Informativo Dezembro Especial 2016

 

Embed or link this publication

Description

Informativo Dezembro Especial 2016

Popular Pages


p. 1

INFORMATIVO Edição 04 - Dezembro 2016 RETROSPECTIVA Retrospectiva CRQ-III: principais fatos e mudanças setoriais da gestão Mudar para Crescer Página: 4 Entrevista: Plankton Brazil apresenta os benefícios do uso de microalgas Página: 8 Cenário Internacional: descoberta promete revolucionar tratamento contra o Câncer Página: 9

[close]

p. 2

EXPEDIENTE Isaac Plachta Presidente Eduardo Falabella de Souza Aguiar Vice-Presidente José Antonio de Carvalho e Silva Tesoureiro Paul Antoine Maron Gédéon Secretário Conselheiros Adelaide M. S. Antunes David Tabak Eduardo F. S. Aguiar Harley M. Martins José Antonio C. e Silva Luiz Alberto F. da Silva Marcio F. Oliveira, Paul A. M. Gédéon Sérgio P. Machado Carla C. da Silva Daniel Pomeroy Gabriel O. Apolinário Gandhi Giordano Hélio Camarota Jorge C. Messeder Rafael B. Almada Rafael Gama Escritório - Campos Pça. Santíssimo Salvador, nº41, sala 405 Centro - Campos dos Goytacazes, RJ CEP 28010-000 Telefone: (22) 2733-4551 atendimento.campos@crq3.org.br Escritório - Macaé Rua Dr. Luiz Belegard, nº68, sala 203 Centro - Macaé, RJ CEP 27900-000 Telefone: (22) 2762-0642 atendimento.macae@crq3.org.br Escritório - Volta Redonda Rua Lúcio Bittencourt, nº109, salas 213 e 214 Vila Santa Cecília Volta Redonda, RJ CEP 27260-110 Telefone: (24) 3340-4252 atendimento.voltaredonda@crq3.org.br 2 2016 foi marcado por uma crise em todos os setores, que criou desafios para as empresas e profissionais. Os químicos precisaram se readequar para fornecer alternativas para o mercado reaquecer. Afinal, a química é uma das ciências de avanços tecnológicos que mais contribui para o progresso da humanidade. Para o Conselho Regional de Química – Terceira Região, este ano foi um marco de desenvolvimento. Desde a reforma da sede até o reposicionamento de gestão, a diretoria Mudar para Crescer buscou dos departamentos ações estratégicas para alinhamento das atividades e elaboração de um planejamento macro que alcançasse resultados positivos. Outro motivo de orgulho e motivação foram as dinâmicas realizadas no Dia Nacional do Químico, com atividades de conhecimento em nossa sede e no Museu do Amanhã, que aproximaram nossa ciência da sociedade em geral. No segundo semestre de 2016, o CRQ-III desenvolveu eventos institucionais com intuito de estreitar relações com Instituições de Ensino e Entidades do setor a fim de propiciar aos profissionais e universitários oportunidades de conhecimento e integração com o mercado de trabalho. Como consequência deste encontro, diversas questões foram pontuadas pelos participantes e para melhor discussão e solução dos problemas foram criados os Comitês Temáticos. Em 2017, o Conselho Regional de Química – Terceira Região completa 60 anos de história. São novos desafios e perspectivas para realizarmos, pois queremos um setor ainda mais forte e unido. Conte sempre conosco e tenha certeza que o CRQ-III é a casa do químico. Desejo a todos boas festas, sucesso e realizações! Presidente Isaac Plachta FALE CONOSCO Quem deve informar ao CRQ-III quando o Responsável Técnico deixa a empresa? É obrigação do profissional comunicar xada via e-mail (registropj@crq3.org. ao CRQ sua saída ou a eventual troca br), no prazo de 24 horas, conforme de cargo ou função que o impeça de exige o artigo 350 do Decreto-Lei nº continuar respondendo tecnicamente 5.452/43-CLT. O infrator estará sujeito pela empresa. Essa comunicação deve a multa e processo ético. Também poser feita por escrito, por carta, enca- derá ser multada a empresa que não minhada via postal para Rua Alcindo providenciarasubstituiçãoimediatado Guanabara, 24, 13º andar, Centro, Rio profissional. de Janeiro-RJ / CEP 20031-130 ou ane- faleconosco@crq3.org.br

