OMA 2016

 

Embed or link this publication

Description

Os Melhores Anos 20 edições

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

OMA OS MELHORES ANOS 20 edições 1 9 93 - 2 01 6

[close]

p. 4

AF_Cartaz_A2_OMA.pdf 1 12/09/05 10:24 C M Y CM MY CY CMY K OMA15_Mupi_120x160.pdf 1 18-09-2015 16:48:47 C M Y CM MY CY CMY K UMA INFUSÃO DE BOM GOSTO VISEU 24 SET 20H EXPOCENTER / FORNO DA MIMI | ESPECTÁCULO / ANIMAÇÃO GNR “VOOS DOMÉSTICOS” 3300 aannooss ddee ccaarrrreeiirraa eemm ddiirreeccttoo ee aaoo vviivvoo ORQUESTRA “OS MELHORES ANOS” AA oorrqquueessttrraa eexxcclluussiivvaa““OOMMAA””ddiirriiggiiddaa ppeelloo mmaaeessttrroo JJaaiimmee BBaappttiissttaa BIG BAND LISBON SWINGERS 2222 mmúússiiccooss iinntteerrpprreettaamm CCoouunntt BBaassiiee,, DDuukkee EElllliinnggttoonn ee GGlleennnn MMiilllleerr SMALL BAND QUARTET UUmm ffuunnddoo mmuussiiccaall ddee JJaazzzz ppaarraa oo sseeuu jjaannttaarr PURA FANTASIA SEVILHANA EEssppeeccttááccuulloo ddee FFllaammeennggoo ppeellaass““HHeerrmmaannaass VViillllaaúú”” 23 SET 21H30 “porViseu’60s” Apresentação do livro no Montebelo Viseu Hotel & Spa RESERVE JÁ! 925 981 875 www.osmelhoresanos.com BAR ABERTO, JANTAR, CEIA, MUITA TÍLIA E UM CACAU REPARADOR NA MADRUGADA. R A D 106.4 I O MICAELA OLIVEIRA RITA PEREIRA & BEST MODELS OS MELHORES ANOS ORQUESTRA DIRIGIDA PELO MAESTRO JAIME BAPTISTA PAULO GONZO 201H1 OVUISTEU UM CLÁSSICO COM CORES DE OUTONO GIRA SOL AZUL BLUES & SOFT JAZZ BACK TO THE 60'S, 70'S & 80'S DJ ARMANDO FERREIRA PROJECTO BUG VAUDEVILLE MUSIC JANTAR DANÇANTE EXPOCENTER - FORNO DA MIMI RESERVAS 92 598 18 75 WWW.OSMELHORESANOS.COM OS MELHORES ANOS CHICLETE PROVA, MASTIGA, COMEMORA www.osmelhoresanos.com 20 H24SDÁEBOUATDUBORO R A D 106.4 I O RESERVE JÁ

[close]

p. 5

A cidade dos encontros saudáveis. Um dos atributos mais referenciados pelos convivas de “os melhores anos” é o saudável convívio que se vive naquelas noites. Não é vulgar encontrar figuras públicas como Ministros, Secretários de Estado ou Deputados de todos os quadrantes políticos, figuras públicas de televisão, desporto e moda em são convívio de camaradagem, a dançar, a jantar ou a conversar num bonito salão com mais de 800 pessoas. Tudo em hamonia com um excelente fundo musical e uma gastronomia regional numa mesa sempre posta. Este é o adn de “os melhores anos”, uma festa que nasceu de um encontro de antigos alunos do Liceu de Viseu que nos 60’s iniciaram um são caminho de amizade e vida que anualmente tentam repetir, como inúmeros outros, nesta cidade dos encontro saudáveis. Eduardo Pinto Em 1993 quando o Eduardo Pinto irrompeu pelas instalações do The Day After com a ideia de organizar um baile, a modos dos antigos bailes do Pavilhão dos Bombeiros da Feira de S. Mateus, fiquei perplexo. Nesse tempo o The Day After afirmava-se no contexto local e regional como espaço de diversão nocturno, especialmente dirigido à juventude. Por outro lado, a ideia do Eduardo era recriar o espírito de juventude da sua geração, numa festa que juntasse a boa música e os sabores da gastronomia desta “geografia sentimental” (Aquilino Ribeiro). Era um desafio que apetecia. E no frenesim daqueles anos, o The Day After, a 25 de Setembro acolheu na mesma noite a primeira edição da festa “Os Melhores Anos 60’s” (a primeira designação da festa) e uma rave improvisada no kartódromo da discoteca. A partir daqui a festa foi evoluindo e construindo uma marca. Ao longo dos anos, o Eduardo Pinto brindou-nos, sempre, com o seu refinado gosto musical a que se anexa uma rigorosa forma de entender o espectáculo. Aqui não posso deixar de lembrar toda a equipa de produção que ao logo dos anos nos acompanha e cuja dedicação e profissionalismo fazem as coisas acontecer. É por tudo isto que a festa “Os Melhores Anos” tem conquistado um público exigente e os parceiros fundamentais que são os patrocinadores. Vinte e três anos depois vão-se cumprir as vinte edições da festa; espero que as rugas estejam bem vincadas, porque como diz o poeta, também viseense, “…A pele é o espelho da memória” (Luis Miguel Nava). José Arimateia Visabeira Turismo

