JORNAL AGORA EDIÇÃO 116-SEMANAL

 

Embed or link this publication

Description

JORNAL AGORA EDIÇÃO 116-SEMANAL

Popular Pages


p. 1

Jornal Tiragem: 12.500 exemplares AGORAESdeiçmãaonal O novo jeito de fazer notícia! Uberlândia e região 19 a 25 de maio de 2017 Edição: 116 Ronaldo Caiado debate Funrural AntônioAndrade prestigia posse da nova diretoria da AMM O senador Ronaldo Caiado esteve em Uberlãndia na última semana. Ele falou sobre a nova cobrança do Funrural. Junto com o senador estiveram o ex-governador Alberto Pinto Coelho, o ex-presidente da Assembleia de Minas, Dinis Pinheiro, o o depu- tado federal Carlos Melles, presidente estadual do Democratas, o ex-secretário de Governo de Minas, Danilo de Castro e outro parlamentares. Também os estaduais Elismar Prado e Luiz Humberto Carneiro. Página 03 Patrocinense e Boa no Módulo I 2018 Página 07 Festa Junina da Ação Moradia Presente em mais um evento da Associação Mineira de Municípios (AMM), o vice-governador e presidente estadual do PMDB, Antônio Andrade, se reuniu com prefeitos de todo o Estado durante da posse da nova diretoria da entidade. Após participar da abertura do 34º Congresso Mineiro de Prefeitos, no meio da semana, Andrade prestigiou a solenidade que marcou o início da gestão de Julvan Lacerda, prefeito de Moema, à frente da instituição. A solenidade, realizada em Belo Horizonte, também contou com a participação de secretários de Estado, deputados estaduais, federais e lideranças políticas mineiras. Antônio Andrade ainda falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos gestores municipais e sobre o significado da Associação para os prefeitos. ”Já fui prefeito e sei que não é fácil manter a casa em ordem, da burocracia que atrapalha a realização de investimentos e da falta de recursos. Sei que a AMM está preparada e pronta a oferecer, com um ambiente sadio para a troca de experiências e soluções, o apoio necessário aos gestores municipais”, concluiu. Começa no próximo mês a tradicional festa Junina da Ação Moradia, um dos maiores eventos da região. Página 05

[close]

