Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

 

Embed or link this publication

Description

João Monlevade - Sexta-feira, 03 de Março de 2017 - Edição 4.129 - Ano XX

Popular Pages


p. 1

SEXTA-FEIRA 3 DE MARÇO - 2017 | R$ 1,00 O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.129 - Ano XIX - Fechamento: 18h00 Sol, alternando com pancadas de chuva e possíveis trovoada MÁXIMA: 28ºC MÍNIMA: 17ºC www.bomdiaonline.com Prefeitura e Sintramon iniciam negociação de reajuste Página 3 Barão apresenta Carnaval da Responsabilidade O Carnaval 2017 em Barão de Cocais foi realizado prezando a qualidade do evento, a economia e a responsabilidade com a coisa pública. Página 5 GonçaloFolia 2017 foi marcado pela alegria e tranquilidade O bloco Nós Trupica + Não Caí fez o desfile de abertura na sexta-feira . Página 4

[close]

p. 2

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 2.opinião EXPEDIENTE BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com O carnaval desse ano em Minas tem um fenômeno que precisa ser estudado a fundo: o CARNAVAL DE BH. RAIO X DO CARNAVAL 2017 Divulgação ESPONTÂNEO, PLANEJADO OU OS DOIS? Tudo começou há poucos anos com muita rebeldia e irreverência. Pequenos blocos se organizaram e começaram a se fantasiar e fazer marchinhas ironizando o governo Lacerda. A administração que começava queria botar moral e proibia tudo. Mas acabou agindo segundo um velho ditado: se não pode vencê-los, junte-se a eles. De inimigo da folia, o município passou a apoiar, regulamentar e divulgar para os quatro ventos. O resultado é que BH hoje tem o terceiro maior carnaval do Brasil. E AS CIDADES DO INTERIOR? Já de cara perderam grande parte do público. Muitos alvinopolenses que sempre vão para Alvinópolis preferiram ficar em BH. Imagino que na maioria das cidades do Médio Piracicaba aconteceu fenômeno parecido. E a tendência para os próximos anos é que esse fluxo aumente, pois a fama está grande. Os prefeitos terão de rebolar para atrair públicos. SEM DIVULGAR FICA DIFÍCIL Teve Carnaval em São Gonçalo, em Bela Vista, Barão, Santa Bárbara, Alvinópolis, Dom Silvério, Rio Piracicaba, Catas Altas, em quase todas as cidades. Mas pelas observações que obtive, o público diminuiu na maioria. Também ninguém divulgou, ninguém anunciou. Achar que só as redes sociais resolvem é um erro. Os prefeitos não deixaram o povo sem folia, mas parece que foi só pra cumprir tabela. Monlevade e Itabira preferiram dormir ou exportar foliões. ALVINÓPOLIS BOMBOU! Em “Alvipa” o Carnaval foi ótimo. Blocos de tardinha e shows na praça à noite. O prefeito João Galo Índio cuidou pessoalmente de cada detalhe. O público foi menor do que a demanda presumida, mas ainda assim foi bem satisfatório. Houve muitos elogios. A estrutura montada na praça foi realmente muito boa. A segurança na cidade foi algo nunca visto, com câmeras de segurança pra todo lado. O único assalto ocorrido foi devidamente esclarecido pelas câmeras. Teve também um Carnaval para as crianças como há muito não se via com praça lotada, o Carnaval para o asilo dos velhinhos, da APAE, teve muita coisa bacana. Teve o monstruoso bloco PIRATAS, com seu estilo mad max, com imensas baterias de som automotivo e o povo atrás. Teve a bateria Colibri e a Charanga da Rua de Cima. Teve atrações para todo gosto. CARNAVAL GERIÁTRICO? Os shows na praça foram muito bem recebidos pela juventude e pelo povão. As bandas tocaram as músicas de sucesso do sertanejo, axé e funk. Os sho- ws foram criticados pelos que tem a opinião de que sertanejo e funk não são músicas de carnaval. Deu muita polêmica nas redes sociais. Funk e sertanejo estão longe de ser meus gêneros preferidos. Mas será justo vetar músicas do gosto da juventude pra fazer prevalecer a tradição e o gosto musical de quem pensa dessa maneira? Os carnavais sempre absorveram os modismos. Desde sempre. Os carnavais se alimentam dos hits. Aconteceu com o axé um dia, também com o funk ou com o pagode. No carnaval baiano já teve até música clássica em trio elétrico e um dos blocos mais originais do carnal de BH, o Magnólia, desfila com JAZZ. Claro que tem de ter espaço para a tradição. Pode e deve ter espaço para os sambas e marchinhas. Mas sem que isso signifique vetar outros estilos. Fazer isso seria impedir os jovens de ouvir e curtir seu estilo de preferência. Eles vão preferir ir pular onde o ambiente lhes seja propício e teremos um carnaval Geriátrico. E O CARNAVAL 2018? Sinceramente, se os prefeitos não se mobilizarem, se não começarem a pensar em diferenciais e conforto para os turistas, se não investirem em divulgação, se os foliões não começaram a se organizar desde já, as cidades do interior correm o risco de perder cada vez mais foliões, turismo e renda para BH, que mais do que nunca virou capital do Carnaval. VENDE-SE APARTAMENTO VALE DO SOL Sala – copa – cozinha – Banheiro – 03 quartos reformados, com garagem Rua Etelvino Rocha 63 –Apto 702 Tratar telefone - 986768958

