Jornal CristoRei.ComVocê Ano 5 Nº 48 - Março/2016

 

Embed or link this publication

Description

Desperte o voluntário que existe em você

Popular Pages


p. 1

cristorei.comvocê Ano V - nº 48 - Maio 2016 www.cristoreisp.org.br PARÓQUIA CRISTO REI Arquidiocese de São Paulo Desperte o voluntário que existe em você Pág. 4

[close]

p. 2

EDITORIAL VIAGEM DE FÉ Os frutos da espiritualidade Celebramos neste mês a solenidade de Pentecostes. A igreja tem sua origem na dinâmica Ressurreição-Pentecostes. É a presença e ação do Espírito Santo na vida dos discípulos que os torna missionários para "proclamar as maravilhas do Senhor, a todos os cantos da terra". Iniciada a Escola de Espiritualidade Dom Luciano Mendes de Almeida, em fevereiro de 2015, e tendo como um de seus objetivos "oferecer aos participantes instrumentos que os levem a uma vida de oração e ao compromisso social", poderemos no segundo semestre deste ano visualizar os primeiro frutos desta iniciativa. Próximos de terminar o curso, os participantes terão que apresentar como trabalho de conclusão um projeto na linha missionária. Em um primeiro passo, foi necessário definir o objeto do projeto e agora estão sendo elaboradas as propostas para serem entregues até o final de junho. Em nossa comunidade foram assumidos dois objetos para os projetos: um ligado ao tema FAMÍLIA e o outro ao VOLUNTARIADO. Sabemos o quanto é importante trabalhar a FAMÍLIA em sua complexidade e desafios; e principalmente pela importância que a família tem para a pessoa e para a sociedade. Mas vamos aguardar para ver qual será a proposta apresentada. Mas gostaria de escrever ainda em poucas linhas sobre o outro projeto que já tem um nome próprio: Centro Multidisciplinar de Voluntariado. Quem nunca desejou colocar o seu saber, seu conhecimento, sua técnica, suas aptidões e até mesmo a sua profissão a serviço do bem comum? Bem, é por aí que vai caminhar esse projeto: despertar no cristão o desejo de servir e tornar realidade esse desejo; e ter esse tempo-doação marcado pela solidariedade, pela partilha, pela misericórdia, pela alegria de amar o próximo de maneira concreta. Vamos aguardar com expectativa esses projetos que começarão em agosto e com certeza vai nos envolver e nos motivar a "vestir a camisa missionária – ser sal da terra e luz do mundo". Padre Marcelo M. Quadro 2 As igrejas mineiras revelam muitas histórias Relato enviado pelo casal Ricardo e Adriana Compri Domingues Minas Gerais encanta o turista com suas cidades históricas, sua comida típica, a hospitalidade de seu povo e suas belas paisagens. Nessa viagem inesquecível que fizemos, ficamos hospedados em pousadas e hotéis simples, mas muito aconchegantes, e pudemos conhecer um pouco do rococó e do barroco mineiro, além do cotidiano do povo da época. Fomos no inverno, julho de 1997, um ano após o nosso casamento. Começamos em Diamantina, onde conhecemos a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos com sua torre única característica da região. A Irmandade de mesmo nome foi criada na época para que os negros pudessem praticar a sua religiosidade, já que eles não podiam frequentar as mesmas igrejas que os brancos. Visitamos também a Capela Imperial de Amparo e a casa da famosa Chica da Silva. Em Serro conhecemos a Igreja de Santa Rita, cujo acesso é feito por uma longa escadaria de pedras com 57 degraus. Do alto tem-se uma bela vista da cidade. Em Mariana visitamos a belíssima Igreja de São Francisco de Assis, cujo projeto, assim como vários elementos que a compõe, é atribuído ao mestre Aleijadinho. A pintura do teto foi feita pelo igualmente mestre Atayde, que teve o corpo sepultado na mesma paróquia. Em Ouro Preto, berço da Inconfidência Mineira, viajamos literalmente no tempo ao caminhar pelas suas ruas. Algumas igrejas, como a de São Francisco de Paula, se destacam no horizonte tanto como forma de mostrar o poder da igreja na época como para nos lembrar que Deus está no céu mas olha por todos aqui na terra. Minas Gerais: fé, riqueza e arte brasileira Em Congonhas conhecemos aquela que seria a obra mais famosa de Aleijadinho: a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos e seus 12 profetas. Na subida para chegarmos à basílica, passamos pelas 6 capelas da paixão, com cenas da paixão de Cristo esculpidas em cedro. Em São João del Rei conhecemos, entre outras, a maravilhosa Igreja de São Francisco de Assis e em Tiradentes a Matriz de Santo Antonio, considerada a mais rica de Minas Gerais com cerca de 500 quilos de ouro enfeitando seu interior. Enfim, uma viagem que nos marcou demais por tudo o que conhecemos, aprendemos e sentimos. Percebemos também que certas coisas mudaram bastante com o tempo, enquanto outras parecem não mudar nunca. Se você quer partilhar sua história de peregrinação, envie o texto (em média 20 linhas) e fotos para o e-mail: pascom@cristoreisp.org.br Expediente: Informativo da Paróquia Cristo Rei – Maio/2016 Rua Maria Eugênia, 104 – Tatuapé/São Paulo. Telefone (11) 2295-1685 Textos e Fotos: Pastoral da Comunicação

[close]

p. 3

AGENDA Catequese – No próximo dia 15, às 10h30, será realizada a Celebração Missionária da Catequese, oportunidade em que crianças festejarão Pentecostes. A cerimônia também marca o início das visitas a orfanatos, asilos e outros locais. Festa – Acontece no dia 26 de maio a Festa de Corpus Christi na Cristo Rei. A missa na paróquia, marcada para as 17h, contará com o tradicional tapete confeccionado pelas pastorais e com procissão e bênção do Santíssimo. Mãe Terra está doente "Olhai os lírios do campo... olhai as aves do céu...". Falando aos seus contemporâneos preocupados com a sobrevivência, Jesus recomendava que olhassem para a natureza. Com ela aprendessem e confiassem no Pai. Na atual cultura e civilização é possível? "Olhai os mananciais secando. Olhai rios sem vida. Olhai tornados cada vez mais fortes. Olhai chuvas torrenciais mais frequentes. Olhai secas mais prolongadas. Olhai corais morrendo de calor...". É nossa casa comum, mãe Terra, clamando. Queixamo-nos do calor, mas esquecemo-nos de nossa responsabilidade nessa situação. Estudos apontam que quanto mais tecnologias usamos na produção de alimentos, doenças novas surgem. A história humana aponta avanços, mas também novas doenças vinculadas a novos hábitos alimentares e ritmo de vida. Por economia de tempo e dinheiro, a opção por alimentos processados empobrece a alimentação. "Olhai os resultados". Estudiosos dizem que o Aedes aegypti há décadas vem se modificando para se adaptar à vida urbana. O vírus é "vip" e rápido, cliente de pontes aéreas. Quando seu habitat é modificado, salta para novos hospedeiros. O aumento da temperatura ajuda muito. Pois é, cada um de nós é um bioma. Universo de vidas bem característico e complexo. Carregamos na pele, nos pelos, nos órgãos internos bactérias vitais que favorecem e defendem a vida. Vírus inoculados também. Pois então, vivemos na cidade como se não dependêssemos de todas as outras espécies e formas de vida no planeta, conheçamos ou não. Perdemos essa sensibilidade e percepção? Achamos desneces- sária? Perdemos o senso de gratuidade? Será tudo posse, conquista, direito? Não será a vida um dom? Viver, um ato de generosidade e comunhão? Nossa ânsia e direito de viver não nos estará levando à morte com o planeta? Tecnologias alimentam e ampliam nossas relações, mas a biosfera agredida com tanto descarte de não recicláveis, pode morrer. Água escasseia sem vegetação. Ar e água poluídos são fontes de doenças. Haja sistema de saúde!. Não há pílula milagrosa e nem descoberta científica e tecnológica que deem conta da complexidade da vida e resolva os males que produzimos. Onde está o amor, cuidado e respeito à VIDA? Jesus convida à conversão. Não é de hoje. Tudo é dom. A VIDA é DOM. Recebemos. Agradecemos. Partilhamos. Entregamos. Padre Kiyoharu Ojima 3

[close]

p. 4

Voluntariado é tema de projeto do curso de espiritualidade O curso de espiritualidade realizado em nossa paróquia está gerando belos frutos. A turma tem mais de 70 alunos da Cristo Rei e recebeu como missão de conclusão, prevista para o fim de junho deste ano, desenvolver um projeto para a comunidade que fosse relevante e aceito pelos fiéis. Os alunos apresentaram as propostas na reunião do Conselho Pastoral Paroquial, sendo eleitos dois projetos: um envolvendo o trabalho com as famílias e outro voltado para a implantação de um Centro Multidisciplinar de Solidariedade. Essa última proposta visa a despertar na comunidade o interesse pelo voluntariado, incentivando as pessoas a oferecerem seu tempo e o que fazem de melhor em favor do próximo. A ideia é envolver tanto os paroquianos que têm vontade de desenvolver algum trabalho comunitário e não sabem como, quanto pessoas que necessitam de alguma orientação e não sabem a quem recorrer. A iniciativa dos alunos será apresentada no término do curso. Por isso, fique atento e acompanhe as novidades por meio do Informativo Cristo Rei. Lembre-se: todos nós temos habilidades e dons que podemos partilhar com o próximo. O que cada um faz bem, pode fazer bem a alguém. Transformação social O trabalho voluntário é cada vez mais utilizado em comunidades e empresas como uma ferramenta de transformação social e desenvolvimento de pessoas. Em recente estudo realizado pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, definiu- -se o voluntário como ator social e agente de transformação que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade, doando seu tempo e conhecimento em prol do próximo. Envolvimento, dedicação e disposição que muitas vezes ajudam pessoas que mal conhecemos. Mas se esse esforço não valesse a pena não haveria um número cada vez maior de voluntários no mundo inteiro, que se mobilizam por uma sociedade melhor. Reforço de caixa – Dois eventos ajudaram a arrecadar recursos para atividades desenvolvidas pela paróquia. Em 10 de abril aconteceu um bingo para colaborar com a participação dos representantes da igreja na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2016, que acontece em julho, na Polônia. Já no último dia 30, centenas de fiéis participaram de uma pizzada para angariar fundos para a realização do Encontro de Casais com Cristo. Atendendo Pessoas de Bom Gosto o Rua Tuiuti, no n 1.164 03081-015 Rua Tuiuti, 1.164-- CEP: Tatuapé - SP Tatuapé São Paulo SP visite nosso site: www.camalchaim.com 4 2097-2615

[close]

p. 5

POR DENTRO DA IGREJA Dicas para Missa Não incentive a distração. Na missa, deixe de lado todo outro assunto ou pensamento. Não desvalorize a celebração com um coração dividido, pensando nos seus assuntos pessoais. Não se ocupe de banalidades, nem se distraia olhando para os outros, muito menos com malícia. Tampouco passe o tempo todo olhando para o relógio, como se estivesse esperando a missa acabar logo. Novo Bispo - No próximo dia 28, às 15h, acontece na Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração (Vila Formosa), a missa de acolhida de dom Luiz Carlos Dias, novo bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo à frente da Região Episcopal Belém. Participe! Imperdível – Que tal realizar uma caminhada que refaz os passos do Papa Francisco, em um percurso guiado rumo à sua infância e adolescência por lugares do bairro portenho de Flores que marcaram sua vida e sua singular personalidade? Se você gostou da ideia é só aproveitar a sua visita a Buenos Aires e procurar o Entur, o órgão que cuida do turismo na capital argentina. O passeio parte todas as quintas-feiras, às 15h, da basílica de San José de Flores, a igreja que a família Bergoglio frequentava e na qual Jorge Mario sentiu seu chamado ao sacerdócio. Em alta – Depois de um longo período em queda, o número de católicos volta a crescer a uma taxa superior à expansão da população mundial. Dados oficiais do Vaticano indicam que o total de católicos passou de 1,11 bilhão em 2005 para 1,27 bilhão ao final de 2014, o que corresponde a 17,8% dos habitantes do planeta. Parte desse crescimento começou a ganhar força a partir do início de 2013, quando Jorge Bergoglio foi escolhido Papa e abriu um novo espaço para o catolicismo. Compreensão – Ao receber em audiência cerca de 700 participantes da 3ª Conferência Internacional de Medicina Regenerativa, no dia 29 de abril, o Papa Francisco propôs a globalização da empatia em substituição à indiferença nos casos em que é preciso lidar com pessoas portadoras de doenças raras. O pontífice citou inúmeras ocasiões em que teve a oportunidade de se encontrar com pessoas que sofrem de patologias pouco comuns – estimadas em 300 milhões em todo o mundo. 5

[close]

p. 6

PALAVRA DOS FIÉIS Luciano e Juliana Bastos "Eu e minha esposa nascemos e fomos criados no Tatuapé e estamos há muito tempo na paróquia, onde fizemos a 1ª Eucaristia. Tempos depois nos casamos na Cristo Rei e quando nasceram as nossas filhas, Gabriela e Rafaela, que aqui foram batizadas e fizeram a 1ª Eucaristia, passamos a frequentar mais assiduamente a comunidade. Nossas filhas também participaram do grupo de coroinhas, perseverança, crisma, jovens e são catequistas da pré-catequese. Assim entendemos a dinâmica de servir a Deus e em comunhão vivemos no amor de Jesus Cristo". Aniversariantes de Maio 2 3 4 5 5 7 11 13 13 15 16 20 22 26 26 27 29 30 SUELY PIRES EUSTACHIO VALE MARIA APARECIDA MACHADO ANA CAROLINA DE CARVALHO ROCHA MARIZA DE OLIVEIRA LUCIA ANDREOTTI VANDA HEISE JOSÉ APARECIDO SANTO MARIA DE FÁTIMA SILVA MATIAS NEUSA CRISTINA B. PEREIRA MARCO ANTÔNIO GABERLLINI CLAUDIO JOSÉ RIBEIRO MARIA CÉLIA DE ANDRADE ANDRÉ XAVIER MIRANDA DIVA DALVA ZANNA MARIA DO CARMO O. BIRAL MARTA APARECIDA RUBENS APARECIDO SANTOS Jailton Santos Sales Júnior e Daniela Costa Sales "Nós frequentamos a paróquia desde 2010, após participarmos do Encontro de Casais com Cristo Rei. Sempre fomos muito bem acolhidos pela comunidade e pelos padres. Hoje participamos de algumas iniciativas da igreja, da pré-catequese e da Pastoral da Comunicação, e nos sentimos muito felizes por estarmos servindo ao Senhor Jesus Cristo e ao próximo junto de pessoas de fé. Queremos que nossa princesa e maior bênção Julia, de 2 anos, cresça nesse meio integrada à igreja e seja firme nas promessas do senhor". Testemunho de Partilha Valter e Suziley Mainardi "Nós fazemos parte da comunidade Cristo Rei há alguns anos. Iniciamos através do Grupo de Oração São Francisco, convidados pelo saudoso Dídimo Araújo e sua esposa Maria José. Logo depois fomos convidados a fazer parte do Curso de Noivos, onde estamos até hoje. No ano de 2003, o Padre Valter pediu que montássemos o Encontro de Casais com Cristo Rei (ECC). Foram anos de muita luta até que, em outubro de 2005, promovemos o primeiro encontro na paróquia e neste mês de maio vamos realizar a 12ª edição. Também somos dizimistas desde então. Relatamos esses fatos para dizer que o dízimo é uma contribuição voluntária, mas que deveria ser feita por toda a comunidade como uma forma de partilhar os bens materiais. Essa partilha não deve ficar apenas no campo material, devemos partilhar também um pouco do nosso tempo em benefício da comunidade, participando das várias Pastorais da nossa Igreja. Esta partilha é uma forma de agradecer a Deus por tudo aquilo que ele nos dá." 6 CLÍNICA SANTA VIRGÍNIA Rua: Santa Virgínia, 68 - Tatuapé São Paulo - CEP: 03084-000 TODAS AS ESPECIALIDADES! Telefones: 2097-0079 / 2097-0089

[close]

p. 7

GENTE NOSSA Amor de mãe é bom demais, mas de avó é melhor ainda! Em homenagem ao Dia das Mães, celebrado neste domingo (8 de maio), o Informativo Cristo Rei entrevista Ana Maria Ruggiero de Oliveira, uma mãe e avó muito zelosa que nos recebeu para compartilhar um pouco de sua vida. Neste ano ela irá comemorar 50 anos de casamento com seu companheiro Hermogenes de Oliveira. Nascidos no bairro do Brás, os dois são oriundos de famílias muito católicas e se conheceram na igreja, ele como congregado e ela como filha de Maria. Eles têm três filhos e quatro netos: Enrico (12 anos), Julia (11), Matheus (10) e o caçula Lucas (5). Residentes no Tatuapé há 47 anos, frequentam a Paróquia Cristo Rei desde 2002. Há cerca de três anos foram convidados para Ministros da Eucaristia, função que exercem todos os domingos na missa das 8h30, além das segundas-feiras à noite. Hermogenes também faz parte da Comissão de Assuntos Econômicos da paróquia. Sentindo-se muito bem acolhida pela comunidade, Ana tem a família como prioridade e adora receber seus filhos e netos nos fins de semana. "Amamos muito nossos filhos, mas o amor com os netos é diferente, é um amor livre de obrigações e cheio de alegrias e muito mimo", observa. Essa edição do Informativo Cristo Rei aproveita para parabenizar todas as mulheres que, assim como Ana Maria, dedicam sua vida e missão à arte de ser mãe. Com três filhos e quatro netos, Ana sente-se muito bem acolhida pela comunidade Anuncie no Informativo da Paróquia Cristo Rei 99869-9318 (Caetano) 7

[close]

p. 8

PARÓQUIA EM AÇÃO Imagem de Padroeira é vista por centenas de fiéis da Cristo Rei Ainda dá para participar do Encontro de Casais Visita mereceu uma programação especial, incluindo reza do Terço, missas e carreata Entre os dias 1º e 4 de maio, cenNa manhã do dia 5, Nossa Senhora foi tenas de fiéis aproveitaram a presença levada para a Paróquia São José do Mada imagem de Nossa Senhora Apareci- ranhão, onde ficou até a tarde de sábado da na Igreja Cristo Rei para reverenciar (7). A Arquidiocese de São Paulo recea Padroeira do Brasil. A visita ilustre beu ao todo seis imagens para peregriganhou uma programação especial na nação pelas igrejas e comunidades até paróquia, com reza do Terço, missas, fevereiro de 2017. A iniciativa faz parte passagem pelo Colégio Espírito Santo da comemoração dos 300 anos da aparie carreata pelas ruas do bairro. ção da Padroeira do Brasil. Que tal reservar três dias de sua vida para reforçar os laços familiares e cultivar sua relação com Deus e com a pessoa amada? Se você gostou da ideia, é só se inscrever no 12º Encontro de Casais com Cristo Rei (ECC), que acontece nos dias 20, 21 e 22 maio. A adesão é gratuita e pode ser feita até o próximo domingo (15) na secretaria da igreja ou no site www.cristoreisp.org.br. Organizada pela Pastoral Familiar, a iniciativa é uma oportunidade imperdível para os casais vivenciarem situações que ressaltam a importância do casamento, da fé, da educação dos filhos e do contato com a comunidade.

[close]

Comments

no comments yet