Jornal-Santuario-Sao-Jose-Operario-Junho-2016

 

Embed or link this publication

Description

Jornal-Santuario-Sao-Jose-Operario-Junho-2016

Popular Pages


p. 1

S ão J osé Operário CAPÃO REDONDO - DIOCESE DE CAMPO LIMPO Jornal PARÓQUIA SANTUÁRIO SÃO JOSÉ OPERÁRIO ANO XII - EDIÇÃO Nº 155- 10.000 EXEMPLARES - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA - JUNHO - 2016 Romaria a Nossa Senhora Aparecida Dia 21 de o Agost Adquira a sua passagem na secretaria do Santuário Vamos consagrar nossas famílias à Nossa Senhora Aparecida

[close]

p. 2

Página-2 S EDITORIAL gravidado. Todos a tinham como estéril. Mas, então, o anjo Gabriel apareceu a Zacarias quando este prestava seu serviço de sacerdote no templo e anunciou que Isabel teria um filho e que este deveria se chamar João. Zacarias não acreditou e ficou mudo. Pouco tempo depois, Isabel engravidou como o Anjo havia dito. Por causa de seu carisma, algumas vezes o povo pensava que São João Batista era o Messias. Mas ele sempre dizia: Eu não sou o Cristo, eu não sou digno de desatar nem a correia de suas sandálias. (Jo. 1-27). Em outra passagem, ele disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. (Jo.129) Quando o próprio Jesus, o verdadeiro Salvador, foi ao encontro de João Batista para ser batizado, São João disse: Eu é que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim? (Mt3-14). Mas Jesus confirmou e São João Batista batizou Jesus. Assim Jesus começou sua vida pública. Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário ão João Batista nasceu milagrosamente em Aim Karim, cidade de Israel que fica a 6 quilômetros do centro de Jerusalém. Seu pai era um sacerdote do templo de Jerusalém chamado Zacarias. Sua mãe foi Santa Isabel, que era prima de Maria Mãe de Jesus. São João Batista foi consagrado a Deus desde o ventre materno. Em sua missão de adulto, ele pregou a conversão e o arrependimento dos pecados manifestos através do batismo. João batizava o povo. Daí o nome João Batista, ou seja, João, aquele que batiza. São João Batista é muito importante no Novo Testamento, pois ele foi o precursor de Jesus, anunciou sua vinda e a salvação que o Messias traria para todos. João Batista era a voz que gritava no deserto e anunciava a chegada do Salvador. Ele é também o último dos profetas. Depois dele, não houve mais nenhum profeta em Israel. A mãe de João Batista, Santa Isabel, era idosa e nunca tinha en- O s nossos esforços em favor da unidade da Igreja, nosso empenho pela justiça e a paz no Brasil e no mundo devem ser acompanhados de muita oração e escuta da Palavra para poder discernir os passos a serem dados e ter a força necessária para caminhar na fidelidade ao Senhor, A Igreja eucarística vive da misericórdia, que é fonte de paz. A Igreja misericordiosa vive da eucaristia, o alimento dos que promovem a paz. A eucaristia manifesta e alimenta a nossa comunhão com o Senhor e a comunhão entre nós, A celebração, primeiro ato da AG da CNBB, é sinal e recordação de que a eucaristia é a fonte e o sustento permanente da vida e da missão da Igreja, Igreja que é chamada a experimentar e a testemunhar a misericórdia divina, de modo especial nesse ano santo. Somos chamados a vivenciar a comunhão eucarística num tempo marcado por www.santuariosaojoseoperario.org.br EXPEDIENTE Monsenhor João Batista Diretor de atendimento aos Benfeitores: Jurandi Nunes Jornalista Responsável: Mário de Freitas - MTB 36.907 Diretor Geral: Revisões e Correções Pe. Carlos Lozada Edson Felipe Magda dos Santos Silva José Andrade Alves Diagramação O teor das matérias é de responsabilidadede seus autores. Todas as pessoas são voluntárias www.santuariosaojoseoperario.org.br santuario@santuariosaojoseoperario. org.br Publicação mensal da Paróquia: Santuário São José Operário Rua Alfredo Ometecídio, 32 Cep.: 05869-170 Capão Redondo- SP Tel. 5873-2009 5873-4279 muitas divisões e por mui- Crise ta violência. O tema central da AssemNós necessitamos muito bléia Geral da CNBB desde misericórdia e de jus- te ano  é “Cristãos leigos e tiça, de unidade e de paz. leigas na Igreja e na sociePara tanto, nosso olhar se dade. Sal da terra e luz do volta para o Senhor res- mundo”. Em tempos de crisuscitado em atitude de se, os critérios que devem oração, suplicando-lhe os nortear o nosso agir sejam dons da unidade e da paz, sempre os critérios de Deus como sempre fazemos ao e não os critérios do munparticipar da missa. É dele do. O evangelho nos convique nos vem a esperança, da a aproximarmos da luz e é dele que nos vem a for- caminhar na luz. ça para caminhar e superar Somos chamados a ser tantos desafios. Nele está mensageiros da misericóro nosso refúgio e a nossa dia e portadores da paz, em força como rezamos hoje casa, em nossas comunicom salmista. dades, nas redes sociais e nas ruas. Seja nosso louMisericórdia vor pascal manifestado não Deus amou tanto o mun- apenas com os lábios, mas do, que deu o seu Filho com o coração e a vida, seja unigênito, para que não acompanhado pela busca morra todo o que nele da paz, jamais cedendo à crer, mas tenha a vida tentação da agressividade eterna.O evangelho que em palavras ou atos. ouvimos proclama a misericórdia de Deus, que nós A busca da justiça, que somos chamados a acolher conduz à paz, não se e vivenciar, de modo espe- faz por meio da violência. Pessoas com diferentes cial nesse ano jubilar. posturas, especialmente Nós cremos em Cristo res- nos campos da política e suscitado, por isso cremos da religião,  não podem ser na vitória do amor sobre tratadas como inimigas, a violência, no triunfo da mas sim com o devido misericórdia sobre o ran- respeito. cor, da graça sobre o pecado, da vida sobre a morte. Por isso, nesse ano santo, Somos chamados, cada dia redobremos o empenho pela de novo a sermos miseri- vivência da misericórdia e cordiosos como o Pai, re- pela promoção da justiça e velando seu rosto miseri- da paz. cordioso na vida da Igreja Dom Sergio da Rocha que quer ser, sempre mais, mãe misericordiosa e casa Novo Presidente da CNBB Fonte: CNBB de portas abertas. PAZ E MISERICÓRDIA Junho - 2016

