ANAIS do Fórum Ambiental UniSALESIANO

 

Embed or link this publication

Description

Revista Eletrônica do Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium

Popular Pages


p. 1

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba Caderno de Resumos ISSN 1

[close]

p. 2

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba Xxxxxx UniSALESIANO - Anais do Fórum Ambiental UniSALESIANO, Caderno de Resumos, Araçatuba, 2016. 85f. Organização: Rossana Abud Cabrera Rosa. 1. Meio Ambiente. 2. Preservação Ambiental. 3. Sustentabilidade. UniSALESIANO / BC CDU - 2

[close]

p. 3

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba Apresentação A Revista Fórum Ambiental – Anais, foi pensada com o objetivo de agregar os trabalhos institucionais apresentados durante o Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016. Trabalhos estes, que apresentam olhar voltado para a sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. O desenvolvimento destes trabalhos, foi pautado na preocupação de conhecimentos e tecnologias que priorizem em suas atividades o uso racional dos recursos naturais disponíveis, assim como as formas de utilização da natureza, priorizando a preservação e renovação dos recursos naturais. A primeira edição da Revista Fórum Ambiental – Anais, editada em 2016, apresenta artigos desenvolvidos no Centro Universitário católico Salesiano Auxilium – UniSALESIANO Araçatuba, mas, nas próximas edições poderá aceitar resumos de outras instituições, nacionais ou estrangeiras, que venham participar do referido fórum. A publicação é de periodicidade bianual, acompanhando as edições do Fórum Ambiental, é uma publicação em meio digital, e abrange trabalhos de pesquisa, iniciação científica, conclusão de curso e outros de natureza técnico-científica. Corpo Editorial Conselho Diretivo Pe. Luigi Favero - Presidente Prof. André Luis Ornellas - Vice-presidente Prof. Rossana Abud Cabrera Rosa - Coordenadora da Revista Conselho Editorial Prof. André Rowe Prof. Antônio Moreira Profa. Ariadine Pires Profa. Ana Carolina Lima Frade Gomes Profa. Carla Komatsu Machado Profa. Claudia Cristina Cyrillo 3

[close]

p. 4

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba Profa. Claudia Lopes Ferreira Prof. Fernando Sávio Rodrigues Prof. Helton Laurindo Simoncelli Prof. José Carlos Lorenzetti Profa. Juliana Maria Mitidiero Profa. Maria Aparecida Teixeira Profa. Mirella Martins Justi Prof. Nelson Hitoshi Takiy Profa. Rossana Abud Cabrera Rosa Prof. Rubens Guilhemat Profa. Sheila Cardoso Ribeiro Prof. Edval Rodrigues de Viveiros Conselho Consultivo Profa. Sueli Nascimento– Língua Portuguesa Capa, Diagramação e Arte-Final Prof. Maikon Luis Malaquias Centro Universitário Católico Saleisano Auxilium – UniSALESIANO Araçatuba MSMT UniSALESIANO Araçatuba Rodovia Senador Teotônio Vilela, 3.821 - Jardim Alvorada - Araçatuba - SP - Brasil (18) 3636-5252 - Fax (18) 3636-5274 E-mail: UniSALESIANO@UniSALESIANO.com.br Site: www.UniSALESIANO.edu.br Normas para publicação A Revista Fórum Ambiental – Anais é destinada à publicação exclusiva dos Resumos apresentados durante o Fórum Ambiental UniSALESIANO. A primeira edição do Fórum foi realizada de 16 a 21 de setembro de 2016 e o mesmo será organizado de forma bianual. 4

