Boletim Cristo Rei - Ano I - 05

 

Embed or link this publication

Description

Boletim Mensal da Paróquia Cristo Rei - Jd. Chapadão - Campinas - SP

Popular Pages


p. 1

Missões BOLETIM Ano I – Edição 05 Outubro/2016 Nesta Edição: 2 Nossa Paróquia - Pastoral das Exéquias - Conselho Econômico 3 Acontece - Bazar Inaugurado - Em busca do ser - Batismo na Cristo Rei Calendário Paroquial 4 Vida Cristã - Diretório dos Sacramentos - Jornada Missionária Mensagem do Papa Estamos cada vez mais perto da Jornada Missionária. O Conselho Paroquial tem colaborado bastante para que o Projeto da Arquidiocese possa se concretizar em nossa Paróquia. Estamos “quebrando a cabeça” e usando de toda criatividade para podermos responder ao apelo do Arcebispo e corresponder com a missão que o Senhor nos confiou. Vamos centrar nossas ações nas Casas de Repouso, Visita aos pais da Catequese Eucarística e Crisma, Grupos de Vivência nos condomínios, prédios e ruas, nas escolas do bairro, nas famílias que participam da Missa das Crianças e até na Pedreira do Chapadão. Desde 2013 estamos trabalhando o tema missão, buscando ser uma “Paróquia em Estado Permanente de Missão”, com a divulgação de folhetos, encontros de leigos e estudos de documentos de Aparecida e dos Papas Bento XVI e Francisco. A experiência vem mostrando que não é fácil mudar a mentalidade, desacomodar os leigos da rotina de celebrações e sacramentos, e criar um espírito missionário capaz de “lançar fogo sobre a terra”, como afirmou Jesus (Lc 12,49). Confiamos na dedicação dos leigos de nossa Paróquia Cristo Rei que saberão, com certeza, assumir “a parte que lhes cabe na herança” e na missão deixada por Jesus a todos os batizados. Palavra do Pároco Digo, os verdadeiros batizados “na água e no fogo” do Espírito Santo, conscientes de seu papel na construção do Reino. “Vós não sois do mundo, disse o Mestre, como Eu também não o sou... Pai, peço que não os tires do mundo, mas que os preserves do mal” (Jo. 17). Essa é a missão dos leigos, vocação de ser presença criadora e transformadora na sociedade. São João Paulo 2º. já advertia em sua Encíclica Redemptoris Missio: “Quero convidar a Igreja a renovar seu espírito e seu trabalho missionário. É preciso renovar a fé e a Vida Cristã. ’É dando fé que ela se fortalece’. A missão renova a Igreja, escreveu ele, revigora a fé, dá entusiasmo e motivações novas.”. Que belas palavras do Papa! Pena que muitos cristãos e, até sacerdotes, não levem a sério e acabam reduzindo sua missão em administrar sacramentos! Ele dizia: “A Missão de Cristo Redentor, confiada à Igreja (nós) ainda está no começo. É preciso maior empenho. Sintome no dever de repetir o grito que São Paulo, escreveu: ‘ai de mim se não evangelizar’ (1Cor 9,16)”. Arregacemos as mangas. Coloquemos as armaduras da luta. Cristo precisa de nós para dar novo rumo à Igreja e ao mundo. Cônego Luiz Carlos F. Magalhães

[close]

