Auri Verde em Revista - Julho/2016

 

Embed or link this publication

Description

Edição 002 - Julho/2016

Popular Pages


p. 1

NUTRIÇÃO Que tal perder peso saboreando deliciosas sopas? A Nutricionista Eliane Petean dá as dicas! Pág.13 O Jornal Auri Verde em revista é apresentado em encontro de Gestores de RH no CIESP Bauru. Confira na Pág.15 em Revista Jornal Informativo da Rádio Auri Verde/Bauru - Para saber mais acesse:www.radioauriverde.com.br - facebook/radioauriverde - Edição 2 - Julho de 2016 ECONOMIA & FINANÇAS: Você sabe o que é BREXIT? O Economista Fernando Pinho explica. Confira na pág. 06 GASTRONOMIA Batata Recheada com Frango para dar água na boca! Marcelo Graziani é quem dá a receita! Veja na pág.12 A tocha está com o Brasil! A tocha mudou o Brasil, mas infelizmente o Brasil não mudou com a tocha. Por onde passou, aquela que é considerada um dos principais símbolos olímpicos foi capaz de transformar ruas, praças, enfim, diante da necessidade de apresentarmos ao mundo um país que não existe além das lentes das câmeras, prefeitos decidiram mascarar problemas que fazem parte do cotidiano de municípios de todas as regiões brasileiras. Um vídeo que circulou nas redes sociais, gravado em Rio Branco, capital do Acre, confirma a informação de que não foram apenas as avenidas Rodrigues Alves, Nações Unidas e as ruas Gustavo Maciel e Ezequiel Ramos, em Bauru, que tiveram um suspiro de melhoria nas últimas semanas. O Brasil inteiro passou a desejar a tocha, sonhar com a passagem da mesma ao menos por alguns dias pelas ruas de cidades que até a sua chegada juravam ter seus caixas vazios, incapazes de realizarem obras em prol da população que continuará há espera de milagres após o show fantasioso que assistimos ao longo das últimas semanas. Bilhões de reais foram gastos para a realização dos Jogos Olímpicos e o que ficará como legado, além de estruturas gigantescas condenadas ao abandono? Perdoe o ceticismo, mas desde o anúncio da escolha do Rio como sede das olimpíadas, não consegui sonhar com um país melhor, mais sério, justo e preparado para os desafios do futuro. Crianças continuam nas ruas, longe dos programas sociais e esportivos dedicados às novas gerações. Jovens não encontram condições financeiras, nem infraestrutura adequada para transformarem o dom em oportunidade de se desenvolver e vencer. Atletas profissionais não foram devidamente preparados para subirem ao ponto mais alto do pódio justificando todo o investimento feito na construção das praças esportivas. Mas, imaginando que o objetivo final não era transformar um país, mas a vida de poucos, como o Brasil da corrupção poderia desviar recursos investindo em atletas? Recursos são desviados através de orçamentos superfaturados em obras faraônicas. Embora talentosa, gente pobre e carente só traz despesa. É lamentável. A tocha passou e o que ficou? Apenas a sensação de que o país do futuro conjugará qualquer verbo que refere-se ao desenvolvimento no futuro do pretérito. Só um detalhe: NÃO é necessário ir até Rio Branco/AC para perceber os efeitos da tocha. Para ter certeza dos contrastes, convido-lhe a dar uma volta por onde a tocha passou e por onde as crianças, jovens e atletas bauruenses tentam praticar o esporte que pode contribuir para dar um novo rumo ao nosso país. Alexandre Pitttoli Jornalista e Apresentador Medo de tomar decisões? Henri Cardim traz 10 dicas para vencer esse desafio. Veja na pág.04

[close]

p. 2

em Revista 2 GESTÃO DE PESSOAS Edgar Miguel é palestrante nos temas de Gestão de Processos, Gestão de Pessoas e Empregabilidade. Mentor, conselheiro, sócio, acionista e investidor de diversas empresas. É Fundador da Triata Mídia e Negócios e da Viking Network Sob a ótica do mercado, uma empresa só tem razão de existir se atender à alguma necessidade de um grupo de clientes. Afinal, se não há clientes uma empresa não sobrevive. Mas...., e para seu criador.... para que a empresa existe ? Aquele grande empresário, Henry Ford, disse algo que precisamos refletir... Ele disse o seguinte: "Um negócio que não gera nada mais do que dinheiro é um tipo pobre de negócio"... Ouvi essa afirmação há alguns anos e ela sempre me deixou pensativo. Com o tempo cheguei a conclusão que Henry Ford estava e ainda está correto. Criar um empresa apenas para ter um prolabore ou retirar seus lucros é desperdiçar uma fantástica Necessidade Negócio Ação oportunidade de fazer algo muito mais nobre. Uma empresa é uma organização de pessoas. De pessoas que trabalham nessa organização e de pessoas que compram e vendem para Para que serve a sua empresa ? Projeto Ideia Solução ela. No final das contas, a empresa sempre está lidando com pessoas, suas percepções, anseios, expectativas, e sentimentos. É uma tremenda oportunidade de aproveitar essa dinâmica e produzir algo que faça realmente a diferença para esses diversos grupos de pessoas. Uma empresa nos dá a oportunidade de: - tornar as pessoas melhores... educá-las - fazê-las perceber que são capazes e importantes - criar e manter relacionamentos que acrescente valor aos seres humanos - mudar a sociedade... - nos ajudar a seremos mais humanos.... Pela grandeza do assunto, vou deixar duas perguntas: - O que sua empresa gera para o mundo, além de dinheiro ? E... - Para as pessoas, é importante que sua empresa exista ? EXPEDIENTE Auri Verde em Revista •Redação: Rua Virgílio Malta, 6-78 - centro - Bauru/SP Facebook/Rádio Auri-Verde •Produção e Coordenação: Ieda Maria de Souza www.radioauriverde.com.br auriverdeemrevista@radioauriverde.com.br 14 3104-0761 / 14 99795-1537 •Jornalista Responsável: Alexandre Pittoli - MTB 42.793 •Departamento Comercial: Adelma Modesto comercial@radioauriverde.com.br 14 3104-0761 / 14 99712-9085 •Projeto Gráfico e Diagramação: Rafael de Almeida Franqueira •Impressão: GRCI Editora – Jaú (SP) Periodicidade mensal Tiragem: 3.000 exemplares. Distribuição gratuita Circulação: Bauru/SP *Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores Cantinho do leitor Este espaço é destinado a voce Leitor, ouvinte e parceiro da Rádio Auri Verde de Bauru. Queremos ouvir sua opinião sobre as entrevistas, artigos, receitas e informações do nosso jornal. Entre em contato com a Redação pelo e-mail auriverdeemrevista@radioauriverde.co m.br e participe das nossas próximas edições. Pode enviar um pensamento, uma sugestão de matéria ou apenas uma frase se preferir. O Jornal Auri Verde em Revista traz Jornalistas e Colunistas abordando temas relevantes e de interesse da população, mas VOCÊ continua sendo, nosso convidado especial. Além deste jornal impresso, você também tem acesso à versão digital através do nosso site: www.radioauriverde.com.br E ainda pode anunciar seus produtos e serviços aqui com a gente. É só entrar em contato com o nosso Departamento Comercial: (14)3104-0761 e (14) 99712-9085 ou mandar seu e-mail para comercial@radioauriverde.com.br Um grande abraço! A Redação 15.000MAIS DE LEITORES ALÉM DE SER OUVIDO, AGORA VOCÊ SERÁ VISTO! rádio radioauriverde.com.br UMA HISTÓRIA COM BAURU AO VIVO OUÇA E ASSISTA ANUNCIE, ENTRE EM CONTATO! F.:14 3104-0761

[close]

p. 3

FIQUE POR DENTRO em Revista 3 Ouvir Bem é viver melhor Sensível e complexa, a orelha é o órgão do corpo humano que permite o processamento da comunicação do nosso dia-a-dia, como a fala, a expressão dos pensamentos, além de monitorar os eventos ambientais que possam representar situações de perigo. A perda auditiva pode resultar de algum dano no sistema auditivo, que se divide em orelha externa, orelha média e orelha interna. Constituem causas da perda auditiva na orelha externa a obstrução por cera e as infecções do canal auditivo. De modo geral, tratar estes problemas é bem fácil, mas o importante é agir rapidamente, para evitar danos à audição. O problema da deficiência auditiva é que, em geral, se desenvolve sutilmente. Por isso, as pessoas afetadas demoram muito tempo para perceber que sofrem de perda auditiva. Pouco a pouco, a qualidade de vida diminui. É recomendável, caso você suspeite de perda auditiva, não esperar muito para tomar providências. O primeiro passo é procurar o médico otorrinolaringologista, que, por intermédio da avaliação otorrinolaringológica e de exames audiológicos, irá constatar se a deficiência realmente existe, além de prescrever o tratamento ideal. Em relação à deficiência auditiva, é comum o isolamento das pessoas afetadas. Este isolamento pode levar a outras complicações, como a depressão. Estudos mostram que usuários de aparelhos auditivos melhoram substancialmente sua qualidade de vida ao começar a usar um aparelho auditivo: eles tem uma relação melhor com suas famílias, mais autoconfiança, e mais independência e segurança. Os aparelhos auditivos modernos utilizam tecnologia digital. São ajustados individualmente para cada tipo de perda auditiva. Também tem programas automáticos para cada situação ambiental, amplificam a fala e reduzem os ruídos de fundo, além de eliminarem o apito (microfonia). Atualmente, a maioria dos aparelhos também permite a conexão direta e sem fio com TV e celular. Toda essa tecnologia facilita muito a vida de pessoas com perda auditiva, garantindo uma melhor qualidade de vida. Para cada tipo e grau de perda auditiva, bem como estilo de vida, há uma pequena maravilha da tecnologia que pode melhorar muito a audição. A adaptação e utilização de um aparelho auditivo, contudo, só terá êxito quando bem selecionado por um profissional e quando o usuário for bem orientado com relação às expectativas. O aumento da perda auditiva é o resultado de uma crescente sobrecarga de barulho e de música alta. O preocupante é que a situação está ficando pior de uma geração para a outra. As principais causas são o ruído excessivo nos ambientes e o uso regular de fones de ouvido com o volume do som muito alto. Portanto, aqui vão algumas dicas para proteger a sua audição: Diminua o tempo em ambientes ruidosos; Evite volumes com intensidade forte nos equipamentos de som; Em shows, afaste-se das caixas acústicas; Use protetores auriculares em atividades ruidosas; Não use remédios e pomadas nas orelhas sem orientação médica; Não use hastes flexíveis nem coloque objetos estranhos dentro do canal auditivo e para evitar otites externas, considere usar tampões personalizados na praia e na piscina. Sandra Cristina Rodrigues Augusto Laranja Clinica Audium Phonak Rua Monsenhor Claro,11-81 Tel 3227-9698 ou 3019-0377 V. Mesquita - Bauru Fonoaudióloga CRFa-11575-SP

[close]

p. 4

em Revista 4 CARREIRA E NEGÓCIOS Henri Cardim é Presidente Fundador da HFC Consultoria & Associados, Empresário e administrador de empresas. Colaborador ativo da Exame.com, Revista Gestão e Negócios, entre outros 1 - Maiêutica: usar a técnica da filosofia Socrática de explorar e responder com perguntas, tendo assim o maior volume de informações; 2 - Avaliar 360: avaliar o maior número de fontes possível, das mais elaboradas, até as mais simples, podendo perceber e dimensionar os riscos envolvidos e se realmente é necessário corrê-los; 3 - Ouvir até o fim: conter a ansiedade e ouvir o interlocutor até o fim, sem interrompê-lo, assim garantindo ter a informação completa. Mentores poderão ser muito valiosos, pela vivência; 4 - Planejar: a criança repete o desenho inúmeras vezes, pois se sente segura. Já o adulto, necessita planejar, sentir-se preparado, assim tem a segurança com relação ao resultado; 5 - De-cisão: a palavra é composta de forma a mostrar-nos que abriremos mão de algo em detrimento de algum ganho, precisamos nos acostumar; 6 - Entender: decisão não leva a castigo e sim a consequência, com isso avaliarmos as consequências nos dará mais firmeza; 7 - Experimentar: a medida que experimentamos, descobrimos que é possível, isso exige iniciativa. Explorar possibilidades; 8 - Refletir: analisar os motivos, por vezes remonta a infância, de pessoas que nos superprotegeram ou que não nos incentivavam. Auto avaliar de seu perfil; 9- Liderar: sempre que 10 dicas para perder o medo de tomar decisões lideramos projetos, trabalho ou até lazer, temos a oportunidade de fortalecer a autoestima; 10 - Imaginar: visualize os ganhos que sua decisão gerará para você, isso aumentará o seu desejo, assim perceberá que o ganho é maior que o medo, por isso valerá a pena. CASA DO NORTE REDENTOR Produtos típicos do Nordeste Centro Oeste e Sul do Brasil Fone: 14 3016-8235 Av. do Hipódromo, Qd. 1 Jd. Redentor - Bauru/SP (Próx. ao Panelão) Doces Queijos Chás Bebidas Temperos Artigos em geral E muitos mais! Venha conferir!

[close]

p. 5

EMPREENDEDORISMO em Revista 5 Em busca de uma espiritualidade além das religiões Paulo Milreu – Empreendendo e se reinventando desde 1991. Nos últimos anos vendeu três empresas, mas já fundou outras. Incomodado e inquieto, busca diariamente aumentar sua performance para obter resultados extraordinários. Ele escreve esses e outros artigos em www.paulomilreu.com.br. Confira e dê sua opinião! "A vida é uma grande oportunidade de experimentar, conhecer, se aprofundar, vivenciar, conhecer, debater, refletir, sentir, agir, sofrer, amadurecer, melhorar e crescer. Talvez todos os verbos que usei no começo da frase reflitam no último: crescer. A vida é um processo de crescimento. E nesse processo de crescimento, mudamos. “Se você não está crescendo, você está morrendo.” – T. Harv Eker Passei a minha vida em busca desse crescimento, de amadurecimento, de aprendizado. Descobri que preciso investir em mim. Preciso investir nessa busca me educando, me aperfeiçoando, me conhecendo. O maior desafio do ser humano não é conhecer as pessoas, os países, é conhecer a si mesmo. E esse se tornou o meu maior desafio. Dias atrás uma pessoa que me acompanha no Facebook, e também me conhece pessoalmente, me abordou pelo Messenger, me perguntando: “Estou achando bem interessante o que você posta, mas ainda não consegui entender sua atuação e que mudanças são essas”. Ele continua relatando de sua própria busca pessoal que começou a 3 anos, agora sua formação em coaching, mas percebi que ele queria me “ouvir”. Eu respondi que minha atuação é a mesma, dentro da minha missão que é inspirar, educar e empoderar empreendedores, colaborando para que transformem suas vidas, sejam prósperos, tenham sucesso e riqueza plena. E que estou neste momento apenas compartilhando mais e mais conteúdo, do que vivi, do que aprendi. Sua percepção sobre o que compartilho foi clara e objetiva: eu venho falando muito sobre prosperidade (sem falsas e errôneas interpretações), sobre o poder da mente, sobre espiritualidade, de uma forma ampla e não dentro de ideologias e dogmas preconceituosos, que tanto vemos em nossa sociedade. Esse amigo responde que percebeu isso e que está adorando ler o que escrevo. Claro, fiquei muito feliz com isso. Meu objetivo é inspirar quem me acompanha. Então ele relata que passou um processo em sua busca de espiritualidade que é muito comum: de fanático a religioso, depois voltando aos seus padrões “normais” e vivendo agora um conhecimento que não tinha antes. E isso é muito bom e importante! Ele experimentou, vivenciou, amadureceu, melhorou. Ele está crescendo! Em minha trajetória eu experimentei diversas coisas na minha vida (claro, sempre lícitas), participei de algumas religiões, até mesmo antagônicas em seus dogmas, e fui a fundo. Me aprofundei em seus textos base, tendo não só uma visão dogmática mas uma visão histórica de como esses textos foram construídos, da origem dessas religiões, compreendendo contextos que delinearam as crenças que estabeleciam. Conheci também outras religiões que não participei ativamente, e vários movimentos filosóficos que buscam levar o sentido da vida para quem os acompanha e frequenta suas atividades. Muitas vezes percebi dentre o que participei e conheci que as informações superficiais nem sempre representam todas as premissas dessas religiões e movimentos filosóficos. O que nos apresentam como sendo a verdade, é apenas meia verdade. O que nos apresentam como uma visão inclusiva da humanidade, da bondade, do amor, é na verdade restritiva e preconceituosa. Hoje eu tenho plena convicção de um ser maior, universal, pleno e cheio de amor e bondade. Sem restringir pelos “escolhidos”, sem esse preconceito de que esses são melhores que aqueles. O papo vai se desenvolvendo e então vem uma pergunta crucial: “Após você passar por toda essa experiência, de entender tudo isso, o que mudou na sua vida, na sua forma de compreender o mundo?” Conversas assim, mesmo que pelo Facebook ou Whatsapp são importantes e de grande reflexão, trazendo a tona algo que você já consolidou em sua vida mas nunca expressou. Minha resposta foi a expressão do que venho pensando há muito tempo e não tinha expressado ainda, com essa clareza. E esta é a resposta para a pergunta: “O que mudou foi ter a plena consciência que preciso viver plenamente o AGORA, o HOJE, e não o passado ou futuro. Que preciso abrir minha mente para mais conhecimento e não restringi-la. Que temos recursos ilimitados que nos foram dados quando nascemos, e não podemos esperar algo do futuro, de algo que não vivemos hoje, temos que viver já! Fazer já! Amar já! Que nossa vida será plena se formos felizes agora, e a base é o aprendizado contínuo, nos educarmos todos os dias, nos auto-conhecermos e nos auto-desenvolvermos. Para devolvermos tudo isso ao mundo! A cada pessoa com que nos depararmos pela frente! Temos dentro de nós a nossa missão de vida. A maioria das pessoas morrem sem saber essa missão porque está obscura. Foram criados impecilhos, sujeiras, pedras, crenças, histórias, que nos impedem de enxergar essa missão. Nos falta CLAREZA! Quando um ser humano consegue descobrir sua missão de vida, que sempre tem total relação com ajudar as demais pessoas no mundo, ele modifica pelo menos outras 1.000 pessoas, que então podem descobrir cada uma sua missão de vida. Eu acredito nisso! [...] [...] Eu procuro viver minha missão sempre, mesmo que as vezes as pessoas não compreendam, ou ainda que eu pague um preço alto por isso. E para isso eu preciso me conhecer, e ter uma espiritualidade saudável."

[close]

p. 6

em Revista 6 ECONOMIA & FINANÇAS Fernando Pinho é economista, pós-graduado em psicologia econômica pela PUC-SP, mestre em finanças pela Universidade Mackenzie e consultor financeiro com vivências em mercados nacionais e internacionais. O chamado BREXIT (British Exit) já era há muito tempo esperado, apesar de ter surpreendido a quase todos no mundo. Desde o início da formação da então chamada CEE (Comunidade Econômica Européia), já desenhava-se a formação de um bloco econômico com grandes assimetrias, que invariavelmente acabaria por desembocar num processo de divórcio, iniciado pelo Reino Unido, podendo levar também ao êxodo de outros países. As diferenças são muitas: idiomas, extensões territoriais, legislações trabalhistas, desníveis acentuados com relação à qualidade dos sistemas de ensino, disparidades gritantes em relação ao grau de competitividade das empresas de cada país, diferentes graus de aptidão ou falta dela, no tocante ao empreendedorismo, sistemas tributários mais ou menos hostis à acumulação de patrimônio, distribuição da estrutura demográfica, solidez das Finanças Públicas etc. Já antevendo a possibilidade desse desfecho, sabiamente, as autoridades britânicas, nunca permitiram que a secularmente confiável Libra Esterlina fosse trocada pelo Euro, o que proporcionará ao Reino Unido uma grande vantagem, quando ao final dos próximos dois anos, deverá desvincular-se definitivamente das onerosas obrigações advindas de membro da União Européia. Muitos fatos colaboraram para que os britânicos tomassem tal decisão: 1) Terrorismo: agravado com a facilidade do fluxo de pessoas, decorrente do livre trânsito proporcionado pelo grande espaço europeu; 2) Fluxos migratórios incontroláveis, causados pela O Brexite o Brasil necessidade de acolhimento de refugiados de países assolados por guerras ou desastres naturais; 3) Sobrecarga do sistema de saúde causado pelo fluxo migratório; 4) Concorrência aos postos de trabalho britânico, por pessoas dispostas a trabalhar por qualquer remuneração, em função do estado de miserabilidade em que se encontram (refugiados) e, 5) Como o Reino Unido sempre enviou mais dinheiro para Bruxelas do que dela recebeu, naturalmente convenceu as autoridades fazendárias, de que tal fato era nocivo às finanças domésticas, já que Portugal, Espanha, Itália e Grécia são permanentes usuários dos programas de socorro financeiro, pois não conseguem transformar suas respectivas economias em entes competitivos. São os chamados "cinturões de ferrugem" da Europa. Problema crônico e aparentemente insolúvel no curto prazo. Quanto ao Brasil, pouco deverá ser afetado pelo fenômeno, já que o fluxo de comércio Brasil/Reino Unido é muito pequeno, dado os valores transacionados. Porém, não há garantias de que, em função da atual fragilidade das Finanças Públicas, não sejamos afetados por algum grau de volatilidade na economia mundial, no caso de haver outras defecções de países na União Européia. O mundo vive tempos de grandes incertezas, que parece tornarse-ão permanentes. Portanto, a análise e entendimento dos desdobramentos desse imbricado jogo de variáveis controláveis e incontroláveis, torna-se de vital importância, visando preparar a comunidade para as ameaças e oportunidades que vierem a apresentar-se.

[close]

p. 7

LINGUA PORTUGUESA em Revista 7 "E de amor, ninguém fala? " O professor abre a aula de período composto com a frase: "Eu te amo porque não bastante ou demais a mim.", atribui a Drummond, o poeta de Itabira, a autoria da obra-prima. No entanto, culmina com a classificação: trata-se de uma oração subordinada adverbial causal, diante de pasmados, atônitos e perplexos discípulos, tenta explicar o difícil: oração porque tem verbo, subordinada porque depende da outra oração, adverbial porque indica uma circunstância adverbial e causal porque a circunstância é de causa, entenderam? Porém, o que é difícil, entender a Gramática ou entender a vida? O que quis dizer Carlos Drummond de Andrade com a análise em seu "As semrazões do amor."? Amar a outrem antes de amar a si mesmo? Quem é capaz? Por onde anda o amor? Onde se vende isso? Quem é o próximo? Aquele que vem antes do anterior, sendo, portanto posterior? E isso é ser ser superior ou inferior? Amar a alguém é dar moral demais a outrem? Quando o fast-food diz "Amo muito tudo isso", de que amor fala, quem é amado, o redondo e sedutor hambúrguer? As pessoas que postam a todo o momento: " Amo", amam a quem ou a quê? Roberto Freire escreveu: "Ame e dê vexame.". Você já fez isso? Pode-se pichar, se for por amor? Há poesias Sinuhe, Professor de Língua Portuguesa e Gramática, formado em letras pel USC. Com 28 anos de experiência em salas de aula. Palestrante de “O que pode e o que quer esta Língua?“, palestra didático – filantrópica que arrecada alimentos para entidades. Criador do Projeto Livro – Livre que distribui livros a pessoas carentes. ainda? Alguém ainda brinca de "pera, uva, maçã ou salada mista."? Creio que a sentença a que estejamos condenados é a de aprender a amar, quando Drummond diz que não se ama demais, não é que se esqueceu de si mesmo, mas sim que reservou a outra pessoa o que poderia sentir por si mesmo, mas como conseguir tal façanha? Qual é o segredo? Os cônjuges ainda se amam? Casa-se por amor? Há medo porque o bônus da liberdade cobra o ônus da solidão? A quem se diz "Eu te amo."? O que é necessário para que se fale ou se ouça tal declaração? O correio elegante virou Whats? As flores ainda são roubadas dos jardins? Lulu Santos ainda é "o último romântico dos litorais deste Oceano Atlântico"? E acabando a aula de Gramática, o professor escreveu no quadro negro da educação: "Amo-te " com ênclise porque amo para o depois, para o verbo e para o pronome! " Te amo "com próclise porque amo antes de ser um sujeito ou algo abstrato ou concreto. " Amar - te - ei "com mesóclise porque amo no meio que justifica qualquer fim! A verdade é "E de amor, ninguém fala? " * Prof. Sinuhe Daniel Preto, em dúvida se ainda é amado. Prof.ª de Sociologia Sandra de Cássia Ribeiro Hino de Bauru Nossa cidade completa 120 anos e a Profa. Sandra Ribeiro é quem nos envia um lindo presente! O Hino de Bauru foi composto por Manuel Domingos de Oliveira em 1951 e oficializado em 01/07/1993 pela Lei Municipal No. 3580. Manuel D. de Oliveira era natural de Santa Rita do Rio Pardo, nascido em 1876 e morto em Bauru, em 1968. Em Bauru fez várias composições, inclusive o hino do Esporte Clube Noroeste. Para a partitura do piston, o autor encarregou um dos filhos, Hermógenes de Oliveira e a partitura dos outros instrumentos de sopro ficou a cargo do sargento Antônio Lazarine. Conforme estabece a Lei Municipal, o “Hino” deverá ser cantado em todas as festas oficiais do Município e nos estabelecimentos de ensino. No entanto, nem sempre isso é cumprido. Fica a dica! Parabéns Bauru! I É Bauru, terra branca ditosa É a esperança e o desejo febril Amparada na árvore frondosa Cidade Franca do nosso Brasil - É a luz do céu resplandecente Desta terra abençoada Bauru, és o sol nascente que surge na madrugada Vives na paz bem altaneira Tens gloriosa tradição Saudamos-te como a primeira Da brasileira Nação! II De São Paulo és cidade querida Bauru, berço da região Sempre bela e engrandecida no progresso da grande extensão Vida própria da Noroeste de riqueza e amplidão É a esperança que nos resta É de grande satisfação Oh. Que terra tão querida De todo o meu coração - Saudamos-te por tua vida na brasileira Nação! BauruPARABÉNS!!! 12 Anos rádio 60 ANOS UMA HISTÓRIA COM BAURU radioauriverde.com.br

[close]

p. 8

em Revista 8 SAÚDE & BEM ESTAR Dr. Carlos Humberto Miguel é cardiologista com atuação também em Medicina Interna Também chamada de esperança de vida, é um índice (número médio) que representa quantos anos se espera que um indivíduo possa viver quando nasce. É influenciada pela qualidade de vida da população, qualidade dos serviços públicos (educação e saúde), saneamento básico, campanhas de vacinação em massa, segurança no trabalho, criminalidade e ausência de conflitos militares. Atualmente a expectativa de vida do brasileiro é de 75,2 anos (2014). Como base de comparação, o brasileiro vivia, em média, 50 anos na década de 1960. A expectativa média de vida no mundo aumentou 5 anos entre 2000 e 2015 e nos últimos 50 anos a expectativa de vida da população mundial aumentou cerca de 20 anos. A África foi a região que mais aumentou sua expectativa de vida (9,4 anos a mais), graças às melhoras em assistência a crianças, ao controle da malária e ao acesso ao tratamento contra a aids e diminuição de conflitos regionais. As pessoas mais velhas do mundo se encontram no Japão, ( 83,7 anos em média), na Suíça, (83,4 anos); Cingapura (83,1 anos), Austrália , Itália e Espanha (82 anos), Islândia (82,7 anos), Israel (82,5 anos ), França e Suécia (82,4 anos), Coreia do Sul ( 82,3 anos) e Canadá (82,2 anos). As estatísticas mostram que mulheres vivem mais do que os homens, os “baixinhos” vivem mais que os “altões”, os obesos vivem menos (08 Expectativa de Vida anos a menos ) e os ricos vivem mais do que os pobres. As mulheres que mais vivem são as japonesas (86,8 anos de média), as de Cingapura (86,1 anos) e as espanholas (85,5), enquanto os suíços são os homens com maior expectativa de vida (81,9 anos), seguidos dos islandeses (81,2 anos) e dos australianos (80,9 anos). Supostamente o homem mais velho do mundo seria, de acordo com os documentos, um ex seringueiro - José Coelho de Souza, com 132 anos morador da comunidade Estirão do Alcântara no Acre. No Brasil, os nascidos em Santa Catarina tem a maior expectativa de vida (78,4 anos) e no outro extremo, com menor expectativa, está o estado do Maranhão (70 anos). Já entre os municípios brasileiros, a campeã nacional é Blumenau, em Santa Catarina seguida de Brusque (SC), Balneário Camboriú (SC), Rio do Sul (SC). E entre os municípios com menor esperança de vida estão: Cacimbas (PB) e Roteiro (AL) ( 63,5 anos ) O aumento da expectativa de vida e a diminuição das taxas de natalidade vem colocando em xeque os sistemas de previdência em todo o mundo. No Brasil, não é diferente. Atualmente no Brasil há um aposentado para cada tres trabalhadores ativos. O perfil da população brasileira deve mudar bastante nos próximos 45 anos e em 2060, os idosos representarão 33% de toda a população. Atualmente, essa parcela gira em 13%, portanto um aumento populacional estimado em mais de 150%. Aí mora o problema: em 2060, serão 63 aposentados para cada 100 trabalhadores ativos. Por isto tanta preocupação (e com motivo) dos nossos governantes com as políticas a serem adequadas na Previdência Social. Deliciar, mas se proteger das manchas nos dentes 1-Escove os dentes após o consumo Para diminuir os danos que aquele café quentinho pode causar, a dica é escovar os dentes após consumilo. Esse é o melhor jeito para evitar manchas nos dentes causadas por uma das bebidas mais consumidas no país. Dessa forma, o corante é removido rapidamente da superfície dentária, dificultando o amarelamento devido ao contato direto com a substância. 2- Bochecho com água Se não puder escovar os dentes logo após tomar o seu café, aposte pelo menos em fazer um bochecho com água. Essa medida já ajuda a evitar que o corante ou a acidez do café fiquem na boca, além de devolver a saliva perdida. Sem produção de saliva suficiente para enxaguar a boca de forma natural, a coloração do café produz as desagradáveis manchas marrons ou amarelas no seu sorriso. 3-consuma alimentos detergentes Outra maneira de dar uma mão para a higiene bucal nesse caso é comendo os chamados alimentos detergentes. Frutas como maçã e pera limpam superficialmente os dentes durante a mastigação e até previnem problemas bucais, como gengivite, mau hálito e cáries. As fibras desses alimentos aumentam também a produção de saliva e ph da boca, diminuindo a acidez. Aliado a esses cuidados é sempre bom evitar o consumo em excesso do café, sem a necessidade de eliminá-lo da sua vida. Basta tomar cuidados simples para não prejudicar o seu sorriso branquinho. Dra Juliana Aranda Maia , CROSP 88.037 / Dr Marcelo Silva Maia, CROSP 88.046 Via Sorriso Odontologia R. Capitão Gomes Duarte, n. 15-28 // Tel. 3243-6640 // WhatsApp 99692-5990 Dr. Marcelo Maia é formado em Odontologia pela USP Bauru e atua na área de periodontia, implante e prótese no consultório Via Sorriso.

[close]

p. 9

MAMÃES E BEBÊ em Revista 9 Como furar a orelha da Bebê? Você quer furar a orelha de sua filha, mas está na dúvida da maneira mais segura de como fazer isso? Confira: Que é fofo uma bebê com um brinquinho, ninguém duvida, mas saiba que são necessários cuidados fundamentais para furar a orelha da criança. Não há um consenso dos especialistas sobre uma idade exata para se fazer isso. Alguns liberam o brinco a partir de cinco dias, outros quinze dias de vida, outros preferem esperar mais tempo. Segundo o pediatra Tadeu Fernando Fernandes, presidente do Departamento Ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria, a saúde do bebê é que vai determinar o momento certo. Por isso, vale esperar a alta hospitalar e o bebê e a mamãe estarem bem no conforto do seu lar. O processo, ao contrário do que muitos pensam, não é tão dolorido Alexandrina Dittrich é palestrante, consultora materna, consultora em aleitamento materno, enfermeira obstetra especialista em assistência pré natal e saúde da mulher, realiza atendimento as gestantes e bebês de Bauru e região e online no site www.luzdocuidar.com.br assim, já que o lugar onde se faz o furo é cartilaginoso. Quanto menor for a criança, mais fina será a cartilagem da orelha e, consequentemente, menos dor ela vai sentir. O furo pode ser feito por médicos, enfermeiros ou auxiliares de enfermagem que possuam certificado para poder realizar o procedimento. Geralmente o profissional limpa o lóbulo da orelha com álcool e fura com a maquininha apropriada para perfuração em bebês, que acompanha os brincos estéreis já autorizados pela Anvisa. Na farmácia pode? Desde 2009, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou o procedimento para farmácias e drogarias desde que o furo seja efetuado com maquininha e brincos regularizados junto ao órgão (próprios para perfuração em bebês). Além disso, os brincos devem ser abertos na frente do paciente e colocados depois da higienização do local. Outro ponto importante é a escolha do brinco. Prefira os de aço inoxidável, que são hipoalergênicos. Lembre-se também de que eles não podem ser grandes, de argola, pontiagudos ou com detalhes que possam enroscar nas roupas do bebê. Por isso, fique atenta! Para higienizar o local, você pode lavar a orelha do bebê com água e sabão todos os dias no banho, e o uso do álcool 70% no mínimo 3x por dia. Também é necessário rodar o brinco delicadamente para evitar que ele grude no lóbulo da orelha. Preste atenção, no entanto, em orelhas vermelhas, doloridas e quentes, coceiras excessivas e formação de pus. Esses são sinais de que há inflamação ou infecção. Nesses casos, não tire os brincos procure imediatamente o profissional que realizou o procedimento. Ele vai avaliar o quadro e, se necessário, prescrever medicamentos. Procure um bom profissional para colocação do primeiro brinquinho na sua princesa, afinal estamos falando de saúde e ela merece o melhor! Em Bauru você encontra esse profissional na empresa Luz do CuidarConsultoria Materna que garante o atendimento, a qualidade e o conforto para mamãe e bebê, atende a domicilio e oferece toda segurança do procedimento. Contato: alexandrina@luzdocuidar.com.br Fone: 14 99832-3505 Homenagem ao Dia dos Pais No segundo domingo de agosto comemoramos o Dia dos Pais e toda a Equipe da Rádio Auri Verde de Bauru Ltda. e do Jornal Auri Verde em Revista, presta aqui, sua singela homenagem ao Pais. Através deste belíssimo poema de Mário Quintana, desejamos externar nosso melhor abraço. As Mãos do Meu Pai “As tuas mãos tem grossas veias como cordas azuis Sobre um fundo de manchas já cor de terra Como são belas as tuas mãos Pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram Na nobre cólera dos justos Porque há nas tuas mãos, meu velho pai Essa beleza que se chama simplesmente vida E, ao entardecer, quando elas repousam Nos braços da tua cadeira predileta Uma luz parece vir de dentro dela Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente Vieste alimentando na terrível solidão do mundo Como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento Ah, Como os fizeste arder, fulgir Com o milagre das tuas mãos E é, ainda, a vida Que transfigura das tuas mãos Essa chama de vida, que transcende a própria vida E que os anjos, um dia, chamarão de alma...” (Mário Quintana) rádio radioauriverde.com.br

[close]

p. 10

em Revista 10 ESPORTE Rafael Antonio Mainini é locutor, jornalista e apresentador do Programa Bauru Agora, cuidando sempre com extremo profissionalismo da Jornada Esportiva da Rádio Auri Verde de Bauru Olimpíada: ficará algum legado? Neste mês de agosto, o Brasil recebe no Rio de Janeiro, o maior evento esportivo do planeta: os Jogos Olímpicos. Ao todo são 206 países e não tenho dúvidas que sob o ponto de vista desportivo, a nação será muito bem representada. Com um total de 462 atletas, a maior delegação brasileira na história de nossa participação que teve início em 1920, na cidade de Antuérpia na Bélgica, o Brasil deverá também conquistar o maior número de medalhas em sua história. Não faltou investimento. Nossos atletas de ponta receberam intercâmbio, centros de excelência de treinamento, toda a estrutura necessária para que um atleta de alto rendimento alcance os melhores resultados. E acredito que os nossos representantes não vão decepcionar e o povo brasileiro terá muitas alegrias na cidade maravilhosa. Mas, e o pós olímpiada? Como ficará o esporte brasileiro? Como será aproveitada a estrutura física e de treinamento dos nossos esportistas? É nesse aspecto que de fato tenho muitas dúvidas. Muito dinheiro foi gasto, muita coisa foi feita a “toque de caixa” e sinceramente não sei como ficará o futuro do esporte nacional pósolimpíada. Não podemos ser injustos em dizer que algumas modalidades aproveitaram bem este legado, investindo na base e montando uma estrutura para o próximo ciclo olímpico. Entretanto, algumas outras confederações investiram erroneamente e mais do que isso, tivemos casos de denúncias de desvio e compras irregulares de material, evidenciando a corrupção no meio esportivo. Corrupção também evidenciada nas obras, que ficaram bem acima do previsto, e com entregas questionáveis, afinal de contas, o Rio de Janeiro tornou-se um “canteiro de obras”, mas muitas não foram terminadas. Aquelas entregues a véspera dos jogos, como a Vila Olímpica, por exemplo, apresentando problemas estruturais e colocaram em “cheque”, se o alto investimento feito foi de fato aplicado. Gostaria sinceramente de acreditar que o país, que o nosso esporte viesse a evoluir com os jogos. Mas tenho muitas dúvidas. Em 2007, deixamos poucos legados, alguns inclusive se perderam com o passar do tempo. A Copa do Mundo também nos deixou muitos exemplos negativos, principalmente no desperdício de dinheiro. Que venha a Olímpiada, que ela traga medalhas, reconhecimento aqueles que fazem o esporte brasileiro algo sério e competitivo. Mas que nos traga também a reflexão de que perdemos mais uma grande chance de melhorar o nosso esporte e o nosso país. Foto-Fonte: GE SEU ÓCULOS QUEBROU? NOSSO LABORATÓRIO PRÓPRIO PODE ARRUMAR OU REFAZER SEU ÓCULOS EM APENAS 01 HORA! PREÇO JUSTO+QUALIDADE+AGILIDADE NA ENTREGA MÊS DOS PAIS: PROMOÇÃO EM TODAS AS LENTES MULTIFOCAIS (INCOLOR E FOTOCROMÁTICAS) AV. RODRIGUES ALVES, Nº 7-59 - CENTRO - FONE: 14 3010-5997 FACEBOOK/ÓPTICADAFABRICAEXPRESS

[close]

p. 11

MEDITAÇÃO & EQUILÍBRIO em Revista 11 Por que ligo meu piloto automático? Se não prestarmos atenção na nossa vida diária nunca percebemos o quanto de automático colocamos nela. Levantamos e já engatamos uma atividade atrás da outra. Fazemos a primeira pensando na segunda, fazemos a segunda pensando já numa outra lá na frente. Assim chegamos ao final do dia já pensando no amanhã. Sem nos darmos conta disso, deixamos nosso corpo numa atividade, nossa mente em outra e nossas emoções em algum lugar, sabe-se lá em qual, não estávamos atentos. E assim, dia após dia, vamos desequilibrando nossos sistemas, retirando a harmonia natural, nos cansando e, infelizmente, somatizando, adoecendo, perdendo alegria. Os mestres espirituais nos mostram uma simples alternativa: viva no presente, no aqui e agora, plena atenção. Simples assim! E é assim simples que tem que ser. Com plena atenção, faço e penso a mesma coisa, estou inteira na atividade, seja uma tarefa, um diálogo, uma meditação. Com atenção tudo fica mais intenso, rende mais, fica até mais bonito porque percebo nuances, cores, detalhes, expressões, tudo tem mais vida, mais presença. Vejo mais o que se mostra para mim, estou com toda minha atenção no que estou fazendo agora. Fazendo uma coisa e pensando em outra, corro mais riscos nas tarefas, no transito, nos diálogos, na vida, no viver. Fazendo e pensando a mesma Angela Maria Seabra é Engenheira, Pós graduada em Administração, Gestão Empresarial e Yoga. Cursos complementares de Yoga, Meditação e Naturopatia realizados em Lonavla e Pune na Índia. Mestre Reiki, Karuna Reiki e Ho'oponopono coisa, saboreio, rendo, desfruto, otimizo e gosto. Isso é treino, nada mais. Treino trazer minha atenção para o presente sempre. Busco a conscientização de cada momento. Não permito ligar o piloto automático tão automati- camente, e quanto mais treino mais fácil vai ficando e, quanto mais fácil, melhor vou me sentindo e tomando gosto por estar vivendo no presente. Isso é uma grande benção na nossa vida. Treine agora! Você vai gostar! RÁDIO É PRA VER E OUVIR! AO VIVO OUÇA E ASSISTA ACOMPANHE FLASHS AO VIVO EM NOSSA PROGRAMAÇÃO NO SITE RADIOAURIVERDE.COM.BR CLIQUE "AO VIVO" ESCOLHA A OPÇÃO "NAS RUAS" E ASSISTA! rádio

[close]

p. 12

em Revista 12 GASTRONOMIA Marcelo Graziani é publicitário e trabalha como assessor parlamentar. Atua na área de gastronomia há mais de 10 anos e nos traz essas sensacionais dicas de gastronomia As batatas cozidas ou as batatas assadas recheadas, são uma receita típica da tradição anglosaxônica. A preparação da receita base diminuiu com a utilização de ingredientes diferentes de um país para outro. Segundo a tradição, as batatas devem ser cozidas no forno a lenha ou na brasa com sal e manteiga. Receita base A preparação básica das batatas consiste em lavá-las e escoválas bem para serem cozidas com as cascas. Dê umas garfadas nelas, para fazer buraquinhos, e as cozinhe a 180 ° C, por cerca de 45 a 60 minutos, até que estejam bem macias por dentro (verifique com um palito). Elas podem ser preparadas com ou sem alumínio. Para substituir a folha de alumínio você pode usar o papel manteiga. Depois de pronta, deixe amornar, corte-as ao meio e escave ligeiramente seu interior para poder rechear bem. Finalmente, esquente-a antes de servir, em uma frigideira tampada ou ao forno. Ingredientes: 4 Batatas Grandes 250g de Frango Cozido Desfiado 1 Tomate (picado s/ sementes) Cream Cheese ou Requeijão (a gosto) ½ xícara (chá) de Milho ¼ xícara (chá) de Alho Porró ¼ xícara (chá) de Bacon (picado) Queijo Mussarela (a gosto) Salsinha Sal, Pimenta do Reino e Paprica Doce Batata recheada com frango Instruções: Lave bem as batatas e fure a casca com um garfo), e leve para cozinha por cerca de 15 minutos no micro-ondas em potencia alta ou até que fique macia porém ainda firme (não pode virar purê) Dica: coloque em um saquinho plástico transparente, feche o saco e fure-o com um garfo, deixe serca de 10 minutos em potência alta, vá testando o ponto. Em uma panela frite o bacon até dourar e reserve. Na mesma panela suja de bacon refogue o alho porró no azeite até que fique murcho, junte o tomate sem semente, frango cozido e desfiado e tempere com sal, pimenta, paprica doce. Junte cerca de 4 colheres (sopa) da água de cozimento do frango ou caldo de frango e deixe cozinhar até que essa água seque e o tomate tenha desmanchado. Junte o milho, bacon, o crem cheese ou requeijão e misture bem para ficar bem cremoso, desligue o fogo e reserve. Assim que a batata estiver pronta apoie ela em um papel toalha, alumínio ou manteiga para não se queimar e faça um corte em cruz, aperte as pontas para que ela abra e com uma colher remova um pouco da polpa da batata (fazendo uma barca, salgue, adicione o recheio, queijo e leve para aquecer no forno ou no micro-ondas até que o queijo derreta. Dica: use a polpa retirada da batata, misture com queijo formando um purê cremoso e utilize para base dos recheios das batatas. Receita de batata recheada com frango Na foto enviada por Janaína Alves (SP), uma nova sugestão de recheio: Batatas recheadas com calabresa, requeijão, mussarela, cheddar e um leve toque de coentro. Testada e aprovada. Uma delícia!

[close]

p. 13

NUTRIÇÃO em Revista 13 Eliane Petean Arena - Nutricionista e Farmacêutica pela USC Bauru – SP. Especialista em Nutrição Clínica, Saúde Pública, Administração Hospitalar e Alimentos Funcionais e Nutrigenomica: Implicações práticas na Nutrição Clinica e esportiva (cursando) Sopaterapia de Inverno: 10 dicas para perder peso com sopas deliciosas Você sabia que, com a dieta adequada, a estação do inverno pode ajudar você a perder peso? É que, nos dias mais frios, para esquentar, nosso corpo trabalha mais e com isso, acaba gastando mais calorias. Diante dessa necessidade natural do organismo, você pode aproveitar a ocasião, acelerando o seu metabolismo com a ingestão de alimentos estratégicos, queimando com mais facilidade, aqueles quilinhos a mais. Essa não é uma boa notícia? Para tirar partido dessa situação, aproveite para preparar sopas inteligentes. A sopa é uma refeição ideal para os dias mais frios, além de ser uma ótima opção digestiva para o jantar. Preste atenção as dicas para preparar sopas queimadoras. 1. Sopa variada para comer em pedaços, é uma boa forma de enganar a fome. Escolha um legume colorido, um legume branco, um tipo de verdura, uma leguminosa, alguns temperos e mais um complemento, como: semente de girassol, aveia, trigo sarraceno, gemem de trigo e gengibre. 2. Não frite as carnes. A carne deve ser cozida junto com os vegetais. 3. Tome sopas três vezes por semana. Esse é um meio de limpar as toxinas do seu organismo. 4. Lembre-se de variar as receitas para não enjoar. Não faça grandes quantidades para evitar a sobra e o armazenamento duradouro na geladeira. 5. Use ingredientes estratégicos e faça receitas contendo maçã, alcachofra, cebola e cenoura. 6. Faça caldos com aipo, aveia e gengibre. O aipo é um limpador que melhora o funcionamento do fígado e da vesícula biliar, além de beneficiar os rins. A aveia dá consistência ao caldo e contém fibras vegetais e proteínas, que nos ajudam a remover as substâncias tóxicas do corpo. O gengibre facilita a digestão de gorduras. 7. Prepare sopas que matam a fome, usando ingredientes que aumentam a sensação de saciedade, mas com poucas calorias e poucas gorduras. Nas receitas, substitua a batata pelo inhame; tofu defumado, no lugar do bacon e couve picada e batida, para dar consistência. 8. Tire partido da sopa de missô com legumes, que é rica em proteínas e ajuda a diminuir o colesterol, as triglicérides e ainda previne doenças. 9. De vez em quando, tome uma sopa laxante, preparada com folha de beterraba, couve, abóbora, acelga e farelo de trigo. As fibras dos ingredientes ajudam a aumentar o bolo alimentar. 10. A sopa obstipante também pode ser periódica, auxiliando no repouso do trato gastrintestinal e promovendo uma grande absorção dos alimentos. Essa versão pode ser preparada com as seguintes sugestões: batata inglesa, chuchu, inhame, cará, salsinha e cenoura.

[close]

p. 14

em Revista 14 Horóscopo de João Bidu AGOSTO Seu raciocínio estará mais rápido e você vai agilizar o trabalho. Pode fazer bons contatos e brilhar com soluções criativas para os problemas. O céu anuncia um mês de muita sorte nos negócios. Sua alegria será contagiante e todos vão querer sua companhia. A fase será agitada e você terá que se organizar para dar conta de tudo sem sobrecarregar a saúde. Bom mês para investir em passeios românticos, sair para namorar e trocar mais carinho com quem ama. Vênus vai deixar seu signo mais atento, dedicado e prestativo a partir do dia 5. Há chance de se apaixonar por alguém de outra cidade ou viver uma atração arrebatadora durante uma viagem. Também podem pintar novos sentimentos por um colega do trabalho. No trabalho, defina prioridades e aposte na disciplina para dar conta de tudo. Encare as tarefas com bom humor e use seu carisma para se entender com colegas, chefes e clientes. Pode ter boas oportunidades de faturar uma grana extra, inclusive com jogos, sorteios e prêmios. Visitas de parentes trarão alegria. Pode se decepcionar com amigos. Os astros incentivam você a manter bons hábitos e cuidar bem da saúde. O bom humor também vai aliviar tensões. Contagie o romance com a sua alegria e você vai curtir momentos superanimados com quem ama. Seu poder de sedução será irresistível e você só vai terminar o mês sem companhia se quiser. Só cuidado para não confundir amizade com paixão: há risco de se decepcionar. Comunique-se mais no trabalho. Participe dos debates, dê ideias e apresente seus projetos. Divulgue seus serviços para atrair novos clientes. Use sua boa lábia para pedir um aumento, pechinchar bons preços e lucrar mais com o que faz. Você pode estar impaciente com amigos e vai preferir programas mais caseiros. O céu indica novidades envolvendo parentes. Manter hábitos saudáveis será o segredo do seu bem-estar. Seu jeito espontâneo e animado vai garantir bons momentos e ótima sintonia com quem ama. Festas de família podem aproximar você de gente interessante neste mês. Romance com uma pessoa mais velha ou muito séria pode começar tenso, mas tende a se firmar na segunda quinzena, com boas perspectivas. Você vai mostrar mais garra e responsabilidade no trabalho. Pode assumir novos projetos. Converse com as pessoas para descobrir algo lucrativo e arregace as mangas no trabalho para conquistar um aumento. Você vai querer conversar mais com amigos e familiares. Distração e pressa podem causar acidentes. Preste mais atenção, principalmente no trânsito. Não permita que tensões de rotina no trabalho afetem a sua união. Fale das suas preocupações, desabafe com quem ama, mas com cautela para não descontar no par sua irritação. Um bom papo será seu maior trunfo para atrair novos admiradores ou se aproximar de quem paquera. Se sentir que o interesse é recíproco, pode até vencer a timidez e abrir o jogo com quem deseja. O Sol vai realçar os pontos fortes do seu signo e, junto com outros astros, incentivará você a usar todo seu potencial para conquistar seu espaço no trabalho. Vai ralar bastante, mas logo verá os resultados de seu empenho. Não conte apenas com a sorte: fique de olho nas oportunidades e explore seus talentos para ganhar dinheiro. Você dará mais valor àqueles parentes e amigos com os quais sabe que sempre pode contar. Corte do seu dia a dia qualquer hábito prejudicial. Você deve controlar a impaciência, a teimosia e a rebeldia para não brigar com quem ama por bobagens. Uma atração arrebatadora pode surgir de repente e deixar você sem fôlego. Pague pra ver, pois só o tempo vai mostrar se é amor ou fogo de palha. O mês pode trazer imprevistos no trabalho. Mas seu jeito discreto e observador pode garantir boas conquistas. Você pode ter alguns gastos inesperados, mas os astros ajudarão a organizar as despesas e darão boas ideias para aumentar seus ganhos. Em família, evite atitudes autoritárias demais. Boa popularidade com amigos. Respeite seus limites e não ignore um mal-estar repentino: vá ao médico! Diálogo, carinho e cumplicidade vão reforçar a união e o prazer de estarem juntos. Demonstre todo o seu amor. Seu charme e seu carisma vão estar em evidência ao longo do mês, o que deve aumentar muito a sua popularidade nas paqueras. Seu único desafio será deixar as desconfianças de lado e dar abertura para aproximações. Você deve ter muito cuidado com trapaças e falsidades no trabalho. Mantenha seus projetos em segredo e prefira trabalhar a sós, sem depender dos colegas. Você também deve ter cautela para não cair em golpes financeiros. Desconfie de quem promete grana fácil. Controle a franqueza em família. Fará novas amizades. Fuja de agitação e dê atenção aos sinais que seu corpo der. Atitudes controladoras do par podem causar atritos graves. Faça sua parte e procure quem ama para uma conversa franca. A fase está mais para ficadas sem compromisso e romances passageiros. Uma atração arrebatadora pode surpreender você durante um encontro casual e render momentos inesquecíveis de paixão e prazer. O Sol vai estimular sua carreira e anuncia uma ótima fase para se destacar, conquistar reconhecimento e até uma promoção. Pense no futuro e comece já uma poupança. Fuja do tumulto ou controle a impaciência para evitar atritos. Ótima popularidade com amigos. Para o seu bemestar, tente controlar o estresse. Quanto mais cumplicidade houver entre o casal, menos espaço haverá para a insegurança. Pense no futuro e faça planos com quem ama. Pode se interessar por uma pessoa de prestígio ou investir numa conquista bem disputada. Também pode pintar um clima com alguém da sua turma de amigos e a paquera promete ser bem empolgante. Vença as desconfianças e deixe rolar para ver no que vai dar. Concentre-se em suas metas mais ambiciosas no trabalho e corra atrás. Faça cursos e aprenda tudo que puder: isso vai melhorar seu currículo e abrir novas portas na carreira. Você deve controlar as finanças com mãos de ferro para manter as contas em dia e esticar o salário até o fim do mês. Divergências com parentes podem magoar. Você será mais exigente nas amizades. Ótima fase para se cuidar, fazer consultas e exames preventivos. Surpreenda o par com atitudes sedutoras ou convide seu bem para sair da rotina e fazer coisas diferentes do habitual. Passeios, programas culturais e mesmo uma viagem terão todo apoio dos astros e prometem trazer novo ânimo ao casal. Se estiver de olho em alguém, tome a iniciativa. Aprenda novas funções, faça cursos e agarre tudo que possa ajudar no seu progresso no trabalho. Só fique de olho em rivais. Talvez tenha que desembolsar uma grana para socorrer parentes. Busque outras fontes de renda. Situações inesperadas podem deixar o clima tenso em família. Controle a rebeldia para evitar discussões. Nas amizades, confiança será essencial. Você vai se preocupar mais com seu bem-estar. Terá boas oportunidades de enfrentar uma crise, vencer desafios e aprofundar o relacionamento com quem ama. O Sol realça sua sensualidade e você vai atrair como ímã nas paqueras. Se já tem alguém na mira, é só jogar charme e investir na sedução. Romance secreto ou proibido pode ser tentador. Você terá resultados melhores e mais rápidos se agir em equipe. Busque aliados e lidere o grupo. Parcerias vantajosas podem garantir bons lucros. Também pode ganhar uma grana extra de seguro, indenização, herança ou gratificação. Estará mais prestativa com parentes. Pode liderar e aconselhar os amigos. Evite assumir tarefas demais e controle o estresse para prevenir malestares. As estrelas prometem doses extras de companheirismo, atração e sintonia, o que deve fortalecer a união, esquentar a intimidade e ampliar o prazer de estarem juntos. Beleza e atração física contarão mais pontos para você na hora da paquera. Tudo indica que será preciso muita pegada e uma boa química para chamar a sua atenção. O trabalho estará entre as suas prioridades e você terá energia em dobro para deixar tudo em dia. O desejo de melhorar de vida será enorme e você fará o que estiver ao seu alcance para aumentar seus ganhos. Uma promoção disputada no emprego pode render um aumento. Fará tudo para fortalecer a união familiar. A companhia de amigos fará bem. Terá ótimos resultados em dietas e tratamentos. Estimule o diálogo e aproveite para definir metas e projetos para o futuro do romance. A partir do dia 22, a união estará ainda mais forte e a sintonia só deve aumentar. Há chance de se apaixonar por uma pessoa muito disputada nas paqueras. Mostre que está a fim e use todo o seu charme para enfrentar e vencer esta batalha. VARIEDADES

[close]

p. 15

SOCIAL AURI VERDE Lançamento do Jornal Auri Verde em Revista no CIESP Bauru No dia 08/07/2016, nas dependencias do CIESP-Bauru (Distrito Industrial), a Rádio Auri Verde de Bauru Ltda. marcou presença nas palestras sobre a atuação do SENAI Bauru através de seus cursos de capacitação, muito bem ilustrados pelo Prof. Marcelo Tek. Na sequencia, a Sra. Rose Silva, Consultora independente fez uma apresentação sobre o que é essencial na Gestão do Desempenho. Ao final do evento, o Jornal Auri Verde em Revista foi oficialmente apresentado aos empresários da indústria e do comércio presentes, tendo sido muito aplaudido como modelo de empreendedorismo no ano que marca os 60 anos da história da Rádio Auri Verde em Bauru. Na foto, um dos momentos em que o jornal foi amplamente aplaudido e um close de Joyce V.de Lima, Gerente de RH da Editora Alto Astral. em Revista 15 Ieda Maria de Souza é Relações Públicas, pós graduada em Marketing, Gestão de Pessoas , Educação Ambiental e Sustentabilidade. Produtora e coordenadora do Jornal Auri Verde em Revista. A jornalista Camila Ravanelli, do Programa Auri Verde & Voce faz um comentário muito interessante sobre o filme COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ! Quer uma dica de filme? “Há poucos dias, fui com o meu namorado ao cinema para assistirmos o filme “Como eu era antes de você”. E com a gente é assim, eu querendo romance e ele optando por filmes de terror. Então fizemos um acordo: para cada filme de terror escolhido por ele, assistiremos, pelo menos, cinco romances escolhidos por mim, nada mais justo, né? (risos) Enfim, fomos. Ele nem tão animado. Eu sem muita expectativa, porque sempre que vejo trailer e espero algo muito intensamente, acabo me frustrando. Pegamos a pipoca (só eu gosto), sentamos e começou a sessão. Sem dar spoiler, o filme trata basicamente de um jovem rico, que sofre um acidente, perde os movimentos do corpo e uma jovem de classe média é contratada para cuidá-lo. Muita coisa acontece durante a trama. Saí da sala do cinema em lágrimas (sério!), não só eu, como muitos. Meu namorado saiu dizendo que o filme é bom (pra esse comentário acontecer, ele gostou muito mesmo). Conclusão: como nós, humanos, ainda nos emocionamos com uma boa história de amor, né? Nesse mundão, onde estamos conectados aos nossos smartphones, mas desconectados da vida real, eu percebo que somos carentes de uma boa conversa, de companheirismo e de poder dividir nossa história com alguém. Às vezes me pergunto: como eu era antes de você (internet)?” PROMOÇÃO ANIVERSARIANTE DO DIA! Participe da nossa promoção e concorrer a uma Super Festa de Aniversário! Basta se cadastrar no www.radioauriverde.com.br Saiba quais foram os aniversariantes sortudos do mês de Junho/2016 01 -Graziela Camelin Paulino 02- D. Iraci Paula Nunes 03- Sônia Regina da Cruz Correia 06- D. Helena Orlandi Ferreira 07- Antônio Roberto Barnabé de Oliveira 08 - Edna Vieira Acosta 09 - Ana Laura Gomes dos Santos 10 - D. Francisca Miranda Vieira 13 - Vânia Sabino 14 - Manuella Gonçalves Farias 15 - Etelvino Cruz do Nascimento 16 - Kimberly Otaviano Nogueira 17 - D. Eunice Francisco dos Santos 20 - Osni Nascimento Alba 21 - Maria Gonçalves Guarnetti 22 - Carlos Henrique Caçador Ferreira 23 - Jéssica Luciana de Oliveira 24 - Raquel Oliveira Molina 27 - Vilma Spuldaro 28 - João Pedro Maia da Silva 29 - Benedita Fernandes Techi 30 - Miguel Nascimento Chaves Conheça nossos parceiros! Eles é que fazem essa Super Festa para você! André Luiz Padaria e Confeitaria

[close]

Comments

no comments yet