Jornal CristoRei.ComVocê Ano 5 Nº 45 - Fevereiro/2016

 

Embed or link this publication

Description

Casa comum, nossa responsabilidade

Popular Pages


p. 1

cristorei.comvocê Ano V - nº 45 - Fevereiro 2016 www.cristoreisp.org.br PARÓQUIA CRISTO REI Arquidiocese de São Paulo "Casa comum, nossa responsabilidade" (Campanha da Fraternidade 2016) Pág. 4

[close]

p. 2

EDITORIAL VIAGEM DE FÉ Missionários da misericórdia Saúdo a você querido (a) leitor (a) do nosso informativo. Com alegria voltamos às nossas atividades para mais um ano caminharmos juntos. Esse novo ano, "recém-inaugurado", promete muito: situações novas e continuidade de outras. Esperanças e desânimos. Sonhos e frustrações. Sorrisos e lágrimas. É preciso olhar o calendário, respirar fundo e nos prepararmos tanto para o cenário eclesial quanto para o social que vamos viver: a Campanha da Fraternidade; a Jornada Mundial da Juventude; a Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida; o Ano da Misericórdia; as Olimpíadas; as eleições municipais; a continuação do processo da Lava-Jato e tantos outros. Mas não vamos viver esse ano com medo e pessimismo, mas cheios de "Esperança", sentimento que faz parte da nossa identidade de cristãos. O Tempo da Quaresma, que marca essa nossa retomada, nos convoca a vivermos como peregrinos em direção à Páscoa de nosso Senhor Jesus Cristo. Caminhamos em direção à vida nova e ressuscitada. Mas esta vida que desejamos não é apenas para cada um de nós, mas para todos e para toda a criação de Deus. E vamos fazer tudo isso inseridos no Ano Santo da Misericórdia. Ao convocar esse "Jubileu Extraordinário", o Papa Francisco propõe uma maneira de tornar mais evidente a missão da Igreja. O que significa então ser testemunha da misericórdia? É ser missionário, é levar o "bálsamo do amor de Deus" a quem está doente, ferido, machucado, excluído, abandonado, desesperado. Pois esse bálsamo cura, restaura, perdoa e gera vida. E muita gente está precisando e vai precisar desse bálsamo. Portanto, tudo o que fizermos neste ano tenha o selo do agir misericordioso do Senhor Deus e possa gerar vida em abundância para todos. Padre Marcelo M. Quadro 2 Vida e história de Madre Paulina em Santa Catarina Em nossas férias de janeiro deste ano, eu e meu esposo estivemos em Nova Trento, Santa Catarina, visitando o Santuário de Santa Paulina, que viveu de 1865 a 1942 e foi canonizada em 2002 pelo Papa João Paulo II. Cercado por uma rica área verde, o lugar é maravilhoso e foi construído em 2006, com capacidade para 3 mil pessoas, e tem missas todos os dias. Ao visitarmos a réplica do casebre onde Madre Paulina viveu, cuidando de uma senhora em fase terminal, encontramos as certidões de nascimento, batismo e crisma, dentre outros objetos pessoais da religiosa. No Santuário, também tivemos a oportunidade de conhecer o Cenário Vivo da Vida de Santa Paulina, composto por miniaturas e bonecos mecanizados que representam a sua história. Nesse dia, participamos da missa e depois visitamos o 1º Museu de Cera Sacro do Brasil, onde se encontram duas imagens: uma de Santa Paulina e outra que é considerada a mais perfeita imagem de cera do Papa João Paulo II. Ficamos muito impressionados, pois parecia que estávamos diante do Santo Padre. Há também diversos outros atrativos, como um passeio de bondinho e teleférico que conduz o visitante a um mirante onde se pode contemplar a mais bela vista do Santuário e de todo o complexo. Lá encontra-se o velário que retrata a história da Santa e a Capela de Nossa Senhora da Paz, locais em que vivemos uma verdadeira experiência contemplativa. Nesse clima de espiritualidade, estendemos o passeio até a cidade vizinha, São João Batista, onde está localizada a Comunidade Bethania, um local muito especial fundado pelo saudoso padre Leo. Em nossas férias anuais, é comum agendarmos visitas a locais santos e sagrados, pois eles transformam nossa viagem e aumentam nossos conhecimentos sobre a história da nossa igreja e de seus santos e mártires. O casal Eli e Maurício viajou em janeiro para a cidade de Nova Trento, em Santa Catarina Se você quer partilhar sua história de peregrinação, envie o texto (em média 20 linhas) e fotos para o e-mail: pascom@cristoreisp.org.br Expediente: Informativo da Paróquia Cristo Rei – Fevereiro/2016 Rua Maria Eugênia, 104 – Tatuapé/São Paulo. Telefone (11) 2295-1685 Textos e Fotos: Pastoral da Comunicação

