Revista 53

 

Embed or link this publication

Description

Revista n°53 TTC

Popular Pages


p. 1

Tijuca Tênis Clube 1

[close]

p. 2

2 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 3

-Editorial 1915/2017 - ENTRE DUAS DATAS SOFRIDAS, O TIJUCA CONTINUA UM i´CONE DE QUALIDADE Coincidência ou não? Há exatamente 102 anos acontecia uma das maiores secas já registrada na história do Brasil. A seca de 1915 foi das mais terríveis que já se espalhou pela região nordestina. O sofrimento das famílias, a destruição das plantações e a morte dos animais, durante essa estiagem, foram retratados por Rachel de Queiroz no seu romance “O Quinze”. Por uma das coisas da vida, tive a felicidade de receber a famosa escritora e conterrânea aqui no Tijuca, por ocasião da minha primeira gestão no clu- be, nos anos 90. Agora, quando o Brasil passa por uma situação crítica de dimensões maiores que a da seca de 2015, agradeço a Deus por ver o Tijuca se mantér de pé, em grande atividade, com as portas abertas para as famílias e cuidando dos esportes e dos seus atletas, com o apoio da CBC – Confederação Brasileira de Clubes, organismo da qual me orgulho de fazer parte da sua diretoria, atuando na formação e bom de- sempenho de atletas em todo o Brasil. Glória ao TIJUCA TÊNIS CLUBE neste 11 de junho de 2017! Sua força vem de homens como Leonardo Pereira, Bernardo Gonçalves, Francisco Cândido Pereira, Antonio Fernandes da Costa Júnior, Luciano Ruffier, José Manoel Fernandes, Heitor da Nóbrega Beltrão, Hugo Ramos Filho, Mário Cardoso Pires, Leônidas Castello da Costa, Jayme da Silva Ferreira, Eduardo Tavares Guimarães, Ruy da Cunha Ribeiro, Aloysio Bandeira de Mello, Paulo Bottrel, José Cardoso Tosta, Carim Jorge Khéde, João Vicente da Costa e Victor Cesar Pereira Freitas. Com o legado de cada um aprendi uma maneira de lidar com as dificuldades; de todos recebi uma herança abençoada. Vida longa ao gigante da rua Conde de Bonfim, nosso Clube Cidade. Paulo Maciel - Presidente Tijuca Tênis Clube 3

[close]

p. 4

índice ~~ editorial natac~ao karate^ danca te^ nis pet stop bocha adaptada sase e sociocultural olhar tijucano 3 7 8 9 10 12 18 20 22 4 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 5

Tijuca Tênis Clube 5

[close]

p. 6

Nesta edição Paulo germano maciel Presidente Kelma do Carmo Diretora de Eventos Paulo Cinelli Vice-presidente de Tênis Aluízio de Souza Vice-presidente de Esportes Aquáticos Jorge amaro da silva Vice-presidente de Esportes Terrestres Marcos Antônio Freitas Vice-presidente Sociocultural 6 Tijuca Tênis Clube Conselho diretor Presidente Paulo Germano Maciel Vice-presidente Geral Hildo Magno da Silva Vice-presidente de Administração Gilberto Carneiro da Silveira Vice-presidente do Edifício Leonardo Pereira Carlos Alípio de Almeida Vice-presidente de Esportes Aquáticos Aluízio Antônio Gomes de Souza Vice-presidente de Esportes Terrestres Jorge Amaro da Silva Vice-presidente de Interesses Internos Carlos Coelho da Silva Vice-presidente de Jogos Recreativos André de Carvalho Chagas da Silva Vice-presidente de Marketing e Divulgação Edvaldo Ramos e Sousa Vice-presidente de Patrimônio Alcir da Silva Sampaio Vice-presidente de Secretaria e Comunicações Luiz Carlos Gomes Vice-presidente Sociocultural Marcos Antônio Freitas Vice-presidente de Tênis Paulo César Moreira Cinelli Expediente Jornalista responsável/Editora Alda Rosa Travassos - Reg. 12846 - MT/RJ Fotografia Carol Couto e José Roberto Couto (Zeca) Estagiários Gabriela da Rocha e Isabela Kale Redação Depto. de Marketing e Divulgação - 4° andar do Edifício-sede do TTC - Rua Conde de Bonfim, 451 - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20520-051. Distribuição gratuita, em mala direta aos associados e em bancas de jornais. Fale conosco Site: www.tijucatenis.com.br E-mail: marketing@tijucatenis.com.br Tel: 21 3294-9300 Publicidade e impressão LL Divulgação Editora Cultura Ltda Tel: 21 27148896 E-mail: lldivulga@gmail.com Projeto gráfico: Gabriela da Rocha Nascimento Lima