p. 2

Pág. 02 Jornal AGORA 19 a 25 de maio de 2017 FATOS POR AÍ Uma semana para a história Armando Pedrada O prefeito Deiró Marra, Patrocínio, foi o primeiro a conseguir que o município mineiro fizesse a adesão a deliberação normativa Copam 213/2017, que o autoriza a conceder licenças ambientais com potencial poluidor de 0 a 4. Isso significa que, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente poderá analisar, emitir pareceres ambientais, fiscalizar atividades potencialmente poluidoras e realizar o processo de licenciamento ambiental a ser aprovado pelo Codema. Ao todo, são 206 atividades para os quais o município terá competência. Localizado na avenida João Alves do Nascimento, 1226, o prédio da Secretária de Meio Ambiente, sediará também os escritórios do Comitê da Bacia Hidrográfica dosAfluentes Mineiros doAlto Paranaíba e IEF. Analisa-se também a possibilidade de trazer o Codema e o Núcleo da Supram para o local, a fim de facilitar o trabalho daqueles que dependem de liberações ambientais. O governador Fernando Pimentel defendeu, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, o respeito ao voto popular e aos princípios democráticos. Pimentel participou de solenidade em que entregou chaves de 123 ambulâncias destinadas a 108 municípios mineiros, com investimento de R$ 8 milhões. Em seu discurso, dirigido aos prefeitos e às prefeitas contemplados pela ação, o governador enalteceu os mandatários, escolhidos por meio do voto popular nas eleições do ano passado. Pimentel afirmou que a crise institucional, política e econômica pela qual passa o país é fruto de um “acúmulo de situações” e que, mesmo com essa adversidade, os prefeitos e prefeitas hoje eleitos “se dispuseram a ir às urnas enfrentar o veredito popular”. A luta é de muitos, a vitória dos campões! EXPEDIENTE JORNAL AGORA Editor: Luciana Archete - MG19681JP lucianaarchete@yahoo.com.br (32) 99144-6669 Diretor de Publicidade: Vanderlei de Melo jornalagora@hotmail.com (34) 98894-3602 (34) 3210- 3952 (34) 999584899 Editoração Gráfica: Archete Marketing e Publicidade Gráfica: CopBem Gráfica e Editora CNPJ: 00.158.540/0001-06 Fone: (11) 2976-0217 DiretorAdministrativo: Vanderlei Melo CNPJ: 17.653.038-0001/66 Tiragem: 12.500 (doze mil e quinhentos exemplares) Uberlândia-Patrocínio-PatosdeMinas- Grupiara-MonteCarmelo Iraí de Minas - Nova Ponte - Vazante - Unaí - Presidente Olegário LagoaGrande-Paracatu-UruanadeMinas-Coromandel -Gurinhatã O jornal Agora é um publicação da empresa Patrícia Borges Machado de Melo Gomes Publicidade e Promoção, localizada à rua Rio Paranaíba, 317 - Luizote - Uberlândia - MG O Brasil, talvez o mundo inteiro, tem atenção voltada ramento de obras e, principalmente pagamento de pro- para o Paraná. O interrogatório mais esperado de to- pina, não só no Brasil, mas também no exterior. O que dos os tempos no País mobilizou comunidades e gru- se espera desta semana ficará para sempre na histó- pos políticos e, principal- ria brasileira. Dirão que outros ex- mente os sindicalistas ligados ao ex-presidente Lula. A Operação Lava- “Nunca antes neste País se roubou tato e se cobrou tanta presidentes e seus ministros também cobraram propina, que deveriam estar na cadeia, mas, nunca Jato, uma das maiores investigações sobre corrupção no Brasil levou propina para liberação de recursos e contratos milioná- antes na história deste País, a cobrança foi tão grande quanto no governo petista. O que era pra ame- diversos executivos, empresários e políticos para rios e superfaturados”. nizar as desigualdades levou o Brasil a uma derrocada sem preceden- a cadeia. Os desdobra- tes. Por isto, esta semana será para mentos de uma delação premiadas provocou um dos sempre lembrada como a semana em que muito se maiores casos de apuração sobre fraudes, superfatu- buscou pela verdade. Pense nisto. Boa Leitura! Dia das Mães com missa em Cemitérios de Uberlândia No último domingo (14) os cemitérios Campo do Bom Pastor e São Pedro tiveram missas em homenagem ao Dia das Mães. Os cultos em memória às mães já falecidas foram celebradas por sacerdotes das paróquias São Benedito e Cristo Redentor. Para receber os fiéis durante as missas, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico montou uma estrutura com tendas e cadeiras. No mês de abril a Secretaria de DAE de Tupaciguara melhora estação de água o Departamento de Água e Esgoto - DAE -, realizou reforma na entrada da Estação de tratamento de Água localizada ao lado do Parque de Exposição CAPITU, e na casa de máquinas, e casa dos moradores localizada na Represa dos Buritis. A entrada da Estação de Água estava há muito tempo precisando de uma melhoria, por se tratar de uma entrada bem no início da cidade e por ser a Estação que trata da água de toda a população tupaciguarense. As casas reformada s na Represa dos Buritis e a casa de maquinário, onde acontece a capta- ção de toda a água que segue para a Estação de Água para tratamento. “Todas essas reformas são importantes para mantermos em funcionamento todos os recursos necessários para a captação de água e o abastecimento para todos os tupaciguarenses. Estamos trabalhando muito, juntamente com a Prefeitura, na pessoa do Prefeito Tenente Carlos, para que todas as melhorias relacionadas à água e ao esgoto em Tupaciguara sejam solucionadas e assim todos terão sempre água de qualidade”, afirma o diretor do Departamento de Água e Esgoto, Francisco De Assis. Meio Ambiente reforçou os serviços de preparação dos cemitérios para data. No Bom Pastor foram podadas cerca de 240 árvores e no São Pedro, o serviço foi feito em mais de 30. “Os trabalhos também contribuem para melhorar a iluminação e aumentar a segurança dos locais”, disse o assessor técnico de MeioAmbiente,AndersonAlves de Paula. Os cemitérios ainda receberam serviços de limpeza, roçagem, capina, pintura de meiosfios e troca de lâmpadas. Odelmo Leão reúne vereadores e apresenta LDO para 2018 A Prefeitura de Uberlândia apresentou a vereadores, naúltima semana, em reunião no CentroAdministrativo Municipal, o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018 que será enviado à Câmara Municipal para apreciação e votação. A exposição foi realizada pelo prefeito Odelmo Leão e por representantes da Procuradoria Geral do Município e das secretarias de Gestão Estratégica e de Finanças.A proposta já havia sido apresentada à sociedade civil e gestores públicos durante audiência pública. A LDO é o instrumento normativo que promove o elo entre o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). Ou seja, o documento estima o que deve constar no orçamento do Município no ano seguinte e estabelece normas e prioridades para a execução dos valores presumidos dentro das metas fiscais. A receita orçamentária para 2018 está prevista em R$ 2,559 bilhões no projeto. Montante 1% maior do que o estimado para 2017, que foi de R$ 2,534 bilhões. Valor que, contudo, acabou reestimado em R$ 2,338 bilhões em 2017 pela atual gestão municipal. Na exposição aos vereadores, o prefeito reafirmou o compromisso em garantir o equilíbrio fiscal do Município. “Apresentamos uma estimativa mais realista para 2018, porque é assim que trabalhamos: com transparência e compromisso”, disse. Embora as despesas no projeto da LDO ainda não estejam segmentadas, a peça que irá ao Legislativo estipula que as prioridades de gastos para 2018 devem ser ações nos âmbitos da educação, saúde e áreas sociais. Setores que foram determinados como diretriz pela administração com o objetivo de devolver o desenvolvimento econômico social, com responsabilidade e transparência, ao município.

[close]

