EETAD em Revista Edição 41

 

Embed or link this publication

Description

EETAD em Revista Edição 41 - Prosseguir em conhecer, as oportunidades e as vantagens do programa de estudo teológico

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

Palavra do Presidente Por que parou? O que faz alguém achar que sabe tudo sobre Deus Q Informativo semestral da Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus Presidente Pr. Terry Johnson Diretor Pr. Josué de Campos Editor Márcio Matta Colaboradores – Gunar Berg – Miriam Estevan – Beth Kinas – Milena Reis Capa Bruno William Gunar Berg Diagramação Bruno William Rodovia Campinas-Mogi Mirim, Km 119 Rua Pr. Bernhard Johnson, 500 Bairro Tijuco de Telha 13086-600 Caixa Postal 1031 Campinas (SP) 13012-970 Fone: 19 3757-5700 www.eetad.com.br Distribuição gratuita Proibida a reprodução de qualquer parte desta revista sem a autorização, por escrito, da EETAD. uando eu começo uma coisa, vou Aliás, é o único desafio no qual e pelo qual até o final!”. Quantas vezes você nos tornamos mais fortes. já ouviu alguém dizer algo assim? É difícil aprender a Bíblia? Então Talvez você mesmo já tenha falado desta imagine o quanto é difícil sem aprender forma em algum momento. A maior parte dela! Não pare! Eu vou orar por você, para das vezes que ouço palavras como estas é que Deus lhe envie do mesmo espírito de quando recebemos novos alunos na EETAD inteligência que repousou sobre Daniel, e na FAETAD. Na empolgação tão natural Misael, Ananias e Azarias. E, se Deus me da matrícula, muitos estudantes discursam permitir, quero participar de sua formatura sobre sua força de vontade e louvam a grande ao final do 1º, do 2º e do 3º Ciclo! disciplina e determinação que têm. A julgar “Já fiz o Básico. Já está bom!” pelo tanto que falam, esperaria que eles Isso me entristece profundamente, pois completassem todo o Programa de Formademonstra um conformismo preocupante. ção Superior Livre em Teologia em tempo Tantos profissionais estudam seus ofícios recorde. Mas, algo parece minar o empenho, por anos. Ao final de a força e a determinação uma faculdade, tendo de muitos deles. O reO que você vai oferecer ao cursado até 50 matésultado é melancólico: o rebanho do Senhor? Apenas rias, eles se formam aluno que pretendia ser brilhante nos três Ciclos leite? Nunca o alimento sólido? sabendo que já estão defasados. Mas aí, tanemperra após completar tos crentes concluem a primeira etapa. º Ciclo) e dizem “Já está o Curso Básico (1 Não é fácil saber o que arrefeceu os bom!” Amado estudante, não está bom! ânimos destes estudantes, mas pensando na Não tem como estar! Estamos tratando empolgação que um dia demonstraram, imade Bíblia, de Palavra de Deus. Em tempo ginei duas possíveis razões para sua mudança algum estaremos suficientemente prontos. de atitude e de ânimo. Quer prantear comigo? Bem pior que “Eu pensei que era mais fácil!” o aluno conformado é o aluno iludido que Acontece... Não é raro alguém imaginar pensa “Já tenho o que preciso para minha que estudar na EETAD ou na FAETAD consagração ministerial!” Então quer dizer seja uma tarefa simples. Normalmente esses que o estudo teológico é só isso, um pedágio alunos pensam “É um curso teológico livre. para o pastorado? Se chegar lá, o que você Coisa simples.” Mas aí, a realidade mostra irá oferecer às suas ovelhas? Apenas leite? o óbvio: a EETAD e a FAETAD existem Nunca o alimento sólido? Palavras pesadas? para ensinar a Palavra de Deus, e diante da Não mais que a responsabilidade de aprenBíblia nenhum homem é capaz ou suficiente. dermos para poder ensinar. Além disso, a EETAD e a FAETAD não são Não desista de seus ideais teolóescolas quaisquer. gicos, pois é por Era o que você estava pensando? Bem... meio deles que realmente não posso enganar você: as próxiDeus lhe usará. mas etapas são mais difíceis. O conteúdo e Ao completar um os exercícios vão aumentar. Mas é para isso Ciclo, progrida ao que você está aqui, não? Não pode haver próximo. Avance! entre nós um pacto velado em que o aluno Não pare! Deus finge estudar e a escola finge ensinar, para, precisa de você ao final, cada um conseguir o que quer. Como pronto. E Ele tem visto, você está diante de uma grande obra; pressa! mas, é preciso dizer, não duvido que esse (Ler mais na p.11) será um dos melhores desafios de sua vida. Pr. Terry Johnson

