REDUÇÃO DE PERDAS - SEMENTES

 

Embed or link this publication

Description

SILOS ROMA - REDUÇÃO DE PERDAS

Popular Pages


p. 1

1 Estudos Comparativos entre Armazenagem Convencional, Resfriamento Artificial e Secagem com ar Desumidificado Por: Paulo H. A. Lanza Eng. Agrícola

[close]

p. 2

QUEBRA TÉCNICA EM (%) peso/dia Temperatura (°C) Umidade do grão (b.u.) 15 4,5 0,0003 20 0,0033 0,0106 0,0338 0,1074 25 0,0098 30 0,0173 0,0553 0,1766 0,5622 14,6 18 21 Fonte: COAMO, 2006 0,0010 0,0034 0,0101 0,0312 0,0994 0,3165 96% MENOR QUEBRA TÉCNICA DIÁRIA Comparação de perdas entre diferentes temperaturas de armazenagem de milho com diferentes umidades, pode chegar a 98% quando comparado com temperaturas de armazenagem próximas de 30°C.

[close]

p. 3

Estimativa feita com dados de quebra técnica diária obtidos por COAMO, 2006. Redução de Quebra técnica em função da Temperatura de armazenagem de Milho com 14,6%b.u. em uma unidade com 500.000sc em 4 meses. (R$ 25,00/sc) Temperatura QT %/dia QT sc/dia 15°C 0,0010% 5 sc/dia 20°C 0,0106% 53 sc/dia 25°C 0,0312% 156 sc/dia 30°C 0,0553% 276 sc/dia QT total 120dias Valor R$ Diferênça para 15°C 600 sc R$ 15.000,00 - 6360 sc R$ 159.000,00 R$ 134.000,00 18720 sc R$ 468.000,00 R$ 453.000,00 33120 sc R$ 828.000,00 R$ 813.000,00 Diferênça para 20°C Diferênça para 25°C - - R$ 309.000,00 - R$ 669.000,00 R$ 360.000,00 • • Indicamos um equipamento para redução de até 10°C de temperatura média de armazenagem de até 500.000sc em silos, isso trás um retorno do investimento já na segunda safra. E retorno na terceira safra com redução de apenas 5°C na temperatura media de armazenagem.

[close]

p. 4

Redução de Quebra técnica em função da Temperatura de armazenagem de Milho com 14,6%b.u. em uma unidade com 500.000sc em 4 meses. (R$ 25,00/sc) 15°C Temperatura QT %/dia 20°C 0,0106% 53 sc/dia 25°C 0,0312% 156 sc/dia 30°C 0,553% 276 sc/dia 0,0010% 5 sc/dia QT sc/dia 600 sc QT total 120dias Valor R$ Tempo de Resfriamento em Região que armazena com 20°C. 6360 sc 18720 sc 33120 sc R$ 15.000,00 R$ 159.000,00 R$ 468.000,00 R$ 828.000,00 Vazão de 51.500m3/h por 60 horas cada silo 6.000t consumo de 1,27kw/t para resfriar de 20°C para 15°C Tempo de Resfriamento em Região que armazena com 25°C. Vazão de 27.800m3/h por 216 horas cada silo 6.000t consumo de 4,57kw/t para resfriar de 25°C para 15°C

[close]

p. 5

Redução de Peso volumétrico (kg/m3) em (%)com diferentes temperaturas de secagem e tempos de armazenamento em Ambiente Controlado (média 17°C) Temperatura de secagem 20 40 60 Tempo de Armazenamento 0 690,11 4 689,47 8 688,68 12 677,77 0,09 671,43 0,21 669,56 1,79 646,27 689,36 2,60 663,95 2,87 651,86 6,25 645,49 669,51 0,83 648,62 2,64 646,13 3,59 639,80 80 100 OLIVEIRA. M. (2008) 659,76 1,69 643,08 2,07 641,48 3,03 622,52 651,99 1,37 1,61 4,52 93% MENOR PERDA DE PESO E VIGOR EM SEMENTES Secagem com Ar desumidificado com temperatura próxima da condição ambiente e conservação com Ambiente controlado, proporciona menor perda de peso e vigor por causar menor dano latente durante a secagem.

[close]

p. 6

Redução de Peso volumétrico (kg/m3) em (%)com diferentes temperaturas de secagem e tempos de armazenamento em Ambiente Não Controlado (média 23°C) Tempo de Armazenamento Temperatura de secagem 0 4 8 12 20 690,11 659,64 645,70 612,37 4,42 40 60 80 689,36 622,42 6,44 611,13 11,26 601,80 9,71 669,51 621,24 11,35 609,41 12,70 589,41 7,21 659,76 618,47 8,98 606,04 11,96 583,37 6,26 100 OLIVEIRA. M. (2008) 651,99 605,52 8,14 606,02 11,58 582,04 7,13 7,05 10,73 43% MENOR PERDA DE PESO Analisando apenas a condição de secagem, secando com temperatura próxima a do Ambiente, reduz significativamente a perda de peso, por não ocasionar dano latente por secagem em temperaturas elevadas.

[close]

p. 7

40% MENOR PERDA POR FUNGOS Redução significativa de danos por fungos, em torno de 40%, quando em condições de temperaturas mais baixas, em média 10°C de resfriamento da massa.

[close]

p. 8

Variação de peso volumétrico (kg/m3) de soja em diferentes condições de temperatura Tempo de Armazenamento Umidade Temperatura (°C) (%) 0 4 6 12 797,47 799,83 798,26 8 0,10 -0,20 13 18 23 28 POHNDORF. R.S. (2012) 798,26 797,03 801,41 0,15 798,53 -0,39 797,79 798,26 -0,03 795,23 0,06 791,13 798,26 0,38 796,13 0,89 794,84 798,26 0,27 0,43 86% MENOR PERDA DE PESO EM PRODUTO SECO A redução de 10°C da temperatura da massa reduz a perda de peso em mais de 80% mesmo em produto seco.

[close]

p. 9

Variação de peso volumétrico (kg/m3) de soja em diferentes condições de umidade e temperatura Tempo de Armazenamento Umidade Temperatura (°C) (%) 0 4 6 16 816,77 820,89 825,56 8 1,06 0,57 13 825,56 819,06 816,94 0,79 825,56 803,96 1,04 805,74 18 23 28 POHNDORF. R.S. (2012) 2,62 825,56 801,03 2,40 802,44 2,97 825,56 796,50 2,80 794,00 3,52 3,82 62% MENOR PERDA DE PESO EM PRODUTO ÚMIDO Redução da perda de peso maior que 60% em produto úmido, com redução de 10°C na temperatura da massa.

[close]

Comments

no comments yet