[close]

p. 3

Nacional BRASIL LANÇA PLATAFORMA PARA INCENTIVAR MERCADO DE BIOCOMBUSTÍVEIS O governo brasileiro divulgou durante a 22ª Conferência das Partes (COP 22) da ONU (Organização das Nações Unidas), no Marrocos, a plataforma Biofuturo, um mecanismo para incentivar o uso de biocombustíveis no Brasil e no mercado internacional. A plataforma pretende atrair as atenções do mundo para o desenvolvimento de biocombustíveis de segunda geração produzidos em território brasileiro. O objetivo da ferramenta é promover o uso dos biocombustíveis para cortar as emissões de gases do efeito estufa na área de transporte e, como consequência, conter o aquecimento global. No lançamento, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, declarou que o projeto contribuirá para o cumprimento das metas brasileiras de corte de emissões. “A iniciativa abre espaço para uma bioeconomia totalmente nova e de baixo carbono, porque oferece alternativas ao material de origem fóssil”, analisou Sarney. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, reforçou a necessidade de medidas de baixo carbono na área de transportes. “É necessário que as sociedades de outros países abram suas fronteiras para os biocombustíveis no sentido de reduzir as emissões de gases de efeito estufa”, afirmou Maggi. Além disso, o objetivo da ferramenta é atuar como um instrumento para atrair investidores e formuladores de políticas públicas. O subsecretário-geral de Meio Ambiente do Ministério de Relações Exteriores, embaixador José Antonio Marcondes de Carvalho, ressaltou que o sistema fomentará ações de produção, comercialização e pesquisa de biocombustíveis. O acordo formado com plataforma inclui o Brasil e o Marrocos, anfitriões do evento de lançamento, e outros 18 países: Argentina, Paraguai, Uruguai, Canadá e EUA (Américas); Dinamarca, Finlândia, França, Holanda, Itália, Reino Unido e Suécia (Europa); China, Filipinas, Índia e Indonésia (Ásia); Egito e Moçambique (África). Todos eles serão envolvidos em um modelo operacional flexível, com a meta de aumentar o diálogo político entre os países nas áreas de pesquisa e desenvolvimento (P&D). 3

[close]

p. 4

Reforma da Sede Este é o primeiro legado do ano. Após uma grande reforma, o CRQ-III ganhou a inclusão de novas mídias, tecnologias e identidade visual. A recepção e o auditório tornaram- -se modernos e mais confortáveis para receber os pro ssionais e empresas. 4 Dia Nacional do Químico Celebramos a data com palestras de renomados pro ssionais do mercado de trabalho em um evento realizado no Auditório da Sede. Eventos inte O Auditório da Sede receb tipos de eventos, com palestras, seminários, w reuniões e apresenta trabalhos. Química e a Sociedade Em parceria com o SENAI ISI Química Verde, realizamos experimentações químicas abertas ao público no Museu do Amanhã. CRQ-III em ação O caso do esverdeamento das águas no Parque Aquático Maria Lenk, ocorrido durante os Jogos Olímpicos, foi scalizado pelo CRQ-III e gerou multa para o Comitê Rio 2016. Ações Soci O Conselho também prom nhas de sensibilização d Rosa e Novembro Azul, solidária para a Casa d à Criança com Cân Santa Teresa.