[close]

p. 5

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba As inscrições de trabalhos científicos para apresentação na próxima edição do Fórum Ambiental UniSALESIANO, prevista para setembro de 2018, serão realizadas a partir da disponibilização das normas para inscrição através do site ww.unisale.com.br. Os textos poderão ter sido originados em disciplinas acadêmicas, como resultado de pesquisa de iniciação científica ou como produto de trabalho de conclusão de curso. A ordem em que aparecem os nomes dos autores poderá ser alfabética quando não houver prioridade de autoria, sendo que o nome do orientador aparecerá por último. Havendo prioridade de autoria do artigo, a ordem de colocação dos nomes corresponderá o primeiro nome sendo o autor principal, e os demais na ordem hierárquica de importância, figurando o nome do orientador por último. Se o trabalho envolver pesquisa com seres humanos deverá ser mencionado o número do processo de autorização pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Contato Sugestões de temas para publicações, críticas e contribuições pertinentes podem ser endereçadas ao email: rossana@unisalesiano.com.br. Ou também através do telefone PABX (18) 3636-5252. Endereço: Rodovia Senador Teotônio Vilela, 3.821 –Bairro Alvorada CEP: 16016-500 Araçatuba - SP 5

[close]

p. 6

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba Sumário ADMINISTRAÇÃO ....................................................................................................................................... 11 A INFLUÊNCIA DO MARKETING VERDE NO FORTALECIMENTO DE UMA MARCA COM RESPONSABILIDADE SOCIAL - Michele Mendes Flauzino, Gislene Marcelino, Cláudia Cristina Cyrillo Pereira .................................................................................................................. 12 BIOMEDICINA................................................................................................................................................ 13 PRODUÇÃO CIENTÍFICA MUNDIAL EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - Cátia Cândida de Almeida, Milena Araújo Tonon Corrêa, Rosa Valéria Abreu Rowe...................................... 14 ATUAÇÃO DO BIOMÉDICO NA PREVENÇÃO DA TUBERCULOSE - Daniela de Souza Silva, Natália Francisco Scaramele, Thaís Verônica Saori Tsosura, Gislene Marcelino, Rossana Abud Cabrera Rosa.......................................................................................... 15 INCIDÊNCIA E PREVALÊNCIA DO HPV (PAPILOMAVÍRUS HUMANO) EM ADOLESCENTES, NA CIDADE DE ARAÇATUBA- SP- Mayara Pepece Brassioli, Juliane C. T Sanches, Natalia Felix Negreiros.................................................................................... 16 INCIDÊNCIA, PREVALÊNCIA E TAXA DE MORTALIDADE DE CÂNCER DE MAMA NA REGIÃO DE ARAÇATUBA - Maisa G. Carvalho Pereira, Natalia Felix Negreiros, Juliane C. T Sanches....................................................................................................................................................... 17 O BIOMÉDICO CONTRIBUINDO NA PREVENÇÃO DAS DST/HIV/AIDS - Daiane Norato, Graziela Diniz, Juliana Viana, Letícia Facchini Rubia, Gislene Marcelino, Rossana Abud Cabrera Rosa...................................................................................................................... 17 PREVENÇÃO DA DENGUE: UMA CONTRIBUIÇÃO DO PROFISSIONAL BIOMÉDICO NA PROMOÇÃO DA SAÚDE - Caio Luís Nogueira Tonsig, Maisa Carvalho, Mayara Brassioli, Sidnei Ferro Costa, Gislene Marcelino, Rossana Abud Cabrera Rosa.............. 18 PREVENÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL AMERICANA: A BIOMEDICINA A SERVIÇO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE - Luana Silva, Michele Godói da Silva, Gislene Marcelino, Rossana Abud Cabrera Rosa .............................................................................................. 20 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.......................................................................................................................... 21 MONITORAMENTO E DIAGNÓSTICO MOLECULAR DAS ÁGUAS DOS RIOS DE ARAÇATUBA-SP - Carlos Eduardo Lopes de Oliveira, Eliane Patrícia Cervelatti, Natália Felix Negreiros.................................................................................................................................................... 22 CIÊNCIAS CONTÁBEIS............................................................................................................................ 23 CONTABILIDADE PÚBLICA: INVESTIMENTO EM MEIO AMBIENTE COMO GERADOR DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - Matheus Malone Marcon Nunes, Gustavo Henrique R. Barbosa, João Marcos Medeiros Scaramelli, Fabiane Cristina Spironelli ................................................................................................................................................................ 24 DIREITO............................................................................................................................................................ 25 APLICAÇÃO DO DIREITO AMBIENTAL NA REPARAÇÃO DE DANOS DECORRENTES DE ACIDENTES DE TRABALHO - Arnaldo Gaspar Eid .......................... 26 MEIO AMBIENTE DO TRABALHO - Eliseu Roberto Grossi, Guilherme Barducci da Silva, José Antônio Pancotti Junyor, Fabíola Aparecida Delben Costa.................................. 27 6

