EETAD em Revista Edição 39

 

Embed or link this publication

Description

EETAD em Revista Edição 39 - 35 anos treinando obreiros e leigos para a seara do mestre

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

Palavra do Presidente EETAD celebra seu Jubileu de Coral 1976 – Pr. Bernhard Johnson recebe de descanço, vila dos professores, lavandeDeus uma visão para implantar uma escola ria, ginásio de esportes). teológica a distância para os obreiros que 2006 – O Curso Básico da EETAD é não tinham condições de fazer um curso elevado ao nível Médio e um novo Curso teológico pelo sistema residente. Básico é lançado. 1977 – Com o apoio da missão americana 2013 – O Curso Básico é lançado em e da liderança da igreja brasileira, pastor espanhol. Os três currículos da EETAD Bernhard convida escritores brasileiros e da FAETAD passam por uma grande e missionários americanos para criar o reforma e unificação. O WebCurso é currículo, sob a direção do pastor Antonio lançado para oferecer o curso pela interGilberto. Também convida uma equipe de net. A FAETAD lança um projeto de desbravadores, sob a liderança do saudoso aulas presenciais chamado de Semana pastor Osmar Cabral, para viajar pelo país de Imersão Teológica. O Acampamento promovendo esta escola. Shalom, de propriedade da EETAD, é 1978 – É comprada pela Missão Americana inaugurado em Leme (SP). a propriedade sede da escola. 2014 – Inicia-se a abertura de núcleos 1979 – A EETAD é oficialmente lançada da FAETAD, bem como os preparatiquando o projeto como escola em âmbito vos para o lançamento do Mestrado em nacional recebe a aprovação na AGO da Teologia, a partir de 2015. CGADB realizada em Porto Alegre (RS). Essas datas destacam alguns mo1982 – O cargo de dimentos marcantes na retor administrativo é 1979—2014: 35 anos que história da EETAD e passado do missionáda FAETAD, comrio Bruce Braithwaite mostram que a EETAD é provando que é uma para o pastor Josué de uma obra de Deus. obra de Deus. Foi Campos. Ele que concebeu-as 1987 – É inaugurado o complexo dos prie deu responsabilidade por elas a homens meiros três prédios da sede da EETAD. A escolhidos. Elas são obras cuja prioridade FAETAD é lançada para oferecer o Curso é o ensino da Palavra de Deus. Enquanto Bacharel em Teologia. há escolas teológicas que existem por interesses próprios, a EETAD e a FAE1995 – Pastor Bernhard Johnson falece e, TAD têm o único propósito de ensinar seu filho, pastor Terry Bernhard Johnson a Palavra de Deus para o crescimento do assume a presidência destas escolas com Seu reino. o apoio das suas Diretorias e Conselhos Consultivos e Fiscais. Com 35 anos de vida, a EETAD tem buscado a excelência para ajudar a igreja 1998 – A sede da EETAD e da FAETAD a treinar obreiros e leigos para a seara do recebe o nome de Campus Teológico Rev. Mestre. O resultado é que, juntas, EEDr. Bernhard Johnson Jr. TAD e FAETAD 2000 – A EETAD, com seus próprios formaram mais de recursos, adquire da Missão Americana 45.000 alunos. a propriedade onde está sua sede, dando continuidade ao projeto de construção Convidamos-lhes do campus. Neste mesmo ano é lançado para comemorar coo TeleCurso para os alunos sem acesso a nosco esta grande um Núcleo. vitória no treinamento de obreiros 2003 – Ocorre uma segunda inauguração e leigos para a seara com a conclusão de mais sete prédios (redo Mestre. feitório/auditório, dois alojamentos, sala de Pr. Terry Johnson Informativo semestral da Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus Presidente Pr. Terry Johnson Diretor Pr. Josué de Campos Editor Márcio Matta Colaboradores – Beth Kinas – Gunar Berg – Milena Reis – Miriam Estevan Capa Bruno William Diagramação Bruno William Rodovia Campinas-Mogi Mirim, Km 119 Rua Pr. Bernhard Johnson, 500 Bairro Tijuco de Telha 13086-600 Caixa Postal 1031 Campinas (SP) 13012-970 Fone: 19 3757-5700 www.eetad.com.br Distribuição gratuita Proibida a reprodução de qualquer parte desta revista sem a autorização, por escrito, da EETAD.

