O Tabernáculo

 

Embed or link this publication

Description

Este Estudo sobre o Tabernáculo destina-se, não simplesmente a satisfazer a nossa curiosidade, mas a ministrar-nos preciosas lições que nos levem a um melhor conhecimento de Cristo. Não nos causará surpresa se o leitor se sentir meio confuso no estudo

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

tabernÁculo este estudo sobre o tabernáculo destina-se não simplesmente a satisfazer a nossa curiosidade mas a ministrar-nos preciosas lições que nos levem a um melhor conhecimento de cristo não nos causará surpresa se o leitor se sentir meio confuso no estudo do tabernáculo por causa da quantidade extraordinária de detalhes que enfrentamos todavia nos esforçaremos para evitar que o leitor se sinta fatigado com os numerosos detalhes procurando encaminhar o seu pensamento à consideração dos princípios essenciais revelados nesta obra À minha amada esposa e a meus filhos que sempre me apoiaram e se viram privados de longas horas de comunhão familiar dedico este humilde trabalho as instruÇÕes depois da saída da escravidão do egito o povo de israel acampou na base do monte sinai e ali ficou mais ou menos um ano para receber as instruções a respeito do tabernáculo moisés foi convidado a voltar ao monte e lá ficou de 40 dias e 40 noites Êxodo 24:18 34:28 recebeu a lei de deus e também a ordem as instruções o modelo e todos os pormenores para a construção do tabernáculo que seria o centro do culto a deus no deserto.

[close]

p. 3

no livro de Êxodo quatro vezes se lê que o tabernáculo tinha de ser construído em conformidade com o modelo mostrado no monte 25:9,40 26:30 27:8 atenta pois que o faças conforme ao modelo que te foi mostrado no monte a mesma recomendação é feita em números 8:4 e no livro de actos 7:44 está escrito que moisés o fizesse segundo o modelo que havia visto também em hebreus 8:5 lemos que moisés foi divinamente avisado olha faz tudo conforme o modelo que no monte te se mostrou como foram dados os detalhes não sabemos mas sabemos que a planta as instruções e até o mobiliário foram dados por deus o projecto em todos os seus pormenores não foi obra da sabedoria humana mas obedecia a uma ordem de deus e me farão um santuário e habitarei no meio deles Êxodo 25:8 moisés tudo fez baseado nisto assim diz o senhor pois deus manifestara o vivo desejo de habitar com o povo escolhido era o seu lugar de habitação Êxodo 40:35 o propósito de deus habitar entre os homens não foi frustrado pois no livro de apocalipse 21:3 lemos eis aqui o tabernáculo de deus com os homens e com eles habitará e eles serão o seu povo e o mesmo deus estará com eles e será o seu deus simbolismo 1 há aqui o princípio da fidelidade doutrinária que consiste em cumprirmos tudo exactamente como deus ensina e manda deus recomendou a moisés que fizesse tudo conforme as orientações que lhe dera.

[close]

p. 4

nesta recomendação está o dever de todos nós no sentido de sermos fiéis à sã doutrina não mudando inovando modificando ou fantasiando mas atendo nos ao que a palavra de deus ensina em tudo em apocalipse 2 e 3 sete vezes o senhor recomenda quem tem ouvidos ouça o que o espírito diz às igrejas nossa responsabilidade não é aprender mas ouvir e obedecer moisés obedeceu a deus executou o plano de deus nada suprimiu nada lhe acrescentou 2 hoje não edificamos tabernáculos segundo modelos ou planos bíblicos mas as igrejas devem ser edificadas segundo o modelo do novo testamento i coríntios 3:10 nota o côvado media 45 a 53 centímetros era o comprimento do antebraço desde o cotovelo até à ponta do dedo médio e naturalmente variava conforme a pessoa que tirasse a medida o acampamento nÚmeros 2:2 olhando do alto do sinai vê-se o acampamento de israel espalhado na planície e nos vales composto de uma enorme multidão o honroso cargo de cuidar e transportar os objectos eram da responsabilidade das famílias de gerson coate e merari números 10:11-21 alguém assinalou que a colocação do povo tinha a sua importância a mesma estava assim descrita:

[close]

p. 5

os gersonitas num total de 7.500 homens acampavam atrás do santuário ou seja a ocidente e cuidavam do exterior da tenda como vigias os coatitas num total de 8.600 homens ficavam ao sul e eram responsáveis pelo cuidado da arca da mesa do candelabro dos altares e de todos os vasos sagrados os meraritas num total de 6.200 homens situavam se do lado norte e tinham a responsabilidade da conservação e transporte das tábuas travessas colunas cordas estacas e das bases as demais tribos os guerreiros tinham seus lugares marcados nos quatro lados do tabernáculo da parte exterior para fazerem a guarda do mesmo cada pormenor foi fixado com precisão militar quando levantavam o acampamento judá e as tribos do leste marchavam na vanguarda no centro o tabernáculo era defendido pelas tribos do sul e do oeste as tribos do norte fechavam a rectaguarda vejamos a sua posição ao oriente números 2:3-9 ficava o exército de judá com 74.600 homens com a tribo de issacar com 54.400 homens e a tribo de zebulom com 57.400 homens num total de 186.400 homens ao sul números 2:10-16

[close]

p. 6

ficava o exército de ruben com 46.500 homens com as tribos de simeão com 59.300 homens e a tribo de gade com 45.650 homens num total de 151.450 homens ao ocidente números 2:18-24 ficava o exército de efrain com 40.500 homens com a tribo de manassés com 32.200 homens e a tribo de benjamim com 35.400 homens num total de 108.100 homens ao norte números 2:25-31 ficava o exército de dan com 62.700 homens com a tribo de aser com 41.500 homens e a tribo de naftali com 53.400 homens num total de 157.600 homens podemos assim verificar que havia um total geral de 603.550 homens contados com mais de vinte anos de idade Êxodo 38:26 números 1:46 2:32 simbolismo o acampamento simboliza o mundo perdido separado de deus e sem possibilidade em si mesmo de remediar a sua situação como o povo de israel precisava do sumo sacerdote para se pôr em contacto com deus nós precisamos do nosso sumo sacerdote nosso senhor as ofertas Êxodo 35:4-29

[close]

p. 7

geralmente a primeira preocupação que nos surge quando planejamos a construção de um templo é saber como iremos arranjar o financiamento para uma obra de tão grande envergadura Êxodo 25:1-3 como foi financiada a construção do tabernáculo a ordem de deus foi que o próprio povo levantasse os recursos necessários para a construção do tabernáculo Êxodo 25:1-7 moisés a transmitiu ao povo Êxodo 35:419 que o atendeu prontamente o apelo de moisés ao povo visava a dois tipos de contribuição material e trabalho voluntário ao povo de deus cabe a responsabilidade material da execução através de suas ofertas de amor e gratidão por tudo o que deus tinha feito por eles Êxodo 35:4-9 o apelo feito por moisés foi atendido pronta e liberalmente o povo trouxe voluntária e alegremente pedras preciosas ouro prata cobre ou bronze madeira fazendas peles de animais marinhos e terrestres azeite e especiarias as ofertas foram de tal maneira que moisés foi obrigado a suspender as mesmas Êxodo 36:5 7 porque o povo fez ofertas a deus 1 porque deus mesmo as pediu Êxodo 25:2-7 diante do pecado e desobediência e do modo como deus o tratou perdoando-o o povo demonstrou a sua gratidão ao

[close]

p. 8

senhor seu deus as ofertas eram consideradas como feitas ao próprio deus 35:5 quando contribuímos hoje devemos ter a consciência de que estamos ofertando directamente a deus será que em nossos dias o povo tem atendido aos apelos de deus para a construção dos seus santuários 2 porque a obra precisava das ofertas as ofertas dadas a deus tinham um objectivo definido as ofertas eram para três coisas a para a construção do tabernáculo b para os utensílios que deveriam ser usados e c para as pessoas que nele iriam trabalhar verificamos assim que uns se despojaram dos seus bens e outros contribuíram com a mão de obra belo exemplo de desprendimento e cooperação também hoje as ofertas são preciosas para podermos construir templos mobiliário e para a conservação e sustento do ministério etc hebreus 13:17 3 porque o povo tinha condições para dar o senhor fez que o seu povo encontrasse favor da parte dos egípcios quando estes lhe deram o que tinham pedido objectos de prata ouro e roupas Êxodo 12:35-36

[close]

p. 9

todos os crentes têm sempre qualquer coisa para dar a deus quem é mais pobre que a viúva citada em marcos 12:14-44 e lucas 21:1-4 como foram feitas as ofertas foram dadas por todo o povo Êxodo 35:21-22 1 as pessoas contribuíam com o que tinham os príncipes contribuíram com pedras preciosas e especiarias 35:27-28 as mulheres contribuíram com o metal de que eram feitos seus espelhos e trabalhavam fiando e tecendo 35:25-26 mediante tal facto o material ofertado foi superior ao necessário Êxodo 36:7 o mesmo método de contribuição é aconselhado pelo apóstolo paulo cada um de vós i coríntios 16:2 hoje há muitos cristãos que nada dão para o trabalho da igreja embora o possam fazer o que seria do trabalho de evangelização se todos dessem a deus o que lhe pertence 2 foram dadas conforme as posses de cada um Êxodo 35:5 nem todos possuíam as mesmas coisas embora as ofertas constituíssem uma grande variedade todas elas serviam para o tabernáculo Êxodo 35:22-29 todos os crentes devem imitar o povo de deus no tempo de moisés conforme a sua prosperidade o que ganha muito dá muito o que ganha pouco dá pouco e o que nada ganha nada dará ii coríntios 16:2

[close]

p. 10

3 foram dadas voluntariamente Êxodo 35:29 deus não aceita o que é ofertado de contra vontade porque como diz paulo deus ama ao que dá com alegria ii coríntios 9:7 ninguém deu coisa alguma obrigado mas o fez voluntariamente de coração aberto e alegre havia em todos gratidão pelo perdão eles ouviram a voz do senhor e corresponderam imediatamente também em nossos dias devemos contribuir voluntariamente conforme a recomendação de paulo 4 foram dadas com alegria Êxodo 35:22 a expressão dispostos de coração mostra a alegria entre o povo pelo privilégio de contribuir davam para o tabernáculo onde poderiam adorar ao senhor seu deus paulo diz que deus ama a quem dá com alegria ii coríntios 9:7 ofertas com tristeza não podem ser aceites por deus 5 foram feitas com sacrifício as coisas ofertadas eram de grande valor houve espírito de sacrifício nas ofertas ao senhor segundo paulo os crentes da macedónia contribuíram acima do que permitiam as suas posses ii coríntios 8:3

[close]

p. 11

6 foram feitas com liberalidade Êxodo 36:47 moisés escolheu os construtores do tabernáculo e a eles entregou as ofertas que o povo dava até à suspensão das mesmas porque já não eram precisas para o santuário que coisa maravilhosa o mesmo ocorre entre nós apesar de salomão nos exortar a honrarmos ao senhor com os nossos bens para que os nossos celeiros se encham provérbios 3:9-10 igualmente malaquias nos exorta a que entreguemos os nossos dízimos à casa do tesouro a igreja de cristo para que tenhamos bênçãos sem limite malaquias 3:10 quando cada crente compreender que a sua oferta é importante para deus e der liberalmente a igreja esteja ela onde estiver não precisará ir ao mundo e mendigar a ajuda dos infiéis mas a vontade do senhor era e é de suprema importância para todos o facto de as ofertas a partir de certa altura deixarem de ser aceites para a obra do senhor talvez tenha sido uma grande lição para aqueles que haviam demorado a trazer suas ofertas por não se quererem separar dos seus bens e descobriram que agora deus já não precisava mais da sua ajuda o trabalho estava terminado e eles jamais teriam qualquer participação na obra que deus nos livre de tal frustração se negligenciarmos colaborar na obra do senhor no tempo presente deus descobrirá outros que melhor o sirvam na sua seara.

[close]

p. 12

as ofertas que o povo trazia eram ofertas voluntárias o senhor sempre aprecia as ofertas e o nosso trabalho desde que sejam a expressão do nosso amor os artÍfices Êxodo 31:1-6 deus não se limitou a dar a moisés instruções sobre o material a utilizar no tabernáculo e nos seus pertences e o respectivo modelo mas também lhe indicou os nomes dos principais artistas Êxodo 35:30-35 dois homens foram escolhidos para supervisionarem a obra e também para transmitirem a outros homens seus conhecimentos o principal era bezaleel neto de hur Êxodo 31:2 35:30 bezaleel devia ser naquele tempo ainda relativamente novo pois seu avô hur ainda estava vivo Êxodo 17:10 o seu nome significa à sombra de deus o senhor o encheu do espírito de deus de sabedoria de entendimento e de ciência em toda a arte v 3 para com suas mãos executar toda a obra em ouro em prata cobre e pedras preciosas vs 4-5 assim bezaleel foi chamado pelo seu nome v.2 era cheio de espírito v.3 foram-lhe dados auxiliares v.6 ele fez a arca Êxodo 37:1-5 a mesa dos pães da proposição Êxodo 37:10-16 o castiçal Êxodo 37:17-24 o altar de incenso Êxodo 37:25-28 o altar dos holocaustos Êxodo 38:1 e a bacia de cobre Êxodo 38:8 na sua manufactura ele seguiu as instruções dadas a moisés.

[close]

p. 13

o outro artífice que o ajudava era aoliabe filho de aisamaque cujo nome significa o pai é a minha habitação Êxodo 31:6 35:34 aoliabe com os seus auxiliares fez as cortinas para o pátio as colunas as bases os colchetes as molduras e as estacas Êxodo 38:9-20 tudo feito segundo as indicações divinas Êxodo 38:23 também fez a cortina para a porta do pátio Êxodo 38:18 depois bezaleel e aoliabe fizeram os dois véus o véu interior que separava o lugar santo do lugar santíssimo e o véu exterior para fechar a entrada para o lugar santo Êxodo 38:35-38 fizeram ainda as vestes para os sacerdotes as cobertas para o tabernáculo isto é panos para cobrir a arca a mesa dos pães da proposição o castiçal e o altar de incenso números 4:5-14 verificamos que o povo ajudava no trabalho Êxodo 35:25 36:8 todos usavam a sabedoria que o senhor lhes havia dado para fazerem a sua vontade Êxodo 35:5 10 25-26 31 35 quando terminou a execução do tabernáculo e o respectivo mobiliário moisés tudo examinou observou tudo com muita atenção para verificar se estavam de harmonia com a ordem do senhor em seguida abençoou os que tinham trabalhado em tudo que iria constituir o tabernáculo conforme o modelo que viu no monte Êxodo 39:1 5 7 21 26 29 31-32 42-43

[close]

p. 14

simbolismo quando deus chama alguém para uma tarefa sempre o capacita dando-lhe toda a sabedoria inteligência e conhecimento necessários para a realizar todos podem auxiliar duma maneira ou outra a edificar o santuário se assim fizermos o senhor dar-nos-á uma bênção assim como moisés abençoou o povo Êxodo 39:43 as tÁbuas Êxodo 26:15-30 estando peregrinando pelo deserto tornava-se necessário aos israelitas terem uma construção simples que pudesse ser facilmente erguida e desmontada com rapidez e ocupasse pouco espaço por isso era portátil números 4 esta a razão porque havia cortinas colunas ganchos fitas encaixes anéis ou argolas barras etc o tabernáculo era feito de 48 ou 50 tábuas de madeira de acácia cobertas de ouro v.29 com 4,5 a 5 metros de comprimento e 0,68 metros a 1 metro de largura formando assim as três paredes ao sul norte e ocidente isto dá-nos o comprimento do tabernáculo cerca de 14 metros v.18 havia 20 dessas tábuas em cada lado norte sul Êxodo 26:18 20 6 o fundo ocidental 22 fortalecidas com 2 tábuas especiais a formarem canto v.23 o que dava

[close]

p. 15

mais 4 metros e meio de largo por 14 metros de comprimento cada tábua tinha duas couceiras para se ajustarem entre si as tábuas do tabernáculo mantinham-se em posição vertical v.15 apoiadas em bases de prata metidas na areia v.25 e unidas no topo com argolas de ouro v.29 para maior firmeza havia 15 travessas forradas a ouro v.29 as quais passavam horizontalmente ao longo de cada lado e dos fundos pelas argolas que se destinavam a manter as tábuas na sua devida posição vs.26-27 as paredes interiormente eram chapeadas a ouro e reflectiam em todas as direcções a luz das sete lâmpadas do castiçal de ouro exteriormente eram cobertas pelas cortinas de pêlos de cabras que desciam até ao terraço impedindo assim a sua vista da parte de fora simbolismo a a madeira e o ouro sugerem a humanidade e divindade de cristo o crente é glorificado com o ouro da glória de deus depois de despojado do pecado apocalipse 1:6 b cada tábua em separado pode ilustrar os crentes e ilustra de que possuem duas naturezas também como todos os outros homens nós nascemos com a natureza pecaminosa de adão c assim como as tábuas vêm da floresta também o cristão foi cortado derrubado e transportado aos pés de cristo no estado bruto depois é trabalhado aparelhado

[close]

Comments

no comments yet