JORNAL TIPO CARIOCA - EDIÇÃO DE JANEIRO/FEVEREIRO DE 2017

 

Embed or link this publication

Description

Jornal de bairro - Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Vargens - Rio de Janeiro-RJ

Popular Pages


p. 1

Ano 18 • nº 205 • JAN/FEV 2017 • Barra da Tijuca, Recreio e Vargens • Distribuição mensal e gratuita GIGOGAS X ANIMAIS QUEM GANHA? Limpeza é fundamental, e manutenção é preci- so. Serviços como dragagem e retirada de gigo- gas são cobrados pelos moradores do entorno do canal das Tachas e dos parques Chico Mendes e Marapendi. A situação está péssima há muito tempo, sem citar a proliferação desenfreada de mosquitos... SOS! Pág. 04 SAMBA, SUOR E MUSAS Não é à toa que o carnaval de rua da nossa região é o mais charmoso do Rio. Afinal, além da animação contagiante dos foliões, não faltam belda- des para curtir os dias de folia. Nesta edição, veja todos os blocos que vão desfilar na Barra da Tijuca, Recreio e Vargem Grande. Divirta-se! Pág. 10 A bela musa, Letícia Saar SUPERINTENDÊNCIA DA BARRA, UMA NOVA GESTÃO O superintendente da Barra, Recreio e Vargens, Thiago Barcellos, nos concedeu uma entrevista onde revela um pouco da sua nova administração. Pág. 09 USO DE RESÍDUOS EM JARDINS Este é o tema da coluna Paisagismo deste mês. Não deixe de conferir. Pág. 13 O QUE DIZEM OS ASTROS Na Coluna Zen, Adriana Mello nos conta o que a Astrologia prevê para o ano que começou. Fique por dentro. Pág. 06 CIRCULANDO Em janeiro, na Barra, um trio de enorme sucesso na música sertaneja, Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraisa, apresentou o Show das Patroas, que reuniu diversas celebridades. Pág. 11

[close]

p. 2

02 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca roteiros de verão LONGE DO CAOS URBANO V iver em um dos lugares mais bonitos do mundo é um presente para qualquer carioca, mas a agitação da cidade grande – com engarrafamentos –, a barulheira do trânsito e a rotina corrida exigem momentos de sossego. Se você não pode sair do Rio para passar fins de semana sabáticos em alguma cidade do interior, saiba que há locais por aqui mesmo em que é possível aproveitar o clima do campo e renovar as energias com muito verde e passeios a cavalo. Para quem preferir se dedicar ao esporte, as escolas de equitação têm programas para pessoas de todas as idades. E tem mais: indicado para todas as idades, o esporte ajuda a melhorar o equilíbrio, a postura, emagrece e é um excelente remédio contra depressão, hiperatividade e estresse. Considerado um esporte de elite, é visto por muitos como um desfile da alta sociedade em seus belos e caríssimos cavalos. Mas, diferentemente do que muita gente pensa, é capaz de encantar e surpreender. Além de desenvolver o enrijecimento muscular, o hipismo queima calorias, trabalha todos os músculos do corpo, melhora o sistema cardiovascular e respiratório, exercita a coordenação motora, estimula a concentração, corrige a postura, desenvolve a rapidez de reflexos e trabalha o equilíbrio. Rodeado pelas florestas e montanhas do Parque Estadual da Pedra Branca e pela fauna e flora da Mata Atlântica, o Pégasus Escola de Equitação está localizado num espaço de 250 mil metros quadrados de área verde, em Vargem Grande, e atende a pessoas de todas as idades e gostos, com modalidades do Hipismo Clássico (salto e adestramento) e do Hipismo Rural (rédeas, baliza e tambor). As aulas podem ser feitas por alunos a partir de sete anos de idade, e a capacidade máxima por turma é de seis pessoas. O espaço tem um picadeiro exclusivo da escola, professores especializados, bilíngues, e animais treinados exclusivamente para as turmas. Nas aulas, o aluno aprende os primeiros comandos, desde o contato inicial com o animal até atingir o nível para disputas de torneios. Tudo isso incluindo o conhecimento no manejo, trato e rotina dos animais nas cocheiras. E os ensinamentos não param por aí. Na lida com os animais, é possível aprender também sobre sua anatomia, seu aparelho digestivo e seus hábitos alimentares. Ficar ciente, por exemplo, de que uma alimentação incorreta ou modificações bruscas na dieta do cavalo podem levar a graves complicações é uma das informações que todos precisam saber. “Aprender as noções de cuidados com os animais estimula o sentido do companheirismo, do trabalho em equipe, além do carinho, amor e respeito por eles”, ressalta Alejandra Fernandez, diretora técnica responsável pela Escola. Avaliada como uma atividade completa, que trata corpo, mente e espírito, praticar hipismo garante muitos benefícios. “Os movimentos traba- lham toda a musculatura do corpo, auxiliam na postura e desenvolvem o equilíbrio. Dominar um animal tão grande e forte dá autoconfiança, ajudando a superar os desafios da vida e aumentar a autoestima. Se forem feitas regularmente, as aulas ajudam a diminuir a ansiedade e a melhorar quadros de depressão, sem falar nas pessoas com hiperatividade, que têm a possibilidade de descarregar toda sua energia extra”, esclarece Alejandra. Outro grande detalhe é que, com uma hora de prática, se vão 200 calorias. Para fazer as aulas, não é preciso possuir um cavalo. No Pégasus Escola de Equitação há dez animais disponíveis para os treinos, além de pôneis para as crianças pequenas. Cada aula dura 50 minutos, e a escola funciona de terça a domingo, em diversos horários. Para chegar, também é bem simples. Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, fica junto às praias do Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca, com localização privilegiada, a apenas alguns minutos do Rio Centro, Cidade do Rock, Arena HSBC e instalações das Olimpíadas de 2016. O Pégasus fica na Estrada dos Bandeirantes 24.845, e o telefone para mais informações sobre a escola é (21) 96488-5131. Vale ressaltar que o Pégasus Escola de Equitação trabalha com iniciantes e também com atletas experientes, que buscam aperfeiçoar suas técnicas e melhorar seus resultados. “Para quem nunca praticou e quer conhecer, a primeira aula é grátis”, convida Alejandra Fernandez.

[close]

p. 3

Editorial A no novo, novas emoções. Podemos dizer que estamos no limiar de novos rumos, novos desafios, novas lutas, dentro de um panorama difícil na conjuntura econômica de nosso país. O povo brasileiro torce fervorosamente por uma so- lução que propicie um novo ciclo de crescimento, com a consequente melhoria em sua qualidade de vida. A diversidade de opiniões é uma das qualidades da democracia, mas a experiência nos ensina que nem sempre nossas convicções refletem a realidade ideal, pois, sub-repticia- mente, somos levados a nos deixar influenciar pelo abundante bombardeio de informações que recebemos, por meio de mídias facciosas, que têm interesses dos mais variados, ou de redes sociais, com seus radicalismos conhecidos. Assim, devemos apurar o nosso bom senso, com uma análise imparcial que nos leve a separar, como se diz por aí, o joio do trigo. Há críticas generalizadas a todos os governos: federal, estadual e municipal. À exceção do estadual, temos governantes, ainda em início de gestão, procurando, dentro das limitações que a atual situação econômica impõe, resolver os males decorrentes da recessão, que, por óbvio, acarreta queda de produção e, consequentemente, desemprego. Não é uma tarefa fácil. No âmbito municipal, onde vivemos nosso dia a dia, tivemos a eleição do senador Marcelo Crivella, engenheiro de formação, para prefeito de nossa cidade, que já não é tão maravilhosa assim. Estamos torcendo por um sucesso do nosso novo chefe do poder executivo municipal, que, sem sombra de dúvida, terá muito trabalho pela frente. Boa sorte, prefeito. Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 03 Ramade BRT CARECE DE MANUTENÇÃO Não há dúvidas de que o BRT foi um marco em nossa região, um meio de transporte que atende a milhares de pessoas por dia. Mas basta fazer uma viagem, para se notar o estado de abandono de muitas estações. Na Pedro Correia, por exemplo, há mais de um mês três cadeiras simplesmente foram tiradas e ainda não foram repostas. Na mesma estação, recentemente, foram tirados dois painéis que mostravam o tempo que faltava para o ônibus chegar. Muito perto dali, na estação Rio 2, uma porta que dá acesso aos ônibus estava trincada, sem falar na falta de uma das cadeiras no local. Por último, convido as autoridades a pegarem qualquer BRT na hora do rush para constatar a superlotação, algo, infelizmente, tão frequente nesse meio de transporte. Enviado por e-mail por João Silva CARTEIRA DE TRABALHO Emprego? Não há. Carteira de Trabalho? Não dá para tirar. No Rio de Janeiro, não se agenda mais. Tem que se ir para a fila, de madrugada, onde são distribuídas 40 senhas. A pessoa chega às 6h, encontra uma fila enorme, fica duas horas nela e não consegue a senha de atendimento. É um pouquinho de Brasil! Enviado por e-mail por Luis Chagas PASSAGENS MAIS CARAS Qual é a razão para o aumento das passagens de ônibus, se eles são malconservados e conduzidos por motoristas mal-educados? Não respeitam sinais, gratuidades de alunos, idosos ou de quem mais as possua. E, constantemente, são flagrados com documentação vencida. Seja no âmbito municipal, ou no in- termunicipal, a população está à mercê de conluios. Falta inteligência na gestão. Enviado por e-mail por Sueli Costa ISENÇÃO DE IPVA Sou deficiente físico, tenho direito à isenção de IPVA, mas não consigo dar entrada na solicitação, pois o órgão que analisa a documentação está em greve. O governo do RJ penaliza o servidor público, e este, o cidadão. Meu IPVA vence em 28 de janeiro. Se não pagar, corro o risco de ter meu veículo apreendido por esse mesmo governo que me nega o acesso ao meu direito. Enviado por e-mail por Claudio Pereira Cartas para esta seção: Rua Januário José Pinto de Oliveira, 277 Maramar - Recreio dos Bandeirantes CEP: 22790-864 - FAX: 2490-0328 e-mail: jornal@tipocarioca.com.br Bairro página 04 Conto carioca página 05 Coluna Zen página 06 Tour página 05 página 05 Espaço aberto páginas 06 e 08 Diretora: Katia Lancelotti | Reg.26340 Reportagem: Gustavo Loio Revisão: Nelson Barboza Distribuição: André Luiz Neto Colunistas: Paulo Sergio Valle, Nelson Barboza, Katia Lancelotti, Rosane Castro Neves, Drª. Luciana Granja, Adriana Mello, Donato Velloso, Gilvan Nascimento, Fábio Freitas, Alberto Peribanez Gonzalez e Leo Nunes. Colaborações: Ramade Martins (Caricaturas), Reinaldo Costa (Enigmas do Rei) e Alessandro Rosalino (Tirinhas do Ale). Premiado com o Troféu AIB de Imprensa 2007, 2009 e 2011 Veículo associado: International Writers Association Distribuição Gratuita: Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Vargem Grande e Vargem Pequena. Tiragem: 20.000 exemplares Publicação: Mensal Fotolito e Impressão: Lance! Projeto Gráfico e Arte Publicitária: Tel.: 99787-0656 • www.theworks.com.br Administração: R. Januário José Pinto de Oliveira, 277 Condomínio Maramar Recreio dos Bandeirantes Rio de Janeiro - RJ CEP: 22790-864 CNPJ: 03.072.362/0001-86 Insc. Municipal: 02.577.631 Tel.: 2490-0328 Cel.: 99124-0185 www.tipocarioca.com.br jornal@tipocarioca.com.br Os textos e artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal, sendo responsabilidade de seus autores. Gourmet página 07 Saúde e Bem-estar página 08 Entrevista Carnaval 2017 página 09 página 10 página 11 Meio ambiente página 12 Enigma do Rei página 12 Paisagismo página 13 Dicas de um Tudo página 13 Social página 14 Cinema página 14