[close]

p. 4

Estudo Bíblico O MEDO “Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor. Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós” (Jo 20.19-21) M edo é uma palavra que muitos evitam usá-la. Muitos preferem usar os sinônimos. Quando existe a necessidade de dizer “Estou com medo”, dizem: “Estou com receio”, “Estou preocupado”, “Estou assustado”, “Estou inseguro”, “Estou temeroso”, “Estou alarmado”. Fazem isso com o intuito de aliviar ou suavizar o impacto que o medo provoca. Quem não tem medo de nada? Em alguma área de nossa vida o medo procura se instalar. Tem gente que ‘se péla’ quando pensa na possibilidade de ficar doente – principalmente as doenças supostamente incuráveis. Outros que já estão doentes têm medo de nunca mais recuperarem a saúde. E quantos têm medo de dificuldades financeiras? Medo de perder o emprego, de perder o controle familiar, de enfrentar o futuro. Alguns têm verdadeiro pavor da mor- te. Enfim, essa é uma questão bastante pessoal – aquilo que gera medo em um pode não significar nada para o outro e, assim, vice-versa. 1. O medo das previsões Algumas previsões já provocam medo. Muitos têm medo de enfrentar uma realidade ameaçadora e procuram se esquivar ou ignorar um fato que está diante dos olhos. Ninguém (conscientemente) procura problema para si mesmo, porém, a partir do momento que ele se apresenta, o mesmo não é vencido ao ser ignorado, mas, sim, ao ser enfrentado. Em Mateus 14.22, informa que Jesus obrigou os seus discípulos que entrassem no barco e atravessassem o mar da Galileia. Em Marcos 6.45, diz que Jesus ordenou. As palavras “obrigou” e “ordenou” soam como uma intimação apresentada aos discípulos, sem que eles tivessem qualquer alter- nativa – eles não foram convidados, receberam uma ordem (sem a opção de escolha). Qual era o receio dos discípulos? Eles já tinham a previsão que a travessia seria perigosa! O mar da Galileia tinha tempestades repentinas, que eram verdadeiras tormentas. Os discípulos já haviam “assistido” a aquele filme antes e, a contragosto, estavam sendo expostos a um perigo iminente. Igualmente, todos nós temos um “mar da Galileia” escuro e tempestuoso a ser atravessado até chegarmos do outro lado, ao destino desejado. Recentemente, em nossa igreja, um irmão estava com pressentimento de câncer. Ele passou a me procurar quase que diariamente com o seguinte dizer: “Estou no fim. Vou morrer. Orem por mim”. E, junto a isso, deixou de se alimentar, ingerindo apenas líquidos. Insistia na ideia de um câncer no estômago e se recusava ir ao mé-

[close]