[close]

p. 3

Junho - 2016 O IMPULSO DO ESPÍRITO SANTO que é um verdadeiro Católico Apostólico Romano. Mas se não assumiu estas verdades em palavras e ações, você ainda não aceitou Jesus como Senhor de sua vida. Isto significa que você também ainda não fez uma verdadeira Aliança com a nossa Igreja; em termos populares, ainda não vestiu a camisa da Igreja. quando dormimos e quando acordados. Hoje homens e mulheres do mundo todo, quase não têm tempo para sonhar, porque sempre precisam preocupar-se em se proteger de algum tipo de ameaça. No terceiro domingo do mês de Maio, celebramos a solenidade de Pentecostes. Por isso quero voltar à atenção para a terceira pessoa da Santíssima Trindade, porque é Ela em plena comunhão com o Pai e o Filho que nos conduz e junto dão uma direção de retidão para nossa Igreja. Crer no Espírito Santo quer dizer que ninguém pode pronunciar que “Jesus é o Senhor” a não ser pela ação do Espírito Santo» (1Cor 12, 3). Porque, quando Jesus subiu ao céu em sua ascensão, em comunhão com Deus Pai, Ele enviou o Espírito Santo para conduzir a sua Igreja. A Igreja é de Cristo e Cristo confiou plenamente a sua condução ao Espírito Santo. Este conhecimento e vivência da fé que recebemos, só é possível no Espírito Santo. Para que uma pessoa possa viver em contato com Cristo, é preciso que primeiramente ela tenha sido tocada pelo Espírito Santo. É o Espírito Santo que nos precede e suscita em nós a fé na Trindade Santa que é o fundamento de toda a doutrina cristã incutida em nós. É pelo nosso Batismo que recebemos a fé. Ao tomar posse da fé recebida, a nossa vida passa a ter a sua fonte no Pai. Esta fonte nos é oferecida pelo Filho, Jesus Cristo e comunicada de um modo intimo e pessoalmente, pelo Espírito Santo por meio da Igreja; mãe e mestra. Ela nos ensina com toda clareza e propriedade o caminho que nos leva até Deus. Bendito aquele que a ama. Pelo Batismo nós recebemos a graça de um novo nascimento em Deus Pai. Porém, quem nos deu este novo nascimento foi o Filho com que por sua vez precisou da força do Espírito Santo. Portanto, é preciso ter consciência que sem o Espírito Santo não é possível ver o Filho de Deus, e sem o Filho ninguém tem acesso ao Pai. “Isto porque o conhecimento do Pai é o Filho, e o conhecimento do Filho de Deus faz-se pelo poder do Espírito Santo». Para receber o SACRAMENTO DA CONFIRMAÇÃO, é importante que os batizados tenham recebido em sua formação catequética a consciência de que o Batismo, a Eucaristia e o sacramento da Confirmação constituem o conjunto dos «sacramentos da iniciação cristã». A recepção do sacramento da confirmação é necessária para que haja na vida dos crismados a plenitude da graça batismal. Pela recepção do sacramento da confirmação, os batizados tornam-se com uma maior perfeição de vínculo com a Igreja. Passam a ser Igreja, porque vive como igreja, vive com a Igreja, porque está ligado com a Igreja de um modo físico e espiritual; e vive pela Igreja, porque recebeu a força para ajudar na sua condução. Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Página-3 T oda vez que rezamos o credo niceno-constantinopolitano fazemos uma forte profissão de fé. Professar a fé é fazer uma aliança com Deus e com a Igreja Católica Apostólica Romana. Professar a fé é dizer com autenticidade e convicção: eu pertenço, eu amo e assumo um compromisso com Deus e a minha Igreja com toda a minha alma, com todo o meu coração e com todo o meu entendimento. Por isso é de suma importância que todos os Católicos prestem bem atenção e sinta a força desta oração que diz: CREIO EM UM SÓ DEUS, CREIO EM UM SÓ SENHOR JESUS CRISTO, CREIO NO ESPÍRITO SANTO, CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA, CREIO NA REMISSÃO DOS PECADOS, CREIO NA RESSURREIÇÃO DA CARNE E NA VIDA ETERNA. AMÉM. A raiz de toda a nossa crença está explicita nestas palavras acima. Se você professar e confirmar sempre estas verdades em sua mente e em seu coração, também pode dizer Quando o católico não assumiu estas verdades, é possível que haja muitas dúvidas que atrapalham o desenvolvimento de sua vida humana e espiritual. Daí as grandes confusões que acontecem no seio da família, no bojo do trabalho. Alguém pode perguntar: porque há tantas confusões no mundo? Eu digo que todas as tribulações existentes no mundo, antes de se concretizar já estavam enraizadas no coração, na mente; na vida de quem as promoveu. Todos os acontecimentos que vemos na sociedade, sejam bons ou maus, já estavam no projeto interior de alguém. Se todos os homens e mulheres do mundo tomarem para si as verdades contidas no Credo, com certeza, homens e mulheres não terão coragem de praticar atos de corrupção, porque as verdades estarão arraigadas em suas vidas; não praticarão a violência, porque tornarão irmãos em espírito e em verdade e com isso todas as maledicências serão exterminadas. Ao invés de acabar com o ser humano, precisa acabar com o mau que existe nele. Deste modo, teremos tempo para sonhar Após receber o sacramento da crisma, os batizados não criam simplesmente um vínculo com a presença do corpo, mais sim, unido ao corpo está a alma e junto está o Espírito recebido na confirmação. Neste acontecimento pentecostal, todos ficam enriquecidos com uma força muito especial; esta é a força do Espírito Santo. Ao receber a confirmação, de um modo consciente, acontece um evento, uma festa no coração e na vida dos batizados. Depois deste acontecimento, de um modo natural, todos ficam mais estritamente obrigados a assumir algumas posições importantes na Igreja que são: difundir e defender a fé por meio de palavras e obras. Ser verdadeiras testemunhas de Cristo, pois o único modelo do cristão é Cristo. Para seguir Cristo, precisa que haja disposição para abandonar os ídolos. Há diversidades de dons, mas o Espírito é o mesmo. Há diversidades de ministérios, mas um mesmo é o Senhor. Há diferentes atividades, mas o mesmo Deus que realiza todas as coisas em todos. Fomos batizados num único Espírito. Ao ser batizados num mesmo Espírito, formamos um único corpo. Por isso todos nós bebemos na mesma fonte, porque bebemos de um único Espírito. Este Espírito é o que Jesus nos enviou em pentecostes. Monsenhor João Batista Pároco e Reitor do Santuário Dioc. São José Operário ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 4