p. 3

19 a 25 de maio de 2017 Jornal AGORA Uberlândia ajudará o DNIT A Prefeitura de Uberlândia e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciaram negociação para uma parceria que permitirá que o órgão federal dê prosseguimento em obras do trecho urbano da BR-365 entre 2017 e 2018.A sinalização de um acordo ocorreu durante visita do engenheiro e chefe do Dnit em Uberlândia, Vinícius Rodrigues, ao prefeito Odelmo Leão. A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) foi destacada pelo prefeito como auxiliar do DNIT no que for necessário para que as passagens inferiores das ruas Alagoas e Claudemiro José Barbosa (sob a BR-365) sejam finalizadas. A Settran também auxiliará o departamento, por exemplo, no desvio do trânsito para um projeto de demolição e reconstrução do viaduto na rua Rio Grande do Sul, ligando os bairros Brasil e Marta Helena. Reuniões para definir detalhes desta parceria serão realizadas a partir da semana que vem. Senador Ronaldo Caiado fala Pág. 03 PELA REGIÃO Vanderlei Melo Nesta semana, a zona rural de Uberlândia recebe o projeto Caravana de Prevenção às Drogas. A ação leva teatro, dança, música, roda de conversa e até grafite para as unidades de ensino da cidade. O objetivo é, de forma lúdica, oferer às crianças informações e orientações sobre o tema. O programa itinerante é realizado pela Secretaria de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. sobre Funrural em Uberlândia O Senador da República, Ronaldo Caiado, esteve em Uberlândia na sexta-feira, dia 12 de maio, a convite do Sindicato Rural de Uberlândia e do Deputado Estadual Luiz Humberto Carneiro, para apresentar aos produtores rurais convidados, associados do Sindicato Rural de Uberlândia e lideranças do setor do agronegócio, sua proposta sobre o Funrural. Participaram do encontro o ex-presidente da Assembleia de Minas, Dinis Pinheiro, o ex-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, o Deputado Federal Carlos Melles, presidente estadual do Democratas, o exsecretário de Governo de Minas, Danilo de Castro e outros parlamentares. O Senador Caiado afirmou que o projeto de sua autoria que deve levado ao plenário do Senado Federal busca a remissão da dívida dos últimos cinco anos. Ronaldo Caiado justificou a proposta lembrando que o setor produtivo primário tinha em todas as decisões dos Tribunais Regionais Federais, e no Supremo, a inconstitucionalidade da cobrança sobre essa fatura. “De repente, numa votação, quando o governo descobriu que tinha um volume significativo de depósitos judiciais, conseguiu um resultado que tenta repassar uma dívida que pode chegar a mais de R$ 22 bilhões em cinco anos”, afirmou. Caiado destacou ainda o caráter cumulativo da cobrança que, segundo ele, é feito em cascata obrigando o produtor a fazer o repasse a cada operação. “Isso é insustentável para o setor”, concluiu. Na avaliação de Thiago Soares Fonseca, presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, a decisão do STJ contraria os interesses do setor, gera insegurança jurídica e poderá causar importantes reflexos financeiros para os produtores rurais caso seja confirmada como se apresentou. “Nosso objetivo é esclarecer ao máximo nossos associados com relação a este assunto. Por isso convidamos o Senador Ronaldo Caiado para estar no Sindicato Rural esta semana. Por ser um político que sempre defendeu o produtor rural tendo como grande bandeira a agricultura e a pecuária dentro do Congres- so Nacional, acreditamos que ele poderá colaborar para reverter essa situação”, disse. Cerca de 200 produtores rurais, presidentes de sindicatos e lideranças políticas, lotaram o auditório. Durante a solenidade, a Câmara Municipal de Uberlândia prestou homenagem ao Senador Caiado, ao Deputado Estadual Luiz Humberto Carneiro e ao ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Dinis Pinheiro, com a entrega de Moção de Aplauso. Ainda dentre as autoridades O Governo de Minas Gerais dá mais um passo importante para reconhecer o modo de tocar e fazer viola como patrimônio imaterial do estado. Está em andamento o mapeamento dos construtores e tocadores de viola, que são convidados a acessar o site do Instituo Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) e realizar o cadastro online. O levantamento vai permitir ao Iepha-MG mapear quantos são e quem são os responsáveis por perpetuar uma das mais tradicionais características da cultura mineira e, dessa maneira, endossar o pedido de abertura do processo de registro junto ao Instituto do Patrimônio Histórico eArtístico Nacional (Iphan). estavam vereadores de Uberlândia e cidades vizinhas, dentre eles Juliano Modesto, Baiano, Rodi Borges e Roger Dantas. Recentemente, em uma de suas intervenções na tribuna do Senado, Ronaldo Caiado, que é líder da bancada ruralista no Congresso, disse que a decisão do STF, de considerar constitucional a cobrança do Funrural, gerou insegurança no meio agropecuário, e poderá levar representantes do setor às ruas em protesto. Por ocasião, segundo o senador, a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, derrubou o mercado de commodities, levando o preço da soja a cair de R$ 80 para R$ 52 e, a arroba do boi, de R$146 para cerca de R$ 122. A queda do faturamento, a exigência da cobrança de 25% ou mais da fatura bruta de cada agricultor, e a inadimplência de pecuaristas junto ao governo são fatos que poderão inviabilizar a atividade no Brasil, disse Ronaldo Caiado. Decisão do STF Em sessão do Supremo Tribunal Federal (STF), do dia 30 de abril, que permite que a União possa cobrar dos empregadores rurais (pessoa física) a contribuição para o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), seis ministros votaram a favor e cinco contra a cobrança, portanto, considerada constitucional pela corte. A cobrança do Funrural incide sobre a receita bruta da comercialização da produção dos empregadores rurais. Esse tributo é usado para auxiliar no custeio da aposentadoria dos trabalhadores rurais, subsidiado pela União. A decisão do STF tem a chamada repercussão geral, o que significa que, a partir de 30 de abril, data da sessão no Supremo, todas as instâncias do Judiciário deve seguir a orientação.AJustiça acumula atualmente cerca de 15 mil processos sobre o assunto. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia realizou nesta quarta-feira (17), mais uma edição do “Café Empreendedor”. O intuito do evento foi, além de aperfeiçoar os conhecimentos, criar oportunidades para que empresários estabeleçam parcerias entre eles e gerem novos negócios. Durante o Café todos os presentes puderam se apresentam, falando sobre a empresa e o ramo de atuação. Depois, os empreendedores puderam conversar e criar alianças com o objetivo comum de aumentar o networking e melhorar seus negócios. As servidoras da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico foram homenageadas na última semana. Foi oferecido um almoço na Divisão de Limpeza Urbana (DLU) para as mães como uma forma de agradecê-las, homenageá-las e presenteá-las. Cerca de 50 mulheres participaram do momento de confraternização. Durante o evento, foram sorteados presentes, como cestas de café, de frutas e panos bordados. As mães ainda foram agraciadas com uma bela homenagem de músicos da Escola Municipal Cidade da Música. OPÇÃO ESTRELA Av. José Fonseca e Silva, 546 - Luizote

