Misericórdia de São Brás de Alportel

 

Embed or link this publication

Description

Boletim

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

/p. 2 BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 Mensagem do Provedor ÍNDICE 3. Nos 50 anos do Hospital 4. O Dia do Idoso 5. Programação anual 5. Natal no Lar 5. Eucaristia 6. O Centro Infantil 6. Os nossos espaços 7. O Dia do Pijama 7. As reuniões de pais 7. Projeto Educativo 8. Mercadinho Solidário 8. Alimentação 8. Projeto Nutriciências 9. Natal das crianças 9. Charolas 1 0. Os nossos finalistas 1 0. ATL e Centro Jovem 1 1 . Museologia Social 1 1 . Sociedade Intercultural 1 2. Seja Solidário FICHA TÉCNICA Propriedade, Editor, Redação e Administração – Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel Nº Contr. – 501 461 906 Praceta da Misericórdia, n.º 20, 81 50-1 36 São Brás de Alportel Telefone – 289 842 1 61 E-mail – geral@misericordiasaobras.pt Director – Provedor Júlio Pereira Revisão – José da Cunha Duarte e Emanuel Sancho Publicação – n.º 1 , Fevereiro 201 7 Tiragem – 400 exemplares Impressão – Gráfica Comercial Depósito Legal – 421 961 /1 7 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Caros Leitores Eis um novo rosto da Santa Casa da Misericórdia de São de Alportel! Neste início de 201 7 apresentamos este veículo de comunicação que pretende divulgar o que de melhor acontece na nossa Instituição. É seu objetivo partilhar a agenda de eventos internos e publicar artigos de opinião e de interesse geral. Desta maneira, com regularidade, o boletim "Misericórdia Ativa" passará a fazer-nos uma visita. Concebido numa linguagem e formato simples, feito para ser acessível a todos, queremos que as páginas do Misericórdia Ativa sejam mais um elo de ligação que, colaboradores, utentes e irmãos desta Casa, pretendam manter com a comunidade que servimos desde 1 932. Desde já, a todos eles, o nosso muito obrigado! Da infância à terceira idade, do social ao cultural, a nossa Instituição articula mais de uma dezena de valências. Acompanhamos e procuramos encontrar respostas adequadas para as solicitações que diariamente nos confrontam com o mundo em mudança em que vivemos. Por isso, acolhemos projetos inovadores em prol da população em geral e, sobretudo, dos mais carenciados. Este boletim é um dos projetos preparados para este ano, o qual pretende ir conquistando gradualmente o seu próprio espaço e público. Esta é, porém, a concretização de uma ideia já antiga. A todos os que, com disponibilidade e empenho participaram no início desta aventura, mais uma vez, o nosso agradecimento. Júlio Pereira

[close]

p. 3

/ BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 p. 3 No dia 6 de novembro, comemorámos os 50 anos da construção do Hospital José Lourenço Viegas. A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia associaram-se à nossa Misericórdia na organização de um conjunto de iniciativas singelas mas plenas de significado. Bem sabemos que, para muitos, comemorar uma data ou um acontecimento, reduz-se aos momentos festivos e efémeros da cerimónia, pouco restando no final do dia. Não é esse o entendimento da Misericórdia de São Brás de Alportel, quando se trata de lembrar o gesto raro de generosidade de José Lourenço Viegas. Demonstrar gratidão à terra que o viu nascer foi, nas palavras do próprio, o motivo maior que o levou a suportar inteiramente a construção do hospital que, ainda hoje, meio século depois, presta um serviço inestimável a São Brás de Alportel. Atuais e antigos funcionários juntaram-se na homenagem ao benemérito. Pelo seu gesto de enorme generosidade, José Lourenço Viegas foi agraciado pelo Presidente da República de então, com as insígnias da Ordem de Mérito, grau de Comendador. Sua esposa, Leonor Paler Carrera Viegas, sempre acompanhou o marido na sua ação filantrópica.