[close]

p. 4

Estudo Bíblico A Igreja: Comunidade de Deus O apóstolo Paulo menciona relação de Cristo com a sua Igreja como um grande mistério (Ef 5.32). E ainda mais: a Igreja sob perspectiva bíblica exerce um papel fundamental no desenrolar do propósito redentor de Deus. Seguramente, então, é imperativo que nós, como membros e ministros da Igreja, exploremos este mistério. Mas por onde devemos começar? As pessoas redimidas por Deus A Igreja do NT é vinculada ao AT pela imagem da redenção da escravidão no Egito. O povo de Deus em ambos os Testamentos estão conectados pelas mesmas promessas. Ambos os povos (AT/NT), são peregrinos que, pela ação remissora da graça divina, foram convocados para uma tarefa específica e encaminhados a uma nova pátria. O libertar do povo por Deus foi erradamente tratado pela Teologia da Libertação como uma prioridade divina revolucionária de fundo social. Mas há uma falha espiritual grave nessa Teologia: ela assume que a Igreja é uma instituição de libertos autossuficientes, quando na verdade não somos nem os libertadores e nem autossuficientes. Não fomos liberados pela justiça social, mas pela justiça de Deus. Somos um povo divinamente libertado. O Livro de Êxodo é claro quanto a isso. Tanto a iniciativa quanto a provisão da redenção são achadas exclusivamente em Deus. O Êxodo não foi um chamado para um movimento de estratos sociais. Ao contrário, a narrativa do Êxodo mostra pessoas relutantes em aceitar a presença poderosa e pessoal de Deus: “Eu sou o Senhor, e vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios, vos livrarei da sua servidão e vos resgatarei com braço estendido e com juízos grandes.” (Êx 6.6 – grifo nosso). Os três verbos da referência indicam claramente a iniciativa divina, ao invés da ação humana proposta pela Teologia da Libertação. Vejamos: 1. “tirarei” – este verbo repousa na libertação da escravidão egípcia pelo Senhor de Israel. Yahweh é o sujeito da ação. Ele sanciona, impele e ordena a partida do povo da escravidão egípcia. Moisés lembra Israel posteriormente: “o Senhor vos livrou e vos resgatou com mão forte…” (Êx 13.3). 2. “livrarei” – este verbo refere-se ao ato físico brusco de agarrar ou capturar. É um rapto para o livramento, uma extração do povo de Israel do perigo (Êx 3.8; 18.10). 3. “resgatarei” – resgatar tem a ver com a solidariedade familiar. Está claro que sem esta intervenção por parte de Yahweh, sem o “parentesco” com Yahweh, o povo de Deus teria desaparecido dentro do Império Egípcio (Êx 15.13; Sl 106.10). O NT também fala sobre o povo de Deus resgatado/liberado (Rm 9.24-26). Claramente, o NT focaliza no ato de Deus da redenção (Mt 20.28; Mc 10.45; Rm 3.24, 4.25; 1Co 1.30; 2Co 5.18,19; Ef 1.3-9, 2.1-10; Cl 1.14; 1Tm 2.6; Hb 9.25-28). O NT, então, fala da Igreja, não como uma comunidade de libertadores, mas como uma comunidade dos que foram já libertos (Jo 8.36; Gl 5.1)! Foi corretamente dito que o mistério da Igreja se origina na Trindade. Qualquer tentativa para compreender este mistério à parte da conexão trinitária é fútil. A nossa exploração começa aqui: a Igreja como “ekklesia” , congregação, ou assembleia, que se refere à comunidade de crentes que respondem à mensagem da redenção através de Jesus Cristo e, subsequentemente, participam juntos de uma vida de adoração a Deus dirigida pelo Espírito Santo. Este estudo explorará o mistério da Igreja, como comunidade de Deus a exemplo da Trindade, baseado em quatro elementos: as pessoas redimidas por Deus; o corpo de Cristo em expressões de adoração; a comunidade testemunhando através do Espírito, cumprindo a missão de Deus; e o povo como servo de Deus.

