Banco Práticas Benchmarking 2014

 

Embed or link this publication

Description

Resumo dos cases Benchmarking selecionados na Edição XII do Programa Benchmarking

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Sobre o programa Benchmarking Brasil: Em 12 edições já realizadas, o Programa Benchmarking Brasil se consolidou como um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do país. Com uma metodologia estruturada, e participação de especialistas de vários países, o Ranking Benchmarking define e reconhece os detentores das melhores práticas de sustentabilidade do Brasil. O programa, além do Ranking congrega outras ações de fomento a sustentabilidade como publicações, banco digital de livre acesso, encontros técnicos, feiras e congressos, entre outros. Além de incentivar a busca da melhoria contínua e a adoção das boas práticas nas organizações, o Programa Benchmarking Brasil contribuiu ao longo destes anos de forma efetiva com a construção de massa crítica em sustentabilidade no país. Em 2013, Benchmarking Brasil foi o grande vencedor (1º colocado) na categoria Humanidades do Prêmio von Martius de Sustentabilidade da Câmara de Comércio Brasil Alemanha. 311 Cases Benchmarking certificados até o momento. Mais informações no site www.benchmarkingbrasil.com.br

[close]

p. 3



[close]

p. 4

CASES CERTIFICADOS EM 2014 Ordem alfabética ALUMAR – Consórcio de Alumínio do Maranhão Case: Redução de Emissões de GEE Cidade: São Luís Estado: MA Responsável: Anna Neves Cargo: Engenheira de Controle Ambiental Temática Gerencial: Emissões Resumo: Buscando um processo apoiado na sustentabilidade, a companhia estabeleceu como uma de suas metas estratégicas a redução das emissões de CO2 ou CO2e, tendo em vista a problemática do agravamento do Efeito Estufa no planeta Terra. Dessa maneira, a engenharia de processo da Sala de Cubas, focou esforços no controle de alimentação das cubas eletrolíticas com o intuito de reduzir o tempo de efeito anódico, fenômeno no qual há geração de PFC’s (polifluorcarbonos). O indicador que quantifica o tempo de efeito anódico nas células eletrolíticas, e que apresenta correlação direta com as emissões de CF4 e C2F6, mostrou significativa redução, apresentando recorde histórico da planta e entre todas as localidades da companhia em outubro de 2013. A redução das emissões desses gases, expressos em tCO2e/tAl produzido foi de 78% comparando-se 2011 vs 2013 e de 69% de 2012 para 2013, o que demonstra que a melhoria no último ano foi a mais significativa. Edição 2014 Ambev – Companhia de Bebidas das Américas Case: Projeto Bacias – GAMA/DF Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Ricardo Rolim Cargo: Diretor de Relações Socioambientais Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: Para promover a construção de sociedades sustentáveis há necessidade da incorporação de mecanismos que favoreçam a troca de

[close]

p. 5

experiências e o acesso à informação, integrando os atores das microbacias. Com o objetivo de ativar a rede de moradores do Córrego Crispim foi realizada uma oficina sobre articulação de redes sociais para moradores e lideranças. Ao longo dos dois dias, os participantes reconheceram o capital humano e social local, aprenderam sobre novos instrumentos de comunicação e elaboraram um planejamento ágil para utilização do viveiro de mudas. Foi definida a construção de uma agenda de atividades, voltadas à conservação dos recursos hídricos na microbacia. Ficou visível nos mapas de conexão traçados que o grupo de participantes possuía redes de influência densas e diversificadas. Outra qualidade do grupo era a heterogeneidade econômica e cultural, o que lhes davam penetração em diversos segmentos sociais e tornou a convivência interpessoal rica em aprendizagem. Edição 2014. ArcelorMittal Tubarão Case: Programa Tempo de Leitura Cidade: Serra Estado: ES Responsável: Jennifer Oliva Coronel Cargo: Especialista em Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: A Empresa presente na vanguarda das organizações comprometidas com a Sustentabilidade, um conceito que faz parte de seus valores, de sua estratégia e de sua rotina, busca permanentemente, manter o equilíbrio entre as dimensões econômica, social, ambiental, política, cultural e espiritual. Dessa forma, visando transformar as pessoas em agentes efetivos de conscientização, para que atitudes em prol da Sustentabilidade possam surgir em um ambiente que as valorize e amplie, foram estabelecidos os seguintes objetivos específicos: Apresentar conceitos de Sustentabilidade e suas dimensões. Refletir sobre a história do Universo, do Ser Humano e sua responsabilidade como espécie. Estimular os participantes, através de exemplos reais, à reflexão e discussão coletiva dos dilemas e desafios envolvidos. Edição 2014 Braskem Case: Evolução – Mudanças Climáticas Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Luiz Carlos Xavier Cargo: Coordenador de Desenvolvimento Sustentável] Temática Gerencial: Emissões

[close]

p. 6

Resumo: Compromissada desde a sua criação com o desenvolvimento sustentável, a empresa estabeleceu pilares para suportar a sua estratégia de sustentabilidade e vem se destacando na gestão das suas emissões de gases de efeito estufa. Em 2010 o lançamento do primeira Planta de Plástico Verde certificada que promove a captura de 500.000t CO2e ao ano. Equivalente a plantar 3,5 milhões de árvores por ano. Em 2012 o lançamento da linha de produtos Maxio, um portfólio de resinas com diferenciais competitivos e ambientais, dentre eles a oportunidade de redução do consumo de energia pelos clientes. Em 2013, foi a empresa química pioneira no Brasil em publicar estudos da pegada de carbono de suas resinas, cujos resultados mostram valores melhores que a média das indústrias americana e europeia. Edição 2014 Cargill Agrícola Case: Ação Renove o Meio Ambiente Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Fernando Janizello Cargo: Analista de Sustentabilidade Temática Gerencial: Resíduos Resumo: Diante dos impactos ambientais negativos oriundos do descarte incorreto do óleo residual, foi criado o Programa Ação Renove o Meio Ambiente, que em essência, consiste em um programa de logística reversa, por meio do qual implanta pontos de coleta de óleo vegetal usado em locais de fácil acesso ao consumidor e estabelece parcerias para a coleta e reciclagem do óleo coletado, cujo destino final é a fabricação do biodiesel, um combustível de fonte limpa e renovável, estimulando em todas as etapas, a conscientização e educação ambiental. Hoje, presente em 5 estados brasileitos, o objetivo do Programa é estar presente em todas as regiões do país, levanto cada vez mais próximo do consumidor uma alternativa sustentável para descarte de óleo vegetal residual. Todo óleo coletado pelo Programa é destinado à produção de biodiesel, combustível limpo e de fonte renovável. Edição 2014 Casa da Moeda do Brasil Case: Gestão Total de Resíduos Cidade: Santa Cruz Estado: Rio de Janeiro Responsável: Hamilton da Cunha Carnaval Cargo: Gerente Executivo Temática Gerencial: Resíduos Resumo: Vislumbrou-se a necessidade de implantar o Gerenciamento Total de Resíduos na empresa, como proposta de otimização, tanto dos processos licitatórios quanto do planejamento desde a geração dos resíduos até sua

