Balaio dos Prazeres #19

 

Embed or link this publication

Description

Balaio dos Prazeres #19

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

BALAIO•actualidade Publicação da Revista Figuras&Negócios luanda 441 anos como Capital Luanda assinalou no dia 25 de Janeiro 441 anos como cidade capital de Angola. Com uma população hoje estimada em 8,3 milhões de habitantes Luanda cresce e se moderniza ao mesmo tempo que tenta fazer jus ao estatuto de principal praça política de Angola. Pelo aniversário, apresentamos uma breve resenha fotográfica dos grandes momentos que ilustram a Luanda de hoje. COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 3

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 3 COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 4

4 BALAIO•actualidade Publicação da Revista Figuras&Negócios turismO • restaURanTes • snacK BaRs • cOmpRas • seRViÇos • HotÉis Suplemento da revista Figuras&Negocios Propriedade: Etnia-Comunicação Director: Victor Aleixo Redacção: Ana Kavungo,Yolanda Haitaleseni Capa: Bruno Senna Designer: Armindo Dalas Secretariado: Carolina Esteves Telef. 222 393 020 | 222 335 866 comercial@etniacomunicacao.co.ao www.figurasenegocios.co.ao COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 5

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 5 Os sabores inspiradores do Kook para 2017 O restaurante de fusão mediterrânea-japonesa Kook, premiado pelo LNL, foi o primeiro da capital angolana a servir menus de degustação. Voltamos ao Kook para provar o seu primeiro menu de 2017, uma oferta aventureira e fora do comum. Um júri composto por cinco personalidades ligadas ao mundo gastronómico, abertura do restaurante. O prémio foi um reconhecimento do foco quase que obsessivo do dono Pedro escolhidas pelo Luanda Batista em buscar ingredientes angolano Francisco Cumena, aluno do chef português que abriu o Kook, Pedro Rezende Pereira; e foi um reconhecimento da perícia do sushi chef Nightlife, premiou o Kook com o da melhor qualidade possível; foi angolano José Raimundo e o resto da galardão de Melhor Restaurante um reconhecimento do talento e equipa deste restaurante, praticamente do Ano 2015, 12 meses após a destreza do jovem chefe de cozinha toda ela angolana. COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 6

6 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•comer & beber O profissionalismo do Kook significa pensar do ponto de vista do cliente. “A frase ‘hoje não temos este prato’ é impensável no nosso restaurante,” exemplifica Pedro Batista. “Todos os pratos, vinhos e cocktails têm de estar sempre disponíveis. Sempre! É por isso que viajo para Portugal de 15 em 15 dias: para abastecer o stock. Para além disso, empregamos três compradores que conhecem muito bem os supermercados de Luanda e percorrem a cidade em busca dos melhores produtos.” Os produtos que o Pedro traz de Portugal são de excelente qualidade, e por isso caros, e não existem no mercado local. Contudo, cerca de 60% do que é servido no restaurante, maioritariamente peixe e produtos agrícolas (frutas e vegetais), é nacional. É notória a atenção ao detalhe neste restaurante: desde o equipamento de ponta na cozinha, especializado para a culinária gourmet, às garrafas de água de vidro com o logotipo do Kook, e, finalmente, à gastronomia complexa em si. Para assegurar que o restaurante mantém o mais alto nível, as pessoas são convidadas a preencher um formulário de avaliação no fim da refeição. O Primeiro Menu de Degustação do Kook para 2017 Fomos recebidos com um cocktail delicado, leve, e alegre feito com sumo de manga, champagne e uma pitada de vodka. Abriu-nos o apetite para o espectáculo que veio a seguir: o festivo ‘especial gunkan‘, uma selecção visualmente impressionante e incomum de sushi que, para além do habitual, continha ingredientes como ovas de salmão, tobiko (ovas de peixe-voador), gema de ovo crua e manga. O prato seguinte já se tornou famoso dentro e fora do Kook – parabéns à mente criativa que sonhou esta combinação atraente e sedutora. Falamos da lagosta, milho, laranja e caviar, o nome dado a este creme de milho e laranja desidratada servido com lagosta, algumas pipocas e caviar. O creme é levemente doce mas robusto, infundido suavemente com o sabor enfumaçado da pipoca e a salinidade do caviar e da lagosta. É fabuloso. Acompanhamos o prato com um copo do lindo rosé Monte da Peceguina. O creme de milho foi seguido pelo bacalhau, gaspacho de manga e azeitona, servido com uma pequena salada de rúcula. O contraste intenso entre o doce e o salgado funciona surpreendentemente bem aqui, especialmente para fãs de gaspachos doces: neste prato a estrela é a manga, com o seu sabor proeminente e ousado. Recomendamos vivamente COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 7

