JS - Agosto 2016

 
no ad

Embed or link this publication

Description

JS

Popular Pages


p. 1

Sintáxi apresenta quatro emendas ao PLE nº 14/2016, que tramita na Câmara Municipal. Página 10 Lançada a campanha de valorização do serviço de táxi com seis comerciais em rádio e TV. Página 15 Taxistas são chamados para protestar pelas ruas de Porto Alegre contra o transporte ilegal e irregular. Contracapa Os candidatos visitarão a sede do Sintáxi para conversar com os taxistas e um deles vai governar Porto Alegre pelos próximos quatro anos Tomás Sá Pereira/SP Comunicação OSindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) e a SP Comunicação estão promovendo o evento “Bate-papo com os Taxistas”, uma oportunidade de ouvir e questionar os oito candidatos à Prefeitura da Capital. Os encontros acontecerão nos dias 16, 17, 19, 22, 23, 24, 25 e 26 deste mês, entre 16h e 18h, na Casa de Todos os Taxistas, Av. Bento Gonçalves, 1949, bairro Partenon. Estarão presentes, pela ordem de participação: Júlio Flores (PSTU), João Carlos Rodrigues (PMN), Sebastião Melo (PMDB), Raul Pont (PT), Fábio Ostermann (PSL), Luciana Genro (PSOL), Maurício Dziedricki (PTB) e Nelson Marchezan Júnior (PSDB). O único critério levado em conta na organização das datas e elaboração do evento foi a agenda de compromissos de cada candidato. É a segunda vez que o Sintáxi e a SP Comunicação organizam este evento. O primeiro aconteceu em 2012, nas eleições municipais daquele ano, quando sete candidatos concorreram à Prefeitura de Porto Alegre. Os temas a serem abordados com os candidatos: sistema de táxi, trânsito, transporte e mobilidade urbana. Os taxistas que não puderem estar presentes ao evento poderão encaminhar perguntas para: sintaxi@terra.com.br ou tspimprensa@gmail.com. A novidade neste ano fica por conta da transmissão ao vivo dos encontros através do site www.sintaxi.com.br ou Facebook/ Sintáxi. Toda a infraestrutura necessária está sendo preparada pela SP Comunicação, Studio 1 Photodesign e Bob Cricket, com o apoio da Fanganito Corretora de Seguros e Cia do Táxi. “Estamos procurando inovar, utilizando ferramentas modernas de comunicação como o site e a rede social Facebook, ambas de grande alcance, que permitirá aos colegas taxistas e a população de Porto Alegre acompanhar os encontros com os candidatos, ouvindo suas propostas, projetos e as respostas aos questionamentos que serão feitos”, explica Luiz Nozari, presidente do Sintáxi. Páginas 3 a 6

[close]

p. 2

JS - Agosto de 2016 - Página 2 Os taxistas têm interesse no futuro da cidade, por isso o Sintáxi, juntamente com a SP Comunicação, receberão todos os candidatos à Prefeitura de Porto Alegre na sede da entidade. Uma oportunidade para que os profissionais do volante possam conhecer as propostas de cada candidato, especialmente sobre os temas que dizem respeito ao dia a dia da atividade: transporte, trânsito, mobilidade urbana e, claro, o sistema de táxi. O principal assunto em voga é a regulamentação do uso de aplicativos para o transporte de passageiros, mas existem outros temas de interesse dos taxistas que devem ser abordados nos encontros com todos os candidatos. Os colegas taxistas terão a oportunidade de questionar os candidatos pessoalmente, ou enviando perguntas via correio eletrônico (email). Os questionamentos serão feitos para todos os candidatos, pois independente de quem for eleito para governar Porto Alegre pelos próximos quatro anos, os taxistas querem um prefeito que observe os anseios da categoria. É necessário que o futuro prefeito ouça e atenda a categoria. Hoje os taxistas só servem para “carregar o piano”, ou seja, pagar taxas, tarifas e tudo mais. Está na hora de o poder público municipal respeitar uma categoria composta por mais de 10 mil trabalhadores que ajudam a construir esta cidade. Labutam todos os dias enfrentando o caos do trânsito e a insegurança. Por dever de ofício os taxistas conhecem Porto Alegre têm ideias e propostas para melhorar o sistema viário da Capital. Apesar disto, o poder público municipal prefere tomar decisões que desagradam a população e não contribuem com a cidade. Acreditamos que os oito postulantes à Prefeitura de Porto Alegre podem oferecer algo a mais para a cidade e, principalmente aos taxistas. Vamos transmitir os encontros com os candidatos à Prefeitura de Porto Alegre ao vivo através de nosso site e também pelo Facebook. Os colegas taxistas que não puderem estar presentes, poderão encaminhar perguntas e depois assistir, ao vivo, as respostas dos candidatos. Esta é a nossa parcela de contribuição para uma Porto Alegre melhor e mais humana. Desde já agradecemos a visita de todos os candidatos à Prefeitura da Capital. A Porto Alegre que todos querem Porto Alegre é considerada a “Cidade Sorriso”, mas já faz algum tempo que ela não “sorri” para os porto-alegrenses e seus visitantes. A explosão demográfica ocorrida nas últimas décadas associada a outros fatores como analfabetismo, desemprego, miséria e tráfico de entorpecentes gerou consequências catastróficas para a cidade e sua população. Um desafio para o futuro prefeito de Porto Alegre que vai governar a cidade entre 1º de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de 2020. Como resolver os problemas de uma cidade que tem cerca de 1,4 milhão de habitantes, mas que recebe pessoas de todas as regiões do Estado, que buscam atendimento médico nos reduzidos leitos dos poucos nosocômios existentes? Como retirar as crianças das ruas e mantê-las nas escolas integradas com as comunidades, para que tenham atendimento adequado, ensino de qualidade e não sejam recrutadas pelos traficantes? Como desafogar o trânsito da cidade onde cerca de 1 milhão de veículos transitam diariamente pelas estreitas ruas e avenidas abertas num tempo em que cavalos e carroças serviam com formas de locomoção da população? Saneamento básico, moradia, calçamento, asfalto, inundações por conta das chuvas, limpeza de praças e parques, iluminação pública, transporte, etc. São inúmeros problemas e poucos recursos financeiros em caixa para que o futuro prefeito tenha condições de atender as demandas da população. Os candidatos deverão apresentar propostas reais embasadas em dados técnicos e contábeis, sem sonhos ou transferências de responsabilidades aos Estados e União. A Porto Alegre que todos querem é bela, moderna, limpa, segura e com transporte de qualidade. Isto não pode ser uma utopia.

[close]

p. 3

JS - Agosto de 2016 - Página 3 A escolha do novo prefeito de Porto Alegre também passa pelo Sintáxi Mais de 1 milhão de eleitores vão escolher o novo prefeito de Porto Alegre Tomás Sá Pereira/SP Comunicação Ocaminho ao Paço Municipal passa pelo Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi), que pela segunda vez em sua história, receberá todos os candidatos à Prefeitura da Capital para um “batepapo” com os profissionais do volante. Os encontros, organizados pela SP Comunicação, empresa responsável pela assessoria de imprensa da entidade, acontecerão nos dias 16, 17, 19, 22, 23, 24, 25 e 26 deste mês, entre 16h e 18h, na Casa de Todos os Taxistas, Av. Bento Gonçalves, 1949, bairro Partenon. O candidato Júlio Flores (PSTU) abrirá o evento no dia 16. Na sequência João Carlos Rodrigues (PMN), dia 17 e, fechando a primeira semana, o atual vice-prefeito, Sebastião Melo (PMDB), no dia 19. Na segunda semana serão recebidos os demais candidatos. No dia 22, Raul Pont (PT); 23, Fábio Ostermann (PSL); 24, Luciana Genro (PSOL); 25, Maurício Dziedricki (PTB); e no dia 26 será a vez de Nelson Marchezan Júnior (PSDB). O presidente do Sintáxi, Luiz Nozari, destaca a importância de receber os candidatos à Prefeitura de Porto Alegre, pois é uma oportunidade de conhecer as propostas de cada um, bem como mostrar os anseios da categoria. “Pela segunda vez vamos receber os concorrentes ao cargo de prefeito de nossa capital, como fizemos nas eleições de 2012. Os colegas taxistas terão a oportunidade de conhecer cada candidato e questioná-lo pessoalmente. Os que não puderem estar presentes poderão encaminhar perguntas via e-mail. É importante frisar que vamos tratar de assuntos que dizem respeito ao dia a dia da categoria”, relata Nozari. O assessor de imprensa do Sintáxi, jornalista Tomás Sá Pereira, lembra que os temas a serem abordados com os candidatos dizem respeito ao sistema de táxi, trânsito, transporte e mobilidade urbana. Os questionamentos específicos devem ser encaminhados aos e-mails: sintaxi@terra.com.br ou tspimprensa@ gmail.com. “É evidente que vamos questionar os candidatos sobre a regulamentação dos aplicativos para o transporte de passageiros, conforme o projeto de lei que tramita na Câmara de Vereadores, bem como a questão envolvendo as transferências de permissões, cujo passivo é elevado e sem nenhuma solução. Mas é importante receber outras perguntas dos taxistas sobre temas que digam respeito ao sistema de táxi e que serão apresentadas para todos os concorrentes ao Paço Municipal”, explica Tomás. Conheça um pouco mais dos candidatos à Prefeitura de Porto Alegre nas páginas 4 e 6 desta edição do JORNAL DO SINTÁXI. Ao vivo A novidade neste ano fica por conta da transmissão ao vivo dos encontros através do site www.sintaxi. com.br ou Facebook/Sintáxi. Toda a infraestrutura necessária está sendo preparada pela SP Comunicação, Studio 1 Photodesign e Bob Cricket, com o apoio da Fanganito Corretora de Seguros e Cia do Táxi. “Estamos procurando inovar, utilizando ferramentas modernas de comunicação como o site e a rede social Facebook, ambas de grande alcance, que permitirá aos colegas taxistas e a população de Porto Alegre acompanhar os encontros com os candidatos, ouvindo suas propostas, projetos e as respostas aos questionamentos que serão feitos”, explica Luiz Nozari. Cidade Porto Alegre tem 1.098.515 eleitores, 1.409.351 habitantes e orçamento superior a R$ 6,6 bilhões, conforme Lei Orçamentária Anual referente ao ano de 2016. Ofuturoprefeitodacapitalgaúcha terá pela frente muitos problemas para serem resolvidos especialmente com relação à mobilidade urbana. Segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS), cerca de 800 mil veículos estão emplacados em Porto Alegre, mas estima-se que mais de 1 milhão circule pelas ruas da cidade. Diariamente entre 17h e 19h as principais avenidas e as três perimetrais ficam congestionadas dificultando o deslocamento de todos, incluindo os taxistas que estão trabalhando e transportando parte da população. O presidente do Sintáxi, Luiz Nozari, lembra que nas décadas de 1970 e 1980, cada taxista conseguia realizar três diferentes corridas em 60 minutos, uma média de 20 minutos para atender cada passageiro. “Hoje o profissional do volante leva 60 minutos ou mais para fazer uma única corrida. Isto não é bom para a cidade, a população e os taxistas. O futuro prefeito precisa apresentar uma alternativa visando desafogar o trânsito da cidade”, comenta Nozari. SEGUE >