[close]

p. 4

04 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca PALESTRA NA CCBT A Câmara Comunitária da Barra da Tijuca organizou uma palestra sobre soluções energéticas sustentáveis para economizar energia nos condomínios. Segundo representantes da Gás Fenosa, há equipamentos e soluções para os condomínios que buscam o uso eficiente da energia. Uma das alternativas é a cogeração, por meio da qual os gases do gerador que seriam descartados na natureza são aproveitados em um sistema de geração de energia elétrica, para produzir água quente, por exemplo. Desta maneira, a piscina de um condomínio poderia ser aquecida sem custo extra. Outra alternativa é o uso dos painéis solares, os geradores a gás e as lâmpadas de LED, que podem oferecer uma economia de até 70% na iluminação elétrica. CAMPANHA PRAIA LIMPA CHEGA À REGIÃO L ançada em 2013, pela Comlurb, a campanha Praia Limpa chegou à Barra e ao Recreio. O objetivo é incentivar as pessoas a fotografar, compartilhar e participar, por meio de atitudes corretas, da manutenção da limpe- VIA OLÍMPICA E MURO DOS CAMPEÕES INAUGURADOS E m uma de suas últimas ações à frente da prefeitura, Eduardo Paes inaugurou a área de lazer ao longo da Via Olímpica e o muro dos campeões, ambos no esportivas do Parque Olímpico para o Governo Federal. O calçadão ao redor do Parque Olímpico foi arborizado e ganhou jardins, quadras poliespor- DETRAN INAUGURA OUTRO POSTO NA BARRA za, que é uma responsabilidade da Comlurb com a população. Durante todo o verão, a operação conta, nas praias cariocas, com 620 garis e 3.000 lixeiras. Parque Olímpico da Barra. Na solenidade, que contou com a presença do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, também foi anunciada a transferência da gestão das arenas tivas, campo de grama sintética, equipamentos de ginástica para adultos, Academia da Terceira Idade (ATI), pista de skate e um parque infantil. A Barra ganhou mais uma unidade do Detran. Desde o fim de dezembro, o shopping Downtown, no bloco 11-A, oferece serviços de identificação civil emissão de carteiras de identidade e do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) de carros zero quilômetro. O agen- damento para os serviços pode ser e registro de veículos. Segundo o feito pelo site www.detran.rj.gov. órgão, o novo espaço poderá aten- br ou pelos telefones 3460-4040 e der a 260 clientes por dia, para 3460-4041. OBRA DE RECUPERAÇÃO AÇÕES PARA PROMOVER O DESTINO RIO NA PRAINHA F oi finalizada a obra de recuperação do reservatório de captação de água natural do R epresentantes da Riotur, da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro), do Rio rio de eventos robusto e investir no trabalho integrado de promoção do destino, com todos os órgãos envolvidos no segmento turístico – disse GIGOGAS INFESTAM A REGIÃO Parque Natural da Prainha. Para comemorar, a Asap (Associação de Surfistas e Amigos da Prainha) recebeu o vereador Marcello Siciliano, Convention & Visitors Bureau (Rio CVB), da Secretaria Especial de Ordem Pública, da Delegacia Especializada no Atendimento ao Turista e da Guarda Municipal apresentaram, em janeiro, ações integradas para promover o destino Rio. – Vivemos um momento único como cidade-sede do maior evento esportivo do planeta. Após receber uma Olímpiada, é natural que haja um esvaziamento de turistas na ci- o empresário Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ e da Rio CVB. Marcelo Alves, novo presidente da Riotur, destacou a importância de promover o Rio para brasileiros e estrangeiros: – O Rio precisa ser visto como o protagonista, dentro do cenário turístico mundial. Turismo é a nossa vocação. Precisamos trabalhar para transformar o Rio na cidade mais visitada do mundo. Devemos lembrar, N ão é de hoje que a proliferaçao das gigogas nos canais e lagoas do Recreio é um problema para moradores e visitantes do bairro. Em documento encaminhado à Fundação Rio-Águas, o vereador Carlo Caiado cobra ações neste sentido. Segundo ele, é preciso que a entidade realize os trâmites necessários que visem à manutenção e permanência dos serviços de dragagem e retirada das gigogas, Parque Municipal Chico Mendes e no Canal do Rio Morto. Ainda segundo o vereador, a ampliação do número de gigogas no espelho d’água destes corpos hídricos tem provocado proliferação desenfreada de mosquitos na região, trazendo enormes desconfortos aos moradores. Caiado também cobrou da secretaria municipal de Transportes a conclusão da segunda fase das que se empenhou na causa. Após a obra, dois banheiros do parque voltaram a funcionar. SUBSTITUIÇÃO NA AMAVAG N o início de janeiro, houve mudança entre os membros da Amavag (Associação dos dade, a chamada ressaca olímpica. também, que o turismo gera divisas, conforme ocorreu ano passado no obras da ciclovia na Estrada do Moradores e Amigos de Vargem Para manter o fluxo de visitantes, é e aplicar neste setor é investir na re- Canal das Tachas, em parte da Lagoa Rio Morto, que liga o Recreio a Grande). Angela Ormond foi substi- necessário estabelecer um calendá- cuperação da nossa economia. de Marapendi, na Lagoinha do Vargem Grande. tuída por Jorge Bernardo.

[close]

