Jornal Via Tecnológica 19º Edição

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Via Tecnológica 19º Edição

Popular Pages


p. 1

Faculdade de Tecnologia de Botucatu Dando prosseguimento ao processo de formação dos alunos da Fatec, no último dia 19 de fevereiro, assim como ocorre a cada início de semestre letivo, aconteceu a solenidade de formatura dos alunos, presidida pelo Professor Doutor Roberto Antonio Colenci. Homenageando o Professor Doutor Antonio de Pádua Souza, nome das turmas, e o Professor Doutor Celso Fernandes Joaquim Junior, Patrono, receberam seus diplomas, formados da vigésima segunda turma de Tecnólogos em Informática para Negócios e Tecnólogos em Logística, da décima turma de Tecnólogos em Agronegócio e Tecnólogos em Produção Industrial e da nona turma de Tecnólogos em Radiologia. Os formados tiveram como paraninfos os professores Ms. Aline Aparecida de Oliveira Montanha, da Turma de Tecnólogos em Agronegócio, Dr. Ricardo Rall, da Turma de Tecnólogos em Informática, Dr. Paulo André de Oliveira da Turma de Tecnólogos em Logística, Ms. Gilson Eduardo Tarrento, da Turma de Tecnólogos em Produção Industrial e Dra. Marjorie do Val Ietsugu da Turma de Tecnólogos em Radiologia. Representando todos os formados dos cursos, a Tecnóloga Jéssika de Oliveira Francisco recebeu o Grau de Tecnólogo, o Juramento do Tecnólogo foi feito pela Tecnóloga Andreia Aparecida Vilhena e o Tecnólogo Sílvio Eduardo Luiz foi o orador de todas as turmas. Depois da entrega dos merecidos diplomas, foram homenageados os professores Dr. Celso Fernandes Joaquim Júnior, Patrono, Ms. Aline Aparecida de Oliveira Montanha, Dr. Ricardo Ghantous Cervi, Prof. Dr. Paulo André de Oliveira, Ms. Vítor de Campos Leite, Dra. Marjorie do Val letsugu, Dra. Rejane de Lima e Silva, Dr. Ricardo Rall, Ms. Renato Luiz Gambarato, Ms. Gilson Eduardo Tarrento e Dra. Fernanda Cristina Pierre. A funcionária Ângela Cristina Tomazetti recebeu merecida homenagem. Tradicionalmente, o Rotary Clube de Botucatu – Norte oferece o Prêmio de Melhor Desempenho Acadêmico e os formados Isabela Radicchi do Curso Superior de Tecnologia em Logística, Ana Paula Padovan do Curso Superior de Tecnologia em Produção Industrial, Eduardo Teixeira de Almeida do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio, Leonardo Henrique Zapparoli do Curso Superior de Tecnologia em Informática para Negócios e Reinaldo Ferreira Salgado do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia, foram premiados pelo excelente desempenho durante os cursos. O Engenheiro Mário Eduardo Pardini Affonseca, Superintende da Sabesp Botucatu, procedeu a entrega dos prêmios aos graduandos que participaram do Concurso de Inovações em Uso Racional de Recursos Hídricos e Energéticos, por meio de uma parceria entre Sabesp e Fatec Botucatu. Receberam seus prêmios, em primeiro lugar, José Gabriel da Silva Neto, graduando do Curso Superior em Produção Industrial, pelo trabalho Redirectorthermcontrol – RTC: O não desperdício e Reuso de Água Limpa de Banho em Habitações Sociais com Sistema de Aquecimento Solar, orientado pelo Professor Mestre José Benedito Leandro e, em segundo lugar, Jéssica Regina de Oliveira Rossi, graduanda do Curso Superior de Produção Industrial, pelo trabalho Sustentabilidade com a Produção de Biodiesel a partir do Óleo de Fritura e Utilização da Glicerina para Produção de Detergente Líquido e Sabonete Líquido Glicerinados, orientada pelos Professores Doutores Ivan Fernandes de Souza e Osmar Delmanto Junior. Terminados os procedimentos regulamentares deu-se por encerrada a formatura e os formados, demonstrando bastante alegria e descontração, Ao centro, Eng. Mário Pardini, Superintendente da Sabesp, ladeado pela fizeram o tradicional arremesso dos capelos ao ar e foram cumprimenta- Sra. Maria Aparecida “Pida” Pardini, sua genitora e pelo Diretor da Fatec, Professor Doutor Roberto Antonio Colenci. dos por familiares e amigos. 01 FORMATURA DA VIGÉSIMA SEGUNDA TURMA DA FATEC Ano 6 nº 19 mar. 2016