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 7 Festivais de Sushi e Valet Parking Omenu de degustação do Kook custa 32.000 AKZ e muda cada 6 meses. Todas as terças-feiras há um Festival de Sushi no Kook e no Restaurante Mirage do Edifício Deana Day Spa, na Marginal. O sushi é o mesmo. Sábados e domingos há as Sentadas da Família, em que a refeição dos seus filhos é oferta da casa. O Kook está localizado dentro do Belas Business Park, em Talatona, um condomínio fechado com segurança sob 24 horas. O restaurante oferece serviço de valet, em que o chauffer estaciona o seu carro e vai buscálo quando o cliente estiver pronto a regressar a casa. este prato aos leitores, preferivelmente acompanhado por um vinho branco: Rapariga da Quinta. Depois do peixe, a progressão natural é o primeiro prato de carne da noite. Foi-nos servido o leitão assado com milho frito, bisca e camarão, um prato de sabores intensos em que as texturas diferentes funcionam lindamente juntas. O milho frito é servido em forma de polenta, leve e delicada, enquanto que os medalhões de porco são deliciosamente tenros por dentro e excepcionalmente crocantes por fora. Um copo de vinho tinto como o Vinhas da Comporta 2014 ajuda a salientar os sabores. ‘Uma prova de várias sobremesas’ é o acto final da performance do Kook. O garçon serviu-nos, por cima de uma folha de mandioca, as seguintes sobremesas: bolo de mamão com gelado de manjericão, bomba de chocolate com gelado de ginguba, cheesecake de abóbora com gelado de múcua e o arroz doce à moda do Kook. Gelados de múcua e ginguba não são para todos – há pessoas que não gostam – e há quem goste dos seus bolos um pouco mais derretidos, mas esta seleção tem algo delicioso e agradável para todos. O vencedor incontestável deste grupo de sobremesas é o gelado de manjericão, feito aqui mesmo no Kook, e em segundo lugar elegeríamos o cheesecake de abóbora. Se ainda consegue aguentar um pouco mais de doçura, acompanhe a sobremesa com um copo de Moscatel: o Thasos Moscatel de Setúbal 2009. Restaurant KooK Belas Business Park, Edifício Moxico Tel: 947 336 684 - Talatona, Luanda Colaboração LUANDA NIGHT LIFE www.luanda-nightlife.com www.lnl.co.ao COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 8