Página-4 MISERICÓRDIA SEGUNDO A PERSPECTIVA BÍBLICA como narra o Livro do êxodo, revelando-se a Moisés, se auto-define assim: “O Senhor, Deus misericordioso e piedoso, lento para a ira e rico de amor e de fidelidade” (34, 6). Também em outros textos encontramos essa fórmula, com algumas variantes, mas sempre a insistência é colocada sobre a misericórdia e sobre o amor de Deus que nunca se cansa de perdoar (cf Jo 4, 2; Gl 2, 13; Sal 86, 15; 103, 8; 145, 8; Ne 9, 17). Vejamos juntos, uma por uma, estas palavras da Sagrada Escritura que nos falam de Deus. O Senhor é “misericordioso”: esta palavra evoca uma atitude de ternura como aquela de uma mãe para com o filho. De fato, o termo hebraico usado pela Bíblia faz pensar nas vísceras ou também no ventre materno. Por isso, a imagem que sugere é aquela de um Deus que se comove e se amolece por nós como uma mãe quando toma nos braços o seu filho, desejosa somente de amar, proteger, ajudar, pronta a doar tudo, também a sim mesma. Essa é a imagem que esse termo sugere. Um amor, portanto, que se pode definir em bom sentido “visceral”. Depois está escrito que o Senhor é “piedoso”, no sentido de que faz graça, tem compaixão e, na sua grandeza, se inclina sobre quem é mais frágil e pobre, sempre pronto a acolher, a compreender, a perdoar. É como o pai da parábola reportada pelo Evangelho de Lucas (cf Lc 15, 11-32): um pai que não se fecha no ressentimento pelo abandono do filho menor, mas, ao contrário, continua a esperá-lo – gerou-o – e depois corre ao seu encontro e o abraça, não lhe deixa nem mesmo terminar a sua confissão – como se lhe cobrisse a boca – tão grande é o amor e a alegria por tê-lo reencontrado; e depois vai também chamar o filho mais velho, que está irritado e não quer fazer festa, o filho que permaneceu sempre em casa, mas vivendo como um servo mais que como um filho, e justamente sobre ele o pai se inclina, convida-o a entrar, procura abrir o seu coração ao amor, para que ninguém fique excluído da festa da misericórdia. A misericórdia é uma festa! Deste Deus misericordioso é dito também que é “lento à ira”, literalmente, “longo de respiro”, isso é, com a respiração ampla de paciência e de capacidade de suportar. Deus sabe esperar, os seus tempos não são aqueles impacientes dos homens; Ele é como o sábio agricultor que sabe esperar, dá tempo para a semente boa crescer, apesar das ervas daninhas (cf Mt 13, 24-30). E, por fim, o Senhor se proclama “grande no amor e na fidelidade”. Como é bela essa definição de Deus! Aqui está tudo. Porque Deus é grande e poderoso, mas esta grandeza e poder se desdobram em nos Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Junho - 2016 Q ueridos irmãos e irmãs, Hoje a catequese é sobre a misericórdia segundo a perspectiva bíblica, de modo a aprender a misericórdia ouvindo aquilo que o próprio Deus nos ensina com a sua Palavra. Comecemos pelo Antigo Testamento, que nos prepara e nos conduz à revelação plena de Jesus Cristo, no qual em modo realizado se revela a misericórdia do Pai. Na Sagrada Escritura, o Senhor é apresentado como “Deus misericordioso”. É esse o seu nome, através do qual Ele nos revela, por assim dizer, a sua face e o seu coração. Ele mesmo, amar, nós assim tão pequenos, tão incapazes. A palavra “amor” aqui utilizada indica o afeto, a graça, a bondade. Não é o amor da telenovela…É amor que dá o primeiro passo, que não depende dos méritos humanos, mas de uma imensa gratuidade. É a solicitude divina que nada pode parar, nem mesmo o pecado, porque sabe ir além do pecado, vencer o mal e perdoá-lo. Uma “fidelidade” sem limites: eis a última palavra da revelação de Deus a Moisés. A fidelidade de Deus nunca falha, porque o Senhor é o Guardião, como diz o Salmo, não dorme, mas vigia continuamente sobre nós para nos levar à vida:”Não deixará vacilar os teus pés, não adormecerá o teu guardião. Não se adormecerá, não pegará no sono o guardião de Israel. [...] O Senhor te protegerá de todo o mal: ele protegerá a tua vida. O Senhor te protegerá quando saíres e quando entrares, agora e para sempre” (121, 3-4.7-8) E esse Deus misericordioso é fiel na sua misericórdia e São Paulo diz uma coisa bonita: se tu não lhe é fiel, Ele permanecerá fiel, porque não pode renegar a si mesmo. A fidelidade na misericórdia é justamente o ser de Deus. E por isso Deus é totalmente e sempre confiável. Uma presença sólida e estável. É essa a certeza da nossa fé. E então, neste Jubileu da Misericórdia, confiemo-nos totalmente a Ele e experimentemos a alegria de sermos amados por esse “Deus misericordioso e piedoso, lento à ira e grande no amor e na fidelidade” Papa Francisco www.santuariosaojoseoperario.org.br Boletim da Santa Sé