[close]

p. 7

o brilho de quem sonha: TIJUCA E CBC ALAVANCAM O SUCESSO DE ATLETAS como luiz gabriel Todo céu tem suas estrelas e a natação do Tijuca Tênis Clube tem várias, mas uma delas, em particular, tem brilhado muito, recentemente: o conhecido de outras edições e promessa da natação, Luiz Gabriel de Souza da Silva, que com apenas 15 anos já garantiu o vice-campeonato nos 100 metros de nado peito, terceiro lugar nos 50 metros nado peito e também no revezamento 4 x 100 metros medley. Ele é Campeão Brasileiro da Categoria Juvenil e campeão Sul-americano Juvenil, uma realidade surpreendente para um garoto mais jovem que a média da competição. Além disso, recentemente, o atleta participou de campeonato no parque aquático Maria Lenk, em uma disputa para integrar a seleção que vai para o mundial de natação de Budapeste, na Hungria, que acontecerá em julho deste ano, com os principais nomes da natação brasileira atual. Luiz está a um passo de conquistar um sonho mas, para chegar onde chegou, precisou de muita garra e apoio de pessoas e projetos que acreditam na capacidade de jovens atletas como o Tijuca Tênis Clube, com apoio da CBC - Comitê Brasileiro de Clubes. Luiz Gabriel mantém uma rotina diária bastante regrada. Ele acorda às 7h para ir à escola e quando volta, por volta das 13h, descansa por 1h e retorna ao clube para treinar até 19:30h. O jovem atleta também faz, regularmente, acompanhamento com o nutricionista Luciano de Vasconcelos e o psicólogo esportivo Alexandre Pereira, a partir de um apoio que conseguiu da Confederação Sul-americana, que conta com uma equipe multidisciplinar bem preparada para auxiliar jovens atletas como ele. A história dele se assemelha com a de muitos meninos que a gente conhece: começou no esporte novo, por uma necessidade de aprender a nadar e se apaixonou. Aos 12 anos participou de sua primeira competição e dali para cá recebeu propostas de outros clubes, mas diz que não deixa o TTC de jeito nenhum, pois vê nos técnicos Fellipe Donatelo, Felipe Oliveira e Marcelo Almeida, que o acompanham desde o início, um acolhimento sem dimensões. Além disso, nossa estrela é privilegiada pelos projetos incentivados do clube que o auxiliaram nos custos de viagens com passagem e hospedagem. E mais, em janeiro, ele fez uma análise mecânica com o Aquanex, um aparelho de análise biomecânica subaquática, que foi inteiramente bancado pela CBC e feito no próprio clube. Tudo isso por contar com pessoas e projetos que acreditam em seu potencial. E nossa estrela sonha, sonha, como todo atleta, em alcançar uma olimpíada. Para isso, está focado na corrida para Tóquio 2020. O primeiro passo é o Mundial Júnior, no ano que vem e enquanto isso, ele continua competindo como de 26 a 28 de maio, quando esteve em Minas Gerais no campeonato Sudeste de Natação. E ele destaca: nadar é para mim é um lazer, estar com os amigos do clube, contar com todo o apoio que recebo. É isto que o motiva a perseguir seus objetivos. Tijuca Tênis Clube 7

[close]