[close]

p. 4

Fábio Maia Ostermann 17 - PSL - Partido Social Liberal Natural de Porto Alegre, 31 anos, nasceu em 30 de agosto de 1984. Filho de pequenos comerciantes, cresceu na Capital. Estudou nos colégios Província de São Pedro e Nossa Senhora do Bom Conselho. Em 2003, ingressou no curso de Direito da Ufrgs. Concluiu a graduação em 2008. Na faculdade, envolveu-se com a política estudantil: foi eleito secretário do Diretório Acadêmico do Direito e participou do Diretório Central de Estudantes. Em 2009, fez o curso de Liderança para a Competitividade Global pela Georgetown University (EUA) e em Políticas Públicas pela Leadership Academy for Development (Stanford/Johns Hopkins University). Entre 2011 e 2014, fez mestrado em Ciências Sociais, na área de Ciência Política, pela Pucrs. Foi um dos fundadores do Movimento Brasil Livre (MBL), no final de 2013. Ingressou no PSL em dezembro do ano passado. Júlio Cezar Leirias Flores 16 - PSTU - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado Porto-alegrense, 57 anos, nasceu em 14 de junho de 1959. Formado em Ciências e Matemática pela Pucrs, iniciou sua militância no movimento estudantil, em 1979. Durante os anos 1980, trabalhou no Banco Meridional, onde foi ativista das grandes greves da categoria bancária e da luta contra a privatização do banco. Foi diretor do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre. Desde 2000, ajuda a organizar a oposição de esquerda no Cpers/Sindicato. É professor de matemática das redes municipal e estadual, além de estudante de física na Ufrgs. Na eleição de 2004, foi o 33º candidato a vereador mais votado da cidade e só não assumiu o mandato por causa da legislação eleitoral. O partido não está coligado com nenhuma outra legenda tanto na eleição proporcional como majoritária e a candidata à vice é a professora Vera Rosane Oliveira. Fotos Divulgação JS - Agosto de 2016 - Página 4 João Carlos Mendonça Rodrigues 33 - PMN - Partido da Mobilização Nacional Cristão por convicção, tem 51 anos de idade e é natural de Porto Alegre, nascido em 18 de janeiro de 1965. Desde 1987 atua como administrador de empresas e atualmente é consultor empresarial. Já foi premiado três vezes no RS, inclusive, uma delas ao lado do saudoso ex-prefeito de Alegrete, José Rubens Pilar, na região da Fronteira Oeste, por trabalhos em defesa da agricultura familiar e ecológica. Idealista e defensor do meio ambiente e do cooperativismo busca apresentar uma nova forma de se fazer política, onde o cidadão comum tenha voz e proponha soluções possíveis de ser realizadas, com base na gestão consequente, técnica, na autoridade do Executivo e nas prioridades sociais. O candidato a vice-prefeito será Rafael Gusmão. A chapa não tem coligações tanto na eleição majoritária como na proporcional, concorrendo pela primeira vez ao Paço Municipal. Luciana Krebs Genro 50 - PSOL - Partido Socialismo e Liberdade Natural de Santa Maria, tem 45 anos de idade, nasceu em 17 de janeiro de 1971. É advogada e fundadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Iniciou sua trajetória política no movimento estudantil de Porto Alegre e compunha a Convergência Socialista, à época corrente interna do Partido dos Trabalhadores (PT). Foi eleita em 1994, aos 23 anos, para seu primeiro mandato como deputada estadual e reeleita em 1998 com o dobro da votação anterior. Em 2002, foi eleita pela primeira vez deputada federal e foi expulsa do PT por discordar da direção nacional. Iniciou o processo de fundação do PSOL, consolidado em 2005. No ano seguinte foi reeleita deputada federal. Em 2008, candidatou-se à Prefeitura de Porto Alegre e ficou em quarto lugar, com 9% dos votos. Foi a candidata à Presidência da República nas eleições de 2014 e terminou a disputa em quarto lugar no primeiro turno com 1.612.186 votos dos eleitores brasileiros.

[close]

p. 5

JS - Agosto de 2016 - Página 5

[close]

p. 6

Maurício Alexandre Dziedricki 14 - PTB - Partido Trabalhista Brasileiro Maurício tem 37 anos de idade. Nasceu em Curitiba, no Paraná, em 26 de julho de 1979, mas foi em Porto Alegre que construiu sua militância política. É formado em Direito pela Pucrs e filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) desde 1999. Foi eleito vereador da Capital em 2004, sendo reeleito em 2008, com 15.454 votos, a maior votação entre as cidades da região sul do Brasil. Convidado pelo então prefeito José Fogaça para assumir a secretaria de Obras e Viação de Porto Alegre, tendo sido o secretário municipal mais jovem a assumir a pasta. Em 2010, concorreu a deputado estadual alcançando 66.701 votos. Assumindo o mandato, recebeu o convite para integrar o Governo do Estado como secretário de Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa. Foi reeleito nas eleições de 2014 e em setembro daquele ano recebeu da Câmara de Vereadores, o título honorífico de Cidadão de Porto Alegre. Raul Jorge Anglada Pont 13 - PT - Partido dos Trabalhadores Natural de Uruguaiana, 72 anos, nasceu em 14 de maio de 1944. Historiador e político brasileiro, é fundador do Partido dos Trabalhadores (PT). Foi líder estudantil, militante sindical, professor universitário, deputado estadual, federal e prefeito de Porto Alegre, entre 1997 e 2000. Como estudante de história na Ufrgs, nos anos 1960, iniciou sua trajetória política como militante estudantil, e foi eleito presidente do Diretório Central dos Estudantes. Foi professor assistente na Unisinos, no curso de Ciências Sociais. Secretário-geral e presidente do PT do RS, atuou como membro da executiva nacional e tesoureiro. Em 1986 elegeu-se deputado estadual e em 1990 deputado federal. Vice-prefeito na gestão de Tarso Genro entre 1992 e 1995. Em 2006 foi eleito deputado estadual, ao obter 73.286 votos, ou 1,22% do total de votos válidos, sendo a terceira maior votação para o cargo. Foi reeleito em 2010, com 65.430 votos. Fotos Divulgação JS - Agosto de 2016 - Página 6 Nelson Marchezan Júnior 45 - PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira Porto-alegrense, 44 anos, nasceu em 30 de novembro de 1971. Em 1991 se formou em direito pela Unisinos. Advogado, não tinha maiores pretensões na política até a morte de seu pai, em 2002, o ex-deputado Federal Nelson Marchezan (1938-2002). No mesmo ano concorreu e foi eleito deputado federal com 60.071 votos, mas a Justiça Eleitoral impediu sua diplomação por suposta falta de filiação partidária válida. Iniciou na vida pública em 2003, como diretor de Desenvolvimento, Agronegócios e Governos do Banrisul durante o mandato do governador Germano Rigotto. Em 2006, com 45.604 votos, foi eleito deputado estadual e exerceu o mandato entre 2007 a 2011 pelo PSDB. Em 2010, foi eleito deputado federal com 92.394 votos. Gustavo Paim, do PP, é o candidato à vice numa coligação onde participam ainda mais duas siglas, o PMB e o PTC. Sebastião de Araújo Melo 15 - PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro Natural de Piracanjuba, Goiás, 58 anos, nasceu em 24 de julho de 1958. É casado, tem dois filhos e é formado em direito pela Unisinos. Em 2000, tornou-se, pela primeira vez, vereador de Porto Alegre, reelegendo-se em 2004 e em 2008. Em 2007, foi escolhido para presidir a Câmara Municipal de Porto Alegre, e no ano seguinte, foi reeleito. No período em que esteve na Câmara Municipal presidiu as comissões de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) e a de Educação, Cultura e Esporte (Cece). Atualmente, é vice-prefeito de Porto Alegre, na chapa que elegeu José Fortunati nas eleições de 2012, com com 517.969 votos. Com o apoio de 14 legendas concorre ao lado da candidata à viceprefeita, Juliana Brizola (PDT). Fazem parte da coligação os partidos: PMDB, PDT, PSB, PPS, PSD, PHS, PRB, DEM, PSDC, PRTB, PTN, PROS, REDE e PEN.

