Carta de serviços ao cidadão HUOL

 

Embed or link this publication

Description

Carta de serviços ao cidadão do Hospital Universitário Onofre Lopes - UFRN/Ebserh

Popular Pages


p. 1

HUOL Hospital Universitário Onofre Lopes BS RH HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS FEDERAIS CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO NATAL-RN OUTUBRO/2016

[close]

p. 2

HUOL Hospital Universitário Onofre Lopes EBSERH HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS FEDERAIS Presidente da República Michel Miguel Elias Temer Lulia Ministro da Educação José Mendonça Bezerra Filho Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte Ângela Maria Paiva Cruz Presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares Kleber de Melo Morais HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES Superintendente Stenio Gomes da Silveira Gerente de Atenção à Saúde Aldair de Sousa Paiva Gerente Administrativo Francisca Zilmar de Oliveira Fernandes Gerente Ensino e Pesquisa Irami Araújo Filho Ouvidora Nelma Gomes Bezerra de Andrade RESPONSÁVEIS PELA ELABORAÇÃO DA CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO Nelma Gomes Bezerra de Andrade – Ouvidora Ana Karla de Sousa Severo – Assistente da Ouvidoria Colaborador Dhennys Pablo Carvalho Silva

[close]

p. 3

Esta Carta de Serviços ao Cidadão foi aprovada pela governança do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), em reunião realizada no dia 07 de maio de 2015. Atualizada em: 06 de outubro de 2016

[close]

p. 4

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO MENSAGEM DO SUPERINTENDENTE O HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES ESTRUTURA DE GOVERNANÇA FIGURA 1 - ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO HUOL COMO PROCEDER PARA SER ATENDIDO NAS ESPECIALIDADES MÉDICAS EXISTENTES NO HUOL ESPECIALIDADES MÉDICAS E LOCAL DE ATENDIMENTO NO AMBULATÓRIO UNIDADES E SERVIÇOS DO HUOL · CENTRAL DE MARCAÇÃO · SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICO - SAME · COMO PROCEDER PARA INTERNAÇÃO NO HUOL · NÚCLEO INTERNO DE REGULAÇÃO · SERVIÇO DE APOIO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM E MÉTODOS GRÁFICOS · QUAIS EXAMES SÃO REALIZADOS PELO SERVIÇO DE APOIO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM E MÉTODOS GRÁFICOS · LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS - LAC · LABORATÓRIO DE ANATOMIA PATOLÓGICA 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18

[close]

p. 5

SUMÁRIO · UNIDADE DE DISPENSAÇÃO FARMACÊUTICA · UNIDADE TRANSFUSIONAL · UNIDADE DE ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - UASCA · UNIDADE DE HEMATOLOGIA E ONCOLOGIA UNIDADE DE TRANSPLANTE - TRANSPLANTE RENAL - TRANSPLANTE DE CÓRNEA · SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA · SERVIÇO DE CIRURGIA DA OBESIDADE E DOENÇAS RELACIONADAS - SCODE (CIRURGIA BARIÁTRICA) · NÚCLEO DE ESTUDOS DO FÍGADO - NEF · AMBULATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE DOENÇAS DO NEURÔNIO MOTOR ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA - ELA UNIDADE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL - PSIQUIATRIA - PSICOLOGIA - TERAPIA OCUPACIONAL (Unid. de Atenção Psicosocial) - SERVIÇO SOCIAL - UNIDADE DE REABILITAÇÃO - TERAPIA OCUPACIONAL (Unid. de Reabilitação) · OUVIDORIA 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

