bom dia especial

 

Embed or link this publication

Description

29 abril 2016

Popular Pages


p. 1

SEXTA-FEIRA 29 DE ABRIL DE 2016 | R$ 1,00 Sol, alternando com pancadas de chuva e possíveis trovoadas O Diário do Médio Piracicaba Edição: 4.033 - Ano XVII - Fechamento: 19h00 MÁXIMA: 25ºC MÍNIMA: 19ºC www.bomdiaonline.com Fotos: Sérgio Henrique Braga 52 anos JOÃO MONLEVADE Monlevade e Prata se unem na implantação do SIM Antônio Carlos vence o Prêmio Prefeito Empreendedor Página 3 Página 9

[close]

p. 2

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 2. BOM DIA • Diretor Responsável: Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diretor Geral: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho (REG: 13221/JP) • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Lucindo Caldeira, nº 159, Sl. 1, Alvorada, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com especial EXPEDIENTE Chico Franco - O mestre dos festivais Entrevista com o compositor, produtor cultural, ex-secretário de comunicação de João Monlevade, Chico Franco, pessoa de grande importância para a arte e cultura de João Monlevade e região. Além do mais, o sobrenome do Chico é mais que apropriado. Ele é franco e fala a verdade doa a quem doer. Mas vamos à entrevista. Você além de produtor cultural, foi um dos grandes vencedores em Festivais de Música. Lembra-se de quantos prêmios conquistou? Primeiros lugares, 22 – segundos e terceiros 32. Você sempre andava com músicos muito seletos, principalmente uma cantora de voz imponente. Quais eram seus principais parceiros? Eu tive como parceiros o Viola (Geraldo Lessa), posteriormente o João Rosa. Também meu filho Afonso Henrique. A cantora era a Miriam Tavares. Você foi um semeador de cultura. Inclusive foi responsável pelo nascimento do Festival da Música em Alvinópolis, realizado há 36 anos consecutivos. Como foi a história do surgimento do festival de Alvinópolis? Eu era muito amigo do Dico Lavanca e do José Santana, que já era deputado. Eu chegava de um festival em que eu havia vencido, estava até com o troféu nas mãos, quando encontrei com eles. Eles me perguntaram o que era, eu respondi, conversamos sobre o assunto, eles gostaram e pediram que eu realizasse um em Alvinópolis Fui lá, detaPor que você acha que os Festivais deixaram de ser realizados? A música tomou um caminho que foge totalmente ao valor artístico. Não há harmonia bem trabalhada, não há a candura literária e até a questão rítmica tem as suas implicações nos dias de hoje (a priori). A seleção de cantores não existe mais. Basta ser bonitinho, a exemplo das novelas. Nenhuma modalidade de eventos abre mais vitrines para novos artistas, nem movimenta tantos músicos. Um festival pequeno movimenta no mínimo 100 músicos, poetas e compositores. O que fazer para que os festivais voltem a cair no gosto do povo e para que as prefeituras e outras instituições passem a acreditar e a investir? É questão da qualidade. Ninguém vai a um festival para ver a música da “metralhadora” e nem da eguinha xopotó. Muito menos letras como as da maioria dos Funks, que chegam a deprimir as mulheres. Prefeituras e nenhuma instituição patrocina essas coisas. Qual a análise que você faz do público consumidor de cultura hoje em dia? Perdoe-me, mas eu não gosto da expressão “consumidor de cultura”. Ela abre caminho para tornar o corriqueiro em cultura. E é justamente o que vem acontecendo. Vivemos a época das cavalgadas. Uma modalidade de entretenimento que tomou o nome de cultura, mas que, nos Estados Unidos, teve fim há duzentos anos. Na era do faroeste. O Brasil é mais novo do que os Estados Unidos somente cinco anos. E festa, shows etc não é cultura, É entretenimento. Cultura é outra coisa. Está impregnada na pessoa que buscou, ao longo de suas experiências, entender situações, Saber o que é arte e o que não é. Entender que até o que comemos e vestimos são questões culturais. É justamente por isto que a cultura é uma forma seletiva de pessoas. Como você avalia o futuro da música? Há espaço para a poesia, para conteúdos mais profundos, para músicas mais elaborada? Como há! João Bosco e Chico Buarque lançaram há pouco tempo a música Sinhá, que retrata o romance que se tornou novela por umas quatro vezes. Ouça e veja que coisa linda. P que não esta havendo é mercado, que sucumbe à aquilo que não é cultura. Por isto não há espaço. Mas o futuro, em tudo neste mundo, é de quem sabe. Como você acha que o poder público enxerga a arte e a cultura? É cego. Enxerga o voto, porque o voto da o poder. O que você acha da frase “cultura não dá voto”. Será que tudo tem de gerar voto? Para o político, na atual conjuntura, é assim. Só o voto interessa. A cultura que se dane. O saber que se dane. O futuro que se dane. O que você diria para os prefeitos e secretários de cultura sobre cultura? Ou não diria nada? Nada, porque eles também não entenderiam nada. Você continua compondo? Já pensou em produzir e gravar suas músicas? Parei. Nunca pensei em gravar profissionalmente. Já pensou em escrever um livro – seja de ficção ou romance – passando um pouco das experiências e pensamentos para quem está chegando? Nunca havia pensado. Ultimamente estou escrevendo um sobre minha família, desde as origens, portuguesa, espanhola, e eu, particularmente que carrego também sangue de francês. Que conselhos você daria aos artistas de hoje? Popularesco ou arte pela arte? Arte pela arte. Popularesco já temos muito que figuram ai em duplas, que estão todos os dias nas telas da televisão, que atormentam nossos ouvidos nos carros de som, enfim, precisamos é de novos Grande Otelo, Paulo Autran, Bibi Ferreira, Tom Jobim e outros tantos para purificarem esses ares que estamos respirando ultimamente. João Monlevade está completando 52 anos. O que você deseja ou projeta para a jovem cidade? Meus votos são para que o nosso povo deixe de votar em politicos profissionais, que pensam somente neles, e em candidatos amadores, desprovidos de qualquer capacidade administrativa,, como estamos vivendo atualmente, para que nosso município tenha o seu lugar ao sol como sonhado por todos os seus pioneiros. lhamos e realizei. Foi uma festa bonita. Em que saiu vencedora uma turminha de Sete Lagoas. Monlevade fazia festivais maravilhosos. Teve uma primeira fase, sempre com Guido Walamiel no meio. Eu cheguei a participar de um desses festivais no Grêmio. Você participava nessa época? Participei de um em que fiquei em segundo lugar com música defendida pela Neide Roberto. Depois você levou o FESTIVAL dos FESTIVAIS de Minas para Monlevade. Como foi essa experiência? Foi boa! Apesar de ter apresentado meu protesto junto à comissão da Turminas, promotora do evento, por ter colocado no júri um tal de Kiko Ferreira, um analfabeto que se meteu a poeta naquela época. A Turminas tinha interesse em promovê-lo, mas eu estava tão certo que ele nunca mais apareceu. E meu protesto foi antes de iniciar o festival. Mas valeu porque as músicas vencedoras eram ótimas. Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998 Cidademais Comunicações Ltda. CNPJ.: 07.823..807/0001-73 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com