[close]

p. 5

Retrospectiva O ano foi marcado por grandes momentos no Conselho Regional de Química – Terceira Região ernos beu diversos mo cursos, workshops, ação de 2016Eventos externos Priorizamos a institucionalização com as instituições de ensino através de patrocínios, apoios e palestras. Ao todo, mais de 20 eventos contaram com a participação efetiva do Conselho. O CRQ-III esteve presente na TeQ 2016 com um estande para atendimento ao público e palestras. Café com Presidente Campanhas Reuniu instituições de ensino e entidades com o objetivo de apresentar propostas para melhorias do setor e possíveis parcerias a m de quali car cada vez mais os pro ssionais e estudantes da química. iais moveu campado Outubro e doação de Apoio ncer A campanha #SouCRQ tem o objetivo de valorizar o pro ssional do setor químico. Para isso, foram criadas peças grá cas, digitais e camisas que homenagearam algumas pro ssões. 5

[close]

p. 6

RETROSPECTIVA Atendimento Sede A recepção da Sede conta com atendimento de três pro ssionais, divididos em Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Em 2016, foram atendidos 4.013 pro ssionais e 1.385 empresas, gerando 8.427 protocolos. O canal“Fale conosco”recebeu 3.300 e-mails, que foram respondidos e encaminhados aos setores responsáveis. Atendimento Escritórios Nos Escritórios Regionais de Volta Redonda, Macaé e Campos, o número de atendimento de Pessoa Física totalizou 184, 312 e 262, respectivamente. Já o atendimento de Pessoa Jurídica foi de 105, 66 e 43, gerando 613, 696 e 459 protocolos. Arquivo As atividades desempenhadas pelo setor no âmbito cotidiano incluíram aproximadamente: Organização física do arquivo permanente e corrente: 18.500 e 27.800 Início do inventário do Arquivo corrente de PJ e PF: 3.200 e 4.000 Documentos e processos recebidos em 2016: 17.100 Compras Conduziu a execução dos projetos de reestruturação do layout funcional do CRQ-III, iniciado em novembro de 2015 e concluído em fevereiro de 2016, o qual compreendeu a contratação e scalização de mais de 10 fornecedores, com foco nas boas práticas para a contratação e aquisição na Administração Pública. Ampliou a divulgação e publicidade de suas ações no Portal da Transparência e no site, as quais geraram novas contratações e aquisições e cientes às necessidades do Conselho. Comunicação O setor foi responsável pela reformulação da identidade visual e do site, visando facilitar o acesso à informação em dispositivos móveis, como consequência o tempo de permanência do usuário e o número de visitantes aumentaram. A criação das redes sociais gerou em apenas seis meses, mais de 850 seguidores. Outro ponto de contato utilizado foi o e-mail marketing com mais de 40 informativos enviados, totalizando 950 mil contatos com o público. 6

[close]

p. 7

2016 - SETORIAL Financeiro Recebeu mais de 2.600 e-mails referentes a quatro assuntos: boletos bancários, isenção, taxa/anuidade e termo de con ssão de dívida. Em parceria com o Jurídico, o setor trabalhou também na recuperação de crédito através de renegociações com pro ssionais e empresas. Além disso, atualizou 885 cadastros de Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Fiscalização Requerimentos de Pro ssionais/Empresas: 8.453 Vistorias: 232 (PJ: 226 e PF: 16) Pro ssionais scalizados: 391 (PJ: 260 e PF: 131) ID emitidas: 1.634 Certi cados de ART emitidos: 1300 (PJ: 1177 e PF: 123) Jurídico O setor movimentou as ações e distribuiu mais de 400 execuções Fiscais de Pessoa Jurídica para a recuperação dos créditos e mais de 7 mil execuções Fiscais relacionadas à Pessoa Física. Foram elaborados e enviados em torno de 700 ofícios para as Instituições de Ensino e as Empresas com o cunho informativo das Resoluções normativas, com retorno de 26%. Emissão de pareceres para a realização de contratações para o Conselho e elaboração de normas e procedimentos para todos os setores. Recursos Humanos O Conselho possui 10 convênios com empresas e instituições de ensino dos mais diversos ramos que estão disponíveis no site. São oportunidades para os funcionários e pro ssionais registrados, extensivo aos dependentes. Além disso, realizou análise e de nição de premissas e novas políticas de RH. Tecnologia da Informação O setor contribuiu para o funcionamento diário dos computadores e servidores. Ao longo deste ano, foram realizadas melhorias em equipamentos, auditoria e implementação de boas práticas do Tribunal de Contas da União, modernização do sistema e visitas técnicas aos escritórios regionais. 7