[close]

p. 6

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO APRESENTAÇÃO A Carta de Serviços ao Cidadão do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) constitui-se em um documento com informações referentes aos serviços oferecidos pela instituição, em atendimento ao Decreto 6.932, de 11 de agosto de 2009, o qual determina que “os órgãos e entidades do Poder Executivo Federal que prestam serviços diretamente ao cidadão deverão elaborar e divulgar Carta de Serviços ao Cidadão, no âmbito de sua esfera de competência” (art. 11). Assim, o principal objetivo dessa Carta é dar conhecimento aos cidadãos sobre as atividades do HUOL, descrevendo de forma clara quais são os principais serviços prestados pela instituição, seus canais de acesso, horários de atendimento, prazos para obtenção dos serviços e os compromissos com os padrões de atendimento estabelecidos. O HUOL está situado na Avenida Nilo Peçanha, número 620, Petrópolis, Natal, Rio Grande do Norte. CEP: 59.012-300. Seus telefones para contato são: (84) 3342-5000, 3342-5077 ou 3342- 5078. RESPONSÁVEIS PELA ELABORAÇÃO DA CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO Nelma Gomes Bezerra de Andrade – Ouvidora do HUOL Ana Karla de Sousa Severo – Assistente da Ouvidoria 04

[close]

p. 7

MENSAGEM DO SUPERINTENDENTE Prezados usuários do Hospital Universitário Onofre Lopes, Disponibilizamos aos senhores esta Carta de Serviços, que tem como objetivo divulgar informações gerais sobre os serviços que são realizados pelo HUOL e como o(a) senhor(a) deve proceder para ter acesso aos mesmos. Destacamos que este hospital atende a toda a população do município de Natal que é usuária do Sistema Único de Saúde – SUS, bem como à população dos demais municípios do Rio Grande do Norte pactuados com o município de Natal. Lembramos também que o HUOL é um hospital de ensino, por isso os usuários poderão ser atendidos pelos Residentes (da Residência Médica ou Multiprofissional), mas sempre sob a supervisão de um professor ou preceptor responsável pela área. Esperamos que esta Carta de Serviços lhe ofereça uma visão geral sobre o que este hospital disponibiliza para a sociedade e que o(a) senhor(a) possa ter acesso aos mesmos em caso de necessidade. Stenio Gomes da Silveira Superintendente 05

[close]

p. 8

O HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES O Hospital Universitário Onofre Lopes foi inaugurado em 12 de setembro de 1909, com o nome de "Hospital de Caridade Juvino Barreto", numa homenagem ao homem que foi em sua vida modelo de bondade e altruísmo. Foi instalado em uma antiga casa de veraneio, funcionando inicialmente com 18 leitos, sob a direção do médico Januário Cicco que, sozinho, administrava e prestava assistência aos doentes internados e ambulatoriais da cidade. Em outubro de 1935, o Hospital muda de nome, passando a ser "Hospital Miguel Couto". Em 05 de fevereiro de 1955, é criada a Faculdade de Medicina, tornando-se o Hospital o campo das práticas para todos os cursos da área de saúde. Assim, em 1960, o Hospital assume a personalidade de Hospital-Escola, integrando-se à UFRN, passando a denominar-se "Hospital das Clínicas". Com a sua federalização, ficou assegurada a sua manutenção através do Ministério da Educação, nas funções de Ensino, Pesquisa e Extensão. Até novembro de 1984 manteve essa denominação, quando então passou a ser chamado de "Hospital Universitário Onofre Lopes", em homenagem ao criador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. No contexto da UFRN, até o ano de 2013 o HUOL caracterizava-se como uma das Unidades Suplementares dessa instituição, porém, a partir desse ano, com a adesão à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), criada por meio da Lei 12.550, a gestão do HUOL passou a ser feita por essa Empresa. MISSÃO E VISÃO DO HUOL O HUOL tem como missão: Promover de forma integrada o ensino, a pesquisa, a extensão e a assistência, no âmbito das ciências da saúde e correlatas, com qualidade, ética e sustentabilidade. E como visão: Ser reconhecido como hospital universitário de referência, identificado pela excelência, sentido humanitário e relevância social. 06

