Jornal Santuario Sao Jose Operario Março 2017

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Santuario Sao Jose Operario Março 2017

Popular Pages


p. 1

PARÓQUIA SANTUÁRIO SÃO JOSÉ OPERÁRIO S ãJoornaJl osé OperárioCAPÃOREDONDO-DIOCESEDECAMPOLIMPO ANO XIII - EDIÇÃO Nº 164- 10.000 EXEMPLARES - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA - MARÇO - 2017

[close]

p. 2

Página-2 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Fevereiro - 2017 EDITORIAL Quaresma é o tempo A confissão sacramental litúrgico que nos chama se dá quando o penitente à conversão. Todo cristão se aproxima do sacerdote é convidado a pedir e se arrepende das faltas perdão de suas faltas, cometidas, após um reconciliando-se com Deus e com os irmãos, a ouvir e meditar mais a Palavra de Deus e a intensificar suas orações. Somos chamados a praticar boas obras, afastando-nos minucioso exame de consciência. Para uma boa confissão precisamos fazêla inspirados na Palavra de Deus, sobretudo nos Mandamentos da lei de Deus. do que não convém ao cristão. Na prática do bem, testemunhamos nossa conversão ao projeto de Deus. Tendo feito o Ato de Contrição, recebemos a absolvição do sacerdote e, pelo ministério da Igreja, recebemos o perdão e Para que possamos nos preparar bem para celebrar a Páscoa do Senhor, necessitamos da graça de Deus alcançada de forma singular pelo sacramento da Penitência, nem sempre a paz. Tendo em vista este tempo litúrgico da Quaresma, os padres da região estarão disponíveis, para dar oportunidades e para que os fiéis possam se confessar em preparação para a Páscoa. Por isso em sabemos acolher esta nosso Santuário haverá graça, por isso, quando um dia especial para você estivermos diante do fazer a sua confissão. sacerdote para a confissão sacramental, devemos ter muito claro em mente que vamos nos colocar diante de Deus, acusando –nos dos nossos próprios pecados e assumindo o compromisso de não mais cometer as mesmas faltas, Lembremo-nos, ainda, que a Igreja pede aos fiéis que se confessem ao menos uma vez por ano, antes da Páscoa. Até lá todos nós ainda temos tempo e oportunidades suficientes para isso. reparando o erro cometido. Tenha uma boa leitura EXPEDIENTE Senhor, dá me dessa água! Otempo da Quaresma, em preparação para a Páscoa, tem sido, desde as origens, um tempo batismal por excelência, marcado pela preparação dos catecúmenos para o Batismo e pela renovação das promessas batismais de toda a Igreja na Vigília Pascal. A Liturgia da Palavra dos domingos da Quaresma serve de itinerário catequético para os que se preparam para o Batismo e para os que renovam a vida batismal. Por isso, o tema da água, proposto pela liturgia do 3º domingo, ad- quire um sentido ainda maior pelo seu caráter batismal. A primeira leitura, extraída do Êxodo, fala da água que Moisés fez brotar da rocha, na difícil travessia do povo pelo deserto rumo à nova terra. O povo purificou e amadureceu a sua fé atravessando o deserto. No deserto, chegaram a tentar a Deus, duvidando de sua presença, conforme a pergunta que se encontra no final do texto proclamando: ”O Senhor está no meio de nós ou não?” (Ex 17, 7). Entretanto, no deserto, o povo experimentou a misericórdia e o poder de Deus, como demonstra o episódio da água que brota da rocha. Deus caminha com o seu povo na travessia do deserto, saciando a sua sede. Diante disso, o Salmo 94, nos alerta: “Hoje não fecheis o vosso coração, mas ouvi a vóz do Senhor!”. Somos o povo de Deus que necessita de água para saciar a sede, especialmente quando passa- mos por situações de deserto representadas por provações, pelo cansaço, pela aridez, pela sede...Onde encontrar água? A resposta está na belíssima narrativa do encontro de Jesus com a samaritana. O diálogo de Jesus com a mulher samaritana ocorre à beira do poço que era do patriarca Jacó, por volta do meio dia, marcado pelo sol forte e o calor, Jesus aproveita aquele momento para falar de sede e de água que sacia tal sede: “quem beber da água que eu lhe der, nunca mais terá sede” (Jo 4, 14). No diálogo, Jesus se revela como a fonte da água viva. Mais tarde, ele dirá: “se alguém tiver sede, venha a mim e beba” (Jo 7, 37). Assim como a samaritana, nós também somos convidados a pedir a Jesus, nesta Quaresma: “Senhor, dá me dessa água” (Jo 4, 15). Uma vez saciados, não podemos reter essa água somente para cada um de nós. Quem a recebe deve ser portador dessa boa nova, a fim de que os outros também possam abraçar a fé em Cristo, como ocorreu com a samaritana. “Muitos creram por causa da sua palavra”, afirma o texto joanino. Por isso, nesta quaresma, beba da fonte da água que sacia verdadeiramente a nossa sede, que é Cristo, e ajude outros a fazerem a mesma experiência. Diretor Geral Monsenhor João Batista Diretor de atendimento aos Benfeitores: Jurandi Nunes Jornalista Responsável: Mário de Freitas - MTB 36.907 Revisões e Correções Pe. Carlos Lozada Edson Filipe Magda dos Santos Silva Diagramação José Andrade Alves Publicação mensal da Paróquia: Santuário São José Operário Rua Alfredo Ometecídio, 32 Cep.: 05869-170 Capão Redondo- SP www.santTuearli.o5sa8o7jo3s-e2o0pe0r9ario.org.br santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Dom Sérgio da Rocha Presidente da CNBB ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br O teor das matérias é de responsabilidade de seus autores. Todas as pessoas são voluntárias Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 3