[close]

p. 7

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba CONSUMO SUSTENTÁVEL: A PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE NO CDC - Fabíola Aparecida Delben Costa, Helton Laurindo Simoncelli..................................................................... 28 REFUGIADOS AMBIENTAIS - Guilherme Barducci da Silva, Eliseu Roberto Grossi, Sérgio Henrique dos Santos Matheus, Fabíola Aparecida Delben Costa ............................. 29 PROTOCOLO DE CARTAGENA E A BIOSSEGURANÇA NO BRASIL - Valdir Cavazzana, Fabíola Aparecida Delben Costa e Fernando Rosa Júnior ................................ 30 EDUCAÇÃO FÍSICA ................................................................................................................................... 31 A INFLUÊNCIA DA POLUIÇÃO DO AR NA CORRIDA DE RUA - André Jokura.............. 32 ENFERMAGEM............................................................................................................................................. 32 PROMOÇÃO DA SAÚDE AMBIENTAL: UMA CONTRIBUIÇÃO DA ENFERMAGEM Bianca dos Santos Vidoto, Bruna Mara de Mattos,Iuly Tardivel Stiegele, Gislene Marcelino, Cláudia Cristina Cyrillo Pereira............................................................................................ 33 RESPONSABILIDADE DA ENFERMAGEM NO GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE - Michele Mendes Flauzino, Gislene Marcelino, Cláudia Cristina Cyrillo Pereira................................................................................................................... 34 ENGENHARIA DE BIOPROCESSOS................................................................................................ 35 VARIAÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA DO ETANOL COMBUSTÍVEL - Jaqueline Damico Lisboa, Natalia Felix Negreiros, Juliane Cristina Trevisan Sanches ........................................ 36 PRODUÇÃO DE CERVEJA ARTESANAL ESTILO AMERICAN PALE ALE - Diogo Kazu Italo Martinez, Leonardo Cecato Brito, Lucas Edson Palamim, Rony Felipe Gadagnotto, Vinicius Chrisóstomo Corêa, Andréa Fontes Garcia........................................................................ 38 INFLUÊNCIA DO HERBICIDA HEXAZINONA SOBE O CICLO REPRODUTIVO DE CAMUNDONGOS - Amanda da Silva Ribeiro, Daniela de Souza Silva, Natalia Felix Negreiros,,Juliane C. T Sanches ............................................................................................................... 39 ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO .................................................................................................... 40 GERENCIAMENTO SUSTENTÁVEL DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA RESIDENCIAL - David Allan dos Reis Borelli, Guilherme da Silva Oliveira, José Aparecido Bicharelli, Alexandre Marcelino da Silva, Rodrigo Simon ....................................... 41 MICRO ESTAÇÃO AGRO CLIMATOLÓGICA COM EMPREGO DO ARDUINO - Rafael de Souza Capelari, Rafael Marcelino de Jesus, Alexandre Marcelino da Silva ................. 42 ENGENHARIA ELÉTRICA....................................................................................................................... 43 MOTOR STIRLING: POSSIBILIDADES PARA PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL - Gustavo Coelho Rodrigues, Lucas Gustavo Fernandes ............................................................. 44 SIMULAÇÃO DE USINA TERMELÉTRICA - Alessandro Fortuna, Danilo Bertaglia, Danilo Custódio, Gabriel Bevilaqua, Gustavo Carrilho, Malcolm Martins, Pamella Polido, Edval Rodrigues de Viveiros ........................................................................................................................ 45 ENGENHARIA MECÂNICA ..................................................................................................................... 46 7