[close]

p. 3

AGENDA A partir do próximo dia 17, os grupos de catequese de crianças retomam os encontros semanais. Nesta data também terão início as reuniões com os adolescentes para a preparação do sacramento da Crisma. Será realizado nos dias 26 de fevereiro e 4 de março, sempre às 20 horas, no Salão Paroquial, o encontro de formação com os pais da catequese. O tema a ser trabalhado será a oração na vida do cristão. Consciência do bem comum Consciência do bem comum? Pelos sinais sociais e no meio ambiente, tudo indica que temos pouco. Enfraquecida ou diminuída numa sociedade que estimula o narcisismo através de uma concorrência consumista. Quem já não ouviu: "Quem não tem padrinho, morre pagão?", prática que revela protecionismo de tribo, corporativismo, tráfico de influência, até apropriação de bens públicos. Necessária à sobrevivência? Pode ser, mas parece que a cidade sofre com isso e quem nela vive também. Talvez uma minoria não se sinta afetada. Mesmo ela, caso contabilize prejuízos, verá que todos têm perdas siginificativas. As enchentes e os lixos, a qualidade do ar, o aquecimento do clima com o destempero do tempo: nevascas, temporais, tornados mais violentos, secas e temperaturas elevadíssimas. Com tudo isso, com estudos comprovados de gente competente e desvinculada de interesses econômicos, há quem desminta, minimize e dificulte acordos como na Conferência do Clima em Paris, a COP21. Enfim, chegaram a um acordo, o que é bom, porém tímido e perigoso. A regulação, a revisão da meta de redução de emissão de carbono ficou muito livre, porque ninguém quer perder nada. Ultra- passar os 1,5 graus C já será temeroso, segundo estudiosos e ativistas de ONGs. O planeta nos mostra a urgência de uma consciência de bem comum, mais ampla. Para o ser humano, uma diferença de 2 graus pode não ser tão sensível, mas para vidas marinhas, floras e faunas diversas significa morte e eliminação de fonte alimentar para outros seres. Pagar para ver? Pois é, a questão da água e do ar? Acesso à água tratada e potável e a privatização de fontes e mananciais? A falta de captação de esgoto e tratamento, mais a da coleta de dife- rentes tipos de lixo e o descarte inadequado com impacto ambiental e contaminação? Já pensou o que gera de doenças? Nem nos damos conta da correlação, haja sistema de saúde que dê conta! Com corrupção, a situação fica ainda pior. Na "Laudato Si", o Papa Francisco pede que adotemos uma Espiritualidade Ecológica, a parceria na natureza, sobrevivência sem depredação e, com Jesus, a sobriedade, equidade, compaixão e justiça. Oração. Conversão. Ação. Texto: Padre Kiyoharu Ojima entregues todo terceiro domingo do mês. 3 Ajude as famílias carentes do bairro doando alimentos para o Grupo de Vicentinos. As doações devem ser COLABORE