[close]

p. 9

A ESTRUTURA DE GOVERNANÇA A estrutura de governança do HUOL é formada por um colegiado executivo composto pela Superintendência e três gerências: Gerência de Atenção à Saúde, Gerência de Ensino e Pesquisa e Gerência Administrativa. SUPERINTENDÊNCIA A superintendência é responsável pela gestão geral do hospital, tanto no que se refere aos seus aspectos internos, quanto no que diz respeito à relação externa com o Sistema Único de Saúde (SUS) e com a academia, buscando formas de promover uma assistência de qualidade aos seus diversos usuários. GERÊNCIA DE ATENÇÃO À SAÚDE A Gerência de Atenção à Saúde é responsável pelo planejamento, organização e administração dos serviços assistenciais, tanto no nível ambulatorial quanto de internação, articulando-se com as demais gerências no sentido de buscar mecanismos que possam assegurar a melhor assistência aos usuários. GERÊNCIA DE ENSINO E PESQUISA A Gerência de Ensino e Pesquisa é responsável pela análise e execução das propostas de ensino e pesquisa no âmbito do hospital, bem como pelo planejamento, coordenação e supervisão do trabalho dos profissionais ligados a essa gerência. GERÊNCIA ADMINISTRATIVA A Gerência Administrativa é responsável pelo gerenciamento e implementação das políticas de gestão administrativa, orçamentária, financeira, patrimonial e contábil, bem como pela gestão de pessoas e da logística e infraestrutura hospitalar. 07

[close]