[close]

p. 7

destinação ambientalmente correta, em consonância com as diretrizes do Planejamento Estratégico da empresa e a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A contratação dos serviços de gerenciamento total de resíduos, aliada à aquisição de software para Sistema de Gestão Ambiental e construção da central de Resíduos teve como objetivos a implantação de um conjunto de técnicas e procedimentos, visando evitar ou reduzir a geração de resíduos na fonte, maximizar o reaproveitamento e reciclagem dos resíduos, oferecendo diversos tipos de destinação ambientalmente adequadas como reciclagem, coprocessamento, compostagem, incineração, aterros e outros. Edição 2014 Cemig Geração e Transmissão Case: Programa Peixe Vivo Cidade: Belo Horizonte Estado: MG Responsável: Raquel Coelho Loures Fontes Cargo: Coordenadora do Programa Peixe Vivo Temática Gerencial: Proteção e Conservação Resumo: O Programa Peixe Vivo criado em 2007, atua na preservação da ictiofauna em Minas Gerais e definindo estratégias de proteção para evitar e prevenir morte de peixes em usinas hidrelétricas. Suas principais ações estão sintetizadas na missão do programa: Minimizar o impacto sobre a ictiofauna buscando soluções e tecnologias de manejo que integrem a geração de energia elétrica pela empresa com a conservação das espécies de peixes nativas, promovendo o envolvimento da comunidade?. Para cumprir sua missão, o Programa se sustenta em três pilares: Conservação e Manejo que visam adoção das melhores práticas para conservação de peixes; Pesquisa e Desenvolvimento que ampliam o conhecimento científico sobre ictiofauna e subsidiam estratégias de conservação mais eficientes e Relacionamento com comunidade que divulga ações e resultados do Programa para a sociedade, buscando seu envolvimento no planejamento estratégico que se torna mais completo com a diversidade de visões.Edição2014 CPFL Energia Case: EE_ANEEL: Educacionais CPFL e RGE Cidade: Campinas Estado: SP Responsável: Estela Kurts Cargo: Consultor externo Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: A e educação para Eficiência Energética é mais do que uma adequação à ANEEL, é uma questão tratada no planejamento estratégico da empresa. Desde 1998, já foram investidos cerca de R$ 1,936 milhões em 3.219

[close]

p. 8

projetos ligados aos PEEs, dentre os quais na área de Educação, que não é obrigatória por lei, tem se destacado pela confiança da empresa em que atingir públicos infanto-juvenis pode garantir resultados mais efetivos, primeiro a criança e a escola, e depois a família. Com esta visão, a empresa mantém dois projetos de Educação Energética com formatos distintos, mas propósitos similares. O envolvimento e a formação dos educadores são fundamentais em todo o processo e ocorrem, paralelamente, por meio de seminários. Edição 2014 Damha Urbanizadora e Construtora Case: Valoração da Cultura Regional Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Fernanda Toledo Cargo: Gerente de Relacionamento e Presidente da Associação Bairro Sustentável Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: O projeto de “Desenvolvimento e Organização da Cultura e Arte” em Barra dos Coqueiros (SE), próxima a Aracaju, foi criado pela associação da empresa de urbanização para incentivo sustentável do turismo e melhora da renda e qualidade de vida das comunidades do entorno do residencial. A ação principal é a construção do Centro de Cultura e Arte para os “artistas da terra” e comércio de artesanato. O diagnóstico com 10 lideranças comunitárias mostrou o anseio dos moradores de desenvolver e organizar as atividades culturais, fato constatado pelo sucesso de dois eventos culturais com público superior a 1.500 (2012) e 2.000 pessoas (2013). Outras ações são: reforma em mutirão de 2 salas de aula de um centro comunitário e cursos profissionalizantes, além da previsão de realização de oficinas de artesanato para 240 pessoas e educação ambiental para 24 professores. Edição 2014 Danone Case: Projeto Novo Ciclo Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Veridyana de Oliveira Cesar Cargo: Coordenadora de Sustentabilidade Temática Gerencial: Resíduos Resumo: O Projeto visa fortalecer o trabalho dos catadores de materiais recicláveis da região do Sul de MG. É resultado de uma importante parceria com a ONG INSEA e com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR). Frente às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a empresa optou por atuar por meio de um modelo social que está potencializando o espírito empreendedor dos catadores das 27 cooperativas situadas em 23 municípios no sul de Minas Gerais. O Projeto

[close]

p. 9

também se propõe a dar suporte às cooperativas, por meio de treinamentos e assistência técnica local, visando melhorar as condições de trabalho, além da eficiência e da melhoria dos processos administrativos e operacionais. Também é parte do projeto desenvolver o espírito empreendedor do catador, trabalhando sua autoestima e profissionalizando cada vez mais o seu trabalho. Edição 2014 Duke Energy International Brasil Case: Circuito de Educação Ambiental Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Antônio Americo Mazzocco Junior Cargo: Analista de Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: A proposta deste projeto é iniciar um processo participativo mais amplo, ou seja, motivar a sociedade a participar e cobrar, o poder público em gerir e a iniciativa privada a investir. Como inicio, este projeto teve a prospecção de áreas aptas a receberem os investimentos, onde os critérios utilizados para definição se pautaram: (i) na região que absorveria o maior número de pessoas ligadas às atividades desenvolvidas pela empresa; (ii) na região onde a população já possuía certa identidade com as questões ambientais, pois como se tratava de uma iniciativa pouco usual, aumentaria as possibilidades de sucesso e serviria como exemplo para sensibilizar outras regiões a adota-las; e (iii) interesse demonstrado pelo poder público para parceria. Edição 2014 Duke Energy International Brasil Case: Gibi – A Reprodução dos Peixes Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Luiz Augusto Nogueira Perino Cargo: Analista de Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Quando foi detectada a necessidade de readequação de nossos gibis como uma condição necessária para o desenvolvimento de ações integradas de Educação Ambiental, a área de comunicação da empresa foi acionada e após as definições das mudanças a serem realizadas no gibi e dispondo de orçamento, houve a publicação do mesmo. Foram procuradas as secretarias de Educação e Meio Ambiente e oficializadas as parcerias através de ofício, sendo que na sequencia foram agendadas reuniões de trabalho para definição de cronograma de ações. A partir desse momento as ações foram ocorrendo e foram avaliadas juntamente com os parceiros municipais para que pudessem ser aprimoradas. As palestras ocorreram tanto em sala de aula, quanto em auditórios

[close]

p. 10

e atreladas a soltura de peixes. Em alguns casos ocorreram também visitas a Estação de Piscicultura da empresa e plantio simbólico de árvores na mata ciliar. Edição2014 Ecovias dos Imigrantes Case: Capacitar, promovendo a cidadania Cidade: São Bernardo do Campo Estado: SP Responsável: Valdir Ribeiro Cargo: Coordenador de Sustentabilidade Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Criado em 2012, o Projeto Capacitar oferece cursos para moradores das comunidades próximas ao Sistema Anchieta-Imigrantes, com o objetivo de estimular a qualificação e geração de renda, além da participação desses moradores nos processos seletivos da empresa, de seus fornecedores e prestadores de serviços. Os cursos são realizados em parceria com o SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Em 2014 o projeto será ampliadoalém de novas células de conhecimento, o Capacitar vai oferecer qualificação para mão de obra prisional, oferendo oportunidades para que as mesmas participem de processo seletivo de empresas parceiras. Além dos cursos para reeducandos oriundos do sistema prisional, continuam os cursos para as comunidades. Atualmente, a concessionária colhe os frutos deste projeto: além do exercício da responsabilidade social, oito participantes do Capacitar fazem parte do seu quadro de colaboradores, com perspectiva de aumentar esse número a cada etapa. Edição 2014 Empresa - Suape Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros Case: Projeto Pedagogia Ambiental Cidade: Ipojuca Estado: PE Responsável: José Roberto Carvalho Zaponi Cargo: Coordenador de Educação Ambiental Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O PEA conforme previsto no Projeto Básico Ambiental aprovado pelo órgão licenciador considera, Educação Ambiental/E.A. de caráter permanente, oferecendo atividades ecopedagógica sistemática e periódica. Visa introduzir E.A. na empresa como processo capaz de contribuir com a formação de consciência ambiental e minimização dos impactos. O PPA é constituído por Cursos Livres de E.A., Cursos de Pedagogia Ambiental, Oficinas Metodologias de Desenvolvimento da E.A. e Oficinas de Restauração Florestal/Mata Atlântica. Ações de Responsabilidade Socioambiental são o Plano de Ação para Coleta