8 BALAIO•restaurantes Publicação da Revista Figuras&Negócios Alfa Beach Bar O ESPAÇO PREFERIDO DAS PRAIAS DO LOBITO |Texto Cleusa Manita |Fotografias LNL OAlfa Beach Bar é um dos mais conhecidos e mais antigos restaurantes do Lobito. Fazendo excelente uso da sua localização privilegiada defronte ao mar em plena Restinga, o Alfa não é só um beach bar com serviço de praia mas também um restaurante com um menu extensivo. Infelizmente, o serviço é muito lento. LOCALIZAÇÃO Aberto desde as 7h00 até às 3h00, o Alfa está localizado num dos locais mais privilegiados do Lobito: a Avenida de Lisboa, na Restinga, onde temos belíssimas praias que adornam a nossa costa. Pode ir lá ter de candongueiro, táxi, carro pessoal, ou à pé; nós escolhemos a última opção porque gostamos de caminhar para abrir o apetite. DECORAÇÃO Este é um dos maiores sítios de lazer para quem gosta de praia em família e/ou com amigos. Existem várias atmosferas. Ao olhar para o espaço, deparamo-nos com uma estrutura de madeira decorada com mesas baixas de vidro e sofás coloridos e confortáveis para quem gosta de relaxar e estar protegido da chuva tropical. Há também um bar onde se servem bebidas para todos os gostos. Cá fora, temos uma esplanada na linha do passeio ao lado da estrada, decorada com cadeiras e mesas de madeira e protegidos com tendas. Quando se descem as escadas ou rampas, entramos noutra atmosfera, toda ela cheia de verde, com plantas, arvores, e coqueiros; é um paraíso COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 9

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 9 para os pássaros que por lá passam, e para nós como clientes. Vemos mesas e cadeiras pretas e outras brancas, bem como puffs espalhados pela área. O espaço tem uma zona com cadeiras de baloiço para quem gosta, parque para as crianças, espaço para campismo, campo de vôlei, e bares de madeira para dar assistência à praia, esta última decorada com camas e espreguiçadeiras brancas. É um local simples mas lindo, mesmo na sua imensidão. A COMIDA Para realmente saborear o menu do Alfa teríamos que voltar várias vezes, porque o mesmo é extenso e cheio de variedades. Sabemos que aos sábados têm um caldo de peixe delicioso, mas optamos pelo pão típico com bife (prego no pão) completo com queijo, presunto e ovo, acompanhado com um Ginger Ale fresco. A carne estava tenra e o sabor no ponto, e a vontade era repetir. Foi servido quente e prontamente devorado. Soubemos por amigos locais, que a qualidade pode depender do turno.O segundo prato foi uma pizza dividida em dois sabores, frango e legumes. Estava delicioso, a massa crocante e os ingredientes foram cozinhados no ponto e antes mesmo de colocada na mesa, já sentíamos o seu aroma que nem tempo tivemos para registar. Para adoçar o dia, o Alfa Beach Bar tem sobremesas caseiras, gelados Olá e picolé de vários sabores. BEBIDAS Há varias opções de bebidas, desde refrigerantes, sumos naturais, cocktails com e sem álcool, gin, vinhos, conhaques, e mais. OS PREÇOS O pão típico com bife (prego) 1.200 AKZ, pizza duas estações 4.350 AKZ, Ginger Ale 350 AKZ, picolé 250 AKZ e o café expresso 250 AKZ. A RETER • O espaço é extenso, limpo, fresco e muito agradável; • Tem preços equilibrados dependendo do prato. A MELHORAR • A qualidade da comida não pode depender do cozinheiro do turno; tem que ser consistente; • É preciso investir na formação dos trabalhadores; • É preciso investir nas casas de banho; • Sugerimos a criação de actividades que acrescentem ao espaço, trazendo variedade e inovação; • O atendimento precisa de ser mais rápido; • Os menus deveriam ter a descrição dos ingredientes usados nos pratos para a informação do cliente, no caso de alergias. COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 10