[close]

p. 8

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba DESENVOLVIMENTO DE UMA MÁQUINA PARA COMPRESSÃO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS - Cristiano Fiumari Steluti, Danilo Gomes Augusto, Francine Matos Pereira de Souza, Matheus Mendes Salesse, Gustavo Borges Torresan, Fernando Gabriel Eguía Pereira Soares, Thiago Santana Aranha................................................................. 47 INJETORA DE AÇÃO PNEUMÁTICA PARA INJEÇÃO DE POLÍMEROS EM LABORATÓRIOS/BANCADAS DE TESTE - Rafael Martinez Favareto, Alisson A. Bachiega Righetti, George Takeo Honda, Sandro Costa Feltrin, Daniel Augusto Cogo, Guilherme Yusuke Nishikawa, Fernando Gabriel Eguia Pereira Soares, Thiago Santana Aranha .................................................................................................................................................................... 48 SISTEMA DE AUTOMAÇÃO PARA PAINÉIS SOLARES - Edson Kenji Issejima, Lucas Gustavo Fernandes, Edval Rodrigues de Viveiros ........................................................................... 49 APLICATIVOS ANDROID PARA A ROBÓTICA - Everton Luiz dos Santos, Lucas Felipe Sarti Martins, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos............................................................................... 50 BRAÇO ROBÓTICO TRR DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO - Bruno dos Santos Marques, Felipe Camargo Marinho, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos ................................ 52 CONSTRUÇÃO DE UM BRAÇO ROBÓTICO CILÍNDRICO - Gabriel Coelho Rodrigues Alvares, Robinson Douglas Tardivo de Morais, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos......... 53 DESENVOLVIMENTO BRAÇO ROBÓTICO ARTICULADO - André Vieira Trecente, Rodrigo Alcantara Moelas, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos................................................... 54 ROBÔ CARTESIANO PARA INJETORA PLÁSTICA - Elder Carlos dos Santos Hélio Paes, Weslley Recoaro de Farias, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos....................... 55 ROBÔ PARA PALETIZAÇÃO - Ananias Cardoso Botelho, Paulo Henrique Ambrosi, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos ............................................................................................................ 56 SIMULAÇÃO DO ROBÔ CARTESIANO NO SOFTWARE ROBODK - Elton Gomes de Matos, Jorge Luiz Cardoso, Paulo Sérgio Barbosa dos Santos................................................. 57 TURBINA MOVIDA A ETANOL - Gabriel Coelho R Alvares, Robinson D Tardivo de Moraes, João P Pulzatto Frigerio, Caio Fiorin, Fernando Gabriel Eguía Pereira Soares .................................................................................................................................................................................... 58 ENGENHARIA MECATRÔNICA ........................................................................................................... 59 INSTALAÇÃO ELÉTRICA AUTOMATIZADA VOLTADA À EFICIÊNCIA ENERGÉTICAIzaias Vieira Almeida, Luis Henrique Santana de Oliveira, Edval Rodrigues de Viveiros, Thiago Santana Aranha ................................................................................................................................. 60 FARMÁCIA ...................................................................................................................................................... 61 DESCARTE DE MEDICAMENTOS E RESÍDUOS NA ÁREA DE DROGARIA - Ana Paula Simões, Jéssica Karine Bernardes, Letícia B. Soares Galindo, Scarlet Gomes Ferraz de Melo, Tathiane Alves Berreza, Ana Carolina Lima Frade Gomes, Natalia Felix Negreiros ............................................................................................................................................................... 62 DESCARTE DE MEDICAMENTOS E RESÍDUOS NA ÁREA HOSPITALAR - Ariadne Marcon, Pricila Bego, Luísa Frantz, Ana Carolina Lima Frade Gomes, Natalia Felix Negreiros ............................................................................................................................................................... 63 8