p. 5

dico (com medo da confirmação de sua ideia fixa). Passados alguns dias, um presbítero o levou ao médico para a realização dos exames necessários. No laboratório, já na retirada dos resultados ele exclamou: “Hoje é o dia!”, prevendo o pior possível. E para a surpresa dele, foi o dia em que o médico lhe revelou uma gastrite. Vejam quanto sofrimento decorrente de uma previsão errada. 2. O medo faz a gente ver o que não existe sário: “Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu; não temais” (Mt 14.27). Jesus queria dizer a eles: “Não há motivo para que tenham medo”. 4. O medo provoca pânico Observe que o texto bíblico no início deste estudo mostra que os discípulos estavam vivendo um verdadeiro pânico, um drama singular (Jo 20). Eram homens barbados e bastante experimentados na vida, todos bem maduros, todavia estavam com medo da própria sombra. Estavam trancados dentro de casa, trêmulos e reféns do medo. O medo produz cenários imaginários e irreais. Quantas vezes concebemos gigantes imaginários! Após concebidos na nossa mente, são alimentados e mantidos em posição de ataque. Muitas Sejamos pessoas realistas e tenhamos vezes a pessoa já se sente uma avaliação coerente daquilo que vencida pelo inexistente! Em Números 13.33, os dez espias se consideraram como gafanhotos na ótica que criaram, pois eles multiplicaram por dezenas e até centenas de vezes o tamanho e a força do inimigo (consequentemente, na mesma proporção diminuíram seu potencial, ao ponto de se considerarem insetos). Não devemos ignorar os problemas, porém também não devemos aumentar o tamanho dos mesmos. Sejamos pessoas realistas e tenhamos uma avaliação coerente daquilo que presenciamos. 3. O medo produz uma visão equivocada O medo nos faz enxergar algo existente, mas de maneira absurdamente equivocada. E os discípulos, vendo-o caminhar sobre as águas, assustaram-se dizendo: “É um fantasma. E gritaram, com medo” (Mt 14.26). Os discípulos viram o socorro divino, uma ação providencial de Jesus como se fosse um fantasma, uma visão totalmente invertida. Eles estavam excessivamente apavorados e Jesus disse que tal medo era desneces- Cristo, que é real. A paz do mundo é quando não há existência de lutas ou guerras (aliás, é a pretensão da ONU – ausência de guerra entre as nações), o que é quase impossível. Por outro lado, Jesus oferece e proporciona paz em meio às lutas e turbulências da vida. Davi era um homem guerreiro e viveu nos campos de batalha (Sl 4.8). Paulo experimentou esse remédio divino nas horas extremas de sua vida (Fp 4.7). Neste texto, a palavra “excede” significa ultrapassar, transcender todo o pensamento humano. Não há como dimensionar. E o termo “guardará”, o apóstolo extrai de um verbo militar, que indica: estabelecer guardas sobre. Quando os discípulos receberam a paz de Cristo, eles saíram daquela casa de forma resoluta, encorajada e destemida pelo mundo afora, não temendo as próprias vidas. O mundo deles continuou ameaçador e demasiadamente hostil. Os dias subsequentes aumentaram quanto aos perigos, perseguições e crueldades, tanto que os discípulos foram martirizados. Mediante esse cenário completamente desfavorável, a paz de Cristo expulsou o medo, eliminou a intimidação e acabou com a insegurança pessoal. O mundo era o mesmo, mas eles foram mudados interiormente. Não podemos mudar o mundo quanto à maldade, injustiças, crueldade, violência crescente, hostilidade e tantos outros males, todavia Jesus pode mudar o nosso jeito de viver. É um paradoxo bem evidente – o mundo caminha para o pior (caos), e ainda assim podemos melhorar individualmente. Pr. Moysés Ramos – Pastor-Presidente da Assembleia de Deus em Londrina (PR) – Membro do Conselho Consultivo da FAETAD Maio a Outubro/14 | EETAD em revista | 05 presenciamos. Este relato confirma que o medo afeta o lado emocional, mina as forças físicas, altera o batimento cardíaco. É um sentimento de insuficiência, de inquietação e de insegurança. Onde estava o Pedro corajoso que há poucos dias usara sua espada para cortar a orelha de um soldado e teve coragem suficiente para enfrentar uma multidão como um rolo compressor? (Mt 26.47,51) Do que valia a espada na mão de Pedro sem a presença de Jesus? Por mais que tenhamos disposição e/ou os recursos naturais em mãos, sem Jesus, isso terá pouco valor. 5. O remédio para curar o medo Após a Sua ressurreição, Jesus entrou na casa onde os discípulos estavam fechados, sendo enfático disse: “Paz seja convosco!” (Jo 20.21). Jesus nunca prometeu um mundo de paz, no entanto prometeu paz no mundo (Jo 14.27). Há dois tipos de paz: a oferecida pelo mundo, que é temporária e ilusória e a paz de Jesus

[close]

p. 6

Quem É Quem no C o n s e l h o F i s c a l d a F A E TAD Pr. Umberto Batista da Silva Membro do Conselho N ascido em 06 de Janeiro de 1944, pastor Umberto é de origem humilde, filho de agricultores. Cresceu no interior do então município de Itapemirim. Apesar das circunstâncias, concluiu os cursos de Técnico em Contabilidade, Bacharel em Sociologia, Teologia e Mestrado em Psicanálise Pastoral. Lecionou em escola pública e trabalhou 19 anos como bancário. Casado com Maria José desde 1968, é pai de seis filhos, todos casados e servindo ao Senhor. Avô de 10 netos – consolidou uma família numerosa e abençoada. Tornou-se membro da AD em Cachoeiro de Itapemirim em 1965. Serviu ao Senhor liderando os jovens e adolescentes, dirigiu as missões evangelísticas e a EBD. Também contribuiu como secretário, tesoureiro, diácono, presbítero, dirigente de congregação e tornou-se vice-presidente da igreja. Pastor-Presidente do MASDECIO Ministério das Assembleias de Deus em Cachoeiro de Itapemirim Com o falecimento do então presidente, Pr. Guilherme Kley, pastor Umberto assumiu a presidência em 1978. Em sua gestão, tem ampliado o campo de atuação para as regiões circunvizinhas, formando líderes para expandirem o Evangelho no sul do estado do Espírito Santo e, hoje, além de trabalhos e projetos eclesiásticos que participa, preside o ministério com mais de 120 igrejas afiliadas. Querido e respeitado, pastor Umberto foi honrado por Deus que usou as autoridades para lhe conferirem diversas honrarias eclesiásticas e políticas no decorrer de sua trajetória, incluindo a comenda “Newton Braga” (Decreto n° 6.724/89). Conhecido como pai, conselheiro e amigo, pastor Humberto, com 70 anos, tem dedicado sua vida ao Senhor, acumulando 49 anos de ministério, mais de 35 anos na presidência da AD em Cachoeiro de Itapemirim, anunciando Cristo, pregando a Palavra de Deus e administrando com ousadia os projetos em execução e planos para o futuro da igreja, segundo a vontade soberana de Deus. A EETAD registra sua gratidão a Deus pela vida do pastor Umberto, rogando a Deus as bênçãos dos céus sobre sua vida, sua família e a igreja bem como o corpo ministerial sob seu auspício. Ambientes Internos O dia a dia das atividades na EETAD e na FAETAD P rimamos por iniciar o expediente com um breve devocional e na sequência cada um dos setores a seguir assume suas atividades: Secretarias da Diretoria; Assessoria Administrativa (com os setores de impressão, expedição, almoxarifado e edição dos manuais do 1º e do 2º Ciclos); Secretaria Geral I que faz o controle acadêmico e mantém contato direto com os membros de diretoria dos Núcleos; Secretaria Geral II que cuida da recuperação acadêmica e emissão de documentos de conclusão do curso e presta atendimento ao TeleCurso; Setor de Contabilidade que acompanha o dia a dia econômico da EETAD e da FAETAD; Centro Técnico Operacional que desenvolve sistemas de tecnologia da informação, WebCurso, e mantém equipamentos e serviços de rede; Secretaria Geral da FAETAD que faz o acompanhamento estudantil dos alunos do 3º Ciclo; Departamento de Desenvolvimento Curricular que orienta a vida acadêmica dos estudantes do 3º Ciclo e promove os Fóruns Teológicos e as Semanas de Imersão Teológica; Prefeitura do campus que é encarregada da manutenção do espaço físico e da segurança; e refeitório do campus que atende aos funcionários cotidianamente e aos alunos e participantes dos eventos promovidos no local.

[close]

p. 7



[close]

p. 8

Especial Núcleo 072 pela quarta vez figura entre os Núcleos homenageados E m 29/03/14 o Núcleo 072, instalado na Igreja Assembleia de Deus – Rio Branco (AC), pela quarta vez recebeu a homenagem por figurar entre os melhores Núcleos. A EETAD se fez representada pelo seu diretor, pastor Josué de Campos, que entregou ao pastor Luiz Gonzaga, diretor do Núcleo, a placa referente ao 2º lugar alcançado. O apoio da liderança da igreja ao trabalho dos demais membros da diretoria do Núcleo tem sido de fundamental importância para o êxito do Núcleo. Pr. Luiz Gonzaga ladeado pelo Pr. Jucemir (E) e Pr. Josué (D). Os demais membros da diretoria são: Jucemir Bernardino de Farias (coord.); Helenice Theodoro de Andrade e Antonio Evaristo Mendanha (monitores.); e Idivânio Sanquetim (sec.-tes.). O Núcleo conta atualmente com 380 alunos. Núcleo de Sobradinho comemora o 3º lugar F Ao centro, pastor Samuel Soares segura a placa de homenagem ladeado pelo pastor Terry (E) e pela irmã Lúcia Helena, juntamente com os demais membros da diretoria. (E/D) Pr. Elienai Cabral, Pr. Samuel e Pr. Terry. 08 | EETAD em revista | Maio a Outubro/14 undado em 04/03/1982, o Núcleo 226, instalado na Assembleia de Deus, presidida pelo pastor Samuel da Silva Soares, foi agraciado com o 3º lugar. A entrega da placa em homenagem ao Núcleo foi entregue em 05/05/14 pelo pastor Terry, no culto de santa ceia e batismo, que também trouxe a mensagem oficial. Prestigiando essa celebração, esteve o pastor Elienai Cabral (membro da diretoria da EETAD), um dos grandes incentivadores desta obra. Atualmente, o Núcleo conta com 112 alunos e os demais membros da diretoria são: Sidney Matos da Silva (monitor) e Lúcia Helena Neves (coordenadora e secretária e tesoureira).

[close]

p. 9

Núcleo 1000 figura novamente entre os melhores E m 09/02/14, o Núcleo 1000, instalado na Igreja Assembleia de Deus, Ministério de Madureira, cujo líder é o pastor Samuel Ferreira (dir. do Núcleo e membro do Cons. Consultivo da FAETAD), recebeu a homenagem alusiva ao 4º lugar entre os melhores Núcleos de 2013. A entrega da placa ao pastor Samuel foi feita pela pastor Josué de Campos, diretor administrativo da EETAD, durante a reunião de obreiros e cooperadores O Núcleo 1000, o maior da EETAD, sempre se destacou entre os demais, o que se deve ao apoio de sua liderança, que é fundamental para o grande êxito. O Núcleo tem como coordenadora geral a irmã Vani Biazon. Atualmente conta com 1.539 alunos (1º Ciclo/2º Ciclo). Igreja AD do Brás. No detalhe, pastor Samuel Ferreira (D), segura a placa de homenagem ladeado pelo pastor Josué de Campos Núcleo de Passo Fundo (RS) alcança o 5º lugar O Núcleo 042, instalado na Assembleia de Deus em Passo Fundo (RS), presidida pelo pastor João Maria da Silva Hermel (diretor do Núcleo), fechou a classificação dos melhores Núcleos de 2013, conquistando, de forma plausível, o 5º lugar. A entrega da placa foi feita no culto de 16/03/14, ao 2º vice-presidente da igreja, pastor Ângelo Zanfir, pelo irmão Márcio Matta que também trouxe a mensagem oficial. No dia seguinte, o irmão Márcio ministrou a aula para os alunos do Núcleo dos 1º e 2º Ciclos. Atualmente, o Núcleo conta com o total de 56 alunos e os demais membros da diretoria são: Pb. Rudimar Gomes (coordenador); Alan C. Machado (monitor); e Juliana Castoldi (sec.-tesoureira). (E/D): Alan, Juliana, Pr. Ângelo, Rudimar e Márcio. Na próxima edição, reportagem sobre o Núcleo de São Luís de Montes Belos (1º lugar). Maio a Outubro/14 | EETAD em revista | 09

