Revista IdealClass

 

Embed or link this publication

Description

2ª Ed.

Popular Pages


p. 1

2ª Ed. / Mar/2016 - Ano I - Florianópolis/SC CONSTRUÇÃO CIVIL A História da Construção Civil com Eduardo Pelachini CULTURA Casarão Bento Silvério e as Rendeiras da Lagoa BELEZA Design de Sobrancelhas PERFIL EMPRESARIAL Victor e Débora Nunes jovens empresários

[close]

p. 2



[close]

p. 3

IdealClass Sumário Ideal Stúdio Gráco VEJA NESTA EDIÇÃO CONSTRUÇÃO CIVIL A História da Construção Civil com Eduardo Pelachini CNPJ: 15.764.359/0001-02 ideal.leno@gmail.com revistaidealclass@gmail.com Florianópolis/SC IdealClass EXPEDIENTE Diretor Geral: Leno Moura Editora: Juliana de Paula Projeto Gráfico/Diagramação: Juliana de Paula Fotos: Arquivo Pessoal Comercialização: Leno Moura 4 DESIGN DE SOBRANCELHAS Design de sobrancelha garante harmonização do olhar 5 PERFIL EMPRESARIAL 5 anos da Speed Informática Porque o SENHOR é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua delidade. Salmos 100:5 7 RECEITA Cupcake 6 CULTURA Casarão Bento Silvério e as Rendeiras da Lagoa 8 As matérias aqui publicadas não condizem necessariamente a opinião da revista.

[close]

p. 4

IdealClass Construção Civil A História da Construção Civil Eduardo M. C. Boaretto Pelachini Corretor história da engenharia civil pode ser rastreada até 4000 AC quando o único meio de construção foi o trabalho humano, sem qualquer equipamento soisticado. Com o avanço em todas as esferas da tecnologia, engenharia civil também desenvolveu tremendamente. Pode ser apropriado assumir que a ciência da engenharia civil tenha verdadeiramente iniciado entre 4000 e 2000 AC no Egito, quando o transporte ganhou tal importância que levou ao desenvolvimento da roda. De acordo com os historiadores, as pirâmides foram construídas no Egito durante 2800-2400 AC e pode ser considerado como a primeira grande estrutura de construção civil. A Grande Muralha da China, que foi construída em torno de 200 AC é considerado outra conquista da engenharia civil antigas. Os Romanos desenvolveram estruturas extensas em seu império, incluindo aquedutos, pontes e barragens. Uma abordagem cientí ica para as ciências ísicas sobre engenharia civil foi implementado por Arquimedes no século III AC, utilizando o Princípio de Arquimedes sobre lutuabilidade e o parafuso de Arquimedes para elevar a água. Como dito acima, engenharia civil A é considerada a primeira e principal disciplina das engenharias inclusive militares. Durante a era de batalhas ou operações, os engenheiros foram contratados para ajudar os soldados lutando no campo de batalha, fazendo catapultas, torres e outros instrumentos usados para combater o inimigo. No entanto, em tempo de paz, eles estavam preocupados principalmente com as atividades civis como a construção de forti icações para a defesa, fazendo pontes, canais, etc. Até a era recente, não havia grande diferença entre os termos de engenharia civil e arquitetura, e eles eram frequentemente usados alternadamente. Foi no 18 º século que o termo engenharia civil, ganhou força. A primeira faculdade privada nos Estados Unidos, que incluía Engenharia Civil como uma disciplina separada foi Norwich University estabelecida no ano de 1819. Sociedades de engenharia civil foram formadas nos Estados Unidos e países europeus durante os 19 º século, e instituições semelhantes foram criadas em outros países do mundo durante os 20 º século. Os números de universidades do mundo que incluem engenharia civil como uma disciplina têm aumentado tremendamente durante o 19 º e o 20 º séculos, indicando a importância dessa tecnologia. Já no Brasil, Na década de 40, a construção civil teve seu auge no go- verno do então presidente do Brasil, Getúlio Vargas Dorneles, e este setor foi considerado uns dos mais avançados da época. O Brasil era detentor importante da tecnologia do concreto armado. A partir da década de 50 de iniu-se a forma de trabalho por hierarquia. Na década de 70 durante o regime militar predominou grande inanciamento no setor visando diminuir o dé icit de moradia. E as construtoras passaram somente a construir os prédios. Já na década de 80 começa a diminuir os inanciamentos e as construtoras voltam a comercializar suas unidades. Na década 90 observam a melhor qualidade no produto inal e as construtoras começam a quali icar a mão de obra e com isso o produto inal ica com uma qualidade melhor. Em 2000 é mais intensa a preocupação em preservar o meio ambiente e temos maiores informações sobre os impactos causados pelo entulho da construção civil e com isso várias empresas começam a se preocupar com políticas públicas para reduzir este impacto o que é observado pela reciclagem destes entulhos e demais nornas de construção. Pelachini Corretores de Imóveis CRECI 25.214-F Imobiliária para Florianópolis (SC) e região. Venda e aluguel de imóveis. Whats 48-8455-5426 email: lpimoveissc@gmail.com / site: lpimoveissc.com.br 04 - Março 2016

[close]

p. 5

IdealClass Beleza Design de Sobrancelha Design de sobrancelha garante harmonização do olhar Toda mulher gosta de ser elogiada, de estar sempre bonita e se sentir bem. E para isso que tal deixar o seu rosto ainda mais bonito? o contrário do que muitas pessoas pensam as sobrancelhas não são apenas um detalhe no rosto, elas são a moldura do rosto. Quando bem feitas elas deixam os traços mais harmoniosos e ajudam na hora de aplicar a maquiagem. Mas se não forem bem cuidadas, podem alterar até mesmo a expressão. Algumas pessoas não se sentem bonitas porque, em comparação às outras pessoas, por terem as sobrancelhas muito grossas e com os ios desalinhados, além de dar a impressão de desleixo, deixam o olhar fechado, desvalorizando o rosto. Por outro lado, sobrancelhas muito ininhas é coisa do passado. As falhas que aparecem na sobrancelha por terem sido tiradas de forma errada deixam um rosto desarmônico. A sobrancelha tirada de forma errada pode: - Aumentar o rosto - Aumentar o tamanho do nariz - Aumentar o tamanho da testa - Deixar as pálpebras caídas.São detalhes que podem ser corrigidos sendo feita a modela- A gem com a Designer de Sobrancelha, a correção das falhas será feita com toques de maquiagem ou Henna. Como funciona? Trabalhamos com técnicas personalizadas para garantir o melhor resultado, o trabalho da design de sobrancelhas consiste em desenhar um novo formato a partir dos pelos que a cliente possui, buscando salientar os pontos fortes de cada pessoa e disfarçar os pequenos defeitos a medida do possível. Indicado para Todos os tipos de sobrancelhas, rostos e tipos de pelos, inclusive homens que queiram limpar a área ou mesmo buscam um novo desenho. O que é? A inalidade de um Design é embelezar, transformar e corrigir o que está imperfeito, assim deixando uma face bonita e harmoniosa. A sobrancelha é considerada a moldura de um rosto. A técnica de design de sobrancelha traça um modelo adequado para cada tipo de rosto, buscando harmonia com a formato do rosto, quantidade de pelos e estilo de cada cliente. Resultado esperados Sobrancelhas desenhadas e que valorizem o olhar de cada pessoa. Existe um tipo de sobrancelha para cada tipo de rosto... Descubra o seu! Março 2016 - 05

[close]

p. 6

IdealClass Perl Empresárial JOVENS EMPRESÁRIOS Victor e Débora Nunes contam como foi a trajetória da Speed Informática, empresa que completa 5 anos em abril o dia 28 de Abril de 2011 deu-se início funcionamento na cidade de Alegrete a Speed Informática, na ocasião em um pequeno espaço começamos trabalhando com manutenção e venda de computadores e notebooks. Com o passar do tempo e a necessidade de maior espaço a empresa mudou-se e aderiu no ano de 2014 o correspondente Banrisul podendo na empresa ser efetuado depósitos, pagamentos, saques, e recargas de telefone, sendo tudo citado via correspondente bancário Banrisul. Com a necessidade de maior abrangência no mercado tecnológico a empresa começou a trabalhar com manutenção de celulares, tendo como foco a troca de tela de celulares de várias marcas. Atualmente a Speed Informática está entre as grandes lojas de informática na cidade e é uma das únicas especializadas em manutenção de notebooks, tablets e celulares. Nesta vasta gama de serviços a empresa também está focada na venda online, sendo as vendas efetuadas no mercado livre e também no seu próprio site. A empresa comemora 5 anos de Débora e Victor Nunes atividades agora em abril de 2016 e sorteará brindes a seus clientes. Os empresários Victor e Débora fazem questão de deixar aqui explicito seu enorme agradecimento à todos os clientes que ajudaram e ajudam a construir esta empresa que procura estar sempre melhorando. A Speed Informatica Rua General Sampaio 121 Bairro Vila Nova - Alegrete/RS Fone: 55 3426-3996 www.speedalegrete.com.br. 06 - Março 2016 N Primeira loja em 2011 Em novo espaço 2014 Loja Atual Speed Informática

[close]

p. 7

IdealClass Cultura Casarão Bento Silvério e as Rendeiras da Lagoa naugurado em 1912, o prédio histórico onde funciona o Centro Cultural Bento Silvério, na Lagoa da Conceição, ponto de encontro de músicos, artistas, rendeiras e toda comunidade, o centro é conhecido como “Casarão da Lagoa”, oferece gratuitamente a população cursos, o icinas que resgatam os costumes típicos da Ilha de Santa Catarina, em especial as rendas e os bordados. É na sala das rendeiras que semanalmente, às quartas e sextas-feiras, um grupo de mulheres se reúne para o trabalho manual da renda de bilro e tramoias, com espaço para produção e comercialização do artesanato. A renda de bilro é uma das tradições que os açorianos trouxeram consigo, em meados do século XVIII. Os colonizadores disseminaram sua tradição por todo o litoral brasileiro, mas é Florianópolis a cidade que possui o maior número de rendeiras do país. Os imigrantes portugueses ins- I talaram-se nas praias de Desterro, antigo nome da Capital catarinense, e ali deixaram sua marca. Enquanto os homens pescavam, as mulheres se debruçavam sobre as almofadas com o cartão desenhado, manejando os bilros de madeira e os al inetes, transformando os traços do papel em peças de renda. A tradição foi passando de mãe para ilha, ao longo de gerações. Era rara a menina que depois dos setes anos não houvesse aprendido a arte. O trabalho artesanal é preservado em regiões da Ilha como a Lagoa da Conceição, Ribeirão da Ilha, Sambaqui e Ponta das Canas. São diversos os tipos de pontos, mas na capital os mais utilizados são os da renda tradicional, da tramoia, da maria morena e da céu-estrelado. A maioria dos modelos conserva a típica origem açoriana, mas alguns sofreram alterações ao longo dos anos. Apesar da riqueza cultural embutida na renda de bilro, a arte vem sofrendo declínio. As artesãs encontram di iculdade para conseguir um bom preço nas peças, que requerem tempo para icarem prontas. O Horário de visitação do Casarão é das 13hs às 19hs. “Pela manhã sempre tem alguém aqui, se a pessoas quiser pegar um livro ou ler um jornal”, informa Caique (gerente do Casarão). Fonte: ilharendada.org.br Março 2016 - 07

[close]

p. 8

IdealClass Receita O QUE É CUPCAKE? O cupcake é um bolinho de origem inglesa, seu nome original é fairy cake, em português bolo de fada. Entretanto, depois de se tornar famoso nos Estados Unidos ganhou o nome de cupcake (bolo de xícara), pois sua receita é feita usando xícaras como medida. Como antigamente o normal era que as receitas fossem feitas com os ingredientes medidos em peso, o nome acabou pegando. Além disso, eles eram assados em xícaras, o que fortaleceu ainda mais a ideia do nome cupcake. Eles são bastante semelhantes aos mufns, mas se diferenciam por serem mais leves e por serem mais decorados. São tão bonitos e delicados que parecem mesmo ter sido feitos por fadas. No Brasil, os cupcakes já são presença garantidas nas festas, em especial nas infantis. São também usados como lembrancinhas de festas, batizados, nascimento, etc. O cupcake tradicional era feito com baunilha com cobertura de fondant. Atualmente, ele já conta com diversas variações de receitas, modo de preparo e sabores. Há cupcakes simples, os com cobertura e recheio. MASSA BÁSICA PARA CUPCAKE Ingredientes 3 ovos 1 xícara (chá) de acucar 1/2 xícara (chá) de margarina 1/2 xícara (chá) de leite 1 colher (chá) de aroma de baunilha 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo 1 colher (sobremesa) de fermento em pó Instruções Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas com o açucar até esbranquiçar. Junte a margarina e bata mais um pouco. Em seguida, adicione o leite, o aroma de baunilha e a farinha de trigo. Bata tudo para misturar e encorpar os ingredientes. Misture o fermento à massa com auxílio de uma colher ou de uma espátula lexível. Depois, incorpore as claras em neve e mexa delicadamente com auxílio do fuê. Coloque a massa no saco de confeitar e reserve. Coloque as forminhas de papel na forma de cupcake (ou nas forminhas de empada). Não é preciso untar. Preencha as forminhas com massa até faltar mais ou menos um dedo para a borda da forma (3/4 da forma). Leve as forminhas com a massa ao forno pré-aquecido a 180 graus entre 25 e 30 minutos. Para ver se esta cozido, após os 25 minutos espete o cupcake com um palitinho - se sair limpo, você já pode tirar do forno, se não, deixe no forno por mais alguns minutos. Resista à curiosidade e não abra o forno nos primeiros 10 minutos. Apenas após esfriar confeite. 08 - Março 2016

[close]

p. 9



[close]

p. 10



[close]

Comments

no comments yet