Banco Práticas Benchmarking 2009

 

Embed or link this publication

Description

Resumo dos cases Benchmarking selecionados na Edição VII do Programa Benchmarking

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Sobre o programa Benchmarking Brasil: Em 07 edições já realizadas, o Programa Benchmarking Brasil se consolidou como um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do país. Com uma metodologia estruturada, e participação de especialistas de vários países, o Ranking Benchmarking define e reconhece os detentores das melhores práticas de sustentabilidade do Brasil. O programa, além do Ranking congrega outras ações de fomento a sustentabilidade como publicações, banco digital de livre acesso, encontros técnicos, feiras e congressos, entre outros. Além de incentivar a busca da melhoria contínua e a adoção das boas práticas nas organizações, o Programa Benchmarking Brasil contribuiu ao longo destes anos de forma efetiva com a construção de massa crítica em sustentabilidade no país. 171 Cases Benchmarking certificados até o momento. Mais informações no site www.benchmarkingbrasil.com.br

[close]

p. 3



[close]

p. 4

CASES CERTIFICADOS EM 2009 Ordem alfabética AGCO do Brasil Comércio e Indústria Case: Práticas Eficazes na Gestão dos Resíduos Sólidos Cidade: Canoas Estado: RS Responsável: Marcelo Matarazzo Cargo: Gerente de Meio Ambiente, Segurança e Saúde Temática Gerencial: Resíduos Resumo: A geração de resíduos de madeira, papel, papelão e plástico mereceram destaque e um trabalho forte iniciou na busca pela eliminação ou no mínimo pela minimização desta geração. As principais fontes geradoras eram as embalagens que vinham junto com os produtos trazidos pelos nossos Fornecedores. Diante passou-se a exigir e dos fornecedores que fizessem protótipos de embalagens retornáveis. Para os produtos grandes, elas são chamadas de “raque”- estruturas de ferro que acondicionam perfeitamente as peças durante o seu transporte. O caminhão descarrega os raques cheios e carregam os vazios de volta. Desta maneira não fica acumulado nenhum tipo de resíduo na fábrica. Já as peças pequenas vinham embaladas em caixas de madeira, que continham diversas caixas de papelão e em alguns casos continham material embrulhado com sacos plásticos. Foi feito um trabalho semelhante com os Fornecedores, só que desta vez a empresa resolveu investir e comprar embalagens plásticas chamadas KLT, que da mesma forma que os raques, chegam cheias de peças e retornam vazias. Edição 2009 Alcoa Alumínio Case: Guia de Sustentabilidade Cidade: Canoas Estado: RS Responsável: Juliano Natal para Projetos Hidrelétricos

[close]

p. 5

Cargo: Gerente de Meio Ambiente Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: Ausência de orientação e requisitos básicos em sustentabilidade para empreendimentos de energia (hidréletricos) com participação societária da Empresa. O Guia de Sustentabilidade oferece elementos que apóiem os profissionais que atuam no ciclo de vida das plantas de geração de energia para: Encarar e resolver questões que a experiência mostrou serem de importância significativa; Tornar a gestão de seu negócio mais transparente e socialmente responsável; Apontar caminhos que podem melhorar seu relacionamento com as comunidades do entorno e outras partes interessadas; Indicar ações para reduzir os riscos financeiros e sócio-ambientais; Construir um plano de gestão sustentável para os seus projetos, que contribua efetivamente para o desenvolvimento da região; Iniciar um processo de gestão que incorpore a sustentabilidade aos processos, políticas e práticas da empresa. Edição 2009 Anglo American Brasil Case: Otimização do Reuso de Água – ORAC Cidade: Cubatão Estado: SP Responsável: Dany Shauer Cargo: Gerente de Desenvolvimento Sustentável e Qualidade Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: Um dos valores da Empresa é o Desenvolvimento Sustentável. Para nós, ele se traduz como o comprometimento em respeitar o meio ambiente com foco no uso racional dos recursos naturais e prevenção da poluição ambiental, buscando maneiras práticas de atender as necessidades do presente sem prejudicar a capacidade das gerações futuras. No contexto de seu compromisso com o Desenvolvimento Sustentável, e considerando a água um recurso essencial à vida e aos nossos negócios, a empresa criou o Projeto de Otimização do Reuso da Água – ORAC para redução do consumo de água e lançamento de efluentes. O objetivo deste projeto foi reduzir o consumo de água captada; aumentar o reciclo e reuso de água; reduzir o descarte de efluente líquido para o Meio Ambiente e envolver e comprometer os funcionários na redução do consumo de água. Edição 2009 ArcelorMittal Brasil S.A. Case: Gestão Sustentável de Resíduos e Co-produtos Cidade: Serra Estado: ES Responsável: Luiz Antônio Rossi Cargo: Gerente de Meio Ambiente Temática Gerencial: Arranjos Produtivos

[close]

p. 6

Resumo: Necessidade de reduzir estoques de resíduos antes considerados passivos ambientais e sem valor agregado. Melhorar o diálogo com as diversas partes interessadas, desmistificando a classificação dos resíduos gerados antes vistos como lixo industrial. O próprio aprimoramento da Gestão Ambiental da empresa, que definiu como estratégia a adoção de melhores práticas ao longo dos anos nas diversas áreas quanto a Gestão sustentável dos Resíduos gerados em seus processos/atividades. Transformado estes resíduos em co-produtos (alguns inéditos no setor), com a maximização no reuso e/ou reciclagem interna ou externa, a disposição adequada e a comercialização. O desenvolvimento de Pesquisas e estudos de novas aplicações de co-produtos são resultados de uma gestão baseada no conceito da Sustentabilidade proporcionando ganhos nos aspectos: Ambiental; Social; e Econômico. Edição 2009 Associação Intergerencial da Cemig Case: Programa AI6% – Programa de Destinação de Recursos para Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente Cidade: Belo Horizonte Estado: MG Responsável: Wagner Delgado Costa Reis Cargo: Presidente da AIC Temática Gerencial: Educação, Informação e Com. Socioambiental Resumo: Para viabilizar a obtenção de recursos para programas e ações sociais onde seus empregados atuavam como voluntários, a empresa em parceria a com a Associação X criou, em 2000, o Programa AI6%, e passou a destinar parte de seu imposto de renda devido e a incentivar os empregados, através de uma campanha interna, a fazer doações para os Fundos da Infância e da Adolescência (FIA). Os FIAs, são contas bancárias abertas e movimentadas pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente, em âmbito municipal, estadual ou federal. Edição 2009 Banco Bradesco S.A. Case: Programa de Gestão da Ecoeficiência – Diminuição da Emissão de Gases de Efeito Estufa Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Lincoln Cesário Fernandes Cargo: Gerente de Responsabilidade Socioambiental Temática Gerencial: Emissões Resumo: A empresa em questão, como todas as demais corporações, impacta o meio ambiente na execução de suas atividades. Preocupada com essas questões, já em 2005, instituiu uma Política Corporativa de Responsabilidade

[close]

p. 7

Socioambiental, aprovada em Reunião Extraordinária do Comitê Executivo de Responsabilidade Socioambiental. Mas, foi em 2008 que a Corporação instituiu o Programa de Gestão da Ecoeficiência, visando o gerenciamento de quatro grandes temas: emissões de gases de efeito estufa – GEE, consumo de materiais, resíduos e consumo de recursos naturais. Esta dissertação tem como tema as emissões de gases de efeito estufa. A meta principal é reduzir as emissões de GEEs a partir da implementação de projetos que congreguem aos ganhos ambientais o retorno financeiro, pois este é um dos preceitos da Ecoeficiência. Edição 2009 Caixa Econômica Federal Case: Agenda Caixa para Sustentabilidade Cidade: Brasília Estado: DF Responsável: Jean Rodrigues Benevides Cargo: Meio Ambiente Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: Internalizar valores e atitudes em prol da sustentabilidade foi a motivação para elaboração desse programa. O intuito foi promover mudanças significativas nas políticas internas e na estrutura organizacional. Para isso foi importante incluir a visão da sustentabilidade no planejamento estratégico de modo a propiciar uma mudança na cultura institucional. Assim, princípios e valores que levam à sustentabilidade seriam incorporados na rotina dos empregados. Era necessário algo para sensibilizar nossos 80 mil empregados em todos estados da federação. Algo mobilizador e que não fosse uma ordem de cima para baixo, e que fosse financeiramente viável. Assim nasceu a idéia desse projeto, cujo principal foco é estimular a mudança de cultura da empresa, propiciando o enraizamento dos princípios e valores da responsabilidade social empresarial(RSE) e do desenvolvimento sustentável(DS). Edição 2009 Caraíba Metais S/A Case: Aproveitamento do Efluente Cidade: Dias d’Ávila Estado: BA Responsável: José Eduardo Ribeirdo Copello Cargo: Chefe da divisão de segurança e meio ambiente Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: O objetivo principal do projeto é aproveitar o efluente “água ácida” para produzir o ácido sulfúrico 45%, transformando o que era considerado um agressivo efluente de processo em um subproduto da empresa, com expressivos ganhos ambientais e à sua competitividade. A água ácida é um efluente resultante do processo de limpeza dos gases da fundição de cobre. Possui um

[close]

p. 8

teor de acidez de 12% (em H2SO4) e sempre foi enviada para a Unidade de Tratamento de Efluentes – UTE junto com outros efluentes, que depois de estabilizados e neutralizados geram um resíduo sólido denominado Lama de Gesso.Como meta especifica, foi indicada a redução em 75% da geração do resíduo “lama de gesso”. Edição 2009 Celulose Irani S.A. Case: Modernização da Estação de Tratamento de Efluente – Projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) Cidade: Vargem Bonita Estado: SC Responsável: Leandro Farina Cargo: Gerente Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: A modernização do sistema permitiu melhorias efetuadas no tratamento primário e secundário possibilitando maior eficiência na recuperação de fibras perdidas no processo de produção e redução de emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE). Com a modernização da ETE houve uma redução atestada de gases poluentes. As Reduções Certificadas de Emissões obtidas entre 2007 e 2008 totalizaram 69.807 toneladas de CO2e. Levando-se em conta a redução obtida em 2008 (39.100 toneladas de CO2e) a estimativa de redução de emissão de gás carbônico pela Empresa em 21 anos, é de aproximadamente 821.100 toneladas de CO2e. O retorno financeiro foi correspondente a R$ 422.000,00 no mercado voluntário e está previsto retorno de R$ 1.200.000,00 referente ao período de janeiro de 2007 a janeiro de 2008. O projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo da Empresa proporciona benefícios globais e demonstra o comprometimento da Empresa com o desenvolvimento sustentável. Edição 2009 Consórcio de Alumínio do Maranhão- Alumar Case: Alteamento de depósitos de resíduo Cidade: São Luís Estado: MA Responsável: Márcia Rosana S. Seba Salomão Cargo: Coordenador de Meio Ambiente e Sustentabilidade Temática Gerencial: Resíduos Resumo: A metodologia consiste em depositar o resíduo úmido em diques de pequena altura (45 cm) não erodíveis e permeáveis, construídos na superfície de uma Área de Resíduo de Bauxita (ARB) existente, área esta cuja capacidade original de estocagem de resíduo já se encontra esgotada, permitindo desague do excesso de água para o área de resíduo de bauxita vizinha. A construção dos diques é feita com resíduo plástico (sacos,copos e garrafas) oriundo da fábrica,

[close]

p. 9

com tijolos refratários usados e também utilizando o próprio resíduo de bauxita como material de construção. O dique de partida foi construído com sacos preenchidos com resíduo de bauxita e os diques sucessivos com sacos de geotêxtil preenchidos com resíduo plástico prensado, a exemplo dos diques sucessivos da ARB2. Edição 2009 Consórcio Gasvap Case: As práticas sócio-ambientais e os processos de melhoria aplicados Cidade: São José dos Campos Estado: SP Responsável: Júlio Cézar Alves Duarte Cargo: Gerente de SMSRS Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: A preocupação sócio-ambiental tornou-se uma necessidade para qualquer área de negócio. Não poderia ser diferente no segmento de construção e montagem. As ações sócio-ambientais implementadas na Empresa buscaram unir a redução dos impactos sócio-ambientais com a eficiência dos processos produtivos. Evidenciar a melhoria continua no Sistema de Gestão Integrado em SMSRS, atuando com responsabilidade sócio-ambiental em todos os níveis da empresa. O reconhecimento do sistema de gestão integrado através da certificação obtida por um organismo certificador, o engajamento do setor de Responsabilidade Social na gestão participava dos integrantes do consórcio além envolvimento das partes interessadas ao negócio. Edição 2009 Construtora Cowan S.A Case: Plante esta Ideia Cidade: Belo Horizonte Estado: MG Responsável: José Paulo Toller Motta Cargo: Diretor Comercial e de Operações Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Possuir uma carteira de relacionamento de grande abrangência a nível Nacional, com um universo extremamente diversificado, entre seus clientes, fornecedores e colaboradores. A conscientização de todos com relação ao cultivo e preservação da espécie que deu origem ao nome do nosso país, o Pau Brasil; O reconhecimento da empresa, como uma empresa mais comprometida com a gestão dos seus negócios e com a valorização da biodiversidade e da cultura brasileira. Edição 2009 CPFL Geração S.A Case: A Repotenciação de Pequenas Centrais Hidrelétricas e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo

[close]

p. 10

Cidade: Campinas Estado: SP Responsável: Rodolfo Nardez Sirol Cargo: Gerente de Meio Ambiente Temática Gerencial: Energia Resumo: O “Programa de Repotenciação de PCH’s” foi reconhecido pela Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima do Ministério de Ciência e Tecnologia como uma ação que contribuirá para o desenvolvimento sustentável do Brasil o que conseqüentemente habilitou a Empresa para obter créditos de carbono dentro do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Dentre os benefícios destaca-se a contribuição a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa. No DCP – Documento de Concepção do Projeto enviado a ONU, demonstrou-se a adicionalidade do projeto, ou seja, como as emissões antrópicas de gases de efeito estufa, são reduzidas para níveis inferiores aos que teriam ocorrido na ausência da atividade de projeto e a contribuição do mesmo com o desenvolvimento sustentável. O programa “Repotenciação de PCH’s” reduziu até o ano de 2008 o equivalente a 51.615,00 toneladas de CO2. Edição 2009 Departamento de Águas e Energia Elétrica Case: Centro de Recuperação de Animais Silvestres Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Ubirajara Tannuri Felix Cargo: Superintendente Temática Gerencial: Proteção e Conservação Resumo: O Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê “Orlando Villas-Boas” (CRAS/PET), é o primeiro centro de triagem de animais silvestres da fauna brasileira, o único do Governo do Estado de São Paulo na reabilitação física, reintegração em seu habitat natural e no encaminhamento dos animais para centros de conservação (criadores conservacionistas ou zoológicos). Todos os animais são identificados quanto à espécie, marcados (microship, tatuagem ou anilha), passam por avaliação clínica e biológica, recebendo tratamento quando necessário. Atualmente, o CRAS/PET recebe cerca de 7.000 animais por ano (principalmente aves, mamíferos e répteis), oriundos do tráfico ilegal de animais silvestres, do resgate das Prefeituras ou ainda da entrega voluntária de particulares. O Centro tem como prioridade a inclusão dos animais em programas de devolução à natureza, promovendo assim a conservação da fauna, visando o equilíbrio ecológico das áreas de preservação ambiental. Edição 2009

[close]

p. 11

Duke Energy Geração Paranapanema S.A. Case: Corredor florestal para conectividade do Parque Estadual do Morro do Diabo a Estação Ecológica Mico Leão Preto Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Rogério Cânovas Camargo Ferreira Cargo: Analista de Meio Ambiente Temática Gerencial: Proteção e Conservação Resumo: Nas proximidades existem dois fragmentos florestais de menores dimensões, pertencentes às propriedades rurais adjacentes, onde habitam animais silvestres representantes da fauna nativa regional. A conservação dos ecossistemas naturais deve estar pautada em ações que visam impedir esta fragmentação ou que tentam revertê-la. Os Programas Ambientais de nossa empresa visam estabelecer projetos e ações que busquem melhorar as condições ambientais das áreas de influência direta e indireta de nossos empreendimentos. O Programa de Revegetação tem como objetivo principal auxiliar na conservação ambiental dos empreendimentos propiciando o aumento da cobertura florestal na bacia hidrográfica do rio Paranapanema. Edição 2009 Duratex Case: Parcerias em pesquisas da biodiversidade Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: José Luiz da Silva Maia Cargo: Coordenador Área de Meio Ambiente Temática Gerencial: Pesquisas Científicas e Desenvolvimento de Novos Produtos Resumo: Apresentar uma história de sucessos e resultados em pesquisas da biodiversidade realizadas em cooperação com instituições de governo e organização não-governamental. Em seu histórico de gestão florestal, a empresa sempre demonstrou preocupação em realizar suas atividades em consonância com a conservação do meio ambiente. Este compromisso fica evidente quando observados os projetos de levantamento e monitoramento da biodiversidade, cujos registros representam grande peso para a obtenção das certificações do FSC (Forest Stewardship Council) e ISO 14001. Com transparência na gestão do empreendimento florestal e disponibilizando suas áreas florestais e as informações do acervo técnico da empresa, relata-se neste case resultados de 35 anos de parcerias com pesquisadores da fauna e flora de instituições públicas e privadas. Edição 2009 Firmenich & Cia Case: O que é essencial dura para sempre

[close]

p. 12

Cidade: Cotia Estado: SP Responsável: Max Araujo Cargo: Gerente Regional de Segurança, Saúde Temática Gerencial: Ferramentas e Políticas de Gestão Resumo: O programa de Gestão Responsável foi desenvolvido com o objetivo de identificar a contribuição da empresa no desenvolvimento dos seus funcionários, prestadores de serviços, fornecedores, clientes e da comunidade que reside no entorno da fábrica, bem como reduzir riscos que possam gerar perdas financeiras, danos na imagem da companhia ou geração de custos. A intenção é consolidar o programa de “gestão sustentável” e garantir que esteja estivesse genuinamente ligado ao papel da empresa na vida do público interno, externo e à cadeia de produtiva incluindo os seus fornecedores e clientes. Bem como possibilitar um maior planejamento das atividades socioambientais garantindo que estejam alinhadas com o papel da empresa. Edição 2009 Givaudan do Brasil Case: Projeto Mãos em Ação – Reciclando Atitudes, Multiplicando Ideais Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Mona Chamma Cargo: Coordenadora de Responsabilidade Social Temática Gerencial: Educação, Informação e Com. Socioambiental Resumo: O projeto tem os seguintes eixos: Geração de Renda e inclusão social por meio do artesanato de flores de fuxicos com produtos reciclados para comunidade do entorno. Capacitação de um grupo da comunidade para a confecção de peças com foco no artesanato de flores de fuxico destinado ao mercado consumidor, como fonte de renda para melhoria da vida das famílias das participantes envolvidas, aproveitando retalhos de tecidos, garrafas pet, vidros e outros, contribuindo assim para o desenvolvimento social, econômico e ambiental sustentável. Possibilidade de desenvolvimento do projeto na área de Responsabilidade Social inserindo a empresa na comunidade local, focando mães/mulheres alunos da Escola Marina Saddi Haidar. Edição 2009 IBG – Instituto Brasileiro de Geobiologia Case: Estudante Sustentável Cidade: Belo Horizonte Estado: MG Responsável: Allan Lopes Pires Cargo: Presidente Temática Gerencial: Educação, Informação e Com. Socioambiental

[close]

p. 13

Resumo: Nossa motivação principal foi criar mecanismos de ensino sobre a sustentabilidade e a responsabilidade socioambiental aplicados à construção civil de maneira a produzir resultados eficazes no curto, médio e longo prazos, fazendo que estes conceitos tornem-se verdadeiramente realidade. Nossos objetivos foram: 1. Ensinar de estudantes de graduação e pós-graduação aos conceitos e práticas de sustentabilidade, Geobiologia, Biologia da Construção e Ecologia, na área de Belo Horizonte – MG. 2. Capacitar em práticas de contrução sustentável e saudável trabalhadores da construção civil e moradores de comunidades rurais do Vale do Jequitinhonha – MG 3. Unir Estudantes e trabalhadores, criando unidade de aplicação dos conceitos. Edição 2009 Indústrias Nucleares Do Brasil S/A Case: Programa de Restauração Ambiental em área do Bioma Mata Atlântica Cidade: Resende Estado: RJ Responsável: Jorge José de Barros Cargo: Coordenador de Meio Ambiente Temática Gerencial: Proteção e Conservação Resumo: Realizar melhorias socioambientais capazes de gerar benefícios valorosos a sociedade e a biodiversidade brasileiras corroborando a política de segurança, qualidade e respeito ao meio ambiente praticada pela Empresa. O plantio de aproximadamente 600.000 mudas de árvores nativas do bioma Mata Atlântica, de163 espécies pertencentes a 46 famílias botânicas. A restauração ambiental de 560 ha no eixo Rio/São Paulo, uma das regiões mais antropizadas do país. A neutralização de aproximadamente 20.000 t de CO2 equivalentes/ano o que confere sustentabilidade ao processo produtivo da Empresa. A implantação de um banco ativo de germoplasma de espécies nativas. O aumento da biodiversidade. A conservação dos solos na bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul e a melhoria na preservação de seus recursos hídricos. Edição 2009 Instituto Embratel 21 Case: Projeto Educação para o Desenvolvimento Sustentável Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ Responsável: Luiz Bressan Filho Cargo: Diretor Adm Financeiro Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: O desafio de aliar Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs), Educação e Desenvolvimento Social nas Reservas Extrativistas da Amazônia. O Ministério do Meio Ambiente e o de Desenv. Social e Combate a Fome vem desenvolvendo ações visando a consolidação de uma política nacional voltada para o desenvolvimento sustentável de povos de comunidades

[close]

p. 14

tradicionais brasileiras. O projeto busca colaborar com o IBAMA/AM, para trabalhar a comunicação em 7 RESEX, com o acesso a internet banda larga, via satélite, de modo a possibilitar a inclusão social e digital dessas comunidades. Edição 2009 Intermédica Sistema de Saúde S/A Case: Boas ideias para Todo o Mundo – Consumo Consciente Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Roseli Maesi Cargo: Ger. Geral de MKT e Responsabilidade Social Temática Gerencial: Educação, Informação e Com. Socioambiental Resumo: O fato de sermos um Grupo de Empresas, atendendo a mais de 3,2 milhões de pessoas e termos em nossa missão o compromisso com a comunidade. O Grupo da qual esta empresa faz parte, acredita que não basta ser economicamente forte, é preciso ser socialmente comprometido para ser institucionalmente melhor. Obtenção e manutenção da ISO 14001 em um dos nossos hospitais da rede própria da empresa e também redução de consumo com quantidades de árvores poupadas para o planeta. Em 08 meses de campanha reduzimos 628 árvores. Edição 2009 Itaipu Binacional Case: Programa de Educação Ambiental para a Sustentabilidade Cidade: Foz do Iguaçu Estado: PR Responsável: Nelton Miguel Friedrich Cargo: Diretor de Coordenação e Meio Ambiente Temática Gerencial: Educação, Informação e Comunicação Socioambiental Resumo: Se necessitamos cuidar do Planeta, mais especificamente do meio ambiente e das relações com ele de aproximadamente 1.000.000 de pessoas pertencentes a uma região estratégica para a Empresa (bacia hidrográfica, 8.000 km2), esse processo só seria possível de modo participativo e emancipatório, através de uma interação de aprendizados, diálogos de saberes e experiências. É assim que o referido Programa atua: integrando-se na teia socioambiental para enraizar idéias e práticas que nos permita habitar esse Planeta como pessoas cada vez mais responsáveis e cientes pela manutenção e compartilhamento da Vida, tanto da espécie humana, quanto das inúmeras outras espécies em convivência. Edição 2009 Johnson & Johnson do Brasil e Comercio Produto Case: Tecnologia Limpa: Pró Sustentabilidade da Ecologia Humana e do Planeta

[close]

p. 15

Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Adejair Cristino Cargo: Diretor Temática Gerencial: Pesquisas Científicas e Desenvolvimento de Novos Produtos Resumo: Provocar uma mudança de postura das instituições de saúde com relação aos métodos adotados para esterilizar artigos médico-hospitalares utilizados em suas atividades levando em consideração a saude no seu sentido mais amplo (saúde humana e do planeta). Edição 2009 Klabin S Case: Ganhos ambientais conquistados com aplicação de alta tecnologia em tratamento de efluentes Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Rosana Viegas Cargo: Analista de Comunicação Sênior Temática Gerencial: Recursos Hídricos e Efluentes Resumo: A nova ETE foi dimensionada para uma vazão média de 3600m³/h, 600m³/h superior a capacidade da ETE anterior, aumento das cargas de entrada em 48% para DBO5 e 50% para DQO, garantir que as cargas DBO5 e DQO do efluente de saída continuassem as mesmas e com o objetivo de reduzir o lançamento de SS para níveis inferiores ao limite legal de 1ml/L/h. Em se tratando de cargas específicas, as reduções no projeto foram estimadas em 22% dos níveis atuais de emissão específica de DBO5 (kg DBO5/t de papel) e 25% de DQO (kgDQO/t de papel) para o rio Tibagi e redução em 23% o volume de efluentes gerados por tonelada de papel produzida. Para atender as características previstas no projeto, foi necessário investir em três principais requisitos que estão citados abaixo: - Aumentar a capacidade dos decantadores primário e secundário - Aumentar a eficiência do tratamento biológico, na remoção de DBO5 e DQO - Identificar qual o tratamento terciário mais adequado para redução nas emissões de sólidos sedimentáveis. Edição 2009 Rodonorte Concessionária De Rodovias Integradas Case: Projeto Sócio-Ambiental SacoLona Cidade: Ponta Grossa Estado: PR Responsável: Simone Suzzin Cargo: Gestora de Comunicação Social Temática Gerencial: Educação, Informação e Com. Socioambiental

[close]

Comments

no comments yet