p. 10

FIGURA 1 - ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO HUOL AUDITORIA MAURO HIROSHI HORIE Fiscaliza e atesta legalidade da gestão COLEGIADO EXECUTIVO Garante pleno funcionamento das atividades do hospital CONSELHO CONSULTIVO Avalia e sugere planos de ação para o hospital SUPERINTENDENTE STENIO GOMES DA SILVEIRA Executa atos de gestão para funcionamento legal do hospital SETOR JURÍDICO NATHÁLIA CARDOSO A. SALVINO Assessora Superintendência e advoga pelo hospital SETOR DE GESTÃO DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MÔNICA DE CÁSSIA F. BERTIN Coordena plano diretor de tecnologia e garante segurança da informação UNIDADE DE APOIO CORPORATIVO SECRETARIA COMISSÕES Assessora Superintendência e Examinam e debatem garante exercício do expediente temas específicos UNIDADE DE PLANEJAMENTO RAFAEL WAGNER ALVES DE AMORIM Elabora, implementa e monitora planos estratégicos OUVIDORIA NELMA GOMES BEZERRA Recebe reclamações e sugestões, fazendo ponte usuário-hospital GERÊNCIA DE ATENÇÃO À SAÚDE ALDAIR DE SOUSA PAIVA Garante excelência da assistência à saúde GERÊNCIA DE ENSINO PESQUISA IRAMI ARAÚJO FILHO Viabiliza projetos de ensino e pesquisa GERÊNCIA ADMINISTRATIVA FRANCISCA ZILMAR DE OLIVEIRA FERNANDES Gerencia administração financeiro-contábil, patrimonial e de pessoas DIVISÃO DE GESTÃO DO CUIDADO DIVISÃO DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO DIVISÃO MÉDICA DIVISÃO DE ENFERMAGEM DIVISÃO ADMINISTRATIVA FINANCEIRA DIVISÃO DE LOGÍSTICA E INFRAESTRUTURA HOSPITALAR DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAS MÔNICA MATIAS R. DO NASCIMENTO ANTÔNIO JOSÉ FREIRE DE SOUZA PAULO JOSÉ DE MEDEIROS NEUMA OLIVEIRA DE MEDEIROS JOÃO CARLOS DO NASCIMENTO ALMEIDA FILHO DAVIDSON ROGÉRIO DE M. FLORENTINO JOÃO ALVES DE SOUZA Coordena unidades de cuidado à saúde Coordena processos de diagnóstico e terapia Coordena equipe médica Coordena serviço de enfermagem Coordena gestão administrativa, orçamentária e financeiro-contábil Controla demandas estruturais, tecnológicas e de insumos Lidera gestão dos colaboradores SETOR DE FARMÁCIA HOSPITALAR SETOR DE VIGILÂNCIA EM SAUDE SETOR DE REGULAÇÃOE AVALIAÇÃO EM SAÚDE UNIDADE DE WEBSAÚDE (Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalhador - SOST) Garante integridade dos colaboradores MARIA ISAURA OLÍVIA SOUSA E SILVA Coordena unidades farmacêuticas MABEL MENDES CAVALCANTI Garante segurança sanitária do hospital HELENA DE FÁTIMA PENALVA GOMES Coordena gestão da oferta em saúde, ajustando prestação da assistência UNIDADE DE FARMÁCIA CLÍNICA VALDJANE SALDANHA Controla fluxo de prescrições e informações sobre medicamentos UNIDADE DE DISPENSAÇÃO FARMACÊUTICA PATRÍCIA DE KÁSSIA DA C. FERNANDES Controla fluxo de dispensação de medicamentos e insumos UNIDADE DE PROCESSAMENTO DA INFORMAÇÃO ASSISTENCIAL MARIA DA CONCEIÇÃO N. DA SILVA Controla fluxo de dados da assistência UNIDADE DE REGULAÇÃO ASSISTENCIAL LIDINALVA BARBOSA DE BARROS Controla acesso à assistência UNIDADE DE GESTÃO DE RISCOS ASSISTENCIAIS CARLOS ALEXANDRE DE S. MEDEIROS Controla práticas de redução de riscos na assistência UNIDADE DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE MICHELINE VERAS DE M. HENRIQUES Controla práticas de redução de riscos à saúde UNIDADE DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO CLÁUDIA GOMES DE MACÊDO Acompanha prestação da assistência UNIDADE DO SISTEMA DIGESTIVO Controla fluxo do cuidado das doenças do sistemas digestivo UNIDADE DE CIRURGIA EUDES PAIVA DE GODOY JOSÉ DINIZ JÚNIOR Coordena Rede Universitária de Telemedicina SETOR DE GESTÃO DA PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA RICARDO ALEXANDRO DE M. VALEMTIM Coordena projetos de pesquisa e inovação tecnológica no âmbito do hospital SETOR DE GESTÃO DO ENSINO ALDO DA CUNHA MEDEIROS Coordena atividades de ensino e estágios de nível médio no âmbito do hospital UNIDADE GERENCIAMENTO DAS ATIVIDADES DE GRADUAÇÃO E ENSINO TÉCNICO CLÉCIO DE OLIVEIRA GODEIRO JÚNIOR Gerencia atividades didáticas e científicas no âmbito do hospital UNIDADE GERENCIAMENTO DAS ATIVIDADES DE PÓS-GRADUAÇÃO ROSIANE VIANA ZUZA DINIZ Gerencia pós-graduação ‘lato sensu’ e ‘stricto sensu’ no âmbito do hospital UNIDADE DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS CARLA PICANÇO PEREIRA Coordena capacitações