ROTA URBANA mostra de Arte e Educação

 

Embed or link this publication

Description

ROTA URBANA trata-se de uma grande mostra artística em espaço externo (praça pública, ruas, passeios etc.) envolvendo apresentações de circo, música, teatro, dança e literatura. As performances serão efetuadas por grupos de alto nível artístico e técnicos

Popular Pages


p. 1

Projeto URBANA mostra de arte e educação

[close]

p. 2

URBANA A Arte é a expressão da vida que, associada ao processo de criação, transforma-se na capacidade de exercer plenamente a condição de ser humano. Vivian Lacerda (Rumos do Brasil) A sociedade, há muito tempo, reconhece a importância da cultura e arte na formação de uma cidadania plena. Os Direitos Culturais são previstos expressamente na Declaração Universal de Direitos Humanos (1948), no Brasil, encontram-se devidamente normatizados na Constituição Federal de 1988 devido à sua relevância como fator de singularizarão da pessoa humana. O presente projeto visa propiciar ao poder público uma maneira eficaz de garantir ao cidadão não somente o acesso, mas também a possibilidade do mesmo atuar como importante agente no processo cultural. ROTA URBANA trata-se de uma grande mostra artística em espaço externo (praça pública, ruas, passeios etc.) envolvendo apresentações de circo, música, teatro, dança e literatura. As performances serão efetuadas por grupos de alto nível artístico e técnicos. Entretanto, também haverá espaço para apresentações da comunidade, principalmente as que forem frutos de um trabalho realizado anteriomente nas escolas municipais da cidade que acolher o projeto. Essas acões envolverão alunos do Ensino Fundamental I, através de oficinas voltadas aos educadores e aos seus educandos.

[close]

p. 3

URBANA a) Realizar apresentação artística em praça pública (ou similar) para todas a comunidade, utilizando as linguagem do circo, teatro, música, dança e literatura num espetáculo denominado Rota Urbana - Mostra de Arte e Educação. Envolvendo artístas profissionais de primor e alunos das escolas públicas que passarem por oficinas planejadas e executadas durante uma das fases do projeto. a) Promover nos espaços culturais públicos, em articulação com os jovens, eventos artísticos culturais que contemplem a diversidade cultural brasileira; b) Trabalhar a arte em consonância com a educação como grandes propulsoras do desenvolvimento socio-cultural dos cidadãos, em especial as crianças e jovens; c) Cumprir com as funções do poder público no que se refere aos direitos básicos do acesso aos bens culturais; d) Propiciar junto a comunidade momentos de entertenimento, descontração e lazer; e) Valorizar as criações e produções artísticas de educandos matriculados na Rede Municipal de Ensino.

[close]

p. 4

URBANA A arte tem um papel fundamental para a transformação individual e coletiva na sociedade. É um instrumento estratégico para o desenvolvimento e contribui para novas percepções do indivíduo em seu meio social. Infelizmente, por vezes, a tão sonhada democratização da arte fica estacionada num nefasto jogo que busca atender somente aos interesses de uma elite egoísta e centralizadora. O direito de acesso aos bens e serviços culturais tropeça inevitavelmente nas questões socioculturais. Mesmo sendo reconhecido como um país multicultural, os dados estatísticos são cruéis para com o cidadão brasileiro. O número de pessoas que vão ao cinema, ao teatro, prestigiam uma exposição, visitam um museu, entre outras ações de fruição cultural, é ínfimo. Alguns programas de televisão e a música de caráter mais midiático são exemplos de atividades artísticas que chegam a um público maciço. Entretanto, a regra vigente é que as expressões artísticas fiquem longe da apreciação e da fruição das pessoas. Esse fato impede a participação ativa dessas no processo cultural, deixando-as longe de serem atendidas no seu direito constitucional de acesso a arte na sua plenitude e diversidade. Alguns especialistas acreditam que é necessário e urgente a aproximação entre arte e educação. Segundo Priscila Fernandes: “... é preciso construir um vínculo real entre a arte e o processo educacional, que teria início com a tríade: educação do olhar para a fruição da arte, formação a partir da aquisição de conhecimento, e reflexão sobre o papel da arte e da cultura como um todo. Assim, o projeto Rota Urbana, em concordância com o pensamento desses estudiosos, oferece uma oportunidade ao poder público municipal de realizar a relevante e necessária união desses duas áreas do conhecimento: arte e educação. A mostra é também um momento de entretenimento, lazer e diversão, mas sem abrir mão da missão transformadora do individuo e da sociedade onde ele vive.

