MBigucci News 75 - Setembro 2016

 

Embed or link this publication

Description

Revista corporativa da construtora MBigucci

Popular Pages


p. 1

Especial casamento: tudo para o grande dia Ano XIV – nº 75 – Setembro 2016 Construindo uma vida melhorSaúde-SãoPaulo São Bernardo do Campo MBigucci entrega mais dois grandes empreendimentos

[close]

p. 2

A FORÇA DA MARCA ACREDITAMOS NA RETOMADA DA ECONOMIA ESTAMOS PREPARANDO O FUTURO COM INVESTIMENTOS NO ABC E NA CAPITAL. Apenas nos últimos meses e em meio à crise, adquirimos 15 novos terrenos, que permitirão a construção de novas habitações, a geração de centenas de empregos e a realização de muitos sonhos. Em toda a Região Metropolitana de São Paulo, a MBigucci está adquirindo novos terrenos para incorporações, indústrias e comércio. Antes de vender o seu, ou se tiver interesse em parcerias com empreendimentos residenciais ou industriais, fale com quem entende do assunto. Fale com a MBigucci! OFEREÇA SEU TERRENO - RESIDENCIAL , COMERCIAL OU INDUSTRIAL 5595-9640 sergio@mbigucci.com.br

[close]

p. 3

PALAVRA DO PRESIDENTE Esperança Omercado imobiliário há muitos anos não passava por uma crise como a atual. Os índices de lançamentos e vendas chegaram ao fundo do poço. SP, em Santo André e em São Bernardo do Campo. Demitimos muito menos do que deveríamos ter feito em função da crise. Nossa parte estamos fazendo. Estou há 55 anos (desde 1961) no ramo da construção Cabe ao novo governo trazer de volta a felicidade e a civil e passei por várias crises, nunca, porém, com a falta de confiança da população. As novas medidas precisam ser confiança como a agora vista. urgentes, insisto. O Brasil está semi parado. Amudança de governo é um passo para a volta do otimismo. A simples mudança tem o condão de ligar a tomada. Espero que as medidas para a volta do crescimento sejam tomadas com urgência e firmeza. A redução dos gastos públicos permitirá um equilíbrio sem passar por criação ou aumento de impostos. Talvez as medidas sejam impopulares, mas é preciso tomá-las sob pena de caminharmos para ser uma nova Grécia. Sucesso e saúde a todos. Milton Bigucci* Medidas populares, às vezes, são necessárias, porém não sempre. Medidas racionais de equilíbrio trazem como fim o sucesso de uma nova nação e consequentemente de um povo. Algumas medidas amargas devem ser tomadas para que as futuras gerações possam sobreviver. Tenho esperança que o novo governo, sem entrar em problemas políticos, possa nos mostrar a que veio, principalmente porque já alegou que não pretende a reeleição. Não precisa fazer média com ninguém. Apenas governar e fazer o melhor. Não se calar perante as oposições. Responder à altura com atitudes e resultados bons. Deve aumentar a produção privada, dar emprego, enxugar o Estado, fazer o povo caminhar com as próprias pernas e fazê-lo voltar a ser feliz. Temos que nos dar as mãos e lutar por essa causa. Só assim poderemos sair do fundo do poço. Com otimismo, perseverança, muito trabalho e denodo chegaremos lá novamente. Lembro de épocas áureas, nas quais mais se construiu e mais se deu emprego e o povo era mais feliz. Estamos fazendo a nossa parte. Estamos entregando seis novos prédios aos compradores. Lindos e espetaculares. O Edifício Marco Zero Prime, em São Bernardo do Campo (entregue em 28/4/2016); o Wish Residence, no Ipiranga, em São Paulo (em 26/4/2016); o Marco Zero Premier, também em São Bernardo (dia 25/8/2016); o Piemonte MBigucci, na Saúde, em São Paulo (em 30/8/2016); e ainda este ano entregaremos o Wynn Tower, no Rudge Ramos-SBC, e o Marco Zero Tower, no Centro de São Bernardo. Temos vários lançamentos previstos no Ipiranga- *MILTON BIGUCCI é presidente da construtora MBigucci, presidente do Conselho Deliberativo da Associação dos Construtores do Grande ABC, membro do Conselho Consultivo Nato do Secovi-SP e do Conselho Industrial do CIESP, conselheiro vitalício da Associação Comercial de São Paulo e conselheiro nato do Clube Atlético Ypiranga (CAY). Autor dos livros “Caminhos para o Desenvolvimento”, “Somos Todos Responsáveis – Crônicas de um Brasil Carente”, “Construindo uma Sociedade mais Justa”, “Em Busca da Justiça Social”, “50 anos na Construção” e “7 Décadas de Futebol”, e membro da Academia de Letras da Grande São Paulo, cadeira nº 5. 3MBIGUCCI NEWS

