Programa Partilhar Leituras

 
no ad

Embed or link this publication

Description

Município de Faro

Popular Pages


p. 1

VI Encontro Partilhar Leituras Caminhos Literários Conferências e Oficinas Biblioteca Municipal de Faro 16.maio.17 | das 09H00 às 18H00 Programa

[close]

p. 2

09H00 Receção aos participantes 09H30 Sessão de Abertura Rogério Bacalhau - Presidente da Câmara Municipal de Faro António Branco - Reitor da Universidade do Algarve Francisco Marques - Delegado Regional de Educação do Algarve Manuela Silva - Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares 10H00 Conferência de Abertura O Relevo da Leitura Literária na Formação de Leitores Ana Margarida Ramos - Universidade de Aveiro Moderadora: Adriana Nogueira - Universidade do Algarve - Debate 11H00 Pausa para café

[close]

p. 3

11H30 Conferências Gostar dos Livros e Sonhar-se Leitor: O Projeto BUÉALER Maria José Mackaaij Alda Martins Ana Paiva Fernando Simões - Biblioteca Municipal de Silves A Leitura Literária: Portas que se Abrem com a Biblioteca Escolar Helena Araújo - Rede de Bibliotecas Escolares Tempo Histórico e Educação Literária Carina Infante do Carmo - Universidade do Algarve Moderadora: Sandra Martins - Biblioteca Municipal de Faro 13H00 Pausa para almoço

[close]

p. 4

14H30 Oficinas Tendências Contemporâneas da Literatura Portuguesa para a Infância e Juventude. Nesta oficina, os formandos tomarão contacto com um conjunto de obras recentes, publicadas em Portugal nos últimos anos, tendo em vista a identificação dos géneros, formatos, temas e linguagens dominantes. A partir da leitura e análise de alguns elementos, nomeadamente os peritextos, pretende-se refletir sobre o relevo da materialidade do objeto-livro no processo de leitura, funcionando a sua exploração como uma atividade relevante ao nível da criação de expectativas e realização de inferências, competências decisivas para o processo de leitura profunda dos livros e apropriação pessoal dos seus múltiplos sentidos. Ana Margarida Ramos

[close]

p. 5

Partilhar um Texto Cinematográfico. Escreve-se com palavras. Escreve-se com imagens. A partir do texto literário e do texto cinematográfico, será feita a descodificação das linguagens, bem como a identificação das semelhanças e diferenças das duas Artes. Será proposto um trabalho de grupo que possibilite o visionamento de um filme em sala de aula e como se podem encontrar intertextualidades que ampliem a interpretação e a receção do objeto artístico. Graça Lobo

[close]

p. 6

Roteiros Literários com Ferramentas Google. Nesta oficina os formandos aprenderão a preparar, criar e partilhar roteiros literários usando ferramentas Google, nomeadamente o Google Search, a Google Drive, o Google Tour Builder e o Google Earth. Tópicos: Roteiro literário: conceito, origem, potencialidades pedagógicas e exemplos na web. Preparação do roteiro: pesquisa, seleção e organização da informação. Criação do roteiro Google Tour Builder; Google Earth. Partilha do roteiro. Carlos Pinheiro

[close]

p. 7

Literatura, Livros e Leitores Criativos - também na Aprendizagem Curricular. Os programas em geral têm vindo a propor longas listas de aprendizagens, garantidas por metas muito especificadas e subdivididas e mais subdivididas, objetivando os conhecimentos a atingir por cada aluno. A leitura do texto da literatura pode desenvolver competências criativas e criadoras se e quando os professores se disponibilizarem para propostas pedagógicas, elas também menos listagem e guião pré-formatado, usando a disponibilidade dos alunos e as suas interações no grupo-turma - propostas que dialogam com áreas do currículo da disciplina de português mas também da matemática, das ciências, das artes. Pretendemos usar livros da recente designada literatura infantil e juvenil, para desafiar os professores a criarem situações pedagógicas que estimulem o pensamento criativo e se constituam desenvolvimento de leitores, nas quais o livro e a leitura dialogam com e melhorem as aprendizagem do Currículo Maria Eugénia Jesus e Maria de Jesus Fernandes

[close]

p. 8

Contar com Livro, uma Nova Abordagem. Contar histórias de viva voz ou ler em voz alta são duas formas clássicas de contar, mas nos últimos anos uma nova forma de contar surgiu a partir dos livros ilustrados: contar com livro exige conhecer a história narrada no livro, saber manipular o livro para que ganhe protagonismo junto do narrador, ler e compreender imagens e texto, fortalecer a nossa criatividade vocal e gestual e ter uma noção geral do publico com o qual se conta...venham experimentar. Rodolfo Castro

[close]

p. 9

18H00 Encerramento Confere-se Certificado de Participação Público-alvo: Bibliotecários, professores e educadores de infância e público em geral Inscrições Prévias

[close]

p. 10



[close]

Comments

no comments yet