Fevereiro - 2017 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Jejum, Penitência e Oração Página-3 Dia 1º de março, quarta-feira de Cinzas, iniciamos o tempo da quaresma. Neste dia, em todas as missas receberemos a imposição das cinzas. Ao receber as cinzas em nossas frontes, acolhemos o grande anúncio de conversão; CONVERTEI-VOS E CREDES NO EVANGELHO. A quaresma começa na quarta-feira de cinzas e termina no Domingo de Ramos. Neste domingo faremos a abertura da sema- na santa que culmina com a páscoa de Nosso Senhor. No tempo da quaresma, o Senhor nos convida para “rasgar os nossos corações e não as vestes”. Com certeza, nestes quarenta dias faremos uma caminhada árdua, mas para nós, não vai faltar a misericórdia do Senhor, porque Ele é paciente e compassivo. Vale a pena nos preparararmos bem para vivermos os quarenta dias de deserto com o Mestre. Cada um deve esforçar-se para enriquecer a sua vida espiritual com JEJUM, PENITÊNCIA E ORAÇÃO. O JEJUM, A PENITÊNCIA E A ORAÇÃO, nos levam à uma verdadeira relação com Deus, e por isso que, na quaresma devemos esvaziar o nosso estômago para enchermos o nosso coração. Nem só de pão vive o homem, mas também da Palavra que sai da boca de Deus. A prática do jejum faz brotar espontaneamente a Palavra do Senhor em nossos corações. Sabemos que a Palavra tem uma força gigantesca. E é esta força que nos conduz à reconciliação com Deus, consigo e com a comunidade. Quando o pecado afasta a pessoa de Deus, Deus continua sendo Pai, mas o erro cometido separou o filho da dignidade filial. Por isso quando alguém está longe de Deus, ele fica muito perdido. Uma vez reconciliados com Deus, faremos a nossa Páscoa no banquete do Senhor. Este tempo é muito oportuno para quem quer abandonar algum tipo de vício. É muito bom para todos que desejam fazer com sinceridade uma profunda reflexão pessoal. É tempo de renovar o comportamento; mudar de atitude e assim fazer uma mudança integral de vida. No Domingo de Ramos, celebramos a memória da entrada triunfal de Jesus montado num jumenti- Margareth Maria dos Santos Psicóloga CRP 06/30407 Atendimento psicológico: Infantil - Adolescente Adulto - Grupo - Orientação Vocacional 11 97049-9115 (tim) 11 97147-3150(vivo) 11 96678-9816 (oi) 11 98978-3070 (claro) Email: margarethpsico2011@gmail.com DESDE ABRIL/2016 mmvideodigital@ig.com.br mmvideodigital@hotmail.com mmvideodigital.wix.com/mmvideodigital Facebook mmvideodigital@hotmail.com Foto e Filmagem «Registrando momentos... em eventos e ensaios externos (11) 9 8885- 2887 Claro Revelando emoções!» (11) 9 5802- 4251 tim Whatsapp www.santuariosaojoseoperario.org.br nho na cidade de Jerusalém e o povo O aclama como Rei: “Hosana o Filho de Davi, Bendito o que vem em nome do Senhor”. O mundo precisa e aguarda ansiosamente a renovação de todos os corações. Por isso a Igreja, como mãe e mestra nos orienta e convida para exercitarmos o nosso espírito na prática do JEJUM, DA PENITÊNCIA E DA ORAÇÃO. A quaresma é um tempo privilegiado para a pessoa regressar para Deus. Ao tomar esta decisão, ela com toda certeza passa a viver em alto estilo a graça do tríduo pascal, e a Páscoa do Senhor que são por excelência o centro de nossa Salvação. Oficialmente, o jejum deve ser feito pelos cristãos batizados, na quarta-feira de cinzas e na sexta-feira santa. Pela lei da igreja, o jejum é obrigatório para pessoas entre 18 e 60 anos. Esta orientação é dada como uma forma de educar os fiéis a privar de algo importante e depois revertê-lo para a prática da caridade. Se você consome bebidas alcoólicas, refrigerantes, cigarros, masca chicletes, as crianças e adultos que comem chocolate, chupam balas. Estes podem ser privados sem um prejuízo pessoal e em prol de uma causa maior; a caridade. Tudo o que você ia gastar com estes vícios, você coloca no envelope da Campanha da Fraternidade e entrega nas missas do dia 16 de abril, no Domingo da Páscoa. Monsenhor João Batista Pároco e Reitor do Santuário Dioc. São José Operário