p. 5

Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 05 Leo Nunes leonunesrj@gmail.com O professor METRALHADORA DE “POR QUÊ?” H á poucos dias, encontrei um velho amigo, professor aposentado da rede estadual. Denotando fadiga e preocupação em seu semblante, puxou uma conversa comigo: “Sabe do que estou vivendo? De salários atrasados, pagos parceladamente, e das minhas parcas reservas, que já estão a minguar. Nunca pensei que, aos oitenta anos de idade e depois de tantos anos de trabalho, fosse passar por isso. Minha mulher, que também é professora aposentada, está na mesma situação. Já começamos a economizar até na comida”. Cheguei a pensar que iria me pedir dinheiro emprestado, mas, ele, homem altivo e orgulhoso, só em caso extremo faria isso. Posso dizer tal porque conheço bem o meu velho amigo. O que ele queria era desabafar, externar a revolta por sua humilhante situação. E continuou: “incompetência e roubalheira. Assim é o Brasil de hoje. Como professor retirado, fico pensando na dificuldade do educador atual, e dos pais, para ensinar os jovens”. Dizer o quê? Que todo político é ladrão? Não se pode afirmar tal coisa; primeiro, porque há exceções; segundo, porque toda generalização é perigosa. Mas que a maioria o é, disto não tenho dúvida. Meu amigo enxugou o suor do rosto e prosseguiu:”é coisa básica na Educação ensinar o respeito às instituições e principalmente à Justiça. Mas, o que dizer quando se vê o presidente do Senado fugir de uma citação do Supremo Tribunal Federal e se esconder do oficial de Justiça? E o pior é que tudo ficou por isso mesmo. Vendo tais coisas, como reagirá o jovem no futuro? Será que seremos um país de Cunhas, Renans, Cabrais? Será que continuaremos a ver empresários inescrupulosos em conluio com políticos desonestos a saquear o país?”. Despedi-me do meu amigo, pensando: que país injusto. X.K.T. Produções ChuIrnrafascnoti.l . 15 Anos Palestras Festas Empresariais Discoteca, Show, Grupo de Pagode, Pop Rock, Pé de Serra e MPB Faça de sua festinha um Mega Evento!! Contato: 97174-4571 E u tinha medo de essa fase chegar, mas sei que seria inevitável. Sempre ouvi amigos e parentes dizerem que seria um momento de nos quebrar as pernas, porém não sabia que, em certas ocasiões, seriam as duas de uma só vez. Estávamos eu e Abelardinho, meu filho, na fila de uma loja, para pagar as roupas que compramos para ele, quando, de repente, ele me soltou a seguinte pergunta: – Papai, por que a calcinha que está na mão desta moça é tão pequena, diferente das que a mamãe usa? A tal moça estava à nossa frente, de costas para nós, e assim permaneceu. Eu fiquei com a cara mais vermelha que a própria calcinha que a mulher segurava, e que, realmente, tinha muito pouco pano. Aliás, acho que era feita de fitas. Uma senhora DIAS MELHORES Tudo novo de novo. Não creio, nada de novo há. Há ano velho com grife nova E ilusão do povo, de novo! Engodo e grife nova, Isso é o que há. Dias de luta. Vejo e ninguém a vê, Escondida, nos escombros Dos corpos cansados. Lá está A Esperança, lá está ela, lá está, Paciente e perseverante, A esperar. Dias melhores Virão, com certeza Eles estão por chegar, mas Não será por alguns segundos De fogos, brindes, beijos e branco Que o estado das coisas vai mudar. Ah, com certeza, Não será! Luiz Lopes VÁ ATÉ ONDE NÃO PUDER MAIS IR Dançava sobre os corações bordados no guardanapo a força do impulso contra o sentimento concreto o sorriso esculpindo a prece, o afago, o fogo, a chuva, o vento, o mar e a atenção é como deter um foguete com um laço de fita. que estava atrás de mim e escutou o questionamento do garoto, balbuciou para uma outra que a acompanhava: – Esse menino deve ter uns seis anos, mas é muito esperto! Realmente, aquilo não é coisa que se vista. Uma falta de vergonha dessas mulheres! Na minha época, não tinha nada disso! Eu tentei disfarçar, puxando outros assuntos, tentando ganhar tempo, enquanto a fila andava. Ele estava inquieto. Já tinha me feito uma série de perguntas, uma metralhadora de “por quê?”, porém aquela foi a pior do dia. Faltava apenas uma pessoa a ser atendida na frente da dona da lingerie contestada. Eu enrolava o moleque, ou pelo menos tentava, de todos os modos, fazendo promessas de passeios, de brinquedos, dando um jeito de me livrar de um novo (Vá!) pode correr até onde quiser... que seja, então, como uma algema no contorno de um sopro quente, dos cabelos debandando, ao tentar esquecer um punhado de gírias (que calam teus lábios com um beijo até o fim). (Vá...) pode correr até onde quiser... até o pensamento duvidar, derreter meando uma cachaça com o diabo, que seja, então, como uma algema... voando na vastidão do meu castelo. Israel Lucas ELETRICIDADE Você se aproxima, sorrateiramente, e me diz palavras enfeitiçadas Que caem em minha alma, e a deixa por seu amor tomada… Vem com uma beleza máscula que o tempo amadureceu mas que guarda tanto mistério num olhar que muito viveu… Vem dizendo que me ama e me quer no seu leito de amor… Toma o meu corpo e me beija deixando-me totalmente ao seu dispor… Como um vampiro de amor por quê. – Próximo! – gritou o rapaz do caixa. E, sem olhar para trás, ela foi. Logo em seguida, a menina do caixa ao lado fez a mesma menção. – Caixa 3 livre! – e lá fomos nós; para o meu azar, ficamos lado a lado com a moça. De repente, Abelardinho cutuca a perna da mulher e manda a derradeira: – Oi, tia Patrícia! Por que a senhora usa calcinha tão pequena, diferente das que a mamãe usa? Era a professora de inglês dele. Ela pegou a sacola de compras, deu um senhor tabefe na minha cara, abaixou-se e disse, olhando para o meu filho: – Uso porque elas cabem em mim, mas não na bunda gorda da sua mãe! – e foi embora. – Papai, por que a mamãe tem a bunda gorda? bebe da minha emoção, e juntos pela eternidade, viveremos nesta paixão… Penhah Castro A DESCONHECIDA Pudera eu imaginar um dia Que tanta beleza o destino me traria Presa em um irreal corpo humano Pelo qual até Afrodite morreria. Veneno que age de imediato Intoxica-me com todo prazer Inunda de alegria minha alma Lava a tristeza do meu ser. Mais forte que o brilho do Sol Mais suave que uma flor ao luar Em contos e fábulas épicas Mais bela face não há Nem mesmo os Românticos Clássicos amantes da perfeição Poderiam descrever tal figura A que amo com meu coração! Jorge Gomes Cartas para esta seção: Rua Januário José Pinto de Oliveira, 277 Maramar - Recreio dos Bandeirantes CEP: 22790-864 - FAX: 2490-0328 e-mail: jornal@tipocarioca.com.br

[close]

p. 6

06 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca Faça sua numerologia e saiba como será seu ano de 2015! Tel.: 96544-9589 | adrianatcmello@gmail.com | www.contatoscom.blig.ig.com.br 2017, ASTROLOGICAMENTE FALANDO C omo já dito anteriormente, encerramos um ciclo de 36 anos do Sol, e quem está assumindo o comando, daqui para a frente, é Saturno. Um tempo pautado por mais perseverança, sabedoria e disciplina começa a partir de agora. Pelo tarô, 2017 será regido pela carta da fortuna. Apesar de esta carta lembrar dinheiro, ela fala sobre a sorte e as oportunidades que a vida oferece. Será um período rápido, instável, em que cada um precisará saber o que quer, para não se perder no meio deste movimento. O ano pedirá decisões com agilidade, controle das emoções e foco. Falando de numerologia, o ano será comandado pela energia do número 1. Esse número revela o início, a tentativa, o despertar e a possibilidade de avançar positivamente rumo a um objetivo de maneira corajosa e independente. É o momento de comandar a situação, eliminar os medos e enfrentar os obstáculos de corpo e alma. Falando pelas runas ligadas a Saturno, temos Hagalaz e Gebo. Hagalaz tem a força energética da natureza e trará energia a 2017, para combater o ódio e prover justiça. Requer aceitação e flexibilidade. Hagalaz é a proteção, a justiça, é o despertar para a vida. É comparada aos “Olhos de Deus”. Se soubermos respeitar e merecer a sua força, seremos agraciados e protegidos por ela. Já Gebo trará a energia das associações, da convivência e do amor. Rege solidariedade e facilidade em obter parcerias. Gebo indica união: duas linhas entrelaçadas se apoiam mutuamente. É a runa do amor, do equilíbrio e da confiança. São duas energias distintas unidas, mas sem perder a identidade. Gebo vem para trazer harmonia em todos os tipos de relacionamentos, promover parcerias. Amor, solidariedade, compreensão, equilíbrio, receptividade, união, convivência, associação e harmonia. Para o baralho cigano, este é um ano de muita força da Terra pela astrologia ocidental e também um ano de muita força cigana. Assim, toda pessoa que tem linha cigana, proteção das linhas do Oriente e tem um carma de andarilho pela terra tende a ter seu carma testado pela vibração do Oriente. No horóscopo Cigano, teremos a regência da Ferradura, que, por sua vez, é regida pelo Cigano Ramur, tendo correspondência com a carta do Chicote do baralho cigano e se refere a ajustar e frear aquilo que está sem rumo ou mal organizado. Ano do Galo no horóscopo chinês, será preciso ter jogo de cintura. Sua regência começa dia 28 de janeiro e termina em 15 de fevereiro de 2018. Este signo chinês simboliza virtudes, coragem, bondade, confiança e proteção. Ele representa a precisão, a perfeição e se associa ao tempo e à vigilância. Será um ano dinâmico, intenso e emocional, que exigirá disciplina para atingir as metas. Vamos seguir e partir para um ano de amor, felicidade e muitas realizações. ESTATUTO DOS CAFAJESTES – A mulher gosta de sofrer. – As mulheres são iguais (só mudam a pelagem). – As velhas desculpas ainda colam: desculpe-me, mas não me lembro de você; estava bêbado; já estou me separando dela; meu amor, amo-a; posso explicar...; prometo-lhe que não vou traí-la novamente; vai acreditar na sua amiga ou em mim?; você é a única mulher na minha vida; vou comprar cigarro e já volto. – Cafajeste não mente (omite). – Canta-se mulher no atacado para se pegá-la no varejo. – Em caso de necessidade, prometa tudo a uma mulher (elas adoram ser enganadas). – Ex-namorada também serve como merenda nas horas de solidão. – Homem não trai, distrai-se. – Mulher é o melhor ser do universo. Não conseguiríamos viver sem elas. Afinal, quem iria lavar, passar, cozinhar e costurar pra gente? – Não tenha escrúpulos: seja cafajeste! – Negue tudo até a morte (ela acaba acreditando). – Primas não são parentes (use todas). – Toda e qualquer mulher é objeto de seu prazer. LÁPIDES TUMULARES AGRÔNOMO: Favor regar o solo com Nevugon. Evita vermes! ALCOÓLATRA: Enfim, sóbrio! ARQUEÓLOGO: Finalmente, fóssil! ASSISTENTE SOCIAL: Alguém aí para me ajudar? BROTHER: Fui! CARTUNISTA: Partiu sem deixar traços! DELEGADO: Está olhando o quê? Circulando, circulando! ECOLOGISTA: Entrei em extinção! ENÓLOGO: Cadáver envelhecido em caixão de carvalho! ESPIRITUALISTA: Volto já! FUNCIONÁRIO PÚBLICO: É no túmulo ao lado! GARANHÃO: Rígido, como sempre! GAY: Virei purpurina! HERÓI: Corri para o lado errado! HIPOCONDRÍACO: Não disse que estava doente?! HUMORISTA: Isso não tem a menor graça! JANGADEIRO DIABÉTICO: Foi doce morrer no mar! JUDEU: O que estão fazendo aqui? Quem está tomando conta da lojinha? NINFOMANÍACA: Uau, esses vermes vão me comer todinha! PESSIMISTA: Aposto que está fazendo o maior frio no inferno! PSICANALISTA: A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido! SANITARISTA: Sujou! VICIADO: Enfim, pó! SINTOMAS DE POBREZA Almoçar domingo na casa da sogra, só para economizar. Amarrar as hastes dos óculos com esparadrapo branco. Andar de carro com o vidro fechado, no maior calor, só para pensarem que tem ar-condicionado. Anotar recado de telefone em papel de pão. Brigar com meio mundo, só porque o caixa não lhe deu troco de três centavos. Cobrir o telhado com plástico, para evitar goteira. Colocar copos de água nos pés da cama e da mesa, para as formigas não subirem. Comprar carne de segunda e dizer que é para o cachorrinho. Em dia de chuva, amarrar saco plástico em volta do sapato para não molhar. Entrar em loja de R$ 1,99 e querer achar um presente legal. Esticar a língua para lamber o fundo do copo de iogurte. Fingir que está dormindo no ônibus, para não dar lugar a quem está de pé. Guardar sobras de sabonete, para depois fazer uma bola só. Homem careca com rabo de cavalo. Jogar algodão na árvore de Natal, para dar efeito de neve. Pôr arranjo de fruta de plástico na mesa da sala. Subir na laje, para mexer na antena, e ficar gritando lá de cima: Melhorou? Tapar vazamento do botijão de gás com resto de sabão. Tomar cerveja em copo de plástico. Usar calça social com tênis. Pintar um retângulo azul no quintal, para, na foto aérea do satélite, parecer que tem piscina. Usar um tapete na porta: “Seja bem-vindo, mas limpe os pés”. VALENTÃO?! Certo rapaz está no portão do céu, esperando para entrar, enquanto São Pedro folheia o livro sagrado, checando toda a vida dele para ver se é um garoto de valor. Depois de um bom tempo, o santo olha para ele severamente e diz: – Não vejo qualquer coisa que seja realmente ruim em sua vida, mas também não há nada que seja especialmente bom. Se me provar que fez algo muito bom, você está dentro. O garoto pensou por alguns instantes e disse ao Pedroca: – Ah, houve uma vez que estava indo pela estrada, quando vi uma gangue gigante de motoqueiros mexendo com uma garotinha indefesa. Diminuí a velocidade para ter certeza do que estava acontecendo. Vi uns cinquenta deles tentando tirar as roupas da adolescente. Parei meu carro, peguei um bastão de baseball e fui em direção ao líder da gangue, um cara com jaqueta de couro com estampa de tigre. Ele tinha uma corrente amarrada da orelha esquerda até o nariz. Enquanto me aproximava dele, os membros da gangue foram fazendo uma roda em volta de mim. Arranquei a correntinha da cara dele e dei-lhe uma pancada com meu bastão. O sujeito foi pro chão com um só golpe. Depois disso, virei para todos e disse: – Deixem esta garota em paz. Vocês não passam de um bando de bostas! Voltem para suas casas antes que eu perca a paciência e acabe com suas raças, seus animais! São Pedro, realmente impressionado, perguntou-lhe: – E quando isso aconteceu? – Ah, faz uns dois minutos! ENGANO O cara liga para casa, à tarde, para saber o que a esposa ia fazer para o jantar. – Alô? – responde uma vozinha de criança. – Oi, querida, é papai. Mamãe está perto do telefone? – Não, papai. Está lá em cima no quarto, com tio Frank. Após alguns segundos, o sujeito lhe diz: – Mas querida, não há nenhum tio chamado Frank! – Tenho, sim! E está lá em cima no quarto com mamãe. – Está bom! Então, quero que faça o seguinte: suba correndo as escadas, bata na porta do quarto e grite para mamãe e para tio Frank que meu carro acabou de parar na frente de casa. Depois, vem me contar o que viu. – Tá legal, papai! Alguns minutos depois, a garota volta: – Fiz o que me disse, papai. – E o que aconteceu? – Bom, mamãe pulou da cama pelada e começou a correr pelo quarto gritando. Aí, tropeçou no tapete e caiu pela janela da frente. Agora, está morta! – Oh, meu Deus! E tio Frank?! – Levantou-se da cama pelado, também, e estava muito assustado. Pulou pela janela do fundo para dentro da piscina, mas acho que deve ter se esquecido de que você esvaziou a piscina na semana passada para limpá-la. Bateu a cabeça no fundo dela e agora está lá embaixo, morto também! Uma longa pausa, e o cara lhe diz: – Piscina?! Aí é 555-0739?! Não?! Então me desculpe, filhinha! Foi engano! Cartas para esta seção: Rua Januário José Pinto de Oliveira, 277 Maramar - Recreio dos Bandeirantes CEP: 22790-864 - FAX: 2490-0328 e-mail: jornal@tipocarioca.com.br

[close]

p. 7

Gilvan Nascimento Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 07 BOLO DE LIMÃO ZERO LACTOSE Ingredientes: meia xícara de óleo; uma xícara de açúcar; três ovos; meia xícara de suco de limão; uma colher (de chá) de raspas de limão; uma xícara e meia de farinha de trigo; meia xícara de amido de milho; duas colheres (chá) de fermento em pó; farinha e óleo, para untar a forma. Modo de preparo: 1. Pré-aqueça o forno em temperatura média (180°C). 2. Unte e enfarinhe uma forma de furo central média (20 cm de diâmetro). Reserve. 3. Bata no liquidificador o óleo, o açúcar, o suco do limão, as raspas e os ovos, até que tudo fique homogêneo e cremoso. 4. Peneire o trigo, o amido e o fermento, passe para uma tigela e adicione, aos poucos, a mistura, até obter uma massa cremosa e homogênea. 5. Coloque a massa em uma forma e leve ao forno por 35 minutos ou até que um palito saia limpo, depois de espetado na massa. Espere amornar e desenforme. Bom apetite!!! Conheça mais receitas no Blog do Gilvan: http://gilvannascimento.blogspot.com CHETA: Nº 2003-12-3CIH-04-01 Especializado em voos panorâmicos A partir de R$ 200,00 por pessoa. Serviços Disponíveis: NA SEDE: Sala VIP com Open Bar Estacionamento privativo Hangaragem Puch Back Apoio de pátio NA FILIAL (St. Dumont): Sala VIP com Open Bar Transporte de pátio Av������A�����������������������������������������������������������������������������������������������

[close]

p. 8

08 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca bem-estar Dra. Luciana Granja Medicina Ortomolecular ACRESCENTE A FARINHA DE BERINJELA À SUA ALIMENTAÇÃO E studos brasileiros mostraram que o consumo da farinha de berinjela contribui para a redução de peso e para a diminuição dos fatores de risco de doenças cardiovasculares. O alto teor de fibras causa uma sensação de saciedade por tempo prolongado e favorece a perda de peso. No estudo, quem ingeriu a farinha de berinjela apresentou redução do excesso de gordura no abdômen, diminuição na concentração de ácido úrico no sangue e uma queda nos índices de triglicerídeos, colesterol total e LDL (gordura ruim). A quantidade ideal para consumo diário ainda está sendo estudada, mas 14 gramas da farinha (quatro colheres das de sopa) já são suficientes para apresentar os resultados citados acima. Você pode utilizar a farinha polvilhada em cima das refeições. Mesmo tendo seus benefícios comprovados, a farinha de berin- jela consumida isoladamente não contribui para a perda de peso. Como todo alimento funcional, ela tem o poder de potencializar os efeitos de uma dieta balanceada e da prática regular de exercícios físicos, que são fundamentais para um corpo saudável. FRASES SOBRE A LEI SECA PESCADAS DO ENEM -“A Lei Seca tem esse nome por que sem cerveja a gente dirige com a gaganta seca.” - “No rio de janeiro não pode dirigi bebendo mas pode ouvi fank, ainda não existe lei pra isso.” - “Acho a policia muito errado eles são grosso com o trabalhador que quer apenas se divertir com uma ceveginha.” - “A minha poposta é ter carro gratis se vc beber mas não vou candidatar pois sou de menor.” - “as mortes dimunuiram porém tem mais gente viva do que antes. graças a Deus.” - “Eles deviam trocar o bafômetro e mandar fazer o 4 com as pernas pois eu sei fazer o 4 quando estou bêbado” - “Na lei seca dos estados unidos surgiram muitos mafiosos mas no brasil ainda não apareceu isso porque o governo esta de olho nas manifestações.” - “Falta de bebida faz as pessoa dirigir triste” - “Temos que bater palmas para a skol porque fez a lei motorista da rodada para não beber quem dirige.” - “o bafotro é tipu pegadinha. eles manda voce bebê mas num sai nada. a poliça devia ser mais séria.” - “A lei seca também conhecida como lei da fisica ou lei 11-705/2008 melhora os direitos humano.” - “A desingualdade é grande no Brasil até na lei. o Rio de janero consegue comprar etilômetros mas aqui no maranhão a policia só tem dinheiro para bafometro.” - “já que não pode beber a presidente Dilma deveria liberar a maconha que faz dirigir bem relaxado e tranquilo.” - “Quem bebe e dirige tem que no minimo morrer.” - “Meu pai inclusive ano passado sofreu um acidente fatal mas infelizmente ele passa bem e hoje está no aa.” A CAMPEÃ: - “Quando a pessoa morre em acidentes por causa da bebiba além de perder a vida ela pode perder a carteira de motorista.” QUAL O NOME DO FILME? Um teste meio infame... Algumas respostas engraçadas. P: Um homem gordo cai de um prédio de 20 andares e se esborracha no chão, abrindo uma cratera enorme. Como é o nome do filme? R: Impacto profundo P: Um sujeito comeu: macarronada, feijoada, tutu de feijão, omelete e depois foi ao banheiro. Qual o nome do filme? R: O quinto elemento P: Um monte de formigas entra na carga de uma caneta e dança o dia inteiro, qual é o nome do filme? R: In-the-pen-dance-day (Independence Day) P: Robin vivia enchendo o saco de seu irmão, até que este contou tudo para a mãe. Qual o nome do filme? R: Bate, mãe, em Robin. (Batman and Robin) P: Um chiclete conheceu uma chicleta, se casaram e tiveram vários chicletinhos. Qual o nome do filme? R: A família Adams. P: Para comprar uma bola, um homem teve que escolher entre a vermelha e a azul. Ele escolheu a vermelha. Qual o nome do filme? R: Largou a azul (A Lagoa Azul). P: O filho e o pai se despediram rapidamente. Qual o nome do filme? R: Tchau pai, tchau filho. (Tal Pai, Tal Filho). P: Brigite Bardot disse que viu tudo quando estava no banheiro. Qual é o nome do filme? R: Vida Privada. Cartas para esta seção: Rua Januário José Pinto de Oliveira, 277 Maramar - Recreio dos Bandeirantes CEP: 22790-864 - FAX: 2490-0328 e-mail: jornal@tipocarioca.com.br Serviços gráficos e web 96973-2229

[close]

p. 9

Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 09 Entrevista SUPERINTENDENTE REGIONAL DA BARRA, RECREIO E VARGENS GARANTE QUE VAI TRABALHAR COM AGILIDADE E TRANSPARÊNCIA Thiago Barcellos está na vida pública desde 2012 C arioca, morador da 3- Houve alguma orientação das nos seus primeiros dias no ciência nos serviços. pode entrar em contato com Barra da Tijuca, ca- do prefeito Marcelo Crivella cargo? a SuperBarra? sado e pai de Julia e com relação às ações da Renegociei a dívida com a Light, As portas da SuperBarra estão João, Thiago Barcellos superintendência? deixada pela gestão anterior. 6- Qual a sua opinião sobre fa- sempre abertas. Ficamos na Av conhece bem os problemas O prefeito determinou que os Todos os órgãos da AP4 estavam zer ações em parceria com o Ayrton Senna 2001. Nosso te- dos bairros em que vai atu- superintendentes usem os servi- sem poder trabalhar e atender o setor privado, para trazer be- lefone é 2437-1771. ar: Barra, Recreio e Vargens. ços para atender o morador com morador há mais de 30 dias. nefícios para a região? Recém-nomeado como su- qualidade. Além disso, temos Em seguida, comecei o atendi- Sou muito a favor. As possibilida- 8- Você tem algum projeto es- perintendente regional, pelo que estar no dia a dia da popu- mento das demandas. des de parcerias de instituições pecial para a região? prefeito Marcelo Crivella, ele lação, ordenar e coibir as ações públicas com instituições priva- Estou elaborando algumas tem experiência em cuidar da de desordem. Saúde e Educação das são fundamentais para gerar ações voluntárias, para ter, cidade. Já ocupou cargos de terão muita atenção. Vou estar 5- Além do ordenamento públi- transparência, eficiência, agili- cada vez mais, o cidadão par- assessor na prefeitura, admi- presente nos hospitais e nas es- co, quais outras áreas a supe- dade e economia para o cidadão. ticipando e fiscalizando os nistrador regional da Barra colas, sempre. rintendência vai abranger? atos do governo. Vamos apre- e subprefeito do Centro. Em Saúde, Educação e Conservação, 7- Como o morador da região sentar, em breve, um grande entrevista ao TIPO CARIOCA, Thiago afirma que vai intensi- 4- Quais foram as ações toma- sempre cobrando agilidade e efi- da Barra, Recreio e Vargens projeto. ficar as ações de ordenamento público e que quer maior inte- gração com os moradores. 1 - Qual será o principal desafio da superintendência regional da Barra nos próximos quatro anos? Retomar a ordem. O ordenamento da região ficou muito solto no último governo. A antiga sub não vinha atuando nesse sentido. Tivemos novos modais de transporte chegan- do, e, com isso, o número de visitantes aumentou bastante. MENSAGEM DO SUPERINTENDENTE REGIONAL 2- Como você pretende trazer o apoio de outros órgãos nas ações? Minha função é justamente integrar as ações da prefeitura nesta parte da cidade. Coordenar os órgãos, de forma que estejam à serviço do morador. Também estarei sempre atento, ouvindo e atendendo os moradores. Vou fazer uma gestão com muita integração com todos, para, juntos, pensarmos nas políticas públicas que podemos implementar. Caros moradores da Barra, Recreio e Vargens. É com prazer que ocupo a função de Superintendente na nossa região. Quero, desde já, agradecer pela confiança e apoio e garantir que, eu e toda a equipe da SuperBarra, vamos atuar com firmeza, sempre que encontrarmos irregularidades. Faremos o possível e o impossível para atender às expectativas de todos. Nosso objetivo é trazer melhorias e serviços de qualidade para os bairros que estão sob a nossa responsabilidade. Contamos com a colaboração de todos e estaremos sempre à disposição. Um grande abraço, Thiago Barcellos Superintendente Regional da Barra da Tijuca, Recreio e Vargens.

[close]

p. 10

10 Jan/Fev 2017 Carnaval 2017 Jornal Tipo Carioca ONDE CURTIR A FOLIA NA REGIÃO O lha o carnaval de rua mais charmoso do Rio aí, gente! Abaixo, um guia completo, para curtir a folia na região. NOS HOTÉIS Sheraton Barra – DJ e Bloco do Cordão do Bola Preta, dia 25, a partir das 13h. Grand Mercure Riocentro – Baile infantil, dia 18 de fevereiro; feijoada, dia 26. Brisa Barra – Feijoada,dia 25 de fevereiro, a partir das 13h. Hilton Barra – Feijoada, dia 18 de fevereiro, a partir das 13h. Pestana Barra – Feijoada, dia 25 de fevereiro, a partir das 13h. BARRA DA TIJUCA 11 DE FEVEREIRO • Vira-Lata - Av. do Pepê c/ Érico Veríssimo, a partir das 10h. 12 DE FEVEREIRO • Banda Amigos da Barra - Na Lúcio Costa com Olegário Maciel, a partir das 13h. 18 DE FEVEREIRO • Bloco D’Samba - Av. do Pepê c/ Érico Veríssimo. a partir das 12h. • Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko - Av. Lúcio Costa, em frente ao nº 2.940, a partir das 14h. • Fla Master - Avenida Lúcio Costa, em frente ao nº 3604. a partir das 15h. 19 DE FEVEREIRO • Mini bloco - Praça do Pomar, a partir das 9h. • Banda da Barra - Avenida Lúcio Costa, em frente ao nº 3.600, a partir das 15h. 24 DE FEVEREIRO • Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko - Av. Lúcio Costa, em frente ao nº 2.940, quiosque Coco Loko, a partir das 14h. 25 DE FEVEREIRO • Blocão da Barra - Praça do Ó, a partir das 9h. • Carrossel de Emoções - Avenida Lúcio Costa, em frente à Av. Érico Veríssimo, a partir das 10h. • Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko - Av. Lúcio Costa, em frente ao nº 2.940, quiosque Coco Loko, a partir das 14h. • Bloco do Barão (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Reserva, Ilha 14, quiosque do Barão, a partir das 12h. 26 DE FEVEREIRO • Primeiro Amor Samba Retrô - Avenida do Pepê, em frente à Avenida Érico Veríssimo, a partir das 10h. • Buda da Barra - Rua Jornalista Pierre Plancher, esquina com Av. Lúcio Costa, a partir das 12h. • Bloco do Barão (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Reserva, Ilha 14, quiosque do Barão, a partir das 12h. 27 DE FEVEREIRO • Samba de Santa Clara - Av. Lúcio Costa, em frente à Érico Veríssimo, a partir das10h. • Bloco Isbarra - Av. Lúcio Costa, em frente à Érico Veríssimo, a partir das 15h. • Banda do Riviera - Rua Rosalinda Brand, condomínio Riviera, a partir das 17h. • Bloco do Barão (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Reserva, Ilha 14, quiosque do Barão, a partir das 12h. 28 DE FEVEREIRO • Bloco da Gold - Avenida Lúcio Costa, em frente à Érico Veríssimo, a partir das 12h. • Gambá Cheiroso - Rua Bruno Giorgi s/nº – Anfiteatro, a partir das 15h. • Bloco dos Cachaças - Avenida Lúcio Costa, em frente ao número 3.604, a partir das15h. • Bloco do Barão (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Reserva, Ilha 14, quiosque do Barão, a partir das 12h. 4 DE MARÇO • Eva na Praia – Avenida do Pepê, a partir das 10h. • Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko - Av. Lúcio Costa, em frente ao nº 2.940, a partir das 14h. 5 DE MARÇO • Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko - Av. Lúcio Costa, em frente ao nº 2.940, a partir das 14h. RECREIO 4 DE FEVEREIRO • É Pequeno Mas Não Amolece - Praça Professor Henrique Niremberg, a partir das 15h. 18 DE FEVEREIRO • É Pequeno Mas Não Amolece - Praça Professor Henrique Niremberg, a partir das 15h. 23 DE FEVEREIRO • Terreirão Folia (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Avenida Guiomar de Novaes, a partir das 18h. 24 DE FEVEREIRO • Terreirão Folia (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Avenida Guiomar de Novaes, a partir das 18h. 25 DE FEVEREIRO • Terreirão Folia (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Avenida Guiomar de Novaes, a partir das 18h. • Batalha dos Blocos - Av. Lúcio Costa, na altura do Posto 10. a partir das 14h. • Sou Cheio de Amor - Avenida Lúcio Costa, em frente ao Posto 10, a partir das 15h. 26 DE FEVEREIRO • Terreirão Folia (com DJ Xokito) – Avenida Guiomar de Novaes, a partir das 18h. • Batalha dos Blocos - Av. Lúcio Costa, na altura do Posto 10, a partir das 14h. • Banda Alegria do Recreio Posto 10, a partir das 15h. 27 DE FEVEREIRO • Terreirão Folia (com DJ Xokito e promoção da Rádio Fanática FM) – Avenida Guiomar de Novaes, a partir das 18h. • Divas do Recreio - Av. Lúcio Costa 17.470, quiosque 10, a partir das 18h. 28 DE FEVEREIRO • Banda Alegria do Recreio Posto 10, a partir das 15h. 4 DE MARÇO • É Pequeno Mas Não Amolece - Praça Professor Henrique Niremberg, a partir das 17h. 5 DE MARÇO • Tô no Recreio com a Confraria - Avenida Lúcio Costa, Posto 10, a partir das 12h. VARGEM GRANDE Toda sexta-feira, a partir das 20h, no Largo de Vargem Grande, há ensaio da Unidos das Vargens. A escola desfila dia 27, na Estrada Intendente Magalhães. 12 DE FEVEREIRO • Quintal do Zeca Pagodinho com Leandro D Mennor - Estrada dos Bandeirantes 28.178 (Sítio Bandeirantes), a partir das 11h. 19 DE FEVEREIRO • Vai Tomar no Zóio - Est. Do Sacarrão s/nº (Bar do Zóio), a partir das 12h. Fotos da eleição da Musa da Banda da Barra