[close]

p. 3

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 3.cidade Obras atrasadas e velórios “improvisados” são alvos de reclamações em Monlevade João Monlevade - As obras no Velório Municipal de João Monlevade se arrastam há nove meses. Com isso, as cerimônias fúnebres foram transferidas para capelas do espaço da antiga sede da Enscon. Esse improviso com a troca de lugares tem sido alvo de reclamações. A maior parte das críticas é relacionada ao espaço pequeno na Enscon para os velórios. Fato que se agrava quando há mais de uma família realizando a cerimônia fúnebre no espaço. Além disso, os carros estacionados nas proximidades Bell Silva/O Popular De acordo com a Prefeitura, a empresa responsável pelo serviço foi notificada pelo atraso do “velório improvisa- Na semana passada, as mara de Vereadores de do” têm atrapalhado o críticas sobre a questão João Monlevade pelo trânsito na região. foram levadas até a Câ- parlamentar Antônio de Paula Magalhães (Toninho Eletricista-PHS). Ele criticou a demora para a entrega das obras de reforma do Velório e ironizou que o tempo gasto no serviço daria para construir três velórios semelhantes ao original. A prefeita Simone Carvalho (PSDB), por meio de sua Assessoria de Comunicação, ressaltou que a empresa responsável pelas obras no Velório foi notificada, no mês de janeiro, pelo atraso do serviço. Segundo a administração, “a obra está em fase de colocação de cobertura, vidros, pintura em geral e instalações elétricas”. Ainda conforme a Prefeitura, os serviços devem ser finalizados até o fim desse mês. As três capelas do Velório Municipal estão sendo reformadas, além de ampliação da varanda, construção de banheiros, pintura, troca de piso, reforma dos banheiros existentes, além de instalações elétricas, paisagismo e construção de bancos de concreto. A obra tem valor total de R$ 187.979,93. Esta é a primeira vez em que o velório será reformado, desde que foi construído em 1990. Primeira reunião entre Prefeitura e sindicato é na semana que vem Katia Passos Isaura Bicalho pediu aos vereadores que intercedam João Monlevade - Na próxima terça-feira (7), representantes da Prefeitura de João Monlevade e do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de João Monlevade (Sintramon) devem se reunir para as discussões iniciais sobre a data-base do funcionalismo público. A informação é da Assessoria de Comunicação da Prefeitura. Na semana passada, a presidente do Sintramon, Isaura Bicalho, pediu aos vereadores que intercedam na negociação salarial da categoria. Ela afirmou que a entidade está ciente sobre o momento complicado da economia no país, mas que é preciso que a administração negocie o reajuste. Isaura também argumentou que a administração passada não abriu as negociações salariais com os servidores. Na primeira assembleia da categoria, os servidores municipais aprovaram reajuste de 25% nos salários. O índice foi elaborado com base em estudos de documentos levantados pelo Sintramon, que só recebeu os dados da administração após esse encontro. No ano passado, o aumento da classe foi de 5%, o que frustrou o funcionalismo público que esperava ao menos 10% de reajuste. Prefeitura de João Monlevade tem dívida controlada e crédito para endividamento João Monlevade - A situação financeira da Prefeitura está controlada. A afirmação foi do contador do Poder Executivo, Adilson Arlindo Carlos, durante audiência pública sobre Gestão Fiscal referente ao 3º quadrimestre de 2016. A audiência ocorreu na tarde desta quinta-feira (23), e teve a presença da secretária municipal de Fazenda, Luciana Carvalho. O presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Guilherme Nasser (PSDB) conduziu os trabalhos. Além dele, estiveram presentes os vereadores To- ninho Eletricista (PHS), Sinval Dias (PSDB), Belmar Diniz (PT), Thiago Titó (PDT), Fábio da Prohetel (PP), Revetrie da Saúde (PMDB), Pastor Carlinhos (PMDB) e o presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD). Os demais vereadores justificaram ausência. Conforme informado por Adilson, a arrecadação da Prefeitura em 2016 foi de R$181.320.505,60. Já as despesas a curto prazo liquidas foram de R$172.908.722,22. Outro dado apresentado por Adilson é que o Poder Executivo investiu em educação o montante de R$33.438.942,49, ou seja, 28,50% de sua arrecadação. Importante ressaltar que o valor obrigatório é de 25%. Já na saúde, a Prefeitura investiu em 2016 o total de R$33.112.405,67, 28,82% de sua arrecadação. “O valor obrigatório é de 15%, ou seja, o município investiu quase o dobro do que é obrigado por lei”, ressaltou Adilson. Referente à despesa com pessoal, o município gastou R$82.105.441,67, quase 8% abaixo do percentual legal. A Câmara Municipal teve o total de R$4.606.668,34, o que corresponde a 2,59% do percentual legal.

