História da Igreja Evagélica Baptista Luso/ Luena (Angola)

 

Embed or link this publication

Description

Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações. Lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai, sabendo, amados ir

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

sempre damos graças a deus por vós todos fazendo menção de vós em nossas orações lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé do trabalho do amor e da paciência da esperança em nosso senhor jesus cristo diante de nosso deus e pai sabendo amados irmãos que a vossa eleição é de deus i tessalonicenses 1:2-4

[close]

p. 3

cidade do luso luena em 1970

[close]

p. 4

grupo que deu origem Á igreja reunido uma casa particular a semente baptista começou na cidade do luso agora luena em 1955 com a chegada da família santos virgílio antónio dos santos esposa efigénia as filhas amélia e ofélia e filhos edmundo e augusto desta família três faziam parte do primeiro grupo de baptizados na baía de luanda em domingo de páscoa dia 18 de abril de 1954 pelo missionário baptista da b.m.s rev james russel então secretário-geral da aliança evangélica de angola em 16 de setembro de 1956 ofélia contrai matrimónio com o missionário da b.m.s júlio sérgio felizardo sempre que este

[close]

p. 5

casal ia ao luso se reunia com alguns crentes dispersos na cidade em 1964 o casal ofélia e sérgio fixam-se no luso com seus dois filhos paulo e luís deus usaria esta família para o início da obra baptista nesta cidade oficialmente o início do trabalho baptista no luso tem a data de 14 de dezembro de 1969 em casa do casal deolinda e ferreira de carvalho com a presença de seis pessoas uma simples reunião de oração em que fervorosas preces foram elevadas ao trono da graça de deus as reuniões prosseguiram animadas com maior frequência dificultando já a acomodação dos que a elas assistiam primeiro grupo de senhoras

[close]

p. 6

com o crescimento do grupo este pediu o apoio à igreja baptista do lobito e de seu pastor herlânder felizardo ficando como missão da mesma já como missão e com o número crescente de assistentes foi deliberado alugarem-se instalações assim em 22 de março de 1970 foi aberto e dedicado a deus um salão de cultos sito na rua trigo teixeira com uma semana de evangelização a que estiveram presentes 130 pessoas e que se prolongou até ao dia 29 de que foi pregador o pastor baptista aníbal machado secretário da sociedade bíblica de angola em luanda foi uma semana abençoada com dezenas de pessoas que ouviram o evangelho de cristo pela primeira vez e pelas 7 almas decididas por jesus a igreja baptista do lobito prontificou-se a custear os bancos para o salão e a ajudar mensalmente na renda do mesmo os cultos foram tendo uma assistência cada vez maior e almas eram rendidas a jesus pelo obreiro sérgio felizardo foi iniciada um classe de preparação para baptismo da qual resultou o preparo de cinco almas para darem o testemunho público de sua fé nas águas.

[close]

p. 7

primeiro salÃo de cultos rua trigo teixeira inaugurado em 22 de marÇo de 1970

[close]

p. 8



[close]

p. 9

pr anÍbal machado assistÊncia ao culto de consagraÇÃo e ceia

[close]

p. 10

os primeiros baptismos pr herlander felizardo o dia 23 de agosto do mesmo ano de 1970 seria outra data no historial desta comunidade os primeiros baptismos e a sua organização os cinco primeiros baptismos frutos já da semente lançada nos corações num tempo de sementeira ainda de poucos dias tiveram lugar no rio lumege à tarde nos arredores da cidade junto a uma ponte guardada por um grupo de soldados armados e perante um bom grupo de pessoas que ali se deslocaram.

[close]

p. 11

efigénia santos augusto santos mónica da costa helena santos ana costa

[close]

p. 12

À noite realizou-se o culto de organização esteve então presente como presidente do concílio e pregador em mais uma semana de evangelização o pr herlânder felizardo da igreja mãe que viria a ser eleito como pastor interino desta nova igreja uma vez que residia a cerca de 1.000 km tendo ficado como obreiro auxiliar até à sua consagração sérgio felizardo.

[close]

p. 13

leitura do pacto das igrejas baptistas parte da direcÇÃo da igreja a igreja foi organizada com os seguintes 15 membros:

[close]

p. 14

júlio sérgio machado da conceição felizardo maria ofélia cordeiro dos santos felizardo francisco macedo de faria elvira macedo de faria virgílio antónio dos santos efigénia maria cordeiro dos santos fernando mónica da costa amélia rosa cordeiro dos santos costa simão fortes silva antónia oliveira medina silva ana maria dolores santos costa deolinda da encarnação carvalho maria helena freitas ribeiro augusto virgílio cordeiro dos santos e ivone soares valente todos com cartas de transferência da igreja baptista do lobito membros organizadores da igreja evangélica baptista do luso agora luena em 23 de agosto de 1970 com os pastores sérgio felizardo e herlânder felizardo este o primeiro pastor interino da igreja.

[close]

p. 15

corpos directivos a igreja em agosto de 1970 elege os seus primeiros corpos directivos foram estes os que o senhor escolheu pastor interino pr herlânder mário felizardo obreiro auxiliar júlio sérgio felizardo diáconos virgílio antónio dos santos e simão fortes silva diaconisas elvira macedo faria e amélia rosa cordeiro do santos costa secretário fernando mónica da costa tesoureiro francisco macedo de faria director da escola bíblica dominical augusto virgílio dos santos professores dos jovens e adultos virgílio antónio dos santos e simão fortes silva professores das crianças ana maria dolores santos costa e ivone soares valente presidente da união feminina maria ofélia cordeiro dos santos felizardo em 1971 visita angola o pr joão rosa de oliveira secretário de missões da convenção baptista portuguesa tendo estado no luso onde pregou e realizou mais baptismos no mesmo local dos anteriores sua presença foi um estímulo foi uma experiência nova para o pr rosa de oliveira realizar baptismo num rio onde havia jacarés que tiveram que ser afastados e por soldados armados pois se tratava de um lugar onde já tinham havido diversos ataques armados visita do pr joÃo rosa de oliveira

[close]

Comments

no comments yet