[close]

p. 11

Seletiva de Papel, integrante do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos; o Combate à Dengue com Boletins informativos, o Almanaque Ambiental com eventos ambientais, formação de funcionários; e publicações técnico-científicas na área. O PPA promoveu a inclusão ambiental, desenvolvendo atividades pedagógicas voltadas para a Ecologia Humana, Social e Ambiental com práticas de proteção do patrimônio socioambiental. Edição 2014 Essencis MG Soluções Ambientais Case: Melhores Práticas Ecomembrana Cidade: Betim Estado: MG Responsável: Weslei Leandro Ferreira da Silva Cargo: Assitente de RH Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: Avaliação da Ecomembrana como cobertura temporária de um aterro sanitário e registro dos conhecimentos obtidos em manual a fim de promover a melhoria contínua e gestão do conhecimento. 1. Redução de 87,5% dos custos referentes ao tratamento do material percolado, o que equivale a aproximadamente R$890.000,00. 2. Mitigação do impacto visual e diminuição da emissão de material particulado. 3. Área operacional mais organizada e limpa. 4. Diminuição de poeira na área operacional. 5. Redução expressiva das queixas devido à cobertura verde. 6. Ausência de aves nas áreas não operantes. 7. Odor de biogás saindo somente por áreas pontuais 8. Possibilidade de controle destas erosões. 9. Ausência destes animais no aterro uma vez que a ecomembrana dificulta a entrada dos mesmos na área. 10. Redução desta geração, uma vez que a mesma mitiga o nível de infiltração no aterro. 11.Possibilidade de tratamento destas águas através de canaletas confeccionadas com a própria ecomembrana. Edição 2014 Flexibrás Tubos Flexíveis Case: Juntos por uma Ilha mais Limpa Cidade: Vitória Estado: ES Responsável: Mykaella Sbardellotto Cargo: Engenheira de Segurança e Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Identificamos na comunidade a necessidade de melhoria da disposição de resíduos sólidos, tendo em vista que, constatamos no diagnóstico com a participação dos moradores, através do Programa de Educação Ambiental da empresa, a referida problemática que estava se agravando na comunidade ao longo dos anos, devido ao crescimento populacional e consequentemente o

[close]

p. 12

aumento da geração de resíduos e as dificuldades para o escoa-los. Tais dificuldades tinham como principais motivos: Inviabilidades de acesso de caminhões de lixo, uma vez que, as ruas são estreitas e as coletas se restringiam a poucas ruas. Falta de conscientização ambiental dos moradores quanto aos problemas sócios-ambientais relacionados à disposição dos resíduos, como consequências, problemas de saúde pública e ao meio ambiente. Deficiência no serviço público do munícipio na disponibilização de estruturas físicas para acomodação e logística dos resíduos. Edição 2014 Furnas Centrais Elétricas Case: Pavimentação Sustentável Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ Responsável: Ricardo Sforza Cargo: Jornalista Temática Gerencial: Resíduos Resumo: Em função de seu compromisso com a responsabilidade socioambiental, a Empresa verificou que pequenas ações poderiam trazer bons resultados não só para a conservação do meio ambiente, como também para a educação ambiental e para mudanças de atitude de seus funcionários. Assim, a Empresa determinou ao fornecedor contratado para a prestação do serviço de elaboração e fornecimento de refeições no restaurante situado em sua sede implementasse rotina de recolhimento do óleo residual culinário para transferência para o PROVE, o Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, a Empresa implantou pontos de coleta para que seus funcionários pudessem trazer o óleo culinário usado de suas casas. O óleo é adequadamente armazenado na sede da Empresa até o envio para as cooperativas de catadores. Edição 2014 GERDAU Case: Gerdau – Reciclagem Inclusiva Cidade: Porto Alegre Estado: RS Responsável: Liza Zotz Jaworski Cargo: Gerente Temática Gerencial: Resíduos Resumo: As principais fases do projeto são: 1. Capacitação com abrangência técnica e de gestão. As Organizações Não Governamentais e instituições de aprendizagem são responsáveis pela multiplicação dos conhecimentos nas áreas de gestão ambiental, planos de negócio, gestão de indicadores e formalização das organizações e executam as consultorias. 2. Fortalecimento das redes intermediárias da cadeia de reciclagem e criação de uma rede

[close]

p. 13

nacional de cooperação: Realização de atividades de comunicação e de team building para alinhar as ONGs que executaram as capacitações e consultorias. A rede nacional auxilia na troca de conhecimentos e experiências e apoia as cooperativas de reciclagem na busca por uma posição na mesa de debates de políticas públicas. 3. Sistema de monitoramento para a cadeia de valor: criação de um sistema de indicadores de desempenho para acompanhar e avaliar quantitativamente os resultados de cada cooperativa e os impactos dos programas por meio de rotina. Todas as entidades implementaram um sistema de gestão à vista para fomentar a transparência das organizações. Edição 2014 Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Case: Economia 10, Desperdício 0 Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Rosemeire da Silva Pereira Cargo: Gerente de Administração Predial Temática Gerencial: Energia Resumo: Baseado nos Programas de Uso Racional da água foi desenvolvido o Projeto de Instalação de arejadores, adaptadores e redutores de água em torneiras, chuveiros e duchas higiênicas. Para permitir a efetividade da redução foi realizado a diminuição da temperatura do aquecimento da água dos boilers, reforma das torres de resfriamento e aumento da temperatura da Central de Água Gelada de 5 para 7,5°. Para implementar as ações de Energia Elétrica foi instalado banco de capacitores e escolha de equipamentos com melhor eficiência energética. Para garantir a diminuição de gás natural foram implantadas as seguintes ações: Diminuição da temperatura de aquecimento dos Boilers de 75 para 63° C e dos tanques de aquecimento da água de 65 para 53° C, concomitantemente foi realizado a adequação de temperatura da água do Ar condicionado de 65 para 48°C. Para redução de gases medicinais foram realizadas algumas ações estratégicas juntamente com a equipes multiprofissionais. A nossa meta foi de reduzir 15% do custo variável nas contas de água, luz e gas natural e gas medicinal e reduzir 20% no consumo geral dos utilitários. Edição 2014 Instituto Embratel Claro Case: Claro Recicla Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ Responsável: Luiz Bressan Filho Cargo: Diretor Temática Gerencial: Resíduos

[close]