[close]

p. 5

Junho - 2016 chora”. Gostei! o cantor da mesma, com voz bem afinada agradava a quem ouvia. Não estava mal... CHORAR É HUMANO E CRISTÃO dos teus olhos. Faz bem. É uma maneira de expressar todo um sentimento humano e cristão. Não tenha jamais vergonha, chore! as lágrimas são um presente de Deus altíssimo para aliviar a pressão de seu coração. Também elas choram... e por bobeiras, não sufoque o seu sentimento. Deixe a dor fluir, as lágrimas correrem pelo seu rosto. Homens também podem chorar. Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Página-5 e chorou com eles. O nosso Deus e salvador, é um Deus maravilhoso! Sabe estar. É um amigo que está sempre ao lado dos que sofrem, dos que Q ueridos paroquianos, A propósito desta música, no começo deste mês de junho, gostaria de falar para todos vocês sobre um tema que algumas vezes não damos muita importância, mas que o usamos de maneira constante no decorrer da nossa vida: o choro. Faz poucos dias, eu ia passando na rua. De repente ouvi uma música que vinha de uma loja de eletro doméstico. Pelo alto falante tocava uma música com uma letra interessante: “porque homem não As lágrimas ajudam você a expressar a sua dor pela perda de um ser querido e aliviam a alma quando as palavras são insuficientes Todos nós levamos dentro para expressar seus sentide nós, este precioso dom mentos. das lágrimas. Por isso, depois de escutar o cantor Meus amigos, somos hu“Pablo”, cheguei a con- manos e todos temos senclusão que os homens, sim timentos que saem do coração e da alma. Por isso é também choram. bem normal que choremos. Meus amigos paroquianos, Não de importe com o que deixe as lágrimas correrem as pessoas podem dizer. Amigos todos, Deus não está indiferente às lágrimas. Mesmo sendo o Criador de todas as coisas e tendo para lidar com as circunstâncias, ele também sabe o que é sofrer. Também Jesus chorou do seu querido amigo Lázaro e pela dor das suas duas irmãs, Marta e Maria (João 11, 35-36). Jesus chorou quando contemplava a cidade de Jerusalém (Lucas 19, 41-42). Podeis ler estes dois textos em que falam que Jesus chorou. Amigos, Jesus como ser humano, tinha sentimentos. Jesus sentia a dor dos demais. compartilhava com todos as misérias humanas. Sofreu com aqueles que sofriam, e nunca lhes pediu para serem fortes. Acolheu suas dores, Refrigeração Bom Clima Assistência Técnica Especializada Freezer, Geladeiras e Máquinas de Lavar choram, dos que se lamentam e também está ao lado dos que se alegram. Deus sofreu com a morte do seu filho Jesus, na cruz, mesmo sabendo que, como parte de seu plano salvífico e eterno, ele estava dando a sua vida para salvar a muitos e que seria ressuscitado dentre os mortos. Meus irmãos e amigos “santuarenses”, não tenham vergonha, chores quando sentires que as tuas forças se debilitem! suplique ao Senhor, o dom das lágrimas... cada gotinha das tuas lágrimas, sejam com pérolas de esperanças e alegria na tua vida cotidiana. Quando tiver um tempo livre, leia os salmos (6, 6-39;12a) e o Apocalipse (21, 4) você vai gostar. Não tem desperdício... Uma bênção especial do amigo o aç ã p Es anh Am - Cyber Café Tai Chi Chuan Acumpultura Florais Massoterapia ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! BISCUIT - PROMOÇÃO: 1ª AULA GRÁTIS Av. Comendador Santana, nº 959 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Câmaras e Balcões Frigoríficos, Telefone: 5873-2618 Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário www.santuariosaojoseoperario.org.br Tel. 5873-3032 / 9308-1486 - Sr. Augusto R. Marco Basaiti, nº 8 - Capão Redondo Pe. Nilson da Silva Vigário Paroquial

[close]

p. 6

Página-6 Festa de São José Operário Amado São José, toma conta de nossas famílias! Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Junho - 2016 O povo de Deus, agradece por São José ter escolhido este lugar para abençoar www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 7

Junho - 2016 Dia das Mães - Pérolas preciosas, enviadas por Deus. Mãe! Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Página-7 Que Deus continue a cada momento dando saúde e paz as nossas Mães Eucaristia, centro das nossas vidas Corpus Christi A alegria do povo de Deus por Jesus Eucarístico www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 8

Página-8 PROGRAMAÇÃO DA PARÓQUIA SANTUÁRIO SÃO JOSÉ OPERÁRIO Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Junho - 2016 Missa da Família Dia 11 de Junho (Sábado) das 18h às 23h No Salão paroquial Dia 13 de junho (Segunda) às 07h30, 12h e 19h Bênção para fortalecer e santificar o seu namoro ou casamento. NOITE JUNINA Dias 02, 09, 16, 23 e 30 de junho às 20h Venha e traga sua família para receber a bênção da harmonia familiar. MISSA DE SANTO ANTÔNIO Bênção dos Pães, em todas as missas TE RÇ O DOS HO S EN M Terço dos Homens MISSA E ENTREGA DO LEITE PARA AS CRIANÇAS FAÇA A PROCISSÃO E ENTREGUE O LEITE EM PÓ EM TODAS AS MISSAS «Tudo que fizestes a um destes pequeninos é a mim que o fazes» Deixe-se conduzir pelo amor de mãe de Nossa Senhora No Santuário: Inicia-se com a missa às 19h até às 21h.Todas as quartas-feiras. Na Capela São Vicente: todas as terças-feiras às 19h30 Dia 19 de junho (domingo) MISSA DE SÃO JOÃO BATISTA Dia 24 de junho (Sexta-feira) às 7h30, 12h e 19h Com Bênção da água e Renovação das Promessas Batismais Oração das Mil Ave - Marias Toda primeira quarta-feira do mês início às 08h30 até às 14h30 Venha rezar conosco, por todas as pastorais e movimentos DOMINGO DA SOLIDARIEDADE Trago óleo, arroz, feijão, açucar e macarrão para as famílias carentes NA COMUNIDADE SÃO PEDRO Com bênção das chaves das casas Tríduo com missa: Dias 27, 28 e 29 ás 20h Missa e procissão: Dia 26, (Domingo) às 08h30 Dia 26 de junho (Domingo) em todas as missas FESTA DO PADROEIRO - SÃO PEDRO MISSA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Dia 03 de junho (sexta-feira) às 07h30 Abra o seu coração para Jesus MISSA COM BÊNÇÃO DOS DOENTES Venha receber a bênção de Deus! MISSA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO Com bênção das chaves das casas em todas as missas Dia 05 de junho (domingo) às 15h Dia 29 de junho (Quarta-feira) no Santuário às 07h30, 12h e 19h MISSA, LOUVOR E LIBERTAÇÃO Dias 12 e 26 de junho (Domingo) às 15h Pela restauração, cura e conversão da sua família jesus quer curar a sua vida! www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 9

