O Islamismo

 

Embed or link this publication

Description

Este estudo sobre o Islamismo, tem a função de esclarecer detalhes sobre esta crença para que todos possamos posteriormente analisá-los à luz da Bíblia. Sérgio Felizardo

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

o islamismo histÓrico o texto a seguir sobre o islamismo tem a função de esclarecer detalhes sobre esta crença para que todos possamos posteriormente analisá-los à luz da bíblia o islam foi fundado em 622 d.c na cidade de medina arábia seu fundador mohammad maomé nasceu na cidade de makka meca em 570 d.c num contexto religioso que mesclava animismo politeísmo monoteísmo etc cristãos e judeus viviam nas imediações havia em makka um santuário caaba que conserva até hoje uma pedra negra uma lenda declara que a pedra caiu do céu nos dias de adão considerada sagrada pelos árabes alguns deles praticavam a adoração a allah porém este era visto como um deus tribal sem carácter universal em 610 d.c aos quarenta anos mohammad enquanto meditava numa caverna teria recebido a visita do anjo gabriel jibril em árabe que lhe revelou o que hoje é conhecido como alcorão começou a pregar que só havia um único deus o juízo final e que ele era o verdadeiro mensageiro de deus o restaurador da religião verdadeira que há muito havia desaparecido essa pregação trouxe forte oposição de seus contemporâneos isso levou mohammad a fugir para medina em 16 ou 20 de julho de 622.

[close]

p. 3

esse acontecimento conhecido como hégira migração marcou o início do calendário muçulmano até hoje nessa cidade ele estabeleceu sua doutrina recrutou adeptos e construiu a primeira mesquita em 630 com seus seguidores entrou em makka submetendo-a sem combate à nova fé sua primeira atitude foi destruir os ídolos de caaba morreu dois anos depois aos 63 anos antes disso a maior parte da arábia já era muçulmana actualmente o islam é a segunda maior religião do mundo depois do cristianismo contando com cerca de um bilhão de adeptos os muçulmanos estão divididos em dois grandes grupos os sunitas os xiitas os sunitas subdividem-se em quatro grupos menores hanafitas malequitas chafeitas hambonitas os sunitas são seguidores da tradição do profeta continuada por all-abbas seu tio seguem o maomé de medina uma vez que nesta cidade maomé chegou com cerca de 70 famílias quando foi expulso de meca em 622 d.c aceitam as seguintes fontes do islão os 4 sucessores de maomé o alcorão e a sunnah as tradições de maomé seguem todos os

[close]

p. 4

pilares do islão calcula-se que 80 dos muçulmanos sejam sunitas os xiitas 16 são partidários de ali marido de fátima filha de maomé crêem nos profetas e imãs que se lhe seguiram o chefe do estado é o imã escolhido por deus os profetas cometem erros mas os imãs nunca pecam todos os pecados são perdoados a quem ama ali e sua família não é permitido tomar comida preparada por cristãos ou por judeus encontra-se sobretudo no iraque irão norte da Índia síria e líbano eles têm como capital a pérsia e acreditam entre outras coisas que o profeta maomé não foi o último dos profetas e que houveram outros como ali e seus filhos hassan e hossein acreditam também que o corão sem significado oculto e esotérico o profeta segundo a tradição o fundador da religião muçulmano nasceu em 570 em meca cidade aonde os árabes iam para visitar a caaba um templo de 360 ídolos seu pai abdulá morreu durante a gravidez de sua mãe e sua mãe amina faleceu quando ele tinha seis anos de idade foi criado praticamente por seu tio abu talib que o tornou um condutor de caravanas comerciais e por uma avó os quais lhe deram uma vida de conforto mas sem riquezas ao atingir a maioridade maomé tornou-se mercador seu constante contacto com os mercadores tornou-o muito culto

[close]

p. 5

quanto às tradições religiosas como comerciante e condutor de caravanas também teve contacto com o judaísmo e o cristianismo nesse período as religiões da península arábica eram politeístas e por isso a proposta de maomé acerca da adoração de um único deus encontrou forte rejeição entre o povo local que forçou o profeta e seus seguidores a migrarem para yatub posteriormente rebaptizada como medina quatrocentos quilómetros distante de meca numa viagem à síria maomé conheceu um monge cristão e recebeu noções sobre deus e a bíblia em 610 disse ter tido uma visão do anjo gabriel que o designara profeta do senhor alá em árabe casou-se aos vinte e cinco anos de idade com uma rica viúva de quarenta anos chamada khadija para quem trabalhava como mercador ofício que deixou após contrair matrimónio para dedicar seu tempo à solidão e à meditação tendo investido toda a sua fortuna na propagação da nova doutrina kadija a rica viúva com quem casara e o mercador abur bekr seu sogro tornaram-se seus discípulos foi numa dessas oportunidades de retiro solitário que maomé segundo a tradição islâmica recebeu a ilustre visita do arcanjo gabriel o qual abraçou com força constrangendo-o com a ordem recita em nome de alá o único deus segundo a crença islâmica maomé no início permaneceu hesitante quanto a tudo o que ocorria com ele mas com o passar do tempo resolveu dar crédito às revelações passando a crer juntamente com cadija que era realmente o escolhido de alá.