e desenvolve colaboradores UNIDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL MARIA ZILMA DE OLIVEIRA Administra vínculo colaboradores-hospital SETOR DE ENGENHARIA CLÍNICA RAFAEL CAVALCANTI CONTRERAS Controla parque tecnológico do hospital SETOR DE INFRAESTRUTURA FÍSICA JOSIMAR CORCINO Controla manutenção e projetos físicos da edificação SETOR DE HOTELARIA HOSPITALAR SETOR DE SUPRIMENTOS MABEL DE ARAUJO F. DANTAS Garante bem estar e segurança na permanência do usuário ANTÔNIO AUGUSTO DE A. FERNANDES Controla abastecimento de insumos hospitalares UNIDADE DE TRANSPLANTE JOSÉ HIPÓLITO DANTAS JÚNIOR Controla fluxo e protocolos de transplantes UNIDADE DO SISTEMA RESPIRATÓRIO SÉRVULO AZEVEDO DIAS JÚNIOR Controla fluxo do cuidado das doenças respiratórias UNIDADE DO SISTEMA NEUROMUSCULAR Controla fluxo do cuidado das doenças neuromusculares UNIDADE DO SISTEMA URINÁRIO Controla fluxo do cuidado das doenças do sistema urinário SETOR DE APOIO DIAGNÓSTICO HÊNIA RAMALHO DE MELO Coordena unidades de diagnóstico UNIDADE LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS UNIDADE DE LABORATÓRIO ANATOMIA PATOLÓGICA SETOR DE APOIO TERAPÊUTICO ELIEL DE SOUZA Coordena unidades terapêuticas UNIDADE DE REABILITAÇÃO UNIDADE DE CIRURGIA/RPA SETOR DE ORÇAMENTO E FINANÇAS SETOR DE CONTABILIDADE SETOR DE ADMINISTRAÇÃO UNIDADE DE ABASTECIMENTO FARMACÊUTICO CARLOS LEONARDO MACIEL DE ARAÚJO Subsidia tecnicamente controle de insumos UNIDADE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL EMERSON ARCOVERDE NUNES Coordena cuidado multiprofissional de atenção psicossocial UNIDADE DE CABEÇA E PESCOÇO Controla fluxo do cuidado com cabeça e pescoço UNIDADE DE CLÍNICA MÉDICA Controla fluxo do cuidado clínico de adultos UNIDADE HEMATOLOGIA/ONCOLOGIA ELIO JOSÉ SILVEIRA DA SILVA BARRETO Controla fluxo do cuidado das doenças sanguíneas e neoplasias UNIDADE CARDIOVASCULAR CESIMAR SEVERIANO DO NASCIMENTO Controla fluxo do cuidado das doenças cardiovasculares UNIDADE DE ATENÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE JUSSARA MELO DE CERQUEIRA MAIA Controla fluxo do cuidado clínico de crianças e adolescentes RUTE SANTOS MENDONÇA Controla fluxo de exames de material biológico UNIDADE DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM E MÉTODOS GRÁFICOS Controla fluxo de exames por captura de imagem CARLOS ANDRÉ N . JATOBÁ Controla fluxo de exames de células, tecidos e peças cirúrgicas UNIDADE DE HEMODINÂMICA EDUARDO DANTAS B. DE FARIA Controla fluxo de exames de circulação sanguínea IVÂNIA CLEIDE C. DA SILVEIRA Controla fluxo do serviço de reabilitação de pacientes UNIDADE TRANSFUSIONAL RODOLFO DANIEL DE A. SOARES Controla fluxo hemoterápico UNIDADE DE CUIDADOS INTENSIVOS E SEMI-INTENSIVOS ELIANE PEREIRA DA SILVA Controla fluxo de terapias intensivas e semi-intensivas BENÁDIA MEDEIROS NUNES Controla centro cirúrgico UNIDADE DE NUTRIÇÃO CLÍNICA MÁRCIA REGINA DANTAS DE ARAÚJO Controla fluxo de terapêutica por alimentação específica UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE MATERIAIS ESTERELIZADOS MARIA DA CONCEIÇÃO ARAÚJO BATISTA Garante desinfecção dos materiais de uso hospitalar ELIANA GADELHA DO NASCIMENTO Coordena gestão orçamentária e financeira EUCLIDES PEREIRA FLORES JUNIOR Coordena gestão contábil MYRNA DE ALBUQUERQUE FONSECA Coordena gestão admistrativa UNIDADE DE PROGRAMAÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA MARIA DARC DA SILVA UNIDADE DE CONTABILIDADE FISCAL ROSEANE ARAUJO CAVALCANTE Controla obrigações tributárias e fiscais UNIDADE DE CONTABILIDADE DE CUSTOS IGOR SOUZA CORREA Controla custos do hospital UNIDADE DE LIQUIDAÇÃO DA DESPESA ROSSANA CAVALCANTI DANTAS UNIDADE DE COMPRAS MÔNICA CABRAL DO MONTE Controla contratações de bens e serviços UNIDADE DE LICITAÇÃO SAMUEL NÁRIO FERNANDES NETO Executa procedimentos licitatórios Unidade de Almoxarifado Controla fluxo orçamentário Controla entradas e saídas de recursos financeiros UNIDADE DE CONTRATOS UNIDADE DE PATRIMÔNIO UNIDADE DE PAGAMENTO DA DESPESA GESSY FERREIRA LIMA Organiza processos de pagamentos FLAVIANY ALVES CAMPOS DE OLIVEIRA NECO RODRIGUES Controla acordos firmados pelo hospital UNIDADE DE APOIO OPERACIONAL FELIPE EDUARDO FARIA DE SOUZA Coordena atividades operacionais ALISON LENE CIRILO DA SILVA Controla atividade patrimonial 08

[close]

p. 11

COMO PROCEDER PARA SER ATENDIDO NAS ESPECIALIDADES MÉDICAS EXISTENTES NO HUOL Para ser atendido(a) no HUOL, primeiramente deve-se procurar a Unidade de Saúde mais próximo da residência, consultar um Clínico e se este considerar que a pessoa deve ser encaminhada para alguma especialidade do HUOL, ele preenche a Ficha de Referência e a própria Unidade de Saúde é que providencia a marcação da consulta, pois o HUOL faz o atendimento, mas este deve ser agendado pelas Unidades de Saúde. Quando se trata de retorno, este pode ser agendado no SAME/HUOL, desde que seja em um período de até 30 dias após a realização da consulta. Essas orientações são válidas tanto para as pessoas que residem em Natal quanto para as que moram em outros municípios do Rio Grande do Norte pactuados com o município de Natal, pois o HUOL é uma Unidade de Referência para diversas especialidades médicas para todo o estado. Na página seguinte, apresenta-se um quadro com todas as especialidades médicas existentes neste hospital. 100 anos 09

[close]

p. 12

ESPECIALIDADES MÉDICAS DO HUOL E LOCAL DE ATENDIMENTO NO AMBULATÓRIO ESPECIALIDADE LOCAL DE ATENDIMENTO Cancerologia Clínica Cardiologia Cardiologia Pediátrica Térreo 2º sub-solo Amb. de Pediatria Cirurgia Buco-maxilo-facial Cirurgia Bariátrica Cirurgia de Cabeça e Pescoço 1º andar 1º andar 1º andar Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral Cirurgia Geral Pediátrica 2º sub-solo 1º andar Amb. de Pediatria Cirurgia Oncológica Cirurgia Plás ca Cirurgia Toráxica 1º andar 1º andar 1º andar Cirurgia Vascular Clínica Geral Dermatologia 1º andar Térreo e 1º sub-solo 1º sub-solo Endocrinologia Endocrinologia Pediátrica Gastroenterologia Térreo Amb. de Pediatria 1º sub-solo Gastroenterologia Pediátrica Amb. de Pediatria Geriatria Térreo e 1º sub-solo Hematologia Infectologia Pediátrica Térreo Amb. de Pediatria ESPECIALIDADE Mastologia Medicina Intervencionista Nefrologia Nefrologia Pediátrica Neurocirurgia Neurologia Neuropediatria O almologia Ortopedia Ortopedia Pediátrica Otorrinolaringologia Pediatria Geral Pneumologia Pneumologia Pediátrica Proctologia Psiquiatria Psiquiatria Pediátrica Reumatologia Reumatologia Pediátrica Sexologia Urologia LOCAL DE ATENDIMENTO 1º andar 1º andar Térreo Amb. de Pediatria 1º andar Térreo Amb. de Pediatria 1º andar Térreo Térreo 1º andar Amb. de Pediatria 1º subsolo Amb. de Pediatria 1º andar 1º subsolo Amb. de Pediatria Térreo Amb. de Pediatria Térreo 1º andar Além dessas especialidades médicas, o HUOL dispõe de outras Unidades e Serviços, que dão suporte ao atendimento ambulatorial e hospitalar, as quais serão apresentados na próxima seção. 10