[close]

p. 5

O Corpo de Cristo A Igreja como Corpo de Cristo é semelhante ao conceito da comunidade de pessoas resgatadas por Deus. O apóstolo Paulo contribuiu exclusivamente para uma compreensão da Igreja como Corpo de Cristo (Rm 6.5; 1Co 12.12-31; Ef 4.9-16; Cl 1.18, 3.3). A ideia central é de interdependência e não de hierarquia entre as partes do corpo. A fé cristã, portanto, não é somente nossa relação individual com o Senhor Jesus Cristo. A fé cristã é nossa interligação com outros indivíduos que compartilham uma relação comum com a Igreja. O corpo não é uma metáfora, mas revela a união inse-parável de crentes em Cristo e com Cristo. O apóstolo Paulo empregou extensivamente imagens variadas pa-ra descrever a relação de Cristo com a Igreja. Considere exemplos da carta dirigida à igreja de Éfeso (Ef 1.22,23; 2.16-18,19,21,22; 3.6; 4.2-4,16; 5.2327,30,32; 6.23). A incorporação em Cristo invariavelmente atrairá todos os envolvidos a uma relação com o próximo. É possível imaginar o quanto isso provocou fortes tensões no contexto social do NT, onde servos e senhores passaram a comungar da mesma fé. Nesta reunião dinâmica da sociedade cristã formava-se o escândalo de não haverem mais judeu, nem grego, nem escravo, nem livre, nem macho, nem fêmea (Gl 3.28). Nós exploramos as consequências para a comunidade do Espírito. A Comunidade do Espírito A Igreja como o Corpo de Cristo dirige ao NT a Igreja como a Comunidade do Espírito (At 2.17). Há uma conexão inerente entre Cristologia e o Espírito dentro do indivíduo em sua comunidade espiritual, especificamente, a comunidade eclesiástica. O Espírito Santo torna real o ministério redentor de Cristo no cristão e, ao mesmo tempo, faz verdadeira a presença de Cristo na comunidade Cristã (Jo 15.26, 16.12-15). Amos Yong observa que o Espírito não é algo que “anima” a Igreja, mas algo que faz a Igreja ser Igreja. Culturalmente, conforme testemunha o NT, o Espírito Santo não agiu no sentido de destruir a diversidade cultural, uniformizando os cristãos. Mas Ele atuou como o amálgama que da diversidade erigiu a unidade no Corpo de Cristo. Como uma comunidade do Espírito, o charísmata significa não somente o que a Igreja faz, mas o que a Igreja é. Consequentemente, a ontologia e realidades funcionais da Igreja entram juntos na poderosa presença de Deus com Seu povo. A operação do Espírito através da comunidade de crentes faz da Igreja a comunidade do Espírito. Logo, quando agimos como Igreja não estamos sendo corajosos ou bem dispostos, mas estamos agindo para o engrandecimento do Espírito. Todas as coisas que fazemos para Deus, fazemos através do Espírito e não pela força humana (At 1.4,8; 2.17,18). As pessoas que servem a Deus Novamente, em identidade com o povo de Deus do AT, o NT afirma a natureza de servo dentro da comunidade da Igreja (Êx 8.1, 9.1, 10.3; Mt 20.25,26; 2Co 4.5, Gl 5.13; 1Pe 4.10). Simplesmente, a comunidade Cristã existe para servir! E este serviço só pode ser realizado pelo ministério do Espírito (Lc 24.45-49; At 1.8, 2.4). Os textos de Servo do AT são aplicados ao ministério de Jesus (Mt 8.17,12.8; Mc 10.45; At 4.27, 30; 1Pe 2.22-45). Não é significante, então, que a Igreja também seja chamada para servir a Deus e à comunidade dEle? “Assim o próprio Cristo deu uns para apóstolos, para profetas, para evangelistas, para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo.” (Ef 4.11,12) Nossa identidade é a do mistério da igreja, a identidade de redimidos indissociáveis uns dos outros, participantes do propósito remidor de Deus, pela atuação poderosa do Seu Espírito. E mesmo assim, mal começamos a explorar o território do mistério da Igreja como Corpo de Cristo. Aliás, o vocabulário humano é inadequado para descrever esse mistério. Deixamos nossa exploração neste ponto, com as palavras do apóstolo Paulo, escritas sob a inspiração do Espírito Santo: “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse glória na igreja por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém! (Ef 3.20,21) Pr. Paulo Porta Missionário australiano, deão acadêmico da FAETAD. EETAD em Revista | 03