[close]

p. 11

com Katia Lancelotti Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 11 01 02 03 04 Márcio Dias, Regina Jones, Andrea Lartigue, Márvio Fernandes, Alfredinho Castro Neves, Patrícia Gomes, Tatiana Jones, Fernando Coutinho, Giovanna Fraga, José Dias, Simone Carvalho, Paulinho Barros, André Velasquez, No último fim de semana de janeiro, o musi- Martha Moreno, José Eduardo Estefanio, Bárbara Borges, Liliana Rodriguez, Irce Brito, cal ‘Os Saltimbancos’, de Chico Buarque, com Sol D´Ávila, nossa colunista Adriana Mello, versão de Maria Lucia Priolli, foi apresentado Cristina Taccolini, Sandro Cardoso, Marcelo F no CasaShopping. Antes do espetáculo, foram Mello, Irene Machado e Renata Moraes. oi um sucesso o Show das Patroas, desenvolvidas atividades lúdicas e recreativas Foto 09: a aniversariante Bárbara Borges; que reuniu os fenômenos sertanejos programadas pelo grupo Panos pra Manga. Marília Mendonça e a dupla Maiara Foto 06: o elenco de ‘Saltimbancos’. Foto 10: Renata Moraes, na hora dos parabéns. 05 e Maraisa, na Jeunesse Arena, na Outra dica cultural na região é a peça ‘A Anta Barra. Nomes como as atrizes Paolla Oliveira Finalista do The Voice, na Rede Globo, a can- de Copacabana’, de Rafael Camargo, em cartaz e Patricia Gonçalves e a ginasta Daniele tora Liah foi a principal atração do projeto ‘Go no espaço Kult Kolector, na Barra. Estrelado Hypólito prestigiaram a apresentação. Black Convida’, no Gallery Lounge, na Barra, por Adriano Petermann, o espetáculo aborda Foto 01: Paolla e Marília Mendonça; em janeiro. No repertório, músicas autorais, temas como solidão, loucura, a existência e Foto 02: o promotor de eventos David como ‘Vem me ver’, além de versões de ‘Bang’ sua condição. O endereço é Avenida Olegário Brazil, com Mayara e Maraisa. (Anitta) e ‘Envolvidão’ (Rael). Maciel 130, loja E. Foto 07: a cantora Liah. Crédito: João Máro A musa fitness Gracyanne Barbosa parti- Nunes. No último dia 19, a loja do Recreio do Prezunic cipou de um bate-papo descontraído no organizou uma roda de samba com o grupo Américas Shopping, mais precisamente na A ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria Audácia Pura. A animação foi acompanhada loja The Body. Na ocasião, a morena lançou de Hotéis) promoveu uma entrevista coletiva de degustação de aperitivos. Segundo Lorena a nova coleção de cintas modeladoras da no Windsor Barra, para detalhar como será o Santos, gerente de marketing do Prezunic, o marca Corpo Belo. carnaval na região. Houve a participação de objetivo foi promover experiências agradá- 06 Foto 03: Gracyanne recebe o carinho dos fãs. representantes de vários blocos que vão desfilar em 2017, do diretor da Riotur, Roberto veis e divertidas aos clientes. Outra beldade que está rindo à toa é Ana de Maciel, e do sambista Haroldo Costa. Localizada numa área de 250 mil metros Biase. A modelo acaba de posar para as len- Foto 08: o anfitrião Alfredo Lopes, presi- quadrados de área verde, a Escola Pégasus tes do fotógrafo Wagner Carvalho, na Praia de dente da ABIH-RJ, e Haroldo Costa. de Equitação, em Vargem Grande, atende a Grumari. Em breve, Ana vai lançar seu site, alunos a partir dos sete anos, com modali- que terá informações sobre sua carreira e Muita saúde, paz, amor, felicidade e sucesso dades do hipismo clássico (salto e adestra- muitas fotos. Foto 04: a linda Ana de Biase. aos aniversariantes do mês: Katia D’Ângelo, mento) e do hipismo rural (rédeas, baliza e Heitor Menezes, Nicholas Figueirôa, Rogério tambor). O Haras Pégasus fica na Estrada dos Appelt, Joici Souza, Elaine Silva, Priscila Bandeirantes 24.845. Mais informações sobre Que tal curtir uma boa comédia? O Teatro dos Couto, Daniela Andrade, Daniela Wainberg, a escola no telefone 96488-5131. Grandes Atores tem duas boas opções este Rosane Penteado, Marcos Lazão, Cleide mês. Uma delas é ‘Só Pra se divertir’, com Eri Guedes, Carlos André, Adriana Duarte, Caio Uma boa dica para a criançada, até o dia Johnson, em que o ator conta histórias reais e fictícias. A outra é ‘Casar pra quê?’, que está Cesar, Cleo Pagliosa, Anna Martins, Renata Vasques, Azaury Jr. Renato Rocha, Aracy 5, no Rio Design Barra, é a atração ‘Lego Construtores do Amanhã’. Nela, um mapa 07 em cartaz há nove anos e já foi vista por mais de 800 mil pessoas ao redor do Brasil. Moraes, Rafael Macedo, Regina Oliveira, Marcos Vivan, Antônio Consentino, José gigante do Brasil é a senha para pais e filhos se divertirem. Foto 05: os atores Michelle Martins e Alessandro Anes, da peça ‘Casar pra quê?’. Carlos Brandão, Rose Ane Fonseca, Júlia Curval, Marco Andrey, Isabelle Cavalieri, meu sobrinho Lucas Lancelotti, Carlo Caiado, Arlê O Américas Shopping tem atrações para todos os gostos e idades. Até o dia 5, a crian- Fonseca, Palloma Cavalcanti, Pablo Moraes, çada dos quatro aos dez anos vai se divertir Fabiana Lyrio, Ricardo Pereira, Cristina na atração Partiu Diversão, em parceria com Guimarães, Luísa Maria Iudice, Renata Curval, o canal Gloob, que reúne atividades inspira- 08 Mônica Moerbeck, Amélia Alves, Maria Gago, das em ‘Alvin e os Esquilos’ e ‘Miraculous - As Aventuras de Ladybug’. Dia 12, acontece o 7º Encontro de Carros e Motos Antigos. 09 10

[close]

p. 12

12 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca donato@pactoderesgateambiental.org Tel.: (21) 98728-0430 PACTO DE RESGATE AMBIENTAL - Buscando um território sustentável Ambientalista; graduado em Comunicação Social; Presidente do Lagoa Viva, diretor da AIB e Acibarra, Consultor de Ecodesenvolvimento da Acibarra e Coordenador do Movimento Evolutivo Pacto de Resgate Ambiental. O PACTO DE RESGATE AMBIENTAL LAGOA VIVA completa 17 anos dedicando e priorizando, em especial, esforços voltados para a revitalização e conservação dos rios e lagoas da Bacia Hidrográfica da Barra da Tijuca/Jacarepaguá. Continuaremos perseverando nessa luta, pois acreditamos no poder da união dos segmentos sociais, cada um à sua maneira, em prol desse objetivo. Nos preocupamos com a degradação do meio ambiente local e com a responsabilidade ambiental, juntamente com um crescimento sustentável, a partir do entendimento da humanidade como uma teia de relações, ou seja, a partir da mudança de percepções, visto que pensar de maneira ecológica faz mais sentido. E quando olhamos para o amanhã vemos que esse permanece como um grande desafio, para que tenhamos nossos rios e lagoas definitivamente despoluídos e conservados. Para tanto, vamos continuar mobilizando e engajando mais atores na CAUSA AMBIENTAL LOCAL e faremos o que estiver ao nosso alcance. Nesta jornada, contamos seguir juntos na busca da realização de um sonho possível, compartilhado e desejado por todos nós. Que encontremos inspirações todos os dias e possamos continuar a promover mudanças positivas ao nosso redor. Faz-se urgente intensificar práticas voltadas para a sustentabilidade. Nós somos capazes, outros conseguiram. Desejo superação da crise, longevitalidade, alegria, boas ações e paz de espírito para todos nós em 2017. IV EDIÇÃO DO PRÊMIO LAGOA VIVA/PACTO DE RESGATE AMBIENTAL Dia: 10 de fevereiro de 2017, das 19h as 23h. Local: Centro de Convenções do BarraShopping (Centro Médico). O troféu – O troféu representa o merecimento a 14 mentes iluminadas que voluntariamente disponibilizam suas energias e conhecimentos, forjando os caminhos voltados para práticas sustentáveis. Expositores em recicláveis, ambientação em flores de pet pela artista plástica Cristina Silva, caricaturista Débora Trindade, DJ Português, e coquetel por Eder Meneghine. Para conhecimento dos homenageados e padrinho para entrega. Projeto Golf Olímpico, pela recuperação de área degradada. Carlos Favoreto/ Neri de Paula/ Revista Barra Legal, botânico dr. Marcus Nadruz/ Sergio Vianna Besserman, presidente do Jardim Botânico, Projeto Marinha, diretor de Portos e Costas vice-almirante Wilson Pereira de Lima Filho/ José Antonio de Souza Batista, Andre Trigueiro/ Lucia Chayb da Revista ECO21, Eder Meneguine/ Superintendente da Barra, Thiago Barcellos, dr. Francisco Carrera (Ambientalista), / Paulo Pizão, dra. Christiane Bernardo, pres. da Comissão de Direito Ambiental da OAB / dr. Claudio Carneiro, presidente da OAB-Barra, secretário estadual do Ambiente, Andre Corrêa/Eng. Mauro Magalhães, Eldis Camargo Santos, da ANA (Agência Nacional de Água), prof. Daniel Mendonça FGV/ Edison Parente Presidente da Acija, procurador federal Luiz Fernando Cabral Barreto JR /Henrique Cortez do Portal Ecodebate, dr. Wanderley Nunes / Regina Lima, da Revista Cidadania e Meio Ambiente, presidente do Centro Brasileiro de Desenvolvimento Sustentàvel (Cebds), Marina Grossi/Alfredo Lopes, presidente da Acir Transoeste, Joper Padrão do Espirito Santo/ Ney Suassuna, presidente da Acibarra. Pela conservação de nosso Planeta: REDUZA seu consumo, REUTILIZE o muito que já tem, REFORME o que for possível, RECICLE o que não tiver mais utilidade para você, REPENSE uma nova e responsável forma de viver! 1S 2O 2O 4I 7R 1S 7R 1S 6A 2O 2O 2O 6A 1S 6A 7R 1S 2O 2O 1S 6A 2O 5D 10 N 1S 11 E 11 E 2O 6A 6A 5D 1S 5D 5D 7R 2O 4I 6A 11 E 19 H 5D 4I 7R 3M 10 N 4I 2O 7R 3M 17 V 10 N 7R 4I 2O 6A 10 N 6A 4I 7R 17 V 13 C 9L 6A 7R 6A 1S 6A 9L 16 G 12 U 11 E 4I 7R 2O 5D 7R 8T 6A 10 N 13 C 6A 7R 10 N 6A 17 V 6A 9L Que seguem a moda Informando Relativo ao Natal Naturais da Galiza Uma ave de rapina Comprimir Os que não trabalham Voltar Apreciadoras Recebida Relativo ao licor Adequado Impulsionando Mobilizara Castelos Porta principal Examinar Relações amorosas Labuta Limpo com escova Um peixe pequeno (pl) Arredondara M3 2 5 4 1 3 2 1 A6 17 4 1 6 10 5 2 N10 6 8 6 9 4 10 2 G16 6 9 11 16 2 1 U12 7 12 15 12 7 11 4 E11 1 14 7 11 3 11 7 I4 10 6 8 4 17 2 1 R7 11 8 2 7 10 6 7 A6 3 6 5 2 7 6 1 6 8 11 10 5 4 5 6 9 4 13 2 7 2 1 2 6 18 12 1 8 6 5 2 14 12 9 1 6 10 5 2 6 13 4 2 10 6 7 6 14 6 9 6 13 4 2 1 14 2 7 8 6 7 4 6 2 15 1 11 7 17 6 7 7 2 3 6 10 13 11 1 8 7 6 15 6 9 19 2 11 1 13 2 17 6 5 2 9 6 3 15 6 7 4 1 6 15 6 12 9 6 7 6 RESPOSTA: Reinaldo enigmadorei@gmail.com | (19) 3257-1381 Responda as perguntas da primeira coluna, corresponda os números com as letras e decifre o “Kripto do Rei”. Tema: Carnaval 2017 4I 1S 6A 11 E 15 B 7R 8T 2O 5D 10 N 2O 1S 1S 2O 6A 8T 11 E 6A 15 B 2O 15 B 12 U 5D 4I 8T 9L 12 U 14 P 6A 8T 6A 11 E 13 C 12 U 9L 4I 9L 7R 1S 3M 6A 13 C 3M 6A 2O 17 V 6A 6A 7R 1S 10 N 11 E 3M 8T 4I 18 J 12 U 13 C 6A 2O 15 B 2O 7R 1S 6A 15 B 3M 6A 10 N 16 G 12 U 11 E 4I 7R 6A 6A 9L 6A 14 P 6A 14 P 14 P 2O 7R 8T 11 E 9L 6A Que seguem a moda Informando Relativo ao Natal Naturais da Galiza Uma ave de rapina Comprimir Os que não trabalham Voltar Apreciadoras Recebida Relativo ao licor Adequado Impulsionando Mobilizara Castelos Porta principal Examinar Relações amorosas Labuta Limpo com escova Um peixe pequeno (pl) Arredondara

