jornal pesca edição 87 - janeiro

 

Embed or link this publication

Description

Edição 87

Popular Pages


p. 1

Jornal Pesca & Lazer Aqueça seus negócios, não perca tempo !!! Anuncie aqui!! Seu roteiro de Pesca e Lazer do Interior de São Paulo.. Fone: (19) 99664-5704 Ano 9 - Edição 87 - Janeiro 2017 6000 exemplares - Distribuiçao gratuita (19) 3483-2621 Fone:(19) 3483-2621 / Cel.:(19) 99664-5704 www.jornalpescaelazer.com.br e-mail: comercial@jornalpescaelazer.com.br email: andrea@jornalpescaelazer.com.br PROMOÇÃO!!!! TODA LINHA DE CARABINAS DE PRESSÃO E AIR SOFT PARCELADA EM 10 VEZES SEM JUROS NO CARTÃO DE CRÉDITO Tudo parcelado nos cartões Janeiro de Promoções na Ameripesca !!! FONE: (19)3463-4333 clientes@ameripesca.com.br Mercadão Municipal Americana - SP cal.5,5mm com gás ram + Luneta + capa transporte + kit Rossi apenas $1999,00 a vista. ( (19) 3894-6000 Tel: (19) 3481-3447 / Cel.: (19) 99235-0507 www.castelinho.com Possui cerca de 77.000 m2 de espelho d’agua, divididos em vários lagos com diversos tipos de peixes. ´´ PESCA 24 HORAS ´´ Pousada | Camping | Restaurante Pirararas de até 60 kg, Tambacus de 30 Kg, Dourados e Tucunarés www.pesqueiro3t.com.br PROMOÇÃO Tilápia R$ 5,50 Kg PPAESRCAAR PACU R$ 8,050 Kg PPAESRCAAR CARPA R$ 5,50 Kg PPAESRCAAR Aberto todos os dias das 7:00 às 18:00 hrs. Exceto às 3ª Feiras E-mail: pesqueirocastelinho@hotmail.com Rodovia SP-304, São Pedro - SP End: Estrada Indaiatuba/Monte Mor KM 8 Estrada Indaiatuba/Cardeal KM 6 - Indaiatuba - SP

[close]

p. 2

02 Pesca & Lazer Janeiro 2017 (Atendemos pesqueiros, lagos particulares e hotéis (venda de peixes em pequenas e grandes quantidades - alevino, juvenil e adulto) (19) 99604-7717 (19) 99747.1145 Servimos almoço, porções e bebidas em geral. Todas as sextas-feiras pesca noturna até às 23:00hs Ambiente 100% familiar Pesca Esportiva e kilo. End.:Saída S.Bárbara D’Oeste-Capivari (alt.km 137 da SP 304) Entrada a 300mtsdo trevo SBO

[close]

