Boletim Cristo Rei - Ano II - 12

 

Embed or link this publication

Description

Boletim mensal da Paróquia

Popular Pages


p. 1

BOLETIM Ano II – Edição 12 Junho/2017 Nesta Edição: 2 Nossa Paróquia - Livro de Receitas - Visita aos grupos de vivência - Primeira Comunhão 3 Acontece - Aparições de Medjugorje - Romaria da Arquidiocese Calendário Paroquial 4 Vida Cristã - Vamos conversar sobre o Batismo Mensagem do Papa Palavra do Pároco Vem aí a Festa Junina. Tempo de encontro, de participação, de entrega e de confraternização. As Equipes se programam para montar as barracas, preparar prendas, alimentos e atividades diversas para atrair as pessoas da comunidade. Não tem em vista, em primeiro lugar, arrecadar dinheiro para a Paróquia, mas, tem como prioridade oferecer momentos de lazer, alegria e possibilidade de novas amizades. Essa é uma Festa que se tornou tradicional em nosso bairro atraindo pessoas de todas as partes da cidade. Boa alimentação, Bingo beneficente, brincadeiras para crianças e Doces especiais, são oferecidos em barracas bem ornamentadas, ocupando o salão paroquial, a quadra de esporte, a churrasqueira e a calçada lateral da igreja. A segurança feita por homens experientes que transitam por todos os lados, conta com o apoio da polícia militar e vigilância do bairro. A Festa Junina traz como benefício o entrosamento entre todas as equipes de pastoral da paróquia que assumem as várias barracas. Pessoas que frequentam as missas de sábado e domingo também gostam de oferecer uma, duas ou mais horas de presença e serviço nas barracas. E o que são essas festas, qual sua origem? Os Santos Católicos Antonio, João, Pedro e Paulo dão o nome para essas tradicionais festas celebradas em todo o Brasil. Segundo historiadores, as Festas Juninas foram trazidas para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial. Na festividade encontramos elementos culturais portugueses, espanhóis, franceses e chineses. As quadrilhas vieram da França, lembrança das danças nobres. Os fogos de artifícios vieram da China, região onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. O uso de fitas, nas danças, certamente veio de Portugal e Espanha. Com o tempo, a Festa Junina foi sendo enriquecida por aspetos culturais indígenas e afro-brasileiros, assumindo características particulares nas diversas regiões do país. Pamonha, cural de milho verde, milho cozido, canjica, pipoca, bolo de milho são as comidas típicas muito usadas porque junho é a época em que se colhe mais o milho. Arroz doce, bolo de amendoim, bom-bocado, bolo de pinhão, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce são outros alimentos oferecidos, e que fazem parte do cardápio. Participe das Festas Juninas, partilhe sua alegria, saia de casa e venha fazer amigos, curtindo tudo o que a comunidade pode oferecer a Você. Cônego Luiz Carlos F. Magalhães

[close]