[close]

p. 4

ÍNDICE 08 26 34 03 PALAVRA DO PRESIDENTE 06 ACONTECE 20 CAPA Piemonte MBigucci é entregue com festa 24 CONHEÇA SEU VIZINHO 08 ENTREVISTA Ives Grandra 26 ESPECIAL CASAMENTO Quer fugir do comum? 12 NA MÍDIA 30 MINI WEDDING Casamentos personalizados 16 SAÚDE Medula óssea: você já é um doador? 32 GASTRONOMIA Bolo no pote, da chef Carole Crema PROJETO GRÁFICO: In Time Comunicação EDITORA: Rita Santos - MTb 26.183. / COLABORAÇÃO: Amanda Goulart REVISÃO: Assessoria de Imprensa MBigucci FOTOS: Arquivo MBigucci SUPERVISÃO: Marketing I SIM Soluções Integradas de Marketing CRÍTICAS E SUGESTÕES: imprensa@mbigucci.com.br IMPRESSÃO: Hawaii Gráfica e Editora MBIGUCCI: Av. Senador Vergueiro, 3.597, 9º andar Rudge Ramos, São Bernardo do Campo - SP, CEP: 09601-000 MBigucci News é uma publicação trimestral da Construtora MBigucci. Distribuição gratuita. Anuncie na MBigucci News. Entre em contato: marketing@mbigucci.com.br 4 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 5

44 58 78 34 DECORAÇÃO Lista de casamento: o que pedir? 38 CAPITAL HUMANO Sem medo dos desafios 40 SUSTENTABILIDADE MBigucci envia relatório à ONU 42 LIVRO Uma Big Causa 44 BIG RISO Voluntários visitam aldeia indígena 46 RESPONSABILIDADE SOCIAL Recorde de doações e solidariedade 48 NUTRIÇÃO A gordura não é inimiga da dieta 50 NOVIDADES Lindos e descolados 52 CAPA MBigucci entrega Marco Zero Premier 58 ESPORTE Jack Anastácio: uma atleta de atitude 60 EM DIA Acampadentro de Férias 62 ESPAÇO DO CLIENTE Bastidores da entrega 70 CLICK NEWS Fotos 78 DE OLHO NA OBRA MBIGUCCI NEWS 5

[close]

p. 6

ACONTECE Crédito: Mário Chechi Olho no Olho Os diretores da MBigucci, Milton e Roberta Bigucci, estiveram reunidos com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante o evento Política Olho no Olho - Núcleo de Altos Temas (NAT), promovido pelo Secovi-SP, dia 29/7/2016. Na ocasião, a desburocratização do setor e as obras públicas habitacionais em andamento foram o tema central do encontro. Alckmin durante encontro no Secovi, com os diretores Milton e Roberta Bigucci e Marcus Santaguita, presidente da ACIGABC Crédito: Calão Jorge Atitude “O que o Vale do Silício tem que o Vale do Anhangabaú não tem?” Esse foi o tema abordado pela consultora e especialista em Gestão de Pessoas, Vania Ferrari, em palestra na Convenção Secovi, dia 29/8/2016. Vania compartilhou suas experiências em viagem ao Vale do Silício (EUA) e destacou que com atitude, altivez e busca de conhecimentos, teremos as mesmas oportunidades: “Seja humilde, evite linguagens técnicas desnecessárias, ignore os limites, ouça com atenção, melhore o que já é bom, peça ajuda e ajude mais”, indica a consultora. Divulgação/ACIGABC Márcia Taques e Roberta Bigucci com a palestrante, Vânia Ferrari (centro): “Ser gentil e humilde faz diferença no mundo corporativo” Milton Bigucci Junior e Márcia Menezes com os diretores da ACIGABC 6 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo Desempenho O auditório da Associação dos Construtores do Grande ABC (ACIGABC) lotou para a palestra “O que mudou na construção civil com a Norma de Desempenho”, ministrada pela renomada arquiteta e urbanista, Márcia Menezes dos Santos. O evento, que reuniu engenheiros, arquitetos, empresários e profissionais do mundo acadêmico, fez parte do Ciclo de Debates da entidade e foi coordenado pelo diretor técnico Milton Bigucci Junior, que também é vicepresidente da ACIGABC.

[close]

p. 7

Crédito: Calão Jorge Roberta Bigucci, Maria Lúcia, Milton Bigucci e Flávio Amary. “70 anos de muita parceria e dinamismo no setor” 70 anos Os diretores da MBigucci prestigiaram a Sessão Solene em comemoração aos 70 anos do Secovi-SP (maior sindicato do setor imobiliário da América Latina), presidido por Flávio Amary. O evento foi realizado em 13/6/2016, na Assembleia Legislativa de São Paulo, com a propositura da Deputada Maria Lúcia. Big Conhecimento Criado pela MBigucci para compartilhar experiências práticas com o meio acadêmico, o programa “Big Conhecimento” recebeu dia 19/7/2016 um grupo de estudantes de Logística da UFABC (Universidade Federal do ABC). A visita técnica, realizada no centro logístico MBigucci Business Park Diadema, localizado na Av. Fagundes de Oliveira, 538/Diadema, foi acompanhada pelo diretor técnico da construtora, Milton Bigucci Junior, pelo engenheiro Leandro Caruso e por Vanessa de Paiva, da Retha Administradora. Estrutura diferenciada do Business Park Diadema chamou atenção dos alunos de logística da UFABC Tocha Olímpica O clima de união das Olimpíadas também contagiou a todos da MBigucci, que puderam tirar fotos com a Tocha Olímpica. Os colaboradores da empresa também acompanharam de camarote a passagem da tocha, conduzida em frente ao empreendimento Marco Zero MBigucci, em São Bernardo do Campo, dia 23/7/2016*. *A construtora e os anunciantes reunidos nesta revista não possuem relação com os Jogos Rio 2016 e patrocinam apenas esta revista. 7MBIGUCCI NEWS

[close]

p. 8

ENTREVISTA Aos 81 anos de idade Gandra é um dos juristas mais respeitados do Brasil foto: Revista Tributarista Ives Gandra: jurista, poeta e carateca Foi ele o autor do primeiro parecer jurídico pedindo o impeachment de Dilma Formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco da USP e Doutor em Direito pelo Mackenzie, além de dezenas de outros títulos na área acadêmica, o advogado e tributarista Ives Gandra da Silva Martins é um dos juristas mais respeitados do Brasil. Foi ele o autor do primeiro parecer jurídico pedindo o impeachment de Dilma Rousseff, por improbidade administrativa. Sua brilhante carreira foi trilhada na área da Justiça, mas, justiça seja feita também a um outro lado de Gandra, o de poeta, esportista e apaixonado. do São Paulo, time do qual também é conselheiro vitalício. Confira a entrevista: (Agradecemos aos nossos colaboradores: Dr. Luis Gustavo Trabachini, Dr. Samuel Silva e Katia Kemos que contribuíram com o envio de perguntas). MBNews: Muito se discute se a presidente Dilma sabia ou não, se teve culpa ou dolo (intenção) no caso da Petrobrás. Qual a sua opinião? Só a culpa já seria suficiente para o impeachment? Aos 81 anos de idade, é casado há 57 com Ruth Vidal Silva Martins, sua musa inspiradora de grande parte de suas poesias. Pai do ministro do TST, Ives Gandra Martins Filho, Gandra pai é autor de mais de 40 livros, além de coautor em outras 150 publicações e mais de 800 estudos em diversas áreas. Em 2015, lançou a edição “Poesia Completa”, coletânea que reúne seus 12 livros de poesias em 750 páginas. Irmão do famoso pianista e maestro João Carlos Martins, Gandra nos revela ainda outras curiosidades: foi um dos primeiros faixas-preta em karatê no Brasil, além de ter sido boxeador, piloto de avião, maestro e autor de peças teatrais. Para completar, é um apaixonado por futebol, torcedor roxo Gandra: Nas diversas delações premiadas, o líder de seu governo no Senado, como o principal executivo da Odebrecht, segundo os jornais, dizem que ela sabia de tudo. De resto, seria muito difícil que tendo sido presidente do Conselho da Administração da Petrobrás, Ministra de Minas e Energia no Governo Lula, presidente durante 5 anos e 4 meses do país e não soubesse do assalto à Petrobrás em bilhões e bilhões de reais. De qualquer forma, sem entrar no mérito, entendo que a culpa grave é “ato de improbidade” segundo pacifica jurisprudência do STJ e dos TRFs Regionais (negligência, imperícia, imprudência e omissão) e da Lei de Improbidade Administrativa. Em meu site (www.gandramartins.adv. br) encontra-se parecer em que examino estes aspectos 8 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 9

(Lei 1079/50, acrescentada pela Lei 10.028/00 - artigo 9º e Lei 8.429/90 – artigo 11). À evidência, se a Lei de Improbidade Administrativa pune a culpa, já seria suficiente para o impeachment. Haverá necessidade, todavia, de desinchar a burocracia, simplificando a legislação e reduzindo as exigências desnecessárias sobre o cidadão, que ainda é no Brasil um cidadão objeto. MBNews: Constitucionalmente é possível antecipar as No dia em que formos, nós cidadãos, chamados pelos eleições? Governantes de “Excelências” e nós os chamarmos de “Senhorias”, pois a nosso serviço, estaremos melhor. Gandra: Não. O direito adquirido é cláusula pétrea na lei suprema (artigo 5º, inciso XXXVI). As eleições só poderiam MBNews: O senhor é a favor ou contra a pena de morte? ser antecipadas na hipótese do artigo 81 da lei suprema, o que implicaria o afastamento da presidente Dilma e a Gandra: Sou contra. Só Deus é Senhor da vida e deve renúncia do Presidente interino. Sem a renúncia deste, o determinar a hora da morte. O pacto de São José, a que o artigo 81 não pode ser acionado. Brasil aderiu, proíbe o aborto e a pena de morte aos países que não as tenham, que não podem voltar a tê-las e aqueles MBNews: Como o senhor analisa a relação dos direitos que vierem a abolir estarão proibidos de retornar (artigo 4º). Poder X Cidadão? O Brasil ainda tem jeito? E a Constituição Brasileira, no “caput” do artigo 5º, declara ser inviolável o direito à vida. Grandra: O Brasil, à evidência, tem jeito, apesar do monumental fracasso da presidente Dilma e do ex- MBNews: Em 2015, o senhor lançou o Livro “Poesias presidente Lula em criarem completas”, muitas escritas um modelo distributivista “No dia em que formos, nós cidadãos, em homenagem à D. Ruth, à custa do setor produtivo nacional, aparelhando uma máquina administrativa que se esclerosou por inchaço e chamados pelos Governantes de ‘Excelências’ e nós os chamarmos de ‘Senhorias’, pois a nosso serviço, sua esposa. Como o senhor equilibra os compromissos e a vida pessoal? incompetência de seus amigos lá colocados (113.000 não estaremos melhor” Gandra: Saulo Ramos (advogado, jurista e ex- concursados contra 4.000 nos EUA e 600 na Alemanha), o Ministro da Justiça) e eu, quando estudantes – ele conta que arrasou de vez com a economia. o episódio no livro Código da Vida –, saíamos pelo interior declamando poesias próprias, aos fins de semana, a convite OnovoGovernopareceestarlimpandoacasaereconstruindo das Municipalidades. Dizíamos, então, que a advocacia seria seus alicerces. o nosso “bico” para sustentar o poeta. Fui presidente da Academia Paulista de Letras (2005/2006). Escrevi 15 livros de poesias, 12 deles constam da edição “Poesia Completa”. Tenho uma peça teatral em redondilhas maiores, em que a unidade de tempo, de lugar e ação (5 atos – “Caçador Caçado”) foi respeitada, além de um romance sobre o período pré-revolucionário de 1963 (“Um Advogado em Brasília”). Tenho livros de história e filosofia publicados e pertenço também à Academia Paulista de História e Academia Brasileira de Filosofia. Um dos primeiros faixas-preta do Brasil, Gandra fazia exibições na TV quebrando telhas com as mãos Minha poesia é quase toda dedicada à minha esposa, com quem namoro há 63 anos (desde 24/12/1953) e estou casado há 58 anos (dia 31/07/1958). A poesia auxilia a viver melhor a união conjugal e familiar, sendo possível regular bem a vida profissional, cidadão e familiar. É uma questão de administrar o tempo, dando a cada uma destas dimensões pessoais mais qualidade do que quantidade de tempo. 9MBIGUCCI NEWS