[close]

p. 4

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 4.cidade GonçaloFolia 2017 foi marcado pela alegria e tranquilidade Hendrigo Costa Acom PMSGRA Muro de cemitério pode cair e desabar em casas Divulgação Tacos de Fora agitou as ruas de São Gonçalo São Gonçalo do Rio Abaixo - Muita descontração e alegria. Foi o que se viu nos cinco dias de festa do GonçaloFolia 2017 em São Gonçalo do Rio Abaixo. Uma grande estrutura foi preparada para receber cerca de 20 mil pessoas que se divertiram com as diversas atrações e blocos caricatos na Praça Central entre os dias 24 e 28 de fevereiro. Com o tema “Arte de Rua”, o carnaval são-gonçalense contou com shows das bandas Sanvile, Artigo Zero, Phasis, Agá Plus, Batuk e Art e matinês com a Corpora- ção Musical Santa Cecília. Os blocos caricatos foram uma diversão a parte. Ao todo 19 blocos participaram do evento, saindo de diversos pontos da cidade, em dias específicos, fazendo a festa dos foliões. O prefeito Antônio Carlos Noronha Bicalho destacou o clima de paz do Gonçalo Folia. “Estou muito feliz, pois o carnaval de São Gonçalo foi um exemplo de civilidade, onde os foliões puderam participar com toda a família num clima de tranquilidade e, ao mesmo tempo, muita diversão” disse. O tenente Júlio César Ferreira, comandante do 4º Pelotão da Polícia Militar de São Gonçalo, informou que a festa ocorreu com muita tranquilidade. Ele destaca que diversas operações foram realizadas em outros pontos da cidade durante este Carnaval. “Visando levar mais tranquilidade para os foliões curtirem a festa e mais segurança para os moradores que não curtem a folia foram realizadas várias operações que resultaram na apreensão de drogas e de veículos irregulares”, destacou. O muro tem recebido impactos de terras que deslizaram de alguns túmulos João Monlevade - Um muro do cemitério do bairro Carneirinhos, em João Monlevade, e que faz divisa com residências, ameaça desabar a qualquer momento. É que a parede fina e antiga tem recebido impactos de terras que deslizaram de alguns túmulos. A água da chuva, que também não tem para onde escoar, impacta diretamente sobre a divisa. A situação é preocupan- te e tornou-se pública na semana passada, quando o vereador Belmar Diniz (PT) expôs o assunto na Câmara Municipal. O parlamentar argumentou que esteve numa das casas vizinha ao cemitério e constatou que a terra arrastada pela chuva já tomou pelo menos a metade do muro. O medo é de que a parede não suporte mais a pressão e desabe com uma chuva mais forte. Segundo informações da Assessoria de Comuni- cação da Prefeitura de João Monlevade, funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos estiveram no local para avaliação. Ainda conforme a Comunição os reparos necessários começam nos próximos dias. Em relação à falta de rede pluvial no cemitério, a Secretaria de Serviços Urbanos afirmou que no local há duas redes pluviais, uma na Quadra A e outra na Quadra B.