[close]

p. 4

Campanha da Fraternidade destaca o meio ambiente A Campanha Fraternidade 2016 chama a atenção para o meio ambiente e a importância de dar prioridade para o saneamento básico nas comunidades e a conscientização da população contra a poluição dos rios e nas ruas. Com o tema "Casa comum, nossa responsabilidade" e o lema "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca" (Amós 5,24), a campanha será ecumência, pois se propõe unir Igrejas, diferentes expressões religiosas e pessoas de boa vontade na promoção da justiça e do direito ao saneamento básico. Para que a iniciativa tenha êxito, os organizadores definiram três propostas: a) instauração de processos de diálogo que contribuam para a reflexão crítica dos modelos de desenvolvimento que têm orientado a política e a economia; b) questionar as estruturas que causam e legitimam vários tipos de exclusão: econômica, ambiental, social, racial e ética; c) pensar em ações cidadãs e concretas que transforme essa realidade. "O tema da campanha nos orienta a atuarmos coletivamente em favor da elaboração, implementação e acompanhamento dos Planos Municipais de Saneamento Básico", observa o padre Marcelo Maróstica, completando: "As responsabilidades são coletivas, porém diferenciadas, já que o poder público tem suas tarefas e responsabilidades e nós cidadãos temos também as nossas, porém todos devem zelar pela casa comum". Paróquia discute ações no próximo dia 20 No próximo dia 20, das 9h às 12h, a Cristo Rei começa a discutir as ações que serão desenvolvidas pela paróquia durante a Campanha da Fraternidade. A iniciativa, que deve reunir entre 100 e 150 fiéis, terminará com uma caminhada no Parque do Piqueri. Segundo o padre Marcelo, todas as pessoas devem fazer parte desse mutirão em defesa da vida para transformar o mundo do modo como Deus deseja. "Como Jesus nos mostrou na parábola dos dois filhos chamados a trabalhar na vinha (Mateus 21,28-31), não basta ter um bom discurso, o importante é entrar em ação", ressalta. Objetivo é priorizar saneamento básico e conscientizar contra a poluição dos rios Anuncie no Informativo da Paróquia Cristo Rei 99869-9318 (Caetano) 4

[close]

p. 5

POR DENTRO DA IGREJA Dignidade – A Comissão para o Serviço da Caridade, Justiça e Paz da CNBB divulgou em 28 de janeiro, Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, uma nota direcionada a todos os que se empenham em denunciar essa chaga social. "A exploração do ser humano no trabalho escravo é uma das piores violações aos direitos da pessoa humana, à sua dignidade, especialmente por negar-lhe o direito de trabalhar em condições que lhe sejam condizentes e de receber um salário justo", diz um trecho da nota. JMJ – A CNBB está sugerindo que todas as dioceses do país promovam ações durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece no mês de julho, para aqueles jovens que não puderem ir à Polônia. "Que promova na catedral, na praça da cidade, nas paróquias, atividades criando esse espírito de comunhão com o Papa, mas mantendo aceso o espírito da JMJ aqui do Rio de Janeiro, porque foi uma bênção para toda a Igreja no Brasil", observa o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, dom Vilson Basso. Mais de 10 mil jovens brasileiros já se inscreveram para o evento, sendo nove da Igreja Cristo Rei. Romaria – Por falar em JMJ, milhares de jovens irão peregrinar ao Santuário de Aparecida durante a 54ª Assembleia Geral da CNBB, que acontece nos dias 9 e 10 de abril. A Romaria Nacional da Juventude integra a programação do Projeto #Rota300, que antecede as celebrações do Jubileu do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, em 2017. As dioceses e comunidades já começaram a organizar caravanas para participar da Romaria. Ator – Pela primeira vez na história da Igreja Católica e do cinema, um pontífice atuará em um filme. Em "Beyond the Sun" (Além do Sol), uma história baseada nos Evangelhos, o Papa Francisco interpretará a si mesmo com o objetivo de comunicar às crianças as mensagens de Jesus. A pedido dele, o faturamento da produção será destinado a obras de caridade e duas organizações beneficentes: El Amendro e Los Hogares de Cristo. Sediadas na Argentina, as entidades apoiam a mensagem social e espiritual de Francisco e ajudam crianças e jovens em dificuldade. O filme deverá começar a ser filmado ainda este ano. formação de peritos ltda. *Cursos de Especialização *Perícias Contábeis e Financeiras *Avaliação de Empresas Prof. Remo Dalla Zonna (MS) Sócio Gerente: Contador e Economista Rua Santa Catarina, 418 - Pq. São Jorge Cep 03086-025 - São Paulo - SP Fone: (11) 2942.0806 e-mail: rdzpericias@uol.com.br www.rdzpericias@.com.br 5