[close]

p. 3

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 3. especial Já em sua nona edição, o Prêmio, realizado a cada dois anos, visa reconhecer os prefeitos que mais estimulam o desenvolvimento das micro e pequenas empresas (MPE) em seus territórios. Entre os quesitos analisados incluem-se aqueles que contribuíram efetivamente para a redução da burocracia, ampliação das compras públicas e formalização dos pequenos negócios. “Não dá para pensar em desenvolvimento se não pensarmos no crescimento dos municípios. Por isto, a importância de termos as cidades conosco neste Prêmio. Afinal, quando elas se inscrevem, provam que estão trabalhando em favor dos pequenos negócios, que representam 99% do conjunto das empresas brasileiras”, assinalou o superintendente do Sebrae Minas, Afonso Rocha. Antônio Carlos conquista 1º lugar no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Divulgação São Gonçalo do Rio Abaixo - O prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Antônio Carlos Noronha Bicalho, recebeu na noite dessa quarta-feira (27), o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, biênio 2015/2016. O município concorreu em duas categorias, e o projeto classificado em primeiro lugar como a melhor ação do Estado de Minas Gerais foi “Campo Fértil - Agricultura contribuindo com o desenvolvimento Econômico de São Gonçalo”. A cerimônia de premiação ocorreu na sede do Sebrae MG, em Belo Horizonte. Nesta edição, o Sebrae Minas recebeu projetos de 184 cidades inscritas, que foram avaliados por técnicos da Fundação João Pinheiro (FJP). Trinta e quatro projetos chegaram à fase final da competição e oito conquistaram o prêmio. Entre os municípios que concorriam nas mesmas categorias estavam Coronel Fabriciano, Diamantina, Ipatinga, Poços de Caldas e Ponte Nova. São Gonçalo do Rio Abaixo concorre, agora, ao Prêmio de Melhor Projeto Nacional. Para o prefeito Antônio Carlos, a premiação mostra que o trabalho realizado está no caminho certo. “Agradeço todo o empenho e comprometimento da minha equipe de Governo que não Antônio Carlos com o presidente Sebrae MG, Olavo Machado mede esforços para garantir o melhor para toda a população são-gonçalense. O prêmio nós já temos e hoje tivemos o reconhecimento. Conseguir fazer o que fizemos pelos produtores rurais é o maior prêmio que já recebi. Trazer o troféu para São Gonçalo nos dá a certeza de que fizemos o melhor”, destacou. Antônio Carlos também foi um dos vencedores da 8ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, em 2014. Na ocasião, São Gonçalo foi campeão na categoria ‘Sustentabilidade’ e o projeto que rendeu o título ao município foi o Cercar para Não Secar que incentiva o produtor rural a cercar as nascentes existentes em suas propriedades. Melhor Projeto de Minas Gerais A ação vencedora da categoria `Melhor Projeto de Minas Gerais’ foi “Campo Fértil - Agricultura contribuindo com o desenvolvimento Econômico de São Gonçalo” tem como foco o programa Campo Fértil, implantado em setembro de 2013 e que vem mudando a realidade dos produtores rurais do município de São Gonçalo do Rio Abaixo. A Via Verde é a empresa contratada pela Prefeitura para ofertar consultoria técnica aos pequenos produtores rurais que atua juntamente com a equipe da Secretaria de Agricultura. Por meio da assistência técnica foi possível me- lhorar o manejo: identificar a capacidade de suporte das pastagens, ou seja, quantos animais por hectare, e identificar ainda a área degradada em cada propriedade diagnosticada. Também foi mapeada através do diagnóstico, a produção agrícola e agropecuária: número do rebanho, leite produzido assim como a quantidade de banana cultivada. Além de orientação técnica, os produtores recebem insumos como adubos e calcário, maquinário para aração de terras, veterinário para dar suporte nas inseminações artificiais, doação de sêmem, entre outros. A Prefeitura tem investido também em políticas públicas que complementam as ações do Campo Fértil. São exemplos, a Casa do Empreendedor, a implantação do Selo de Inspeção Municipal (SIM), aquisição de merenda escolar por mio de produtores da agricultura familiar de São Gonçalo, além dos investimentos feitos na zona rural em asfaltamentos, calçamentos, reformas e ampliações de escolas, inauguração da Unidade Básica de Saúde da comunidade do Una, entre outros. Benefícios estes que proporcionam qualidade de vida aos produtores rurais e evitam o êxodo rural. Essas ações beneficiam não apenas o produtor rural, mas toda a população que usufrui direta ou indiretamente dos be- nefícios proporcionados pelas ações conscientes de uma gestão empreendedora, preocupada em promover o desenvolvimento do município de forma sustentável e integrada, trabalhando com responsabilidade e transparência. Prêmio Juscelino Kubitscheck (PSPE) Organizado em duas categorias, uma estadual e outra nacional, o Prêmio Sebrae abrange a grande maioria dos municípios brasileiros, conclamando e incentivando os gestores públicos a modernizarem suas administrações, oferecendo condições para que os pequenos negócios (que envolvem 99% das empresas brasileiras) tenham cada vez mais acesso ao mercado, à inovação e ao crédito. Extrato de Edital de Chamada Pública Extrato de Edital para Chamada Pública – Agricultura Familiar - A Caixa Escolar da E. E. Louis Ensch realiza Chamada Pública nº 001 / 2016 para Aquisição de Gêneros Alimentícios da Agricultura Familiar, do Empreendedor Rural ou de suas organizações para Alimentação Escolar. Os Grupos Formais e Informais deverão apresentar a documentação prevista artigo 27 da Resolução FNDE nº 26/13, para habilitação e Projeto de Venda até o dia 09/05/2016 -às 9:00, na E. E. Louis Ensch, localizada na Rua São Domingos do Prata, n° 35 Bairro José Elói – João Monlevade, MG – CEP 35.930-199 – Telefone (031) 3851-1620, e-mail: escola.103471@educacao.mg.gov.br. Os quantitativos e gêneros alimentícios estão disponíveis na página da Internet: http:// agriculturafamiliar.educacao.mg.gov.br PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS Aviso de Licitação: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 01/2016 no dia 30/05/2016 às 09:00h. Objeto: execução de pavimentação em bloquetes pré-moldados e execução de rede pluvial. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações da Prefeitura, ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Bela Vista de Minas, 27 de agosto de 2016. Maiores informações: telefax: (31) 3853-1271/1272. Wilber José de Souza – Prefeito Municipal

[close]

p. 4

BOM DIA 2016 29 de abril Sexta-feira 4 sociais.12 1º Encontro de Mulheres de Alvinópolis Com o objetivo de fortalecer através da troca de experiências, conhecimento sobre diversas aréas temáticas que venham contribuir para educação, cidadania, direitos humanos, gênero, política, cultural, social e de informação no resgate da identidade a favor da mulher, Ester Sanches Naek promoveu o 1º Encontro de Mulheres de Alvinópolis no início deste mês de abril. O tema deste encontro foi “A força da mulher líder em suporte à comunidade feminina do Médio Piracicaba”, que teve a coordenação geral de Leila Pavan com apoio de uma equipe de voluntárias que cuidou para que o evento fosse coroado de sucesso pela organização. Na ocasião, foi servido almoço , coffee break e coquetel, com participação gratuita para cerca de 500 pessoas no Salão Espaço Fest.

[close]

p. 5

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 5. especial Delci afasta disputa por candidatura com Danilo Arquivo Pessoal Deputado cobra liberação de projetos que podem gerar mais de mil empregos Barão de Cocais – O deputado estadual Raimundo Nonato Barcelo, o Nozinho (PDT) esteve com o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Sávio de Souza Cruz, acompanhado do prefeito Armando Verdolin, solicitando agilidade na análise de processos ambientais considerados fundamentais para o desenvolvimento econômico da região. Dentre os projetos estão o de ampliação da extração mineral da Mina do Bau, da MR Mineração, que passariam de 300 toneladas/ano para quase 2 milhões de toneladas/ano e com a possibilidade de geração de mais de 500 empregos diretos e indiretos. Outro projeto que depende de licenciamento é o da Mina Dois Irmãos, da Mineradora Serra Azul, com projeção inicial de extração de 1,5 milhão de toneladas/ano e geração de cerca de 150 empregos diretos e 350 indiretos. Uma característica do projeto da Mina Dois Irmãos é que não há utilização de barragens de rejeitos nas operações. Mina de Gongo Soco Desde 2009 fala-se no encerramento das operações na Mina do Gongo. A Vale, no entanto, conseguiu estender por mais alguns anos a exploração. Atualmente os elevados custos de extração e o preço do minério inviabilizam as operações na mina. IEF de João Monlevade Outra pauta da reunião com o secretário foi sobre o Núcleo Operacional de Florestas, Pesca e Biodiversidade do Instituto Estadual de Florestas (IEF) de João Monlevade. De acordo com o deputado ele foi procurado por lideranças da região que estariam preocupadas sobre um possível fechamento do órgão no município. O secretário Sávio salientou que não existe essa possibilidade de fechamento já que o Núcleo presta relevantes serviços. Delci diz que o candidato será escolhido através de pesquisa João Monlevade – O contador e pré-candidato a Prefeitura de João Monlevade, Delci Couto (PDT), afastou qualquer possibilidade de haver uma disputa interna pela disputa nas eleições com o comerciante Danilo Dias. Ele confirmou que am- bos estão trabalhando em prol de um mesmo projeto. “Temos encontrado regularmente e discutido o que poderíamos fazer juntos pela cidade. Sempre conversamos abertamente sobre estes assuntos. Não nenhum tipo de disputa ou vaidade.” “Vejo a situação hoje mais como um trabalho em equipe. Não existe disputa. Veremos através de pesquisas quem de nós estará melhor avaliado para disputar as eleições. O que for escolhido terá o poio incondicional do outro sem nenhum problema”, explicou. Hiper Comercial Monlevade informa Em cumprimento a determinação da Convenção Coletiva do Trabalho, o Hipermercado estará fechado no domingo - 1º de Maio – Dia do Trabalhador. Na sexta-feira (29/04), Aniversário de João Monlevade, o funcionamento será normal.

[close]

p. 6

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA especial João Monlevade 52 anos 6. João Monlevade - Terra de história, cultura, trabalho e de talentos. João Monlevade é um munícipio jovem, porém de grande importância no cenário mundial. Muitos a conhecem como grande exportadora de aço. A quem a veja como exportadora de talentos. Mas apenas quem vive aqui sabe que João Monlevade tem muito a contribuir com o mundo. João Monlevade tem potencial para ser destaque no esporte, na literatura, no teatro e na música. Um município que com- Sérgio Henrique Braga Um município que completa 52 anos de emancipação, mas tem uma história centenária de construção, inovação e reconstrução pleta 52 anos de emancipação, mas tem uma história centenária de construção, inovação e reconstrução. “João Monlevade é um lugar que costumamos chamar de diferenciado. Atípico. Talvez, em razão suas origens europeias, vindas de uma cultura milenar, do Velho Continente”, disse o jornalista, escritor e historiador Marcelo Melo. Toda essa história é muito bem detalhada por Afonso Alves Torres de forma leve, sem ser breve, da chegada de seu fundador, o francês Jean-Antoine Feliz Dissandes Monlevade, até os desdobramentos após seu falecimento. João Monlevade de hoje é o reflexo da história de empreendedorismo de seu fundador e da luta de sua população que construíram uma cidade ‘atípica’ no melhor sentido da palavra.

[close]

p. 7

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 7. Sérgio Henrique Braga especial Personagens de sua fundação Muitas foram as pessoas responsáveis por Monlevade chegar aos seus 52 anos, entre operários, políticos e empresários, que ajudaram a construir e tanto contribuíram para o seu desenvolvimento sócio-econômico. E tudo iniciado com o francês Jean Antoine Félix Dissandes Monlevade, que deu origem ao nome da cidade. E, mais tarde, com o luxemburguês Louis Jaques Ensch, que aqui fez ressurgir a Usina de aço e fez dela referência nacional na siderurgia. E, felizmente, por aqui passaram homens sérios e comprometidos, e que não fizeram da política profissão e nem para tirar proveito próprio. Tinham sim uma preocupação e um objetivo: realizar pelo município e pelo seu povo. E, entre os primeiros governantes, pós abril de 1964, podemos citar Wilson Alvarenga, Germin Loureiro (Bio), Antônio Gonçalves (Pirraça) e Lúcio Flávio de Souza Mesquita (Dr. Lúcio), como ícones da política monlevadense. Foram empreendedores, cada um ao seu estilo, e tão bem representaram a nossa cidade. Bio, na infra-estrutura; Pirraça, na educação; Dr. Lúcio; na cultura. Os três, juntos, governaram João Monlevade por 26 anos. E muito fizeram por esta terra. Texto do jornalista, escrito e historiador Marcelo Melo Onde tudo começou: parcial do Centro Industrial de João Monlevade