p. 14

Resumo: O Programa de coleta de celulares, baterias e acessórios de celular tem como objetivo contribuir para a conscientização da população sobre a importância de dar um destino ambientalmente correto para os celulares, baterias recarregáveis, chips e acessórios fora de uso. O controle dos itens coletados nos cerca de 2000 pontos de descarte do Programa é realizado por meio de relatórios e acompanhamento on-line. A empresa monitora todo o fluxo de reciclagem dos aparelhos coletados em cada um dos pontos de coleta instalados nas lojas próprias e agentes autorizados de todo o Brasil. Além disso, a empresa realiza ações de incentivo ao descarte consciente do celular e produz materiais educativos que trazem informações sobre como cada pessoa pode fazer a sua parte, como a cartilha e o vídeo sobre o lixo eletrônico, disponibilizados nos pontos de venda da empresa. Para o consumidor, é simples ter uma atitude cidadã: o cliente de qualquer operadora de celular pode depositar o material obsoleto de qualquer fabricante nas urnas coletoras disponíveis nas lojas e agentes autorizados da empresa. Edição 2014 Intel Semicondutores do Brasil Case: Inclusão Digital EaD – Case MG Cidade: Sao Paulo Estado: SP Responsável: Rosangela Melatto Cargo: Diretora de Responsabilidade Social Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O Programa é uma iniciativa mundial de inclusão digital e possui mais de 90 horas de conteúdo construído em três módulos: Tecnologia no Trabalho (TeT), Tecnologia e Empreendedorismo (TeE) e Tecnologia e Comunidade (TeC). O módulo Tecnologia e Comunidade aplicado em Minas Gerais trabalha habilidades como processamento de textos, edição gráfica, uso de planilhas eletrônicas, multimídia e pesquisas na internet. Assim, os alunos descobrem como o uso eficaz do computador e de softwares pode ajudar o lugar onde vivem. Mediante termo de cooperação assinado em abril de 2012 com a Superintendência de Inovação Social da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes) e a empresa, foi apresentado o desafio de transformar o Programa em política pública, com o objetivo de capacitar mediadores a distância (EaD) por meio de uma plataforma denominada Moodle. Esses mediadores seriam encarregados de retransmitir aos aprendizes o conhecimento sobre uso de tecnologia para redução da vulnerabilidade social de seu local de origem. Edição 2014 Itaipu Binacional Case: IB – Projeto Coleta Solidária Cidade: Foz do Iguaçu

[close]

p. 15

Estado: PR Responsável: Stefano Cargo: Administrador Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: O Projeto Coleta Solidária estruturou-se em eixos de ação orientados para a formalização dos catadores na gestão pública municipal de resíduos sólidos. Este objetivo, perseguido na Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (29 municípios) e, desde 2009, alcançando outras municipalidades da federação, constitui-se no elo de ligação entre as necessidades pontuais e as de caráter político-nacional. Seu cumprimento passa pela realização das seguintes metas: a) Fortalecer a organização dos catadores através de formação social, política e cultural, desde o plano local/comunitário até as esferas estaduais, regionais e nacional; b) Apoiar os empreendimentos solidários na captação de recursos e na viabilização de infraestrutura; c) Fomento às parcerias (Movimento Nacional dos Catadores, Instituto Lixo e Cidadania e outros atores públicos); d) Incentivo à inclusão social dos familiares, erradicando o trabalho infantil no lixo; e) Promover a inclusão de catadores informais nos empreendimentos e no acesso aos benefícios gerados pelas redes solidárias; f) Organizar e fortalecer empreendimentos solidários formados por catadores, com foco na atuação em rede e logística reversa, de modo a possibilitar avanços na cadeia de valor e inserção no mercado da reciclagem. Edição 2014 JBS Ambiental Case: JBS Ambiental Gestão de Resíduos Cidade: Lins Estado: SP Responsável: Andressa de Mello Cargo: Diretora Temática Gerencial: Resíduos Resumo: A Política Nacional de Resíduos Sólidos privilegia reutilização e reciclagem antes da disposição final; os custos das soluções são altos num contexto de negócio de baixas margens. Problema ambiental e social envolvido: garantir a destinação correta dos resíduos e diminuir ao máximo o descarte em aterros; resgatar autoestima dos colaboradores e quebrar a visão de que resíduo é lixo na verdade, resíduo é matéria prima. Objetivo: desenvolver um negócio para oferecer solução de gerenciamento de resíduos sólidos com rastreabilidade, tratando e destinando adequadamente recicláveis, não recicláveis e perigosos, garantindo certificação dos descartes, a fim de contribuir com o compromisso de sustentabilidade do grupo e com o meio ambiente; este negócio deve se auto financiar, por meio da reciclagem e revenda de resíduos. O negócio de resíduos é constituído de uma unidade principal e 9 centrais de pré-processamento. Edição 2014

[close]

Comments

no comments yet