[close]

p. 8

PLANKTON BRAZIL APRESENTA OS BENEFÍCIOS DO USO DE MICROALGAS No evento comemorativo do Dia Nacional do Químico, no Museu do Amanhã, um fotobiorreator planar de escala laboratorial chamou atenção de visitantes e profissionais. Era o stand da Plankton Brazil, um projeto que desenvolveu e ampliou o uso de microalgas no país. O Conselho Regional de Química – Terceira Região entrevistou a equipe responsável para conhecer essa solução biotecnológica. A Plankton Brazil desenvolve e executa pesquisas, consultorias e projetos de sistema de produção de microalgas. Esta solução pode ser utilizada em quais finalidades? Atualmente, a biomassa de microalgas e/ou seus derivados são utilizados como matéria-prima em diversas indústrias, por exemplo: indústria química com a fabricação de biopolímeros, produção de fertilizantes, geração de etanol e hidrogênio; indústria farmacêutica na fabricação de compostos naturais com propriedades antioxidantes; indústria de alimentos com a produção de pigmentos naturais e fonte proteica; além de ter vasta aplicação no setor de meio ambiente, onde o cultivo de microalgas pode ser utilizado no tratamento de efluentes industriais e agrícolas. O tema sustentabilidade é debatido e alvo de grandes esforços por países e indústrias. As microalgas são soluções que preservam o meio ambiente e não comprometem os recursos naturais das gerações futuras? Sim, quando pensamos em uma matéria-prima renovável, produzida de forma sustentável e com grandes contribuições para as gerações futuras, podemos destacar as microalgas como um grande e, talvez, o melhor exemplo a ser utilizado. Os microrganismos se encontram na base da cadeia alimentar, não necessitam de áreas férteis para serem produzidos e produzem a maior parte do oxigênio disponível na atmosfera. Na atividade industrial, os cultivos de microalgas podem ser implementados com o propósito de mitigação de cargas eutrofizantes contidas em diferentes efluentes industriais e agrícolas, além de emissão de dióxido de carbono, já que apresentam grande capacidade de assimilação desses poluentes. A química é uma ciência que promove inovações tecnológicas e naturais para todos os setores através de pesquisas. Como a vivência em laboratórios despertou o interesse pela química? A experiência laboratorial com as microalgas nos traz a grande necessidade de aprofundamento dos conhecimentos em química, tendo em vista as infinidades de substâncias que podem ser obtidas a partir desses microrganismos, principalmente no que diz respeito a técnicas de extração e separação. Como a Plankton Brazil pretende se consolidar como uma referência nacional em produção de biomassa de microalgas? A Plankton Brazil tem como estratégia para consolidação no mercado nacional investir em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica através da formação de uma forte rede de parceiros e pautar as relações cliente/empresa em: responsabilidade social, responsabilidade ambiental, ética, transparência, simplicidade, agilidade, excelência dos serviços e integridade. Além disso, temos o objetivo de nos consolidarmos como maior produtor de biomassa de microalgas do Brasil em menos de uma década. 8