[close]

p. 13

UNIDADES E SERVIÇOS DO HUOL CENTRAL DE MARCAÇÃO A Central de Marcação é responsável pelo cadastro e/ou conferência de dados dos pacientes que são atendidos no hospital, quando estes têm consultas agendadas, fazendo a abertura de prontuários para o devido registro das informações relacionadas ao atendimento médico ou de outra especialidade da área da saúde. Além disso, a Central de Marcação agenda os retornos das consultas médicas (quando esses ocorrem em um prazo de até 30 dias), bem como de consultas extra (mediante autorização escrita do médico). Objetivo da Central de Marcação: · Fazer a conferência dos dados do paciente para abertura ou atualização do prontuário, conforme as consultas agendadas pelas Unidades de Saúde através do SISREG (Sistema de Regulação de Consultas, administrado pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal); Documentos necessários para abertura de prontuário: Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência e cartão SUS. · Informar ao SISREG a oferta mensal de vagas para atendimento. · Fazer o agendamento dos retornos após consultas médicas e alta hospitalar, dentro do prazo permitido. Funcionamento da Central de Marcação: · Atendimento presencial: diariamente, de segunda a sexta-feira, das 06:00h às 18:00h. · Telefone para contato: (84)3342-5045. · Localização: Andar térreo do Ambulatório do HUOL. Responsável: Wyllame Alves Pereira. 11

[close]

p. 14

UNIDADES E SERVIÇOS DO HUOL SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICO – SAME O SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatístico) é responsável pelo guarda de prontuários dos pacientes que são atendidos no hospital, enviando-os para os ambulatórios (para o registro das consultas), ou para as unidades de internação para que sejam registradas as informações referentes ao acompanhamento do paciente. Objetivo do SAME: · Fazer a guarda dos prontuários dos pacientes atendidos no HUOL. · Disponibilizar os prontuários para as consultas e arquivá-los devidamente, após o término dos atendimentos. · Fornecer cópia do prontuário quando devidamente solicitado pelo paciente. Observação: Apenas o paciente (ou seu representante legal), munido de documento oficial de identidade pode solicitar e receber a cópia do prontuário. Funcionamento do SAME: · Atendimento presencial: diariamente, de segunda a sexta-feira, das 06:00h às 17:00h. · Telefone para contato: (84)3342-5227. · Localização: Andar térreo do Ambulatório do HUOL. Responsável: Maria da Conceição Araújo Fonseca. 12

[close]

p. 15

COMO PROCEDER PARA INTERNAÇÃO NO HUOL PACIENTE ACOMPANHADO NO AMBULATÓRIO DO HUOL O médico assistente preenche o formulário para solicitação de vaga ou lista de espera e encaminha o paciente ao Núcleo Interno de Regulação (NIR), que orienta quais são as providências que devem ser tomadas para efetivar a internação. Essa internação só pode ser realizada mediante a existência de leito. Na maior parte dos casos, o paciente aguarda em fila de espera, pois o HUOL não é credenciado pelo SUS para atendimento de urgência; é apenas para atendimentos eletivos (aqueles que podem esperar). PACIENTE INTERNADO EM OUTRO HOSPITAL (TRANSFERÊNCIA) O médico que acompanha o paciente no hospital em que ele está internado faz um laudo descrevendo seu quadro clínico e encaminha para a Central de Regulação Metropolitana, localizada na Secretaria Estadual de Saúde. Essa Central de Regulação faz a solicitação de vaga para o Núcleo Interno de Regulação do HUOL, para transferência do paciente. Esse laudo é avaliado pela equipe médica do HUOL e se for avaliado que o tratamento deve ser feito aqui, o NIR tomará as providências referentes ao leito para que a transferência seja efetivada. 13

[close]

Comments

no comments yet