[close]

p. 4

/p. 4 BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 LAR - CENTRO DE DIA - APOIO DOMICILIÁRIO APOIO INTEGRADO - REFEITÓRIO SOCIAL DIA DO IDOSO 1 DE OUTUBRO A mensagem do Dia do Idoso traduz-se no respeito e apoio que devemos aos idosos, muitas vezes esquecidos pela sociedade e pela família. Em 2016, o 26º. Dia Internacional das Pessoas Idosas celebrado pela ONU teve o tema: "Tome uma posição contra o envelhecimento". O Dia Internacional do Idoso é comemorado anualmente a 1 de outubro. Este dia foi instituído em 1 991 pela Organização das Nações Unidas com o objetivo de sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento. Tendo em conta que esta é uma faixa etária a que a nossa Intituição dedica particular atenção, não poderia esta data passar-nos despercebida. Os nossos utentes são constantemente motivados para sentir, que apesar da idade avançada e alguns queixumes, ainda têm muito para viver, para sentir, para sorrir e para amar. Neste dia recebemos a visita das crianças do Centro Infantil António Calçada, que nos deliciaram com lindas canções e um concurso de jogos tradicionais. Foi entusiasmante ver as caras sorridentes dos nossos utentes, pois estavam muito felizes. FRASES DO DIA INTERNATIONAL DO IDOSO ፨ Respeitar os idosos é tratar o próprio futuro com respeito, pois um dia seremos todos idosos. ፨ Neste dia, alegria, emoção, paz e amor no coração. ፨ Por mais rugas que o idoso tenha, nada esconde o amor que tem por nós. ፨ Quanto maior a idade, maior a sabedoria, a paciência e o amor. ፨ É com os idosos que podemos aprender mais sobre a vida. No ano de 2050 um terço da população portuguesa será idosa e quase um milhão de pessoas terão mais de 80 anos. Segundo dados do Eurostat, Portugal será nesse ano um dos países da União Europeia com maior percentagem de idosos e menor percentagem de população ativa.

[close]

p. 5

/ BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 A IMPORTÂNCIA DA PROGRAMAÇÃO ANUAL A Santa Casa da Misericórdia elabora um Programa Anual de Atividades, lúdicas e ocupacionais, que abrange as valências de Lar, Centro de Dia, Apoio Domiciliário, Apoio Integrado e Refeitório Social. No Programa de Atividades, é nossa preocupação e dever, colaborar com a vontade e desejo dos utentes para que estes se sintam confortáveis e felizes. p. 5 O Lar e o Centro de Dia programam mensalmente eventos, passeios, visitas e atividades diárias de acordo com as épocas festivas do ano. Em alguns casos fazem-no conjuntamente com o nosso Centro Infantil António Calçada, o que é muito importante e enriquecedor para todas as faixas etárias dos quatro meses aos 1 04 anos de idade. Assim, toda a equipa de colaboradores, utentes e famílias constituem esta grande Instituição que é a Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel. Procuramos dar aos utentes os apoios diversos que cada um necessita e colaborar para o seu bem-estar, aliviar o peso da idade e ausência por vezes da família. Esta Casa tem uma família que é constituída por uma Assembleia Geral, Conselho Fiscal, Mesa Administrativa, Direção Técnica, colaboradores de diversos setores e amigos da Misericórdia. Assim se tem conseguido, ao longo destes trinta anos de existência do Lar e Centro de Dia, apoiar todos os que mais necessitam e dar respostas aos problemas da nossa comunidade. No dia 9 de Novembro foi feito um magusto conjunto (Creche, Jardim de Infância, Centro de Dia e Lar de Idosos) para comemorar o dia de São Martinho. NATAL TEMPO DE ALEGRIA O mês de Natal foi vivido com muita emoção, pois fizeram-se os preparativos para a nossa festa que é sempre antes do Dia de Natal. Foi assim, para que nesse dia os nossos utentes pudessem passá-lo com as famílias ou que estas viessem até eles. Fomos visitar os presépios do concelho, e tal como o nosso, todos estavam feitos com muito empenho e dedicação. Lar e Centro de Dia, ainda que em espaços físicos distintos, andam de mãos dadas nas atividades realizadas. Os utentes do Centro de Dia orgulham-se da sua árvore de Natal feita com flores, mas os do Lar também não ficaram atrás na elaboração da sua. Eucaristia A quarta-feira é um dia especial para algumas utentes, é o dia em que se vai assistir à eucaristia na Igreja Matriz de São Brás de Alportel. Antes de regressarmos à Instituição, vamos sempre fazer um pequeno passeio por algumas zonas do Concelho.