[close]

p. 7

JS - Agosto de 2016 - Página 7 Nossa Garagem continua comercializando gasolina aditivada com preço especial para os taxistaspromoção do Posto Nossa Garagem, da Abandeira ALE, no Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi). Localizado na Av. Benja- bairro São João, Zona Norte min Constant, 1253, próximo de Porto Alegre, continua e da Av. São Pedro, está aberto os taxistas podem adquirir nas 24 horas do dia e também gasolina aditivada ganhando é possível comprar gasolina um desconto especial para pa- comum, etanol e diesel com gamento à vista e em dinheiro. descontos especiais, além de A reportagem do JORNAL outros produtos e serviços DO SINTÁXI esteve no local com valores atrativos para acompanhando o trabalho táxis e veículos particulares desenvolvido pela equipe do dos taxistas, inclusive seus fa- posto e, em poucos minutos, miliares. vários taxistas abasteceram se- Segundo o diretor do us táxis. posto Nossa Garagem, Dante O taxista Gilnei Gilberto Bellini, o objetivo é oferecer um Alves, prefixo 4212, tomou atendimento diferenciado com conhecimento do desconto qualidade e preço competitivo oferecido pelo Posto Nossa para os taxistas que precisam Garagem através dos colegas de um local para cuidar de seus do ponto e veio abastecer o veículos. carro. Gilsomar Bo- Taxistas estão abastecendo com gasolina aditivada no Posto Nossa Garagem aproveitando o desconto especial oferecido à categoria Fotos Tomás Sá Pereira/SP Comunicação neberger, prefixo 3236, ficou sabendo “Aqui o taxista pode Qualidade “Isto é o resultado do da promoção atra- abastecer o carro, calibrar os No dia 7 do mês passado trabalho sério e correto que vés do JS e Nildo Erci da Silva, 1832, pneus, verificar água, óleo o Posto Nossa Garagem pas- nós (diretores, gerentes, frene filtros. Além de cuidar do sou pela fiscalização conjunta tistas, atendentes e demais tem abastecido seu táxi, ele vai encontrar ba- da Agência Nacional do colaboradores) realizamos táxi no Posto Nossa nheiros limpos e uma loja de Petróleo (ANP), Instituto todos os dias no Posto Nossa Garagem por causa conveniência, sem falar que a Nacional de Metrologia, Garagem. Estamos muito do desconto ofereci- pipoca e o cafezinho é por nos- Qualidade e Tecnologia (In- satisfeitos com o resultado do aos profissionais sa conta”, comenta Bellini. metro), Ministério Público do obtido, o que comprova que do volante. Ele explica que foi RS, Secretaria Municipal da é possível comercializar com- Os frentistas, possível baixar o preço dos Produção, Indústria e Comér- bustíveis e oferecer serviços Jonatas Oliveira combustíveis (gasolina co- cio (Smic) e Programa Estadual de qualidade com preços mais e Lucas Castro mum, aditivada, etanol e die- de Defesa dos Consumidores acessíveis, sempre respeitando confirmam a pre- sel), pois a Nossa Garagem (Procon-RS), sendo aprovado o consumidor”, comemora ferência dos ta- eliminou custos operacionais, em todos os itens observados Dante Bellini, diretor do Posto xistas pelo grande por isso só são aceitos paga- pelos fiscais destes órgãos. Nossa Garagem. número de veículos mentos com dinheiro - se o que procuram o taxista quiser pagar com car- posto diariamente, tões de débito ou crédito, não usufruindo do con- terá direito ao desconto pro- vênio firmado com o Jonatas e Lucas integram a equipe de frentistas do posto mocional.

[close]

p. 8

Página 8 JS - Agost

[close]

p. 9

to de 2016 Página 9

[close]

p. 10

JS - Agosto de 2016 - Página 10 PLE nº 14/2016 deverá ser votado pelos vereadores a partir da segunda quinzena de setembro OProjeto de Lei do Executivo (PLE) nº 14/2016, Processo nº 01221/16, que regulamenta pseudorepresentantes da categoria” ainda sonham com a possibilidade do PLE ser retirado da Câmara Municipal, a prestação deste tipo de serviço. A ideia é de que o número não ultrapasse a 1/6 da frota de táxis. de cinco para oito anos de vida útil dos carros utilizados para o transporte privativo de passageiros via aplicativos. o transporte privativo de passageiros realidade dos fatos mostra que o projeto Por último, se busca a mesma exi- O parlamentar também quer com o uso de aplicativos, continua continuará sua tramitação naquela casa gência do sistema de táxi, que obriga o excluir o artigo 12 que prevê vistorias tramitando na Câmara Municipal. Os legislativa e é necessário lutar pelas proprietário do veículo ser o próprio periódicas da EPTC a cada 180 dias, líderes partidários aceitaram o pedido emendas que garantam a concorrência condutor do mesmo e responder admi- além de inspeções e fiscalizações nas de urgência para a votação do projeto. igualitária dos dois sistemas. nistrativamente por todos os atos na ruas de Porto Alegre por parte dos A decisão será apreciada em sessão ple- “Os poderes constituídos: judiciá- Empresa Pública de Transporte e Cir- agentes de trânsito quando da prestação nária, seguida da convocação de reunião rio, legislativo e executivo já deixaram culação (EPTC) sem procuração. do serviço. conjunta das comissões permanentes bem claro que a regulamentação do Embora não esteja definido o para aprovação do parecer. Os líderes sistema de transporte privativo de Outras emendas número de veículos que poderão operar acertaram, também, que a votação do passageiros através de aplicativos é ir- Das 12 emendas já protocoladas na Capital, os vereadores Fernanda projeto ocorrerá somente após o fim da reversível, porque a sociedade quer, uma é assinada em conjunto pelos Melchionna e Alex Fraga, ambos do reforma do Plenário Otávio Rocha, pre- por isso, precisamos avançar nas dis- vereadores Bernardino Vendrúscolo PSOL, apresentaram emenda propondo vista para o dia 15 do próximo mês. cussões do tema, propondo emendas (PROS), Idenir Cecchim (PMDB) e que dentre os condutores, 20% sejam Até o momento já foram proto- ao PLE nº 14/2016, visando equilibrar Doutor Thiago Duarte (DEM), facul- mulheres. O percentual deve ser atingi- coladas 12 emendas ao PLE nº 14/2016 a concorrência entre o táxi e o novo tando a instalação de equipamentos do progressivamente e avaliado anual- e, na avaliação da diretoria do Sindicato transporte que, por hora, opera de for- de áudio e vídeo como ferramentas de mente para posterior incremento. dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi), ma irregular e prejudicial à categoria”, segurança para os motoristas do trans- muitas são nocivas à categoria. esclarece Nozari. porte privativo, já que as gravações e Eleições Até o dia da votação do projeto, no imagens poderão ser entregues às auto- O Plenário Otávio Rocha se en- plenário da Câmara, inúmeras emendas Emendas Sintáxi ridades policiais em casos de assaltos, contra em reforma e as sessões legis- ainda poderão ser protocoladas pelos A diretoria do Sintáxi está roubos, sequestros, entre outras situa- lativas foram transferidas para o Ple- vereadores. apresentando quatro emendas ao PLE ções. narinho Ana Terra, espaço menor que Para o presidente do Sintáxi, Luiz nº 14/2016, que serão protocoladas pelo O vereador Pablo Mendes Ribei- não permite o acesso de populares. Nozari, até o momento está muito claro vereador Clàudio Janta (SD), o único ro (PMDB) apresentou uma emenda A votação do PLE nº 14/2016 o “engajamento de alguns vereadores parlamentar que defende abertamente propondo a retirada do artigo 3º do é polêmica e os líderes das bancadas na defesa dos interesses da empresa a categoria. PLE nº 14/2016, que institui a Taxa de entendem que a votação deve ser no multinacional norte-americana, pre- Uma emenda prevê o valor Gerenciamento Operacional (TGO). Plenário Otávio Rocha, onde é possível judicando os taxistas, que são traba- mínimo do serviço prestado pelo trans- O pagamento é mensal e equivale a 50 a presença de populares nas galerias. lhadores e estão aqui, produzindo e porte privativo que deve ser igual ao vezes o valor da Unidade Financeira Isto deverá ocorrer na segunda gerando riquezas para o município, o preço do quilômentro rodado do táxi Municipal (UFM) por veículo cadas- quinzena de setembro, mas com a pro- Estado e a União.” na Bandeira “1”, hoje em R$ 2,59. trado, hoje em R$ 182,50. ximidade das eleições (2 de outubro), A diretoria do Sintáxi vai Outra emenda determina a Já o vereador Dinho do Grêmio existe a possibilidade de a votação ser apresentar, através do gabinete do obrigatoriedade dos veículos estarem (DEM) entende que a empresa deverá adiada para depois do pleito, já que vereador Clàudio Janta (SD), quatro licenciados em Porto Alegre, na cate- enviar ao usuário uma mensagem con- muitos vereadores não querem correr o emendas ao PLE nº 14/2016. goria aluguel e com placas vermelhas, firmando a contratação do serviço, com risco de perder votos. O diretor-administrativo do Sin- conforme determina a Lei nº 9503, de previsão de chegada, foto e telefone do No dia 26 deste mês inicia o táxi, Adão Ferreira de Campos, lembra 23 de setembro de 1997, Código de condutor, placas, marca e modelo do período da propaganda eleitoral gra- que a categoria terá que atuar de forma Trânsito Brasileiro (CTB), bem como veículo e o valor da corrida. tuita no rádio e na TV e o foco de cada unida para “emplacar as emendas pro- as resoluções e normas estabelecidas Veículos emplacados em qual- vereador ficará centrado na campanha postas pela entidade e derrubar as que pelo Conselho Nacional de Trânsito quer município e não apenas em Porto que neste ano é mais curta e com menos prejudicam os taxistas.” (Contran). Alegre é a proposta do vereador Doutor dinheiro em caixa. Os candidatos terão Os dirigentes do Sintáxi lem- Também está sendo proposto Thiago Duarte em uma das emendas que investir no corpo a corpo com o bram que enquanto alguns “taxistas um limitador de veículos destinados à protocoladas, assim como a ampliação eleitorado atrás de votos.