[close]

p. 6

2016

[close]

p. 7

OMA O S MELHO RES AN O S OMA, o glamour de Viseu. Com 20 edições, “Os Melhores Anos” conquistou um lugar no calendário dos grandes eventos sociais do país. É hoje um acontecimento! É também um reencontro imperdível. Reencontro de personalidades, de velhos amigos, de famílias, de viseenses (e daqueles que saíram), num ambiente único, definido pelo glamour e pelo bom gosto. Segredo? OMA inspira-se no charme da sua cidade: Viseu. Uma cidade histórica e moderna, clássica e criativa, vintage e vibrante, elegante, com alma humana. Essa identidade é a força da sua longevidade mas também do seu renovado fascínio. De ano para ano, a organização renova propostas, atrativos e surpresas, mas resgata e recorda também outros tempos e as melhores das saudades felizes. Pela sua qualidade, OMA atrai personalidades de todo o país, dos mais diferentes quadrantes da sociedade, da economia, dos media e da cultura, e mobiliza a comunidade de Viseu, cidade e região. Por essa razão, o Município tem orgulho em associar-se na sua promoção. Sejam bem-vindas/os e bem-regressadas/os! Almeida Henriques

[close]

p. 8

OMA15_Mupi_120x160.pdf 1 18-09-2015 16:48:47 C M Y CM MY CY CMY K 20156

[close]

p. 9

OMA O S MELHO RES AN O S Os melhores anos. Não sei como a ideia surgiu. Não sei como foi embalada, ganhou músculo, nervo e força e se moldou em projeto. Não sei como o projeto, que imagino a dar os primeiros passos entre escolhos e esperanças, se ergueu e cresceu. Não sei quais e quantos foram os seus primeiros mentores, mas idealizo-os determinados a quebrar o isolamento e a indiferença de uma região periférica. Sei que os OMA se afirmaram pela ousadia de quem quis fazer diferente e não se importou de correr riscos. Sei que os OMA conquistaram e fidelizaram um vasto e heterogéneo público: famílias de diferentes gerações, casais de meia idade, jovens e menos jovens, muitas caras conhecidas da televisão e do cinema, da moda e do futebol, da atividade económica e da política. Sei que, de edição para edição, os OMA granjearam reconhecimento e notoriedade e somaram êxitos. Sei que proporcionam bons momentos de animação e convívio, de fruição musical e gastronómica numa feliz simbiose de sons, cores e sabores. Transcorridos 20 anos, decidiu a organização assinalar a efeméride gravando na pedra da escrita a saga com testemunhos dos participantes que, ano após ano, ou esporadicamente, como é o meu caso, partilharam esses momentos de descontração e alegria. Participei em três edições. Estreei-me em 2012 e repeti em 2013 e 2014. Das esparsas evocações, retenho que a 16ª edição foi dedicada aos anos 60 e teve como cabeça de cartaz Pedro Abrunhosa. Foi uma grande festa, multifacetada, com um lado mágico, onírico, revivalista, de diálogo entre passado e presente. A gala do ano seguinte brindou-nos com outro nome incontornável da música portuguesa: Rui Veloso. A 18ª edição ofereceu-nos a música de Paulo Gonzo e um desfile de moda com as criações da estilista Micaela Oliveira. Em todas, se dançou ao som da incontornável orquestra “Os melhores anos”. Para contrapor ao preto e branco de que se tece a vida, mergulhar na polifonia cromática dos OMA é um lúdico exercício de descontração e bem-estar. Edite Estrela

[close]

p. 10



[close]

p. 11



[close]

p. 12

MICAELA OLIVEIRA RITA PEREIRA & BEST MODELS OS MELHORES ANOS ORQUESTRA DIRIGIDA PELO MAESTRO JAIME BAPTISTA PAULO GONZO 201H1 OVUISTEU UM CLÁSSICO COM CORES DE OUTONO GIRA SOL AZUL BLUES & SOFT JAZZ BACK TO THE 60'S, 70'S & 80'S DJ ARMANDO FERREIRA PROJECTO BUG VAUDEVILLE MUSIC JANTAR DANÇANTE EXPOCENTER - FORNO DA MIMI RESERVAS 92 598 18 75 WWW.OSMELHORESANOS.COM 2014

[close]

p. 13

OMA O S MELHO RES AN O S Os "Melhores Anos" são uma criação feliz de um grande viseense - o Eduardo Pinto. Tive a subida honra e o grato privilégio de, nas funções que os viseenses tantas vezes me confiaram, assistir a este nascimento e contribuir também de forma entusiástica para a sua manutenção. Mas esta longevidade e sobretudo a reconhecida elevação deste evento só foi e, por certo, continuará a ser possível graças a esse decisivo e determinante pilar que é o Grupo Visabeira, SGPS. E é bem justificada esta saudável colaboração entre duas das maiores instituições da nossa Terra. Os "Melhores Anos" ficam na retina de quem o tem fruído e constitui um dos grandes cartazes de promoção da nossa querida Cidade. É o reencontro de velhos amigos, muitos com as mesmas raízes viseenses, mas é sobretudo a confluência de muitos "fazedores de opinião", que unanimemente consideram os "Melhores Anos" um evento de topo, tal como é de topo essa preciosa Senhora da Beira que carinhosamente o acolhe. E durante as suas 19 edições foi-me possível rever antigos colegas, actualizar e fazer novas amizades. E que bom foi constatar a fidelização que os "Melhores Anos" provocam a quem neles decide participar, bem assim como as positivas apreciações que vamos escutando a seu respeito! Para muitos poderá ser um evento onde impera a nostalgia, mas tem-se revelado cada vez mais uma oportunidade para preparar e ampliar esse "caldo de gerações", tão necessário a que a sociedade progrida saudavelmente. Por mim e enquanto puder lá estarei, nesse desejado encontro, este ano com data já marcada, para também eu contribuir para esse convívio saudavelmente intergeracional que tanto me agrada! E espero que por muitos e muitos anos. Fernando Ruas

[close]

p. 14



[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet