Revista RADAR 112

 

Embed or link this publication

Description

Edição online da Revista RADAR nº 112

Popular Pages


p. 1

Revista RADAR 1 Setembro 2016

[close]

p. 2

Revista RADAR 2 Setembro 2016

[close]

p. 3

Revista RADAR 3 Setembro 2016

[close]

p. 4

Revista RADAR Setembro 2016 4 EXPEDIENTE Projeção Revistas e Prop LTDA-ME Direção: Isabel Cristina M. D. Moré Rua: Henrique Dias, 163 Fone: (18) 3271-6795 E-mail: isabel.more@hotmail.com CNPJ: 19.492.054/0001-40 Presidente venceslau-SP CTP, Impressão e acabamento CIPOLA - Inteligência Gráfica Rua: Átila Bitencourt, 152 Fone: (18) 3311-0510 www.cipola.com.br Presidente Prudente - SP CARTA AO LEITOR Não são apenas Jorge Duran e Claudemir Garcia que es- tão frente à frente para um pleito municipal. O eleitor também está frente à frente com a urna. Mais uma vez deve decidir quem estará no comando da cidade nos próxi- mos quatro anos. Radar deste mês retrata a eleição fornecendo o perfil de cada candidato. A revista está circulando nesta semana exatamente para expor o momento vivido pela população, ou seja, as eleições municipais. Tam- bém está sendo ocupada por can- didatos a vereança e ainda mostra noticiário dos últimos aconteci- mentos da cidade. A boa notícia que Radar traz para os leitores, é de que volta a ser uma revista mensal, exclusi- va de Presidente Venceslau. Radar é escrita e compilada na cidade, exemplar com o perfil de imprensa da cidade. Estamos estudando formas de atingir vários setores com exem- plares simples, resumidos, de no- ticiário consistente e de extrema importância para a história da cida- de. Somos vanguarda neste traba- lho na região, e continuamos com a nossa bandeira e exercício de uma imprensa livre, independente e mo- derna. Boa Leitura Toninho Moré Direção de Jornalismo: Toninho Moré Direção de Arte/Criação: Thadeu Arias Atendimento: Isabel Moré / Isabelle Campos Designers: Thadeu Arias Diagramação: Thadeu Arias Fotografia: Toninho Moré / Thadeu Arias Comercial: Homero Silva / Toninho Moré Redação: Claudio Almeida / Gustavo Moré / Toninho Moré Jornalista Responsável Gustavo Dantas L. Moré MTB 54.156/SP Tiragem 1.000 exemplares Término desta edição 11h15 do dia 24/09/2016

[close]

p. 5

Revista RADAR 5 Setembro 2016

[close]

p. 6

CIDADE INCÊNDIO Residência pega fogo na Arariboia dois homens ficam feridos Setembro 2016 Revista RADAR 6 OCorpo de Bombeiros de Presidente Venceslau foi acionado no dia 5 de setembro, por volta das 16h30, para atender a ocorrência de um incêndio numa residência de número 688, na Rua Arariboia. No local encontraram dois homens com queimaduras no rosto e tórax, causadas pela queda do telhado. Os dois foram socorridos e levados até o Pronto Socorro da Santa Casa. Um deles é Moacir Araujo da Silva, de 47 anos, que teve a maior parte do corpo queimado. O outro indivíduo foi atendido no Pronto Socorro e passa bem. Conforme os Bombeiros, o incêndio foi em uma residência de três cômodos sendo que houve desabamento do telhado do primeiro e segundo cômodo, (sala e cozinha respectivamente). As vítimas estavam dormindo no quarto. Com a chegada das equipes do Corpo de Bombeiros foi iniciado o combate ao incêndio e proteção da residência da direita que é de madeira e poderia se incendiar. A equipe da viatura de resgate adentrou a residência da esquerda pela garagem e visualizou através de uma janela que no quarto haviam duas pessoas desacordadas. Para chegar às vítimas foi necessário remover a janela do ambiente, pois o acesso pela porta estava obstruído com material em combustão. Após adentrar no local, as vítimas foram socorridas ao Pronto Socorro da Santa Casa de Presidente Venceslau. Por se tratar de queimaduras, os dois foram encaminhados para Presidente Prudente, sem risco de morte. Os bombeiros dominaram o incêndio, retiraram parte da madeira queimada e fizeram o rescaldo do prédio.n

[close]

p. 7

Revista RADAR 7 Setembro 2016

[close]

p. 8

COMÉRCIO CONSULTORIA DESFRAN de Presidente Venceslau tem arquiteta para auxiliar clientes Setembro 2016 Revista RADAR Os clientes que procuram a Desfran, uma das mais 8 belas lojas do ramo de venda de materiais de construções da região, além do amplo e variado estoque de produtos à disposição, ainda podem contar com um serviço diferenciado, o da presença constante de uma profissional do ramo para apresentar ideias, evolução de produtos, novas tendências e visualização de proje- tos. A arquiteta e urbanista Jessica Santos de Souza, atende a todos em espaço especial, discreto e com aten- ção absoluta. “Faço o auxílio na escolha do acabamento do projeto em questão, colocando um visual em 3d para os pisos, revestimentos e ajustando detalhes para facilitar a escolha dos produtos junto aos clientes. É um trabalho exclusivo, sem nenhuma cobrança adicional, criado especialmente pela Desfran”, comentou. Jessica ainda comenta que, “o serviço tem sido um sucesso e prazerosamente temos participado de vários projetos consolidando o nosso trabalho e esta ideia da loja em buscar o melhor para os clientes”. Este trabalho de consultoria tem feito a diferença na Desfran, loja situada em Presidente Venceslau na Avenida João Pessoa, um local onde vale a pena fazer uma visita pela diversidade de produtos e condições especiais para a compra.n

[close]

p. 9

Setembro 2016 /desfranpv @desfranpv Látex Acrílico • Fosco • 18L Lustre Abrico • 5XE 14 Lustre Comodoro • 5 5XE 14 Apenas R$ 242,80 em 5x no cartão Porcelanato • Ref. 62103 • Ref. 62102 • Ref. 62309 • 62x62 Apenas R$ 670,00 à Vista Revestimento • Classic White AR • Classic Bege AR • 31x58 Apenas R$ 725,00 à Vista Porcelanato • Tocantins Cinza • 25x103 Lavadora de Pressão • J 6000 Apenas R$ 693,90 em 5x no cartão Porcelanato • Tapajos Marfim • 25x103 9 Revista RADAR 29,90Apenas m2 à Vista Bacia Thema • Branca • S/ Assento Apenas R$ 29,90 em 6x no cartão Bacia Boss • Branca • S/ Assento Cuba de Apoio Thema • Branca 49,90Apenas R$ m2 à Vista Porcelanato Polido • Broadway Lime • 60x60 45,50Apenas R$ m2 à Vista Porcelanato Polido • Crema Di Itália • 60x60 Porcelanato Polido • Galileu Crema • 60x60 Apenas R$215,00 à Vista Apenas R$379,00 à Vista Apenas R$199,00 à Vista 76,40Apenas R$ m2 em 6x no cartão Apenas 75R$ ,40m2 em 6x no cartão 79,90Apenas R$ m2 em 6x no cartão

[close]

p. 10

CIDADE MOTOCICLISTA É PRESO Polícia civil (DIG) prendeu motociclista que atacava senhoras em calçadas Foi detido, na tarde do dia 09 de setembro o motociclista J. V. S., de 22 anos na Delegacia de Polícia de Presidente Venceslau. Ele atacava senhoras em vários pontos da cidade, tentando arrancar-lhes as bolsas ou pacotes que carregavam. As vítimas sempre estavam nas calçadas. O bandido foi traído por uma das câmeras de segurança de uma residência na Cidade Jardim, quando tentou, sem sucesso, arrancar um pacote que estava sendo carregado por uma senhora. Uma outra mulher estava no muro próximo e começou a gritar e o motociclista se evadiu. Neste momento as imagens mostraram sua moto e também a jaqueta que usava, facilitando sua identificação. O rapaz que cometia o delito é jovem e se utilizava de duas motos e roupas iguais. Uma de suas motos é diferenciada, o que já havia sendo observado pelos investigadores. Também havia suspeita de que ele residia nas proximidades da antiga Vilela Veículos, sendo morador re10 cente de Presidente Venceslau, vindo de Marabá Paulista. Ele foi flagrado por uma diligência policial e acabou confessando que realizava essas abordagens nas mulheres. Não conseguiu explicar o porquê dessas atitudes. Conforme informações da polícia, ele não aparenta ser usuário de drogas e álcool. O Delegado de Polícia Ellisson Yukio Hasai fez a montagem do processo da ocorrência e ouviu várias vítimas que sofreram seus ataques nesses últimos dois meses. Todas elas o reconheceram e ele confessou ser o autor das abordagens. Depois de todos os tramites legais, ele recebeu ordem de prisão e está detido no CDP de Caíua.n Setembro 2016 Revista RADAR

[close]

p. 11

VALOR R$ 150,00 Revista RADAR 11 Setembro 2016

[close]

p. 12

REGIÃO Setembro 2016 Revista RADAR 1º JORNADA DA CIDADANIA E EMPREGABILIDADE Objetivando a reinserção social da pessoa presa, o evento proporcionou atendimentos médicos e jurídicos, documentações e preparação para o mercado de trabalho No dia 06 de setembro, sentenciados da Penitenciária de Marabá Paulista receberam pela primeira vez o projeto de reintegração social da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) denominado Jornada da Cidadania e Empregabilidade. A ação uniu voluntários, parceiros e órgãos públicos em prol da pessoa presa, dando a esta condições dignas para obter subsídios que a auxiliará quando ganhar a liberdade. Enquanto isso não ocorre, as atividades também contribuirão para a saúde, estudo e trabalho dentro do estabelecimento. A cerimônia de abertura teve início às 9h, no barracão de trabalho, na presença da mesa de autoridades locais e de público composto por sentenciados, servidores e convidados. No local, painéis ilustrativos traziam fotos de todas as atividades desenvolvidas na unidade envolvendo assistência jurídica, social, educacional, médica, à saúde, empregabilidade, religiosa e laborterápica, além de exposição de sacolas personalizadas, artigos para festa e mudas nativas produzidas 12 no estabelecimento. Na ocasião, 23 sentenciados foram surpreendidos com deferimentos de: regime semiaberto (19), livramentos condicionais (3) e alvará de soltura (1). Ao final, dois outros apenados recitaram os poemas “Invictus”, de Willian Ernest Henley, adotado como inspiração por Nelson Mandela na prisão e “O mais forte” de Fênix Faustine. Logo após, os sentenciados participaram de testes oftalmológicos e para verificação do grau de comprometimento dos pulmões, além de exames médicos com medição de glicemia e aferição de pressão arterial, cortes de cabelo, atendimentos jurídicos, emissão de documentos, palestras e batismo. O exame de percepção visual foi realizado por alunos da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) enquanto que o de pulmão foi realizado com aparelhos cedidos pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e ambos servirão de base para encaminhamento médico posterior. Em seguida, houve emissão, atualização e entrega dos seguintes documentos pessoais: Registro Geral (RG), Certidão de Nascimento, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). De 38 estabelecimentos administrados pela Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste), a Penitenciária de Marabá Paulista é a 26º a receber a caravana social que, na véspera do evento possuía uma população carcerária de 1.600 sentenciados cumprindo pena em regime fechado, embora a capacidade do local seja para 844. Deste total, 95 cursam o ensino fundamental, 78 o ensino médio e 111 trabalham para empresas privadas dentro da unidade, a qual também tem capacidade para produzir cerca de 500 mil mudas nativas para reflorestamento e que, mesmo em período de entressafras como agora, tem produzido cerca de 100 mil mudas. Outros três sentenciados prestam serviços para a Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (Funap) e 135 executam serviços internos de limpeza, cozinha, manutenção e conservação predial da unidade. Atividades anteriores Devido à demanda, algumas ações tiveram início em 29 de agosto e seguiram ao longo da semana. Entre elas, a exibição do filme “Os Dez Mandamentos”, pelo pastor Wellerson Fernando Ferreira da Igreja Universal do Reino de Deus; apresentação dos projetos “Teatro nas prisões” e “Clube de Leitura”, além de cursos sobre preparo de colorau e desidratação de ervas, com Ademir Moura Leal e Dione Crei de Oliveira; aula de culinária artesanal, com Silvio Anderson Milhorança e produção de chocolates caseiros, com Silvieli M.P.F. Cruz da empresa Duas Rodas - Selecta. Houve ainda ministração de palestras com os temas: “O comportamento no Trabalho”, com Patrícia Cappi, “O poder da motivação e superação”, com Wesley Aguiar, “Capacitação em busca de liberdade”, com Adriana Moreira Cunha e “Gestão do EU: ontem, hoje e amanhã”, com Toninho Moré e Cláudio Almeida. Organização A jornada é uma realização da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), através do Grupo de Capacitação, Aperfeiçoamento e Empregabilidade (GCAE) da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania (CRSC) em parceria com as Coordenadorias Regionais de Unidades Prisionais e Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (Funap). O trabalho com RG foi viabilizado graças ao Termo de Cooperação Mútua entre a Secretaria da Administração Penitenciária e a Secretaria de Segurança Pública, por intermédio do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt do Departamento de Inteligência da Polícia Civil- IIRGD e executado pela Croeste.n

[close]

p. 13

ALL PERDE PRAZO Por determinação judicial, concessionária deveria ter reativado a ferrovia da região há 1 ano, mas alega não haver demanda por JEAN RAMALHO - O Imparcial Em setembro do ano passado findou o prazo dado pela Justiça Federal à ALL (América Latina Logística) para a reativação efetiva do transporte ferroviário na região de Presidente Prudente. A medida foi tomada após o MPF (Ministério Público Federal) ter solicitado a execução de um acordo judicial firmado em 2011 e, desde então, está em vigor uma multa de R$ 30 mil por dia descumprido pela concessionária. Mas quase um ano depois, a recuperação dos trilhos e infraestrutura férrea, além da retomada da operação comercial no trecho de 104 km entre Presidente Prudente e Presidente Epitácio não saíram do papel, ao mesmo tempo em que a punição à detentora da concessão já beira os R$ 40 milhões. O último despacho sobre o caso foi publicado em 12 de julho deste ano. Na ocasião, a Justiça Federal deferiu parcialmente o efeito suspensivo requerido pela executada, no caso, a ALL. A concessionária pediu a suspensão do processo até o julgamento da causa. No entanto, quanto ao cumprimento das obrigações de fazer, o Juízo decidiu que “não há que se conceder efeito suspensivo, dado que implicaria em tornar nulos os efeitos do acordo”. Isto é, a empresa continua obrigada a reativar e revitalizar a ferrovia. A exceção do Tribunal veio com relação à multa. Apesar de não conceder anistia sumária da multa decorrida, que gira em torno dos R$ 40 milhões, como pediu a ALL, a Justiça Federal decidiu reajustar a penalização dos R$ 50 mil diários para os originários R$ 30 mil por dia. Ainda assim, o órgão considerou a solicitação de perdão da multa como “oportunista, beirando a má-fé”. “Não há que se falar em imediata extinção da pretensão executória da multa em função da decisão”, reforça. Sendo assim, como a impugnação não teve efeito suspensivo quanto às obrigações de fazer, mas apenas implicou a revisão monetária da ação, a Justiça decidiu que “a manutenção do estado das coisas corre por conta e risco da executada”, ou seja, a ALL, uma vez que a multa segue em pleno vigor. Defasagem na demanda A principal razão apontada pela concessionária para a não efetivação do transporte ferroviário na região de Prudente está relacionada a uma eventual defasagem na demanda. Isso porque, a própria reativação do transporte deve seguir o cumprimento das metas de produtividade mínimas fixadas pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Até por isso, a Sufer (Superintendência de Infraes- trutura e Serviços de Transporte de Cargas) relata que instaurou um processo administrativo em setembro do ano passado, com o objetivo de levantar possíveis usuários interessados em transportar suas cargas por ferrovia e cujos fluxos de transporte contemplem integral ou parcialmente o trecho compreendido entre Presidente Epitácio e Rubião Júnior. A iniciativa resultou em pelo menos quatro nomes. A partir desta etapa, segundo informações da Assessoria de Imprensa do órgão, iniciaram as mediações das reuniões entre a concessionária e os usuários que manifestaram interesse. Nesta fase, que ainda está em andamento segundo a ANTT, são discutidas as opções regulatórias pretendidas, com vistas à formalização dos contratos de transporte, bem como o estabelecimento dos cronogramas de tratativas negociais a serem cumpridos pelas partes. Transporte na região A ALL insiste em dizer que o transporte na região “depende de demandas comerciais viáveis”. Afirma ainda que “realizou estudos sobre a viabilidade econômica do trecho”. Ressalta também que “vem realizando periodicamente diversos encontros com empresas de toda a região, com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre a prestação de serviços e o funcionamento da ferrovia, como peculiaridades do serviço ferroviário, dados técnicos, parâmetros operacionais, políticas de preços, entre outros pontos”. Por fim, a concessionária relata que “vem se colocando à disposição para receber propostas firmes de transporte”, mas não disse quando deve de fato atender à determinação judicial. Enquanto isso, o transporte da região permanece refém do rodoviarismo, ao passo que os trilhos vão se deteriorando no modal ferroviário. “Lógico que tem demanda. É só você parar na Rodovia Raposo Tavares [SP-270] e ver a quantidade de caminhões que passam vindos do centro oeste e norte do país transportando grãos”, considera Itamar Alves de Oliveira Júnior, diretor em exercício do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).n Revista RADAR Setembro 2016 13

[close]

p. 14

NOTICIÁRIO GERAL Setembro 2016 Revista RADAR CARROS DE SOM Em tempo de Facebook, Instagram, Blogs e sites, os políticos ainda estão na época do carro do som e das musiquinhas anda pelas ruas da cidade. Muitos estão comemorando que neste ano o tempo de campanha encurtou diminuindo o tormento sonoro. SANTA CASA Sofrível as condições de sustentação financeira da Santa Casa de Presidente Venceslau. A sociedade está se unindo para comprar comida, remédio, soro e artigos de limpeza. Também existe uma preocupação muito grande quanto a dívida total do hospital. DIFICULDADES DAS CIDADES 14 As brigas de campanha pelas prefeituras das cidades estão fortes. Mal sabem os futuros prefeitos as “buchas” que os esperam. Nenhuma prefeitura da região apresenta um quadro financeiro satisfatório. A quebradeira é geral. TEATRO DE RUA Nesta segunda quinzena de setembro tivemos a apresentação da peça de Teatro de Rua, O Baile dos Anastácio, grupo teatral do Rio Grande do Sul que esteve em Presidente Venceslau sob o patrocínio do Sincomércio. Muitas pessoas ocuparam as cadeiras colocadas na Av. Newton Prado, de frente à praça Nicolino Rondó para se divertir com a peça. WESLEY SAFADÃO AGRADOU O cantor nordestino esteve em Presidente Prudente no dia 13 de setembro. Fez um show para mais de 20 mil pessoas na noite que antecedeu o aniversário da cidade dentro da Expo Prudente. Muitos venceslauenses foram ver a apresentação e retornaram cheios de elogios à promoção. RADAR MENSAL A produção da revista Radar está se preparando para voltar com as revistas em distribuição mensal. O trabalho está começando com este exemplar. Radar será endereçada ao público de Presidente Venceslau, dando prioridade aos fatos da cidade. Tem como objetivo informar e manter um roteiro histórico da comunidade. PAULO MELO O policial militar e também amante do esporte Paulo Melo, montou a empresa ASM Esportes e com ela vem realizando eventos de qualidade para os atletas da área do futebol em Presidente Venceslau. No momento está organizando a Copa José Nilton Sales, competição para atletas acima de 45 anos no futebol society. Sucesso total, com a participação de cinco equipes e mais de 70 jogadores do passado. CASAS À VENDA Parece que não e muitos não querem falar nela, mas a crise está presente em Presidente Venceslau, especialmente nos meios imobili- ários. Muitos prédios estão sendo locados ou à venda na cidade. Apesar da timidez do mercado, alguns negócios estão acontecendo. BURACOS E MAIS BURACOS O ano se passou e as verbas não vieram para as obras. Os buracos continuam sendo um incômodo desconfortável e perigoso na vicinal da Aymoré, estrada que liga Presidente Venceslau ao Bairro Campinal. A estrada passa pelos territórios de três municípios, Presidente Venceslau, Caiuá e Presidente Epitácio e apresenta manutenção sofrível. Com a chegada da primavera, chuvas e calor, a situação deve piorar ainda mais. O governador Geraldo Alckmin havia prometido verbas para o recapeamento, mas nada foi feito nos últimos meses. NILSON SCALON O pleito eleitoral deste ano está sendo marcado pela despedida de um dos políticos de maior tradição na cidade, o vereador Nilson Scalon. Ele deixou a política depois de passar por várias legislaturas na Câmara Municipal. Não apresentou nenhum sucessor e se diz satisfeito com o trabalho que fez como político na cidade. CADÊ O SINAL DO TELEFONE Os moradores do Bairro Jardim Eldorado e arredores em Presidente Venceslau continuam com dificuldades para acessar os sinais de telefonia celular. As torres de todas as empresas prestadoras de serviços estão instaladas na área central da cidade, mas não conseguem chegar com segurança até os bairros mais distantes. Políticos e várias autoridades do assunto já foram acionados na tentativa de resolver o problema.

[close]

p. 15

TURMA DO PEDAL Tem um esporte em plena ascensão em Presidente Venceslau, o ciclismo. Muitos procuraram as bicicletas para vencer a guerra contra a balança e depois de perder os quilos indesejáveis, viraram adeptos fervorosos do esporte. Alguns viraram competidores por toda a região. O pessoal do pedal pratica o ciclismo todos os dias nos finais da tarde. A RUA DA MINHA MENINICE DESFRAN Impressionante a diversidade de produtos apresentados pela loja Desfran em Presidente Venceslau. É verdadeiro bálsamo para quem está construindo. São seções de produtos espalhados por toda a loja, artigos de qualidade e muitas opções. Vale a pena fazer uma visita na Avenida João Pessoa. RADAR HISTÓRICA Agradou em cheio a edição da revista Radar lançada no mês em comemoração ao aniversário de 90 anos de Presidente Venceslau. O trabalho foi feito para mostrar a evolução do desenvolvimento da cidade desde o seu surgimento no início do século passado. Muitos gostaram do trabalho e todos os números foram consumidos. FRANCO LANCHES O empresário Leovaldo Franco está de volta ao ramo de gastronomia. Depois de ter sido dono de restaurantes renomados da cidade, “Carroça” por exemplo, montou um lanche na rua Araribóia, local onde reside há anos em Presidente Venceslau. Seu cardápio é variado e o lanche de primeira. Vale a pena fazer uma visita. ENZO E EDER Os cantores mirins de Presidente Epitácio mostrados para todo, Brasil pelo The Voice Kids da Rede Globo, fizeram sucesso em sua apresentação na FAIVE deste ano. Tiveram boa presença de fãs, nos camarins e foram aplaudidos varias vezes durante o show apresentado dentro do evento. JOCK & HIPPLER Setembro 2016 15 Revista RADAR Radar recebeu esta obra em junho. É mais um livro assinado por Raymundo Farias de Oliveira. São poesias sobre a vida deste escritor cearense que se tornou um paulista de coração e um amante do oeste do estado. É daqueles que diante de um dilema, ou de uma dúvida, diz; ”O que fazer aqui. Sozinho, sozinho na esquina da noite?. Talvez um poema? O livro a Rua da Minha Meninice expressa a simplicidade do escritor, como lembra a nossa eterna Arlinda Garcia de Oliveira. “ Os poemas repassados de ternura, retrata a figura daquele menina simples, miúdo, porém, iluminado por Deus e que seria, no futuro, um grande poeta, que tão bem sabe cantar em versos tantas belezas, com simplicidade, meiguice, ternura e docilidade”. Aberto e funcionando para Presidente Venceslau, o Escritório de Arquitetura Jock & Hippler na Rua Duque de Caxias, 851. É uma sociedade entre duas amigas e formandas em arquitetura pela Unoeste, Ana e Graziely. Ana é de Presidente Venceslau da tradicional família Jock. Graziely veio de Brasilândia e tem deficiência auditiva, é excelente em projetos 3D e muito criativa. O Escritório de Arquitetura Jock & Hippler trabalha com projetos residenciais, comerciais, designer de interiores, gerenciamento de obras, paisagismo, fachadas, regularização. Vale a pena conhecer estas duas profissionais que são inteiradas com as novas tendências de projetos em todas áreas da arquitetura. Presidente Venceslau vive um bom momento na área de investimentos imobiliários, especialmente na viabilização de novos projetos nos loteamentos que estão surgindo na cidade.(Foto: Maurício Barbosa)

[close]

Comments

no comments yet