[close]

p. 13

Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 13 Fábio Cardoso de Freitas Engenheiro Agrônomo fcarfreitas@yahoo.com USO DE RESÍDUOS EM JARDINS U m tema recorrente na agricultura é a utilização de resíduos. No caso de plantas de ornamento, esse fator ganha mais força ainda. Vamos falar mais sobre ele. A disposição de resíduos no meio ambiente tem sido uma das preocupações da sociedade moderna, que busca, por meio de mecanismos legais, o desenvolvimento sustentável, com a menor geração possível de rejeitos. A caracterização destes passivos e suas possíveis formas de reutilização é uma exigência legal que traz con- sigo responsabilidades, não só ambientais, mas também sociais e econômicas, uma vez que muitos deles podem trazer benefícios aos solos tropicais intemperizados, comuns no Brasil, promovendo ciclagem de nutrientes na produção vegetal (resíduos com característica de fertilizante) ou mesmo a elevação do pH (resíduos alcalinos, por exemplo), tornando terras antes impróprias ao cultivo, por conta da presença de alumínio tóxico e potencial de hidrogênio baixo, outra vez aptas às suas funções sociais básicas. Desta forma, torna-se importante saber a procedência e/ou a carac- terização do resíduo que se tem ou mesmo se adquire de alguma forma, antes de sair aplicando-o em seu jardim. Resíduos orgânicos (restos vegetais, sobras ou cascas de alimentos, excrementos de animais etc.), são materiais importantes que contribuem para a nutrição das plantas ornamentais. Mas é preciso critério na aplicação deles, pois o ideal é que estejam já curados (maturados completamente) ou, ao menos, em estado avançado de decomposição – o que é normalmente conseguido com a utilização de processos de compostagem. Principalmente, é necessária uma análise de solo prévia. Em se tratando de resíduos oriundos de processos industriais, é preciso que tenham selo de aprovação do Ministério da Agricultura e do Abastecimento, para que sua comercialização seja legal e obedeça a critérios de segurança e saúde para o consumidor. Geralmente, os processos industriais são obtidos com a adição de diferentes elementos químicos e, com isso, podem gerar resíduos potencialmente perigosos, por conter sobras desses elementos. Assim, o uso deles pode causar contaminação das águas, do ar e, principalmente, do solo. Os jardins normalmente são cultivados em solos previamente analisados por profissionais que sabem da importância de um bom preparo e da adição de matéria orgânica. As plantas normalmente respondem bem, e o solo se torna mais fértil, além de ter substancialmente aumentada a sua capacidade de retenção de água. Entretanto é preciso constante critério e cuidado com as fontes de matéria orgânica. Na dúvida, consulte sempre um agrônomo. O meio ambiente e o seu jardim agradecem. TRUQUES PARA USAR O SPOTIFY Preparamos uma lista com algumas dicas e truques que ajudam você a aproveitar o Spotify de forma plena. O Spotify, serviço que figura entre os principais nomes do mundo, quando se fala em streaming de áudio, se encaixa muito bem neste exemplo. Sem se aprofundar muito em seus vários detalhes, você consegue usufruir da ferramenta, de forma totalmente satisfatória, e é possível obter mais dele. Aqui estão detalhes que vão do básico ao avançado; então, fique de olho e aprenda tudo: 1. Use o Spotify direto do desktop Se você usa o Spotify, pagando por isso ou não, provavelmente deve acessar a URL play.spotify.com, que o leva ao player da web. Porém, além de aplicativos para plataformas mobile, o serviço de streaming também conta com versões para desktop – e elas são compatíveis com Linux, Mac e Windows. Para baixar o instalador, basta acessar a página de download. Ela redireciona automaticamente para a seção específica do seu sistema operacional. Depois, basta fazer login e usar o aplicativo diretamente do desktop, sem precisar abrir o navegador para ouvir suas músicas; 2. Controle a reprodução de forma prática Ao instalar o Spotify em seu computador, é possível acessar rapidamente o controle de reprodução. No Windows (7, 8 ou 10), basta posicionar o cursor do mouse sobre o ícone da janela aberta na Barra de Tarefas do sistema operacional. No Linux ou no Mac, basta abrir o menu de controle de som do sistema, normalmente localizado junto ao relógio. Ali, você pode iniciar ou interromper uma reprodução, bem como avançar ou retroceder as faixas sendo executadas. Bem mais fácil, né?; 3. Inicie uma sessão privada, para não compartilhar o que você está ouvindo O Spotify tem uma pegada de rede social, pois aqui é possível seguir amigos (e ser seguido por eles). Assim, todo mundo fica antenado naquilo que todo mundo está ouvindo, uma boa maneira de conhecer novas músicas por meio das recomendações da sua turma. Entretanto, se há alguns momentos em que você simplesmente não quer que ninguém saiba o que está escutando – ou se deseja manter a sua privacidade para sempre, independentemente dos motivos –, basta ativar uma sessão privada do Spotify. Para isso, clique sobre o botão com o seu nome, presente no canto superior direito da tela, para acessar um novo menu. Ali, basta clicar sobre “Sessão privada”. A partir de então, ninguém mais vai saber o que você está escutando; 4. Descubra novas músicas para ouvir por meio das playlists oficiais do Spotify Um dos recursos mais legais dos serviços de streaming de música chama-se “listas de reprodução”. Isso porque essas playlists oferecem a possibilidade de conhecer sons novos, especialmente os criados pela curadoria de cada ferramenta – e o Spotify é uma das referências nesse sentido. Então, ao acessá-lo pelo site ou pelo aplicativo, navegue pelas abas dispostas na tela inicial. Ali, cada menu vai apresentar uma série de dicas bem interessantes nas quais você deverá ficar ligado. Além disso, existem seleções bem específicas, de acordo com o que você procura (como músicas para malhar, para se concentrar, para estudar, para dormir, sons da natureza e por aí vai); 5. Use o aplicativo do Spotify como player de música padrão no PC Se você instalou o aplicativo do Spotify em um computador, aproveite para usá-lo como reprodutor de música padrão da sua máquina. Isso pode ser útil, por alguns motivos: dispensa a necessidade de outro programa para escutar os arquivos que você baixou no PC e que não estão disponíveis no Spotify; permite fazer scrobbler para o Last. fm e deixa tudo mais organizado. Para fazer isso, basta acessar a opção “Arquivos locais”, presente no menu à esquerda da tela, e indicar em qual pasta do disco estão todas as suas músicas. Ele vai levar um tempo até encontrar e organizar tudo, porém, depois de feito, é só navegar por ali e selecionar as músicas que você quer ouvir; 6. Cante junto Uma das funções mais bacanas do Spotify é a exibição das letras das músicas como em um karaokê. Com essa função, você acompanha as frases ditas pelo vocalista no instante em que isso é feito, podendo soltar a voz junto com seus artistas favoritos. Para fazer isso, basta clicar sobre a opção “Letra”, presente no pai- nel de controle do aplicativo, e então o “modo karaokê” é ativado. Depois, é só mostrar todo o seu talento de cantor; 7. Crie listas de reprodução coletivas com os seus amigos Outra função divertida do Spotify é a possibilidade de criar listas de reprodução coletivas com seus amigos. Isso é bem simples e pode render bastante, pois é também uma maneira interessante de conhecer novas músicas. Para isso, selecione a lista que se tornará colaborativa e clique sobre ela com o botão direito do mouse. Depois, clique em “Playlist colaborativa” e pronto. Em seguida, basta compartilhar a lista com seus amigos e pedir que adicionem mais músicas ali; 8. Compartilhe suas playlists Acabou de criar uma lista de reprodução e quer que ela ganhe o mundo? O Spotify deixa você fazer isso de um jeito bem simples. Abra a playlist e clique sobre o botão em forma de três pontos, ou então apenas clique com o botão direito do mouse sobre ela. No menu que se abre, clique em “Compartilhar”. Agora, selecione se você quer mandar a lista para todos os seus seguidores do Spotify (opção “Postar para todos os seguidores”) ou apenas para algumas pessoas em específico (opção “Mandar para”). É possível digitar uma breve descrição sobre a playlist em questão e também replicar a sua postagem nas redes sociais (Facebook, Twitter e Tumblr).