[close]

p. 11

JS - Agosto de 2016 - Página 11 Divulgada a lista provisória dos aprovados na Concorrência nº 3/2015Concorrência Pública nº 3/2015, Processo Administrativo nº 001.014804.15.8, que prevê o retorno de 89 prefixos na Afrota de táxis da Capital, carros adaptados ao transporte de cadeirantes, está chegando na etapa final. A edição 5314, do Diá- rio Oficial de Porto Alegre (Dopa), do dia 9 deste mês publicou a relação dos 72 candidatos aprovados na prova prática e com a documentação em dia, conforme determina o edital. Os demais 78 concorrentes não se classificaram por terem sido reprovados na prova além da documentação incompleta. Até o fechamento desta edição do JORNAL DO SINTÁXI corria o prazo legal para que cada um apresentasse suas alegações, visando alterar a decisão dos membros da Comissão Especial de Licitação. A Concorrência Pública nº 3/2015 foi lançada em 19 de ou- tubro do ano passado e previa a apresentação das propostas no dia 21 de dezembro, mas o prazo foi alterado para 4 de fevereiro. Com a interdição do Ginásio Esportivo Osmar Fortes Bar- cellos, o Tesourinha, a sessão de abertura dos envelopes com as propostas sofreu novo adiamento, desta vez para o dia 12, no Au- ditório Araújo Vianna. Na ocasião a diretoria da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) comemorou o sucesso do certame, que apresentou 511 concorrentes disputando 89 vagas (5,75 licitantes para cada outorga). Os 150 melhores colocados por ordem de oferta foram Vereador Paulo Brum (PTB) acompanhou a realização da prova prática de embarque e desembarque de um cadeirante Tomás Sá Pereira/Arquivo SP Comunicação - 23.mai.2016 convocados para realizar a prova prática entre os dias 23 de maio e 6 de junho, no pátio da sede da EPTC. Com a desistência dos dois primeiros colocados, Susiane Lista provisória dos aprovados Aparecida Schuetz Ramos, que apresentou a proposta de R$ 756.001,90 e Milton Serafim Gomes Reges, com uma oferta de R$ 700 mil - ambos não realizaram a prova -, o primeiro lugar pas- 01) Adriana Barboza Ribeiro 02) Adriana Dias Teixeira 03) Alexandre Baptista Nunes 25) Gabriel Dillenburg Martins 26) Gabriele Azeredo 27) Giliardi Silvano Rorigues 49) Paolo Dias Cima 50) Patrícia Kops de Fries 51) Paulo César Soares da Frota sou para Paulo César Soares da Frota, que se dispôs a pagar R$ 611.900,00 pela outorga. 04) Álvaro König 05) Ana Carolina Miron Kinalski 06) Andréia Buratti 07) Antônio Marcos Vieira de Lima 28) Giovani Gonçalves do Canto 29) Glaúcio da Silva Limas 30) Guilherme Lauro Dias Limeira 31) Jefferson Gonçalves 52) Paulo Ricardo Abreu Dias 53) Pedro Henrique Palombini de Azevedo 54) Queide Patrícia Pires de Abreu 55) Rafael Sosnowski Silva Por enquanto, Fernando Custódio da Silva é o segundo colocado na classificação geral com R$ 607.201,00 e Renato Kirichenco, com R$ 537.255,00, é o terceiro. 08) Argeu Ferreira da Rosa Filho 09) Arilton Serafim Cardoso 10) Armando Giordani Vaz 32) Jéssica Silvano Rodrigues 33) João Gilberto Fontoura de Almeida 34) Laércio da Silva Conceição 56) Raoni Júnio Feijó Barbieri 57) Renato Kirichenco 58) Ricardo da Luz Rhoden Os documentos apresentados pelos três primeiros colocados estão em ordem, mas a posição na classificação geral poderá ser 11) Brenda Silvano Rodrigues 35) Letícia Leite Machado 59) Rita de Cássia Rodrigues alterada, à medida que os recursos apresentados pelos candidatos 12) Caroline da Silva Rodrigues 13) Charles Cristiano Nunes Silveira 14) Cristian Nogueira Batistel 36) Loreno Cardoso Girardi 37) Luciano Camacho Duarte 38) Luciano Eduardo Vieira Corrêa 60) Robson Gonçalves Maschmann 61) Rodrigo Kops de Fries 62) Rogério Gomes de Oliveira sejam analisados e aceitos pelos integrantes da Comissão Especial de Licitação. 15) Cristian Rosa Cassel 16) Cristiano Freitas da Silva 17) Cristiano Silva Magalhães 18) Dorvalino Ignácio Severo 39) Luís Roberto Nunes Berg 40) Marcelo Teixeira Aristimuño 41) Márcio José dos Santos 42) Marco Tadeu Caceres Leite 63) Rogério José Meinhardt Scheidt 64) Rogério Maurício Vieira de Lima 65) Ronaldo Pereira Beiersdorf 66) Silvionir de Souza Silva A maioria foi reprovada na prova prática (mais de 40 candidatos), pouco mais de 30 passaram no teste, mas têm problemas com os documentos apresentados e uma candidata, aprovada na 19) Douglas Assis Berg 20) Eduardo Franco Melloni 21) Érico Conceição da Cunha 43) Marcos Arnt Salcides 44) Marcos Aurélio Rickrot de Almeida 45) Martim dos Santos Jandrey 67) Thaís Zilmer dos Reis 68) Tiagner Paim Bisonhim 69) Tiago Carvalho prova, quer desistir do certame. Os principais problemas apontados pela Comissão Especial 22) Fabiano da Silva Machado 46) Nilton Mesquita 70) Vinícius Boeira Cardoso de Licitação são: falta de assinaturas e outros documentos solici- 23) Fabrício Silveira Proença 24) Fernando Custódio da Silva 47) Nivaldo Duarte Costa 48) Orion Tadeu Santorum 71) Vinícius Dias da Costa 72) Walcy Rosner Maschmann tados como negativas das justiças estadual e federal, além do preenchimento incorreto das propostas apresentadas.