[close]

p. 4

Pág. 04 RESGATANDO VIDAS Luis Hermida Reconheçasinaisqueseufilhousadrogas Criamos nossos filhos com muito amor e os tratamos como se fossem por toda vida nossos bebês, não queremos que saiam de debaixo das nossas asas. Mas à medida que crescem, começam a ter uma vida independente.Alguns são mais calmos, caseiros, estudiosos; outros mais agitados, gostam de sair, têm necessidade de ter muitos amigos. Cada um com seu jeito peculiar de ser. Como saber se seu filho (a) está consumindo drogas? O desafio é identificar quais comportamentos estão dentro do esperado para a idade e quais indicam problemas mais graves, como dependência química. O adolescente normalmente gosta de ter seus segredos, acha importante privar os pais das coisas que faz e acontecem em suas vidas. Muitos pais não sabem como identificar se os filhos estão envolvidos com essas substâncias. Por isso é importante cuidar dos relacionamentos dentro de casa. É necessário ficar atento, participar, estar junto dos filhos, pois os primeiros sinais aparecem sutilmente, quase imperceptível. E quando começam a ficar mais evidentes é aquele susto! Fazer o quê? Recorrer a quem? Vejamos alguns sinais importantes a serem observados: 1º) Mudar radicalmente de interesses; 2º)Alteração de comportamento na escola; 3º) Mostrar-se muito agressivo agitado ou lento; 4º) Mudar o ciclo de amizades; 5º) Mania de perseguição; 6º) Gastar dinheiro mais que o normal, sumir pertences dele ou da família; 7º) Mudança no apetite (reparar se são repentinas ou bruscas); 8º)Alterar o sono (dormir demais ou pouco); 9º)Apresentar a pupila dilatada; 10º) Isolar-se de familiares e amigos (se os pais acompanham o dia a dia dos filhos, são capazes de identificar quando a mudança é motivo de preocupação). Portanto, pais, fiquem de olho; se sentirem alguma coisa diferente, perguntem e continuem observando. Não cheguem cobrando, porque correoriscodeafastaroseufilhodevocês.Afinal, aadolescênciaéuma fase em que ocorrem muitas alterações no indivíduo; quando os pais estão próximos, são capazes de reconhecer se as mudanças são normais desta fase ou se são decorrentes de algum problema maior. Para informações, agendamento de palestras e aconselhamentos entrem em contato conosco por meio das nossas redes sociais: FaceBook: Luis Hermida/Resgatados para Resgatar; WhatsApp: (34)99649-7187/99232-7450. Jornal AGORA 19 a 25 de maio de 2017 Uberlândia discute habitações O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, se reuniu com gerente regional da Caixa, Marciano de Freitas Matos, para discutir a situação atual em que se encontram os residenciais Pequis, Monte Hebron e Córrego do Óleo. As pendências ainda existentes para liberação e a previsão por parte da Caixa em relação à entrega das casas às famílias já sorteadas ainda estiveram em pauta. Representantes das secretarias de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, Educação, Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico e do Depar- tamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) também participaram da reunião. De acordo com o levantamento feito pela prefeitura, baseado nas informações repassadas pela Caixa, unidades que ainda não foram entregues dependem de vários processos em andamento, que vão desde regularização de documentos junto ao cartório de competência das construtoras, sorteio de endereços e assinatura de contratos (que são agendados pela Caixa), conclusão de obras (como é o caso de grande parte das unidades do Córrego do Óleo) até a autorização de entrega dos imóveis por parte do Ministério das Cidades. Além das casas, parte dos equipamentos ainda estão em fase de conclusão e aguardam processo de liberação para destinação à comunidade. Durante a reunião, também foram discutidas questões relacionadas à infraestrutura do residencial Pequis e Monte Hebron, que envolvem serviços de água e esgoto. Segundo dossiê apresentado pelo Dmae, logo no início do ano, problemas técni- cos e erros foram verificados na implantação dos serviços e colocavam em risco o atendimento à própria comunidade. O principal deles foi no sistema de bombeamento de esgoto do residencial Pequis para a Estação Elevatória de Esgoto 8 (EEE8) que provocou o rompimento da tubulação. Para garantir o atendimento à população dos residenciais, o Dmae adotou ações emergenciais até que os novos equipamentos sejam considerados adequados para atender o número total dos beneficiados. Relatório da situação atual dos residenciais Pequis, Monte Hebron e Córrego do Óleo Residencial Córrego do Óleo 832 apartamentos ainda em obra 288 apartamentos concluídos, aguardando legalização também por parte da construtora - regularização de documentos junto a cartório e instituição de condomínio – ambos processos de responsabilidade da construtora para autorização do Ministério das Cidade e posterior liberação da Caixa; Escola de Ensino Fundamental – unidade concluída, entregue ao Município e já em funcionamento; Escola de Educação Infantil – Emei concluído, entregue ao Município e já em funcionamento. Residencial Monte Hebron 499 unidades prontas aguardando aprovação do Ministério das Cidades para entrega das chaves pela Caixa; 495 unidades com pendências de conclusão de obra e legalização; Escolas de Ensino Fundamental – unidade concluída, aguardando legalização; Escolas de Educação Infantil – das duas unidades previstas, uma foi entregue ao Município e já está em funcionamento e a segunda, sob a responsabilidade da loteadora, ainda está em obra UBS – Obras concluídas. Funcionamento depende da contratação de equipes de saúde, que está suspensa temporariamente pelo Ministério do Trabalho. Residencial Pequis 1.471 unidades prontas que aguardam aprovação do Ministério das Cidades para a entrega das chaves pela Caixa; Escolas de Ensino Fundamental – uma unidade pronta e aguardando legalização sob responsabilidade da Caixa e uma unidade ainda em construção sob a responsabilidade da loteadora; Escolas de Educação Infantil – Das três unidades previstas, apenas uma concluída, entregue ao Município e já está em funcionamento.As outras duas unidades ainda estão em obras; CRAS – Centro de Referência deAssistência Social – unidade ainda em construção e de responsabilidade da loteadora; UBS – Obras concluídas aguardando legalização - Funcionamento depende da contratação de equipes de saúde, que está suspensa temporariamente pelo Ministério do Trabalho. Recuperação de crédito tem queda pequena O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do SCPC – apontou queda de 0,1% na análise mensal dessazonalizada, enquanto na variação acumulada em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017) queda de 0,4%. Na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve queda de 7,4%, conferindo uma queda de 2,9% no acumulado do ano frente ao mesmo período do ano anterior. Em termos regionais, na comparação em 12 meses observou- se alta somente na região Sudeste, de 1,7%. Para as demais regiões, ficou a seguinte configuração: Norte (-5,5%), Centro-Oeste (-4,5%), Sul (-1,9%) e Nordeste (-1,4%). Apesar das divergências dos indicadores regionais, a média brasileira de recuperação de crédito continua muito próxima de valores estáveis. Com isso, o quadro de inadimplência na economia mantém-se inalterado, uma vez que o crescimento do fluxo de registros de consumidores inadimplentes nos últimos meses também permanece em níveis próximos da estabilidade.

[close]

p. 5

19 a 25 de maio de 2017 Jornal AGORA Pág. 05 Tradicional Festa Junina e Festival de Quadrilhas Neste ano, Uberlândia recebe a tradicional Festa Junina, que completa 21 anos. O evento, já oficializado no calendário do município, traz shows, cultura, culinária para cidade, além do aclamado Festival de Quadrilhas Juninas. A festa é realizada pela Organização Não Governamental (ONG), Ação Moradia, fundada em 1993 e sediada no Bairro Morumbi, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da comunidade, criando programas e oficinas que auxiliam a população de baixa renda. Entre um dos projetos da ONG, está a Festa Junina, que busca trazer a tradicional festividade de São João com um toque da cultura mineira. Atualmente, o destaque da festa é o Festival de Quadrilha Juni- nas, que já está na 7° edição e promove o intercâmbio cultural de quadrilheiros da cidade e fora dela. Neste ano, vão participar os grupos Fala Uai, Forrozarte, ambos de Uberlândia, e Pega Fogo, diretamente de Belo Horizonte. Em uma competição saudável, bonita e cheia de artistas talentosos, a disputa será para conseguir o Troféu Anarriê, entregue no dia 17 de junho ao som da Banda Sem Juízo para o melhor trabalho de conjunto, con- cepção coreográfica, casal de noivos, marcador (a), dançarino (a), figurino e melhor torcida da noite. SegundoElianaCarrijo,fundadora daAção Moradia e idealizadora do primeiro e único Festival de Quadrilhas em Uberlândia, as coreografias esbanjam beleza, charme e animação. "É uma competição saudável que reúne brincantes de vários bairros de Uberlândia para mostrar sua desenvoltura em coreografias e figu- rinos festivos", conta ela. Além do Festival, a festa conta- rá com apresentações ilustres dos grupos Paixão Caiçara (SP), "Quadrilhão" (MG), Paixão Cangaço (GO), Nova Geração (MG), Chic Chic (MG) e "Os Mais Vividos do SESC" (MG), respectivamente. Após assistir as danças, o público poderá curtir os shows das bandas Cameloucos, Sociedade Livre, Música emAção, PaQua, Êxtase, Só no Desapego, Expresso Vinil, Sempre Bom, Sem Juízo, D'Corpo Inteiro e dos cantores Théo Mello e Kaik Monteiro. Com oito dias de eventos, grande produção, barracas de comidas, brinquedos infantis, decoração e muitos shows, a expectativa é que o público chegue a mais de 20 mil pessoas. Uma equipe de segurança credenciada pela Polícia Federal (PF) estará presente para manter a privacidade e tranquilidade do local, que será em um ambiente fechado e, inclusive, contará com ambulância e enfermeiro para atender qualquer tipo de problema. A festa tradicional acontecerá nos dias 27 e 28 de maio, 03, 04, 10, 11, 17 e 18 de junho ao lado do Terminal Central, na Praça Sérgio Pacheco, e terá o lucro revertido para os projetos sociais da Ação Moradia.