[close]

p. 5

URBANA O espetáculo terá 2 (duas) horas de duração e será composto das seguintes apresentações: As encenações de circo serão realizadas pela Companhia Dell’arte uma das mais conceituadas nas artes circenses do Paraná. O elenco é composto por 7 (sete) artistas que apresentam um grandioso, dinâmico e colorido espetáculo de alta qualidade técnica e artística. A parte teatral estará a cargo da Cia. Verbo de Teatro. Com um elenco composto por 5 (cinco) atores que apresentaram o espetáculo “Na rua, esses caras são de matar”. Uma deliciosa comédia infantojuvenil que retrata situações absurdas que acontecem no trânsito de qualquer cidade. A apresentação musical dispõe de um repertório com canções voltadas ao público infantojuvenil e estará a cargo da musicista e intérprete Cristina Prevedel. Uma apresentação alegre e cheia de magia onde as canções tratam de temas como natureza e outros encantamentos. Durante a realização do espetáculo, haverá apresentações de um grupo de dança de rua (street dance). As contações de história estarão a cargo de atriz e contadora Arlete Delesporte. Arlete é uma renomada contadora que já se apresentou em diversos lugares no país e também no exterior como no “Encuentro de contadores histórias y legendas”, na Colômbia.

[close]

p. 6

URBANA RELEASE A Companhia Dell`Art apresenta um show de variedades com encantadores números circenses utilizando requintadas técnicas de equilibrio, flexibilidade, força e destreza. Um show dinâmico e divertido cheio de cores e movimentos. Busca sempre a alegria, o encantamento e os sonhos do público. Elenco: Camila Pinheiro Eliel Dias Everton Barbosa Gustavo Henrique João Paulo Campos Simone Santos Vanuza Eloiza Direção: Vanuza Eloiza Figurinos: Camila Pinheiro Confecção de Figurinos: Ana Claudia Pinheiro Adereços: Vanuza Eloiza Bruna Gabriela Senger Camila Pinheiro. Fotos: Paulo Ostapechen Produção: Dell Art Campo Mourão

[close]

p. 7

URBANA RELEASE Barba Veloz, Bafo de Cana e Lara Celulari vivem aprontando no trânsito. Tentam de todas as formas convencer Jovenildo a também praticar atos proibidos no trânsito. Felizmente os péssimos motoristas citados são acompanhados de perto por Ângela que é uma competente guarda de trânsito. Ângela busca incansavelmente de todas as formas livrar Jovenildo das garras dos infratores e dos perigos que estes representam para a vida do jovem. Texto e direção: Francisco Pinheiro Elenco: Arlete Delesporte Francisco Hernandes Francisco Pinheiro Geovane Rodrigues Vanuza Eloiza fotos: Paulo Ostapechem

[close]

p. 8

URBANA Durante a realização do projeto, serão desenvolvidas 4 (quatro) oficinas culturais tendo como público alvo professores e alunos matriculados no Ensino Fundamental I das escolas municipais. As oficinas serão um apoio para as montagens artísticas das escolas visando apresentar-se no show Rota Urbana As linguagens artísticas contempladas para as oficinas são: A Oficina de Circo tem como objetivo proporcionar através das atividades circenses mais equilíbrio, resistência e consciência corporal, estimulando ao mesmo tempo a criatividade, concentração, o trabalho em grupo e o autodomínio na exploração livre do espaço para a criação e expressão artística, encarando a brincadeira com seriedade e como obstáculo a ser superado. Público alvo: Alunos 7 a 10 anos - Quantidade: 20 - Duração: 6 horas Esta oficina propõe a experiência teatral a partir da vivência de jogos e exercícios cênicos que estimulam no aluno a interpretação. . Ao longo da oficina, são esperimentadas diversas formas de atuação que visam a criação de esquetes teatrais que servirão de base para futuras montagens e apresentações. Público alvo: Alunos 7 a 10 anos - Quantidade: 20 - Duração: 6 horas Esta oficina de Contação de Histórias aponta técnicas e metodologias para a apresentação e desenvolvimento de histórias com crianças. A partir de exercícios que estimulam a criatividade e a oralidade, os educadores experimentam diversas formas de trabalhar com esta arte milenar em suas práticas pedagógicas. Público Alvo: Professores - Quantidade: 20 - Duração: 6 horas As atividades vão da sensibilização rítmica e melódica, até a experiência da composição musical. Os conteúdos são apresentados em forma de brincadeiras e exercícios, criando um ambiente lúdico favorável a aprendizagem. Público Alvo: Alunos de 7 a 10 anos - Quantidade: 20

[close]

p. 9

URBANA O palco é composto de uma estrutura de tablados de fácil montagem e possui as seguintes dimensões: 8(oito) metros de largura, 5(cinco) metros de profundidade e 60 (sessenta) centimentros de altura. Perfazendo um total de 40 (quarenta) m2. Na parte dos fundos do palco é montada uma treliça de 4x3metros com um banner do projeto.