[close]

p. 4

Página-4 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Fevereiro - 2017 Sejam como São José, custódios e educadores dos filhos Neste 19 de março, celebramos a festa solene de São José, Esposo de Maria e Patrono da Igreja universal. Dediquemos, então esta catequese a ele, que merece todo o nosso reconhecimento e a nossa devoção por como ele soube proteger a Virgem Santa e o Filho Jesus. O ser guardião é a característica de José: a sua grande missão, ser guardião. educador, que protege e acompanha Jesus em seu caminho de crescimento “em sabedoria, idade e graça”, como diz o Evangelho. Ele não era pai de Jesus: o pai de Jesus era Deus, mas ele cumpria o papel de pai de Jesus, fazia-se pai de Jesus para fazê-lo crescer. E como o fez crescer? Em sabedoria, idade e graça. Partamos da idade, que é a dimensão mais natural, o crescimento físico e psicológico. José, junto com Maria, tomou conta de Jesus antes de tudo deste ponto de vista, isso é, “criou-o”, preocupando-se que não lhe faltasse o necessário para um desenvolvimento sadio. Hoje gostaria de retomar o tema da proteção segundo uma perspectiva particular: a perspectiva educativa. Olhemos para José como o modelo de Não esqueçamos que o cuidado fiel da vida do Menino incluiu também a fuga do Egito, a dura experiência de viver como refugiados – José foi um refugiado, com NAKA C. R. C. 104884 CONTABILIDADE Assuntos Fiscais Assistência Jurídica Serviços de Contabilidade Fones: 5872-1466 - Email: sen100@uol.com.br Rua Abílio César, 299 - CEP 05881-020 Capão Redondo - São Paulo / SP Maria e Jesus - para escapar da ameaça de Herodes. Depois, uma vez de volta à pátria estabelecidos em Nazaré, há todo longo período da vida de Jesus em sua família. Naqueles anos, José ensinou a Jesus também o seu trabalho e Jesus aprendeu a ser carpinteiro com seu pai José. Assim José criou Jesus. Passemos à segunda dimensão da educação, aquela da “sabedoria”. José foi para Jesus exemplo e mestre desta sabedoria, que se nutre da Palavra de Deus. Podemos pensar em como José educou o pequeno Jesus a escutar as Sagradas Escrituras, sobretudo acompanhando-O no sábado à sinagoga de Nazaré, para que Jesus escutasse a Pa- lavra de Deus na sinagoga. E, enfim, a dimensão da “graça”. São Lucas sempre diz referindo-se a Jesus. “A graça de Deus era sobre Ele” (2, 40). Aqui certamente, a parte reservada a São José é mais limitada em relação aos âmbitos da idade e da sabedoria. Mas seria um grave erro pensar que um pai e uma mãe não podem fazer nada para educar os filhos a crescer na graça de Deus. Crescer em idade, crescer em sabedoria, crescer na graça: este é o trabalho que José fez com jesus, fazê-lo crescer nestas três dimensões, ajuda-lo a crescer. Queridos irmãos e irmãs, a missão de São José é certamente única e irrepeti- vel, porque absolutamente único é Jesus. E, todavia, em seu protegendo Jesus, educando-o para crescer em idade, sabedoria e graça, ele é o modelo para todo educador, em particular para todo pai. São José é o modelo de educador e de pai. Confio, então, à sua proteção todos os pais, os sacerdotes – que são pais – e aqueles que tem um dever educativo na Igreja e na sociedade. Peço para vocês a graça de ser sempre muito próximos de seus filhos, deixando-os crescer, mas próximos! Eles precisam de vocês, da vossa presença, da vossa proximidade, do vosso amor. Sejam para eles como São José: guardiões do seu crescimento em idade, sabedoria e graça. Guardiões do seu caminho; educadores e caminhem com eles. Com esta proximidade, vocês serão verdadeiros educadores. Obrigado por tudo aquilo que fazem pelos vossos filhos. Que São José vos abençoe e vos acompanhe. Papa Francisco Boletim da Santa Sé Realizamos serviços de reparos e reformas: Acabamento, Pintura, Hidráulica e Elétrica. Instalação de Porta Lisa ou Camarão, Pintura e Aplicação de Textura, Colocação de Papel de Parede e Recuperação de Móveis. Consulte-nos Tel.: 5873-3506 - Cel.: 99280-6409 Contato: rrreparos@outlook.com Ricardo ou Regina rrpradoreformas www.santuariosaojoseoperario.org.br ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário

[close]

p. 5

Fevereiro - 2017 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Página-5 É tempo de Quaresma É tempo de conversão a cristo e aos irmãos Meus amigos paroquianos, com a Quarta-feira de Cinzas, inicia-se um tempo muito especial para todos os cristãos. O tempo da Quaresma se estende até o Domingo da Paixão ou Domingo de Ramos. Serão 40 dias de intensa oração meditação e amor a todos. Serão sete semanas de preparação para a Páscoa da Ressurreição. A Quaresma caracteriza-se por ser um tempo para avaliar as memórias dos tempos bíblicos, tão essenciais para a espiritualidade cristã. Amigos paroquianos, com o início da Quaresma, recordamos os quarenta anos que o povo de Deus vagou pelo deserto até chegar à terra prometida; e os quarenta dias que Jesus ficou no deserto antes de começar a andar por vilas e cidades anunciando a todos a Boa Nova do reino de Deus. Meus amigos, estamos no tempo de ouvir a palavra de Deus com devoção e compromisso, recordando o sofrimento e a morte de Jesus Cristo por todos nós. Amigos, o tempo no deserto foi um tempo marcado pelas tentações. Como podemos observar, as tentações hoje também são situações de provação para as pessoas cristãs. Não é mal, passar por estas provações para descobrir até que ponto amamos a nosso Senhor Jesus Cristo e a sua Igreja. Em todas as situações, Deus nos ajuda. Não nos deixa só pelas estradas da vida. Não ficamos sem o seu amparo. Ele é um amigo que caminha lado a lado de cada um de nós. Meus amigos, o Tempo da Quaresma é uma oportunidade para fazermos uma avaliação da nossa vida espiritual. De modo todo especial em relação a Deus e aos nossos irmãos que convivem ao nosso lado. De modo especial das nossas opções de vida, das tentações que nos cercam, das atitudes em relação às outras pessoas e, finalmente, dos valores que adotamos na vida. Meus queridos amigos, aproveitemos ao máximo estes quarenta dias de preparação a este grandíssimo acontecimento na vida de todo cristão comprometido com a pessoa de Cristo. Meus amigos, no silêncio do nosso Santuário, de nosso quarto ou no nosso coração, pode- mos identificar nossas fa- lhas, nossas infidelidades, nossas omissões e nossos tropeços na vida diária. Para chegarmos a um encontro pessoal com Cristo, necessitamos de uma profunda e séria reflexão e uma coragem decidida para responder ao chamado que Cristo nos faz; conversão de coração! Na oração de Cristo por seus discípulos, encontramos alimento para nossa fé durante este Tempo de Quaresma que começamos a viver com mais intensidade. Eis a oração de Cristo; “Não peço que os tireis do mundo, e sim que os guardes do mal” (Jo 17, 15). Meus amigos, não multipliquemos os nossos jejuns ou penitências raras, sem sentido cristão. O Senhor quer que cada um de nós cheguemos a uma profunda e verdadeira renovação espiritual. A uma verdadeira conversão de coração. Que busquemos a Cristo durante a nossa caminhada com rumo a Páscoa da Ressurreição, o Senhor ressuscitou! Deixou vazia a tumba para encher nossos corações com sua presença. Renova as pedras, mágoas, rancores e a falta de perdão, que impedem de entrar. Hoje, Jesus quer ter um encontro pessoal com cada um de nós. Abramos os nossos corações a uma conversão fundamentada em Cristo Jesus e a sua Palavra que nos dá vida e esperança. Amigos, que todos vocês tenham uma feliz festa de Páscoa. Que todos ressuscitemos a uma vida renovada no sangue redentor de Cristo! Um abraço do amigo Pe. Nilson da Silva Vigário Paroquial EAsmpaaçnohã - Cyber Café - Tai Chi Chuan - Acumpultura - Florais - Massoterapia BISCUIT - PROMOÇÃO: 1ª AULA GRÁTIS Refrigeração Bom Clima Assistência Técnica Especializada Câmaras e Balcões Frigoríficos, Freezer, Geladeiras e Máquinas de Lavar Telefone: 5873-2618 Av. Comendador Santana, nº 959 Tel. 5873-3032 / 9308-1486 - Sr. Augusto R. Marco Basaiti, nº 8 - Capão Redondo www.santuariosaojoseoperario.org.br Fonseca Empreiteiro Sempre o melhor em Acabamento em Pastilhas, Azulejos, Granitos, Cerâmicas em Geral. Hidráulica, Elétrica, Forro de gesso, Drywall. Temos Engenheiro para A. R. T. Cel. 11 97663-1994 98991-5113 5873-2896 Email: fonsecafoliveira@gmail.com