p. 2

PG 2 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Nossa Paróquia LIVRO DE RECEITAS O Grupo de Artesanato acaba de lançar II Volume do Livro de Receitas, oferecidas e apresentadas pelas mais de 40 pessoas que participam do Grupo. Quem é essa Equipe de Amizade? Grupo de Artesanato é grupo de amizade antes de tudo. Não há obrigação de participar, ninguém “bate ponto” porque não tem hora para chegar ou para sair. A “liga” do grupo é o amor, a atenção ao outro, o espaço para falar e ouvir, brincar e sorrir. Como se trata de um grupo cristão há também um momento de oração, de troca de intenções, de mensagens partilhadas. Um pouco de sal e açúcar são colocados, a cada instante, na Receita das Reuniões. Pimenta, nem pensar. O Grupo da Paróquia Cristo Rei tem sempre suas portas abertas para todos. Não é preciso ser católico fervoroso. A ideia é sempre reunir pessoas que buscam qualidade de vida, têm talentos humanos para repartir e sabem que Viver é “a Arte do Encontro”. Quem gostava sempre de estar no meio das pessoas era Jesus Cristo. Ele organizou um Grupo de Discípulos homens para acompanhá-lo, e também apoiou um Grupo de mulheres que estavam sempre prontas para servir. Todas as quinta feiras o Salão Paroquial, a partir das 14h30, vira um ponto de encontro de mulheres que se espalham pelas mesas cheias de linhas, novelos de lã, panos e pares de agulhas de tricô e de bordar. Durante todo o tempo é muita conversa para ensinar e aprender, ou contar as últimas novidades. VISITA AOS GRUPOS DE VIVÊNCIA Os membros da Equipe Executiva estiveram visitando os Grupos de Vivência nos condomínios, ruas e prédios, nos dias 15 e 17 de maio. Cada um foi em um Grupo, nos mesmo dia e na mesma hora. Um texto especial foi preparado pelo Padre Magalhães para refletir um pouco sobre “Comunidade, segundo os Atos dos Apóstolos”, fortalecendo ainda mais a certeza de que esse Projeto irá trazer nova vida para os moradores. Essa presença tem sido um testemunho no bairro de que o sonho de Jesus de reunir as pessoas em pequenos grupos para viver a fé é a melhor forma de viver cristãmente e participar do processo de evangelização e do Programa Igreja em Saída. PRIMEIRA COMUNHÃO Em dois domingos, acontece a Primeira Eucaristia de 73 Crianças que participam da Paróquia Cristo Rei, na Catequese Eucarística. A Iniciação Cristã começa na Missa das Crianças com a participação dos pais que são os catequistas de seus filhos: Iniciação à Vida em Comunidade, à Oração e à Liturgia Eucarística. Aos 9 anos a Criança é entregue à Comunidade para a preparação à Comunhão. São dois anos de catequese numa metodologia que visa o despertar e a vivência da fé, à luz dos estudos do Antigo e Novo Testamentos. Nestes dois anos as Catequistas Sandra, Simone, Vanessa, Bete, Gisele e Alessandra acompanharam as crianças que farão a Primeira Comunhão. Durante a semana aconteceram a confissão das crianças e dos pais, a Renovação das Promessas do Batismo, a Missa Reservada e o almoço de confraternização das crianças.

[close]

p. 3

Boletim - Paróquia C r i s t o R e i PG 3 Acontece APARIÇÕES DE MEDJUGORJE Ana Lúcia Vasconcellos está lançando um livro na Paróquia, segunda edição de um livro sobre as aparições de Medjugorje, traduzido do francês. Título do LIVRO – “EU VEJO A VIRGEM” O Frei Franciscano Yanko Bubalo (1913-1997) fez uma entrevista com um dos videntes de Medjugorje que ficou famoso. O nome do livro é “Eu vejo a Virgem” – Vicka narra as aparições de Medjugorje. Vicka Ivankoviv começou a ver a Virgem Maria, Mãe de Jesus, desde 24 de junho de 1981 até os dias de hoje. As aparições acontecem em Medjugorge, vilarejo da ex-Iugoslávia, atual Bósnia Herzegovina. Este livro é considerado pelos especialistas um dos mais importantes documentos sobre aquelas aparições por abordar, em detalhes, os trinta primeiros meses do evento que até hoje perdura, e que são consideradas as mais longevas aparições de Nossa Senhora na história da cristandade ANA LÚCIA VASCONCELOS está lançando a segunda edição deste livro, que ela traduziu do francês, e foi publicado pelas Edições Loyola, em 1990. Segundo ela, o livro caiu em suas mãos de forma milagrosa, e fez parte da sua volta à Igreja Católica, desde 1986. Com as aparições, Medjugorje, situado entre montes, se transformou em um santuário mariano que atrai milhões de peregrinos a cada ano, e tem dado muitos frutos de conversão. ROMARIA DA ARQUIDIOCESE Dois ônibus da Paróquia Cristo Rei acompanharam a Peregrinação da Arquidiocese de Campinas, levando de volta para a Basílica a Imagem que percorreu todas as paróquias da Diocese desde 8 de dezembro do ano passado. Saíram às 5h00 para participar da Missa Solene presidida por Dom Airton José, Arcebispo Metropolitano, celebrada às 10h30, Na Basílica Nova. A nossa Comunidade foi bem representada por esse Grupo de 85 pessoas, animado pelos nossos Agentes, Orestes Bianchi e Sandra Mara Teixeira Antunes. Padre Magalhães preparou um texto especial para a ocasião a fim de que os peregrinos saíssem rezando da Matriz Paróquia Cristo Rei. Calendário Paroquial Hora Santa - Adoração ao Santíssimo 01 Sacramento - 19h45 Confissões Catequese Missa do Sagrado Coração de Jesus - 17h 02 Renovação Promessas do Batismo - 19h45 Comunhão Reservada 1ª Eucaristia - 9h30 03 Preparação Batismo - 16h Tirinhas da Solidariedade - Final Missas Batismo - 9h Missa 1ª Eucaristia - 16h 04 Encontro Crisma - 17h Tirinhas da Solidariedade - Final Missas Missa dos Enfermos - 17h 07 11º Encontro da Vocacional - 19h30 08 Reunião Pascom - 19h Encontro Jovens (Corpus Christi) - 17h 11 Encontro Crisma - 17h Missa 1ª Eucaristia - 16h Reunião Mensal CONSEG - 19h 13 Tapete Corpus Christi - Jovens - 19h Tapete Corpus Christi - Jovens - 19h 14 12º Encontro da Vocacional - 19h30 CORPUS CHRISTI - FERIADO 15 Missa de Corpus Christi (Crisma) - 17h Preparação Batismo - 16h 17 Ofertas da Partilha - na Missa Batismo - 9h 18 Encontro Crisma - 17h Ofertas da Partilha - nas Missas Confraternização futebol - 18h 21 Encerramento Orientação Vocacional - 20h Festa Junina - 18h 24 Missa dos casais aniversariantes - 19h Pão de Mel e Salgados - Final Missas Festa Junina - 18h 25 Pão de Mel e Salgados - Final Missas Eventos, notícias, fotos Acesse nosso site www.paroquiacristorei.com.br

[close]

p. 4

PG 4 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Vida Cristã VAMOS CONVERSAR SOBRE O BATISMO O batismo não é uma simples cerimônia social, uma superstição ou um meio de arrumar padrinho. Leia o diz São Pedro em Atos dos Apóstolos 2,36-40. Você precisa pensar bem e perceber que todas essas maravilhas acontecem, não porque você merece, porque você praticou boas obras ou porque vem de um a família católica. Leia Carta de Paulo aos Efésios 2,3-9 e Carta de João 3,16-18. Você precisa valorizar mais a cerimônia do batismo. Mais do que fotografar e filmar tudo o que acontece, é preciso entender bem o significado dos sinais: o sinal da cruz, o óleo, a água, a vela, o sal, a veste branca. Leia Carta de Paulo aos Romanos 6,3-5. Os sinais usados na cerimônia do batismo revelam a importância da decisão que Você tomou. Por isso, não basta batizar. Você precisa aceitar Jesus Cristo em sua vida. E isso é muito exigente. Leia a Carta de Paulo aos Efésios 4,17-24. Jesus não vai deixar Você se acomodar. Ele vai pedir sempre mais de Você, conforme está na Carta aos Romanos 12,12. Não tem sentido Você aceitar Jesus Cristo em sua vida e levar uma vida de pagão. O Batismo é, sobretudo, um sinal de aceitação, de escolha e de adesão a Jesus. Quem aceita o Batismo, aceita também os compromissos do Batismo. E o primeiro deles é a Vida em Comunidade. Leia Atos 2,42-47. Mensagem do Papa Queridos peregrinos, temos Mãe, temos Mãe! Agarrados a Ela como filhos, vivamos da esperança que assenta em Jesus... Quando Jesus subiu ao Céu, levou para junto do Pai celeste a humanidade – a nossa humanidade – que tinha assumido no seio da Virgem Mãe, e nunca mais a largará. Seja esta esperança a alavanca da vida de todos nós! Uma esperança que nos sustente sempre, até ao último respiro. Com esta esperança, nos congregamos aqui para agradecer as bênçãos sem conta que o Céu concedeu nestes cem anos da primeira aparição. Como exemplo, temos diante dos olhos São Francisco Marto e Santa Jacinta, a quem a Virgem Maria introduziu no mar imenso da Luz de Deus e aí os levou a adorá-lo. Irmãos e irmãs, obrigado por me acompanhardes! Não podia deixar de vir aqui venerar a Virgem Mãe e confiar-lhe os seus filhos e filhas. Queridos irmãos, rezamos a Deus com a esperança de que nos escutem os homens; e dirigimo-nos aos homens com a certeza de que nos vale Deus. Boletim da Paróquia Cristo Rei Distribuição gratuita  Period.: mensal  Tiragem: 500 exemplares Respons.: Pe. Luiz Carlos F. Magalhães - fogodaterra@terra.com.br Projeto gráfico e diagramação: PASCOM (Pastoral da Comunicação) Paróquia Cristo Rei Rua Elisiário Pires de Camargo, 210 Jd. Chapadão  Campinas, SP  CEP 13070-099 Tel: (19) 3242-0500  secretariacristorei@terra.com.br

[close]

Comments

no comments yet