BALANÇO 2015

 

Embed or link this publication

Description

O Balanço Anual dos Cirurgiões da Alegria apresenta um resumo das atividades desenvolvidas no ano de 2015.

Popular Pages


p. 1

Foto: Rita Braga

[close]

p. 2



[close]

p. 3

Foto: Rita Braga

[close]

p. 4

Índice O brilho nos olhos��������������������������������05 Público impactado�������������������������������43 Olhar dentro de si mesmo����������������������� 06 Prestação de contas������������������������������44 Esse trabalho vai longe������������������������� 08 Origem dos recursos������������������������������45 Quem somos�������������������������������������� 09 Aplicação dos recursos���������������������������46 Principais prêmios e certificações��������������10 Departamento de comunicação�����������������47 O que fazemos�������������������������������������12 Redes sociais & Mailing�������������������������48 Olhares por trás de um nariz vermelho���������14 Por que colaborar com Cirurgiões da Alegria��49 Enquanto isso no hospital���������������������� 15 Como posso colaborar?���������������������������50 Hospitais parceiros�������������������������������18 Saiba mais���������������������������������������� 51 Edital de seleção de novos palhaços�������������19 Patrocinadores�����������������������������������52 Além dos hospitais������������������������������ 20 Conheça nosso time������������������������������59

[close]

p. 5

O brilho nos olhos Como empreendedor social estar à frente de uma Associação de palhaço é um desafio diário e contínuo, já se passaram nove anos e acho que ainda não me acostumei com essa situação. Aprendo todo dia várias coisas novas, mas sei bem o que nos move e o que nos faz persistir nesse ofício, é o brilho nos olhos das crianças, é o sorriso que desabrocha no rosto de um idoso que a princípio nos recebe com um semblante de preocupação, é o abraço apertado de uma mãe que sorrindo nos diz que seu filho recebeu alta. Isso tudo são coisas que não conseguimos mensurar, mas acredito que cada um que trabalha na Associação está procurando cumprir a sua missão da melhor forma possível. Foto: Hiago Vilar A Associação é um organismo vivo e é através dos desafios diários enfrentados que podemos resignificar o presente e planejar o futuro. Dentro deste conceito, as mudanças são necessárias, sempre optamos por modelos organizacionais que estão emergindo, pois acreditamos que podemos ser mais felizes experimentando o novo e não reproduzindo os modelos engessados, mas temos o cuidado de não alterar os princípios que regem as nossas ações que são pautadas em nossos valores e guiadas pela nossa missão. Estamos caminhando para uma década de existência e continuaremos nossa trajetória sempre estimulando o protagonismo, a resiliência, o empoderamento dos sonhos desejáveis de cada um, sempre almejando disponibilizar o que temos de melhor para as pessoas que estão ao nosso entorno e principalmente as que estão hospitalizadas. Mas para isso, precisamos nos unir e reunir pessoas que tenham os mesmos ideais e aquele brilho nos olhos para juntos podermos construir um mundo melhor para todos. Eliseu Pereira Coordenador Geral CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 5

[close]

p. 6

Olhar dentro de si mesmo é... ...Ter a capacidade de enxergar o que verdadeiramente te faz feliz, o que te motiva e o que te leva a lidar de maneira natural com situações adversas. O que te move? O que te instiga? Qual seu propósito? Quais seus projetos? O que te faz escolher um curso, uma profissão? Por que fazer mestrado ao invés de uma pós-graduação ou criar um projeto social ao invés de abrir uma empresa? O que nos motiva pode ser simples como, por exemplo, o desejo de conquistar algo. Se considerarmos a conquista um processo de busca, junto à prática dos nossos dons e talentos, temos aí a possibilidade de alcançar a coerência entre o que somos internamente e o que mostramos ser diante a sociedade. Cirurgiões da Alegria é uma organização cultural de trabalho, inserida no Terceiro Setor e um espaço provocador que aponta para um processo reflexivo da função artística e social dos artistas hoje na sociedade. Temos profissionais com formações bem diferentes e todos inseridos em uma organização que tem como missão “transformar ambientes” por meio da atuação profissional de palhaços, e este talvez seja o maior desafio! Transformar a realidade a partir das habilidades naturais e valores de cada um, podendo ser um estilo de vida que conduz a escolhas mais coerentes. Mas quando falamos em transformar, na verdade queremos dizer “capaz de transformar a si mesmo”, inicialmente. Pois é preciso uma transformação interna, dentro de cada profissional que atua neste setor e nesta organização, para depois expandir-se naturalmente para fora. Olhar para dentro nos permite refletir sobre a razão das atitudes e aprimora a nossa capacidade de enxergar o que se deseja, mesmo quando ainda não existe algo previsto. Nosso olhar para fora nos leva a outros lugares e ambientes que nos instigam, e impulsiona a transformar em alegria: escolas, teatros, empresas, grupos de palhaços e outros lugares que ainda nem sabemos. Mas sem esquecer-se de olhar para aqueles que olham para nós, pois todas essas ações estão sempre sendo apoiadas por empresas e 6 CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015