10 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•restaurantes Art’z Restaurante & Lounge Arte, elegância e boa comida num só pacote |Texto Winnie Carmo |Fotografias LNL Localizado no 3º andar do hotel Marinha, na Ilha de Luanda, o Restaurante Art’z remete-nos ao interior do que parece uma sala de jantar ou eventos musicais de um navio que atravessa o oceano. Ao chegar ao 3º andar, vai logo notar a mudança de ambientes, e assim saberá que chegou ao restaurante. Será recebido por um(a) elegante host(ess), que o encaminhará para a sala de jantar, depois de passar pela mini-galeria de pinturas do artista angolano Guilherme Mampuya. Se quiser ver um pouco mais de arte, pode pedir que o levem a ver o pequeno corredor bem ao lado do restaurante, para alimentar-lhe o senso artístico. Fomos recebidos por uma garçonete que, apesar da postura auto-confiante, era pouco humilde e não mostrou-se muito bem informada sobre o menu. Como entrada, adoptamos o couvert, disponível de imediato, que era composto por azeitonas, bacon frito com ervas aromáticas, rodelas de cenoura cozidas al dente e moelas refogadas. Simplesmente uma óptima escolha para abrir o apetite. Todos os componentes explodiam de sabor e tempero. Para continuar, pedimos uma Tranche de Garoupa e Gambas com Risotto de Espargos e Molho de Caril [AKZ 4.500], que revelou-se outra óptima escolha e pôs em evidência as habilidades do chefe. A apresentação do prato era singela, a garoupa estava bem temperada COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 11

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 11 e o risotto cremoso e delicioso. Apesar de não se ter tido as gambas, pois o restaurante não estava a servir frutos no mar naquele dia, o prato não deixou nada a desejar. Para acompanhar o nosso prato, pedimos um Daiquiri de Limão com Gengibre [AKZ 1.600]. Refrescante e ligeiramente apimentado, o cocktail é recomendado para apreciadores de bebidas ácidas. A apresentação do mesmo também foi um toque agradável. No final, decidimos fechar com o clássico Petit Gâteaux [AKZ 1.900], que mais uma vez entrou logo com o pé direito, com uma apresentação simples e profissional. A bola de gelado de baunilha (eles têm outros sabores) veio acompanhada de um pouco de chantilly e duas pétalas de hortelã. Talvez já nem seja necessário falar sobre o sabor…. divinal! Serve lembrar que para além de boa comida, o restaurante costuma ter também boa música. Até onde nos consta, de segunda à quinta há selecções de música de fundo, com o respectivo vídeo ou DVD a passar no ecrã. Já às sextas, sábados e vésperas de feriados, costuma haver música ao vivo, com músicos convidados. Bem, após essa visita, recomendámo -lo o restaurante Art’z de certeza, pela boa comida, óptimo ambiente, decora- ção elegante e selecção musical e artística refinada. Talvez fosse só necessário que os garçons/etes estivessem melhor informados sobre a possibilidade actual de oferta do menu. Assim sendo, voltariamos para uma noite de música ao vivo e para degustar mais uma vez as boas escolhas do chefe. Endereço: Avenida Murtala Mohamed – Ilha do Cabo, Luanda Telef. reservas: 933 100 268 Website:casinosdeangola.com/ Horários: segunda-feira a domingo, das 19:00 às 02:00

[close]

p. 12

12 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•restaurantes Quase que nem se dá por ele quando se passa na Avenida Pedro de Castro Van-Duném Loy. Os mais distraídos irão mesmo passar pela pequena entrada, entre o Mundo Martal e o Banco Sol, por onde se entra para o restaurante, sem dar conta. O Fazendeiro é discreto e gosta de passar despercebido, mas somente no que toca à sua sinalização, quase inexistente. Porque quando lá se entra, a sensação é a de que chegámos a um oásis de bom gosto, elegância e requinte. fazendeiro com requinte e sofisticação OFazendeiro abriu e rapidamente tornou-se num dos restaurantes mais trendy de Talatona e do Morro Bento, muito por culpa da beleza do espaço – é dos restaurantes mais lindos que já visitamos em Luanda, com uma decoração moderna e sofisticada – e da mestria do chef Bruno Carvalho, que já passou por vários restaurantes internacionais de grande qualidade, entre eles o Pão Restaurante, em Nova Iorque. De cozinha mediterrânica com fortes influências italianas e um toque de cozinha portuguesa, o espaço está dividido em duas áreas: a sala interior, envidraçada e com uma cozinha aberta onde é visível o forno a lenha, e a esplanada com uma pequena cascata e um bar exterior. Tem também uma pequena padaria e uma garrafeira. Da cozinha saem massas, pizzas, alguns grelhados, mariscos e peixe. Para nós, que já lá estivemos uma dezena de vezes desde que abriu, tanto para o almoço como para o jantar, destacamse alguns pratos: o carpaccio de carne, um dos melhores e mais consistentes em Luanda, as massas frescas, feitas mesmo no local (o ravioli de carne é quase per- COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 13