[close]

p. 14

14 Jan/Fev 2017 Jornal Tipo Carioca Nelson Barboza GRANDES CINEASTAS BRASILEIROS A pós darmos uma visão mundial da produção e da história do cinema em diversos países, abordaremos, agora , alguns aspectos do cinema no Brasil, começando com uma rápida visão de seus principais cineastas. Com recursos financeiros limitados, mas muita imaginação, talento, criatividade e, sobretudo, idealismo, cineastas brasileiros marcaram presença na cinematografia mundial, conseguindo importantes prêmios. O início das filmagens em nosso país, segundo a maioria dos pesquisadores, deu-se em 19 de junho de 1898, quando AFONSO SEGRETO, chegando ao Rio de navio, rodou Fortalezas e navios de guerra na Baía de Guanabara. Segreto faria, ainda, cerca de sessenta filmes entre 1898 e 1901. Outros pioneiros, como MÁRIO PEIXOTO (1910-1991), que foi produtor, roteirista, diretor, argumentista e montador do seu famoso filme Limite (1929) e HUMBERTO MAURO (1897-1983), que deflagrou o “Ciclo de Cataguases” – um dos maiores movimentos do cinema mudo – e dirigiu o clássico Ganga bruta (1933), seu primeiro filme sonoro, ajudaram a construir a história do cinema brasileiro. Seguiramse-lhes cineastas de porte como: – ALBERTO CAVALCANTI (18971982) – Figura importante na revitalização e desenvolvimento da técnica de filmagem no Brasil; –NELSON PEREIRA DOS SANTOS (1928-) – Diretor, produtor e roteirista, com vários sucessos, entre eles: Rio 40 graus (1955); Vidas Secas (1963), um dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos; o premiadíssimo Amuleto de Ogum (1974); Tenda dos Milagres (1976); Memórias do cárcere (1984), considerado uma lição de cinema e A terceira margem do rio (1994); –JOAQUIM PEDRO DE ANDRADE (1932-1989) – Com ênfase na cultura brasileira, dirigiu Macunaíma (1969), Garrincha, alegria do povo (1963), O padre e a moça (1966), Os inconfidentes (1972) e O homem do pau-brasil, melhor filme do festival de Brasília (1981); –CARLOS (CACÁ) DIEGUES (1940-) – Um dos mais ativos realizadores do Cinema Novo, priorizou a cultura negra com Ganga Zumba (1964), Xica da Silva (1976) e Quilombo (1984); dirigiu, ainda, Bye, bye, Brasil (1979) e o premiado Veja esta canção (1994); –LEON HIRZSMAN (1937-1987) – Entre os teóricos do Cinema Novo, tem filmes dedicados ao drama urbano; dirigiu A falecida (1964), São Bernardo (1972), Que país é esse (1977) e o premiado Eles não usam black-tie (1981); –GLAUBER ROCHA (1939-1981) – Líder do Cinema Novo, abordou temas sociais em filmes reconhecidos internacionalmente, como: Deus e o Diabo na Terra do Sol (1963), Terra em transe (1967), O dragão da maldade contra o santo guerreiro (1969) e outros; seu último longa-metragem foi A idade da Terra (1980); –CARLOS MANGA (1928-2015) – Grande diretor nos tempos da Chanchada (anos 1950) e grande incentivador de Oscarito (16 filmes), com destaque para Nem Sansão nem Dalila (1953), Matar ou cor- rer (1954) e O homem do Sputnik (1959); levou sua experiência para a TV onde, a partir dos anos 1960, realizou ótimos trabalhos. Em 1975 fez uma antologia de trechos de filmes em Assim era a Atlântida, obra de importante valor histórico; –ARNALDO JABOR (1940) – Outro dos participantes do Cinema Novo, diretor de longas a partir de 1970, com Pindorama; é o roteirista e diretor do premiado Toda nudez será castigada (1972), uma das melhores abordagens da obra de Nelson Rodrigues no cinema. Dirigiu, ainda, Tudo bem (1977), Eu te amo (1980) e Eu sei que vou te amar (1985); –ANSELMO DUARTE (1920-2009) – Ator e cineasta, ganhou a Palma de Ouro em Cannes com O pagador de promessas (1962). Dirigiu, também, Vereda da salvação (1965), Quelé do Pajeú (1970), Um certo capitão Rodrigo (1971) e O crime do Zé Bigorna (1977); –ROBERTO FARIAS (1932-) – Realizador do clássico Assalto ao trem pagador e do político Pra frente, Brasil; –ROBERTO SANTOS (1928-1987) – Dirigiu A hora e a vez de Augusto Matraga (1965); –TIZUCA YAMASAKI (1949-) – De assistente de Nelson Pereira dos Santos (em O amuleto de Ogum e em Tenda dos Milagres) e de Glauber Rocha (em A idade da Terra) a produtora, escreveu e dirigiu Gaijin, caminhos da liberdade (1980), seu melhor filme, premiado em Havana; –CARLA CAMURATI (1960-) – Excelente atriz e uma grata surpresa como diretora em Carlota Joaquina, Princesa do Brazil (1995); –WALTER SALLES (1957-) – Após fazer A grande arte (1991) e Terra estrangeira (1995), é o grande premiado do novo cinema brasileiro com Central do Brasil (1998), que ganhou o Globo de Ouro 1999, o Urso de Ouro 1998 e foi indicado para o Oscar, além de inúmeros outros prêmios. Em 2004, fez Diários de motocicleta. Estes são alguns dos cineastas que deram sua contribuição decisiva para a evolução e o reconhecimento do cinema brasileiro. Inúmeros novos talentos continuam surgindo. Guimarães, foi a responsável pelos passeios de Orlando. Rosane Castro Neves As férias acabaram e Marcia Albuquerque já começou as aulas de balé, em novo horário, no Nós da Dança, às terças e quintas, às 18 horas. Pelo visto, teremos muito JazzDance este ano! G randes comemora- ções em Orlando! Pato Donald e Mickey fica- ram felizes com os ani- versários de Maria Carolina e Alfredinho Castro Neves. Virgínia Renha ajudou nos preparativos das festas. Muito bolo de sorvete brigadeiro e amigos brasileiros. A excursão da tia DD foi maravilhosa! Todos adoraram os passeios e Nova York. Nina, Paulo Cesar, Clarinha, Rosane e Lilian curtiram demais a neve, o Natal e o réveillon em Nova York, sob o comando da Denise Pozas. A Lygtur, de Iracema Mendes, foi a responsável pelos passeios em Nova York. Dream Travel, de Tatiana Aniversariantes do mês: Silvia Martins, Mara Campos, Raquel Rozendo, Leila Fernandes, Luiz Paulo Marinho Nunes, Juliana Arroio, Teresa Pamplona, Sônia Kogut, Lilian Olivetti, Maria Tereza Amendola, Breno Maia, Dominique Oliveira, Sandra Guimarães, Alda Cabral, Bianca Valverde, Márcia Bezerra de Melo, Claudia Mauro, Paulo De Castro, Andréa Barbosa, Claudia Sanches, Ana Sang, Eliana Lustman, Daiani Fernandes, Cristiana Gomes, Lia Figueirinha, Marta Bastos, Rose Alvim, Lucinha Machado, Aninha Brasil, Jaqueline de Biase, Marcelo Brou, Ricardo Oliveira, Rita Freitas, Manuel Renha, Andréia Leão, Rúbia Carvalho, Martha Renha Resende, e Theresa Renha. Parabéns e mil felicidades, muitos sonhos realizados, muita saúde e muito amor no coração. Rô, Denise, Lilian, Clarinha, Nina e Paulo Cesar, juntos na excursão inesquecível organizada pela Denise Pozas. Excursão da tia DD. Maria Carolina (segunda, da esquerda para a direita), com suas amiguinhas, no dia de seu aniversário. Farra boa na Disney: Rô, Virginia, Heleninha e, no meio, Bia e sua partner de óculos. Chico Pinheiro, com a produtora do Jornal Bom Dia Rio, Clara Marinho. Marcia Albuquerque reiniciando seu curso no “Residencia II” da CAND. Eu, entre as queridas Laura e Leila!

[close]

p. 15

Jornal Tipo Carioca Jan/Fev 2017 15 DEPÓSITO E DISTRIBUIDORA TUDO PARA SUA FESTA! ALUGUEL DE MESAS E CADEIRAS BEBIDAS EM GERAL (quente ou gelada) CARVÃO ÁGUA ALUGUEL DE TINAS GELO (filtrado ou escama) Alô 24ENTREGAMOS EM DOMICÍLIO HORAS 3209-6084 | 2490-5520 | 3063-0430 3186-7186 | 3418-4682 | 7832-7298 ID: 8*76508 Avenida Guiomar de Novaes, 117 lojas C e D • Recreio dos Bandeirantes TIPO A RIO CA 18 ANOS DE TIPO CARIOCA!!! Anuncie com quem tem nome e tradição: 2490-0328 | 99124-0185 jornal@tipocarioca.com.br C

[close]

Comments

no comments yet