[close]

p. 7

Foto: Rita Braga pessoas físicas que financiam o projeto através de incentivo fiscal, ou seja, utilizam parte do seu imposto de renda a pagar, para um projeto sócio cultural. E assim, também os apoiadores e sócios mantenedores, todos juntos fazem com que o trabalho seja gratuito para os hospitais e os pacientes. Eficiência, transparência e comprometimento são o que nos move a levar até vocês este livro com todas as nossas realizações de 2015. Uma boa leitura! Regiane Gloria Coordenadora Administrativa CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 7

[close]

p. 8

Foto: Eliseu Pereira Esse trabalho vai longe! Olá para quem não me conhece, eu sou Tiago Abad, Psicólogo e há mais de 10 anos atuo como palhaço de hospital, estudando e pesquisando a linguagem do palhaço. Em 2015 fui convidado para coordenar o departamento artístico e formação de elenco da Associação Cirurgiões da Alegria. E não pensei duas vezes, aceitei o desafio! Iniciamos os trabalhos em janeiro, começando os encontros com o elenco no mês de fevereiro. O primeiro passo foi uma reunião para definirmos os rumos do nosso trabalho, levantarmos as dificuldades de cada artista, e o que acreditávamos ser um ponto a evoluir no elenco. Definimos as datas para acompanhamento do trabalho de cada dupla dentro dos hospitais, e qual objetivo gostaríamos de alcançar até o final do ano. A primeira impressão foi a de artistas com muita vontade de trabalhar, disponíveis para o jogo e para os encontros. Esse foi o fator decisivo para realização do trabalho, inclusive no desafio pessoal de compreender o tipo de humor regional, e entrar em contato com outra cultura, entender o que é típico da região. Um ano se passou, finalizamos o projeto e foi uma baita honra estar com todo esse elenco. Trabalharmos juntos, e percebermos o desenvolvimento de todos ao longo do caminho (inclusive o meu desenvolvimento) foi sensacional! Em resumo, foi um grande desafio participar de um projeto com 9 anos de existência, e como responsável do departamento artístico e formação do elenco, deu frio na barriga, me perdi, me encontrei, nos encontramos, mas finalizamos um ano com várias metas concluídas. Criamos espetáculos, aumentamos o repertório artístico individual e em grupo, aprofundamos o trabalho nos espetáculos que já existiam, apresentamos esses espetáculos, criamos um manual com os exercícios específicos para palhaço de hospital. Por tudo isso e mais um pouco, botei o pé na estrada e aceitei o desafio de trabalhar nessa Associação. Fizemos esse lindo trabalho acontecer mais um ano! Esse trabalho vai longe! Tiago Abad Formador de Elenco, Palhaço e Psicólogo. 8 CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015

[close]

p. 9

Foto: Rita Braga CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 9

[close]

p. 10

10 C I R U R G I Õ E S D A A L E G R I A • B A L A N Ç O 2 0 1 5

[close]

