Investigação Apreciativa_2016

 

Embed or link this publication

Description

Confira nosso material sobre essa metodologia global.

Popular Pages


p. 1

www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 2

www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 3

www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 4

1980 - David Cooperrider com Suresh Srivastva desenvolve o programa de Doutorado em Comportamento Organizacional da Case Western Reserve University. Cooperrider pretendia fazer um diagnóstico organizacional sobre "o que corre mal no lado humano das organizações?", ficando espantado com o nível de cooperação, inovação e igualitarismo que encontrou. Face ao entusiasmo de Cooperrider, Srivastva aconselha-o a se dedicar a essa metodologia que contribui para um ótimo funcionamento de uma organização. O trabalho é desenvolvido na Cleveland Clinic, Ohio – onde surge pela primeira vez o nome 'Appreciative Inquiry' – com um impacto muito positivo na respectiva cultura organizacional, continuando a ser um case study de referência. 2000 - OD Practitioner faz o seu número especial do milênio sobre IA. Peter Sorensen da Benedictine University argumenta, como editor, que o IA é mais que uma metodologia, é um paradigma para a mudança unicamente criado para as oportunidades do séc. XXI, aprofundando os valores de base da área. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 5

 EUA  Canadá  América do Sul  Reino Unido  Europa  Áustralia  África  Ásia  Avon México  British Airways  Conselho Social do Brasil  Fórum Global da América Latina  Nutrimental  ONU  United Religions Initiative www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 6

• Planejamento Estratégico • Mudança e Transformação Cultural • Planos de ação após pesquisa de clima • Avaliação de Desempenho • Mentoria • Desenvolvimento de Lideranças • Desenvolvimento de Comunidades • Relacionamento com Clientes www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 7

APRECIAR (verbo)  Ato de valorizar;  Ato de reconhecer o melhor nas pessoas ou no mundo ao nosso redor;  Incorporar forças, sucessos e potenciais do passado e do presente;  Perceber coisas ou situações que dão vida (saúde, vitalidade, excelência) aos sistemas vivos  Aumentar o valor. INVESTIGAR (verbo)  Ato de exploração e descoberta;  Fazer perguntas; estar aberto para ver novos potenciais e possibilidades. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 8

Em todas as sociedades, organizações ou grupos, alguma coisa funciona. Aquilo em que nos focamos, transforma-se na nossa realidade. É importante valorizar a diferença. A realidade é criada no momento, e há múltiplas realidades. As pessoas tem mais confiança e vontade para encarar o futuro ("o desconhecido") quando trazem o melhor do seu passado ("o conhecido"). O ato de colocar questões sobre uma organização ou grupo influencia o grupo de algum modo. A linguagem que usamos cria a nossa realidade. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 9

RESOLUÇÃO CLÁSSICA DE PROBLEMAS Identificação do problema INVESTIGAÇÃO APRECIATIVA Apreciar e valorizar o que de melhor existe Analisar as causas Visualizar como poderia ser Analisar as possíveis soluções Dialogar sobre o que deveria ser Elaborar um plano de ação Inovar para o que vai ser www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 10

Ao contrário do modelo clássico de resolução de problemas, cujo princípio básico é "uma organização é um problema a ser resolvido", a Investigação Apreciativa baseia-se no princípio de que “uma organização é um mistério a ser abraçado" . (Hammond, S.A., 1996). A Investigação Apreciativa propõe o gerenciamento de mudanças através da busca do que há de melhor, do que “dá vida” a um sistema. A partir dos Pressupostos da AI, poderemos encontrar um meio de fazer mais daquilo que funciona. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 11

PRINCÍPIO CONSTRUCIONISTA A realidade, tal como a conhecemos, é construída socialmente através da linguagem e dos diálogos que estabelecemos. PRINCÍPIO DA SIMULTANEIDADE Questionar/perguntar é intervir e promove a mudança. PRINCÍPIO POÉTICO Os temas escolhidos determinam e criam o mundo que descobrimos. Organizações, como livros abertos, constituem recursos inesgotáveis de aprendizagem. PRINCÍPIO DA LIVRE ESCOLHA As pessoas se envolvem com a mudança quando são livres para escolher a forma/extensão da sua contribuição, o que estimula o desenvolvimento positivo . PRINCÍPIO ANTECIPATÓRIO Os sistemas humanos são inspirados e guiados pelas suas imagens do futuro. PRINCÍPIO POSITIVO Mudanças de larga escala precisam de envolvimento, união e emoções positivas da parte das pessoas envolvidas, que é conquistada através de questões positivas. PRINCÍPIO DA TOTALIDADE A totalidade traz o melhor das pessoas, das relações, das comunidades e das organizações, promovendo a criatividade e criando o potencial de grupo. PRINCÍPIO DO ENACTMENT As mudanças positivas acontecem quando imagens e visões de um futuro ideal são reais no presente. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 12

PRINCÍPIO CONSTRUCIONISTA "As palavras criam mundos“. PRINCÍPIO DA SIMULTANEIDADE "O questionamento gera mudanças“. PRINCÍPIO POÉTICO "Nós escolhemos aquilo que estudamos“. PRINCÍPIO DA TOTALIDADE "A totalidade traz o melhor“. PRINCÍPIO ANTECIPATÓRIO "A imagem inspira ação“. PRINCÍPIO POSITIVO "Questões positivas levam a mudanças positivas“. PRINCÍPIO DO ENACTMENT "Agir 'como se' leva à autorrealização“. PRINCÍPIO DA LIVRE ESCOLHA "A livre escolha dá poder“. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 13

Essência Positiva A Investigação Apreciativa cria, de forma sistêmica e colaborativa, uma conexão de conhecimento entre todo o sistema e sua essência positiva de capacidades criadoras de vida do passado, presente e futuro... e isso ascende à mudança. www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 14

DESTINO (Destiny) DESCOBERTA (Discovery) ESCOLHA DO TEMA AFIRMATIVO PLANEJAMENTO (Design) MATERIALIZAÇÃO DO SONHO (Dream) www.simoniaquino.com.br

[close]

p. 15

O Ciclo 4D é construído na busca do positivo e do que funciona, promovendo o planejamento e a ação. Uma excelente contribuição para o empowerment dos grupos e para que as organizações promovam ações positivas pelo seu próprio desenvolvimento: EMPODERA Ajuda os grupos a celebrarem, abraçarem e aprenderem com os seus sucessos, em vez de focarem nos problemas existentes. MOBILIZA Oferece aos grupos ações concretas a serem começadas de imediato. ENERGIZA Estabelece foco no futuro, que encoraja os grupos a criarem uma visão, a definirem passos que os ajudam a irem ao encontro da concretização da missão, do objetivo. O Ciclo 4D é simples o suficiente para ser acessível a todas as pessoas e profundo o suficiente para poder provocar mudanças significativas. www.simoniaquino.com.br

[close]

Comments

no comments yet