[close]

p. 6

Quem É Quem no C o n s e l h o F i s c a l d a F A E TAD Pr. Nestor Henrique Mesquita Membro do Conselho N ascido em 10 de Janeiro de 1934, na cidade de Itapajé (CE), Nestor Mesquita é filho de Raimundo e Antonia. É casado com a professora Iracy (in memo-riam), com quem teve os filhos: Idoneil, Ivã, Ismaías, Irã, Iracilda e Ieda. Mesquita cursou Jornalismo e Bacharelado em Teologia e em Psicanálise Clínica. Tem Mestrado em Teologia com especialização em Psicologia Pastoral. É bacharel em Direito pela Faculdade das Atividades Empresariais de Teresina - FAETE. Autor de mais de trinta de livros. Articulista e escritor da CPAD. Durante quatro anos foi secretário do Conselho de Doutrina da CGADB. Atualmente, pastor Mesquita é o presidente do Conselho Regional do Nordeste, também órgão da CGADB, que abrange 16 Convenções estaduais. É também presidente de honra da Convenção das Igrejas do Montese, em – Pastor-Presidente da AD em Teresina – Presidente da CEADEPI Fortaleza (CE). Tem vários títulos de honra ao mérito por serviços prestados a entidades teológicas educacionais. Já foi missionário na Espa-nha por quase cinco anos. É sócio da UBE/ PI na categoria de escritor. É diretor presidente da CONERPI - Conselho de Ensino Religioso no Estado do Piauí nas Escolas Públicas. É doutor em Divindade. Membro da Academia Piauiense de Cordel e presidente da AELPI – Academia Evangélica de Letras do Piauí. No Piauí, trabalhou como obreiro auxiliar na cidade de Parnaíba; depois em Campo Maior; foi vice-presidente da Assembleia de Deus em Teresina por vários anos na gestão do pastor Paulo B. Carvalho. Foi pastor na cidade de Caxias (MA) por sete anos. Exerceu a função de Secretário da Convenção das ADs no Maranhão por vários anos. Há 25 anos é presidente da CEADEP - Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Piauí. É o presidente da Assembleia de Deus em Teresina desde 2013. A FAETAD deseja que o pastor Nestor e sua família continuem sendo prósperos na obra do Senhor, e lhe agradece pelo apoio demonstrado a esta instituição. R a n k i n g d o s 2 0 m a i o r e s Núcleos Março/2015 POSIÇÃO ATUAL N úc. CIDADE (UF) Qtde. ALUNOS B-1C M-2C S-3C Básico/1C – Mat.: As Epístolas Gerais Médio/2C – Mats.: Herm. Bíblica I / Soteriologia I Superior/3C – Mat.: Cosmogonia Bíblica DENOMINAÇÃO DIRETOR DO NÚCLEO 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º 1000 325 72 69 47 466 720 1 63 151 805 84 990 222 226 609 829 107 1572 380 1390 119 1.494 São Paulo (SP) 377 Ipatinga (MG) 365 Rio Branco (AC) 354 Porto Velho (RO) 308 Piracicaba (SP) 304 Gov. Valadares (MG) 202 Bauru (SP) 184 Rio Branco do Sul (PR) 184 Caxias do Sul (RS) 158 S.L. Montes Belos (GO) 146 Lavras (MG) 142 Ariquemes (RO) 138 Mogi Guaçu (SP) 125 Ananindeua (PA) 123 Sobradinho (DF) 121 Senador Guiomard (AC) 115 Barreiras 114 Canoas (RS) 112 Paranaíba (MS) 103 Jaru (RO) 103 Cach. de Itapem. (ES) 102 Guaratinguetá (SP)                                           Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Assembleia de Deus Pr. Samuel Cássio Ferreira Pr. Antônio Rosa da Silva Pr. Luiz Gonzaga de Lima Pr. Joel Holder Pr. Dilmo dos Santos Pr. Salatiel Fidelis de Souza Pr. Antonio Baltazar Cardoso Pr. Eloir dos Santos Pr. Daniel Regis Cavalcante Pr. Gleidison Joaquim Bastos Pr. Antonio L. Cerqueira Pr. Nels dos Santos Pr. Gessé Plácido Ribeiro Pr. Nerias Pinheiro da Costa Pr. Samuel da Silva Soares Pr. Pedro Abreu de Lima Pr. Jailson dos Reis Santos Pr. Edegar de Souza Machado Pr. Orlando Lima Monteiro Pr. Manoel Cardoso da Cruz Pr. Gildo Gonçalves Meireles Pr. Ozias Gomes de Oliveira