Junho - 2016 Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário TENHA UM CORAÇÃO MISERICORDIOSO e me destes de beber, era peregrino [refugiado] e você me acolheu, eu estava nu e me vestistes, eu estava doente e visitastes-me, estive na prisão e fostes ver-me”.  (Mt 25.3536) No versículo 40 de Mateus 25 aprendemos como estender as mãos a Jesus: “Em verdade vos digo que, como você fez isso com um dos menores dos meus irmãos, você fez isso comigo”. Em Mateus 12.4950, lemos: “E, estendendo a mão para os seus discípulos, disse: Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus é meu irmão, irmã e mãe”. Jesus também disse em Mateus 25.40 que é preciso fazer ministérios de misericórdia para o menor dos irmãos e sempre que o fizermos ao menor dos pequeninos estaremos fazendo a Ele. Em outras palavras, Jesus diz que os verdadeiros cristãos fazem ministérios de misericórdia para, também, os irmãos da fé. E essa é uma das principais formas de se mostrar o Cristianismo e derrubar as investidas do inferno. Em Tiago 2.15-17 está escrito que “se um irmão ou irmã está mal vestido e com falta de mantimento cotidiano, e algum de vós lhes disser: ‘[um discípulo! ] Vá em paz, ser aquecida e cheia ‘, sem lhes dar as coisas necessárias para o corpo, que bem há nessa atitude? Assim também a fé por si só, se não tiver obras, é morta”. Ministérios da Misericórdia para os incrédulos Página-9 DIA D IA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 SEM QUA QUI SEX SAB DOM SEG TER QUA QUI SEX 11 SAB 12 13 14 15 16 17 18 19 DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB DOM 20 SEG 21 TER 22 QUA 23 24 QUI SEX 25 SAB 26 27 28 29 30 DOM SEG TER QUA QUI 1ª LEITURA SALMO 2Tm 1, 1-3.6-12 122 2Tm 2, 8-15 24 Ez 34, 11-16 22 Is 61, 9-11 1Sm 2, 1.4-8 1Rs 17, 17-24 29 120 1Rs 17, 1-6 1Rs 17, 7-16 4 1Rs 18, 20-39 15 64 1Rs 18, 41-46 1Rs 19, 9a.11-16 26 At 11, 21b-26; 97 13, 1-3 2Sm 12, 7-10.13 31 5 1Rs 21, 1-16 1Rs 21, 17-29 50 2Rs 2, 1.6-14 30 Eclo 48, 1-15 96 2Rs 11, 1-4.9-18.20 131 2Cr 24, 17-25 88 Zc 12, 10-11; 13,1 62 2Rs 17, 5-8. 1359 15a.18 2RS 19, 9b-11.1447 21.31-35a.36 2Rs 22, 8-13; 23, 118 1-3 2RS 24, 8-17 78 Is 49, 1-6 138 Lm 2, 2.10-14. 1873 19 1Rs 19, 16b.19-21 15 Am 2, 6-10.13-16 49 Am 3, 1-8;4, 11-12 5 Am 5, 14-15.21-24 49 Am 7, 10-17 18 2ª LEITURA EVANGELHO Mc 12, 18-27 Mc 12, 28b-34 Lc 15, 3-7 Lc 2, 41-51 Lc 7, 11-17 Mt 5, 1-12 Mt 5, 13-16 Mt 5, 17-19 Mt 5, 20-26 Mt 5, 27-32 Mt 10, 7-13 Rm 5, 5b-11 Gl 1, 11-19 O Gl 2, 16. 19-21 Gl 3, 26-29 Lc 7, 36---8, 3 Mt 5, 38-42 Mt 5, 43-48 Mt 6, 1-6.16-18 Mt 6, 7-15 Mt 6, 19-23 Mt 6,24-34 Lc 9, 18-24 Mt 7, 1-5 Mt 7, 6.12-14 Mt 7, 15-20 fundamento bíblico Somos atraídos a mostrar misericórdia aos cristãos porque vemos Cristo neles, e somos levados a mostrar misericórdia aos incrédulos porque queremos ver Cristo neles. Em Gálatas 6.10 está escrito:  “Então, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, e especialmente para aqueles que são da família da fé”. Ministérios da misericórdia para os fiéis Consideremos dois ensinamentos de Jesus. Primeiro, o ensino de (Mt 25.31-46), sobre o grande julgamento. No versículo 46 está escrito: “E irão estes para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna”. A diferença entre esses dois grupos de pessoas se concentra em Jesus, como eles trataram seus irmãos, os seus discípulos. Isto está relacionado com o ministério de misericórdia, no qual a maioria está concentrada nos centros urbanos do mundo: “Tive fome e me destes de comer, tive sede Então não devemos ter misericórdia para com os incrédulos? Jesus disse que se amássemos somente os que nos amam, se fizéssemos o bem àqueles que nos fazem o bem, não seremos diferentes dos incrédulos. Devemos mostrar misericórdia para com todos os que sofrem. Em Lucas 6.27 Jesus diz: “Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, bendizei os que vos maldizem, orai por aqueles que abusam de você. E como você gostaria que outros fizessem a você, faça isso para eles. Se amais os que vos amam, que benefício é para você? Também os pecadores amam aqueles que os amam. E se você fizer o bem para aqueles que fazem bem para você, o benefício é que para você? Também os pecadores fazem o mesmo. Mas amai os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai, sem esperar nada em troca, e sua recompensa será grande e sereis filhos do Altíssimo, porque Ele é bondoso para com os ingratos e maus. Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso”.  (Lc 6.27-28, 31-33, 35-36 Conclusão Se nós somos uma Igreja verdadeira, se somos verdadeiros discípulos de Jesus, devemos mostrar misericórdia às pessoas que sofrem justamente por não serem cristãs. Elas verão ao nosso Pai Celestial quando demonstrarmos amor a elas, isto é, fazendo-lhes o bem. Esta pode não ser uma tarefa fácil, mas Cristo nunca disse que seria fácil. Ele simplesmente disse: “Amarás o teu próximo como a si mesmo”. (Mt 19.19) Ele morreu e ressuscitou para cobrir todos os nossos pecados e tornar possível o socorro e a misericórdia, então use sempre a suas duas mãos, estendendo-as. At 13, 22-26 Mt 7, 21-29 Lc 1, 57-66.80 Mt 8, 5-17 Gl 5, 1.13-18 Lc 9, 51-62 Mt 8, 18-22 Mt 8, 23-27 Mt 8, 28-34 Mt 9, 1-8 un ida de Alcoólicos Anônimos Fundada: 10/06/1935 Margareth Maria dos Santos Psicóloga CRP 06/30407 recuperação Se alguém que você conhece estiver com problemas com bebidas Alcoólicas Reuniões: 2ª, 3ª, 4ª, 6ª às 20h - Sábado às 19h Rua Abílio César, 26 Sala 05 CEP: 05881-020 Jd. Soraia - Capão Redondo - SP DESDE JANEIRO /2016 rviç se o ( Grupo Reconstrutores de Vida de A. A. ) Formado: 22/07/1973 Atendimento psicológico: Infantil - Adolescente Adulto - Grupo - Orientação Vocacional ‘ Procure-nos ’ Informações: 3315-0216 / 3315-0040 Email: margarethpsico2011@gmail.com www.santuariosaojoseoperario.org.br 11 97049-9115 (tim) 11 97147-3150 (vivo) 11 96678-9816 (oi) 11 98978-3070 (claro) DESDE ABRIL/2016 Pe. Carlos Lozada Vigário Paroquial

[close]

p. 10

Página-10 Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Junho - 2016 ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! MELLO FARMA DROGARIAS 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Medicamentos e Perfumaria em geral Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário Telefone: 5872-6763 Rua Abílio Cesar, nº 3 Capão Redondo - SP CAFÉ COHAB Maria Rodrigues Vieira Panificadora Pães, Doces, Salgados Bolos,Tortas e muito mais Aceitamos encomendas Rua Abílio Cesar, nº 179 - Jd. Jangadeiro LOJAS KENZO Enxoval para bebê e roupa infantil ADVOCACIA Arabela Santos * Civil (Advogada) * Trabalhista * Família * Criminal e Empresarial * Aposentadoria E-mail: arabelasantos@uol.com.br RUA JOÃO ROBALO, 17 - JD SORAYA SÃO PAULO - CEP 05881-000 FONE/FAX 5873-4588 / 5873-2320 - CEL. 9136-9382 Tel.: 5873-2620 Av. Comendador Santana, nº 957 Capão Redondo - SP ANUNCIE AQUI Este espaço está reservado para você! 5873-2009 santuario@santuariosaojoseoperario.org.br Faça-nos uma visita na Secretaria do Santuário www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 11

Junho - 2016 SANT. DIOC. SÃO JOSÉ OPERÁRIO ADELAIDE DA SILVA C. OLIVEIRA AGEMIRA M. DA S. VASCONCELOS AILTON RODRIGUES DA SILVA ALAN MOREIRA HONORATO ALCIDA PEREIRA DA SILVA LIMA ALEX MOREIRA FREIRE AMANDA RODRIGUES GOMES AMARO MANOEL DE OLIVEIRA AMILSON RAMOS DE MORAES ANA FERREIRA CAMPOS DOS SANTOS ANA MARIA PIRES MAROTTA ANA MOURA DA SILVA ANA PAULA E CLAUDINEI ANA TEREZA LISBOA ANANIAS DE PAULA ANTONIA DAS GRAÇAS CARDOSO DE SÁ ANTONIA DE FAVARI TONASSI ANTONIA SOARES NASCIMENTO ANTONIO MARCOS C. DOS SANTOS ANTÔNIO MOURARIA ANTONIO ROBERTO DE CAMPOS APARECIDA VASSOLERO DA SILVA ARLINDA ELISA MORGADO JANUÁRIO AURELINO GOMES DE SOUZA BENEDITO ARCANJO VIEIRA BRUNA EVELINE DE SOUZA CARLOS APARECIDO PEREIRA CARLOS DENIS CARMEM SILVIA DA SILVA CECÍLIA MARIA DA SILVA CELINA MARINHO PEREIRA CHARLES DOS SANTOS CÍCERA LUCIA DE ARAÚJO CLAUDIA ALMEIDA SANTOS CLECIA ALVES DA FONSECA CONCEIÇÃO CLÁUDIO DOMINGOS COSME GOMES DE SOUZA CREUZA ALVEDS CRISTIANA CASAES CRISTIANA GONÇALVES R. PAZ CRISTIANE APARECIDA DE SOUSA CRISTIANE AP. LIMA P. DOS SANTOS DANIEL CARVALHO DE LIMA DANIELA DO L. DAMASCENO DANIELA MAIA DA CONCEIÇÃO DANILO LIMA DOS SANTOS DEUSDETE NUNES QUEIROZ DIEGO FERNANDES B. GUTIERREZ DILMA FADEL DIRCE LOPES DIVINA MARI SILVA DJALMA FRANCISCO DE SOUZA DJALMA NOVAES SANTOS DOLORES R. BRITO DE SOUSA EDITE MARIA DE JESUS COSTA EDNALDO BARBOSA DOS SANTOS EDSON DANTAS CHAVES EDUARDO TEODORO DE SOUZA EDVANILSON ELIAS DA SILVA ELENICE DOS PASSOS REIS ELEUZA MARIA N. SILVA ELISÂNGELA Mª DA S. SOUZA COELHO Os mais sinceros votos de Paz aos Dizimistas do mês de Junho/2016 ELIZETE COELHO COSTA ELZA P. COELHO DOS ANJOS EMANUEL MARTINS CAETANO ERICA CRISTINA S. GAMA ESTELINA C. DE L. OLIVEIRA EULÁLIA RIBEIRO MACHADO EURIDES RODRIGUES PORTO EVA ROSILENE NUNES LIMA EVERALDO DA SILVA LICURGO EVILEN COELHO MARIANO FABIO EDUARDO NEVES FÁTIMA MAGALHÃES CHAVES FATIMA MARIA COELHO FLAVIA VALERIA DA CONCEIÇÃO FRANCIELDO DUARTE DE OLIVEIRA FRANCISCA DE SOUSA FERREIRA FRANCISCA ELIANE COSTA PAIVA SOUZA FRANCISCA FERNANDES BEZERRA FRANCISCA SANTOS CHAVES FRANCISCO ANULINO SOBRINHO FRANCISCO DE ASSIS MARTINS SANTOS FRANCISCO FERREIRA DA SILVA FILHO FRANCISCO LICURGO FRANCISCO QUINTINO FRANCISCO TRINDADE MOREIRA GESIANE PINHEIRO DOS SANTOS GILSON DE CARVALHO SILVA GIVANILSA DOS SANTOS GUSTAVO HENRIQUE DIAS PAIVA ILDACI ALVES DIAS INES SOUSA DE OLIVEIRA INGRID ALVES LIMA IRACI ALMEIDA DOS SANTOS IRAILDE PEREIRA DE SOUZA IRENE SERGIO DE SOUZA ISABEL DA SILVA SOUZA ITAMARA HELEODORA DA SILVA IVONE DA COSTA NASCIMENTO JAILSON JOSÉ LINO DOS SANTOS JEROLINA FERNANDES DA SILVA JOANA MARIA DE LANA JOÃO BATISTA R. DA ROCHA JOÃO VICTOR S. B. DE SOUZA JOSÉ GONÇALEZ JOSÉ IVANILDO DA SILVA JOSÉ RAIMUNDO E MARIA IRANI JOSÉ RICARDO PEREIRA JOSÉ RONALDO RAMOS JOSEFA BARRETO DINIZ JOSEFA FELIX CORDEIRO JOSEFA M. DE SIQUEIRA JOSEFINA DE GIÁCOMO JOSEFINA FRANCISCA DA SILVA JOSEFINA NASCIMENTO JOSILENE PINHEIRO DO NASCIMENTO JUCINEIDE RAMOS DOS SANTOS JUDITH HELENA DO NASCIMENTO JUREMA MARIA DE LOURDES SILVA KAUANE AP. GONÇALVES KAUÊ AP. GONÇALVES KETLYN DE SIQUEIRA SILVA LARA SOPHIA M. DE JESUS LAURENTINO JOSE DE SANTANA LEDA REGINA DOS SANTOS LENICE CASTOR DOS SANTOS LEONICE GARCIA CARDOSO LEONOR PINHEIRO DA SILVA LILIANE GOMES DE SOUZA LINDAILZA DOS SANTOS LINDALVA PAULINA LUCAS RIBEIRO DOS SANTOS LUCIANA DE F. G. DA SILVA LUCINEIA FELIPE DOS SANTOS LUIS CARLOS SANTOS LUIS FABIO DA SILVA LUIZA ALVES DE CASTRO LUZIA DO CARMO DA SITRA LUZIA PEREIRA DA SILVA LUZINETH HORA L. DA SILVA MAITÊ S. DE SENA FERNANDES MARCIA CRISTINA DE A. ANULINO MARCIA DE FATIMA ASSIS MARCIO ESTEVAM SOUZA MARCO AURÉLIO FABRIS MARCOS ANTONIO PEREIRA SANTOS MARGARIDA GOMES DA SILVA MARIA ALZIRA P. DOS SANTOS MARIA AP. JESUS DE MARIA MARIA AP. SANTOS KRUGER MARIA APARECIDA C. D. MARIA APRECIDA DE JESUS MARIA APARECIDA RAMALHO MARIA BERNADETE GOMES DOS ANJOS MARIA BERNADETE V. MEIRELES MARIA CABRAL DE OLIVEIRA MARIA CAMELUCIA DE O. CUSTÓDIO MARIA CAVALCANTE DE MELO FILHO MARIA CONCEIÇÃO DE JESUS LIMA MARIA DA SILVA DIAS MARIA DAS DORES SARAIVA MARIA DAS GRAÇAS BENTO SILVA MARIA DE L. DA SILVA MARIA DE LOURDES D. NASCIMENTO MARIA DE LOURDES DA SILVA MARIA DE LOURDES DE JESUS MARIA DE LOURDES DOS R. OLIVEIRA MARIA DO AMPARO DA FONSECA MARIA FACILA MARCELINO MARIA HELENA PROFETA MARIA IVANY BRANDÃO MAIA IVONETE B. DO NASCIMENTO MARIA IZABEL DOS SANTOS S. V. MARIA JOANI GUEDES BARBOSA MARIA JOSÉ DA CONCEIÇÃO RODRIGUES MARIA JOSÉ DOS SANTOS MARIA JOSÉ DOS SANTOS II MARIA JOSE MELO SILVA SANTOS MARIA JOSE SANTOS MARIA LAUDECI LINO DOS SANTOS MARIA LUCIA ARAÚJO MARIA LUCIA MOREIRA DA SILVA MARIA LUCIA PEREIRA S. FERREIRA MARIA LUIZA DAMASCENO GOMES MARIA NANCY DE AMORIM MARIA NILDA MENEZES MARIA SÃO PEDRO DIVINO MARIA SEBASTIANA DIAS LOPES MARIA SUELI MOTA GONÇALVES MARIA TEODORO DA SILVA MARIA VANILDA DA ROCHA MARIZETE C. DOS REIS SEPULNIDO MARTA HELENA L. OLIVEIRA MATEUS DE LIMA LEITE MICHAEL MONTEIRO DOS SANTOS NAIR ROSA SILVEIRA NILDINHA DE JESUS SANTANA NOEMIA BARBOSA DOS SANTOS NONATO CESAR VICENTE MUNIZ ODETE GOMES DA SILVA OTACILIO ANDRADE DE CARVALHO PAULINO MANOEL DOS SANTOS PAULO CESAR FARIAS DE AQUINO PAULO JOSÉ DO NASCIMENTO PAULO LUCINDO DO CARMO PEDRO MARTINS DE SOUSA PEDRO RODRIGUES DE BARROS QUERUBINA L. VENÂNCIO QUITÉRIA A. PINHEIRO CARVALHO RAFAELA GOMES SANTOS RAILDA CELIA C. S. MARQUES RAILDA RODRIGUES SANTOS RAIMUNDA ANDRADE TEIXEIRA RAIMUNDA RODRIGUES CHAGAS RENATO ALVES SANTOS RENATO J. DA SILVA RIVALDO DOS SANTOS RAMALHO ROBERTO XAVIER SANTOS ROBSON APARECIDO DE LIMA ROSA KEIKO ROSA MARIA RAMOS ALVES ROSANA AP. MARTINS DE ARAUJO ROSIVALDO SOUZA DE MENEZES SANDRA C. SILVA SANTOS SEBASTIÃO PAPILE SELMA CASTELANELLI DE AZEVEDO SHIRLON GONÇALVES DA SILVA SOCORRO DE SOUZA BATISTA SONIA REGINA DE ANDRADE SUELI APARECIDA PAULA DA SILVA TARCISIO FELIX DA SILVA TERESA FRANCISCA V. DE MATOS TEREZA DEAMO SILVA TEREZINHA LUIZA CANDIDO UMBERLANDO DINIZ DA SILVA VAGNER R. R. DE SOUSA VALCI SOARES LIMA VALDIMIR ALVES DE OLIVEIRA VALERIANA COSTA SENA VANTUIL RAMOS DE LIMA VERA LUCIA BARBOSA PEREIRA VERÔNICA SANTOS DAMASCENA WANDERLI MUNIZ DO NASCIMENTO WELLINGTON MOISES DA SILVA WILMAR RIBEIRO DOS SANTOS YOLANDA NISHIMURA YONARA ALEXANDRE VELASCO ZENAIDE PEREIRA SILVA CAPELA SÃO PEDRO Com Jesus somos mais que vencedores Jornal São José Operário Página-11 ALBERTINA OTILIA M. DE OLIVEIRA ANDRÉ LUIS P. DE ANDRADE ANTONIA SOARES SILVA ANTONIO PAULO R. DA SILVA BENIZETE ALVES DIAS CORINA Mª DE ARAUJO SILVA EDIJANE MARIA SILVA EDNOLIA ELIAS SANTOS FRANCISCA DE FATIMA A. DE SOUZA GABRIELLE CARVALHO CARDOSO GILMAR CAIAFA DE ARRUDA IRENE FERREIRA DE LIMA JAIR SARAIVA MARTINS JEFFERSON SOUZA PEREIRA JOANA JOAQUINA DE SOUZA JOÃO ANTONIO MAGALHÃES JORDELINA ALVES OLIVEIRA JOSEFA MARIA DOS SANTOS KARLA KAROLINE DA COSTA BRITO KELLY ELIAS DOS SANTOS LUCIMAR BARBOSA DOS SANTOS MARIA AMÉLIA MARIA ARLENE PEREIRA FALCÃO MARIA DOMINGOS MARTINS MARIA ESTELA FELIX DA SILVA MARINA FERNANDES MARINA FONSECA ALVES NICOLY CARVALHO COSTA REGINA LUCIA FELICIO DE OLIVEIRA REINALDO JOSÉ DOS SANTOS ROBERT FELIPE COSTA PESSOA CAPELA SÃO VICENTE AILTON JOSÉ DE SOUZA ARLINDA LOPES VIEGAS DULCE DE FATIMA RIBEIRO SUZART EUNICE COSTA PRADO GENTIL QUIRINO GILMARIO ROSA DE JESUS IVANILDO FRANÇA DA SILVA JANETE C. C. STAPF JOSÉ MARCIO L. FARIA LENICE BESERRA DA SILVA LUCAS LOURENÇO SILVA MARCIA FERNANDES NEVES MARIA DE LOURDES SOUZA MARIA DO CARMO CERQUEIRA MARIA DO SOCORRO G. ATAÍDE MARIA ISABEL N. ALVES OSVALDO MORAES DA SILVA PAULO HENRIQUE DA COSTA PEDRO DE OLIVEIRA ROSELI APARECIDA DE MORAIS ROSEMAR LOURDES DA SILVA ROSIVALDO SOUZA DE MENEZES SILVANO MONTEIRO SIMONE GARCIA SOLANGE GARCIA SONIA LIMA FLORENTINO TEREZA DA SILVA DOVIGUE VICTOR JOSÉ GONÇALVES “Pagai integralmente os dízimos ao tesouro do templo, para que haja alimento em minha casa” (Malaquias 3, 10) www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

p. 12

MISSA E CONSAGRAÇÃO DO Dia 09 de junho (quinta-feira) às 20h Dia 11 de junho (sábado) às 19h Dia 12 de junho (Domingo) às 06h30, 8h, 10h, 12h, 15h e 18h30 Na Capela São Pedro: às 8h30 Na Capela São Vicente: às 10h DÍZIMO GRUPOS DE ORAÇÃO - SANTUÁRIO PARTICIPE DAS MISSAS NO SANTUÁRIO Segunda 12h e 19h - Terça 7h30 e 12h Quarta 7h30, 12h e 19h - Quinta 7h30, 12h e 20h Sexta 7h30, 12h e 19h - Sábado 7h30, 12h e 19h Domingo 6h30, 8h, 10h, 12h, 15h e 18h30 Todas terças-feira das 15h às 17h Missa em louvor ao Espírito Santo todas as 2ª terças-feira do mês às 16h. e todas as sextas-feira, Grupo de Oração iniciando-se com a missa às 19h Tenha sempre uma Bíblia em mãos. Aproveite os últimos lançamentos de bíblias e livros. Adquira-os NA LIVRARIA E PRESENTES SÃO JOSÉ OPERÁRIO Visite também as demais seções de Cd’s, livros, imagens, artigos religiosos, serviços xerox e recarga de celulares Livraria e presentes - Faça-nos uma visita! 5871-9846 www.santuariosaojoseoperario.org.br

[close]

Comments

no comments yet