Manchete do Povo

 

Embed or link this publication

Description

Edição 212

Popular Pages


p. 1

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 - Ano V - Ed 212 Audiência Pública mostra ações realizadas pela prefeitura Caixa inicia pagamentos do FGTS às vítimas das chuvas em Rolândia Coleta de lixo eletrônico no sábado Está chegando a próxima edição do Enduro FIM em Rolândia Pague também com cartão de crédito

[close]

p. 2

2 Um grupo apócrifo no Facebook, sem a identificação do administrador, discrimina mentiras, difamações e delírios conspiradores distorcendo os fatos e inventando boatos Nessa semana o "dito cujo" disse que eu estaria trocando de carro com o prefeito municipal para despistar o povo enquanto ele, o prefeito, atende em um consultório na cidade de Arapongas. Leia o texto: "Em grupo de Whatsapp da cidade há relatos de trocas de veículos e até mesmo o jornalista Rodrigo Stutz emprestando seu carro ao prefeito". Eu só lamento que diante desta estupidez, pessoas como esse cidadão colocam em descrédito as discussões importantes para cidade. Como Jornalista dependo da minha conduta como profissional e por isso seguindo os princípios da profissão busco sempre as partes envolvidas nos fatos antes de divulgar qualquer informação. Inventar boatos é uma atitude covarde que prejudica não só as pessoas que tem o nome envolvido, mas principalmente a população que lê a suposta "notícia" e não sabe em quem acreditar. Além de que é um crime usar estes artifícios sórdidos para tirar proveitos pessoais obscuros. Não se pode ficar especulando sobre invenções tiradas de uma mente deturpada e influenciada por figurões da cidade que querem tomar o poder a qualquer custo. Envolver o nome das pessoas indiscriminadamente não pode ser tolerado. O sindicato dos Jornalistas já foi informado sobre a atividade duvidosa de um rapaz que se apresenta como jornalista, porém mal sabe os princípios básicos da profissão e tão pouco passou perto de uma cadeira universitária. O mentiroso está sendo notificado e terá que provar na justiça as calúnias regurgitadas pelo falastrão. Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Desculpe o incômodo pessoal, mas esse é um assunto de interesse público

[close]

p. 3

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Liberação do FGTS deve Coleta de lixo eletrônico no sábado injetar cerca de R$ 10 milhões no comércio 3 A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com a ONG E-Lixo de Londrina, promovem neste sábado, cinco de março, das 9h às 17h, uma coleta de lixo eletrônico. Serão recebidos mouses, CPU´s, teclados, monitores e outros itens eletrônicos inservíveis. O recolhimento será no estacionamento do Supermercado Locatelli (loja 1), na Rua Santos Dumont 1260, Centro Fonte: Da Assessoria Começou nesta quartafeira, dois de março, o processo de liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) àqueles moradores de Rolândia que foram prejudicados pelas fortes chuvas de janeiro e que se cadastraram junto a Secretaria de Assistência Social. Ao todo, cerca de 1.800 pessoas se cadastraram e estão habilitadas a sacar o benefício no valor de até R$ 6.220,00 por vínculo, porém, existe uma expectativa de que mais de cinco mil pessoas sejam contempladas. Segundo a Gerência da Caixa Econômica na cidade, a estimativa é de que cerca de R$ 10 milhões sejam liberados. A Caixa Econômica Federal elogiou a agilidade dos Servidores Municipais em cadastrar os flagelados e encaminhar ao banco o cadastro, visto que, Rolândia é a primeira cidade do estado que tem o andamento no processo de re- construção que conseguiu liberar o FGTS. A Caixa vai adotar o trabalho da cidade como referência para atender os outros municípios que vivenciaram problema semelhante. O atendimento está sendo feito no Centro Cultural Nanuk, até o dia 23 de março, de segunda a sexta, das 10h às 15h. O Prefeito Dr. Francisconi, o Secretário de Planejamento Dario Campiolo, a Secretária de Assistência Social, Rozimari Veronez, o Chefe de Gabinete Diego Silva estiveram no início dos trabalhos. Os agentes da Caixa estão atuando no local com o apoio de Servidores Municipais. O trabalho da Caixa está sendo comandado pela Gerente da Agência de Rolândia, Vera Oliveira. Muita gente compareceu na manhã desta quarta-feira no Nanuk para dar encaminhamento no processo de liberação do FGTS. Fonte: Assessoria.

[close]

p. 4

4 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 IMPOSTOS: No país da corrupção e dos “direitos” adquiridos o estado abocanha mais de 40% de tudo o que é produzido pela iniciativa privada. Apesar desta colossal roubalheira estatal, a dívida pública não para de crescer e superou os R$ 2,79 trilhões! Entretanto, a idiotice estatista é tamanha que impede políticos e burocratas de entenderem uma regra básica, sintetizada pelo Economista Arthur Laffer: Quanto mais altos os impostos maior será a recessão econômica e a queda de arrecadação. Esta é a maior causa da crise atual! COMPLICOU: A situação do desgoverno Dilma Rousseff esta cada vez mais complicada. A construtora Andrade Gutierrez confessou judicialmente ter dado dinheiro de forma ilegal para saldar dívidas da campanha presidencial do PT em 2010. Segundo reportagem da Folha de São Paulo, os recursos teriam sido repassados para a agência Pepper, responsável pela atuação da campanha nas redes sociais. O valor superou os R$ 5 milhões. Pois é: Lula, Dilma, o PT e as esquerdas estão cada vez mais atolados no mar de lama da corrupção! AMARELOU: O chefe do Foro de São Paulo (organização que reúne partidos e facções da esquerda latino americana, dentre os quais os narcotraficantes das FARCs) está em apuros. Na Segunda, Lula recusou-se a prestar depoimento pessoal ao Ministério Público em São Paulo. Ora, se quem não deve não teme por que Lula não compareceu à Audiência? Já no dia seguinte descobriu-se no luxuoso sítio de Atibaia, pedalinhos personalizados com os nomes dos netinhos de Lula. Seria mais um presente dos amigos “caridosos”? Vai saber... ESCOTISMO: O Grupo Escoteiro Guarani realizou seu primeiro Acampamento de 2016. Na ocasião, os ramos Lobo, Escoteiro e Sênior receberam dos Pioneiros noções básicas de Primeiros Socorros. Apesar das chuvas, várias atividades ao Ar Livre foram desenvolvidas nas belíssimas Florestas e Córregos do Sítio Colibri no patrimônio de Bratislava. A direção do Grupo agradece a Família Zerbinatti pela cessão do espaço e aos voluntários que se esforçaram pelo sucesso do evento! Sempre Alerta e muito obrigado! O trabalhador deverá comparecer a Agência do Trabalhador/SINE, portando CTPS, RG e CPF para realizar/atualizar seu cadastro. O SINE em Rolândia atende na Avenida Expedicionários 604, Centro. De segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Vagas publicadas em 03/03 * VENDEDOR PRACISTA * MECÂNICO DE MOTOR A DIESEL * VENDEDOR INTERNO * OPERADOR DE MÁQUINAS FIXAS, EM GERAL * RECEPCIONISTA ATENDENTE

[close]

p. 5

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Está chegando a próxima edição do Enduro FIM em Rolândia Aconteceu no último dia 28 de fevereiro a abertura da Copa Norte Paranaense de Enduro FIM na cidade de Prado Ferreira. Como não podia ser diferente Rolândia em peso participou com 17 pilotos do Rolândia Trail Clube representado a cidade ganhando vários troféus. Destaque para Willian Delmaschi Ramos, que consegui a 1º colocação. O Rolândia Trail Clube, comunica que a próxima etapa acontecerá em Rolândia no dia 17 de abril com o nome de 15º Enduro FACCAR. Lucinei Masson, presidente do clube, relata que Rolândia e a única cidade do interior do a sediar por 15 anos consecutivos o evento, e que nesta edição terá uma novidade, a feira de Food Truks. O local do evento ainda será divulgado em breve e deve reunir cerca de 150 pilotos de todo o Paraná. "O Rolândia Trail Clube não visa fins lucrativos e a visão á promover o esporte e filantropia sempre esta fazendo doações para pessoas carentes e entidades", destaca Lucinei. Fonte: Rolândia Trail Clube 5 Simeia e Sirlei representando Hospital São Rafael receberam a doação de liquidificador industrial especial para Hospital. A entrega foi feita pelo vice presidente e presidente do Rolândia Trail Clube, Cristiano Ramos e Lucinei Masson, respectivamente.

[close]

p. 6

6 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Av. Pres. Vargas, 2374 | Centro | Rolândia (43) 3051 3051-3900 3900 Av. das Araucárias, 40 | Jd. N. Horizonte | Rolândia (43) 3256-3900 PISO EXTRA A PARTIR DE * PISOS E REVESTIMENTOS A PARTIR DE * Mais de 15 opções a sua escolha. R$9,90/M² TINTAS CORALAR R$109,90 18LT TINTA OU AREIA Carga acima de 5m³. AREIA GROSSA POR * OU R$70,00/M³ MÉDIA PEDRA BRITA (1/2 POR * R$62,00/M³ 1) PEDRA Carga acima de 5m³. TIJOLO Carga fechada. TIJOLO SAPOPEMA Tijolo 6 FUROS > *R$290,00/MIL Tijolo 8 FUROS > *R$410,00/MIL *Preços a vista. OFERTAS VÁLIDAS, ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES!

[close]

p. 7

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 O vereador João Ardigo (PSB) atento ao o perigo que correm diariamente com ciclistas e pedestres que passam pela rotatória da PR 170 saída para São Martinh,o apresentou na ultima sessão ordinária da câmara municipal requerimento atendendo a pedido de moradores sobre o perigo da rotatória que liga a PR170, PR323, Av. Aylton Rodrigues Alves e Rua Ribeirão Pitangueiras onde confirmou a dificuldade que ciclistas e pedestres (muitas crianças) têm para atravessar à rotatória. João Ardigo informa está em contato com a secretaria de planejamento da prefeitura municipal e DER através do Requerimento de Nº 041/2016 - À Prefeitura do Município de Rolândia e DER, para que desenvolva estudos no sentido de implantar uma faixa elevada na Rodovia PR-323 (Contorno Norte do Ardigo pede melhorias na rotatória PR 170 Para Acesso os Conjuntos Perazolo Nagatame e Francisquini 7 Município de Rolândia), buscando uma solução para o problema. Além disso ele sugere a construção de uma passarela e sinalização horizontal indicando uma ciclovia em torno da rotatória. O vereador aponta em que um trecho de acesso foi colocado uma espécie de ponte de madeira feita por populares onde os trabalhadores das indústrias e moradores dos bairros José Perazolo, Tomie Nagatame e Ernesto Francisquini conseguem passar pela valeta e entrar na rotatória. “Estas pessoas correm risco de morte diariamente passando por aqui devido ao movimento intenso de veículos”, Alerta Ardigo Fonte: Assessoria do vereador CONVITE Acorda Brasil!!! A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo tem a honra de convidar a população de Rolândia e região para palestra com o empresário Klaus Nixdorf, sobre o seu livro "Acorda Brasil!!! Expedição América Unida", resultado de uma viagem de 6.000 Km pelo Continente Americano e 6 meses de trabalho e pesquisa. Será no dia 11 de março de 2016 - sexta-feira, às 19h30min, no Centro Cultural Nanuk, R. Arthur Thomas com R. Duque de Caxias, nº 1679 Rolândia/PR. Participe!!!

[close]

p. 8

Organizar o recebimento de doações de água, roupas, móveis, alimentos (doações locais e de outros municípios) foi essencial para dar conta de atender as pessoas. Cerca de 50 voluntários, formados pelos escoteiros Guarani, a igreja IPI e Igreja Católica entre outros se juntaram e montaram equipes para atendimento das necessidades imediatas. Foram contabilizados; 200 kits dormitórios, de Higiene Pessoal e Limpeza (defesa civil) total: 600 150 cestas básicas, Defesa Civil. 700 cestas básicas com alimentos doados; 500 caixas de leite; 1 tonelada de roupas, colchões, moveis e utensílios; 6 caminhões de água mineral (Pato Branco, Cornélio Procópio, Ivaiporã, Londrina, Ribeirão Preto, Ibiporã); Distribuição de água nos bairros (dois caminhões pipas emprestados por empresa paulista por 48 horas); Mobilização das famílias para recebimento dos parentes desabrigados; Manter equipe no alojamento provisório 24 horas – cozinheiras, assistentes sociais, psicólogos, motorista e vigias. Solidariedade refletida em números 8 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Na audiência pública realizada nesta quinta (04) também foram apresentadas algumas das ações feitas imediatamente após a tragédia do dia 11 de janeiro Pedidos e solicitações ainda estão sendo feitos aos governos Estadual e Federal Resposta Imediata: Atendimentos posteriores: Projeto de adequação de drenagem urbana que estão deficientes ou foram danificados com as chuvas: Rua Girassol, Jardim Novo Horizonte. Rua Jasmim, Jardim Novo Horizonte. Rua Pedro Vicente Ribeiro, Jardim Santiago. Rua Takeo Teshima, Jardim Roland. Rua Luzia Alvarenga, Jardim Roland Garten. Projeto da barragem do Jardim do Lago. Solicitação de recursos financeiros para aluguel social; Alteração da Lei de Benefícios do Município, estabelecimentos de beneficio eventual para situação de vulnerabilidade temporária; Cadastramento de 1.750 famílias para saque de FGTS; Desabrigamento das famílias; Identificação, através de cadastro de 800 residências em risco; Projetos concluídos ou ainda em fase de execução em função da Calamidade Pública: Nova Escola Municipal do Distrito de Bartira. Reformas das Escolas e CMEIs iniciadas. Região do Jardim Teresópolis, vias e pontes. Barragem do Ingazinho. Estrada e ponte dos Pioneiros. Projetos de recuperação das vias públicas. Tomie Nagatani foi um dos bairros mais atingidos Foram 91 residências danificadas. Motivo principal: falhas do projeto e da execução das obras. Devido a estas falhas a Prefeitura de Rolândia afirma que acionou a Construtora Extrajudicialmente para execução dos reparos.

[close]

p. 9

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Audiência Pública mostra ações realizadas pela prefeitura Um breve relato, porém detalhado, foi apresentado pela prefeitura municipal de Rolândia em Audiência Pública que mostrou as ações que o município tomou e ainda está tomando para reconstruir a cidade depois da calamidade do dia 11 de janeiro Rodrigo Stutz O prefeito Municipal de Rolândia, Luiz Francisconi Netto (PSDB) fez a apresentação pessoalmente dos dados expostos da noite da última quarta (02) no Centro Cultural Nanuk. No dia 11 de janeiro Rolândia foi castigada pela maior chuva de todos os tempos, o que levou a cidade decretar estado de Calamidade Pública, só que para chegar ao decreto um longo caminho foi percorrido. "A Prefeitura se mobilizou intensamente para atender os mais atingidos pela forte chuva", ressalta. Segundo o prefeito a primeira ação do poder público na terça de manhã foi acionar a Defesa Civil do estado do Paraná. "Não existia defesa civil em Rolândia e tivemos que montar uma estrutura em pouco tempo para tentar atender primeiramente as famílias desabrigadas", lembra Francisconi. A prioridade então foi estabelecer um alojamento provisório no Colégio Municipal Vitorio Franklin para abrigo das famílias em risco. Após a visita nos bairros mais atingidos foram identificadas 38 famílias abrigadas com 250 pessoas desalojadas. "Nosso povo CALAMIDADE PÚBLICA 9 “A pior catástrofe de nossa história!” mostrou o quanto é solidário", ressalta o prefeito. Após a identificação de perdas e danos ocorridos e cadastramento da população atingida, o próximo passo foi interditar os locais de risco afetados pela chuva. A mais complexa e burocrática ação foi realizar o preenchimento de dados para decretar calamidade pública. Em apenas alguns dias foi preciso rodar a cidade toda com uma pequena equipe de técnicos da defesa civil e engenheiros da prefeitura para levantar e mensurar os danos. Somente na área rural foram mais de 600 km em dois dias. Com estes dados foi realizado o cadastramento em um sistema online que necessitava de um mínimo de danos com- provados para automaticamente gerar o decreto de calamidade. "Muitas pessoas criticaram e cobraram a demora para o decreto de calamidade, porém poucos sabiam a dificuldade que estávamos passando para conseguir comprovar os danos e ter o reconhecimento no sistema que gerou o decreto", desabafa Francisconi. Funcionários da prefeitura trabalharam 12 e até 24 horas direto para dar conta da situação que cada vez mais se apresentava calamitosa. Assim o prefeito de Rolândia classificou o ocorrido. A Secretaria de Assist. Social fez o levantamento dos prejuízos dos bens públicos e privados para alimentação do sistema de dados da Defesa Civil, que serviu de base para que o Município emitisse o Decreto de Calamidade Pública. Acompanhamento junto à Defesa Civil nas avaliações do plano de metas, fez a vistoria em todas as repartições públicas e interditaram parcialmente o Fórum, Colégio Presidente Kennedy, CMEI São José, PA Vila Oliveira, Totalmente foram interditadas a Emater, CMEI Parigot de Souza, Escola Municipal Distrito de Bartira, Museu Municipal e o CAC. Após vistoriar mais de 500 residências, foram interditadas 26 casas. Com um prejuízo estimado em 90 milhões de reais a cidade de Rolândia foi considerada uma das mais atingidas da região. Porém graças ao trabalho da prefeitura foi a primeira a conseguir o decreto de calamidade pública. Rede pluvial sucateada A rede pluvial de Rolândia está em péssimas condições: Rolândia possui 105.000 metros de rede pluvial, desta 5.000 metros estão subdimensionados, ou seja, está em uma dimensão inferior ao que deveria e esse é o motivo principal para os diversos pontos de alagamento na cidade atualmente. Rolândia está com 14.000 metros com entupimento parcial ou total. Os recursos necessários para reparos são estimados em R$3.550.0000,00. Assista a audiência pública na íntegra

[close]

p. 10

10 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Para o wikipédia, a ideia de criar o Dia da Mulher surgiu nos primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos[1] e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto. Na atualidade, a celebração deste dia perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Segundo a Bíblia, a mulher foi feita a partir de uma costela de Adão, significando, com isso, que ela é a companheira, ou seja, está a seu lado, tal qual as costelas. O osso da costela alude à igualdade entre homem e mulher, dado que não foi utilizado um osso inferior (um osso do pé, por exemplo), nem um osso superior (do crânio, por exemplo), mas sim um osso do lado. Somos capazes de suportar as maiores dores, lidar com desafios e tudo isso sem descer do salto. Faço aqui minha homenagem a todas essas mulheres guerreiras com um poema do mundo das mensagens: "Ser Mulher é ser alguém que carrega na sua essência a luz da vida, a esperança do amanhã, o calor do amor. Ser Mulher é ser mãe, é ser amiga, é ser companheira. Ser Mulher é ser guerreira! E Mulher guerreira é aquela que dia a dia trava batalhas silenciosas, invisíveis, simples e complexas. Que abala tudo quando pisa o chão, que acalma com seu colo, que amolece com sua ternura e vence com sua paciência. Mulher guerreira é aquela que rasga o corpo e a alma por amor à vida, por um amor maior, e que levanta o rosto e o corpo marcados com orgulho para o mundo ver. Ser Mulher guerreira é ter um coração que bate por várias vidas ao mesmo tempo, que parte várias vezes em uma mesma vida, que sangra de dor, de ansiedade, de medo e continua batendo de amor e esperança." 8 de março dia da mulher O Dia Internacional da Mulher é nesta terça-feira e várias lojas estão aproveitando a data para oferecer opções de presentes. Neste ano, a marca O Boticário inovou na comemoração e decidiu dedicar uma semana inteira de promoção em todas as suas lojas. Vários produtos das linhas de cuidados com a pele, maquiagem, perfumaria e acessórios estarão com descontos de 20% na chamada Pink Week. São vários produtos que fazem sucesso entre as mulheres como Egeo Dolce Woman, Glamour, linhas Nativa Spa, Make B., Intense, entre outras. Além disso, as lojas de Rolândia (Centro e Vila Oliveira) e Jaguapitã prepararam com exclusividade alguns produtos surpresa que terão até 50% de desconto e os clientes ainda podem concorrer a prêmios. Ótima dica para os homens que pretendem homenagear a mãe, esposa ou namorada e também para as mulheres que merecem se presentear. A promoção é válida somente do dia 07 ao dia 12 de março e não deixe para a última hora porque os estoques são limitados

[close]

p. 11

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Com o mesmo carinho e dedicação do primeiro evento, o grupo folclórico alemçao Weisser Shwan convida a todos para seu 2º almoço. Os convites servem 2 pessoas e podem ser adquiridos nos pontos de venda. É nesse domingo dia 06 na Arcol. 2° Almoço Alemão do Caixa inicia pagamentos do FGTS às grupo Weisser Schwan vítimas das chuvas em Rolândia 1.800 imóveis com trabalhadores que tem direito acontece neste domingo São ao saque para recebimento do benefício no município paranaense A Caixa Econômica Federal inicia, nesta terça-feira (2) e vai até quarta-feira (24), em Rolândia (PR), o atendimento para liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores residentes nas áreas atingidas pelas chuvas. O município decretou situação de emergência, em razão das fortes chuvas que atingiram mais de 80 bairros, em janeiro deste ano. A recepção, triagem e entrega de documentos será realizada no Centro Cultural Nanuk, à Rua Arthur Thomaz,1.719, das 10h às 15h, de segunda-feira à sexta-feira. O atendimento será realizado por empregados da CAIXA, de forma escalonada pela prefeitura municipal, com atendimento de 200 pessoas por dia. As senhas serão distribuídas pela Secretaria de Ação Social, também instalada no Nanuk, a partir das 9h. Durante o período em que estará montada a estrutura de atendimento no Nanuk, não será possível o encaminhamento pelas agências da Caixa, pois as equipes especializadas serão deslocadas para o Centro Cultural. A liberação do FGTS em caso de situação de emergência decretada pela prefeitura e acatada pelo Ministério da Integração Nacional é um dos direitos legais do trabalhador. 11 Quem pode sacar: Nos municípios com declaração de situação de emergência ou estado de calamidade pública, os trabalhadores que tiveram suas residências atingidas pelo desastre e informadas pelo poder público local, têm direito a sacar o valor existente, limitado a R$ 6,22 mil por conta vinculada do FGTS. É preciso ter saldo em conta para realizar o resgate. Documentação necessária (original e cópia): - Carteira de Identidade (também são aceitos carteira de habilitação, carteira do conselho profissional, passaporte e novo modelo da Carteira do Trabalho); - Comprovante de Residência emitido no período de 16/09/2015 a14/01/2016 (conta de Luz, agua, telefone, extrato bancário); - Carteira de Trabalho (cópias das páginas da foto, de qualificação/identificação e dos contratos de trabalho) ou CNIS (a ser retirada no INSS) ou CAGED (a ser retirada no Ministério do Trabalho); - Cartão do Cidadão (opcional); Caso o trabalhador tenha conta na CAIXA, deve levar também o cartão, ou o número da conta, para facilitar o crédito. Fonte: Assessoria CEF

[close]

p. 12

12 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Estado começa a liberar Rolândia recebe R$ 103.600,00 para diesel para cidades aluguel social afetadas pelas chuvas A cidade de Rolândia recebeu nesta terça-feira (02), o repasse de R$ 103.600,00, para arcar com o aluguel social para famílias que ficaram desabrigadas com as fortes chuvas de janeiro. O repasse foi feito pelo governo do Estado, fundo a fundo, para dar suporte às essas famílias. A Prefeitura agilizou a documentação necessária e o deputado Cobra Repórter solicitou urgência junto ao governo do Estado para que o processo fosse o mais rápido o possível. “O processo é realmente burocrático, mas assim que toda a documentação foi apresentada, solicitamos a rápida liberação. Esse dinheiro vai dar suporte às famílias que tiveram suas casas interditadas ou invadidas pelas águas. Elas estão cadastradas junto à prefeitura e agora vão receber este suporte”, afirmou o deputado Cobra Repórter. O aluguel social é garantido nessas situações de catástrofes naturais e tem tempo determinado, de três a seis meses, para que as famílias tenham condições de se estabilizar e voltarem para suas casas ou serem inseridas em programas sociais de moradia. Na foto, casas prejudicadas no Jardim Teresópolis. Texto e Fotos: Assessoria do Deputado Londrina, Rolândia e Tamarana vão receber R$ 60 mil cada e Cambé, Ibiporã, R$ 30 mil A Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (SEAB) anunciou a liberação dos valores que serão convertidos em litros de óleo diesel para as cidades de Londrina, Rolândia, Tamarana, Cambé e Ibiporã. Nesta semana as cidades já começaram a receber os valores. Londrina, Rolândia e Tamarana terão disponíveis R$ 60 mil para serem convertidos em óleo diesel para o trabalho das máquinas na recuperação de estradas. Este valor equivale a aproximadamente 20 mil litros de combustível. Já Cambé e Ibiporã, receberão R$ 30 mil para este mesmo fim. De acordo com o deputado estadual Cobra Repórter, os municípios tiveram que enviar à SEAB um plano de trabalho onde tiveram que demonstrar onde as máquinas iriam trabalhar e uma previsão da quantidade de combustível a serem gastos. “Os municípios que decretaram estado de calamidade pública e situação de emergência e que apresentaram seus planos de trabalho, já estão recebendo os recursos”, destacou “Vamos continuar atentos e cobrando os repasses para as cidades que decretaram calamidade pública e situação de emergência. Elas estão precisando muito dessa ajuda, pois as chuvas não param”, reforça o deputado Cobra Repórter. Texto: Assessoria do Deputado

[close]

p. 13

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 O acidente aconteceu na tarde deste domingo (28/02) no cruzamento da Rua Miguel Liogi com a Avenida Presidente Vargas, próximo ao posto Yamada. O motorista do carro tentou ultrapassar pela DIREITA, mas acabou atingido pela carreta que fazia a conversão para o mesmo lado. Ninguém ficou ferido no acidente, apenas danos materiais, mas o susto foi grande. Carro é quase esmagado Jovem é esfaqueada na por carreta em Rolândia Vila Oliveira e morre no hospital neste domingo A jovem Bruna Aparecida da Silva Alves dos Santos de 23 anos, foi esfaqueada na noite desta terça-feira (01/02) na rua Topázio na Vila Oliveira e conduzida pelo SIATE em estado considerado grave ao hospital São Rafael em Rolândia. Moradora da Rua Ouro, segundo a mãe da mesma, ela estaria gestante de dois meses e o autor das facadas seria um rapaz com quem teve um relacionamento. O suspeito, Jean Aparecido Dias Borges,estaria preso e havia saído nesta terça feira mesmo da cadeia, testemunhas relatam que Bruna estaria com uma filha pequena no cólo e tentou fugir do agressor que a alcançou na rua Topázio e lhe desferiu vários golpes de faca em tórax ,braços e abdome, os socorristas do SIATE relateram que a jovem perdeu muito sangue no local. O autor das facadas fugiu do local e foi preso pela Rotam no Contorno norte de Rolândia no início da madrugada desta quarta-feira, ainda existem informações de que o mesmo estaria usando uma tornozeleira prisional e conseguiu retirá-la, ele mora próximo a casa da vítima. Bruna não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de quarta (2) , no hospital. Fonte: Noticias de Rolandia 13 Fonte: noticias de Rolândia Darcio Campos Darcio Campos Darcio Campos Reprodução

[close]

p. 14

14 Imóvel com três casas em um terreno só, todas de alvenaria e forro de pvc com 53 metros cada, com garagem individual. Ótima localização. Rua Atlanta nº 100 Jardim Atlanta, tratar c/ Luis pelo fones 3016-2808 ou 9661-5859 R$ 238.000.00 Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Vende-se

[close]

p. 15

Rolândia, 05 a 11 de março de 2016 Com isso os produtores rurais serão desobrigados de implantar medidores de energia diferenciados para as áreas de produção e residências A Secretaria da Fazenda vinha cobrando o ICMS nas faturas de energia elétrica de produtores rurais com base em entendimento equivocado do decreto nº 1600 de 03 de junho de 2015 do Governo do Estado que estabelecia o direito à isenção do imposto naquela energia elétrica consumida exclusivamente na atividade agropecuária. No entendimento da Fazenda, a residência do produtor estava apartada das atividades agropecuárias, razão pela qual estava exigindo um medidor separado. A pedido da FAEP, o Governo do Estado restabeleceu a isenção total para a atividade, considerando que as residências fazem parte do complexo agropecuário, levando em conta que o produtor é obrigado a residir ao lado das estruturas de produção, especialmente na avicultura, suinocultura, produção de leite e de fumo, uma vez que essas atividades demandam intervenções permanentes dos produtores. Desta forma, o Governo do Estado determinou que a COPEL retirasse a incidência do ICMS dos produtores rurais, desobrigando-os de ter que implantar medidores de energia diferenciados para as áreas de produção e de residências. Significa que a partir de agora as faturas de energia não trarão mais a cobrança de ICMS. Porém não serão contempladas as atividades estranhas à agropecuária. Cai cobrança de ICMS na energia da área rural Orientações sobre Seguro rural, Proagro e Renegociação de dívidas Confira as orientações dos técnicos da FAEP 15 Para as propriedades rurais localizadas dentro do perímetro urbano, também a pedido da FAEP, o Governo do Estado baixou o decreto nº 3.531, de 24 de fevereiro de 2016, que permite aos produtores rurais usufruírem da isenção do ICMS na fatura da energia elétrica desde que apresentem, alternativamente: - pagamento do ITR e declaração de não incidência do IPTU; - declaração de aptidão ao Pronaf. Fonte: Sindicato Ruaral RURAL URBANO A produção agrícola paranaense na safra de verão deverá atingir 21,5 milhões de toneladas em relação à estimativa inicial de 22,3 milhões de toneladas, segundo a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (SEAB). A redução da estimativa é justificada pelo excesso de chuvas, que tem prejudicado principalmente a cultura de soja no Estado. A estimativa inicial de produção de soja era de 18 milhões de toneladas, mas foi reduzida para 17,6 milhões de toneladas até o momento. O percentual colhido médio no Estado é de 51%, segundo a SEAB. As regiões Centro-Oeste e Oeste seguem finalizando a colheita com percentual colhido acima de 70%. Já a região Sul, que deverá responder por pelo menos 26% da produção do Estado está iniciando a colheita com percentuais colhidos entre 8% a 15%, e o clima tem sido uma ameaça, prejudicando o potencial produtivo das lavouras. Neste contexto, segue a preocupação em relação a produtores rurais que tiveram prejuízos em suas lavouras e não poderão liquidar suas parcelas de 2016 por incapacidade de pagamento. Fonte: Sistema FAEP.

[close]

Comments

no comments yet