[close]

p. 7

Treinamento nacional para administração de Núcleo E m 21/03/2015 ocorreu mais um Treinamento para Administração de Núcleo na sede da EETAD em Campinas (SP). Foram 172 participantes, membros de diretoria de Núcleos e líderes interessados em fundar Núcleo em suas igrejas, oriundos de diversos estados (SP, RJ, PR, MG, ES, RS, RO). Os participantes foram recebidos pelo presidente da EETAD, pastor Terry que trouxe uma palavra de agradecimento e incentivo. Sob a supervisão do pastor Josué de Campos (dir. adm.), o treinamento foi ministrado pelos irmãos Márcio Matta (assessor adm.), Gunar Berg (coord. acadêmico) e Samuel Merencio (chefe de TI). O treinamento teve como objetivo esclarecer os procedimentos relacionados à reestruturação e a integração dos cursos Básico, Médio e Superior ao Programa de Formação Teológica Superior Livre em Teologia, bem como capacitação para os membros de diretoria dos Núcleos. Um dos destaques foi a nova ferramenta disponibilizada aos alunos que estão com matérias a recuperar – Recuperação Acadêmica Online. Diretoria Pr. Terry Johnson Pr. Josué de Campos Palestrantes Márcio Matta Gunar Berg Samuel Merencio

[close]

p. 8

Diversos D esde de Janeiro de 2015, a EETAD está disponibilizando para todos seus alunos o sistema de recuperação Online. Este é um recurso que possibilita o aluno recuperar sua nota sem passar pelo processo de solicitação via Núcleo, sem burocracia e sem as despesas postais e a demora usual dos Correios. Os passos a seguir vão lhe orientar como realizar o seu acesso a esse sistema. Leia atentamente – esse foi um serviço pensado para você, aluno! a) Cartão de crédito. Caso opte por esta forma de pagamento, deverá inserir os dados pertinentes ao cartão: como número, nome do titular, data de validade, código de segurança e as parcelas. b) Boleto bancário. Basta clicar no botão “Gerar Boleto”. c) Débito em conta. Deverá escolher o banco e clicar no botão “acessar a página do banco”. 8 Após a comprovação do pagamento, o aluno receberá um e-mail com as instruções para acessar a plataforma de provas. Caso seja o primeiro acesso, o aluno será informado no mesmo e-mail seu login e senha provisória que deverá ser alterado em seu primeiro acesso. 9 Na página inicial, no item meus cursos, o aluno deverá clicar no link da matéria liberada e após no link “Questionário de Recuperação Acadêmica”. 10 Para dar início ao questionário de recuperação o aluno deverá clicar em “Responder o questionário agora”. Após clicar neste botão o aluno terá até 5 dias corridos para responder todas as questões, caso ultrapasse esse período será bloqueado seu acesso e avaliado somente pelas respostas salvas. 11 O aluno terá 120 questões por matéria, sempre que responder alguma questão recomendamos que o aluno clique no botão “Salvar SEM enviar” localizado no final do questionário. Ao terminar de responder todas as questões o aluno deverá clicar em “Terminar e enviar”. 12 Será exibida automaticamente sua nota e o feedback das questões respondidas. O aluno então receberá um e-mail da secretaria geral da EETAD informando que a nota foi incorporada ao sistema de alunos e sua aprovação ou reprovação. A partir de então o aluno poderá utilizar do mesmo processo para possíveis outras matérias. A EETAD espera que todos os alunos que estejam com matérias a recuperar se utilizem desta ferramenta, colocando, assim, sua vida acadêmica em dia. 1 O aluno deverá acessar o site da EETAD e clicar no ícone Requerimento de Recuperação Online. Em seguida será redirecionado para a página de identificação, onde deverá digitar o número do Núcleo e de sua matrícula. 2 Caso alguma matéria for liberada pelo Conselho Acadêmico da EETAD para recuperação, o aluno deverá também inserir o código fornecido no campo Código de Autorização. Na sequência, clicar no nome para abrir o Requerimento de Recuperação Acadêmica. 3 O aluno deverá preencher todos os campos, escolher a matéria reprovada e, se deseja adquirir o manual de estudo, ou não. Depois clicar no botão enviar. 4 O aluno receberá um e-mail de confirmação de recebimento de seu requerimento e deverá aguardar outro e-mail com valor(es) e instruções e para pagamento. No e-mail recebido, o aluno deverá clicar no botão 5 ir pagamento, onde será redirecionado para página de pagamento. Já na página de pagamento serão exibidos os detalhes de seu pedido e o botão Pagar. 6 O aluno informa o seu e-mail e clica em avançar, preenche os campos nome, CPF, telefone e CEP e clica em escolher pagamento. 7 O aluno deverá escolher a forma de pagamento que poderá ser por:

[close]

p. 9



[close]

p. 10

Especial EETAD homenageia os melhores Núcleos de 2014 Mais uma vez, a EETAD vem homenagear os Núcleos que alcançaram os cinco primeiros lugares nas metas estabelecidas dentro do Programa de Incentivo aos Núcleos, no ano 2014. Os critérios adotados foram o crescimento no número de alunos no decorrer do ano (isto é, desde a última matéria do ano letivo 2013 até a última de 2014), a não devolução de material de remessa e os eventos realizados. Nesta edição apresentamos quatro Núcleos e, na próxima edição, o que alcançou o primeiro lugar (Rio Branco do Sul-PR), devido sua homenagem ocorrer depois do fechamento desta edição. Campos dos Goytacazes – 2º lugar E m 05/04/2015 o Núcleo 1095, instalado na Igreja Assembleia de Deus, presidida pelo pastor Elias Moreira, comemorou com alegria a conquista do 2º lugar entre os melhores Núcleos de 2014. É a segunda vez que figura entre os cinco primeiros lugares (5º lugar/2006). A entrega da placa em homenagem ao Núcleo foi feita pelo pastor Antonio Gilberto (vice-presidente da FAETAD) aos mem-bros da diretoria do Núcleo diante da presença de um bom número de alunos. Atualmente, o Núcleo conta com 95 alunos (Básico/Médio) e tem em sua dire-toria os demais membros: Marlúcia Tomé dos Santos (coordenadora); Lucimery Sinflório (sec.-tesoureira); Rosângela Guimarães; Oziel Correia (monitores). Diretoria e alunos do Núcleo No detalhe, pastor Antonio Gilberto (C), segura a placa de homenagem ladeado pelo diretor do Núcleo, Pr. Elias (E) e demais membros da diretoria. São Paulo/Brás – 3º lugar D esde a implantação do programa de homenagem aos Núcleos, é a sextavez que o Núcleo 1000, instalado na Igreja Assembleia de Deus do Brás, São Paulo (SP), é homenageado, sendo, desta vez, com a conquista do 3º lugar. Em 08/03/2015, o diretor administrativo da EETAD, pastor Josué de Campos, fez entrega da placa ao pastor Samuel Ferreira (presidente da AD Brás, diretor do Núcleo e membro do Conselho Consultivo da EETAD). Atualmente, o Núcleo conta com 1.494 alunos (Básico/Médio) e tem em sua diretoria os demais membros: Vani de Campos Biazon (coordenadora); Valdirene Ap. Paulo (secretáriotesoureira); Sara dos S. P. Gomes; Djalma Lopes (monitores). Igreja AD Brás No detalhe, Pr. