jornal bom dia

 

Embed or link this publication

Description

23 junho 2016

Popular Pages


p. 1

QUINTA-FEIRA 23 DE JUNHO DE 2016 | R$ 1,00 Céu claro, com predomínio de sol ao longo do dia O Diário do Médio Piracicaba MÁXIMA: 23ºC MÍNIMA: 13ºC Edição: 4.063 - Ano XVII - Fechamento: 19h00 www.bomdiaonline.com Mauri Torres é citado em delação de Marcos Valério Arquivo Bom Dia Corpo é encontrado em córrego no Prata Página 5 Sérgio Henrique Braga Monlevade tem nota baixa em avaliação do Iepha Monlevade ficou entre as três últimas. Página 4 Mauri Torres foi citado em denúncia sobre o mensalão mineiro. Página 3 Edital de concurso da Prefeitura é publicado Página 3

[close]

p. 2

quinta-feira, 23 de junho de 2016 BOM DIA 2. BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho (REG: 13221/JP) • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Lucindo Caldeira, nº 159, Sl. 1, Alvorada, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. cidade no ritmo necessário. As empresas que não cumpriram (os contratos) serão punidas. Mas isso não cabe ao DNIT e sim à Justiça”, explicou Fabiano. O deputado estadual Wander Borges (PSB) afirmou que a demora em traçar um plano para a obra cria um sentimento de abandono para os moradores que assistiram ao início da duplicação há dois anos. “Qual o horizonte dessa obra? As ações na Rodovia da Morte estão paradas e temos túneis que ligam nada a lugar nenhum. Os repasses não estão sendo autorizados e estamos perdendo serviços que já foram feitos”, criticou Borges. EXPEDIENTE Deputados cobram verbas para duplicação da BR-381 no orçamento de 2017 Arquivo Bom Dia Geral - Em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde de terça-feira (21), deputados estaduais e movimentos sociais cobraram de representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) repasses para a retomada das obras de duplicação de BR-381, no trecho entre BH e Governador Valadares, que passa por João Monlevade. A maior preocupação é em concluir obras em dois trechos que já foram iniciados: no lote 7, entre o trevo de Caeté e o município de Nova União, e as ligações para os túneis que já foram feitos próximos aos municípios de Jaguaraçu e Nova Era. Segundo integrantes do movimento Nova 381 são necessários mais R$ 170 milhões para o asfaltamento dos trechos já terraplenados no lote 7. “A suplementação de verbas para se finalizar esse trecho é fundamental para que não sejam desperdiçados recursos públicos. Até agora foram gastos R$ 300 milhões com a obra, mas os motoristas ainda não tiveram qualquer melhoria”, explicou Luciano Araújo, presidente da FIEM do Vale Dnit não fala em novos prazos ou metas para a retomada das obras do Aço e coordenador do Nova 381. Segundo ele, a verba pode ser usada para o asfaltamento de 20 quilômetros da rodovia na Região Metropolitana de BH, o que melhoraria o fluxo em alguns pontos da BR. Representantes do Dnit, no entanto, não falam em novos prazos ou metas para a retomada das obras. Termos como “corrigir falhas” e “reavaliar etapas que não deram certo” foram usados para justificar problemas na duplicação. Segundo o superintendente do Dnit em Minas Gerais, Fabiano Martins Cunha, algumas empresas que assumiram obras importantes da duplicação não arcaram com seus compromissos e acabaram se tornando um problema nos cro- nogramas da obra. “O momento agora é avaliar quais serão as mudanças necessárias no projeto para retomar as obras FUNDADO EM JULHO DE 1998 Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com

[close]

p. 3

quinta-feira, 23 de junho de 2016 BOM DIA 3. cidade Os promotores cobram provas que sustentem sua delação, já que, ao longo do tempo, Valério foi perdendo a credibilidade por conta de ameaças de delações e chantagens a petistas durante o julgamento da ação penal 470, o mensalão do PT, no Supremo Tribunal Federal (STF), mas nunca confirmadas. No caso específico, os promotores ainda poderão ter como checar as denúncias de Marcos Valério, já que seus sócios também estão presos, com penas de 20 anos em média, e poderão confirmar as novas revelações. As acusações de Valério também irão comprometer nomes que já figuram como réus, como seu ex-sócio Clésio Andrade (ex-senador do PMDB). Como o esquema ocorreu há 16 anos, a denúncia já teria prescrito para os novos denunciados. Mauri é citado em delação de Marcos Valério Geral – O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Mauri Torres, está entre os citados em delação premiada feita pelo ex-publicitário Marcos Valério, nessa terça-feira (21). Cerca de 20 pessoas citadas como parte de um esquema que ficou conhecido como mensalão do PSDB mineiro, criado em 1998, durante frustrada campanha de reeleição de Eduardo Azeredo. As informações são do jornalista Orion Teixeira, do Hoje em Dia. O Ministério Público estadual está avaliando a veracidade das revelações, antes de serem homologadas como delação pela Justiça. Além Arquivo Bom Dia Durante depoimento, Valério citou o conselheiro Mauri Torres de Mauri Torres, aparecem o ex-secretário de Governo Danilo de Castro, Andréa Neves, Aécio Neves e o ex-presidente da Assem- bleia Legislativa Diniz Pinheiro. Marcos Valério está preso desde 2013, condenado a 37 anos no mensalão do PT, e é também réu nesse processo envolvendo os tucanos mineiros. Azeredo foi o primeiro condenado (20 anos) nessa ação e recorre à segunda instância. João Monlevade publica edital do concurso público da Prefeitura João Monlevade – O edital para o concurso público da Prefeitura de João Monlevade, Fundação Crescer e Departamento de Água e Esgotos (DAE) foi publicado nesta quarta-feira (22). Os salários variam de R$ 900,00 a R$ 2200,00. As inscrições terão iniciam no dia 28 de agosto e seguem até o dia 5 de outubro. Elas custarão R$ 40,00 para cargos com exigência de ensino fundamental completo ou incompleto; R$ 60,00 para cargos de nível médio ou técnico; Arquivo Bom Dia Valério tenta reduzir sua pena atual e ganhar benefícios como o de trocar a penitenciária Nelson Hungria (de modelo tradicional, em Contagem), onde cumpre a sentença, para o modelo alternativo e mais humanizado das Apacs (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), também na Grande BH. São mais de 300 vagas para diversos para diversos cargos R$ 80,00 para superior completo; e R$ 100,00 para médicos. São mais de 300 vagas para diversos para diversos cargos.

[close]

p. 4

quinta-feira, 23 de junho de 2016 BOM DIA 4. cidade de análise referentes à pontuação provisória do exercício 2017. No dia 20 de julho de 2016, a tabela com a pontuação final obtida por cada município será divulgada no site www. iepha.mg.gov.br. Em novembro, a pontuação definitiva será encaminhada à Fundação João Pinheiro, instituição responsável por calcular os valores que as prefeituras irão receber do Governo de Minas Gerais. O Instituto oferece orientação técnica aos municípios, que pode ser feita pelo e-mail icms@iepha. mg.gov.br ou, também, em atendimento presencial, com agendamento prévio pelo telefone. Repasse de recursos De 1997 até 2015, o Governo do Estado de Minas Gerais repassou por meio do ICMS Patrimônio Cultural cerca de R$ 692.458.816,93 aos municípios participantes do programa. Até abril deste ano foram distribuídos R$ 26.532.884,27. Em 2014, 635 municípios encaminharam documentação para análise do Iepha-MG e 622 pontuaram. João Monlevade fica entre as pontuações mais baixas do Iepha na região Geral - O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) divulgou tabela de pontuação provisória do programa ICMS Patrimônio Cultural de 2017. Este ano, dos 623 municípios que enviaram documentação para análise do Instituto, 621 obtiveram pontuação e irão receber ao longo do ano de 2017 repasse financeiro do Governo do Estado. Entre as cidades inscritas, 12 são do Médio Piracicaba. Entre elas, destacam-se Barão de Cocais, Itabira e São Gonçalo do Rio Abaixo como as três melhores pontuadas. Por outro lado, João Monlevade, Dionísio e Rio Piracicaba receberam as piores notas da região. Para receber os recursos, o município deve construir e colocar em prática, com a participação da comunidade, sua política municipal de proteção ao patrimônio cultural, trabalhando para que ela se efetive como política pública. Desde 1996, foram instalados 727 Conselhos Municipais do Patrimônio Cultural no estado. Até 2015, 665 municípios aprovaram legislaSérgio Henrique Braga 621 municípios obtiveram pontuação e irão receber ao longo do ano de 2017 repasse financeiro do Governo do Estado ção e criaram o Fundo de Preservação do Patrimônio Cultural. O número de bens protegidos na esfera municipal também é destaque. Em 2015, o estado já contava com cerca de 4 mil bens protegidos pelos municípios. Já as ações de Educação Patrimonial foram implementadas em 596 cidades mineiras. Para Michele Arroyo, presidente do Iepha-MG, o ICMS Cultural é um programa que contribui efetivamente para o criação e fortalecimento de políticas de proteção ao patrimônio cultural no municípios mineiros. “A próxima etapa será a implantação de um sistema para o programa do ICMS Patrimônio Cultural que será acessado pelo site do Iepha. Seu objetivo é trazer mais acessibilidade e agilidade às informações do programa pela população”, diz Michele. Sobre a pontuação dos municípios, a presidente do Iepha-MG explica que a tabela com os pontos adquiridos é divul- gada para conhecimento e organização de cada município em relação à documentação encaminhada ao Instituto. “A pontuação não pode ser entendida como uma disputa de qualidade ou quantidade das políticas públicas municipais de preservação do patrimônio cultural. Ela é um reflexo da documentação que é encaminhada por cada município para análise do Iepha”, afirma a presidente. Os municípios que não concordarem com os pontos recebidos terão até o dia 30/6 para recorrer, e o pedido de revisão da análise poderá ser realizado apenas por meio de mensagem eletrônica, devendo constar as razões detalhadas do pedido de revisão. O Iepha-MG terá até o dia 11 de julho para responder as solicitações de revisão. Também já foram enviadas no dia 20/6 instruções técnicas para que os representantes dos municípios participantes do programa possam acessar as fichas

[close]

p. 5

quinta-feira, 23 de junho de 2016 BOM DIA polícia Criminosos invadem escola no centro e roubam estudantes 5. Bell Silva João Monlevade - Alunos, professores e funcionários de cidades que participam dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) que estão alojados na Escola Estadual Jenny Faria, no centro de João Monlevade, foram assaltados dentro da escola por volta das 22h dessa terça-feira (21). O local possui um vigia, que estava no interior da escola, quando três elementos desconhecidos chegaram e anunciaram o assalto, determinando que todos entregassem A localização da escola Jenny Faria não intimidou os bandidos os celulares. O vigilante contou que correu para acionar a Polícia Militar, mas foi alcançado pelo marginal que portava o revólver. Ele foi agredido com um soco nas costas. O criminoso tomou dele as chaves do portão, para impedir que alguém deixasse o local. Uma aluna de 12 anos de idade ficou sob a mira da arma de fogo e entrou em estado de choque. Ela teve de ser conduzida ao Hospital Margarida e, após ser medicada, foi liberada. Das cinco vítimas que estavam no local, foram roubados quatro telefones celulares. Segundo as vítimas, um dos autores era um alto, moreno, bigode ralo, usando touca, jaqueta e calça escura, aparentando ter aproximadamente 25 anos. Ele era quem portava a arma de fogo. O segundo elemento era de cor clara, estatura mediana, magro, trajando moletom azul. O terceiro era pardo e baixo. As vítimas não souberam informar a rota de fuga dos autores. Homem desaparecido desde domingo é encontrado morto Bell Silva naquele local, para apanhar bambu com o fim de fazer fogueira para se aquecer. Há a possibilidade de que ele tenha caído no córrego sob o efeito de álcool, vindo a óbito por afogamento. A perita Karina Martins, da Polícia Civil de João Monlevade, compareceu ao local e após os traba- lhos técnicos, liberou o corpo que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), do Cemitério do Baú, em João Monlevade. SORTEIO O Bom Dia irá sortear cinco ingressos para o show do humorista Paulinho Gogó, no dia 23 de julho, no Anfiteatro do Centro Educacional de João Monlevade. Mais informações em nossa fanpage – Bom Dia Online. Fim da conversa no bate-papo A vítima estava desaparecida desde domingo (19) São Domingos do Prata - A Polícia Militar de São Domingos do Prata localizou o corpo de Mauro Gualberto Marques Martins, 51, dentro de um córrego na localidade de “Tocos”, zona rural de São Domingos do Prata. A ocorrência foi registrada no final da manhã dessa terça-feira (21). Testemunhas contaram que a vítima estava desaparecida desde o dia 19 de junho. Durante buscas pela região, acaba- ram encontrando o corpo da vítima dentro do córrego que corta a região, em meio a um bambuzal. Populares contaram ainda que Mauro Gualberto fazia uso excessivo de bebida alcoólica, e que tinha por hábito parar

[close]

p. 6

Leve aquela roupa que você não usa mais e deixe à disposição para quem precisa Até sexta-feira, na Praça do Povo APOIO:

[close]

Comments

no comments yet