[close]

p. 6

Página-6 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Fevereiro - 2017 www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 7

Fevereiro - 2017 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Página-7 www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 8

Página-8 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Fevereiro - 2017 PROGRAMAÇÃO DA PARÓQUIA SANTUÁRIO SÃO JOSÉ OPERÁRIO www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 9

Fevereiro - 2017 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Página-9 A Bíblia e os Santos Caríssimos amigos, o mês de março como os outros meses está coberto de comemorações de Santos. Alguns santos são muito conhecidos, outros menos, mas todos os santos merecem que tenhamos confiança de pedir ao Pai Celeste por eles. Deus chama a si todos seus filhos, é vontade dele que todos sejam santos e estejam com Ele no céu, próximos dele. Por isso nos ensina pela Sagrada Escritura qual é a atitude que um cristão deve ter. Diariamente temos nas celebrações litúrgicas: Batizados, Casamentos, Missas, Terços, Novenas e Exéquias a Sua Palavra que orienta o cristão na caminhada de sua vida. Os Santos que já passaram neste mundo também tiveram estas oportunidades que nós estamos tendo. Também estiveram com a Sagrada Escritura próximo deles para tomarem as atitudes que deveriam tomar, e tomaram, foram fiéis à Palavra de Deus que deveriam ouvir. Hoje nós temos a Sagrada Escritura a nossa dispo- sição para orientar nossa vida e fazermos o que o Senhor nos ordena “Batizai-os e tornai-os meus discípulos” (Mt 28,1620). Isto é, evangelizar as pessoas. Na Bíblia temos a orientação para nós e para os outros. O que em março precisamos refletir é esta norma que Jesus nos deixou: Evangelizar, Evangelizar e Evangelizar. É o período de começo das aulas, de catequese nas igrejas, início, ainda, de ano. É período de ver que os grandes Santos souberam com as suas vidas, dar para Deus grandes frutos de pastoral. Foram pastores imitando Jesus, o “Bom Pastor” (Jo 10,11). A nossa vida deve ser sempre reflexão da Palavra que o Senhor nos dirige. Vamos neste mês de março lembrar de S. José excelente e fiel homem que Deus quis que ajudasse Seu Filho na caminhada, e junto com Maria colaborou para Jesus. São José é um homem que pode ser imitado tanto por homens quanto por mulheres. Exemplos de honestidade, pureza e amor, servem para todas as pessoas que querem um referencial para a sua vida. Tantos outros santos, também com suas vidas nos dão testemunhos de amor a Deus e aos irmãos. Não esperemos o mês de setembro, chamado mês da Bíblia para termos um contato mais íntimo com ela, todos os meses são ocasião para ter contato, lendo-a e vendo que Deus quer que estejamos perto dele e não nos aproximando do inimigo. A Sagrada Escritura nos fala para aproximar-nos do Senhor e d’Ele receber ajuda. É feliz quem a Deus confia. Isto nossos irmãos Santos fizeram e nós hoje vemos que foram assistidos e depois glorificados. Quem a Deus confiou e por Ele foi fiel, perseverou e venceu em todas as tentações. Recordemos dos Santos mártires, que não ficaram com medo dos inimigos que eram os carrascos e os imperadores perseguidores do cristianismo e permaneceram fiéis a palavra. Ouviram mais a Deus que falava do que temiam diabos, demônios, capetas, encardidos, “feios”, tentadores e outros que temos como o inimigo. Caríssimos amigos, quanto aos nossos artigos, queremos propor que do mês de abril em diante iremos responderperguntas que alguém queira fazer sobre os fenômenos parapsicológicos. As perguntas e dúvidas poderão ser encaminhadas em envelopes ou papel dobrado e lacrado para a secretaria ou em minhas mãos. Um abraço Pe. Wagner Fernandes Padre Aux. do Sant. São José Operário Alcoólicos Anônimos Tel.: 5873- 5913 unidade serviço Fundada: 10/06/1935 recuperação ( Grupo Reconstrutores de Vida de A. A. ) Formado: 22/07/1973 A MAIOR REDE DE ÓTICAS DA AMÉRICA LATINA Mais de 800 lojas no país Apresente este jornal e obtenha 7% de desconto Se alguém que você conhece estiver com problemas com bebidas Alcoólicas ‘ Procure-nos ’ Reuniões: 2ª, 3ª, 4ª, 6ª às 20h - Sábado às 19h Informações: 3315-0216 / 3315-0040 Rua Abílio César, 26 Sala 05 CEP: 05881-020 Jd. Soraia - Capão Redondo - SP DESDE JANEIRO /2016 * Ajustes * Troca de plaquetas Grátis* Higienização * Manutenção *Cobrimos qualquer orçamento! oticasdinizcapaoredondo@gmail.com www.facebook.com/Dinizcapaoredondo R. Henrique Sam Mindlin, 285 - Jd. São Bento Capão Redondo www.santuariosaojoseoperario.org.br ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário

[close]

p. 10

Página-10 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário Fevereiro - 2017 MELLO FARMA DROGARIAS Medicamentos e Perfumaria em geral Telefone: 5872-6763 Rua Abílio Cesar, nº 3 Capão Redondo - SP CAFÉ COHAB Maria Rodrigues Vieira Panificadora Pães, Doces, Salgados Bolos,Tortas e muito mais Aceitamos encomendas Rua Abílio Cesar, nº 179 - Jd. Jangadeiro LOJAS KENZO Enxoval para bebê e roupa infantil Tel.: 5873-2620 Av. Comendador Santana, nº 957 Capão Redondo - SP MELLO FARMA DROGARIAS MELLO - 2 MEDICAMENTOS E PERFUMARIA EM GERAL Disk-entrega grátis 5873-8309 5873-8094 9.4642-6669 R. Henrique Sam Mindlin, nº 39 Capão Redondo - SP ADVOCACIA * Civil * Trabalhista Arabela Santos (Advogada) * Família * Criminal e Empresarial * Aposentadoria E-mail: arabelasantos@uol.com.br RUA JOÃO ROBALO, 17 - JD SORAYA SÃO PAULO - CEP 05881-000 FONE/FAX 5873-4588 / 5873-2320 - CEL. 9136-9382 ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 11

Fevereiro - 2017 Jornal São José Operário Com Jesus somos mais que vencedores Página-11 Os mais sinceros votos de Paz aos Dizimistas do mês de março/2017 SANT. DIOC. SÃO JOSÉ OPERÁRIO ERNANDO ALVES DOS SANTOS LORIVALDO PEREIRA DOS SANTOS MARIA LUCIA PEREIRA PASSO ZILDA DE FREITAS CHAGAS ADÃO JOSÉ DOS SANTOS ESTEFFANY R. DIAS DE FARIA LOURDES M. RAMOS BELLGAMA MARIA LUCINEIDE A. VASCONCELOS ZILDA GONÇALVES FONTES ADILSON GEORGE RAMOS EUCLECIO VIEIRA LOWELLAY DE SIQUEIRA E SILVA MARIA ROSINA DE MATOS LIMA ALAN SENA MACHADO EXPEDITA MARIA DA CONCEIÇÃO LUCIA MARIA DA CONCEIÇÃO MARIA VALÉRIO PEREIRA CAPELA SÃO PEDRO ALDA J. SILVA FIGUEIREDO EXPEDITA MOURATO DE SOUZA LUCIDALVA LOURENÇO FONTES MARIAZINHA R. SANTANA SILVA ADRIANO DA CRUZ S. DE MELO ALEX PORTO LIMA FABIO ALVES MACEDO LUCIENE JORGE DA SILVA OLIVEIRA MARLENE BARBOSA GUEDES AMARA MARIA DE MOURA BEZERRA ALMIR AVELINO DA SILVA FATIMA GUEDES PEDROSA LUCIENE CARLA S. MENDONÇA MARLI ROCHA DE ASSIS CUNHA ANTONIA ARAUJO SAMPAIO RENNÓ ANA ALEXANDRE DE SOUSA FRANCISCA RIBEIRO LOPES LUIZ ANTONIO CARLOTO MARLUCE MARIA DE SOUZA APARECIDA F. ARAUJO ANA DE FATIMA DA CRUZ GILCA CABRAL RINALDI LUIZ FELIPE SILVA BRITO MILLENA ROCHA DOS SANTOS CASSIA MIRANDA DA SILVA ANA LUCIA G. DE ALMEIDA GILDETE ARCANJA NASCIMENTO LUZIA MARIANO SILVA MONICA HENRIQUE CARDOSO CONSTANTINA FRANCISCA SILVA ANA MARIA F. DE LIMA GILVANI MOURATO DE SOUZA LUZIA RODRIGUES CAVALCANTE NATALIA CRISTINA LIMA DALVA RODRIGUES CABRAL MELLO ANA PAULA DIAS DA SILVA GRAZIELA KEILA DA SILVA Mª DAS DORES E LAERCIO NATÁLIA PEREIRA DE SOUSA FRANCELINA ALVES DA SILVA ANA PAULA GENILDE DA SILVA HAMILTON CELSO CHAVES GOMES MANOEL XAVIER SOBRINHO NEUCY RAPOSO XAVIER JANDIRA SEBATSIANA DE SOUZA ANDERSON RICARDO SANTOS HELENA VITUOSA CLÁUDIO MARCELO RAPHAEL NEUZIMAR XAVÊS DA SILVA JOSÉ AFONSO DOS S. ALBUQUERQUE ANDRÉ APARECIDO F. DA SILVA HELOISA PINDOBEIRA MARCOS AQUINO E JOSEANE AQUINO NILZA MARIA D. TEIXEIRA JOSÉ CARLOS ALVES MOREIRA ANDREIA ALVES DE OLIVEIRA HENRIQUE M. S. MAGALHÃES MARIA AGDA ALBUQUERQUE OTILIA MARIA DA LUZ CARDOSO JOSÉ RIBEIRO DA SILVA ANDRESSA APARECIDA DA SILVA HERMINIA APARECIDA P. RUBIN MARIA ALVES GOMES PATRICIA ARAÚJO JOVELINA MARIA SILVESTRE ANTONIA AURINEIDE A. BARBOSA HILMA DIAS DE CARVALHO MARIA ANTONIA DA TRINDADE ROCHA PAULA MARIA RODRIGUES DA SILVA LUCIANA CORREIA NENES ANTONIA PEREIRA DOS SANTOS IGOR PEREIRA DA SILVA MARIA ANTONIA FERREIRA RAFAEL DE MESQUITA SOUZA MARIA ALICE PEREIRA LEMES ANTONIO JOÃO LOPES ILDA DE FREITAS CHAGAS MARIA ANUNCIADA M. FERREIRA RAIMUNDO NONATO F. DA SILVA MARIA DA PENHA MONTEIRO ANTONIO JOSÉ DA SILVA IRACEMA M. DA SILVA MARIA APARECIDA RIBEIRO COSTA RAPHAEL HENRIQUE DA SILVA MARIA JOSÉ SILVA ANTONIO LUIZ DE SOUZA IRENALDO FARIAS DE AQUINO MARIA APARECIDA VERAS RENATA GOMES GALDINO MARI LINDALVA SILVA ANTONIO MARQUES TORRES IRENE BARBOSA DE O. VIEIRA MARIA BETÂNIA DA SILVA ALVES RITA DE CASSIA FERNANDES DA SILVA MARIA MARGARIDA DA SILVA ANTONIO TADEU LUCIO IZIDORA PIRES DE OLIVEIRA MARIA CARMEN PANTALEÃO ANDRADE RITA DE CASSIA SANTANA MARTINHA FRANCISCA DE SOUZA ANTONIO TOMAZ COSTA JACIARA R. DOS SANTOS MARIA CELESTE DE LIMA ROBERTA VIEIRA DA SILVA NOEME CONCEIÇÃO COELHO APARECIDA LIMA DA SILVA JACINTA DE ANDRADE OLIVEIRA MARIA DA PENHA RAMOS LIMA ROCILDA FREITAS DE SOUZA PRISCILA DOS SANTOS SILVA AROLDO JOAQUIM M. DE OLIVEIRA JACQUELINE SANTOS DA SILVEIRA MARIA DA ANUNCIAÇÃO BOMFIN RODRIGO J. M. GONÇALVES SARA CRISTINA SANTANA DE JESUS BEATRIZ SOARES RUFINO FELIPELI