[close]

p. 9

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba DESCARTE DE MEDICAMENTOS E RESÍDUOS NA INDÚSTRIA - Bárbara Carrilho Rizzo, Laís Teles Gomes, Sabrina Zancheta Scavazini, Thaís Frigério, Ana Carolina Lima Frade Gomes, Natalia Felix Negreiros ........................................................................................ 64 FISIOTERAPIA .............................................................................................................................................. 65 FISIOTERAPIA E SAÚDE AMBIENTAL: DESAFIOS E RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS - Dafini Monique da Silva, Flávia Regina da Rocha Belasco, Jaqueline Collu, Gislene Marcelino, Carla Komatsu Machado ......................................................................... 66 JOGOS DIGITAIS......................................................................................................................................... 67 JOGO DIGITAL COMO CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL - Vicente Dias Ximenes, Christian Dias Marques, Francis Martins de Souza.......................................................................... 68 JOGO DIGITAL EDUCATIVO ESTILO “TOWER DEFENCE” APLICADO COMO ALERTA AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS – “BATLE FARM” - Bruno Marques Resende, Felipe Fuzetti da Cunha, Francis Martins de Souza ............................... 69 MEDICINA VETERINÁRIA....................................................................................................................... 70 ESPOROTRICOSE FELINA: UMA DOENÇA REEMERGENTE ............................................... 71 A PECUÁRIA SUSTENTÁVEL NO CENÁRIO DO AGRONEGÓCIO NACIONAL............ 72 BENEFÍCIOS DA CASTRAÇÃO DE CÃES E GATOS PARA A SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE ANIMAL ................................................................................................................................................ 73 A COMPLEXIDADE DA LEISHMANIOSE E O MEIO AMBIENTE............................................ 74 COMPOSTAGEM COMO UMA AÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL ................................................................................................................................................... 76 NUTRIÇÃO ...................................................................................................................................................... 75 IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE HORTA CASEIRA E HORTA VERTICAL COM USO DE GARRAFAS PET NA ASSOCIAÇÃO DE DIABETES JUVENIL DE BIRIGUI-SP .......................................................................................................................................................... 76 PSICOLOGIA.................................................................................................................................................. 78 ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NA PROMOÇÃO À SAÚDE DA POPULAÇÃO ................... 79 PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A PROMOÇÃO DE UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA.................................................................................................................................... 80 PEGADA ECOLÓGICA: A MARCA QUE DEIXAMOS NO PLANETA .................................... 81 QUÍMICA........................................................................................................................................................... 82 SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE BIODIESEL OBTIDO ATRAVÉS DA TRANSESTERIFICAÇÃO METÍLICA DE DIFERENTES ÓLEOS COMERCIAIS ............. 84 CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICADE ÁGUA DE PISCICULTURA EM TANQUESREDE NO RIO TIETÊ, MUNICÍPIO DE ZACARIAS-SP................................................................. 84 SERVIÇO SOCIAL....................................................................................................................................... 85 QUESTÃO AMBIENTAL: UM DESAFIO ÉTICO-POLÍTICO AO SERVIÇO SOCIAL ...... 86 9

[close]

p. 10

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba 10

[close]

p. 11

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba ADMINISTRAÇÃO 11

[close]

p. 12

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba A INFLUÊNCIA DO MARKETING VERDE NO FORTALECIMENTO DE UMA MARCA COM RESPONSABILIDADE SOCIAL Vanessa Pereira; Weslley da Silva Prado (Acadêmicos do Curso de Administração – UNISALESIANO Araçatuba) Hercules Farnesi da Costa Cunha (Orientador) Cleide Henrique Avelino do Valle (Coorientadora) e-mail: nessa-os@hotmail.com; weslley_ata@hotmail.com; herculesfc@gmail.com; cleide_prof@hotmail.com De uma forma geral, as empresas têm buscado adotar uma postura socialmente responsável, não apenas como um diferencial, mas também por exigência de um mercado competitivo e pela necessidade de um futuro melhor para todos. A utilização consciente dos recursos administrados pelas empresas se faz necessário na busca da vitalidade consistente da organização no mercado e o desenvolvimento sustentável é peça fundamental para que isso aconteça. Assim, a responsabilidade social, ambiental e o desenvolvimento de produtos sustentáveis passaram a se tornar normas-padrão comercial. O papel do Marketing Verde nas organizações tem como objetivo iniciar a ideia de responsabilidade com o meio ambiente, onde todos devem entender sua real importância e aplicá-las, alcançando ganhos reais e benefícios para as organizações e ao meio ambiente, fornecido diretamente por uma marca valorizada no mercado e que permite alcançar maior parcela de clientes, leais e satisfeitos, tendo em vista assim, uma aceleração com a lucratividade. Produtos com marcas ecológicas já trazem a sua composição competitiva, o que facilita a sua posição no mercado. No entanto, as marcas contêm o maior patrimônio de uma organização e, com isso, há uma preocupação diretamente ligada com o meio ambiente e o crescimento das gerações no mundo, onde consumidores conscientes procuram por produtos verdes. Percebendo esta oportunidade de inovação e crescimento, organizações estão cada vez mais modificando seus produtos e marcas para as práticas e cotidianos ecológicos, concretizando, assim, a lealdade do consumidor com sua marca. A empresa que adota o seguimento para seu produto e marca se tornar ecologicamente correto, certificando a sua conformidade com determinadas normas ou especificações. Como exemplo, a ISO 14000, que é uma norma que especifica os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental, permitindo que uma organização desenvolva e pratique políticas e metas ambientalmente sustentáveis. Esta norma leva em conta aspectos ambientais, influenciados pela organização e outros passíveis de serem controlados por ela. Assim, sustentabilidade é uma tarefa abrangente, pois envolve fazer análise do cotidiano de cada empresa, pensar em como reduzir materiais, consumo de energia e melhorar o acesso da informação aos clientes, para a escolha de seus produtos e como descartá-los corretamente. Sem dúvida, uma aposta diferente por parte das empresas através da questão ambiental e social. Palavras-chave: Marketing Verde; Fortalecimento da Marca; Responsabilidade Social. Apoio: PIBIC/UNISALESIANO. 12

[close]

p. 13

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba BIOMEDICINA 13

[close]

p. 14

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba PRODUÇÃO CIENTÍFICA MUNDIAL EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS Cátia Cândida de Almeida (professora do Curso de Biomedicina – UNISALESIANO Araçatuba) Milena Araújo Tonon Corrêa (professora do Curso de Biomedicina – UNISALESIANO Araçatuba) Rosa Valéria Abreu Rowe (professora do Curso de Biomedicina – UNISALESIANO Araçatuba) e-mail:caticandida@gmail.com; mylenatonon@gmail.com; vrowe@terra.com.br A avaliação do comportamento da ciência tem sido utilizada em diferentes áreas do conhecimento, com a finalidade de conhecer os pesquisadores, as instituições e os países que mais se destacam e contribuem para o avanço do saber, assim como subsidiar políticas científicas governamentais e institucionais. Com o surgimento das áreas de “Bibliometria” e “Cientometria”, a mensuração da produção científica envolve um agrupamento de conjunto de indicadores, entre eles, os indicadores de produção científica. Esses indicadores foram desenvolvidos utilizando várias fontes de dados multidisciplinares e de reconhecimento mundial, entre essas fontes de dados destaca-se a base de dados Scopus. As grandes bases de abrangência mundial indexam a ciência denominada mainstream e os dados que não são visíveis na ciência internacional denomina-se ciência periférica como é o caso do Brasil. Contudo, nos últimos anos, o Brasil tem se destacado no cenário mundial de produção científica, em especial, na temática de Ciências Ambientais, quando consultada a base Scopus. Este trabalho tem por objetivo identificar a produção científica dos países em Ciências Ambientais na base Scopus. Os dados foram levantados no portal SCImago Journal & Country Rankings, selecionou-se doze países (Estados Unidos, China, Reino Unido, Alemanha, Índia, Canadá, Austrália, Espanha, França, Itália, Japão e Brasil) mais produtivos em Ciências Ambientais em 2015. Em seguida, selecionou-se a produção de documentos científicos (artigos científicos, artigos de revisão, cartas, notas e materiais editoriais) desses países, as quantidades de periódicos e revistas científicas para cada um dos países e as comunicações científicas mundiais (fóruns, conferências, congressos e eventos) realizadas em diversos países no período de 2011 a 2015. O Brasil ocupa uma posição de destaque, encontra-se na posição de 12° da produção de documentos científicos e apresenta 18 periódicos e revistas científicas indexadas à base Scopus. A produção científica dos países que estão indexadas nessas bases de dados reconhecidas mundialmente é importante para a visibilidade e o reconhecimento da ciência, entretanto, é necessário conhecer as bases de dados regionais e nacionais. Vale ressaltar que a dinâmica de produção científica é diferente para cada área do conhecimento. Iniciativas de reflexões e discussões das questões ambientais por parte de grupos e instituições científicas é muito importante para o desenvolvimento e fortalecimento da ciência brasileira. Palavras-chave: Produção científica; Ciências Ambientais; Base de dados Scopus. 14