[close]

p. 6

Pág. 06 CANTO DO GALO APP NOVOS PLANOS ESTRATÉGICOS PARA 2017 Associação dos Profissionais de Propaganda de Uberlândia-APP está passando por um processo de transformação, liderado pelo atual presidente, o publicitário Daniel Andreolli. O foco é no resgate e fortalecimento da entidade, por meio de ações estratégicas em dez áreas. No início de maio, foi apresentado o planejamento de cada área para 2017. O desafio é contribuir para que a APP se torne uma associação mais presente na comunidade, que defende a profissionalização do mercado e eleva o nome de Uberlândia ao patamar de polo de criatividade do interior brasileiro. A APP Jovem tem como um de seus objetivos promover maior aproximação com universidades locais. Para isso, criou o evento Depois do Diploma, em que profissionais graduados recentemente compartilham sua experiência no mercado.Em maio, foi a vez da UNA Uberlândia ser o palco do bate papo, que contou com os publicitários Larissa Bernardes (Algar Telecom) e Guilherme Medeiros (R&B Propaganda). O encontro foi organizado pelo professor Diogo Borges e pelo aluno Johnny Dutra. Damos as boas-vindas a mais um novo associado da APP, Anderson Araujo Gontijo, estudante de Jornalismo da Esamc. COLUNA DA ADESG Delegacia Uberlândia Comandante do 36º BIMtz recebeAdesguianas O comandante do 36º Batalhão de Infantaria Motorizado, cel/EB Vinícius recebeu para um café da manhã na sede da unidade em Uberlãndia, a diretoria da Adesg Uberlândia e adesguianas. O Objetivo foi falar da presença das mulheres em unidades militares e o papel que têm na sociedade. Após houve passeio nos blindados do Exército. Jornal AGORA 19 a 25 de maio de 2017 Fóruns regionais recomeçaram pela cidade de Ituiutaba no Pontal A Carteira Nacional de Trânsito (CNH), emitida pela Polícia Civil por meio do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), ganhou mais um item de segurança. Desde o dia 2 de maio, um código de barras bidimensional (Quick Response Code – QR Code) passou a ser impresso no verso das CNH´s. Por meio do QR Code todos os dados do condutor podem ser acessados, inclusive a foto. O código bidimensional conectará diretamente a CNH ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), sem a necessidade de se digitar os dados do condutor. “O principal objetivo do QR Code é evitar fraudes. Este item de segurança será importantíssimo para a conferência da autenticidade da CNH durante a fiscalização”, explica o diretor do Detran-MG, Rogério de Melo Franco Assis Araújo. As informações poderão ser lidas pela câmera da maioria dos celulares e também por dispositivos com software apropriado. A medida cumpre a determinação da Resolução 650 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e é obrigatória em todo o país a partir deste mês. Outros itens de segurança já haviam sido implantados em janeiro. Na ocasião, a CNH ganhou uma tonalidade mais amarelada e elementos gráficos visíveis apenas por meio de luz ultravioleta. A tarja no topo do documento, acima da foto de identificação do condutor, mudou da cor azul esverdeada para a preta com impressão em alto relevo e o lado direito do documento passou a ter o mapa do estado que emitiu a CNH. Além da impressão do mapa do Brasil, que agora é feita com uma tinta especial que dificulta a falsificação. Déia Leal lança livro de inclusão Casa de baixo, casa de cima é uma narrativa envolvente; toca profundamente a sensibilidade. Como explicar a perda da mãe a uma criança? Esse desafio toca severamente aqueles que vivenciam a experiência da morte da mãe que deixa uma criança órfã, tendo que contar muito com a intuição para acolher e amparar essa criança. Andreia Donadon Leal, nessa his- tória para crianças, alcança o ponto sensível da narrativa criativa que se deve compor para redirecionar o destino aberto da criança órfã. A autora não faz drama, compõe com doçura cada expressão de aconchego à criança, desenhando o novo cenário seguro no qual essa criança terá que construir sua própria história. Nessa época em que a inclusão é tema central dos debates das políticas educacionais, a autora estende o conceito de inclusão para a lida com as perdas, especialmente com a perda da figura referencial da família – a mãe. Ainclusão deve ser uma preocupação não só da legislação ou dos educadores, mas dos familiares, como pavimentação de caminhos para a felicidade. Conta a autora que o que a moveu para a escrita desse livro foi um questionamento de uma criança de uma escola onde ela fazia palestra sobre livros e leitura. Natural de Itabira-MG, reside em Mariana – MG. Graduada em Letras pela UFOP, Especialista em Artes Visuais: cultura & criação, Mestre em Literatura pela UFV. Escritora e artista plástica aldravista. Cronista na Agência Brasileira de Notícias e no Portal Vértices Inconfidentes. Presidente fundadora da Alacib e da Abraa A-I; Membro efetivo da Amulmig, Correspondente da Academia de Letras e Artes de Portugal, dentre outras. Diretora de Projetos Culturais da Aldrava Letras e Artes. Idealizadora do Poesia Viva: a poesia bate à sua porta (Vencedor do Prêmio VivaLeitura/ 2009-Mec/MinC). Recebeu diversos prêmios literários, entre eles: Prêmio Literário Cidade de Manaus (livro de ensaios: História da Literatura Aldravista) Medalha Antônio Olinto, pela qualidade literária; Troféu Rio 2016 (UBE-RJ). Medalha de Honra da Inconfidência (Governo de Minas), Medalha da UFOP, Medalha de Bronze da Academia de Letras, Ciências e Artes de Paris, Medalha da Universidade Lusófona de Ciências e Tecnologias. Foi homenageada na V Bienal do Livro de Minas, como ‘Personalidade do Livro 2016’, pela Câmara Mineira do Livro. Autora de 16 livros, entre eles: poesia, contos, crônicas, ensaios, infantil e infantojuvenil.