[close]

p. 10

URBANA CRONOGRAMA 01 - Reunião entre equipe de produção e contratante - ( 1 dia); 02 - Reunião com escolas que receberão as Oficinas Culturais - (1 dia); 03 - Inscrição para Oficinas Culturais nas escolas - (10 dias); 04 - Realização das Oficinas - (2 dias); 05 - Montagem de estrutura de palco e som - (1 dia); 06 - Realização da Mostra Rota Urbana - ( 1 dia); 07 - Desmontagem de estrutura - (1 dia);

[close]

p. 11

Vivian Lacerda

[close]

p. 12

URBANA Produção e execução Direção Geral Francisco Pinheiro Direção Artística Vanuza Eloiza Produção Técnica Francisco Hernandes Coordenação Administrativa Débora Soares Auxiliar de Produção Vinícius Romano Coordenação Pedagógica Leo Faria Desenho de operação de som Milton Lima Coordenações: Artes Circenses João Paulo Artes Cênicas Francisco Pinheiro Música Cristina Prevedel Oficinas Vinicius Romano Projeto Gráfico Casa do Verbo Fotografias Paulo Ostapechem Realização CASA DO VERBO ASSESSORIA CULTURAL

[close]

p. 13

URBANA Durante as apresentações, em várias das atividades artísticas, debate-se temas de apelos ligados as questões sociosambientais. Como exemplo, na peça teatral “Na rua, esses caras são de matar”, temos a discussão sobre a relação de conflito entre o homem e o trânsito na atualidade. Já as danças levantam questionamentos em assuntos como preconceitos raciais e de gênero e também problemas de acessibilidade. As questões ambientais estão presentes nas linguagens da música e também nas contações de história. Enquanto ação concreta, serão disponiblizados recipientes para lixos orgânicos e inorgânicos e o locutor oficial realizará diversas intervenções motivando o público a utilizar tais recipientes com o propósito de se manter o espaço limpo.

[close]

p. 14

A Casa do Verbo é uma empresa especializada em assessoria a projetos e gestão cultural. Atua no desenvolvimento de eventos nas áreas de abrangência artística. Uma organização preparada para a realização de espetáculos teatrais, musicais, circo, dança, ações literárias; bem como organização de cursos, oficinas, palestras, encontros, seminários e workshops. A Casa do Verbo é capacitada para prestar assessoria em criação, organização e prestação de contas de projetos artísticos e educacionais sempre primando pelas qualidades técnica, artística e pedagógica.

[close]

p. 15

URBANA Investimento necessários para a realização de todas as etapas do projeto Rota Urbana: 1) Transporte: a) Traslado (ida-volta) Campo Mourão/PR - Cidade Contratante de 20 artistas e técnicos no dia da realização da mostra - (Van ou microônibus com bagageiro); b) traslado de palco e cenários (ida-volta) Campo Mourão/Cidade contratante (caminhão) dois dias antes do da realização da mostra; c) Traslado de 4 (quatro) oficineiros nas datas de realização das oficinas - (Carro de passeio). 2) Alimentação: a) Almoço e lanche (café da tarde) para 4 (quatro) oficineiros nos dias de realização das oficinas; b) almoço e jantar para 4 (quatro) componentes da equipe de produção no dia da montagem do palco e equipamentos; c) Almoço e lanche (café da tarde) para equipe de 20 (vinte) pessoas no dia da realização da Mostra Rota Urbana. 3) Som e Luz: a) Fornecimento de som compatível com o espaço e quantidade de público estimado; b) Caso o espetáculo esteja previsto para o período noturno, faz-se necessário a disponibilização de luz cênica (O plano de luz será fornecido pela equipe técnica da produção. c) Fornecimento de temporária de energia próxima ao palco principal da mostra Rota Urbana. 4) Divulgação: a) A dilvulgação da mostra, bem como as oficinas, estarão a cargo da contratante, entretanto a produção disponilizará 100 (cem) cartazes formato 4 e a programação gráfica para mídias sociais. 5) Segurança a) Segurança compatível com o espaço e quantidade de público estimado. 6) Valor de contrato a) O investimento financeiro para realização de todas as etapas do projeto: Oficinas e Mostra Rota Urbana é de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) - divididos em dois pagamentos - Sendo R$ R$ 7.500,00 antecipados e R$ 7.500,00 após a realização do Evento.

[close]

Comments

no comments yet