[close]

p. 2

CANTINA REINAUGURADA Depois de três anos, volta a funcionar nas instalações da nossa Fatec uma cantina. Ampliada e funcional. Veio ao encontro das expectativas dos alunos, muitos dos quais saem diretamente do trabalho para a faculdade. É a oportunidade para repor as energias para assistir às aulas ressaltam os alunos. Sob a responsabilidade da família do Sr. Carlito, no ramo há trinta e dois anos, a cantina oferece, desde 16 de fevereiro, o tradicional das cantinas, mas com um diferencial: massas frescas, pratos prontos de várias massas e molhos, que após alguns minutos no forno estão prontas para serem servidas. E, ainda, aceita encomendas. Por meio do seu escritório de contabilidade, o Sr. Carlito soube da licitação para a cantina e prontamente fez a sua proposta no certame. Dentre os seis participantes, a Pastelaria e Rotisserie Carlito foi a que ofertou o melhor lance e foi escolhida a vencedora. Nos próximos doze meses com possibilidade de renovação por mais quatro anos, alunos e funcionários da Fatec poderão desfrutar da qualidade dos produtos oferecidos. Informalmente, um dos membros da família e seus funcionários, comentaram que a frequência de alunos e funcionários tem atendido às expectativas e também a família do Sr. Carlito está surpresa pela receptividade. É motivador poder atender às expectativas dos quase mil e quatrocentos alunos e funcionários da Fatec. Merece destaque também o empenho e a dedicação da Direção e da Diretoria Administrativa que muito contribuíram para acelerar o processo de escolha dos candidatos. Por ocasião da tomada das fotos, informalmente alguns alunos disseram que a cantina chegou em bom momento, atende bem e tem boa variedade de alimentos. Conheça melhor a empresa em www.carlitopastelaria.com.br e no facebook em carlito pastelaria. VESTIBULAR PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 Tradicionalmente os vestibulares da Fatec são realizados nos meses de julho e dezembro para todos os cursos. O último vestibular, ocorrido em dezembro de 2015, teve um total de 1046 candidatos inscritos para um total de 280 vagas, distribuídas nos cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistema matutino e noturno, Agronegócio, Produção Industrial, Logística e Radiologia. Particularmente, o único curso da Fatec a distância – EaD, Gestão Empresarial, teve a inscrição de 168 candidatos. A distribuição da procura pelos cursos foi de: 120 candidatos para o Agronegócio, 60 para Análise e Desenvolvimento de Sistemas matutino e 139 para o noturno, 146 para Logística, 171 para Produção Industrial e 242 para Radiologia. Os alunos aprovados foram recebidos na Fatec na primeira semana de fevereiro, conforme matérias deste jornal e atualmente já se encontram em plena atividade em sala de aula e laboratórios. EXPEDIENTE Via Tecnológica é um jornal da Faculdade de Tecnologia de Botucatu. Site: www.fatecbt.edu.br Av. José Ítalo Bacchi, s/n Jardim Aeroporto Botucatu (SP) (14)3814.3004 Diretor: Prof. Dr. Roberto Antonio Colenci Vice-Diretor: Prof. Dr. Celso Fernandes Joaquim Júnior Organizador: Prof. Esp. José Augusto Rota Diagramação: José Luis Barbosa de Souza (graduando) Colaboradores: alunos, professores e funcionários da Fatec-Botucatu. Edição Digital Fale conosco: jornal@fatecbt.edu.br 02

[close]

p. 3

PROGRAMA DE RECEPÇÃO DE CALOUROS Iniciado no primeiro semestre de 2015, e trazendo bons resultados, o Programa de Recepção de Calouros da Fatec Botucatu foi realizado, novamente, neste início de ano. O programa consiste na recepção dos calouros logo no primeiro dia de atividades didáticas, contemplando apresentações, informações e mensagens da direção, das diretorias acadêmica e de serviços administrativos, assim como do setor de estágios e, finalmente, dos coordenadores de todos os cursos. No primeiro dia, os responsáveis pelos seus setores da faculdade apresentam-se pessoalmente aos alunos e fazem uma rápida abordagem das suas atividades, descrevendo as inter-relações dos respectivos setores e diretorias com os alunos, ao longo do curso. Cada coordenador apresenta aos seus alunos o projeto pedagógico do curso correspondente, descrevendo a sequência das disciplinas, suas importâncias e interdisciplinaridades, além de descrever o perfil do profissional formado e suas possíveis formas de atuação no mercado de trabalho. São apresentadas, também, as perspectivas mercadológicas de cada ramo de atuação. A fim de, rapidamente, apresentar ao aluno a estrutura física da unidade, bem como permitir-lhe uma visão completa dos recursos disponíveis para sua formação, no segundo dia do programa, os calouros, independentemente do curso no qual ingressaram, são conduzidos em uma visita por todas as instalações da faculdade, incluindo salas de aulas, laboratórios, biblioteca, ginásio de esportes e demais dependências. Como resultado do programa, visa-se: - melhor acolhimento e inclusão dos calouros, permitindo contato direto com todas as instâncias administrativas e pedagógicas da unidade com as quais terá contato ao longo de sua graduação; - melhor conhecimento das possibilidades e perspectivas para sua formação, como uso de laboratórios, participação em monitorias, inclusão em programas de iniciação científica, jornadas científicas, entre outras; - melhor percepção inicial do aluno sobre a escolha do curso, incluindo projeto pedagógico, disciplinas e, principalmente, seu perfil profissional e horizonte do mercado de trabalho. “Acreditamos que esta seja mais uma importante ferramenta de apoio pedagógico e social que auxilia na inclusão e na permanência dos nossos alunos no ensino superior tecnológico oferecido pela Faculdade de Tecnologia de Botucatu”, afirma o Prof. Dr. Celso F. Joaquim Jr. No dia 03 de fevereiro às 19h, recepcionamos os 40 alunos ingressantes, da 4a turma do Curso de Tecnologia em Gestão Empresarial da FATEC Botucatu. Além dos alunos e da Prof. Bernadete Rossi B. Fantin, Orientadora de Polo da unidade e Condutora da recepção dos alunos, estavam presentes os mediadores presenciais do primeiro ciclo do curso, Prof. Adriane Belório Belucci de Castro, Prof. Maria Fernanda Martins, Prof. Carlos Roberto Padovani e o Prof. José Benedito Leandro, além Diretora Acadêmica Martha Aparecida Augusto e da Auxiliar Docente Ariadne Spontone. Na recepção os alunos conheceram as instalações da FATEC, foram apresentados aos mediadores presenciais que os acompanharão neste primeiro semestre, conheceram os funcionários com os quais terão maior contato, foram informados da dinâmica de funcionamento do curso e apresentados ao AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem, plataforma na qual os alunos têm acesso aos materiais das aulas semanais, desenvolvem atividades, interagem com mediadores on-line e com os colegas através dos fóruns. O curso é oferecido em 54 FATECs e conta com aproximadamente 4.300 alunos. Foi implantado no segundo semestre de 2014, possui quatro turmas e inicia o seu quarto semestre. “Diferentemente do que se acredita, o ensino à distância não é mais fácil que o ensino presencial. Pelo contrário, na verdade ele é mais rigoroso pois depende do comprometimento do aluno que tem que ser um pouco autodidata, disciplinado e proativo”, afirma a professora Bernadete. Nos dias 04 e 05 de fevereiro tivemos a recepção dos alunos ingressantes do Curso Superior em Tecnologia em Radiologia e contou com a participação de 28 alunos. No primeiro dias os alunos receberam as boas vindas do diretor da unidade, vice diretor e foram apresentados aos responsáveis pelo setor de estágio, secretaria acadêmica e secretaria administrativa. Ponto interessante, é que dos 28 presentes, 7 conheceram o curso e decidiram pela área após a participação na VISITEC, evento em que alunos de escolas públicas visitam a FATEC e são apresentados aos cursos pelos coordenadores e professores. Foram então encaminhados para uma sala em que tiveram uma explanação sobre o curso, perfil profissional do tecnólogo em radiologia, atuação, mercado de trabalho, estrutura curricular e pontos importantes do Regulamento Geral dos Cursos de Graduação das FATECs e projeto pedagógico do curso de radiologia. No segundo dia, foram apresentados ao Campus, seus prédios e laboratórios para que conheçam o espaço físico em que vão estudar, bem como a tecnologia e recursos disponíveis. “Foi uma boa integração entre os alunos ingressantes, com as instalações e com a coordenação do curso”, informa a Prof. Vívian Toledo Santos Gambarato 03

[close]

p. 4

CURSO DE CAPACITAÇÃO FESTO Professor da Festo e alunos do curso Dentre os dias 29 de fevereiro e 11 de março de 2016 foi realizado em nossa unidade mais um Curso de Capacitação das Tecnologias adquiridas para o Curso Superior de Tecnologia de Produção Industrial. Ministrado por professor da FESTO, Paulo Viliger, o Curso de Sistema Integrado de Produção (iCIM) proporcionou desenvolvimento teórico e prático, utilizando-se dos equipamentos do laboratório e teve a participação dos professores da Fatec Botucatu Fernanda Cristina Pierre e Gilson Eduardo Tarrento, além dos professores da Fatec de Tatuí e São Paulo. ALUNO DA FATEC INICIA SUAS ATIVIDADES NO SETOR FLORESTAL!!!! Recém formado do Curso de Agronegócio da FATEC de Botucatu, Rômulo Leonardo da Silva, acaba de ingressar em uma das maiores empresas florestais do Brasil. Desde do início de dezembro passado assumiu o cargo de Técnico de Desenvolvimento Operacional/Desenvolvimento e Treinamento de Novos Equipamentos, na FIBRIA em Três Lagoas. Iniciou sua jornada acadêmica na FATEC no segundo semestre de 2010, sendo que em 2012 foi realizar estágio de férias na FCA/UNESP, encaminhado pelo Coordenador do Curso de Graduação em Agronegócio – Prof. Dr. Osmar Delmanto Junior. Durante o período de atividades na FCA/UNESP, esteve sob a orientação dos Professores Doutores Kléber Pereira Lanças e Saulo Guerra, coordenadores do NEMPA e do LABB, respectivamente: Núcleo de Ensaios de Máquinas e Pneus Agroflorestais e Laboratório Agroflorestal de Biomassa e Bioenergia. Dividiu seu tempo entre os estudos acadêmicos, atividades curriculares, estágios, organização de eventos, participação em congressos, simpósios e dias de campo. Teve contato com diversas empresas nacionais e internacionais, percorreu diversos estados brasileiros em atividade de campo e avaliação de equipamentos inovadores. Conseguiu estágio remunerado, atuou em 3 projetos internacionais de desenvolvimento de máquinas e equipamentos florestais para o mercado nacional, até concluir seu curso. “Sinto-me muito orgulhoso com esta conquista e, se consegui chegar até aqui foi com a ajuda das duas instituições que frequentei. A FATEC que me ensinou os fundamentos em uma estrutura completa e sempre muito bem cuidada e a FCA/UNESP onde os dois docentes depositaram grande confiança em mim e me abriram oportunidades em um setor promissor e em grande desenvolvimento” afirma Rômulo. 04

[close]

p. 5

TRABALHO REALIZADO POR PROFESSOR DA FATEC, NO JAPÃO, FOI PUBLICADO NA REVISTA CULTIVAR O uso de equipamentos vem crescendo consideravelmente a cada ano nas propriedades rurais e muito rapidamente também, esses equipamentos veem evoluindo tecnologicamente. As máquinas agrícolas estão ficando cada vez mais sofisticadas face à tecnologia embarcada. Essa evolução de processos mecanizados no campo tem custo e por essa razão, deve ser corretamente dimensionada relacionando de forma eficiente o conjunto trator, ferramenta e solo, conforme publicado na Revista Cultivar de fevereiro de 2016, à página 17. Os ensaios acompanhados pelo Professor Dr. Gustavo Montanha em área experimental agrícola pertencente à Tokio University of Agriculture and Technology, no distrito de Fuchu, em Tóquio, Japão, consistiram no uso de um trator agrícola, um equipamento agrícola “plowsoiler”, sistemas sensores e sistemas de aquisição de dados auxiliados por um microcomputador industrial. O conjunto instrumentado permitiu avaliar a variabilidade espacial de uma área agrícola em relação à densidade do solo em diferentes níveis de profundidade. A partir dos resultados obtidos o produtor rural pode decidir melhor sobre a relação trator, ferramenta e solo, de acordo com suas características específicas reduzindo assim o consumo energético. Para saber mais detalhes sobre o trabalho do professor Montanha, veja em: http://www.pg.fca.unesp.br/Teses/PDFs/Arq1062.pdf Prof. Dr. Gustavo Kimura Montanha Trator agrícola instrumentado utilizado pelo pesquisador para a realização do ensaio Fotos: Gustavo K. Montanha Equipamento agrícola plowsoiler Instalação dos Sistemas de aquisição de dados e microcomputador 05

[close]

p. 6

PROFESSORA DA FATEC BOTUCATU PARTICIPA DE INTERCÂMBIO NA INGLATERRA Durante as quatro semanas de janeiro de 2016, um grupo de 20 professores de inglês do Centro Paula Souza (10 professores de ETECs e 10 de FATECs) participou do Projeto de Intercâmbio Cultural do Centro Paula Souza em convênio com a International House – London. Esses professores frequentaram o curso de capacitação “Teaching English as a Foreign Language (TEFL)” em Londres, Inglaterra. O curso focou em atividades didáticas e prática para o ensino técnico e tecnológico, aprimoramento linguístico, bem como ampliação do conhecimento dos participantes sobre questões culturais e sociais do Reino Unido. O Projeto de Intercâmbio, que compreende a distribuição de bolsa de estudo para alunos do CPS (ETECs e FATECs) e para os professores de língua inglesa, vem sendo desenvolvido todos os anos desde o início do Projeto de Língua Inglesa do CPS, em 2008. Participar de um curso de capacitação didático-pedagógica e, consequentemente, de aprimoramento linguístico em um país de língua inglesa, foi uma oportunidade e um privilégio que trouxeram benefícios profissionais e uma experiência de vida que nos estimula a avançar na prática da língua inglesa, procurando capacitações mais avançadas, como por exemplo, mestrado e doutorado. E, acima de tudo, receber essa bolsa de estudo nos mostrou o reconhecimento de nosso trabalho como professores de Língua Inglesa do CPS. Londres é uma cidade cosmopolita e um dos maiores centros financeiros da Europa. Poder andar pelas ruas da cidade, usar ônibus e metrô, conhecer os lugares históricos foi um programa diário durante o mês que lá estivemos. Museus, monumentos, galerias, prédios públicos, como o Parlamento, nos possibilitaram observar a arquitetura secular que tornou Londres uma referência de visitação sobre a história da Europa. Essas atividades eram desenvolvidas após o período de nossas aulas. E, em algumas ocasiões, fomos acompanhados por nossos tutores do curso, em geral, nos finais de tarde. Vivenciar clima e horário diferentes foi um desafio também. Apesar de um inverno pouco intenso para os ingleses, de 3 a 10 graus Celsius, “a mild winter” como nos contaram, para nós, cidadãos de um país tropical, o frio era suportável. Mesmo com dias caracteristicamente mais curtos, neste período do ano, pudemos aproveitar muito do que Londres nos ofereceu. “Avaliando o que ocorreu nessas quatro semanas, penso que o Programa de Intercâmbio Cultural do CPS deve ser mantido e estimulado para que alunos e professores possam usufruir da capacitação em língua inglesa, se beneficiar da oportunidade de poder vivenciar um país estrangeiro, ampliando conhecimentos e enriquecendo a formação profissional e pessoal dos participantes” afirma a professora Maria Fernanda. Docentes e discentes da Fatec parabenizam a Professora pelo mérito. 06

[close]

Comments

no comments yet