[close]

p. 6

PALAVRA DOS FIÉIS Patrícia Ana Pretrini, 52 anos "A minha bisavó foi umas das madrinhas da construção da paróquia. Por isso, participar da Cristo Rei faz parte do meu viver. Sou catequista há muito tempo e sempre participo dos eventos e celebrações. O que mais me chama a atenção na igreja é o movimento pastoral, muito ativo e acolhedor, além da beleza arquitetônica. Sou muito feliz aqui e digo isso como forma de gratidão e louvor ao nosso grande Deus" André Carlos Manzotti, 40 anos “Há 6 anos frequento a igreja todos os domingos. Antes disso passei por uma grande dificuldade, pensei que o mundo iria cair sobre a minha cabeça e que não teria mais forças para viver. Foi então que me agarrei a Deus e passei a frequentar as missas. Hoje me sinto totalmente reerguido e feliz, então não acho justo abandonar Deus e a paróquia. Minha participação também é uma forma de aumentar a fé e a gratidão a Deus" 03 04 05 05 05 06 06 08 08 09 09 10 10 12 14 16 16 17 18 20 20 22 22 23 23 23 25 25 26 26 26 26 27 27 28 28 28 Aniversariantes de Fevereiro José Wilson da Cruz Paiva filho Maria Colaço Maria Neusa de Gilmar Soares Pereira da Silva Suelen Gandim Celes Monteiro Gabriel Ivo Rodrigues dos Santos Thais Natacha Mascarenhas Ilda Felix Matheus Aparecida Jorge Der Mauricio Piva Helio Torato Eiko Kikuti Sileide Caros Sonia Maria Ricardo Nadir Becato Anderson Barros Helena Santos Fernando Marcos Pansera Mauricio Cruz Danez Zilda Fernandes Mirna Gonçalves Maria Maldonato Isabel Maria Olgas Maria Isabel de da Silva Testemunho de Partilha Aparecida Franco, 68 anos "Frequento a Cristo Rei há 47 anos e o dízimo para mim é a partilha de uma parceria com Deus. Por isso, não pode ser o que sobra, cada um entra com uma parte e a minha é só a disposição. Tudo o mais fica com a outra parte que é o próprio Deus, que nos criou e conhece tudo sobre nós e sabe exatamente o que cada um precisa para ter paz e alegrias no nosso viver diário. Como agradecer a vida, a saúde, a família, os amigos, a comunidade, os recursos e tudo o mais que Ele nós da gratuitamente? Na minha visão, só tem uma maneira: participar ativamente das atividades da igreja, que foi a forma que Jesus criou para que vivêssemos um pouco do céu aqui na terra, e isto inclui a contribuição na parte financeira (dízimo). Gostaria que mais pessoas sentissem a alegria que é ter essa graça de ser um colaborador na casa do Pai." Oliveira de Marcelo Candeia Ignes Granzoto Carmem Silvia José Maroni Jurailce Baptista de Lucina de Oliveira Melo Santos Frederico Libralão Elaine Ragazzi Juliana Castro Dias Miranda Afonso José Ianone Rosana Maria Vilela Tarcila Macarino de F. Branco e Marco Antônio Prado Souza CLÍNICA SANTA VIRGÍNIA Rua: Santa Virgínia, 68 - Tatuapé São Paulo - CEP: 03084-000 TODAS AS ESPECIALIDADES! Telefones: 2097-0079 / 2097-0089 6

[close]

p. 7

GENTE NOSSA Unindo a fé e o trabalho a serviço da comunidade O primeiro Gente Nossa deste ano destaca Silvia Lucia Pugliese, figura bem conhecida na comunidade por fazer parte da equipe da secretaria da paróquia. Mãe de dois filhos e avó de três netinhas, ela nasceu no bairro do Brás mas aos 36 anos veio morar no Tatuapé. Assim que chegou ao Tatuapé, Silvia começou sua história na Cristo Rei e não demorou muito para se envolver com as pastorais. Primeiro entrou para o Grupo dos Vicentinos, no qual permaneceu durante dois anos, e depois foi convidada para ser Ministra da Eucaristia, atividade que exerceu por 25 anos. Incansável, atualmente também faz parte do Apostolado da Oração. Mas ela ficou mais conhecida na comunidade em 2003, ocasião em que passou a trabalhar na secretaria da paróquia. Silvia se lembra com muito carinho e felicidade desse período, pois foi como se abrisse uma porta para uma nova expectativa. Afinal, aos 60 anos de idade, teria a oportunidade de trabalhar em um local que frequentou por mais de três décadas e que tanto a fortaleceu e inspirou nos momentos mais significativos da sua vida. Sempre batalhadora e com grande disposição, quando completou seus 50 anos realizou um de seus maiores sonhos ao se formar professora. Segundo conta, esse era um de seus desejos desde a infância, mas como a mãe era professora de piano quis que seguisse o mesmo caminho, fazendo com que o sonho fosse postergado, mas não esquecido. "Hoje me sinto muito feliz e realizada por tudo que fiz em minha vida, não faria nada diferente", comenta, acrescentando: "Gosto muito de trabalhar na paróquia e acompanhar a evolução da comunidade, sei o quanto é importante essa função de acolher e receber as pessoas, afinal somos a porta de entrada dos fiéis na igreja". Silvia: "Feliz e realizada por tudo que fiz" Atendendo Pessoas de Bom Gosto o Rua Tuiuti, no n 1.164 03081-015 Rua Tuiuti, 1.164-- CEP: Tatuapé - SP Tatuapé - www.camalchaim.com São Paulo - SP visite nosso site: 2097-2615 ODONTOLOGIA IMPLANTE - ATM - PRÓTESE - ORTODONTIA - ENXERTO - IMPLANTE - COM CARGA IMEDIATA - CLAREAMENTO A LASER Trabalhamos com Brackets autoligado e estéticos Todas as cirurgias são realizadas pelos proprietários da clínica Rua: HenRique SeRtóRio, 457 - tatuapé - Cep 03066-065 - Sp telS.: (11) 2092-3820 / 2960 / 3953 7

[close]

p. 8

PARÓQUIA EM AÇÃO Cristo Rei se prepara para a Páscoa com oração da Via Sacra A Cristo Rei realizará, entre 12 de fevereiro e 18 de março, oração da Via Sacra, uma das formas de viver a Quaresma e lembrar o sofrimento de Jesus durante sua missão redentora. As celebrações serão sempre às sextas-feiras, às 20h. Os interessados podem adquirir o livrinho da Via Sacra na secretaria da paróquia. "A Via Sacra é uma maneira de se preparar para a Páscoa, lembrando que os passos de Jesus são os nossos", esclarece o padre Marcelo. Ele lembra que as orações são uma preparação para a Sexta-feira Santa, quando os fiéis celebram a Paixão de Jesus Cristo com uma grande procissão pelas principais ruas do bairro. Tradicional, procissão percorre as principais ruas do bairro na Sexta-feira Santa Assistência – No início de janeiro, representantes da paróquia estiveram no Amparo Maternal, em São Paulo, para entregar os produtos arrecadados para os recém-nascidos da instituição, que há 76 anos presta assistência a gestantes, mamães e bebês em situação de vulnerabilidade e risco social. A campanha Enxoval de Jesus foi até 24 de dezembro e recolheu uma grande quantidade de roupas, itens de higiene, fraldas, mamadeiras, berços, cômodas e carrinhos.

[close]

Comments

no comments yet