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 13 feito), o acém com batatas que serve, confortavelmente, duas pessoas, o filet mignon, e as pizzas feitas no referido forno. Os amantes de peixe também não saem defraudados: o lombo de bacalhau é uma delícia. As sobremesas são, de modo geral, excelentes. Aqui destaca-se a tarte de limão, que é qualquer coisa de divinal. O que torna a visita a um restaurante verdadeiramente memorável é a relação harmoniosa entre a qualidade da comida e os ingredientes, o ambiente do espaço e o atendimento. Nas nossas primeiras visitas a’O Fazendeiro, notámos que a sala interior contava com pelo menos doze garçons à hora do almoço e igual número à hora do jantar. Se o restaurante estivesse vazio, tínhamos ao nosso dispor uma equipa de futebol. Contudo, nos dias em que o restaurante enche, ora para a apresentação de um vinho, ora em véspera de feriado, notamos alguma falta de comunicação entre os empregados de mesa, bem como pedidos que demoram mais do que o necessário. Esperamos que sejam lacunas a corrigir nos próximos meses de vida do restaurante – afinal de contas, ainda está na sua “infância”. Para os residentes de Talatona, Morro Bento, Nova Vida e arredores, é mais um motivo para não fazer a, por vezes chata, viagem ao centro da cidade para comer com qualidade. Para os que vivem na cidade, é mais um motivo para virem descobrir o que a zona sul tem para oferecer. O Fazendeiro abre também aos domingos, uma boa opção para um dia em que o trânsito na nossa cidade está mais simpático. Pode ser um pouco difícil de encontrar à primeira visita mas, a partir daí, aquela pequena entrada nunca mais passará despercebida. Colaboração LUANDA NIGHT LIFE www.luanda-nightlife.com www.lnl.co.ao COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 14

14 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•MODA & BELEZA CABELOS DOS SONHOS? PERUCAS LANCE E FRONTAL |Texto Yolanda Haitaleseni |Fotografias © DR ALance frontal é um acabamento, ou seja, uma prótese capilar, de uma tela transparente que simula o couro cabeludo e é aplicada na parte frontal da cabeça. Existem vários tipos de lance que podem ser sintéticos ou de cabelo humano ou os chamados cabelos brasileiro. São vários os tipos, desde ondulados, liso, e cacheado, e os preços variam rondando os 30 mil Kz para uma simples, e 70 mil Kz uma pe- ruca com o acabamento de lance frontal, uma opção para quem quer exibir uma aplicação mais natural e podendo fazer vários penteados. A lance facilita ao pentear, parecendo o cabelo natural e também esta moda nova veio solucionar as preocupações com a aparência das mulheres. Ser mulher é ser mãe, é ser dona de uma beleza inconfundível, e para isso é necessário carregar uma série de qualidades naturais e adquiridas que vão torná-la numa pessoa com identidade própria e elevada autoestima. COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 15

Ano 1 - Nº19 - Janeiro 2016 Confira alguns lugares onde poderá obter a sua “front lance” Look a la glamour Rua da Samba Tel.: 943 598 420/937 507 270 Serviços - Salão de Beleza, , aplicação de front lance, peruca 350 grau, Atendimento de segunda a sábado das 9h00 às 18h30 Marla Perucas Largo do Pelourinho Mutamba Tel.: 925 132 275 Serviços - Perucas Front Lance. Fabulous Dream hair Tel.: 936 133 926 Comercialização de Perucas Front Lance e 350 Grau, diversas. COMPRAS SERVIÇOS BARES RESTAURANTES HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

Comments

no comments yet