Boletim Especial - Junho 2017

 

Embed or link this publication

Description

Boletim Especial - Junho 2017

Popular Pages


p. 1

“CRQ-III comemora 60 anos e Dia Nacional do Químico no Museu do Amanhã”

[close]

p. 2

No dia 18 de junho de 1956, o presidente Juscelino Kubitschek estabelecia a “Lei Maters”, que regularizava a profissão dos químicos no país. A partir de então, ela deixou de ser uma classe praticamente desconhecida e passou a operar mais ativamente no mercado, atuando na área tecnológica e melhorando a qualidade dos processos industriais nacionais. Era o início de um setor que se tornaria protagonista na economia brasileira e responsável por desenvolver práticas sustentáveis e inovadoras. A data foi marcada como o Dia Nacional do Químico. Em 1957, o Conselho Regional de Química – Terceira Região deu os seus primeiros passos por um grupo de químicos que trabalhava em um laboratório, no Centro do Rio de Janeiro. Após alguns meses, o Sr. Geraldo Mendes de Oliveira Castro entrou para nossa história como o primeiro profissional registrado. Conquistas, transformações e muita superação. Todos os ingredientes de uma história de 60 anos. Por isso, convidamos profissionais, empresas, professores, estudantes e toda a sociedade para um evento comemorativo no Laboratório de Atividades do Amanhã, no Museu do Amanhã. Em parceria com o ISI de Química Verde, a exposição “Tecnologia na Moda e a Química no Dia a Dia” reuniu mais de 1.000 visitantes entre os dias 20 e 22 de junho. Crianças e adultos puderam aprender o quanto a química está presente nos mais diferentes aspectos por meio de experimentações, explicadas passo a passo por universitários e professores do Senai Química Verde. “Seja no que usamos ou vestimos, a química está presente em nosso cotidiano, mas diversas pessoas não têm essa percepção. A proposta do Dia Nacional do Químico buscou aproximar a sociedade dessa atmosfera, proporcionando a oportunidade de compreender como tais aplicações podem interferir na vida de cada um por meio de experiências práticas. Muito me orgulhei deste evento, pois ao observar crianças, adolescentes e jovens sedentos por conhecimento, lembrei o porquê da química ter me encantado. Todo o esforço do CRQ-III visa homenagear uma história de mais de seis décadas de vitórias que essa categoria conquistou e que ainda tem a conquistar” - Isaac Plachta, Presidente do Conselho Regional de Química – Terceira Região O evento também contou com a participação do escritor Ronaldo Barcelos e do ilustrador Ronaldo Santana, da coleção de livros infantis “Histórias Seguras, Guerreiros da Amazônia”, que narra a história de guerreiros convocados para salvar a floresta da devastação. O projeto possui uma grande novidade: repelentes naturais nas fibras do papel do livro. Dessa forma, os pequenos aprenderam como as microcápsulas de citronela transformam o momento de aprendizagem e diversão em um momento também de proteção contra os mosquitos. O livro Guerreiros da Amazônia não é um livro comum, pelo contrário, ele tem misturado em sua tinta algumas microcápsulas de citronela que agem como repelente natural. Essa tecnologia foi desenvolvida por uma indústria química brasileira e consegue proteger os leitores em um raio de até 1 metro” Ronaldo Barcelos, autor da coleção de livros Histórias Seguras, Guerreiros da Amazônia

[close]

p. 3

Quem visitou o Museu do Amanhã, conheceu outra inovação: uma pequena mostra de tecidos biológicos criados pelos pesquisadores Ricardo Amaral Remer, engenheiro químico e doutor em ciências, e Win de Degrave, formado em química pela Universidade de Rijksunivesiteit, na Bélgica, e doutor em Biologia Molecular. O biotecido é formado a partir de materiais orgânicos ou resíduos, ou seja, tende a ser menos agressivo ao meio ambiente, tanto na produção quanto na disposição final (que é um novo reciclo natural). “O evento Laboratório Invertido revela como funcionam as prototipações e experimentações nos bastidores do Laboratório de Atividades de Amanhã. Para finalizar essa temporada, tivemos o enorme prazer de receber o Conselho Regional de Química e o ISI Química Verde. Eles trouxeram experimentos e demonstrações do setor químico em “tecnologia vestíveis/usáveis”. Isso nos ajudou não só a abrir o caminho para a nossa próxima exposição do LAA sobre tecnologias vestíveis em julho, mas também a celebrar os 60 anos do Conselho-um grande marco!” - Marcela Sabino, diretora Laboratório de Atividades do Amanhã Da “Lei Maters” até o cumprimento diário de nossa missão, o CRQ-III se tornou a “Casa do Químico”. Nosso objetivo desde o início foi reunir todos os elementos fundamentais nessa reação de sucesso. Esperamos continuar escrevendo nossa história com você!

[close]

p. 4

“A exposição do Dia Nacional do Químico foi uma experiência muito única, principalmente porque pude ver diversas aplicações da química, que não são conhecidas pela maioria das pessoas, sendo explicadas para jovens, crianças e idosos. Isso aproxima a ciência da sociedade e desmistifica a ideia de algo ruim e perigoso. Pelo contrário, a química está em nosso dia a dia, como vimos hoje no espaço de cosméticos naturais e polietileno verde” - Paula, Professora de Química no Instituto Federal Fluminense de Cabo Frio “O evento foi muito legal porque tem vários experimentos interessantes. Queremos agradecer o Conselho Regional de Química – Terceira Região por promover essa exposição comemorativa do Dia do Químico. Esperamos no futuro sermos não somente técnicos em química, mas também químicos” - Alunos do Curso Técnico de Química da FAETEC Santa Cruz “Recebi um e-mail do Conselho Regional de Química – Terceira Região sobre a exposição no Museu do Amanhã e vim prestigiar o evento. Gostei e achei interessante, as explicações ficaram bem didáticas para todas as idades” Carlos Jorge, profissional do Cenpes/Petrobrás “Apresentamos algumas oficinas, dentre elas a de cosméticos verdes. Os visitantes puderam conhecer possibilidades de cosméticos livres de substâncias sintéticas. É legal observar o interesse das pessoas, tanto mulheres como crianças e homens, no aprendizado de três conceitos: beleza, saúde e sustentabilidade” - Cristiane Trindade, biomédica da Oficina Cosméticos Verdes

[close]

p. 5



[close]

p. 6

CONFIRA TODAS AS FOTOS NO NOSSO FACEBOOK REALIZAÇÃO: APOIO: QUÍMICA VERDE

[close]

Comments

no comments yet