[close]

p. 10



[close]

p. 11



[close]

p. 12

Notícias da FAETAD Conheça o marco e o projeto que fazem deste ano um período especial de nossa história 2014 O ano de 2014 vai entrar para os anais da FAETAD como um período especialmente marcante e produtivo. Durante este ano a FAETAD alcançará uma marca muito significativa em sua história: 10 anos de Bacharelado. Foi entre os meses de maio e julho de 2004 que as primeiras disciplinas que compõem o 3º Ciclo do Programa de Formação Superior Livre em Teologia começaram a ser enviadas aos alunos. Hoje, 10 anos depois, a FAETAD acumula o especial contingente de duas centenas de concluintes, além de outro milhar de matriculados. No decorrer desta primeira década do Bacharelado, a FAETAD dedicouse à hercúlea tarefa de produzir 22 Manuais de Estudo (mais de 4 mil páginas de conteúdo) e um sem número de exercícios e avaliações. Um trabalho virtualmente interminável, pois demanda constante revisão e aperfeiçoamento. Apesar desta atividade editorial permanente, durante estes 10 anos a FAETAD ainda promoveu 7 Fóruns Teológicos (o oitavo será nos dias 1, 2 e 3 de maio/2014) uma Semana de Imersão Teológica (a segunda será de 21 a 26 de julho/2014) e duas cerimônias de colação de grau (a terceira será em 11 de outubro/2014). Não é exagero afirmar que de 2004 a 2014, a FAETAD teve uma década abençoada e produtiva. Mas este foi o marco especial para o ano de 2014. Agora, você vai conhecer o projeto educacional teológico que está ampliando a fórmula educacional já consagrada pela EETAD: os Núcleos da FAETAD. Entre as solicitações feitas pelos alunos da FAETAD e os candidatos ao 3º Ciclo sempre esteve a abertura de Núcleos da FAETAD. Um pedido naturalmente justificável, afinal, após estudar por 4 anos em um Núcleo da EETAD, o que mais um aluno da FAETAD poderia desejar, senão um Núcleo do 3º Ciclo? Assim sendo, desde o começo deste ano estão em funcionamento nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste os primeiros Núcleos da FAETAD. Ainda em caráter experimental (pois é a partir da experiência com estes grupos de estudo que o projeto vai ser ampliado), estes grupos estão provando da boa sensação de estudar presencialmente o bacharelado da mais tradicional faculdade teológica de confissão pentecostal no Brasil. O marco de 10 anos de bacharelado, a abertura dos primeiros Núcleos e o início do Mestrado em Teologia estão emprestando ao ano de 2014 uma característica singular, fazendo deste um período para ser lembrado e contado como sinal da bênção de Deus sobre a Faculdade de Educação Teológica das Assem-bleias de Deus.

[close]

p. 13

Mestrado em Teologia Um novo desafio acadêmico “N inguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos sabemos algo. E todos ignoramos alguma coisa. Por isso, aprendemos sempre”. Essas palavras, localizadas nos domínios da sabedoria e da humildade, são do mui conhecido educador Paulo Freire. Com elas, ao mesmo tempo que nos alentamos, nos alertamos. O alento vem da constatação óbvia, mas tantas vezes ridicularizada: qualquer pessoa tem em si um mínimo de conhecimento sobre alguma coisa – e conhecimento é sempre bom! E o alerta vem de outra obviedade, esta orgulhosamente desprezada: ninguém sabe tudo. Logo, por mais que alguém saiba, deve sempre continuar a aprender. A FAETAD acredita nisto também – não por acaso, a sua missão é o aperfeiçoamento de obreiros e leigos para a seara do Mestre. A mais recente prova do quanto a FAETAD acredita no valor do conhecimento como ferramenta para os ceifeiros do Reino está nesta boa notícia: em 2015 terão início as aulas do Programa de Mestrado em Teologia! Trata-se de um novo desafio para aqueles que já superaram os 3 Ciclos do Programa de Formação Superior Livre em Teologia, afinal, se ninguém sabe tudo, então devemos sempre continuar aprendendo. O Mestrado em Teologia vem sendo gestado no Departamento de Desenvolvimento Curricular da FAETAD desde 2012, e finalmente é chegado o momento de torná-lo disponível aos candidatos: Desde os seus primórdios, a EETAD e a FAETAD sempre reconheceram a necessidade de ampliar o horizonte de seus alunos com a possibilidade da formação continuada em Teologia. Recentemente, submetemos os currículos de ambas as escolas a uma reformulação e unificação, para dar origem ao Programa de Formação Superior Livre em Teologia. E agora, por fim, chegamos ao Mestrado. Passaram-se 35 anos desde o primeiro manual – foi um longo caminho. Mas a EETAD e a FAETAD jamais comprometeram a sua qualidade apenas para ostentar um novo curso. Cada uma das fronteiras acadêmicas desbravadas foi conquistada com muito sacrifício, pensando sempre no melhor para o Reino de Deus. E é por isso que agora estamos confiantes e abençoados por Deus para dizer aos bacharéis da FAETAD e de outras instituições: “venham fazer o Mestrado da FAETAD!”, convida o diretor administrativo da FAETAD, pastor Josué de Campos. O Programa de Mestrado Livre em Teologia da FAETAD tem duração prevista de 2 anos. Durante este período, os estudantes deverão cursar 3 disciplinas obrigatórias e outras três matérias relativas a uma das duas linhas de pesquisa oferecidas – Apologética Histórica ou Ministério Pastoral. Por tratar-se de um Mestrado, existem algumas exigências que visam garantir a melhor experiência educacional possível para os alunos, como por exemplo o comparecimento aos quatro encontros presenciais, um ao final de cada semestre: “Esses encontros semestrais terão duração de uma semana, durante a qual os estudantes realizarão provas e serão submetidos a orientação com nossos professores. Esses encontros são imprescindíveis! Não podemos esquecer que este é um Mestrado, e nossos alunos deverão produzir e apresentar uma dissertação”, explica o Prof. Gunar Berg de Andrade, coordenador acadêmico da FAETAD. De acordo com o calendário estabelecido para o Mestrado, o período de seleção e matrícula será durantes os meses de outubro, novembro e dezembro deste ano, e o início das aulas será em janeiro de 2015. Chegou a hora de elevar seu conhe-cimento a um novo patamar!

[close]