[close]

p. 10

ENTREVISTA MBNews: É verdade que o senhor fazia programa de tevê Art. 53. Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e lutando karatê ? penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 35, de 2001) Gandra: Realmente, fui um dos primeiros faixas-preta do (...) § 3º Recebida a denúncia contra o Senador ou Deputado, Brasil (1º grau apenas). Recebi do Japão, por ter sido dos por crime ocorrido após a diplomação, o Supremo Tribunal primeiros, o 3º grau honorário e seu doutor honoris causa Federal dará ciência à Casa respectiva, que, por iniciativa de em artes marciais pela Erich Fromm World University partido político nela representado e pelo voto da maioria de (Flórida). seus membros, poderá, até a decisão final, sustaro andamento da ação. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 35, Meu nome e fotografia estarão, inclusive, no Museu de 2001) do Karatê-Do de Okanawa, no Japão, onde começou a modalidade. Na época, por ser novidade no Brasil, fazíamos, Como o crime atribuído era obstrução dos trabalhos os pouco praticantes, programas de exibição nas televisões. legislativos, o Supremo teria que encaminhar a denúncia Cheguei a quebrar oito contra o Deputado Eduardo telhas superpostas, 4 tijolos “Amo muito minha mulher, mas apesar Cunha para a Câmara e não empilhados e 2 madeiras de pinho juntas, de 1 polegada cada uma. Fui graduado pela de amores diferentes, amo o SPFC há mais tempo (1943 contra 1953)” assumiro papel do Legislativo. O artigo 102 da Constituição Federal que declara ser o Academia do Sensei Akamine, que introduziu a modalidade STF “guardião da Constituição” teve um acréscimo de no Brasil. O único que quebrava tais peças com qualquer das competência. Lê-se, agora, “guardião e legislador supremo, duas mãos era eu. quando assim entender”. Infelizmente, não é o único caso, como já escrevi no artigo “O Supremo Constituinte”, na MBNews: Com dois irmãos pianistas famosos, João Carlos Folha de S.Paulo. Martins e o José Eduardo Martins, o senhor não se arriscou na música? MBNews: Como torcedor e conselheiro do São Paulo Futebol Clube, o senhor acompanhou de perto a crise do Gandra: Estudei piano. Eu e meus 3 irmãos estudamos time. Como avalia essa fase dentro e fora de campo do seu música em casa. Cheguei a darconcertos em conservatórios. time do coração? Compus músicas aos 17 anos, pois pertencia à Associação Brasileira de Jovens Compositores, músicas executadas em Gandra: Sou sócio nº. 20 do SPFC desde 1943. Sou um dos concertos organizados pela ABJC. Na missa de 100 anos de 14 Cardeais. Presidi o Conselho dos Cardeais (Consultivo) meu pai, por ter estudado harmonia e contraponto, além do de 1999 a 2004. Amo muito minha mulher, mas apesar piano, regi a Orquestra de Baccarelli no Aleluia de Handel, de amores diferentes, amo o SPFC há mais tempo (1943 transmitida ao vivo pela Rede Vida. Deixei a música, quando contra 1953). com 18 anos fui estudar na França e também porque a concorrência, em casa, era muito forte e eu não conseguiria O SPFC não vai bem. Leco (atual presidente do clube) nunca competir com meus irmãos, apesar de Guiomar está procurando colocar a casa em ordem, mas enfrenta Novaes ter dito a meu pai, ao ouvir os 3 irmãos - creio ter dificuldades financeiras e de oposição. O próprio time reflete sido o único erro de sua vida –, que eu era o melhor dos 3. este momento de instabilidade. Precisa, todavia, melhorar. Para não desmerecer a sua avaliação, nunca mais toquei em Às vezes, paga-se um preço nesta tentativa, como vem público, assim ninguém poderia desmenti-la. ocorrendo. MBNews: Em recente julgamento no Supremo Tribunal Federal, os ministros autorizaram a prisão antes do trânsito em julgado da decisão, o que vai contra o princípio da presunção de inocência garantida pela Constituição Federal. O STF não deveria ser o “guardião da Constituição”? Grandra: Considero uma decisão equivocada, pois o STF incinerou, no julgamento, o artigo 53, §3º da Lei Suprema, assim disposto: 10 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo Poesias e o futebol tricolor: grandes paixões de Gandra

[close]

p. 11

MUITO MAIS DO QUE VOCÊ IMAGINA! A Estância Alto da Serra é muito mais do que um espaço para shows. São 950.000m , com mais de 5 espaços para a realização de diversos eventos e capacidade de até 10.000 pessoas. Venha conhecer de perto nosso complexo de entretenimento. eventos@estancia.com.br | www.estancia.com.br COMPLEXO DE ENTRETENIMENTO

[close]

p. 12

MBigucci na Mídia Confira as matérias na íntegra no site www.mbiguci.com.br/imprensa Jornal Nacional – TV Globo 19/5/2016 Repórter Roberto Kovalick entrevista Milton Bigucci Junior e colaboradores sobre a cadeia produtiva do emprego na Construção 12 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo Tribuna do ABCD 9/7/2016

[close]

p. 13

O Globo 2/6/2016 ABC Repórter 12/5/2016 Expressão 1/6/2016 DGABC 6/6/2016 13MBIGUCCI NEWS

[close]

p. 14

MBIGUCCI NA MÍDIA Portal Finanças Femininas 2/9/2016 Matéria em destaque com o perfil de Roberta Bigucci, diretora da MBigucci e fundadora do Big Riso. Confira na íntegra em: www.mbigucci.com.br/imprensa Qual Imóvel 22/7/2016 14 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo C M Y CM MY CY CMY K

[close]

p. 15

AQUI TEM O CARRO QUE É A SUA CARA! Estrada das Lágrimas, 77 Rudge Ramos SBC/SP www.autoshoppingimigrantes.com.br

[close]

Comments

no comments yet