p. 11

XV Prêmio Expressão Regional - 2015 Concedido em reconhecimento ao valioso desempenho e pelos relevantes serviços prestados à nossa comunidade. Prêmio Status Publicidade e Pesquisa – 2012 Prêmio qualidade total em produtos e serviços, destaque obtido em pesquisa de opinião publica pelo magnífico desempenho. 2º Prêmio Revista Proativa – 2015 OPrêmioRevistaProativatemporobjetivovalorizar as ações que constroem, com a convivência entre si, uma vida mais solidária e mais fraterna e que tem a consciência de: “Pensar Globalmente e Agir Localmente, influenciando a comunidade a olhar diferente para um Futuro Melhor”. Prêmio Brasil Criativo - 2014 O Prêmio tem a finalidade de identificar, reconhecer, fomentar, apoiar e difundir projetos ou empreendimentos da Economia Criativa brasileira e é apresentado pelo Ministério da Cultura. O nosso projeto foi selecionado ente 1029 iniciativas, ficando com colocação entre os três melhores, finalista na categoria teatro. XIV Prêmio Expressão Regional - 2014 Concedido pela Revista Expressão Regional em reconhecimento ao valioso desempenho e aos relevantes serviços prestados à comunidade. Prêmio Cidadão de Poesia - 2013 Organizado pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Limeira e Região (SINECOL). Foi uma homenagem concedida pelo reconhecimento dos serviços prestados à cidade no segmento da cultura. Certificação de Utilidade Pública Municipal - 2012 Decreto nº 515 de 27 de dezembro. Prêmio Cultura e Saúde - 2010 Concedido pelo Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura em articulação com o Ministério da Saúde. O prêmio aponta o papel relevante de ações artísticas e culturais no âmbito da saúde. II Prêmio Jornal Agro – 2009 e 2010 Prêmio de reconhecimento à contribuição para o desenvolvimento e crescimento da nossa comunidade e do país no segmento cultural. IX Prêmio Expressão Regional - 2009 Concedido em reconhecimento ao valioso desempenho e pelos relevantes serviços prestados à nossa comunidade. Reconhecimento do Rotary Club Limeira Norte - 2007 Concedido pelos serviços prestados à comunidade no segmento da cultura. CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 11

[close]

p. 12

O que fazemos PROGRAMA VISITA DA ALEGRIA 12 C I R U R G I Õ E S D A A L E G R I A • B A L A N Ç O 2 0 1 5

[close]

p. 13

Através do Programa Visita da Alegria, uma dupla de palhaços interage com crianças e adultos de um hospital parceiro, uma vez por semana, 6 horas por dia durante o ano todo, criando laços de amizade e cumplicidade com os pacientes, seus parentes e profissionais da saúde. Em 2015 o programa completou nove anos, chegando a sessenta e quatro mil visitas. Hospital Municipal Dr. Mário Gatti Campinas Foto: Rita Braga Foto: Rita Braga As intervenções estão pautadas na permissão e em nossos valores, que são: alegria, qualidade, transparência, sutileza nas relações e profissionalismo. Hospital Humanitária Limeira Hospital Unimed Limeira O trabalho realizado dentro dos hospitais exige grande sensibilidade do artista. Aliás, é trabalho tão humano, que antes de qualquer habilidade artística, habilidade técnica ou até mesmo alegria, há o lado humano agindo. Deve-se, antes de mais nada, perceber, ouvir, olhar, observar, sentir! CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 13 Foto: Rita Braga

[close]

p. 14

Foto: Rita Braga 14 C I R U R G I Õ E S D A A L E G R I A • B A L A N Ç O 2 0 1 5

[close]

p. 15

O hospital é acima de tudo um local de encontro. Encontro do palhaço com outras pessoas e suas histórias. É engraçado ver que as histórias também não saem à toa e nem a qualquer tempo, na verdade, é preciso tempo para que elas possam surgir, é por isso que um trabalho com continuidade e presença é importante. As relações são construídas, não nascem prontas e muitas histórias já se passaram durante todos esses anos. Enquanto isso no hospital Por que tem Palhaço Aqui? Era uma manhã de terça feira, e lá estávamos no hospital Mário Gatti. Caminhávamos no corredor do pronto socorro infantil, eu dedilhava meu violão e o Cirurgião Nélson do Bigodinho a sua escaleta melódica e colorida, que exalava os mais variados acordes compondo uma linda música. Aos poucos a agitação do ambiente foi sendo substituída pela curiosidade, fazendo com que as pessoas deixassem seus afazeres e saíssem das salas de atendimento para vir ao encontro da música que adentrava as mais estreitas brechas do dengário (local onde ficam as pessoas com dengue, segundo uma enfermeira amiga nossa). Estávamos fazendo a festa, quando de repente, de uma das portas do extenso corredor, sai uma garotinha de cabelos longos e pretos, que ao nos ver começou a pular feito milho de pipoca na panela quente. Fomos nos aproximando devagar e quanto mais próximos, mais ela pulava. Não sabemos ao certo o que acontece quando nos aproximamos de algumas crianças, que ao nos ver, despertam as mais inusitadas sensações, que vão desde choro, avalanche de riso, ou até correria para nos abraçar. (E essa menininha só pulava) CIRURGIÕES DA ALEGRIA • BALANÇO 2015 15

[close]

Comments

no comments yet