Fiequimetal Informa Fev-2016

 

Embed or link this publication

Description

Boletim «A Fiequimetal Informa» (distribuído pelos sindicatos filiados sob a denominação «O Sindicato Informa»)

Popular Pages


p. 1

Informa! exploração a m ra ta n e um imos anos a sto e dependente. lt ú s o d s o dos govern ais empobrecido, inju As políticas um país m e deixaram O aumento dos salários constitui um factor determinante para a melhoria das condições de vida dos trabalhadores, a dinamização da economia e da procura interna, potenciando ainda o investimento na produção nacional e a criação de mais e melhor emprego, combatendo simultaneamente a pobreza. É ju s o i r á l a s r a Aument el, é urgente v í s s o p é , o st Én buir a i r t s i d o i r á ecess riqueza fiequimetal FEV. 2016 Luta fez emergir nova fase na vida política nacional A luta desenvolvida nas empresas e nas ruas contribuiu para que, das eleições legislativas, surgisse uma nova fase na vida política nacional, com condições mais favoráveis para responder aos problemas dos trabalhadores. É necessário prosseguir a luta por uma ruptura efectiva com as políticas anteriores e de intensificar a acção reivindicativa nas empresas com a exigência de defesa, reposição e conquista de direitos para os trabalhadores. Associações patronais já têm as nossas propostas Já foram apresentadas propostas a diversas Associações Patronais onde a Revisão Salarial é prioritária tal como nos cadernos reivindicativos apresentados em muitas empresas dos sectores de actividade do âmbito da Fiequimetal.

[close]

p. 2

Reivindicações da Fiequimetal para 2016 • • • • • • • • Aumento geral dos salários em pelo menos 40,00€ para cada trabalhador; Redução progressiva do Horário de Trabalho, sem diminuição da retribuição, com vista a atingir 35 horas semanais; Reposição da Contratação Colectiva e dos Direitos que a mesma consagra; Revogação das Normas Gravosas do Código do Trabalho; Exigir o desbloqueio das remunerações nas empresas do Sector Empresarial do Estado; Eliminação da Precariedade; Eliminação das Discriminações; Aumento do Salário Mínimo Nacional, fixando-o em 600,00€. Há condições para aumentar os salários Os lucros obtidos em muitas empresas, ao longo destes anos, com destaque para as multinacionais - que impõem a prática de baixos salários, usam e abusam da mãode-obra precária, fogem ao cumprimento dos direitos e impõem ritmos de trabalho geradores de doenças profissionais e acidentes - mostram que existem condições para aumentar efectivamente os salários. Para onde foi canalizada a riqueza que produziste? Em apenas 35 empresas, dos vários sectores de actividade do âmbito da Fiequimetal, foram atingindos mais de 2.713 Milhões de euros (M€) de resultados líquidos. • • • • • • • • Sector da Energia - Lucros superiores a 1.946 M€ Sector Gráfico, Papel e Imprensa - Lucros superiores a 232 M€ Sector Automóvel - Lucros superiores a 104 M€ Sector dos Fabricantes do Material Eléctrico e Electrónico - Lucros superiores a 60 M€ Sector da Metalurgia e Metalomecânica - Lucros superiores a 26 M€ Sector Mineiro - Lucros superiores a 68 M€ Sector Farmacêutico - Lucros superiores a 46 M€ Sector Químico - Lucros superiores a 231 M€ Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Eléctricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas - CGTP-IN

[close]

Comments

no comments yet