[close]

p. 15

Fórum Ambiental UniSALESIANO 2016 16 a 21 de Setembro de 2016 - Araçatuba ATUAÇÃO DO BIOMÉDICO NA PREVENÇÃO DA TUBERCULOSE Daniela de Souza Silva Natália Francisco Scaramele Thaís Verônica Saori Tsosura (Acadêmicas do Curso de Biomedicina -UNISALESIANO Araçatuba) Gislene Marcelino (Orientadora) Rossana Abud Cabrera Rosa (Co-orientadora) e-mail: gimarcelino@hotmail.com A tuberculose é uma das doenças infecciosas mais antigas da humanidade, embora bem conhecida e passível ao efetivo tratamento medicamentoso, continua sendo ainda um grave problema de saúde pública em âmbito global. Compete ao biomédico atuar em equipes de saúde, a nível tecnológico, nas atividades complementares de diagnóstico e se estende na prevenção da saúde por meio de educação sanitária, coleta e armazenamento de material biológico para análise laboratorial e pesquisa de possíveis agentes etiológicos de maior incidência na comunidade. O referido trabalho teve como objetivo realizar orientação educativa sobre medidas de prevenção da tuberculose junto a escolares, bem como enfatizar a contribuição do profissional biomédico na multiplicação de conhecimentos para a promoção da saúde humana e do meio ambiente. Para a realização da atividade foram desenvolvidas metodologias ativas, onde o conhecimento foi socialmente construído. O universo populacional envolveu escolares da EMEB Índio Poti, no município de Araçatuba-SP, cujas atividades lúdicas e pedagógicas foram realizadas pelos graduandos do 6º termo do Curso de Biomedicina do Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – Araçatuba/SP, durante o desenvolvimento da Disciplina de Saúde Coletiva e Ambiental, sob a supervisão da docente responsável pela referida disciplina. Anteriormente à realização das atividades, foi feito um pedido de autorização para a responsável da instituição, devidamente formalizado e, somente depois da autorização da mesma o projeto de extensão à comunidade foi desenvolvido junto aos escolares da referida escola. Evidencia-se no cenário atual a crescente conscientização para que as disciplinas do conhecimento se integrem em prol do bem comum da sociedade. Cabe destacar que o biomédico é um profissional que pode atuar na área de análises ambientais, realizando análises físico-químicas e microbiológicas para o saneamento do meio ambiente. A inserção deste profissional poderá também ser em suas áreas de especializações, tais como: análise ambiental, microbiologia, citologia oncótica, parasitologia, hematologia, virologia, saúde pública, sanitarista, toxicologia, epidemiologia; contribua assim para a prevenção da saúde coletiva e individual. Os biomédicos assim como os demais profissionais de saúde têm o compromisso de promover mediante campanhas e educação, a conscientização e a motivação da população para a melhoria da qualidade de vida, uma vez que o trabalho do biomédico não se restringe apenas à identificação dentro de um laboratório dos agentes etiológicos que podem causar doenças na comunidade. Ele também pode e deve atuar como orientador no descarte adequado desses dejetos que podem contaminar o meio ambiente e trazer sérias consequências à saúde das pessoas. Palavras Chave: Atuação do biomédico, Educação em Saúde, Tuberculose 15

[close]

Comments

no comments yet