[close]

p. 6

perseguido abandonou meca a 16 ou 20 de julho de 622 esse acontecimento chamado hégira emigração é o marco inicial do calendário muçulmano até hoje estabelece-se em yatrib mais tarde medina cidade do profeta onde cresceu o número de seus adeptos chamados islamitas substituiu os laços da família e do clã pelos da fé em alá em medina construiu a primeira mesquita templo da religião muçulmana que ele havia criado em 630 entra triunfalmente em meca sua cidade natal destruiu os ídolos da caaba e implantou o islamismo maomé morreu em medina em 632 pouco tempo depois de seu regresso a meca enquanto que a comunidade dos fiéis a alá crescia vertiginosamente em toda a arábia por não deixar filhos homens foi sucedido pelo sogro abu bekr conforme o islamismo alá enviou 124.000 profetas ao mundo apesar de unicamente trinta estarem relacionados no alcorão os seis principais foram profeta adão o escolhido de alá profeta noé o pregador de alá profeta abraão o amigo de alá profeta moisés o porta-voz de alá profeta jesus a palavra de alá profeta maomé o apóstolo de alá os cinco pilares do islÃo

[close]

p. 7

a salvação no islão depende da aplicação dos cinco pilares ou colunas sobre os quais o islamismo está fundamentado a saber 1º pilar a fé em árabe shehada ou kalima É a profissão islâmica testemunhar que não há outro deus além de alá e maomé é o seu profeta mensageiro a simples declaração desta frase é suficiente para alguém se tornar muçulmano e garantir a sua entrada no paraíso depois da morte apesar de que todo o mundo precisa primeiro ir para o inferno a frase também é constantemente recitada nos ouvidos dos recém-nascidos repeti-las acumula méritos 2º pilar as orações ­ chamada salat são praticadas cinco orações diárias além das preces ocasionais em posições diferentes de pé ajoelhado rosto no chão etc e virados em direcção a meca o fiel se senta sobre os calcanhares tendo as mãos estendidas em direcção a meca as roupas e o corpo devem estar limpos de todas as impurezas além disso no homem a parte do corpo entre o umbigo e os joelhos deve estar tapada e na mulher só as mãos e a cara poderão estar destapadas tais orações são recitadas em árabe contêm versículos do alcorão e são ao amanhecer ao meio dia entre as três e as cinco da tarde antes do por-do-sol e à noite sendo de preferência na mesquita ou em grupo por todos os islâmicos acima dos dez anos a chamada para a oração é feita por uma corneta chamada muezim numa torre chamada de minarete a qual faz parte de

[close]

p. 8

um santuário ou lugar público de adoração conhecido como mesquita 3º pilar a caridade ­ chamada zakat purificação todo o muçulmano cujas condições financeiras estão acima de um mínimo especificado deve pagar anualmente 2,5 do seu lucro a um companheiro merecedor a um novo convertido ao islamismo a um viajante ou alguém que está envolvido em débitos também deve ser entregue para a propagação do islamismo e do sustento de obras sociais dar esmolas é um acto de profunda religiosidade para o mulçumano 4º pilar o jejum ­ chamado ramadane deve ser observado durante o mês do ramadão mês sagrado o nono do calendário islâmico o qual comemora a primeira revelação do corão recebido por maomé nesta época não é permitido comer beber fumar e manter relações sexuais entre o nascer do sol e o anoitecer estão dispensadas as crianças os dementes os inválidos os idosos e os fracos o viajante o doente ou a mulher que amamenta podem adiar este jejum segundo o islamismo os portões do paraíso se abrem os do inferno se fecham e os que jejuam têm seus pecados perdoados quando o ramadão termina os muçulmanos celebram o eid al fite há troca de presentes orações refeições especiais e os fiéis vestem roupas novas 5º pilar a peregrinação ­ chamada hajj consiste em fazer uma peregrinação anual à cidade sagrada de meca lugar de

[close]

p. 9

nascimento de maomé para quem tiver condições físicas e económicas para isso ou pelo menos uma vez na vida nesta oportunidade todos trajam túnicas brancas leves e simples com o sentido de que todos pareçam iguais diante de alá sem distinção de poder económico ou etnia o alvo da peregrinação é a caaba construção em forma de cubo na qual se reverencia um meteorito negro que fica no centro da grande mesquita de meca os peregrinos dão sete voltas ao redor de caaba tocam e beijam a pedra negra que acreditam tenha sido construída por abraão no dia em que o profeta aceitou a ordem de sacrificar um carneiro em lugar de seu filho este local se tornou num lugar pagão cheio de ídolos maomé retirou as imagens do local após a conquista de meca em 630 e hoje o local é o mais sagrado do mundo islâmico estes cinco são os principais pilares da fé islâmica entretanto a maioria dos eruditos muçulmanos considera o jihad ou guerra santa como o sexto pilar jihad é a batalha por meio da qual se atinge um dos objectivos do islamismo que é reformar o mundo qualquer muçulmano que morre numa guerra defendendo os direitos do islamismo ou de alá já tem sua vida eterna por esta razão todos os que tomam parte dessa guerra santa não têm medo de morrer ou de passar por nenhum risco alcorÃo a palavra alcorão na língua árabe significa leitura recitação e foi definida pelos sábios como sendo a palavra de deus revelada ao profeta muhammad que era analfabeto este teve de memorizar todas as palavras ditando-as aos seus discípulos.

[close]

p. 10

tem na sua recitação uma forma de adoração depois da morte de maomé um grupo de escribas por ordem de abu-bekr começou a assentar tudo por escrito a primeira compilação do corão teria aparecido em 650 d.c o alcorão é o último livro sagrado dado ao homem É eterno escrito em placas de ouro ao lado do trono de alá e recitado a maomé pelo anjo gabriel de acordo com a necessidade É uma colectânea das diversas revelações divinas recebidas por maomé de 610 a 632 e está dividido em 114 suratas capítulos e é formado de um total de 6.342 versículos 77.930 palavras e 323.670 letras há extensa citação indirecta tanto do antigo quanto ao novo testamento embora apregoe que estas obras literárias tenham sido corrompidas através dos séculos a outra fonte de autoridade para os muçulmanos é a sunna a colecção da tradição das declarações e dos feitos de maomé apresentados em forma de hadis breves narrativas são os ensinos de maomé sobre uma série de questões espirituais e terrenas as mensagens principais no livro sagrado são justiça bondade generosidade e igualdade entre os homens não importa raça cor ou condição social todos os preceitos podem ser considerados universais uma vez que neles se podem tanto ver um líder político quanto o cidadão comum uma particularidade do alcorão é a facilidade deus facilitou a sua recitação a sua memorização o seu entendimento e a prática dos seus ensinos diz deus o altíssimo em verdade facilitamos o alcorão para a admoestação em verdade facilitamos o alcorão para a recordação 54:17 e 22 e diz em verdade,

[close]

p. 11

temos-te facilitado o alcorão em tua língua para que meditem 44:58 e como consequência dessa facilidade vemos homens mulheres velhos crianças árabes e não árabes mesmo que não saibam nada acerca do idioma árabe todos memorizando esse livro e recitando os seus versículos nas suas casas nas mesquitas e onde mais desejam o alcorão é a última das mensagens reveladas por deus por isso ele é destinado a toda a humanidade e é válido em todas as épocas as suas leis são sempre actuais ele continua da mesma forma em que foi revelado ao profeta sem que se alterasse uma única letra pois deus se responsabilizou em preservá-lo diz deus o altíssimo nós revelamos a mensagem e somos o seu preservador 15:9 e diz este é um livro veraz por excelência a falsidade não se aproxima dele o livro nem pela frente nem por trás é a revelação do prudente laudabilíssimo 41:41 e 42 diz a doutrina que maomé foi o último profeta de deus ao todo segundo o corão foram 120 os profetas homens piedosos e íntegros que teriam recebido mensagens divinas o primeiro foi adão que teria recebido o perdão divino o corão reconhece como livros sagrados e revelados por deus as escrituras de abraão a torah de moisés os salmos de davi e os evangelhos de jesus artigos de fÉ do islamismo o islamismo crê que existe um só deus verdadeiro e seu nome é alá.

[close]

p. 12

alá não é um deus pessoal santo ou amoroso pelo contrário está distante e indiferente mesmo de seus adeptos suas ordens expressas no corão são imperativas injustas e cruéis segundo maomé ele é o autor do bem e do mal num dos anais que descreve as mensagens de alá para maomé ele diz lutem contra os judeus e matem-nos em outra parte diz oh verdadeiros adoradores não tenham os judeus ou cristãos como vossos amigos eles não podem ser confiados eles são profanos e impuros o islamismo crê erroneamente em anjos segundo eles gabriel foi quem transmitiu as mensagens de alá para maomé É ensinado que os anjos são inferiores aos homens mas intercedem pelos homens o islamismo crê que existe um só livro sagrado dado por alá o corão escrito em árabe os muçulmanos crêem que alá deu uma série de revelações incluindo o antigo e o novo testamento que é chamado de corão segundo eles as antigas revelações de alá na bíblia foram corrompidas pelos cristãos e por isso não são de confiança o islamismo crê que maomé é o último e o mais importante dos profetas o islamismo crê na predestinação do bem e do mal tudo o que acontece seja bem ou mal é predestinado por alá através de seus decretos imutáveis o islamismo crê que haverá o dia da ressurreição e julgamento do bem e do mal neste grande dia todos os feitos do homem,

[close]

p. 13

seja bem ou mal serão colocados na balança os muçulmanos que adquirirem suficientes méritos justos e pessoais em favor de alá irão para o céu todos os outros irão para o inferno o islamismo declara que a salvação depende da aplicação dos cinco pilares sobre os quais o islão está fundamentado a saber a fé chahada a oração salat a caridade zakat jejum siyam e a peregrinação a meca hajj jesus é respeitado e reverenciado no islamismo como um dos maiores mensageiros de deus para a humanidade maomé é o maior e o último deles crêem que nasceu da virgem maria contudo ele não pode ser considerado filho de deus num sentido especial como o cristianismo atribui negam também a sua divindade bem como sua morte na cruz e assim consequentemente negam seu sacrifício vicário e a redenção do ser humano por meio da sua morte que são sustentáculos do cristianismo isso se dá devido ao facto de que o retrato feito de jesus no alcorão é baseado nos evangelhos apócrifos que foram rejeitados pelo cristianismo e não nos canónicos mateus marcos lucas e joão os eruditos muçulmanos dizem do espírito santo tratar-se do anjo gabriel crêem também que as palavras de jesus referentes ao espírito santo sejam aplicadas a maomé este seria o consolador o espírito da verdade que jesus havia profetizado em joão 16:12-13 alÁ e o deus da bÍblia

[close]

p. 14

o islamismo reivindica que alá é o mesmo deus revelado na bíblia isso logicamente implica num sentido positivo que o conceito de deus mencionado publicamente no alcorão corresponde em todos os pontos ao conceito de deus encontrado na bíblia islamismo e cristianismo são apesar das suas semelhanças formais mundos distanciados nessa questão há pontos de conflito que são famosos em trabalhos de estudiosos há mais de mil anos vamos dar apenas uma breve visão das questões envolvidas segundo a bíblia deus pode ser conhecido jesus cristo veio ao mundo para que conheçamos a deus e a vida eterna é esta que te conheçam a ti só por único deus verdadeiro e a jesus cristo a quem enviastes joão 17:3 no islamismo porém alá é desconhecido É tão transcendente tão exaltado que nenhum homem pode sequer conhecer alá pessoalmente enquanto segundo a bíblia o homem pode chegar a um relacionamento pessoal com deus o alá do alcorão é tão distante tão longínquo tão abstracto que ninguém o pode conhecer fala-se do deus da bíblia como um ser pessoal com intelecto emoção e vontade.

[close]

p. 15

isso se contrasta ao alá do alcorão que não é entendido como uma pessoa isso o baixaria ao nível de um homem o conceito de que deus é espírito é um dos pilares da natureza bíblica de deus ensinada pelo próprio jesus cristo em joão 4:24 para o islamismo a ideia de que alá é uma pessoa ou um espírito é blasfémia porque isso rebaixaria o exaltado o deus da bíblia é um deus em três pessoas o pai o filho e o espírito santo essa trindade não são três deuses mas um deus quando nos atemos ao alcorão verificamos que ele nega a trindade explicitamente o alcorão declara que deus não é um pai jesus não é o filho e nem o espírito santo é deus o deus bíblico é limitado por sua própria natureza imutável e inalterável portanto deus não pode fazer qualquer coisa nem de tudo em tito 1:2 lemos que deus não pode mentir somos também informados sobre isso em hebreus 6:18 deus não pode nunca agir de uma forma que viesse contradizer sua natureza divina porque não pode negar-se a si mesmo ii timóteo 2:13 porém quando olhamos o alcorão se descobre que alá não é limitado por nada não é limitado sequer por sua própria natureza alá pode fazer tudo em qualquer lugar a qualquer hora sem nenhuma limitação o amor de deus é o principal atributo do deus bíblico que é revelado em passagens como i joão 4:8 deus é amor ou joão 3:16 porque deus amou o mundo deus tem sentimentos por suas criaturas especialmente o homem.

[close]

Comments

no comments yet