitude de Paulo quando na prisão: leia Atos dos Apóstolos 16,28-34. Ao terminar essa reflexão e estudo, faça uma oração em casa, com sua família, rezando o Salmo 137 (138). E também o Salmo 77 (78) que fala das maravilhas de Deus ao seu povo. Mensagem do Papa Caríssimos jovens! É-me grato anunciar-vos que em outubro de 2018 se celebrará o Sínodo dos Bispos sobre o tema «Os jovens, a fé e o discernimento vocacional». Eu quis que vós estivésseis no centro da atenção, porque vos trago no coração. Exatamente hoje é apresentado o Documento preparatório, que confio também a vós como «bússola» ao longo deste caminho. Quando Deus disse a Abraão «Sai!», o que é que lhe queria dizer? Certamente, não para fugir dos seus, nem do mundo. Foi um convite forte, uma provocação, a fim de que deixasse tudo e partisse para uma nova terra. Qual é para nós hoje esta nova terra? Uma sociedade mais justa e fraterna, à qual vós aspirais profundamente e que desejais construir até às periferias do mundo Um mundo melhor constrói-se também graças a vós, ao vosso desejo de mudança e à vossa generosidade. Não tenhais medo de ouvir o Espírito que vos sugere escolhas audazes, não hesiteis quando a consciência vos pedir que arrisqueis para seguir o Mestre. Com afeto paterno, FRANCISCO Boletim da Paróquia Cristo Rei Distribuição gratuita  Period.: mensal  Tiragem: 500 exemplares Respons.: Pe. Luiz Carlos F. Magalhães - fogodaterra@terra.com.br Projeto gráfico e diagramação: PASCOM (Pastoral da Comunicação) Paróquia Cristo Rei Rua Elisiário Pires de Camargo, 210 Jd. Chapadão  Campinas, SP  CEP 13070-099 Tel: (19) 3242-0500  secretariacristorei@terra.com.br

[close]

Comments

no comments yet