[close]

p. 6

/p. 6 BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 O CENTRO INFANTIL O Centro Infantil António Calçada é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) comparticipada pela Segurança Social. Tem por missão apoiar crianças e jovens ao longo do seu processo educativo e de aprendizagem. Procura proporcionar atividades diversificadas, estimulando o desenvolvimento global e harmonioso das mesmas em cooperação com as famílias. O nosso Centro Infantil visa ser um infantário de excelência e de mérito, através da prestação de um serviço qualificado. Tem em vista a satisfação das necessidades dos clientes, pais, encarregados de educação e colaboradores cumprindo a legislação em vigor. As crianças são acompanhadas diariamente por uma equipa de profissionais competentes, educadoras, auxiliares, professores e ajudantes, que as estimulam e orientam com vista ao seu bem-estar nas suas vivências individuais e em grupo. O CENTRO INFANTIL ANTÓNIO CALÇADA A creche funciona desde 1 964 por vontade do seu benemérito António Martins Calçada. Este deixou, em testamento à Misericórdia, os fundos necessários para a construção do Centro Infantil. OS NOSSOS ESPAÇOS C"OreCcheen,tProréé­ecsocmolpaor,sAtoTpLore qCueanttrroordeespJoosvteansss"ociais ligadas à infância: Na Creche existem quatro salas com capacidade para 58 crianças. O Pré-escolar tem três salas e acolhe 75 crianças. O ATL acolhe 60 crianças do 1 .º ciclo (dos 6 aos 9 anos). O Centro de Jovens tem capacidade para 40 alunos, dos 1 0 aos 1 5 anos. Estas duas respostas sociais (ATL e CJ) promovem a realização de atividades lúdicas, constituindo-se também como complemento de apoio ao estudo. O Centro Infantil dispõe ainda de outros espaços de apoio à infância e/ou à Instituição em geral como bebeteca, ludoteca, biblioteca, ginásio, piscina, pista de trânsito, salão de festas e salão nobre, parques, campos de futebol. Relembramos que as inscrições para o ano lectivo de 2017-2018 deverão ser realizadas a partir do mês de abril.

[close]

p. 7

/ BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 Projeto Educativo São Brás - ontem, hoje e amanhã p. 7 Este ano estamos na última fase do Projecto Educativo da Instituição: "São Brás - Ontem, Hoje e Amanhã". Foi iniciado há três anos atrás quando o nosso Concelho comemorou um século de existência. Nas reuniões são distribuídos aos pais, folhetos com informações sobre os projectos a desenvolver. DIA NACIONAL DO PIJAMA 21 DE NOVEMBRO Este foi um dia diferente. As crianças e as educadoras vieram para a instituição com o pijama vestido, para lembrarem a todos que "uma criança tem direito a crescer numa família". Como todos os anos, ouviu-se uma história: "A Fada que partiu a Asa", dedicada às "fadas" que ajudam os pais dos meninos. Cada sala criou uma fada para colocar no painel de entrada da Instituição. Houve música, jogos e imitação da dança do pijama. Os donativos angariados pretenderam ajudar crianças da Fundação "Mundos de Vida". Esta promove o acolhimento familiar de crianças e reduz o seu número nas instituições. A "Mundos de Vida", pioneira no desenvolvimento do acolhimento familiar no nosso país, já acolheu 1 1 8 crianças em famílias de acolhimento de qualidade. Tem vindo, anualmente, a captar famílias de acolhimento através do seu programa "Procuram-se Abraços". A IMPORTÂNCIA DAS REUNIÕES DE PAIS A demonstração de interesse pela vida escolar dos filhos é parte fundamental em seu processo de aprendizagem. Ao perceber que pais e família se interessam pelas suas experiências escolares, a criança sente-se valorizada, desenvolvendo-se de forma segura e com elevada autoestima. Por esta razão no início do ano letivo (setembro/outubro) realizam-se reuniões de pais e encarregados de educação. Estas, ocorrem em dias diferentes em cada sala para permitir que os pais com mais que um filho na Instituição, possam estar presentes em ambas. Nas reuniões, os encarregados de educação são informados dos Projetos Pedagógicos das respetivas salas e outros em que a Instituição participa. Também são delineados objetivos, algumas atividades previstas, passeios e datas festivas, para que os pais possam acompanhar o crescimento educacional dos filhos. Desta maneira são estimuladas as competências e aptidões dos jovens e diminuídas as possibilidades de problemas comportamentais.

[close]

p. 8

/p. 8 BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 MERCADINHO SOLIDÁRIO A 20 de novembro realizou-se o Mercadinho Solidário. A nossa Instituição esteve representada pelas diversas respostas sociais. Os idosos fizeram alguns trabalhos manuais que estiveram expostos na nossa banca. Venderam-se rifas para um cabaz de Natal. Havia bolos e pinhas para adoçar a Festa que se aproximava. Ofereceu-se chá ou café para acompanhar as iguarias. No Centro Infantil, as famílias também foram solidárias e contribuíram com diversos materiais para as rifas. Aqui deixamos o nosso agradecimento a quem ofereceu os donativos, a quem contribuiu comprando os produtos e até a quem simpaticamente nos visitou. ALIMENTAÇÃO O Dia Mundial da Alimentação ocorreu no dia 1 6 de outubro, domingo, tendo sido assinalado no nosso Centro Infantil no dia 1 7 de outubro. As crianças mais pequeninas tiveram contacto com as frutas, provando e sentindo as suas texturas. As mais crescidas fizeram saladas de frutas. Outro grupo fez sopa e batido. Os mais velhos exploraram a pirâmide dos alimentos e o sistema digestivo. Este tema foi também relacionado com o outono e em alguns grupos foi solicitada a participação dos pais e famílias na exploração da alimentação saudável. Neste dia, também participámos no desafio da "Vaca Mimosa", criando uma canção com o tema "Tanto para viver! Leite para beber". O programa terminou com todos nós bebendo pacotinhos de leite da referida marca. PROJETO NUTRICIÊNCIAS O Projeto “Nutriciência: Jogar, Cozinhar e Aprender” é um estudo da responsabilidade da Universidade do Porto que se aplica às Misericórdias portuguesas. Tem vários apoios e parcerias, como por exemplo o Ministério da Saúde e a Universidade de Oslo, na Noruega. O seu objetivo é aumentar a literacia em saúde e nutrição, das famílias e educadores de crianças, do ensino pré-escolar. Assim, foram lançados desafios às famílias e às salas do pré-escolar com vista ao desenvolvimento de hábitos de alimentação saudável. As crianças do pré-escolar responderam aos três grandes desafios, criando a mascote cozinheiro Vitalino Vitamina. Também criaram um hino e uma dramatização. Para além disso realizaram atividades relacionadas com o tema e publicaram no fórum da Nutriciência. As famílias que responderam aos desafios ganharam crachás e poderão vir a receber um tablete. O cozinheiro Vitalino Vitamina também participou na nossa Festa de Natal.

[close]

p. 9

/ BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 FESTA DE NATAL DAS CRIANÇAS A Festa de Natal realizou-se no dia 1 7 de dezembro com o título "Deixa Brilhar a Estrela que há em Ti". Teve a colaboração de todas as salas da Creche, Pré-escolar, ATL, Centro Jovem e Direção. Durante a Festa foi oferecido um lanche-convívio nas respetivas salas, com a colaboração dos pais. O Pai Natal também ofereceu um presente a todas as crianças. p. 9 NATAL NA NOSSA INSTITUIÇÃO Como já é hábito, para além dos enfeites de Natal realizados pelas crianças para decorarem as salas, fizemos uma árvore de Natal e um presépio, ambos diferentes dos anos anteriores. Uma vez que o Projeto Educativo da nossa Instituição visava o "Futuro", esta foi a melhor forma de mostrar a importância de reaproveitarmos os recursos naturais causando um menor impacto ambiental. A árvore de Natal foi elaborada com garrafas de plástico pintadas (cedidas pelos pais). O presépio consistia num jogo de cores, sombras e luz. CHAROLAS Cantar as charolas para celebrar o Ano Novo e o Dia de Reis é uma tradição que ainda perdura no sotavento algarvio. Como manda a tradição, no Dia de Reis cantaram-se as charolas. Este ano a festa começou mais cedo. Logo no dia 5, a Sala dos Palhacinhos saíu à rua e foi cantando pela "Vila-a-Dentro" uma linda canção com alguns versos e muitos vivas! As crianças visitaram a Câmara Municipal onde foram recebidos pelo senhor Presidente, os vereadores e muitas outras pessoas. Visitaram a Biblioteca Municipal e seguiram caminho por vários cafés e lojinhas da Vila. Na Instituição, as várias salas visitaram-se umas às outras, entoando as suas lindas canções. Seguiram depois até ao Lar para animar os idosos. No dia 6, tivemos o prazer de receber a Charola de Estoi no nosso Salão de Festas. Todas as salas foram ver a bela atuação e como surpresa cantaram as suas músicas também.

[close]

p. 10

/ BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 MUSEOLOGIA SOCIAL SOCIEDADE MULTICULTURAL p. 11 Foi devido em grande parte à maneira particular como surgiu nos inícios do anos 80 do século XX, o Museu do Traje de São Brás de Alportel (criado por um padre católico e integrado na Santa Casa da Misericórdia local) que se desenvolveu ao longo do tempo uma maneira muito particular de "fazer" museologia. Assim, quando em 2006, São Brás recebeu as XVII Jornadas do Movimento Internacional para uma Nova Museologia (MINOM), vulgo Museologia Social, o nosso museu já havia trilhado o seu caminho e estava bem preparado para entrar numa fase de aprofundamento das ideias e métodos de trabalho que, de forma quase intuitiva, constituía a sua matriz. Este novo conceito de museu defende que este deve passar a ser um instrumento de mudança social com vista a um desenvolvimento sustentável. Com o seu museu, uma comunidade deverá adquirir uma visão de conjunto do que o cerca. A vocação social do nosso Museu, nasce assim, a partir dos seus primeiros anos, da ação incansável do Padre José da Cunha Duarte, seu fundador (1 982-84), e da integração na Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel que o acolheu a partir de 1 987. Parece estar delineado no nosso futuro europeu o acolhimento e integração dos que, na procura da paz ou simplesmente de uma vida melhor, chegam de longe e adotam a nossa terra como sua. São os caminhos da globalização, da facilidade de movimentos, dos avanços tecnológicos que nos conduzem para um futuro desconhecido e em boa parte imprevisível. A nós cabe-nos encontrar o melhor caminho, contornando ou resolvendo os problemas, os conflitos e os choques culturais que inevitavelmente hão-de surgir. "Dar Pousada aos peregrinos" é uma das Obras de Misericórdia. "Acolher e integrar os que nos chegam de longe" é a sua tradução para o século XXI. Desta maneira a cultura é um dos caminhos mais eficazes para sanar problemas e semear a harmonia entre os povos. Tudo isto vem a propósito das iniciativas "Festival Intercultural" e "Natal Intercultural" que nos últimos tempos se têm realizado no nosso Museu por iniciativa do "Grupo Musical Veredas da Memória". A música popular portuguesa, as tradições populares da Ucrânia e os cantos de marinheiros do norte da Europa tem proporcionado aos são brasenses, muitos e bons momentos de partilha cultural. O grupo "Jasmim, Música e Cultura da Ucrânia", nascido no seio do nosso Museu, é um exemplo de partilha e convivência entre diferentes culturas.

[close]

p. 11

p. 10 / BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 ATL E CENTRO JOVEM OS FINALISTAS Este ano foi combinado com as crianças e com as famílias uma grande Viagem de Finalistas para a sala dos Palhacinhos! O destino será Kidzania, em Lisboa, pois o projeto destes últimos dois anos recaíu principalmente nas profissões. A Kidzania é uma cidade com ruas, edifícios e veículos, onde se recriam mais de 50 estabelecimentos, tais como um hospital, quartel de bombeiros, esquadra de polícia, teatro, entre muitos outros. Ser polícia, médico, dentista, ator, jornalista por alguns minutos promove de uma forma lúdica e interativa a aprendizagem de aptidões para a vida real e compreensão do mundo dos adultos. O Ministério da Educação e Ciência, reconheceu em 201 2 o interesse pedagógico do Programa Educativo da Kidzania Lisboa. De forma a angariar algum dinheiro para a viagem, os Palhacinhos organizam todos os meses uma feira de bolos, com a colaboração dos pais. As Feiras dos Palhacinhos têm sido um grande sucesso! Continue a ajudar os nossos finalistas. Duas outras respostas sociais que a Santa Casa da Misericórdia desenvolve diariamente são o Atelier de Tempos Livres (ATL) e o Centro Jovem (CJ). Ambas estão vocacionadas para o público infanto-juvenil compreendendo crianças e jovens com idades entre os 6 e 1 5 anos. O seu compromisso passa por atender às necessidades das famílias e seus educandos no período diário após as atividades escolares. Este serviço ocorre também durante as interrupções letivas (Natal, Páscoa e Verão) – alturas em que é preciso garantir o bem-estar e segurança dos educandos. Assim sendo, desenvolvem-se atividades académicas como a realização de trabalhos de casa, acompanhamento ao estudo e também atividades lúdicas. Claro está que além disso há o compromisso em cuidar e ajudar a crescer todos aqueles que frequentam o ATL e CJ de forma a se tornarem cidadãos conscientes, comprometidos e disciplinados. Durante o período de interrupção letiva do Natal, foi desenvolvido um projecto que consistiu na realização de atividades variadas, dentro e fora da Instituição. A construção de bases em gesso para colocar velas pintadas pelos participantes, jogos de tabuleiro e a confeção de bolachinhas de Natal foram algumas das atividades realizadas. A tão desejada "Ida ao Fórum" com bilhete para o cinema e almoço no McDonald´s foi outro momento de grande sucesso.

[close]

p. 12



[close]

Comments

no comments yet