[close]

p. 8

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 8. especial lho do Elcimar. Também contamos com grandes músicos, como o baterista Talles Lammas”. Shows pela região Josagno Motta disse que, apesar de vender shows por todo o país, como Atibaia SP, Armação Dos Búzios RJ, Conservatória RJ, Trancoso, Porto Seguro BA, tem dedicado parte da agenda para atender as cidades do Médio Piracicaba. “Esse ano, já tocou em Bom Jesus do Amparo, Nova Era, Ponte Nova, Oliveira e Extrema. Já tenho apresentações agendadas em Goiabal, Dionísio e Itabira. De uma forma geral, a equipe da Banda Josagno Motta agradece o carinho de todos. Fica ainda nosso agradecimento a todos os lugares por onde passamos e as pessoas com quem fizemos contato. Esse ano de 2016 é bem especial e a gente espera que continue assim. Afinal… “Isso é só o começo…” Josagno Motta. Projeto CD ao vivo Josagno Motta é sucesso Divulgação Josagno Motta viu sua carreira entrar em uma nova fase João Monlevade – Desde que lançou um projeto do CD ao vivo, Josagno Motta viu sua carreira entrar em uma nova fase. Sua agenda de shows, cada vez mais recheada, traz apresentações por diversos lugares do Brasil. O numero de seguidores do seu trabalho nas redes sociais vem crescendo a cada dia mais. O cantor, que também é artista plástico, esteve na redação do Jornal Bom Dia, onde contou que fechou parceria com grandes empresas de eventos que comercializam shows por todo o país. “Estou muito satisfeito com a recepção por onde passamos. Fizemos uma reunião com o Prefeito da nossa cidade Teófilo Faustino Miranda Torres Duarte, e segundo ele podemos contar com seu apoio cultural. Nossa equipe passou email com propostas de Shows para Claira Ferreira da Fundação Casa De Cultura de João Monlevade, por tanto esperamos que em nossa cidade não seja diferente”. A faixa de trabalho “Tatá” vem tocando nas principais rádios da região. E Motta já trabalha no lançamento da música “Pancadão”. Ele traz no seu currículo grandes parcerias, como o cantor Gian, da dupla Gian e Giovani. A abertura do calendário de eventos agropecuários também foi outro ponto que promete fazer com que a agenda passe a ser mais concorrida. “Para nós cantores, o ano começa com a abertura deste calendário”, disse. A versão do CD ao vivo de seu show foi criada em parceria com o produtor musical Elcimar Martins. “Estou muito feliz e satisfeito com o traba-

[close]

p. 9

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA especial João Monlevade e Prata irão ratear fiscalização do SIM 9. Breno Botelho pes (PMDB). Segundo ele, a ação ficou marcada pela falta de bom senso e diálogo. O vereador Belmar Diniz (PT) lembrou que os vereadores aprovaram o projeto de implantação do SIM em 2015. De acordo com ele, também é papel do vereador cobrar o cumprimento do que é aprovado pelo Legislativo. “A partir do momento que aprovamos uma lei, nós fazemos um acompanhamento para saber será lei está sendo cumprida? Eu duvido!” Ele usou como exem- plo o Código Sanitário, aprovado em 2013 e ainda não foi implantado. Sinval Dias Justificou a demora da prática do SIM devido à proposta de fazer a nível regional. Belmar cobrou fiscalização dos vereadores João Monlevade – O prefeito de João Monlevade, Teófilo Torres (PSDB), e o prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla (PSDB), se reuniram ontem (28) para colocar em prática o Sistema de Inspeção Municipal (SIM), através de um consórcio regional. A regulamentação do sistema vai permitir que açougueiros e produtores de leite, mel e seu derivados possam ser regularizados através de inspeção sanitária. A proposta de criação do SIM a nível regional, vinha sendo discutida desde o ano passado, porém apenas as duas cidades da região se interessaram em participar. A união teria como objetivo ratear o custo da fiscalização. A solução foi tomada após o Ministério Público ordenar a apreensão de carnes e derivados de leite vendidos sem inspeção sanitária no município. Na oportunidade, mais de 2 toneladas de carne e queijo foram despejados no aterro sanitário. Durante a reunião da Câmara de quarta-feira (27), os vereadores criticaram a forma com que a ação foi conduzida. O vereador Guilherme Nasser (PSDB) disse que os comerciantes deveriam ser apenas notificados. “Foi uma covardia jogar a carne no aterro sanitário”. Ele ainda lembrou que a carne vendida nos açougues de João Monlevade não apresenta histórico de má qualidade. “A única carne que comprei estragada em João Monlevade era ‘sifada’ (que passou por inspeção)”. A mesma linha foi adotada por outros vereadores, como Fabrício Lo-

[close]

p. 10

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 10. especial no e do inverno, uma doença bastante comum entra em cena: a gripe, cuja transmissão é favorecida, nos dias mais frios, pelo maior agrupamento de pessoas em ambientes fechados. Se não for tratada, a gripe pode causar complicações graves, e inclusive a morte. Para se prevenir contra a gripe, é muito importante mudar alguns hábitos como: lavar a mão com mais frequência e levar o antebraço à boca ao espirrar ou tossir; evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e manter os ambientes bem ventilados, além de cuidar da saúde e dormir bem. Divulgação Prefeituras têm até 20 de maio para cumprir meta de vacinação contra a gripe Geral - Mais de quatro milhões de mineiros devem tomar a vacina contra a gripe na campanha de 2016 que, oficialmente, acontece de 30 de abril a 20 de maio. Devem ser vacinadas as pessoas do considerado grupo prioritário – idosos acima de 60 anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e menos de 5 anos de idade, profissionais de saúde, indígenas, além dos doentes crônicos, como pessoas com diabetes, asma, bronquite e hipertensão. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recomendou aos municípios iniciarem a campanha no dia 25 de abril (segunda-feira), mas cada prefeitura define o seu calendário de vacinação. Em João Monlevade, a campanha terá início neste sábado (30). A vacina é produzida segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), com base nos vírus que estão circulando em cada hemisfério em um dado momento. A população tem acesso à vacina, gratuitamente, nos postos de saúde da rede pública, com as doses que protegem contra os três subtipos do vírus da gripe: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2), e Influenza B. A doença Com a chegada do outo- Vacina é produzida segundo as recomendações da OMS

[close]

p. 11

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 11. especial de procurar um posto de saúde antes de ir para o Pronto Atendimento (PA)”. Sobre o PA, o vereador ainda falou que, mesmo com o aumento das equipes que triagem e acolhimento, a recepção continua lotada. Postos de Saúde estão aptos a fazer atendimentos de suspeitas de dengue Divulgação João Monlevade – Os postos de saúde de João Monlevade têm medicamentos, pessoal e equipamentos necessários para fazer um primeiro atendi- mento para pessoas que suspeitam ter adquirido o vírus da dengue, chikungunya ou zika. A informação foi repassada pelo vereador Belmar Diniz (PT) durante reunião da Câmara nessa quarta-feira (27). Ele esteve em alguns postos de saúde da cidade e recebeu a garantia de suas gerências que o local tem condições de atender. Belmar lembrou que os postos de saúde trabalham com uma vaga de atendimento reservada para emergências. “O que falta é essa cultura Monlevadenses podem procurar os postos de saúde

[close]

p. 12

sexta-feira, 29 de abril de 2016 BOM DIA 12. especial Festival gastronômico é atração nos 52 anos de João Monlevade João Monlevade – Como parte da programação das comemorações dos 52 anos de João Monlevade, a Prefeitura, Através da Casa de Cultura, irá realizar um festival gastronômico durante tarde/noite do próximo sábado, dia 30 de abril. O festival Aproveite Minas é um evento de potencial turístico que representa um avanço rumo ao fortalecimento dos segmentos correlatos à atividade e à diversificação das atividades econômicas das cidades mineiras, amplo território de história e cultura. O Aproveite Minas tem o objetivo de valorizar a gastronomia no viés cultural das cidades mineiras, tornando-se uma oferta de produto turístico, aproveitando as potencialidades de produtos locais além de uma alternativa para aquecer o Turismo em épocas de sazonalidades. Além disso, o projeto busca também divulgar a cultura local, através da inclusão de vários aspectos em sua oferta, como a música, dança, artesanato, folclore e ainda busca estimular o desenvolvimento da cultura cervejeira, onde em Minas, a cada dia se expande. Para o aniversário de João Monlevade, a produtora Minas é Gerais, criadora do evento, desenvolveu uma programação extensa e complexa, buscando envolver diversos segmentos culturais da cidade. No Festival Gastronômico o evento contará com a participação de 10 restaurantes, que apresentarão pratos especiais. Para beber, 5 cervejarias estarão presentes com os melhores choop´s artesanais e cervejas especiais, além de sucos naturais e drink´s também exclusivos para o evento. As cervejarias participantes são Prussia, Vila Alemã, Bruder, Ashby e Backer. Para harmonizar com as delícias servidas, não poderia faltar uma música de qualidade e para tal Mike Santos e Ricardo Drummer estarão presentes, além da base de nossa cultura musical, o samba de raiz executado pela banda Soul do Samba em seu novo projeto “Samba de Roda”. Uma atração nacional também estará abrilhantando o evento, com a participação do Hugo Canuto, que vem arrastando multidões por onde passa. Exposições de fotografias antigas e contemporâneas, intervenções teatrais e de dança e artesanato deverão complementar o cardápio cultural. Cardápios Especiais O Pão de Queijo Ideal, novidade no mercado em Minas Gerais, apresenta seus produtos no festival, e especialmente: Pão de queijo Mineiro recheado com molho de ragu de pernil e bacon. O Pé de Porco, estabelecimento tradição que comemora e contribui com o progresso de João Monlevade há 42 anos, apresenta o angu à mineira, com queijo canastra e ragu de boi na cerveja. O Wasabi Sushi Bar vai apresentar sua fusão de sabores no festival com o tempurá de salmão (salmão fresco, empanado na massa de tempurá, com cream cheese e muçarela, acompanhado de molho thai). O Saboritto Pizza Kone vem com grandes novidades. A partir de maio, o restaurante apresenta suas novas instalações e um novo pizzaiolo, que veio direto de São Paulo para criar as novas pizzas. No Aproveite Minas, a pizza principal será a Trentina - pizza de mussarella de buffala, tomate seco e rúcula. A sua mais nova opção de comida saudável em João Monlevade estará no Festival Aproveite Minas. A Leve Sabor participará com deliciosas opções de tapiocas e crepes doces e salgados. O destaque será a incomparável massa de tapioca recheada com queijo minas frescal levemente derretido e goiabada. O Rock & Dog Dogueria vai apresentar o Hot Dog burguesia, que tem como ingrediente especial, cream cheese e peperoni. Além de pão, molho de tomate, salsicha alemã Frankfurt, batata palha e muçarela grelhada no maçarico. O ChurrasQuim vai apresentar o melhor do churrasco com o Sushi Mineiro - meat balls feitas com blend de carne bovina e suína, com muçarela envolto com bacon, assado e defumado com molho barbecue. O Dona Lourdes irá apresentar o Risole de massa de queijo, com opção de sabores em carne de sol com moranga e catupiry, frango com abacaxi. A Pizzaria Karas e Korpus é mais um dos restaurantes confirmados para o nosso Festival e irá apresentar a batata assada nos sabores frango, bacon e requeijão especial. O restaurante Tokyo traz uma de suas especialidades: o Harumaki, ou rolinho primavera, como é mais conhecido no Brasil. Os rolinhos são preparados em fina massa especial, com recheios variados e depois fritos. Hospital Margarida O Festival Aproveite Minas João Monlevade está realizando a campanha “Aproveite e ajude” recolhendo doações para o Hospital Margarida. Serão recolhidos alimentos não perecíveis ou material de limpeza durante o evento. Mais informações: www.facebook.com/AproveiteMinas/

[close]

Comments

no comments yet