p. 14

Com a Palavra, Liderança e Alunos Q uanto a mim, como pastor de igreja e presidente da Convenção das Assembleias de Deus em Portugal, posso assegurar que o curso da EETAD tem sido de enorme bênção para as igrejas portuguesas. Através do seu Curso Básico e do Médio, muitos crentes em geral, cooperadores e vários pastores têm alcançado formação teológica sólida e bem estruturada, o que para eles constitui uma mais-valia no ministério da Palavra. Incentivo os líderes das igrejas a aproveitarem este excelente meio de ensino a distância para darem formação aos seus cooperadores. Pr. Luis Reis Presidente da Convenção das Assembleias de Deus em Portugal Farol na escuridão A EETAD foi para mim como um farol que ilumina as grandes e densas trevas; iluminou a minha vida e minha mente acerca da Palavra de Deus. Sou grato a Deus pela EETAD. Cláudio de Souza Silva – TeleCurso nº 3699 – São B. Campo (SP) GRATIDÃO Glorifico a Deus e agradeço à EETAD a oportunidade de aprender mais e em como trabalhar na construção do Reino. Devemos estar sempre preparados para responder àqueles que nos indagam a respeito da esperança que há em nós. Deus lhes abençoe! José Fernandes Neto – TeleCurso nº 4273 – Guanhães (MG) Conhecimentos O curso da EETAD tem me proporcionado conhecimentos teóricos, o qual tem me ajudado na EBD, na evangelização e como responder, com segurança, às perguntas dos que são duvidosos quanto à salvação em Cristo Jesus. Estou feliz por esta oportunidade, graças a Deus. Josefa M. T. dos Santos – TeleCurso nº 2661 – Bom Jardim (PE) MAIS ILUMINADO Luz para os meus pés é a Palavra de Deus. Eu posso dizer que, pela graça de Deus, minha vida se tornou mais iluminada através da EETAD. Valterson R. da Silva – TeleCurso nº 2311 – Monte Carmelo (MG) Alicerce e entendimento O estudo das Sagradas Escrituras, através do curso da EETAD e da FAETAD, alicer-çou a minha fé. Também deu-me entendimento do plano de salvação para a humanidade, que me capacitou a sair em defesa da fé em Jesus Cristo. Alcião Carvalho nº 17.0588 Santa Rosa (RS) FAETAD – realização Ser aluno da FAETAD tem sido para mim uma verdadeira bênção e tem me dado a oportunidade de realizar um grande sonho. Parabenizo a equipe da FAETAD pelo excelente trabalho desenvolvido. Agradeço a Deus por vocês existirem e serem este canal de bênçãos para todos aqueles que amam o estudo da Palavra de Deus. Francisco A. N. de Castro 11.0320 Aquiras (CE) Legado Tenho sido grande-mente abençoado ao longo desses anos de estudos teológicos. Louvo a Deus pela vida do Pr. Bernhard que não foi desobediente à visão celestial, mas descansa de suas obras com a consciência do dever cumprido. Mercê desse legado, milhares de obreiros têm sido treinados para a comissão do Mestre: “Pregai a Palavra”. Parabenizo toda equipe da EETAD e FAETAD. Manoel Nunes da Silva 11.0059 Araraquara (SP) Esta seção é reservada aos alunos da EETAD e da FAETAD, no Brasil e no Exterior. Envie texto, foto, nº do Núcleo e nº de sua matrícula para a redação da EETAD em revista. 14 | Maio/14 a Outu bro/14 | EETAD em revista

[close]

p. 15

Próximas Matérias 1 ° Ciclo 2° Ciclo História e Geografia BÍblicas 3° Ciclo Teologia do Novo Testamento Previsão de Remessa 03/Jun. BIBLIOLOGIA I Previsão de Remessa 07/Jul. Previsão de Remessa 2° Ciclo (M2) - 14/Jul. As EpÍstolas Paulinas III ELEMENTOS DA TEOLOGIA BÍBLICA Previsão de Remessa 11/Ago. Previsão de Remessa 2° Ciclo (M1) - 21/Jul. Identidade Teológica Previsão de Remessa 12/Ago. ApologÉtica II Previsão de Remessa 2° Ciclo (M2) - 18/Ago. 2° Ciclo (M1) - 25/Ago. Português & Técnicas de Redação Previsão de Remessa 12/Ago. OS EVANGELHOS Previsão de Remessa 15/Set. Liderança Cristà Previsão de Remessa 2° Ciclo (M2) - 22/Ago. 2° Ciclo (M1) - 29/Set. Didática Geral II Previsão de Remessa 07/Out. HOMILÉTICA I Previsão de Remessa 20/Out. Evangelismo e Missões Previsão de Remessa 2° Ciclo (M2) - 27/Out. 2° Ciclo (M1) - 03/Nov. Bibliologia II Previsão de Remessa 07/Out. Maio a Outubro/14 | EETAD em revista | 15

[close]

Comments

no comments yet