p. 2

PG 2 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Nossa Paróquia PASTORAL DAS EXÉQUIAS É a presença amiga, fraterna e solidária da comunidade eclesial junto àqueles que passam por um momento de dor com a perda de um ente querido, prestando solidariedade, conforto e apresentando súplicas para os defuntos e ao mesmo tempo dá aos vivos o consolo da esperança. A Pastoral deve lembrar aos presentes que a vida cristã não está limitada à realidade terrena, mas perpassa esse tempo e esse lugar. O Senhor Ressuscitado é o modelo perfeito da nossa realidade futura, o que nos anima na superação deste momento (cf. Jo11,25 Rm 6,4 Ef 2,6 Cl 3,1 2 Tm 2,11). Turma 2015 Missão da Pastoral • Confortar espiritualmente as famílias enlutadas (através de celebrações bem preparadas, visitas, presença etc). • Assistir estas famílias nos velórios. • Preparar com especial zelo a celebração das exéquias, considerando o profundo sentido pascal da morte cristã, a sensibilidade dos presentes e a necessidade de se aproveitar o momento para trazer o real sentido da morte. • Celebrar as exéquias, valorizando todos os símbolos inerentes àquele momento (a Bíblia, as velas, as flores, a cruz etc). • Evangelizar e mostrar que não se reza apenas pela morte, mas sim pela ressurreição, pela vida eterna. • Aproveitar o momento de sensibilidade humana para falar da esperança a todos e da necessidade da fé na ressurreição dos mortos como ponto central da vida cristã. • Providenciar sepultamento dos indigentes ou de pessoas que não tenham família. www.amcparoquiasaojoaobatista.com.br/ CONSELHO ECONÔMICO É regido pelo Direito Universal e pelas normas dadas pelo bispo diocesano e tem por fim auxiliar o pároco na administração dos bens da paróquia e cuidar do orçamento, das receitas e das despesas (Can 537). É obrigatório, constituído pelo pároco, que é sempre o titular e outros cinco ou seis leigos, de preferência conhecedores de contabilidade e administração. As reuniões são mensais e têm como objetivo acompanhar o movimento financeiro da paróquia, orçamentos e gastos, dar assessoria ao pároco e à secretaria. Cuidar da manutenção do prédio e previsão de recursos para as Equipes de Pastoral atuarem com liberdade e eficiência. Para a correta administração dos bens eclesiásticos, o Código de Direito Canônico estabelece elementos básicos que configuram a organização econômica de toda pessoa jurídica eclesiástica: a existência de um administrador próprio (cân. 1279), e de um conselho de assuntos econômicos. É um organismo que pretende ser o verdadeiro elo de ligação através do qual se efetiva a co-responsabilidade dos fiéis na administração dos bens temporais da paróquia. As funções são as seguintes: 1. elaborar o plano administrativo e das necessidades econômico-financeiras da paróquia, a curto e longo prazo; 2. elaborar a previsão orçamentária; 3. programação dos investimentos e das obras paroquiais; 4. supervisão das atividades econômicas, da execução do plano administrativo e do orçamento e da contabilidade através dos balanços e/ou balancetes e demonstrativos das contas de resultado; 5. promover a colaboração dos paroquianos para as necessidades econômico-financeiras da paróquia; 6. emitir parecer sobre a necessidade e/ou oportunidade de alienar bens eclesiásticos pertencentes à paróquia.

[close]

p. 3

Acontece BAZAR INAUGURADO Boletim - Paróquia C r i s t o R e i PG 3 Calendário Paroquial O Bazar Campinense foi inaugurado em sua nova sede graças à partilha de recursos humanos e materiais da Paróquia Cristo Rei. As reformas e adaptações vão proporcionar ao Lar recriar seu espírito de dedicação e entrega para conseguir levantar recursos para a manutenção das 60 crianças do Jardim Eulina. Como é bom partilhar! Mas, no coração de cada um de nós fica a palavra de Jesus: “não fizemos mais do que nossa obrigação, somos servos inúteis” (Lc 17,10). EM BUSCA DO SER Não só de celebrações e sacramentos vive a Paróquia Cristo Rei. Graças à presença e dedicação de muitos voluntários, a comunidade acolhe muitas pessoas que precisam de acolhimento, escuta, orientação, e atividades que dão condições para o desenvolvimento do Ser Humano: Ginástica, Yoga, Reiki, Amigos do Peso, Artesanato, Terapia com Florais, Encontros de Emaús, Teatro para crianças, Alcoólicos anônimos, Acupuntura, Regeneração celular. BATISMO NA CRISTO REI 01 Tirinhas Alimentos - Solidariedade Encontro do Crisma - 17h 02 Tirinhas Alimentos - Solidariedade 03 INÍCIODA DA JORNADA MISSIONÁRIA 04 Reunião do CPP - 20h 05 Missa dos Enfermos - 17h 06 Hora Santa - 19h30 07 Missa Sagrado Coração de Jesus - 17h Encontro da Perseverança - 15h30 08 Preparação Batismo - 16h JUBILEU DAS CRIANÇAS DIA DO NASCITURO Batismo - 9h 09 Encontro de Jovens - 17h Festa e Missa N. S. Aparecida - 8h30 12 GRANDE CELEBRAÇÃO DE ENVIO 13 Terço dos Homens- 20h 15 Ofertas da Partilha Festa Dia Crianças - Catequese - 09h 16 Encontro do Crisma - 17h A Paróquia reserva dois domingos por mês para realizar batizados. Acolhemos, em cada domingo, apenas oito (8) famílias. Os Pais e Padrinhos participam de uma tarde de formação, no sábado: refletem sobre os Sacramentos na Igreja, a Responsabilidade de Educar os filhos na Vida Cristã, participando da Comunidade, e estudam o Rito do Batismo, buscando entender qual o significado dos sinais e símbolos usados na administração do Sacramento. Ofertas da Partilha Reunião PASCOM - 19h 18 Reunião CONSEG - 19h 20 Terço dos Homens c/ famílias - 20h Encontro da Perseverança - 15h30 22 Preparação Batismo - 16h Batismo - 9h 23 Encontro de Jovens - 17h 26 Confraternização futebol - 18h 27 Terço dos Homens- 20h Não há taxa alguma para a celebração, mas os pais fazem a oferta de uma cesta básica ou uma caixa de leite para as creches, lembrando o gesto de Maria e José por ocasião da apresentação de Jesus ao templo. Os casais que não são “casados na Igreja”, que não receberam o sacramento do matrimônio, passam por uma entrevista com o pároco, antes do batismo. Reflete-se sobre a importância dos sacramentos e da participação na vida da comunidade, responsabilidade dos pais de educar pelo testemunho de vida e, as possibilidades de realizar a celebração do matrimônio sem “pompa e circunstância”, evitando todos aqueles gastos que não fazem parte do ritual do sacramento. Missa Casais Aniversariantes - 19h 29 Venda de Salgados - Solidariedade Encontro do Crisma - 17h 30 Venda de Salgados - Solidariedade Eventos, notícias, fotos Acesse nosso site www.paroquiacristorei.com.br