[close]

p. 9

Internacional DESCOBERTA PROMETE REVOLUCIONAR TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER Os químicos do Centro de Investigação em Biomedicina da Universidade portuguesa do Algarve foram liderados por Wolfgang Link, Bibiana Ferreira e Susana Machado. A descoberta foi publicada no artigo da Revista científica PLOS ONE, uma das mais conceituadas mundialmente, nas áreas de ciências e medicina. A equipe apresentou a descoberta do “LOM612”. O composto químico pode ser utilizado como um potente realocador das proteínas ‘Foxo’, que funcionam como proteínas supressoras e surgem, normalmente, inativas em tumores humanos. Além desta relação com o câncer, a variação genética é constantemente associada à longevidade humana. Devido ao seu efeito antiproliferativo nas células cancerígenas, os pesquisadores concluem que a ativação das proteínas ‘Foxo’ através de fármacos pode ser vista como uma nova abordagem terapêutica para o tratamento do câncer e de doenças relacionadas com o avanço da idade. O Centro de Investigação em Biomedicina da Universidade do Algarve é uma unidade de pesquisa e desenvolvimento em ciências biomédicas cujos principais objetivos são a formação avançada de recursos humanos, investigação da etiologia da doença e consequente implementação de estratégias de combate à doença ao nível da prevenção, diagnóstico e terapêutica. Chegou o momento do CRQ-III e a química mais uma vez ajudarem a vida das pessoas. Casa de Apoio à Criança com Câncer Santa Teresa CNPJ 04.158.233.0001-78 Banco Itaú AG.: 8159 CC.: 11043-9 www.caccst.org.br 9

[close]

p. 10

NOVAQUÍMICA ASTRONAUTAS DA NASA USAM PLÁSTICO BRASILEIRO FEITO DE CANA EM ESTAÇÃO ESPACIAL O Plástico Verde da cana-de-açúcar agora é utilizado para a criação de peças no espaço. Os astronautas que estão na Estação Espacial Internacional começaram a usar plástico brasileiro. A matéria-prima chegou ao espaço por meio de uma parceria entre a Braskem, produtora de plásticos, e a Made in Space, uma empresa americana que é fornecedora da Nasa. A tecnologia permite a manufatura de ferramentas e peças diversas a partir de uma impressora 3D que opera em gravidade zero. A equipe de estação espacial pode receber um e-mail com o design digital das peças e imprimi-las no espaço. As empresas desenvolvem a tecnologia para uso no espaço há um ano. O primeiro lote do material foi enviado à estação espacial em um foguete que partiu da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, nos EUA. A primeira peça com o material foi produzida em setembro, um conector de tubos para irrigação de vegetais. “Essa parceria combinamos uma das grandes inovações em polímeros, o Polietileno Verde, com alta tecnologia espacial para a impressão 3D de objetos em gravidade zero. Ter um polímero renovável para impressão no espaço é um marco em nossa história”, afirmou Patrick Teyssonneyre, diretor de Inovação e Tecnologia da companhia. O chamado “plástico verde” é feito a partir de um subproduto do etanol, combustível feito de cana-de-açúcar. O produto é exclusivo da Braskem e começou a ser fabricado em escala industrial na cidade de Triunfo/RS. “A tecnologia tem o potencial de impactar a cadeia do plástico, por meio da viabilização de novas aplicações e da personalização em massa feita com uma matéria-prima de fonte renovável”, avaliou Gustavo Sergi, diretor de Químicos Renováveis da Braskem. A intenção da Braskem é usar a experiência no espaço para buscar novas aplicações para o seu produto, focadas especialmente na tecnologia de impressão 3D. “A capacidade de imprimir peças e ferramentas em 3D sob demanda aumenta a confiabilidade e segurança de missões espaciais. Essa parceria com a Braskem é essencial para a diversificação de matérias-primas usadas na AMF e, assim, tornar a impressão mais robusta e versátil”, concluiu Andrew Rush, presidente da Made In Space. Renovação de ART 2017 Os pagamentos da Taxa AFT e anuidade devem ser quitados até 31 de março de 2017 Conselho Regional de Química - Terceira Região Rua Alcindo Guanabara, 24 - 13º andar Centro - Rio de Janeiro, RJ, CEP - 20031-130 Tel.: (21) 2524-2236 Email: faleconosco@crq3.org.br Seg. a Sex. das 08:30h às 17:30h. 10

[close]

Comments

no comments yet