p. 8

A PROMESSA DO KARATÊ TIJUCANO UMA LUTA PARA AS OLIMPI´ADAS DE 2020 O Karatê, esporte milenar e conhecido no mundo todo, finalmente conseguiu seu espaço nas Olimpíadas em agosto do ano passado, no Rio de Janeiro e terá sua estréia em Tóquio, em 2020. O esporte contará com disputas nos naipes Kapa, que consiste em uma simulação da luta e o Kumitê, a própria luta; um atleta em cada Kata e três pesos masculinos e femininos, por país. A novidade animou nossos atletas, treinadores e torcedores tijucanos que acreditam na capacidade do TTC de formar atletas olímpicos. Por isso, conversamos com Josimar Oliveira, professor de Karatê do Tijuca há seis anos, para nos contar tudo o que está sendo feito para a caminhada até o Japão. Fala o professor Josimar Oliveira - É apaixonante poder dizer que o TTC é o clube mais antigo possuidor de confederação de Karatê e que temos, inclusive, uma série de competições vencidas, com apoio da sua diretoria. Infelizmente, aqui acontece um revezamento muito grande de atletas porque as crianças crescem e vão para faculdade e assim, normalmente, não conseguem mais treinar à noite. Então, acabamos sofrendo uma evasão maior quando chegam nessa faixa etária. No entanto, o que percebemos é uma molecada cada vez mais animada e um retorno e satisfação muito grande, principalmente das mães, até porque muitas delas, assim como os filhos, treinam conosco. Todo esse retorno dá muito prazer e transforma o clube em um ambiente prazeroso e incrível para se trabalhar. Agora, com o Karatê Olímpico, o que estamos procurando é um apoio maior, pois isso trouxe ao nosso trabalho uma dimensão e importância incríveis, o que nos deixa bastante otimistas para a formação de nomes aqui no clube. Acredito que se conseguirmos levar três atletas do Tijuca nessa empreitada, já estaremos ótimos. Isto porque, em termos das Olimpíadas, o Karatê está iniciando, são 80 vagas no país inteiro, selecionadas a partir do pré-olímpico que acontece em várias cidades, para poder afunilar até 2018 e formar a equipe que vai competir em 2020. Sabemos que a caminhada para Tóquio será árdua. Principalmente no que diz respeito ao patrocínio, pois a questão financeira pesa: são muitas as viagens que os atletas precisam fazer nas Por: Isabela Kale classificatórias e nós sabemos que elas têm um custo elevado. É impossível bancá-las com recursos próprios, mas tentaremos conseguir, para ajudar. Por exemplo: o TTC já foi terceiro lugar no campeonato brasileiro em Rondonópolis e na ocasião, não fui, preferindo pagar a passagem para nosso atleta competir. O próximo passo é justamente essa procura por patrocinadores e, é claro, investir em treinamento. Nosso maior obstáculo foi não termos alguns dos equipamento necessários: saco de areia e raquete; assim, a solução foi trazer os atletas daqui e treinar em um espaço que tenha esses equipamentos. Ou seja, a parte técnica chamada de Kihon, que envolve exercícios e a parte de Kata, nós fazemos aqui; já a parte que envolve equipamento fazemos a partir de uma parceria fora do clube. Felizmente, nós temos nomes de campeões que dão a maior força para a gente como Douglas Brose, bicampeão mundial pela WKF (World Karate Federation), que já veio duas vezes ao Tijuca para dar cursos aos nossos alunos. Além disso, falando do esporte em si, no ano passado o Pan -Americano de Karatê foi aqui no Rio, próximo às Olimpíadas, o que mostra o simbolismo enorme que o esporte já tem no país. Acho que, nesse contexto, temos grandes chances de levar atletas brasileiros ao pódio, e espero conseguir estampar algum dos nossos por lá. A notícia do Karatê como esporte olímpico é uma notícia riquíssima e para nós que trabalhamos com o esporte, é ótimo, pois tendo o Karatê na mídia a visibilidade do esporte aumenta, atraindo uma galera nova para o clube treinar e quem sabe, fazer parte dos karatecas brasileiros a medalhar em 2020. Obs: Dentro da FKERJ-Federação de Karatê do Estado do Rio de Janeiro - Josimar atua também como membro do Conselho Deliberativo, faz parte do Quadro de Arbitragem e é membro da Banca de Avaliação de Exames de Graduação; dentro da CBKConfederação Brasileira de Karatê ele faz parte do Quadro de Arbitragem. Dá aulas no TTC há quase 7 anos. FUNCIONAMENTO As atividades acontecem às segundas e quartas-feiras, de 19h às 20h, em cima do ginásio de basquete, atendendo pessoas a partir de 8 anos. 8 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 9

NÚCLEO DE DANÇA PREPARA XXVI MOSTRA PARA ENCERRAR SEMESTRE Sabemos que é grande a curiosidade para saber os temas dos espetáculos adulto e infantil do final de ano (o que será que está por vir depois dos sucessos de “O Rei Leão” e “Burlesque”?). Mas já dá para sentir o friozinho na barriga nas apresentações de encerramento do semestre. É tudo feito com muito carinho para mostrarmos um pouco do desenvol- vimento dos nossos queridos alunos durante esses últimos meses. As turmas de Jazz, Ballet e Shaking Body aguardam ansiosamente a presença de todos! 13 e 14/07 Salão nobre do Tijuca Tênis Clube 19:30h Ingressos: R$ 30,00, com meia-entrada para os garantidos por lei e para quem levar 1kg de alimento não perecível. A venda de ingressos será realizada na hora, sem lugar marcado, e também com antecedência, em horários específicos, no Departamento de Cultura. Quer saber um pouquinho mais do nosso trabalho? Curtam nossa fanpage no Facebook! Facebook.com/nucleodedancattc Tijuca Tênis Clube 9