JANAINA CRISTINA SILVA MARIA DA CONSOLAÇÃO RODRIGO PASTORELLI DOS SANTOS SELMA BAPTISTA DOS SANTOS BRUNO DA SILVA LIMA JANETE DOS SANTOS MOREIRA MARIA DA CONSOLAÇÃO PEREIRA RONALDO FERREIRA LIMA JUNIOR SHEILA MARIA COELHO BRUNO DIAS CORDEIRO JANICE CRISTINA DA SILVA MARIA DA GLÓRIA DE O. BENJAMIM ROSA GABRIELA C. DOS SANTOS VALDIR JACINTO DE OLIVEIRA CAMILA ORTIZ DE SOUZA JAQUELINE A. DOS SANTOS PEREIRA MARIA DA GLÓRIA G. MARTINS ROSANGELA DOS SANTOS BISPO VANUZA RIB EIRO DA SILVA CANDIDO PEREIRA DOS SANTOS JAQUELINE R. DOS SANTOS MARIA DA P. RAMOS LIMA ROSEMERI VASSOLER VITORIA G. DE SOUZA CARLOS AUGUSTO DE SOUZA JOANA AGUIDA DE MELO MARIA DA PAZ LIMA SILVA ROSENEIDE MOREIRA DA SILVA ZENILDA GOMES RIBEIRO CICERA MARIA DA SILVA JOAQUIM LEITE ARRUDA MARIA DAS DORES DE CARVALHO SÉRGIO RODRIGUES FERREIRA CINTIA SILVA DE ALMEIDA TAVARES JOSÉ ANDRADE ALVES MARIA DAS GRAÇAS MARTINS SINVAL GOMES REIS CAPELA SÃO VICENTE CLEMENTE SOARES DA COSTA JOSÉ CARLOS COELHO MARIA DE JESUS P. DE ARAUJO SOLANGE MARIA SILVA CUNHA ANDREA FERREIRA DE MENEZES CONCEIÇÃO AUGUSTA DA SILVA JOSE EDMAR PEREIRA MARIA DE LOURDES ALVES COELHO SOLIDADE MOURA RODRIGUES ANTONIA DAS GRAÇAS SILVA CONCEIÇÃO MATILDE MOREIRA JOSÉ FRANCISCO DOS SANTOS MARIA DE OLIVEIRA ALMEIDA SRA. EDI F. DE ALMEIDA P. FERREIRA DAYANE RAMOS DOS SANTOS DIOGENES RODRIGUES DE SOUZA JOSE GABRIEL DE MATOS VIEIRA MARIA DE SOUZA RIBEIRO TATIANA PEREIRA DOS SANTOS DORA SANTA DOVIGUE MENEZES DIOGO RODRIGUES DA SILVA JOSÉ IVAN BENEDITO MARIA DO SOCORRO NUNES TEREZA DO CARMO ELZA AP. PILAR SANTANA DIONISIO PASTOR BARBOSA JOSÉ PEDROSO JUNIOR MARIA ELZA DE ALMEIDA TEREZINHA VILELA DA SILVA ISABEL MARIA R. AGUIAR DIRLENE FERREIRA RIO JOSÉ SEVERINO FILHO MARIA EVANIA S. MENDES VALDECI RODRIGUES DO N. SANTOS JANDYRA SEBASTIANA SOUZA DOMINGAS MARIA DE JESUS JOSEANE M. AQUINO E MARCOS AQUINO MARIA FERNANDES B. DA SILVA VALDINAR CEZÁRIO DE OLIVEIRA JANETE DAS GRAÇAS ALMEIDA DOMINGAS SILVA SOUZA JOSEFA ARAUJO DE CARVALHO MARIA FERREIRA DE ANDRADE VALDIVIA SANTOS RIBEIRO KAWAN LEANDRO RODRIGUES EDILAINE DO S. CONCEIÇÃO JOSEFA PEREIRA CARDOSO MARIA GERLÂNDIA M. DE SOUZA VANESSA E JOSÉ ALCANTARA MANOEL NERIS DE SANTANA EDLEUZA BARBOSA GUEDES JOSIRENE IZAURA DA SILVA MARIA GREGÓRIA A. SACRAMENTO VICTOR FERREIRA P. DO CARMO MARIA JOSÉ LEITE EDNA DE ALMEIDA XAVIER JULIO CESAR VALDIVINO MARIA IOLANDA DE LIMA VICTOR HUGO MENDES DA SILVA MARIA JULIA DA SILVA EDUARDO SANTOS SOUZA JÚLIO FRANCISCO DO NASCIMENTO MARIA ISABEL DA SILVA VILMA CANDIDA DE SÁ GOMES MARINALVA APARECIDA DE ALMEIDA ELIANE APª DE ARAUJO LARISSA APARECIDA S. CÂNDIDO MARIA ISABEL DOS SANTOS S. V. VIRLANE DO CARMO PASSOS SENA MARLI DAS DORES SOARES ELISA NUNES MARTINS LAURA VITORIA RODRIGUES MARIA ISABEL MENDES RAMOS VIVIAN ALVES MALTA RECENVINDO SARAIVA DA FONSECA ELISA P. DE MELO LAURENTINO N. PEREIRA MARIA JOSE BISPO DOS SANTOS WAGNER BATISTA DA SILVA THEREZA L. SILVA EMÍDIO FRANCISCO DE ANDRADE LEONILDA MANTUAM SILVA MARIA JOSEFA DA C. DA SILVA WASHINGTON SOUZA SILVA VIRGINIA MEIRA LIMA ÉRICA DOS SANTOS BARBOSA LIDIANA CLAUDINO TORRES MARIA LEDA DA SILVA YASMIM ADRIANA DE B. SOUZA ZENILDA FURTADO ALVES MONTES ERIK RODRIGUES SANTIAGO LINDACI SOUZA SANTOS MARIA LOURDES COELHO SILVA ZENILDO R. DA SILVA “Pagai integralmente os dízimos ao tesouro do templo, para que haja alimento em minha casa” (Malaquias 3, 10) www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 12

www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

Comments

no comments yet