[close]

p. 12

JS - Agosto de 2016 - Página 12 O taxista que atende os ciclistas Matéria veiculada no jornal Diário Gaúcho, do Grupo RBS, edição do dia 6 de maio, mostra o ciclista por hobby é como colocar uma mala no porta-malas. É um trabalho extra que tu vê que a pessoa fica satisfeita. Já socorri ciclista na Restinga que furou o e taxista por profissão, Nilson Simas da Silva, 59 pneu. Isso tudo são corridas que eu não faria se anos, prefixo 4372, que decidiu fazer a diferença não oferece este serviço”, explica Nilson. na prestação de serviço para sua clientela. Ha- A ideia foi dada por um cliente e amadu- bituado a atender cadeirantes, ele comprou um recida há dois anos pelo taxista. Com a intenção suporte para também transportar bicicletas. de se qualificar e ganhar fama pelo novo serviço, Com ponto na Rodoviária percebeu que ele não cobra nada a mais para levar a bicicleta: o investimento fidelizou e se popularizou entre “Já fui chamado de trouxa por não cobrar os ciclistas. Enquanto a maioria não dá bola, ele nada, mas acho que é um serviço justo e que atentou para uma tendência. O taxista trans- Porto Alegre precisa. Com os cadeirantes, que porta até duas bicicletas no equipamento que é atendo há tempo, sempre pensei que esse já é um colocado atrás do veículo. público que passa trabalho mas que merece ser “É muito rápido para colocar a bicicleta, bem atendido”, conclui. Taxista Nilson da Silva atende os ciclistas de Porto Alegre Diego Vara/Agência RBS

[close]

p. 13

JS - Agosto de 2016 - Página 13

[close]

p. 14

JS - Agosto de 2016 - Página 14 PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL Cantar para adormecer crianças Tristes; desolados Qualidade do líder Consumir (o jornal) Rachadura; Comércio vão ilegal de Em + a moeda es(contração) trangeira Rasgado; esfarra- pado Área central de circos Pássaro, em inglês Suspeita; desconfiança (bras.) Tudo o que serve de suporte Recente Pedra de amolar Planta do pé (fig.) Emissora do "Chaves" Material de cadernos Expressão dita ao telefone Conversação informal (bras. pop.) Informação nova e útil Pedra antiafta Provador de roupas Avenida (abrev.) Gosta muito de Dona Ivone (?), sambista carioca Agasalho para os ombros (?)-estar: incômodo Passa para dentro Olavo Bilac, autor do "Hino à Bandeira" Código (?), conjunto de leis punitivas (?)-shirt, camiseta Sílaba de "gibão" Isabelle Drummond, atriz Continente onde se localiza a China Letra do logotipo do Facebook Inseto que dá grandes saltos 7 de setembro e 1o de maio 4/bird. 5/cisma — fenda — penal. 7/carisma. BANCO O formato da bola de futebol americano Cintura de calças e saias 15 Solução FER I ADOS N GR I LO AS I A T EC OB P EN A L X A L E MA L D I CA LARA A UME AV BA T EPAPO CI S M A ALO IS APO I O B I RD SBT A R E NA MO ACAL ENT AR CF C O médico chinês chega ao Brasil e abre uma clínica. Na porta ele coloca uma placa com os dizeres: “Tenha tratamento por R$ 20,00. Se não ficar curado, devolvo R$ 100,00”. Um cara malandro passando pela rua, vê a placa, pensa que é uma grande oportunidade de ganhar R$ 100,00 e entra na clínica. - Eu perdi o meu sentido do paladar. - Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue três gotas na boca do paciente. - Credo, isso é querosene! - Parabéns, o seu paladar foi restaurado. Me pague R$ 20,00! O cara irritado volta depois de alguns dias para recuperar o seu dinheiro. - Eu perdi a minha memória e não lembro de nada. - Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue três gotas na boca do paciente. Mas aquilo é querosene! Você me deu isso da última vez para restaurar o meu paladar! - Parabéns, você recuperou a sua memória. Me pague R$ 20,00! O cara, já fumegante, paga o chinês e volta uma semana mais tarde determinado a ganhar os R$ 100,00. - Minha visão está muito fraca e eu não consigo enxergar nada! - Bem, eu não tenho nenhum remédio para isso, sendo assim tome R$ 100,00. - Mas isso aqui é uma nota de R$ 20,00! - Parabéns, sua visão foi restaurada. Me pague R$ 20,00! @@@@@ Na DP o delegado pergunta ao genro da vítima: - Quer dizer que o senhor viu um homem agredindo sua sogra e não fez nada? E o genro, responde: - Eu ia ajudar, mas achei que dois caras batendo numa velha era muita covardia! No balcão da alfândega o funcionário do aeroporto e o turista que desembarcou do avião. - Nome? - Abu Abdalah Sarafi. - Sexo? - Quatro vezes por semana! - Não, não, não! Homem ou mulher? - Homem, mulher, algumas vezes camelo. @@@@@ O uruguaio, cansado de ouvir o seu amigo argentino contar vantagens, em dado momento da conversa lhe pergunta: - Entonces? Qué se pasó en la Guerra de las Malvinas? - E o argentino: - Bien, fuemos vice-campéon! @@@@@ Dois amigos se encontram na rua. - Tu sabias que o Arnaldo está hospitalizado? O cara está mal, parece que nem dá para reconhecer direito... - Não pode ser! - disse o outro, aflito - Ainda ontem eu vi o Arnaldo no bar, bebendo e dançando com uma mulher muito bonita! - Pois é, este é o problema! A mulher dele também viu! @@@@@ O eletricista vai até a UTI de um hospital, olha para os pacientes ligados a diversos tipos de aparelhos e diz: - Respirem fundo que eu vou trocar o fusível!

[close]

p. 15

JS - Agosto de 2016 - Página 15 Sintáxi lança campanha de valorização do serviço de táxi na capital gaúcha Avalorização do serviço de táxi na Capital é o tema da campanha publicitária lançada pelo Sindicato dos Taxistas de Por- Andréia Aparecida Ribeiro Terres, prefixo1917, Dagoberto Riet Porto, 2145, Dejair Sillero de Jesus, 3227, Eugênio Carlos Nicknich, 3357, José to Alegre (Sintáxi) com a SP Comunicação e as Laudir Barros Coelho, 2921 e Luiz Carlos de Ca- produtoras Studio 1 Photodesign e Bob Cricket. margo, 3404. Foram produzidas seis histórias retratando o Nozari explica que esta é a resposta que dia a dia dos taxistas. Os comerciais estão sendo o Sintáxi apresenta à sociedade no momento exibidos na RBS TV e TV Record e os spots em que se discute a regulamentação do uso de veiculados nas rádios Band, Band News, Gaúcha aplicativos para o transporte privativo de passa- e Guaíba. geiros. A primeira narrativa é de um casal de O dirigente sindical lembra que inde- idosos que utiliza o sistema de táxi para se loco- pendente da presença destas empresas na ca- mover pelas ruas de Porto Alegre. pital gaúcha, o sistema de táxi vai continuar A segunda história retrata o cotidiano atendendo e socorrendo a população nos mo- vivido pelos taxistas que socorrem as pessoas mentos mais difíceis. em diferentes situações. O comercial mostra a “Na hora do aperto quem sempre socorreu mulher entrando em trabalho de parto e o pro- e vai continuar atendendo a população são os ta- fissional do volante a conduz até a maternidade. xistas. Enganam-se aqueles que acreditam que O terceiro comercial também segue a outros modais ou sistemas de transporte farão mesma linha e mostra o jovem noivo numa re- isto. Eles nunca chegarão neste estágio, porque gião distante e sem sinal de celular. Seu carro só visam o lucro e esquecem o lado humano. Nos apresenta problemas mecânicos, mas ele é so- meus 37 anos de profissão já nasceram crianças e corrido por um taxista que está passando no lo- morreram pessoas dentro do meu táxi. Situações cal e o leva até a igreja. iguais vividas por outros colegas no dia a dia da A outra história retrata a preocupação atividade, mas nunca deixamos de transportar, que os pais têm com seus filhos. Como os jovens atender e socorrer a população”, conclui Nozari. podem ir e retornar das baladas de sextas e sá- É possível assistir todos os seis comerciais bados em segurança? Uma taxista apanha as du- acessando www.sintaxi.com.br. as moças em casa e combina com a mãe de uma delas o horário do retorno. A campanha lembra ainda a questão dos Ficha técnica turistas e visitantes que chegam na cidade e o Agência: SP Comunicação primeiro contato é justamente com os taxistas. Produtoras: Studio 1 Photodesign e Bob Cricket Por fim os fatos inusitados que os taxistas Direção: Roberto Grillo vivem diariamente. O comercial retrata o trans- Câmera: Gabriel Grillo porte de um cachorro de grande porte. Produtor Executivo: Jonas Grillo “Embora os comerciais sejam encenados Locação: Heinoe Mello por modelos, as histórias são reais e vividas Figurino: Diego e Kassia Goulart diariamente pelos taxistas, por isso, fizemos Maquiagem: Lizzy e Aline Dotto questão de que os próprios participassem das Elenco: Bravo Model gravações”, explica o presidente do Sintáxi, Luiz Motorista: Dhirley Cunha Nozari. Áudio: Estúdio Fon Fon Participam dos comerciais os taxistas: Cópias: Mídia A Balcão de NEGÓCIOS Venda veículos e aluguel de placas (somente contratos homologados pela EPTC) * Vendo o carro e arrendo a permissão. Vou comprar carro zero km. Getúlio: 9816.4248 e 8435.0460. * Arrendo a permissão c/carro, GM/Classic 2012/2013 inteiro e c/ponto. Adilson: 9122.8675 - 8037.3281. * Quer arrendar sua permissão. Tenho interesse. Vanderson: 9751.7750. Procura-se táxi para trabalhar * Altair - Turno dia, experiência com rádio, não fumante, moro na Agronomia. Fones: 3354.6796 - 8558.5197. * Paulo Sérgio - Qualquer turno, não fumante, moro no Jardim Ypu. Fone: 8596.0256. * Rubens - Qualquer turno, exp. com aplicativos moro no Jardim Itu Sabará. Fones: 3023.7505 - 9119.1900. * João Batista - Pref. ponto do Aeroporto ou Zona Norte, tenho 3 cursos, moro no Jardim Planalto. Fones: 8507.0752 - 9223.9036. * Michael - Turno dia, não fumante, tenho 3 cursos e carro para deslocamento, moro no Jardim Krahe, Viamão. Fone: 9192.0958. * Giovani - Q. turno, não fumo, 3 anos exp. na noite, moro na Zona Sul, trabalho só na diária s/km. Fones: 8437.7354 - 8544.0329. * Leonardo - Q. turno, 3 cursos, não fumo, não tenho exp. na função, moro na Tristeza. Fones: 8283.6675 - 8181.8063 - 8288.3841. * Franklin - Qualquer turno, tenho curso ponto fixo, moro na Vila Sta. Cecília, Viamão. Fone: 9393.6380. Permissionário/Arrendatário procura motorista para trabalhar * Glauber - motorista p/noite, que more na Zona Sul, troca de carro na Cavalhada. Fones: 9835.1313 - 3273.1310. * Carla - motorista p/turno noite. Fone: 9577.3286. Outros * Vendo rádio p/táxi. R$ 500,00. Sandra: 8406.8330 - 8253.1744. * Vendo rádio PX Motorola M130 c/PTT e antena, sincronizado na Coop Táxi. R$ 400,00 c/João: 9604.9696 - 9797.1256. As informações contidas neste espaço são de inteira responsabilidade dos anunciantes. Este espaço é cedido, gratuitamente, para os taxistas associados ao Sintáxi, em dia com suas mensalidades. Para anunciar é necessário se dirigir à secretaria do Sintáxi e preencher o formulário específico.

[close]

Comments

no comments yet