[close]

p. 10

últimas do tênis Em maio aconteceu a final do Torneio de 5ª Classe C – Simples. O campeão foi o estreante Igor Gomes (D) que venceu o também estreante Marco Aurélio (E),por 6/3 7/6. Igor Gomes, campeão (D) e o vice Marco Aurélio (E) 10 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 11

torneio de yellowball Vejam a foto após as quartas de final pela primeira classe do Yellowball, vencida por Lourenço Bogo, nº1 do CETAV Rio. Roberto Leal, do Tijuca, também teve uma brilhante atuação, vencendo por 4/6, 6/3 e 10/8 e perdendo nas semifinais para Bogo. Campeão Bogo – CETAV RIO (D) e Roberto Leal – TTC + conheça mais do esporte Quais os torneios preferidos? 80% dos tenistas participam dos Torneios Internos de Simples. 35% jogam o Torneio de Bandeiras, que é de duplas, sempre aos domingos. Participam mais de 200 atletas. Quais os grupos que mais tiveram vitória? É relativo, porque varia de ano para ano. Como se distribuem os torneios? Os torneios internos são feitos de segunda a sexta, à noite. Aos finais de semana ocorrem somente os torneios de grupo. informações 3294- 9426/9429/9313 Colaborou para a matéria: Aline Masi Tijuca Tênis Clube 11

[close]

p. 12

tijuca Tênis Clube movimenta o segmento pet 12 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 13

Em 2015 o Tijuca apostou em evento e nicho de mercado nunca antes cogitado, o se- tor PET. A diretora, promotora de eventos e cerimonialista Kelma do Carmo, o diretor e advogado Reynaldo Veloso, também responsável pela CPDA – Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB-RJ e a assessora de imprensa Alda Rosa Travassos, organizadora do circuito de palestras, saíram em campo, com suporte de Edvaldo Ramos, vice -presidente de Marketing e Divulgação. Nesse primeiro momento também tivemos a colaboração da diretora Leila Fampa, com experiência em Pet Shop, cuja bela gatinha Marie continua até hoje, ao lado do cãozinho Brad Pitt, de Kelma, como símbolos da realização. O evento é realizado sempre num sábado e domingo de abril, com entrada franca, solicitando ao público um kg de ração, para as ONGs que trazem animais para adoção. O clima é de muita alegria, principalmente pela presença de crianças, que se encantam pelos animais e querem levar para casa um gatinho ou cachorro. Este ano o evento contou com a participação especial do I Batalhão da Polícia do Exército, que realizou uma apresentação de adestramento de animais, atraindo pes- soas de todas as idades. Treinadores e cães chegando ao Tijuca Fazendo pose. Tijuca Tênis Clube 13

[close]

p. 14

Recebendo o carinho de todas as idades. Diretora Kelma (D) e Carla na exibição. Atento às instruções. A direção do Tijuca Tênis Clube agradece ao comando do I BPE, bem como a todos os policiais/adestradores presentes ao evento Feira atraiu um grande público. Reynaldo, Alda Rosa e Kelma do Carmo no drop box. 14 Tijuca Tênis Clube

[close]

p. 15

Amigos – eles e elas. Companheiro desde o I Pet Stop, Serjão cuida também da segurança dos lindinhos. Menino na área de adoção; palestras Campanha de adoção de animais. O jovem veterinário Bernardo Segala Francescutti, da Premier, teve uma das palestras mais concorridas da III PET STOP, com muitas perguntas da assistên- cia A Dra. Rebeka Cury, também presença jovem do segmento, fez um comunicado importante, o trabalho que está desenvolvendo com células tronco – “uma realização apaixonante e que vai fazer toda a diferença no tratamento e chance de vida e saúde para animais com graves sequelas”. Dra. Elizabeth Mac Gregor falou sobre campanhas educativas em defesa dos animais, recebendo a visita dos conceituados profissionais Dr. Frank Alarcon e Dr. Reynaldo Veloso Tijuca Tênis Clube 15

[close]

Comments

no comments yet