[close]

p. 7

19 a 25 de maio de 2017 Jornal AGORA Boa e Patrocinense no Módulo I em 2018 Com o empate entre Nacional, de Muriaé, e Betinense (Betim), no sábado à tarde, Boa Esporte de vargin ha e Patrocinense (Patrocínio, Alto Paranaiba) estarão no módulo I do Campeonato Mineiro em 2018. No meio de semana as duas equipes iniciaram a rodada e empataram em varginha sem gols. Com isto permanecem em primeiro lugar, mas já classificadas para a elite do Mineiro. Na última rodada as duas equipes brigam para ver quem levantará a Taça do Módulo II. O Boa tem parada difícil, vai a Uberaba, enfrentar a equipe da terra do Zebu, ja a Patrocinense enfrenta, em casa, o Nacional de Muriae, que iniciou a desmontagem da Módulo II Boa Esporte 0 X 0 Patrocinense Tupnambás 1 X 1 Uberaba Nacional 1 X 0 Betinense Última rodada Uberaba X Boa Esporte Patrocinense X Nacional Betinense X Tupynambás equipe após o empate com o Tupynambás, pela oitava rodada. Seis jogadores foram dispensados do time que deverá levar equipe mista para enfrentar um dos líderes noAlto Paranaíba. Já o Betinense que liderou grande parte do Módulo II no Hexagonal começou a cair de rendimento e, na nona rodada viu as chances irem água abaixo ao não vencer o Nacional, na cidade de Muriaé. GRUPO C P Time PJV E D 1 Boa Esporte 18 9 4 3 1 1 Patrocinense 18 9 4 3 1 3 Nacional 13 9 4 1 4 4 Betinense 13 9 4 1 4 5 Uberaba 08 9 2 2 5 6 Tupynambás 05 9 1 2 6 Na penúltima rodada o Tupinambás recebeu o Uberaba em Juiz de Fora e ficou no empate de um gol e, no Soares Azevedo (Muriaé), o Nacional bateu o Betinense por 1 a zero e alcaçou a terceira posição. Que as duas euipes estão no Módulo 1 de 2018 é fato, resta saer agra se, Boa Esporte ou Patrocinense levatará a taça de campeão, que seria a consagração pelo trabalho realizado em 2017. Torneio de Vôlei em Uberlândia reuniu seleções A Seleção Mineira de vôlei masculino sub18 esteve em Uberlâdia por duas semanas para disutar o Brasileiro de Seleções Masculino Sub18 que aconteceu na Arena Multiuso Tancredo Neves (Sabiazinho). Manoel Henrique Pereira Pires é o técnico da equipe e está bem confiante quanto ao potencial dos jogadores. “São quatro atletas do Cruzeiro, quatro do Minas Tênis, dois da COPM de BH e dois de Uberlândia. Mesmo contando com os melhores do estado, é muito importante esse trabalho de preparação para que haja entrosamento entre todos. Eles têm suas habilidades e formações individuais, por isso é essencial que haja esse tempo de adaptação e treinos em conjunto”, esclarece. Prata da casa Uberlândia será representada em quadra pelos atletas Eduardo de Souza, líbero do Uberlândia Vôlei/ABCD e Jean Fernando Alves Queiroz, levantador da Academia do Vôlei/Gabarito. Essa é a segunda vez consecutiva que Jean é convocado para integrar a Seleção Mineira. Já Eduardo vestirá a camisa agora e demonstra boa expectativa para a competição: “Está sendo um privilégio fazer parte desse grupo e representar nosso estado. Será ótimo jogar em casa, contar com o apoio da família e poder mostrar o que temos treinado”, expõe.Além dos dois atletas uberlandenses, o auxiliar Fernando Alves também integra a equipe. Nos treinos, ele é responsável pela parte técnica, trabalhando as individualidades. Pág. 07 CRAQUES DO ESPORTE Adélio Gomes MIULLEN Dos campos de Uberlândia pro Corinthians Aniversariante da semana dia 19 de maio completa 19 anos o centroavante do Sport Club Corinthians, natural de Uberlândia começou a jogar futebol com 6 anos de idade nas escolinhas de futsal passando por times da cidade de Uberlândia times como o Uberlandia Tênis Clube, Praia Clube, Sesi e Poliesportivo da cidade. Aos 11 anos migrou para o futebol de campo indo pra o Uberlândia Esporte Clube onde ficou por um ano e, por motivos de contratos, não continuou pela equipe uberlandense. Logo após a saída do Uberlândia Esporte foi para a escolinha Chute Inicial, unidade Uberlândia, filiada ao Corinthians e que pertence a Paulo Roberto Cabbia, que já conhecia o futebol de Miullen e, assim, o convidou para participar dos treinos, e com sua categoria pra fazer gols logo chamou a atenção de olheiros do Corinthians Paulista, com 8 meses de escolinha foi para São Paulo fazer testes na categoria de base do Sport Club Corinthians entre idas e vindas treinava 3 dias em São Paulo voltava pra Uberlândia com todas dificuldades financeiras sua família principalmente sua mãeAdriana custearam suas viagens a São Paulo até disputar a Copa Votorantim, onde foi o artilheiro e destaque do campeonato. A diretoria logo bateu o martelo e Miullen assinou como jogador do Corinthians indo morar em São Paulo, longe dos familiares, mas em busca do sonho de ser jogador profissional. Já como jogador do Corinthians foi campeão várias vezes por campeonatos no Brasil, América do Sul e Europa e. como sempre em sua carreira, foi artilheiro em quase todos os campeonatos. Com seu faro de gol apurado e, em apenas oito meses de Corinthians foi convocado para a Seleção Brasileira Sub 15, onde foi Campeão Mundial da categoria na Bolívia e Estado Unidos. Hoje no time sub 20 espera seguir os passos de ídolos como Guerrero ex Corinthians, Hulk jogando na China e Ibrahimovic Manchester United. "Sou corintiano. Quem me fez torcer pelo Corinthians foi meu avô, porque meu pai não é corintiano. Jogando no Sport Club Corinthians, eu sempre penso no meu avô, principalmente porque ele sempre esteve comigo no futebol. Sou muito grato ao meu avô Argemiro e meu tio Paulo, eu jogo até com mais vontade", revelou.