[close]

p. 4

PG 4 Boletim - Paróquia C r i s t o R e i Vida Cristã DIRETÓRIO DOS SACRAMENTOS Desde 2007, o Pároco, Côn. Luiz Carlos F. Magalhães elaborou um Diretório dos Sacramentos para a Paróquia a fim de que os leigos pudessem ter uma orientação concreta ao acolher as pessoas que procuram a comunidade e, ao mesmo tempo, “construir” uma unidade pastoral. Espiritualidade familiar, coerência de vida, participação na comunidade, anúncio de Jesus Cristo são alguns pontos concretos presentes em todos os momentos de formação e educação da fé. Atentos às orientações da Arquidiocese, a Paróquia espera agora o Diretório dos Sacramentos que está sendo elaborado para toda a Arquidiocese de Campinas. JORNADA MISSIONÁRIA Datas importantes da jornada - conforme programa da arquidiocese: Dia 03/10 - missa em Aparecida e entrega da imagem N. Sra. Aparecida ao D. Airton com a presença de representantes paroquiais, forâneos e arquidiocesanos. De 03 a 11/10 - novena na Paróquia conforme escala das equipes às 19h45 Dia 12/10 - Missa e envio para todos os discípulos na praça da Catedral de Campinas (concentração às 8 h e Celebração 8h30) De 12/10 a 08/12 - Jornada Missionária com visitas e testemunho na Paróquia (homilia das missas) - Escolas do bairro - com teatro itinerante - Casas de repouso no bairro - Famílias dos catequizandos (Eucaristia e Crisma) e famílias agendadas - Pedreira do Chapadão/restaurantes/barzinhos T1O9D9O9S estão convidados, vamos contar com a participação de todos os agentes paroquianos E TODO O POVO PARA ESSA TAREFA. "Todos somos discípulos missionários". Serão fornecidas explicações de como fazer a visita, o que falar, o que levar, como ouvir. Mensagem do Papa EVANGELIZAR O que significa evangelizar e como fazêlo? Perguntou o Papa Francisco. Evangelizar não é se exibir. Infelizmente hoje, em algumas paróquias, este serviço é vivido como uma função. Leigos e sacerdotes se exibem sobre o que fazem. Isto é ostentação: é se exibir; é reduzir o Evangelho a uma função ou a uma ostentação. “Se você diz: “Eu vou evangelizar e levo a Igreja a muitos”. Isso é fazer proselitismo, o que é também uma exibição. Evangelizar não é fazer proselitismo e nem fazer um passeio, nem reduzir o Evangelho a uma função, explicou Francisco. Isto é o que Paulo diz: “Para mim não é um motivo de exibição; para mim é uma necessidade que se impõe”. Evangelizar é dar testemunho não somente com a Palavra, mas com a vida”. Boletim da Paróquia Cristo Rei Distribuição gratuita  Period.: mensal  Tiragem: 800 exemplares Respons.: Pe. Luiz Carlos F. Magalhães - fogodaterra@terra.com.br Projeto gráfico e diagramação: PASCOM (Pastoral da Comunicação) Paróquia Cristo Rei Rua Elisiário Pires de Camargo, 210 Jd. Chapadão  Campinas, SP  CEP 13070-099 Tel: (19) 3242-0500  secretariacristorei@terra.com.br

[close]

Comments

no comments yet