Província “Stella Matutina” - Brasil Norte - Nº 2 - Ano XXIV - 2016

 

Embed or link this publication

Description

Província “Stella Matutina” - Brasil Norte - Nº 2 - Ano XXIV - 2016

Popular Pages


p. 1

Província “Stella Matutina” - Brasil Norte - Nº 2 - Ano XXIV - 2016

[close]

p. 2

Queridas irmãs, amigas e amigos, Num mundo conturbado, cheio de incertezas, como é prazeroso encontrar verdadeiros parceiros e parceiras e apreciar o bem que está sendo feito. Pois, esse é o momento de nos alegrarmos com tanta coisa bonita acontecendo. Na verdade, há muito mais, não coube no papel. Agradecemos ao Espírito que nos anima e a todas e todos que colaboram para que a luz possa brilhar diante de nossos olhos e, assim, possamos cantar: “Vale que vale cantar, vale que vale viver”! A Redação 2

[close]

p. 3

Centro de Integração do Migrante Crianças migrantes e o trabalho missinário N o dia 12 de abril comemora-se e o dia del Niño na Bolívia. Festejar datas como essa nos ajuda a pensar o verdadeiro sentido e o papel da criança no mundo e na sociedade em que vivemos, bem como refletir sobre o nosso Ser criança. A criança não tem pompa nem circunstância. Para elas, o simples e frugal é o que permite desfrutar das melhores experiências e guardar as melhores recordações. Fazer sorrir e partilhar a felicidade constitui a essência do ser criança. Por essa razão, no dia 17 de abril, no Centro de Integração do Migrante, a Pastoral Missionária do Colégio Espírito Santo, com um grupo de alunos e a comunidade das Irmãs Servas do Espírito Santo, proporcionou momentos de alegria, descontração, convivência e brincadeiras para as crianças filhas de migrantes que moram na região do Brás. Diante da questão imigratória vivenciada no mundo hoje, enquanto muitas pessoas e instituições fecham as portas para os que buscam a dignidade e o respeito, muitos outros abrem os corações e fazem dele o lugar de acolhida e de aconchego. O encontro contou com uma programação toda especial que teve seu início às 15h com uma surpreendente contação de histórias realizada pelo grupo Três Marias e um João, além da realização de atividades, como a pintura em tela, na qual as crianças puderam expressar seus sentimentos após as histórias ouvidas, gincana e outras brincadeiras, finalizando com a entrega de lembranças e um saboroso lanche. Assim percebemos que momentos gratificantes marcam a vida de quem se doa, principalmente quando se percebe a contagiante alegria expressa no rosto dos pequenos. Quem oferece um pouco de si, não consegue permanecer da mesma forma, transforma-se. E quem recebe um gesto de amor, torna-se eternamente grato. Pastoral Missionária do Colégio Espirito Santo 3

[close]

p. 4

4

[close]

p. 5

5

[close]

p. 6

Irmã Cida e irmã Juana “ Semana Santa no Vale encontros com crianças, com os casais, com os jovens, enfim, nas diferentes atividades e todo o Tríduo Pascal. O povo está sofrendo muito com a falta de água, pois a última chuva foi em janeiro, porém, a fé profunda que possui aquele povo, faz com que os mesmos não percam a esperança no Deus da vida. Só temos que agradecer pela oportunidade que tivemos de estar com aquele povo tão querido do Vale do Jequitinhonha. Irs. Cida e Juana Vale que vale cantar, vale que vale viver, Vale do Jequitinhonha, vale, eu amo você!”. Essa música foi algo que marcou a nossa missão no Vale do Jequitinhonha, pois retrata a realidade daquele povo sofrido. Juntamente com o grupo de 60 Missionárias e Missionários que fazem parte da Regional da CRB de Belo Horizonte, nós também assumimos a missão da Semana Santa, na Diocese de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. Fomos enviadas para diferentes comunidades e Paróquias. Foi uma semana Santa muito rica, onde aprendemos muito, nas visitas, 6

[close]

p. 7

7

[close]

p. 8

Sagrado Coração de Jesus Páscoa partilhada no Infantil IV IV/A listaram várias atitudes saudáveis que devemos praticar no nosso dia a dia. As crianças fizeram um delicioso bolo de cenoura na cozinha experimental de nossa escola para partilhar com a família e divulgar as atitudes que jamais podemos deixar longe da nossa prática diária. Não deixe de conferir. Priscilla Silveira – Professora do Infantil IV A A pós várias reflexões realizadas nas rodas de conversa em sala de aula sobre o verdadeiro sentido da páscoa, os alunos do infantil 8

[close]

p. 9

Irmã Terezinha Colombo P Na dor e na alegria O sacerdote agradeceu a presença das Irmãs Servas do Espírito santo. Ele falou que através do nosso trabalho, e sobretudo, da oração, o Espírito Santo restaura e salva toda pessoa que na Casa São José, busca o coração misericordioso de Deus Pai. Para mim, foi um momento único. Sentir como Deus se deixa encontrar e ser amado e restaura e dá vida nova a todas as pessoas que o procuram com coração contrito e cheio do desejo de salvação. A Casa São José fica há oito quilômetros da Cidade de Juquitiba, numa chácara repleta da beleza da criação de nosso Deus. Um jovem ao me despedir dele disse-me! “Irmã, venha você também com Irmã Helena na terça-feira. Para nós, este é o melhor dia da semana”! Seguem algumas fotos tirada no dia. Terezinha Colombo,SSpS 9 ais, mães, esposas com filhos vindos de longe... avós, parentes para dar todo apoio e sentirem-se amados... E de uma maneira especial a presença do sacerdote e agentes de pastoral, que com todo desvelo e carinho, prepararam o andor com a imagem de São José e seguem em procissão até o local, todo enfeitado e preparado para a Santa Eucaristia. Quanta unção, piedade e oração destas pessoas desejosas da graça de Deus para terem vida nova no amor a Deus e às pessoas que as cercam. Não dá para passar no papel o que o meu coração experimentou e sentiu nas pessoas, tanto as internas como nas que trabalham, uns acolhendo em suas vidas a misericórdia de Deus e outros,proclamando, pelo serviço, que Deus Pai é Misericordioso! Depois da festa, agradecimentos a todas as pessoas que de algum modo dá apoio a esta casa e às pessoas que nela moram e trabalham.

[close]

p. 10

Procissão com a imagem de São José Celebração da Eucaristia 10

[close]

p. 11

Colégio Sagrado Coração de Jesus Casa Comum, nossa responsabilidade C uidar do planeta Terra é responsabilidade de todos nós, mas isso se aprende desde pequeno. Envolvidos com a Campanha da Fraternidade, as crianças do infantil III se empenharam na confecção dos murais sobre este tema. Descobriram e aprenderam que o planeta é a nossa casa, cheia das maravilhas que Deus nos deu. Deve ser valorizada e preservada através das nossas atitudes no dia a dia. E uma delas é jogar lixo no lixo! Vamos todos colaborar e ser exemplo para nossas crianças. Professora Larissa Figueiredo Infantil III – A 11

[close]

p. 12

12

[close]

p. 13

Convento Santíssima Trindade Encontro vocacional coração se alegrava, esperava muitas coisas e aconteceram além do que eu imaginava. Gostei muito mesmo. Foi uma experiência boa que me fez refletir sobre mim mesma, marcante, pois me sentia mais perto de Deus, me alegrava porque via a alegria das irmãs em nos acolher e isso me chamava a atenção. Via que o sentido dessa alegria, seria o amor de Deus pelas pessoas, que são as irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo. Agradeço às irmãs por cada momento do encontro e pelas irmãs que me receberam no Convento Santíssima Trindade. Daiane Aparecida Cavalcante Paróquia Verbo Divino Jacareí – SP F oi meu primeiro encontro vocacional com as Missionárias Servas do Espírito Santo e digo que foi tudo maravilhoso, mesmo nos mínimos detalhes. Com cada palavra que as irmãs diziam, meu 13

[close]

p. 14

O em uma noite eu conseguiria mudar tanto de opinião e até mesmo abrir meus horizontes para novas possibilidades de vida. Eu não conhecia o convento e nem o trabalho das irmãs, mas neste final de semana (09 e 10 de abril) tive a certeza do quão bonito e gratificante é a dedicação e o amor pelo que fazem, o que cada uma traz consigo. Agradeço a estadia e o acolhimento de cada uma. Saibam que cada momento que vivi neste final de semana foi incrível e inexplicável. Arrisco-me a dizer que sou capaz de descrevê-los, mas infelizmente não consigo encontrar palavras neste momento. Que Deus nos abençoe e que a Sua vontade passe à frente das incertezas e dúvidas. Beatriz Fonseca Paróquia Divino Espírito Santo Jardim Regina - São Paulo - SP convento Santíssima Trindade é um lugar onde existe um portão enorme e muros altos, onde ninguém consegue imaginar a quantidade de sonhos e realizações que existem ali. No momento em que atravessei aquele portão e me despedi da minha mãe, todo o medo que me dominava se transformou em coragem e sede de respostas. Eu não imaginaria que 14

[close]

p. 15

geral, me ajudou a pensar nas coisas que eu fiz, tanto boas quanto ruins. Ajudou-me a por para fora as coisas que me angustiavam por dentro. Foi um prazer fazer parte do encontro, conhecer novas pessoas e ser recebida de um jeito muito acolhedor por todas as irmãs. Espero de coração poder ter mais experiências como essas. Eduarda Alves Paróquia Maria Auxiliadora dos Cristãos - Jacareí - SP A minha primeira experiência no encontro com as irmãs nos dias 9/10 de Abril, foi realmente maravilhosa. O encontro me fez questionar sobre mim mesma, coisa que eu nunca havia pensado em fazer. Fez-me perceber que, apesar de eu pensar saber tudo sobre mim, eu não sei nada. O encontro me fez muito bem, em 15

[close]

Comments

no comments yet