A Semente nº 46

 

Embed or link this publication

Description

Notícias da Fraternidade Missionária Rural - Portugal

Popular Pages


p. 1

Notícias da Fraternidade Missionária Rural Portugal “ Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós (...) Recebei o Espírito Santo ” Jo 20, 21.22 Nº 46 – Janeiro 2017

[close]

p. 2

Página 1 EDITORIAL Há 15 anos atrás estava longe de imaginar que hoje nhamos tantas coisas para par lhar… Este novo número de A Semente conduz-nos ao (re)encontro . O Senhor faz em cada um de nós maravilhas e con nua a conduzir-nos… ao seu encontro e ao encontro uns dos outros, tornando-nos mais fortes. 2016 foi um ano repleto de encontros, recebemos as visitas de Delphine, Claire, Raimundo, Suzanne, René. Par cipámos nas férias par lhadas, em França e no fim de semana de formação em La Houssaye., e tantas outras coisas... Em França, após 25 anos de existência dos Amigos em Comunhão, surge agora de uma forma oficial, a Associação Os Amigos Missionários do Campo, cons tuída a 1 de Julho de 2016. A nossa família espiritual é agora denominada Fraternidade Missionária Rural, e dela fazem parte a congregação das Irmãs, dos Irmãos do Campo e os Amigos Missionários do Campo. É com enorme alegria que também nós aqui em Portugal fazemos parte desta família e con nuamos a caminhar juntos, lado a lado com a força que o Espírito Santo nos dá, dia após dia! Hoje, con nuo a dar graças pela semente que os Irmãos e Irmãs deixaram nesta nossa terra, e apesar das nossas fragilidades (nomeadamente no número de pessoas envolvidas) con nuamos juntos! Desejo-vos um excelente 2017 e que o Espírito Santo nos con nue a conduzir… h p://portugal.fmc-sc.org Sofia Delgadinho

[close]

p. 3

Página 2 Notícias da Associação Os Amigos de Lagameças Grupo Sociocarita vo A sua a vidade principal é a distribuição de bens alimentares e vestuário às famílias carenciadas da região. Em Águas de Moura cerca de 70 pessoas são apoiadas e a distribuição ocorre no centro Comunitário. Na zona de Poceirão, são assis das cerca de 160 pessoas e a distribuição é feita na casa doada pelos Irmãos à associação. Grupo Bíblico Cerca de 6 pessoas reúnem quinzenalmente, em casa dos Irmãos, refle ndo a palavra aplicada à vida de cada um, sempre na dinâmica do ver, julgar e agir. O grupo tem crescido muito graças à ação do Espírito Santo em cada um dos seus elementos. Nas reuniões quinzenais, os textos do Papa Francisco são uma presença constante. Grupo Musical O grupo musical fundado em 1995 pelo Irmão Francisco con nua, desde então as suas atuações, agora com novos elementos. No entanto o espírito deste grupo con nua o mesmo… h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 4

Página 3 Além destas a vidades, na casa dos Irmãos encontram-se regularmente os jovens da catequese, o grupo da Fraternidade Missionária Rural e outros encontros comunitários, bem como serve de residência a uma família. Estando assim a casa ao serviço da comunidade, conforme a vontade expressa no ato da doação. Con nuamos a construir a Igreja de Jesus Cristo nesta Terra… Grupo Musical Os Amigos de Lagameças Advento = tempo de espera. Que vamos fazer? Somos cristãos e isso traznos responsabilidade e interpela-nos. Que vou fazer neste tempo? Pois bem, na nossa comunidade existe um grupo coral que foi criado há mais de 20 anos pelo Irmão Francisco com a intenção de ajudar os idosos do Centro de Dia de Lagameças a passarem melhor o seu tempo. Agora somos 9 elementos, cada um com o seu rudimentar instrumento, mas as nossas vozes e palavras são o suficiente para deixar os idosos das casas de misericórdia, centros de dia, centros de recuperação… alegres e h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 5

Página 4 agradecidos por lhes proporcionar-mos alguns momentos diferentes nas suas vidas. Terminando cantando um hino de louvor ao Senhor sem instrumentos e todos nos acompanham; as mãos estendidas e a palavra obrigada fazem-nos regressar com o coração cheio, porque es vemos a viver a força do Espírito Santo. E assim quando o Senhor chegar os nossos corações dirão: obrigada Senhor pelas maravilhas que operas em cada um de nós. Alzira Gonçalves h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 6

Grupo de jovens de Águas de Moura Página 5 “Senhor, quero dar-te graça de todo o coração e falar de todas as tuas maravilhas” (salmo 9,1) Na descoberta do sen do cristão da vida, na progressiva inserção na vida da fé da Igreja e acolhendo o “projecto” de Jesus no dia 19 de junho de 2016 na paróquia de São Pedro da Marateca foi cons tuído o primeiro grupo de jovens. O dia 19 de junho de 2016 foi um dia intenso, de alegria, festa e par lha, renovando a fé e firmando propósito de aprofundar a relação com Deus e levá-lo aos outros, aos que mais necessitam. Como sinal de compromisso cada elemento recebeu uma cruz no seu peito, símbolo de entrega das suas vidas a Cristo. h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 7

Página 6 Os jovens expressaram que os seus caminhos de vida têm uma luz que os guia: “ temos Jesus como modelo de como somos amados por Deus e do amor que devemos uns aos outros” e “ a nossa Mãe, a Virgem Maria, respondeu ao convite do Senhor dizendo: “Aqui estou” e nós também respondemos “Aqui estamos, falemos de Jesus a todo mundo, do seu amor, da sua misericórdia, da sua ternura, porque a amizade com Jesus, que deu a vida por nós, é um facto para contar a todos”. Benedita Pernas h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 8

No coração da montanha Página 7 As férias par lhadas realizam-se de dois em dois anos e este ano aconteceram em Ornolac, Ariège no sul de França, numa pequena aldeia a cerca de 50 km de Mas d'Azil, onde está uma comunidade de Irmãs do Campo. E este ano nestas férias par ciparam 5 portugueses (Benedita, Ricardo, Natacha, Fá ma e Sofia)! Em plena harmonia com a natureza, apreciando em cada pequeno detalhe a beleza e a grandiosidade da criação… foi assim que muito rapidamente se passou uma semana de férias! Os dias começavam com lec o divina na capela e terminavam com oração de Vésperas. Todos os dias, vemos uma a vidade: visita dos Forges de Pyrene; reflexão sobre "a criação e a nossa espiritualidade"; caminhadas pela região; descobrir as estrelas; apresentação do " evangelho da criação" (capítulo 2 Laudato si); a vidades para as crianças; h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 9

Página 8 visita à aldeia e à família da Irmã Honorine; um dia nas montanhas com degustação dos produtos regionais; concerto de violoncelo entre muitas outras coisas… O empenho na organização dos nossos amigos de Ariège foi fantás co, proporcionando-nos momentos de oração, reflexão, descoberta… e acima de tudo vivemos ao longo da semana, de uma forma extraordinária a fraternidade. Um grupo fantás co, em que todos falam a mesma língua, a língua da fraternidade, da par lha, tendo como centro aquele que nos une. Como foi bom estarmos em Ariège, no coração da montanha! Par mos sem dúvida com a força para con nuar esta fraternidade, onde cada um de nós está! Benedita Pernas e Sofia Delgadinho h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 10

Voltar a Portugal…. Página 9 Desde os anos de 1970 que eu me sen atraído por Portugal. Em 1968 e depois em1969 passei por Setúbal. 22 anos mais tarde, em 1992, a Congregação pediu-me para me juntar aos irmãos que estavam lá há 18 anos. Fiquei 10 anos e depois fui para o Brasil como milhares de portugueses nham feito antes de mim. Voltei há alguns meses do Brasil e passei 10 dias nesta região de Setúbal. Vivi estes dias como um regresso a casa. Fui recebido como um filho da terra; Portugal é um país da Comunidade Europeia que evolui como os outros países. Também vindimamos à máquina como em França! Somos sempre recebidos de braços abertos, com sinceros e calorosos Abraços. E para nós, Irmãos e Irmãs que plantámos as nossas raízes nesta região de Setúbal durante trinta anos, a semente que nós somos cresceu ao encontro deste país irmão. h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 11

Página 10 Ouso crer que os Irmãos e Irmãs também deixaram algumas sementes. O desafio agora é con nuar a regar as plantas. Garanto-vos que os trabalhadores e trabalhadoras estão disponíveis, e o trabalho avança. Irmão Raimundo h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 12

Fraternidade Missionária Rural… Página 11 Foi no passado dia 12 de novembro, o úl mo encontro da Fraternidade Missionária Rural, e que encontro, apesar do mau tempo que se sen a lá fora, o dia era de festejos e os nossos corações estavam bem quen nhos! Nesse dia comemoramos os 3 anos de encontros da Fraternidade Missionária Rural e logo com casa cheia, éramos tantos que mal cabíamos na sala. E que grande sa sfação a minha por poder viver esta fraternidade presencialmente. h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 13

Página 12 O tema do nosso encontro não podia ser mais apropriado, “São Mar nho de Tours” não só por ser o dia a seguir ao dia de São Mar nho, mas também porque um grupo que é uma fraternidade no meio rural, tem de viver esse cuidado e essa atenção para com os mais fracos, tal como são Mar nho nos ensinou. E assim foi, com base na leitura de São Mateus 25, 31-40 e nos relatos da vida de São Mar nho, meditamos e nos ques onamos. “E nós hoje? Como somos na par lha? O que acontece para nós na oração? O que recebemos nesta missão? Anunciamos o Evangelho? O que significa desenvolver a fraternidade? Houve testemunhos muito bonitos, a Isabel e a Maria João falaram-nos das suas experiências pessoais, da forma muito concreta como elas vivem esta vida de fraternidade e entrega aos mais desfavorecidos. No mundo atual da globalização e do descartável, com estes textos fomos reme dos para os sen mentos essenciais e fundamentais que nos constroem como cristãos, a entrega, o serviço, a humildade, e nesta entrega pode apenas estar dedicarmos algum do tempo ao outro, a escutá-lo, a apoiálo, ao familiar, ao vizinho, ao amigo, ao inimigo. E para encerrarmos o encontro com a cereja no topo do h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 14

Página 13 bolo, seguiu-se o jantar par lhado, quen nho e delicioso, seguido do Musical Nazareno em Setúbal no Auditório da Anunciada. A obra musical o Nazareno, é uma obra inspirada no Evangelho do Frei Hermano da Câmara, com a colaboração de vários poetas portugueses. Nessa noite podemos assis r ao Nazareno apresentado pelo Grupo de Animação da Paróquia de Arrentela-GAPA. Grande representação! Para terminar, não posso deixar de agradecer me permi rem fazer parte desta fraternidade e sen r a vossa atenção, carinho e entrega, aquele momento para mim foi como se a chuva lá fora vesse parado, não a sen mais. Sofia Costa Freire Mudar de comunidade é sempre uma aventura… Aventura para os que partem, e para aqueles que vão acolher. Mas também é uma graça de renovação para todos. No inicio de setembro deixei a comunidade Lombreuil, após 15 anos para me juntar à comunidade de Contres em Loir-et-Cher ( centro da França). Tenho os olhos e o coração abertos. Quando es ver mais inserida na comunidade darei mais no cias. A missão é sempre a mesma, h p://portugal.fmc-sc.org

[close]

p. 15

Página 14 testemunhar durante toda a nossa vida a Boa Nova. Um braço amigo a todos os leitores de A Semente. Notícias de Rabastens Ir. Joana Olá a todos que lêem "a semente" Obrigado à Sofia por nos convidar a dar algumas no cias da nossa pequena comunidade de Rabastens. Somos 7 irmãos numa casa de repouso onde estão os irmãos Eugénio, Francisco ,Victor Michel, Paul, Chris an e Clement. 7 irmãos que estão entre os 83 e 93 anos. Apesar da nossa idade, conseguimos viver em comunidade. O nosso dia é organizado por três momentos de oração, h p://portugal.fmc-sc.org manhã, tarde e noite. Um dos nossos quartos, o mais espaçosos permite que nos encontremos para a oração, para receber visitas de familiares e amigos, receber os Irmãos de St Sulpice que vivem a 8 km. 3 dos nossos irmãos estão muito cansados: •Chris an por causa de sua idade: 93 anos. • Francisco mantém o seu sorriso, mas a paralisia progride, impedindo-a de andar, de cantar e de falar normalmente. Move-se numa cadeira de rodas.

[close]

Comments

no comments yet