[close]

p. 5

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 5.cultura Barão de Cocais: Carnaval da economia, responsabilidade e muita cultura Barão de Cocais - O Carnaval 2017 em Barão de Cocais foi realizado prezando a qualidade do evento, a economia e a responsabilidade com a coisa pública. Com a realização do evento aberto, vários cocaienses puderam trabalhar diretamente e indiretamente nas festividades, além de fomentar o comércio local, o que trouxe ganhos reais à economia municipal. Para além de atrair turistas e fazer a alegria dos cocaienses, a Secretaria de Cultura e Turismo desempenhou com excelência a missão traçada no começo da administração, que era realizar um carnaval diferenciado, criativo e com poucos recursos. A título de comparação, o carnaval 2016 foi realizado com o investimento de R$ 367.834,97, ao passo que no Carnaval de 2017 as despesas giraram em torno de R$ 160.000,00, o que gerou uma economia comparativa de aproximadamente R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). O dinheiro economizado pela nova administração Fotos: Divulgação O carnaval 2017 marcou também a abertura do Espaço de Eventos José Furtado. terá grande importância para a melhoria da qualidade de vida de muitos cocaienses. A nova administração irá visar as prioridades da população, sem deixar de promover a cultura e o turismo, que precisam ser explorados na cidade. Pra onde vai essa economia Há mais de 12 anos, as comunidades de Cocais, Boa Vista, Egas, Carapuça sofrem com a falta de água, o que prejudica diretamente a qualidade de vida de milhares de cocaienses. A Prefeitura Municipal de Barão de Cocais pretende investir os R$200.000,00 economizados no Carnaval na solução do problema da falta de água nos distritos, de forma definitiva, com planejamento e fiscalização. O Carnaval As atrações agradaram em cheio aos cocaienses e turistas. Uma das novidades na programação desse ano foi a inclusão do Distrito de Cocais nas festividades, quando na tarde da segunda-feira (27), na Praça de Sant’Anna, um espetáculo da banda Feliz Cidade apresentou as tradicionais marchinhas animando os foliões do Bloco – ‘O Céu pode esperar’. Outra atração que levou os foliões ao delírio foi a “Orquestra Voadora” do Rio de Janeiro que durante a matinê no coreto da praça Nossa Senhora Aparecida agitou a cidade. As atrações foram elogiadas pelo público participante, entre elas Banda Feliz Cidade, Highline Além da folia, quem preferiu o relaxamento em meio a natureza exuberante da Serra da Cambota, pôde assistir o primeiro festival de highline de Minas Gerais e o maior do Brasil, o Cambotas Extreme que contou com a participação de atletas de países como, EUA, Alemanha, Argentina e França, uma parceria das secretarias de cultura e turismo e a de esporte e a iniciativa privada. Mistura Envolvente, Banda MP6, Banda Integração, Banda Batuk Art, Rhuan Condé, Banda DR4 e Osquindô. A programação teve ainda participação do (DJ Aycond, da tradicional Furrupa, além dos blocos, Unidos de São Benedito, Caixa d’agua , Eu e Nada, e o Céu pode Esperar), grupos, cujo o trabalho já é conhecido em Barão de Cocais, e que propiciaram alegria e muita descontração aos foliões. O carnaval 2017 marcou também a abertura do Espaço de Eventos José Furtado. Para o secretário de Cultura e Turismo, Marcos Lamego, a grande novidade mesmo foi a inclusão de Cocais na festa: “o distrito de Cocais tem vários atrativos turísticos que nós precisamos valorizar mais e mostrar, ou seja, ter aproveitado a oportunidade do carnaval para apresentar aos turistas os belíssimos atrativos naturais que nossa região possui serviu de vitrine para que estes visitantes retornem e tragam mais pessoas. Para o ano que vem vamos fazer um evento ainda mais agradável. Esse foi nosso primeiro carnaval, da nova administração. Ele servirá de modelo e estudo para que as próximas edições sejam ainda melhores”, concluiu o secretario Lamego. Várias atrações animaram o público durante as festividades

[close]

p. 6

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 6.cidade Câmara, Prefeitura e entidades celebram o Dia Internacional da Mulher João Monlevade - A Câmara de João Monlevade, em parceria com a Prefeitura e entidades, irá realizar diversas atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no próximo dia 8. As atividades terão início na próxima segunda-feira, 6, e se estendem até sexta-feira, dia 10. No dia 6, ocorre a II Feira da Cidadania – Mulher, com exposições e apresentações artísticas, estandes, serviços rápi- dos de saúde, vacinação contra a febre amarela e outros. As atividades serão na Praça do Povo, de 13h às 16h. A Feira da Cidadania é uma realização da Prefeitura Municipal, Fundação Casa de Cultura, Lions Clube Monlevade Centro e Lions Clube Monlevade Sobral. Na quarta-feira, dia 8, a Câmara fará a entrega do diploma “Mulher Construtora da Democracia” à fundadora do projeto “Jovens Rumo ao Fu- turo”, Janete de Fátima Domingues Conceição; à diretora da Escola Promorar, Rúmia Lourdes de Souza Castro e à médica Valéria Maria Moreno Jacintho. As três foram indicadas por uma comissão composta por Anselmo Oliveira, que representou a imprensa; pelo vereador Cláudio Cebolinha (PTB), que representou a Mesa Diretora, e Eliane Araújo, representante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. A entrega da honraria está prevista para ocorrer às 18h. Na mesma data, às 19h, será realizada a 24ª Corrida da Mulher, com saída da Praça Sete. Logo após, show com artistas locais. O 9º Seminário Maria da Penha da Mulher Monlevadense, com o tema “Cuidando da Saúde da Mulher”, ocorre no dia 9. Na oportunidade, a médica Valéria Maria Moreno Jacintho falará sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). O evento será Igreja católica planeja ações para preservar nascentes Divulgação Padre Marcos José comunicou a ação durante missa João Monlevade - O padre Marcos José de Almeida informou, durante a missa da quarta-feira de Cinzas, na igreja Sagrado Coração de Jesus, em João Monlevade, que os católicos vão desenvolver um trabalho de preservação ambiental na cidade, durante a Quaresma. Uma das ações é recuperar e preservar nascentes. O início do trabalho será no próximo dia 19, às 10h, na comunidade de São Bento, no bairro Cidade Nova. As atividades têm como parceira a Prefeitura de João Monlevade e órgãos ambientais. A preservação das nascentes vem de encontro com o tema desse ano campanha da Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida. O texto-base da Campanha da Fraternidade 2017, que tem como lema Cultivar e guardar a criação, aborda cada um dos seis biomas brasileiros, suas características e significados, desafios e as principais iniciativas já existentes na defesa da biodiversidade e da cultura dos povos originários. Entre as ações propostas estão o aprofundamento de estudos e debates nas escolas públicas e privadas sobre o tema abordado pela campanha. Segundo a CNBB, o fortalecimento das redes e articulações, em todos os níveis, também é proposto com o objetivo de suscitar nova consciência e novas práticas na defesa dos ambientes essenciais à vida. Além disso, o texto chama a atenção para a necessidade de a população defender o desmatamento zero para todos os biomas e sua composição florestal. No campo político, o texto-base da campanha incentiva a criação de um projeto de lei que impeça o uso de agrotóxicos. “Ele indica ainda que combater a corrupção é um modo especial para se evitar processos licitatórios fraudulentos, especialmente em relação às enchentes e secas que acabam sendo mecanismos de exploração e desvio de recursos públicos”, informou a CNBB. No Brasil, a Campanha da Fraternidade existe há mais de 50 anos, e sua abertura oficial sempre ocorre na Quarta-feira de Cinzas, quando tem início a Quaresma, época na qual a Igreja convida os fiéis a experimentar três práticas de penitência: a oração, o jejum e a caridade. na sede do CRAS/Bem Viver, no bairro Novo Cruzeiro, de 14h às 16h. Também haverá realização de teste rápido de Sífilis e hepatites virais. As servidoras da Câmara Municipal também receberão atividades especiais. Na sexta-feira, 10, será ministrada às 10h palestra com dicas de beleza com a diretora de vendas independente da Mary Kay, Aline Gomes. Já às 13h30, será ofertada ginástica laboral com a professora de educação física, Juliana Nascimento e, logo após, palestra sobre alimentação saudável com a nutricionista Esther Pelinsari. Para o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), a celebração da data é importante, mas a valorização da mulher deve ser constante. “A maior parte do nosso quadro de servidores é formado por mulheres. A competência apresentada por nossa equipe é que faz a Câmara destacar na região. Agradeço o empenho de todas e ainda a todos os parceiros que nos permitem fazer estas atividades especiais”, declarou Djalma. A Semana da Mulher é uma realização da Câmara de João Monlevade em parceria com a Prefeitura, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Monlevadense, Lions Clube Centro, Lions Clube Sobral e Associação Mulheres em Ação (AMA).