[close]

p. 8

Pág. 08 Jornal AGORA Alexandre Andrade recebe comenda “Virgílio Galassi” Na noite desta segunda-feira (8), mais de 20 personalidades que colaboraram para o desenvolvimento social e econômico da cidade receberam a Comenda Virgílio Galassi. O vice-prefeito Paulo Sérgio Ferreira esteve na Câmara Municipal e representou o prefeito Odelmo Leão na cerimônia. O neto do ex-prefeito Virgílio Galassi, Gustavo Galassi Gargalhone, além de outras autoridades também compareceram à solenidade. “A comenda homenageia, primeiramente, um dos prefeitos mais importantes da história de Uberlândia. Grande parte do desenvolvimento da cidade se deve a essa figura pública tão notória e a outorga é um reconhecimento às pessoas que, assim como ele, trabalham pelo crescimento do município”, afirmou o vice-prefeito, Paulo Sérgio Ferreira. O neto de Virgilio Galassi (exchefe do Executivo que dá nome à comenda) afirmou que o título é motivo de orgulho. “A família fica muito orgulhosa por saber que uma outorga com esse peso e importân- cia leva o nome dele. Sempre soubemos o quanto era dedicado a Uberlândia e essa comenda é a possibilidade de perpetuar o nome de um líder que sempre estimou o desenvolvimento econômico e social de nossa cidade”, expôs Gustavo Galassi Gargalhone. O ex-secretário de Trânsito e Transportes de Uberlândia, economista Alexandre Andrade, conhecido por Cebola, foi homenageado pelo vereador Felipe Felps. Alexandre ficou em segundo lugar no pleito ao Poder Executivo Municipal no ano passado, suplantando até mesmo o ex-prefeito Gilmar Machado. Aascenção política de AlexandreAndrade, Cebola, foi extraordinária. Jovem, educado e de um carisma enorme, trabalhando em nome de uma nova ordem política municipal. Hoje, uma das referências na política local, pode percorrer grandes caminhos que deverão levá-lo àAssembleia Legislativa ou Câmara Federal dependendo dos rumos que o partido indicar. 19 a 25 de maio de 2017 Uberlândia prepara comemoração para 7ª Semana do Meio Ambiente A 7ª Semana do Meio Ambiente, que será realizada entre os dias 1º e 5 de junho, já está sendo preparada pela Câmara Municipal e Prefeitura de Uberlândia por meio do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico. Outras entidades, instituições e até mesmo organizações do setor privado também são parceiros da ini- ciativa. Em reunião realizada nesta das para público universemana na Câmara de Dirigentes sitário e a participação de Lojistas (CDL), ficou estabelecido alunos do ensino médio. que o evento trará palestras volta- A semana fará parte do ‘Junho Verde’, dedicado a atividades de valorização do meio ambiente com foco em desenvolvimento sustentável e responsabilidade social. O plantio de mudas do cerrado no parque linear do córrego do óleo e a distribuição de mudas frutíferas para a população são algumas das atividades que também serão desenvolvidas no evento pelo Dmae e a Secretaria de MeioAmbiente e Desenvolvimento Urbanístico. “O departamento tem um amplo trabalho de preservação ambiental por meio do Programa Buriti que recupera e preserva as nascentes. Temos certeza que essa participação na semana vem de encontro à nossa missão de cuidar do meio ambiente”, disse Sérgio VieiraAttie, diretor-geral da autarquia. A abertura da Semana do Meio Ambiente está marcada para o dia 1º de junho, no auditório Cícero Diniz, com uma palestra sobre resíduos sólidos da construção civil. Entre os temas abordados durante o evento estão energias renováveis, resultados de monitoramento de fauna nas áreas das usinas Capim Branco I e II e Parque do Pau Furado. Estudantes do ensino médio e graduação poderão fazer visitas técnicas às empresas da área ambiental e vivenciar o trabalho desenvolvido. Blitzes educativas na Tenda do Moreno ainda estão na programação. De acordo com a equipe responsável pela organização da semana, os universitários dos cursos relacionados à gestão ambiental e outros jovens alunos terão oportunidade de vivenciar as questões ambientais de Uberlândia não apenas na teoria, mas na prática também.

[close]

Comments

no comments yet