p. 3

JJaanneeiirroo 22001177 Pesca & Lazer 03 Como obter sucesso em sua pescariaodo pescador tem como objetivo conseguir realizar uma pescaria perfeita, em Tum local agradável, com ral como em rios de água doce ou represas. Muitas são as espécies de peixes predadores que procuram esses lo- O melhor local para a pesca é na junção das águas. 7 - Identificação dos Canais Com certeza os peixes sempre Dicas importantes para se coseguir uma boa pescaria. A Prática ótimos peixes, boas brigas, parcei- cais para se alimentar, pois em volta trafegam pela parte mais profunda, Só mesmo a prática leva a perfeição, ros de pesca agradáveis e clima fa- de paus e árvores parcial ou total- ou seja, os canais. então o melhor a fazer é mesmo vorável. mente submersas, se avolumam or- A identificação desses locais é am- praticar bastante, porém não é só Para isso acontecer, o próprio pes- ganismos vivos, que são as iscas de pla e diversa. isso, é preciso ficar atento aos erros. cador deve tomar as devidas pre- peixes maiores, como por exemplo No mar podemos descobri-los pela Sempre que errarmos alguma coisa cauções para não se arrepender de o robalo, o black-bass, os tucunarés, formação das ondas. na pescaria – seja um enrosco, um nada e não cometer erros desas- etc. Em baías e rios de litoral, pela for- peixe que escapou, a linha que es- trosos. 4 - Margens com Capim mação das pedras ou terra firme. tourou – ficar atento no que levou a Como todos nós sabemos, em mui- É um ótimo sinal para represas e Um exemplo que pode ser citado, acontecer isso – a linha não resistiu, tos locais no Brasil já está cada vez rios de água doce, pois será nesses na entrada de um canal, se tivermos o arremesso foi mal feito, a fisgada mais difícil encontrar e pegar peix- locais que os pequenos peixes se de um lado praia e do outro lado um não surtiu efeito – e de imediato es. Cada vez mais os pescadores es- refugiarão para escapar dos ataques morro com pedras, com certeza o procurar a solução, seja perguntan- tão se atualizando, por isso é preciso dos predadores, além de haver tam- leito passará perto do morro. do para pescadores mais experi- buscar sempre a qualidade. bém uma infinidade de outras espé- Em rios, será necessário descobrir entes ou lendo em revistas e jornais cies de peixes que têm no capim sua os remansos, e isso pode ser feito especializados, e principalmente Sinais importantes para saber base de alimentação. através da observação de plantas não repetir o erro. onde é melhor pescar É também o capim o principal re- aquáticas que ficam na superfície sponsável pela quantidade de inse- das águas. A Atenção 1 - Aves Aquáticas tos do local, que nele ficam e con- Em represas, descreveremos bem a Esse fator elimina mais de 50% dos É este o melhor sinal de todos, pois stituem a alimentação de alevinos e moda “caipira”. erros cometidos em pescarias. as aves se alimentam de pequenos pequenos peixes. Com um bambu ou uma corda com Procure sempre verificar se os nós peixes e, conseqüentemente onde se 5 - Árvores Frutíferas um peso, vá batendo o fundo da estão firmes, o anzol está bem afi- encontra um o outro está ao lado. Mais um importante sinal da na- represa. ado, a forma de prender a isca está Em um local onde existem diversas tureza, e estas tanto podem ser sel- Quando chegar ao canal, a profun- correta, entre outros. aves, com certeza haverá alimen- vagens como caseiras. didade aumentará repentinamente. Observar o comportamento dos tação em abundância de peixinhos. Várias espécies de peixes se alimen- 8 - Barrancos de Terra Firme peixes, aonde eles devem estar es- Como sabemos, peixes preda- tam de frutos. Por exemplo: um pé É outro bom sinal da natureza, pois condidos, quais suas iscas preferi- dores se alimentam também desses de goiaba à beira de uma represa. além de fundo, é o local onde o pre- das e seus hábitos principais. pequenos peixes. Se for tempo de goiabas maduras, dador dá caça aos outros peixes, que Ficar por dentro do que vem acon- Se tiver que escolher um bom lo- com certeza as tilápias estarão se não tem oportunidade de fugir. tecendo nos últimos dias no local cal para pescar, dê preferência para alimentando dessa fruta. Nesse local, prefira pescar sempre em que irá pescar: outras pessoas onde haja bandos de aves aquáticas Então qual a melhor isca que deve- observando a categoria do peixe de- estão tendo sucesso? a água está juntas. mos usar nessa época e nesse local sejado. escura? que iscas estão usando? en- 2 - Ilhas ou Pedras ? A goiaba é apenas um exemplo, 9 - Cachoeiras ou Corredeiras fim, tudo isso devemos saber, caso Nesses locais, o melhor sinal será pois é enorme a variedade de frutos Quem é que não sabe que nas pi- contrário poderemos estar perden- procurar as rochas que mais tenham à beira d’água, assim como o peixe racemas, os peixes menores tem que do tempo naquele local. organismos vivos, tais como mari- citado é apenas outro exemplo. vencer esses obstáculos, rio acima, scos, ostras, cracas, etc. Se quisermos, poderemos citar, para a desova? A Comunicação No caso de uma ilha, tais rochas além da tilápia, peixes como o pacu, Pois é, nas corredeiras, os peixes A comunicação é um processo nor- sempre se encontram do lado de a carpa, a piracanjuba, a piaba e etc, maiores costumam se alimentar, malmente de três vias. fora, ou seja, onde o mar é aberto. pois todos têm o mesmo hábito. e isso, por si só, já constituiria um Ela envolve os parceiros que estão Esse sinal também pode ser utiliza- 6 - Pequenos Cursos D’água excelente local de pesca. Mas não se pescando conosco, as pessoas resi- do nos rios ou baías de litoral. Consistem outro importante sinal esqueçam... existe um limite onde dentes no local (piloteiros, donos de Em água doce, as pedras são refúgi- da natureza que tanto pode ser usa- pode se pescar, normalmente 200 hotéis, pesqueiros, ribeirinhos, etc) os de pequenos peixes, e é aqui que do em água doce como no mar. metros abaixo ou acima desses lo- e os demais pescadores presentes. o peixe maior lhes dará caça. Aqui o detalhe é que os peixes cais. Não cometa o erro de pes- Agilizar a comunicação significa 3 - Troncos e/ou Árvores submersas grandes ficam à espera do alimento car em local proibido, informe-se buscar a informação onde ela Outro importante sinal que deve ser que invariavelmente sairá do peque- bem antes de empreitar uma des- observado, tanto em rios do lito- no curso d’água. sas. continuação página 04.

[close]

p. 4

04 Continuação da página 03. estiver disponível e não esperar que venha até nós. Essa agilidade e qualidade de informação certamente irá nos ajudar a ter sucesso. Não tenha medo de perguntar. A Hora Certa e o Silêncio A melhor hora para encontrar as espécies de peixes são no início da manhã e no final da tarde. Isso não quer dizer que não se possa pescar em outros horários. Já ouvimos muitos pescadores dizendo que fisgaram grandes espécies à noite, de madrugada ou ao meio dia, e realmente isso acontece. Já outro fator importantíssimo na pesca de algumas espécies como a Tilápia, o Lambari, Pacu, Piau, entre outros, é o silêncio na pescaria. Papel de Cidadão Para finalizar estas pequenas dicas para obter sucesso na pescaria, salientamos a importância de preservar os peixes e o nosso meio-ambiente. Todos nós queremos pescar em um local bonito, agradável e com peixes, e também sabemos que só depende de nós. Experimente entrar para o time do pesque e solte, ou pelo menos não leve peixe abaixo do tamanho ideal e apenas o que a legislação permite. E nem deixe lixos espalhados no local. Caso você esteja se dirigindo para “aquela pescaria” em um pesquepague, pesqueiro, etc., lembre-se de que você tem a obrigação de manter o ambiente da maneira como o encontrou. Evite jogar papéis, copos, bitucas de cigarro, etc., dentro do lago, aliás em lugar algum. A grande maioria dos pesqueiros possui latões de lixo bem distribuídos ao redor dos lagos e, caso estejam longe do seu “point” de pesca basta levar sempre uma sacolinha de mercado para guardar as indesejáveis sobras, evitando assim, a poluição visual e Pesca & Lazer ambiental. Lembre-se também de “respeitar” as regras do local evitando arremessos longos e desnecessários para a captura do seu exemplar. Essa última regra ajuda a manter a amizade e a criar novas, possibilitando assim a ampliação da nossa “rede de amigos”. Caso mesmo seguindo estas dicas, o pescador não obtenha sucesso, fique tranqüilo, você fez tudo como devia, e lembre-se que a pesca é um esporte, às vezes a gente perde e às vezes a gente ganha. Anzóis sem Farpa Para quê serve a farpa do anzol? A resposta a esta pergunta pode parecer simples: para prender a boca do peixe fisgado, de modo que ele não consiga escapar mesmo que dê muitos saltos e se agite com a intenção de se livrar. Porém, muitos pescadores esportivos têm respostas diferentes: a farpa do anzol é uma tremenda inutilidade, só machuca o animal e torna mais complicada a devolução do peixe à água, quando se pratica o pesque e solte. A pesca para se tornar esportiva deve dar ao peixe as chances de brigar com o pescador e depois, se vencido, ser devolvido à água, caso contrário é predatória. Por isso, pescar sem farpas, pode ser mais difícil, pelo fato do bicho (teoricamente) ter mais chances de fugir, porém é uma briga igual. Se estiver utilizando garatéias é essencial tirar as farpas e pode ficar tranqüilo que ainda assim o peixe poderá ser capturado. Quando for pescar em pesque pague e quiser devolver os peixes a água, nem pense em utilizar farpas, pois os proprietários irão ficar malucos, já que os peixes podem morrer em consequência de um ferimento mais grave. Para retirar as farpas dos anzóis e garatéias utilize alicates de bicos e as amasse ou quebre. Essa atitude já é muito praticada no Japão e em países mais desenvolvi- dos, onde a conscientização de que os peixes podem acabar já chegou e vem sendo muito difundida. Aqui no Brasil, precisamos passar sempre esta mensagem adiante para os amigos, e tentar ao menos diminuir a matança das espécies e evitar o fim de um esporte tão gostoso que é a pesca esportiva. Os sentidos no nobre companheiro “O PEIXE” 1 - Visão Pescador que se preza precisa usar todos os recursos disponíveis para que o peixe tenha uma visão da isca como algo tentador. Discute-se muito se o peixe é capaz de distinguir cores, no entanto, a cada dia acrescentamos mais anilina nas iscas naturais e o mercado das artificiais possui prateleiras cada vez mais coloridas. Um grande número de pesquisadores afirma que os peixes distinguem cores e detectam variações imperceptíveis ao olho humano. Por outro lado, há quem afirme que o animal enxerga somente o preto, o banco e suas variações. 2 - Olfato Embora não tenham nariz, os peixes possuem fossetas nasais dotadas de células ligadas às fibras do nervo olfativo, extremamente desenvolvido nos peixes. Este apontamento é de grande importância no transcorrer de uma pescaria pois poderemos de forma inconsciente apresentar ao peixe odores que poderão repeli-los tais como : fumo, combustível, lubrificantes, desodorantes, vestígios de sabão/sabonetes e pasme, até mesmo aquelas gotas de urina que sobraram na mão. No entanto, o mais importante dos odores é gerado pelo próprio peixe. Algumas espécies quando submetidas a um alto nível de stress, exalam uma substância chamada schrecksoffen. Ela serve como alarme aos outros Janeiro 2017 peixes, dizendo que existe perigo presente. Portanto, quando nos encontramos em um pesqueiro muito produtivo e após uma boa briga o peixe escapa, o local provavelmente ficará improdutivo por um certo tempo, e suas mãos também. É aconselhável, antes de pegar o peixe, molhar as mãos ou pegá-lo com um pano úmido e, após soltálo, lavar bem as mãos com água da própria represa/lago/rio. Os movimentos de fuga, somados com o stress do peixe, podem criar um ambiente impróprio para a pesca durante algum tempo. 3 - Audição Embora o peixe não possua orelhas, um ouvido interno possibilita que ele ouça sons que variam de 30 a 3.000 vibrações por segundo (o homem ouve até 30.000). No entanto, a velocidade do som no ar se propaga a 340 metros por segundo e na água 1.400 metros por segundo. Embora o peixe ouça menos, ele capta as informações de forma muito mais rápida. Por isso é importante o “silêncio” na pescaria. 4 - Paladar Os peixes têm o paladar bastante aguçado, devido ao grande número de tubérculos que ocupam sua boca e suas nadadeiras. Como o meio aquático tem a capacidade de transportar e espalhar as partículas responsáveis pela sensação de sabor, elas chegam até os peixes, fazendo com que o animal se sinta atraído ou repelido pelo paladar que está sentindo. Boas pescarias!

[close]

p. 5

Janeiro 2017 Pesca & Lazer 19 | 3407.6686 PESCA CAMPING NÁUTICA CUTELARIA VESTUÁRIO CARABINAS DE PRESSÃO 05 Um lugar incrível para Pesca e Lazer, você e sua família merecem esse paraíso !! Informações Geremias (17) 98209-4400 (17) 99190-9100 (17) 99765-3230 (17) 3466-3300 * Lotes de 800 à 1.600 m2 - * Às margens da represa Água Vermelha - * Condomínio Fechado com 101 chácaras - LOCAL: CARDOSO - SP Atendemos no LOCAL

[close]

p. 6

06 Pesca & Lazer ÔNIBUS PARA PESCARIA Fazemos pescarias para Mar e Rio de todo Brasil. CULINÁRIA Janeiro 2017 Moqueca baiana Ônibus com 18 assentos - 6 camas - 2 freezers 1 caixa de gelo - banheiro - mesa de jogos. Ingredientes 1 kg de peixe em postas Sal Gotas de limão 4 dentes de alho picados 4 tomates bem maduros, sem sementes e cortados em 8 pedaços 1/2 pimentão verde em cubos grandes 1/2 pimentão vermelho em cubos grandes 2 cebolas médias em cubos grandes 50 ml de azeite de dendê 50 ml de leite de coco Coentro à gosto Agende sua pescaria ou orçamento. (19-3451-5584 | 19-99761-6969 + carlosmudelar@gmail.com com Carlinhos (Bigode) - Limeira - SP Jornal Pesca & Lazer Seu roteiro de Pesca e Lazer do Interior de São Paulo.. O Seu Roteiro de Pesca e Lazer doAno 8 - Edição 86 - Dezembro 2016 6000 exemplares - Distribuiçao gratuita Interior de SP, começa aqui.Fone:(19) 3483-2621 / Cel.:(19) 99664-5704 www.jornalpescaelazer.com.br e-mail: comercial@jornalpescaelazer.com.br Modo de preparo Tempere o peixe com sal, limão e alho. Em uma panela de barro, coloque uma camada dos legumes (tomates, pimentões e cebola). salpique sal, coloque os pedaços do peixe e mais uma camada de legumes. Salpique sal. Regue com azeite de dendê e coloque para cozinhar em fogo médio. Ao entrar em completa ebulição, conte 5 minutos. Desligue o fogo, regue com o leite de coco e salpique coentro. Sirva bem quente. Rendimento:4 pessoas Um Jornal diferente, direcionado ao público pesqueiro e a família que gosta de tranquilidade e lazer. Receba o Jornal em sua casa Assinatura Semestral = R$ 45,00 Contato: (19) 3483 2621 (19) 99664 5704 e-mail: comercial@jornalpescaelazer.com.br site: www.jornalpescaelazer.com.br Cardume Este tipo de comportamento, muito comum nos peixes pelágicos, pode considerar-se uma adaptação evolutiva, uma vez que traz muitas vantagens para a espécie. Em primeiro lugar, permite que um maior número de indivíduos se mantenha numa região com melhores condições de vida, em termos de temperatura ou alimentação; ou que um maior número de peixes alcance uma região com essas características. Por outro lado, assegura que, na altura da reprodução, um maior número de óvulos seja fecundado, uma vez que os peixes pelágicos normalmente realizam a fecundação externa.

[close]

p. 7

Janeiro 2017 Pesca & Lazer 07 O RUMO CERTO PARA SUA PESCARIA !!! Rio Paraná na cidade de Presidente Epitácio no distrito Campinal -SP . Faça um Tour Virtual e conheça todos os detalhes da pousada acessando o site: www.pesqueirosossego.com.br PESCARIAS DE TUCUNARÉS, DOURADOS, PIAUS, PIAUÇUS, PACÚS E PIAPARAS. PESCARIA EMBARCADA: BARCO 6 METROS COM BORDA ALTA, MOTORES DE 40 HP, MOTORES ELÉTRICOS COM BATERIAS, PILOTEIROS PROFISSIONAIS. Agende já sua pescaria !! Fones: (18) 3287-1126 | cel: (18) 99653-3306 VIVO | (18) 99815-1126 PISCICULTURAconEheCçaOMÉRCIO PEIXE ADULTO - JUVENIL E ALEVINO ATENDEMOS PESQUEIROS, LAGOS PARTICULARES E FAZENDAS. TEMOS FILÉ DE TILÁPIA E OUTROS. Fone: (19) 3388-1104 / 99185-4037 97404-5888 Rua Sgto. Feliciano Zingra, nº 88 - Jd. Eulina - Campinas/SP e-mail: h.peixes@yahoo.com.br / www.hpeixes.com.br

[close]

p. 8

08 Pesca & Lazer Janeiro 2017 Pesqueiro dos Angicos Fone: (19) 3481-6146 Aberto todos os dias!! Pesca Esportiva Pesca por Kilo Peixes: Tilápias, Pacu, Carpa, Bagre, Ambiente 100% familiar Dourado, Curimba e outros.... Restaurante 04 Lagos End: Al.Dos Jacarandás s/nº Botânico mil - São Pedro - SP REFLEXÃO A história do pescador e do banqueiro Um banqueiro de investimentos americano estava no cais de uma povoação das Caraíbas, quando chegou um barco com um único pescador. Dentro do barco, havia vários atuns amarelos de bom tamanho. O americano elogiou o pescador pela qualidade do pescado e perguntou-lhe: “Quanto tempo gastou para pescá-los?” O pescador respondeu que pouco tempo. Então americano perguntou: “Por que não gasta mais tempo e tira mais pescado?” O pescador disse que tinha o suficiente para satisfazer as necessidades imediatas da sua família. Mais uma vez, americano perguntou: “Mas o que você faz com o resto do seu tempo?” O pescador disse: “Depois de pescar, descanso um pouco, brinco com os meus filhos, tiro um cochilo com minha mulher, vou ao povoado à noite, onde tomo vinho e toco violão com os meus amigos. O americano replicou: “Sou um especialista em gestão e poderia ajudá-lo. Você deveria investir mais do seu tempo na pesca e adquirir um barco maior. Depois, com os ganhos, poderia comprar vários barcos e eventualmente até uma frota de barcos pesqueiros. Em vez de vender o peixe a um intermediário, poderia fazê-lo diretamente a um processador e eventualmente até abrir a sua própria processadora. Poderia assim controlar a produção, o processamento e a distribuição. Deveria sair deste pequeno povoado e ir para a capital, de onde geriria a sua empresa em expansão”. O pescador perguntou: “Mas, quanto tempo demoraria isso?” O americano respondeu: “Entre 15 e 20 anos”. “E depois?“, perguntou o pescador. O americano deu risada e disse que essa era a melhor parte: “Quando chegar a hora, deveria anunciar uma IPO (Oferta Pública de Aquisição) e vender as ações da sua empresa ao público. Ficará rico, terá milhões! ” Milhões … E depois?“, tornou o pescador. Daí o americano responde: “Poderá então se aposentar e ir para uma cidade no litoral, onde pode dormir até tarde, pescar um pouco, brincar com os seus filhos, dormir a sesta com a sua mulher, ir todas as noites ao povoado tomar um vinho e tocar violão com os seus amigos”. Então o pescador pergunta: “Por acaso isso não é o que já tenho?” Moral da história Será que não seríamos mais felizes se simplesmente aproveitássemos o que já temos? A felicidade está no caminho, não no fim. Fone: 98808-1539 Expediente Jornalísta Responsável: Glauber Rogério Marrão - MTB 58293/SP Circulação lojas de Pesca, Camping, Náutica, Pesqueiros, Assemelhados, Bancas Diretoria Adm/Financeira: Andréa Messa Jornais e assinantes de: Águas de São Pedro, Charqueada, Piracicaba, São Pedro, Santa Jornal Inscrição Municipal: 9510/2009 Bárbara D´Oeste, Santa Maria da Serra, Americana, Nova Odessa, Rio Claro, Sumaré, Monte Pesca & Lazer Projeto Gráfico: andrea@jornalpescaelazer.com.br Mor, Limeira, Elias Fausto, Indaiatuba e Ipeúna. Ano 4 - Ediçao 31 - Maio 2012 Seu roteiro de Pesca e Lazer do Interior de São Paulo..7500 exemplares - Distribuiçao gratuita Anúncios: tel.(19) 3483 2621 / Celular 19.99664 5704www.jornalpescaelazer.com.br Fone: (19) 3483-2621 Cel.: (19) 9664-5704 e-mail: jornalpesca@uol.com.br As matérias contidas nos anúncios, são de inteira responsabilidade dos anunciantes.

[close]

p. 9

JJaanneeiirroo 22001177 Pesca & Lazer Pesca esportiva CURIOSIDADES BAIACU 09 Éa pesca que se pratica enquanto atividade de lazer, sem que dela dependa a subsistência do pescador. Também se pode chamar de pesca de lazer ou pesca amadora. Uma das modalidades mais populares da pesca desportiva é a praticada utilizando-se apenas vara de pesca, linha de pesca, anzol e isca artificial. A pesca esportiva pode ser praticada no mar, rios e lagos (In natura) utilizando-se iscas naturais ou iscas artificiais, com tração de molinetes oucarretilhas e também pode ser praticada em associações ou clubes especiais para o esporte onde os Peixes são criados em lagos artificiais, ou Açudes mais conhecidos no Brasil comoPesque-pague A pesca recreativa está entre as atividades de integração social e lazer mais difundidas no mundo, sendo uma prática que promove a união familiar ou de grupos de amigos. Muitas vezes é a principal motivação para uma viagem deturismo. Apesar de ser pouco explorada no Brasil é grande o potencial desta atividade devido à variedade de peixes e à grande extensão costeira e rede hidrográfica, quando comparada com a América do Norte, que atualmente gera um enorme resultado com o turismo pesqueiro. A pesca esportiva é uma evolução ecologicamente correta da pesca amadora. Entre os várias opções de locais de pesca, o que mais vem se popularizando é o “pesque-pague”, uma atividade barata, bastante di- Pfundida e próxima às grandes ci- dades. Algo bastante comum é considerar que a pesca desportiva é somente a pesca do marlin e outros peixes marinhos de grande porte, porém, existe vários outras espécies, de menor tamanho, que se enquadram nesta modalidade de pesca eixe comum na fauna fluvial da América do Sul e, mais precisamente, no Brasil, o peixe baiacu possui algumas curiosidades que, aparentemente podem até nos assustar. E, de fato, por vezes pode ser assustador. como a truta que chega a de 30 cm Isso ocorre pois, de uma hora pra a 40 cm, do Robalo, do Pirapema, outra, o peixe infla e pode ficar até do Tucunaré e também existe a 3 vezes maior que o tamanho origi- modalidade dedicada à pesca das nal. Esse mecanismo de defesa é co- grandes carpas, denominada Carp mumente utilizado para afastar um fishing, que poderia ser praticada possível predador que esteja por em qualquer “pesque-pague”. perto. Muitas vezes, esta atividade é reg- Algumas espécies ainda possuem ulamentada segundo o tipo das espinho e, que ficam mais visíveis artes de pesca permitidas e, por e ameaçadores quando o animal vezes, o tipo de espécie ou quanti- infla. Essa característica também dades que se podem capturar. É ajuda a intimidar o predador que, uma atividade pouco diversificada, por vezes assustado, acaba fugindo. utilizando principalmente a linhae Mas, o que pode ser considerado anzol, mas inclui também a caça submarina, Também conhecida como Pesca submarina ou ainda “Pesca-Sub”. Outra modalidade da pesca recreativa ou esportiva é a pesca com Caiaque, o Corrico e a realização de concursos ouCampeonatos, onde vários pescadores competem pela quantidade e(ou) peso de peixes capturados num certo período de tempo, ou ainda pelo maior exemplar. bastante perigoso e até mesmo letal é o veneno que o baiacu possui. Pouco gente conhece, mas as 150 espécies de peixes que ganham o nome popular de baiacu, possuem na carne uma substância altamente tóxica, a tetrodotoxina que, apenas 2 gramas dela são suficientes para matar uma pessoa. O veneno do peixe fica concentrado na pele e em órgãos. Iguaria Mesmo com veneno, o baiacu é considerado uma iguaria no Japão. Lá, o peixe recebe o nome de “fugu” e recebe um tratamento especial antes de ir à mesa do freguês. A fim de não intoxicar os clientes, os cozinheiros precisam limpar o animal com uma técnica muito precisa, removendo as partes venenosas. Mesmo os pedaços comestíveis ainda têm traços do veneno, deixando uma certa dormência na língua e apresentando um leve efeito narcótico. Conheça mais sobre o processo de inchaço Tudo começa quando o peixe engole uma grande quantidade de água e armazena no estômago. Como esse órgão é muito elástico, ele infla como uma bexiga e deixa o baiacu maior. Por a pele ser bastante elástica, o peixe não “rasga” quando incha. Além disso, a espinha também é bastante flexível e se curva para acompanhar o novo formato do corpo. Quando o baiacu já está cheio de água, uma válvula localizada na base da boca do peixe é empurrada na direção dos dentes. Assim, ela fecha a saída para água armazenada no estômago.

[close]

p. 10

10 Pesca & Lazer Janeiro 2017 Embora sejam muitas vezes usadas como sinónimos, para os cientistas e administradores pesqueiros estas duas palavras têm diferentes significados. Enquanto a pesca é o próprio ato de capturar animais aquáticos ou de os criar, uma pescaria é o conjunto do ecossistema e de todos os meios que nele atuam – barcos e artes de pesca – para capturar uma espécie ou um grupo de espécies afins. Por exemplo, a pescaria de arenque do Mar do Norte, a pescaria de anchoveta do Peru e do Chile, a pescaria recreativa de achigã (black bass) no lago Ontário. No entanto, referimo-nos às pescarias de camarão de Madagáscar porque incluem uma componente industrial e outra artesanal ou as pescarias de atum porque têm diferentes espécies-alvo e são capturadas em diferentes oceanos. As pescas na história Desde que há memória que a pesca sempre fez parte das culturashumanas, não só como fonte de alimento, mas também como modo de vida, fornecendo identidade a inúmeras comunidades, e como objeto artístico. A Bíblia tem várias Pesca e pescarias referências à pesca e o peixe tornouse um símbolo dos cristãos desde os primeiros tempos. Uma das atividades com uma história mais longa é o comércio de bacalhau seco entre o norte e o sul da Europa, que começou no tempo dos vikings há mais de 1000 anos. Segundo os pescadores a Lua exerce influência na pesca, assim podemos classificar as fases da Lua da seguinte forma: lua cheia – ótima para pesca; lua minguante – boa para pesca; lua nova – ótima para pesca e lua crescente – regular para pesca Métodos A forma mais simples da pesca é um indivíduo isolado com uma canoa ou uma rede de pesca. Não só como atividade recreativa - proporcionando um enorme comércio em muitos países desenvolvidos -, mas também como pesca de subsistência nos países menos desenvolvidos, esta forma de pesca continua a ser muito importante em todo o mundo. Mas a forma mais usual de pescar é com o auxílio de embarcações, começando com a jangada de papiros do Egito ou a piroga ou canoa de tronco escavado, ainda hoje a principal plataforma de pesca em muitos países menos desenvolvidos, passando pela voadeira e pelos barcos à vela, até aos enormes barcos-fábrica responsáveis pela produção de atume equipados com a mais moderna tecnologia, desde helicópteros para a detecção dos cardumes, até receptores de informação de satélites, que lhes indicam a posição exata, a temperaturada água do mar, etc. Pesca de linha A pesca com linha e anzol, parecendo simples, continua a ser uma das principais formas de capturar peixe. Pelo fato do material ser de fácil aquisição, é o principal método de pesca de subsistência em rios, lagos ou junto à costa. No entanto, várias pescarias industrializadas usam este método, quer com a chamada linha-de-mão, em que cada pescador segura na mão uma linha na extremidade da qual se colocam várias linhas secundárias cada uma com o seu anzol, até aos palangres de vários quilómetros de comprimento com que se pescam os atuns de profundidade. Ainda muito praticado mas com menos adeptos é a pesca com mosca oufly fishing em Inglês. A pesca de anzol é ainda um esporte muito praticado no mundo. Pesca de emalhe Outra forma de pescar relativamente simples é a rede de emalhar - na sua forma mais simples, um retângulo de rede com flutuadores numa extremidade e pesos na oposta, que é lançada à água num local onde se saiba haver cardumesde peixe a nadar, os quais ficam “emalhados” ou seja presos nas malhas da rede, normalmente pelos espinhos ou opérculo. No entanto, este método tem muitas variantes, a mais perigosa das quais - para a fauna marinha e para a própria navegação - é a rede-derivante, que também pode ter vários quilómetros de extensão e pode perder-se, continuando a matar peixes que depois não são aproveitados e até mamíferos marinhos; para além disso, estas redes são praticamente invisíveis e um navio que passe por uma destas redes perdidas pode ficar com a hélice imobilizada. Por estas razões, este método de pesca foi banido em vários países do mundo. DICA - ISCAS Massa Doce - Especial para carpas. Dois quilos de batata doce, 10 paçocas de amendoim esfareladas, 5 colheres de sopa de leite em pó, farinha de rosca para dar liga. Cozinhe as batatas e após esfriar retire o fiapo do meio e amasse fazendo um purê. Esprema o purê em um pano para secar. Misture o farelo da paçoca e o leite em pó até formar uma massa homogênea. Adicione a farinha de rosca caso a massa fique muito molhada. Caso contrario, misture água do próprio lago até dar uma liga boa. Esta massa ter que ser consistente, porém deve dissolver vagarosamente quando em contato com a água. Use-a em chuveirinhos em grande quantidade, no fundo (carpa capim, espelho e húngara) ou com bóia (carpa cabeçuda e Húngara). Minhoca e Minhocuçu - Bons para Bagre, Catfish, Pacú, Tambaqui, Tambacú, Pirarara, Piau, Piraputangas, Pintados e Cacharas. Queijo prato - Cortado em pequenos cubos é fatal para Matrinxãs, funcionando também com catfish. Coração de galinha - Limpe o coração tirando toda aquela gordurinha, e corte ao meio de forma a abri-lo formando um filé. Corte pequenas tiras finas como se fossem minhocas. Cada coração deve render de 4 a 5 minhoquinhas. Guarde-as no fubá para facilitar o manuseio. Isque 3 ou 4 de cada vez de forma que fiquem pendurados no anzol. Tem o mesmo efeito das minhocas, porém mais eficiente. Bacon - corte em pequenos cubos. Infalível para pacus e tambas. Coração de boi - Cortado em cu- bos pode ser atrativo para Pintados, Cacharas e Bagres. Goiabas - Em pequenos pedaços são a tentação dos Pacús, Tambacús e Tambaquis. Mortadela ou Salame - Em cubos para Pacús, Tambacús e Catfish. Camarão - Pequenos camarões limpos (7 barbas) pegam quase todos os tipos de peixes disponíveis. O difícil é conservar esta isca, pois fora do gelo se deteriora facilmente.

[close]

p. 11

Janeiro 2017 Pesca & Lazer Novidade !!!!! LOGISTAS, TENHA PARA SEUS CLIENTES RAÇÕES NEW PET 11 Fabricação e distribuição Novidade !!!!! RAÇÃO PARA PEIXES ( (19) 99669-7268 (19) 99787-2182 + contato@produtospavao.com.br site: www.produtospavao.com.br Fabricante: Angelo A. Pavan & Cia Ltda - EPP CNPJ.: 04.286.698/0001-04 / I.E.: 536.112.921.119 Sítio Campo Alto, S/N - Bairro Campo Alto - Pirassununga - SP INDÚSTRIA BRASILEIRA Proteja suas iscas artificiais do sol Produtos p/ Pássaros R: 9-A, nº 2441 (esq.c/ 72-A) São Miguel - Rio Claro Em nossa euforia para pescar quando chegamos ao local, faz muitas vezes esquecermos de alguns detalhes importantes, os quais pode ser a diferença entre uma pescaria excelente ou um grande prejuízo. Um cuidado que devemos ter é quanto as nossas iscas artificiais, geralmente “todo mundo” fala que cuida bem delas, guardando em caixas separadas, lavando após a pescaria em água salgada, trocando garatéias etc, e de fato este cuidado é muito importante. Agora um fato que passa despercebido é quanto ao cuidado que devemos ter enquanto pescamos, via de regra boa parte de nossas pescarias é feita durante dias ensolarado e é por isso que devemos ter um cuidado especial. As iscas artificiais devem ficar protegidas do sol sobretudo as que estão no estojo e o motivo disso é simples. O estojo fechado funciona como uma estufa, fazendo com que o calor interno devido aos raios solares não consigam escapar aumentando e muito a temperatura dentro dele e consequentemente das iscas, e as iscas por sua vez são de plástico com interior oco, sendo assim também funcionam como estufas. Com um calor muito intenso, estas iscas inevitavelmente sofrerão deformações, e algumas destas serão inrreversíveis, muitos são os relatos de pescadores que sofreram com isso. Por isso mantenha elas sempre longe do sol, em ultimo caso se não for possível, mantenha o estojo aberto e com um pano úmido por cima delas.

[close]

p. 12

12 Pesca & Lazer Janeiro 2017 Pesqueiro Santa Anastácia Ambiente Totalmente Familiar PESCA ESPORTIVA E KILO ( (19) 99158-2482 | (19) 99773-4144 Horário: Das 07:00 às 18:00 Servimos Comida p/ kilo e todos os tipos de porções. Rodovia Antonio Rossi, km 3 - Elias Fausto FONES: (19) 3402-1486 (19) 98437-7234 AGROPESCA LIMEIRA LTDA. Caça - Pesca e Camping Pescaria no Mar - Grupo de 12 e 14 Pessoas Telefax: (19) 3441-1589/4103-1739 Av. Laranjeiras. 660 - Vila Queiroz - Limeira - SP * AINMSACRDIOÇRÕEESMAOBTEORTNAASUPTAAR. A AULAS PRATICAS DE ARRAIS * EXAME EM BARRA BONITA. * RENOVAÇÃO DO ARRAIS * DOCUMENTOS DE EMBARCAÇÕES ** RLPGUP –– MPEOSTCOA-DSOERRRPAROFISSIONAL E AMADOR Email: navalcidinha@terra.com.br www.despachantenavalcidinha.com.br AVENIDA FIORAVANTE CENEDESE Nº 341 – BAIRRO ARTEMIS PIRACICABA/SP – CEP: 13432-006

[close]

Comments

no comments yet