[close]

p. 7

BOM DIAsexta-feira, 3 de março de 2017 7.cidade Cemig lança campanha de negociação de débitos para seus consumidores Geral - Os clientes que possuem débitos com a Cemig terão, até o próximo dia 13, uma ótima oportunidade para quitar as contas em atraso. A Empresa lançou em fevereiro uma Campanha de Negociação de Débitos que pretende regularizar a situação de mais de 400 mil consumidores que possuem faturas em atraso com a Companhia. As condições de negociação são diferenciadas como isenção de multa e juros para pagamento à vista e opções de parcelamento mais atrativas. Para atender à demanda da capital mineira, a Cemig criou uma estrutura exclusiva no prédio da Rua Itambé no 114, bairro Floresta, na região Central. A Região Metropolitana de Belo Horizonte representa 40% dos consumidores que possuem alguma pendência financeira com a Empresa. Além disso, a Cemig disponibilizou, com exclusividade, o número de telefone 0800-721.7003 para negociação e parcelamento das dívidas. Denise Souza, analista econômico-financeiro da Cemig, destaca que os clientes em débito podem renegociar a dívida por meio do telefone 0800, que estará de plantão no período de 9 às 21 horas, de segunda a sexta-feira, e, aos sábados, de 9 às 15 horas, exceto feriados, ou, se o cliente preferir, presencialmente em uma das agências da Rede Cemig Fácil mais próxima. “Alertamos que os parcelamentos poderão ser realizados pelo titular da fatura – mediante a confirmação dos dados cadastrais no contato telefônico ou apresentação do CPF ou RG nas agências de atendimentos – ou representante legal com a devida documentação e procuração para esse fim”, destaca. Ainda de acordo com Denise Souza, as condições de negociação são atrativas e variam de acordo com o número de faturas vencidas. Os clientes poderão obter mais detalhes nos canais de atendimento da Companhia. “Essa é uma ótima oportunidade para que os clientes que possuem débitos com a Cemig possam negociá-los e quitá-los evitando a suspensão do serviço de energia ou inclusão no cadastro negativo dos órgãos de proteção ao crédito. A Empresa entende o momento econômico difícil que o País está passando e espera facilitar a quitação das faturas em atraso”, afirma. A Cemig utiliza, há vários anos, diversas ferramentas de comunicação com o cliente, para evitar a inadimplência. As medidas adotadas pela Empresa são: envio de e-mail, mensagem de texto via celular (SMS), carta cobrança, notificação por meio de carta, visando evitar a inscrição do titular no serviço de proteção ao crédito, e contato telefônico. Sevor recebe doação do Rotaract Divulgação Os associados do Rotaract fizeram a entrega ao Serviço voluntário de Resgate (Sevor) de parte da da arrecadação do último evento Rock ‘n Act, realizado no Shine Crazy Rock Bar. O clube promoveu também a formatura de mais uma turma do Inclusão Digital Tarley Martins, na Colônia Bom Samaritano. O projeto tem o apoio do Pro-Voluntário da ArcelorMittal e visa o ensino de informática básica para os habitantes em tratamento contra dependência química.

[close]

p. 8



[close]

Comments

no comments yet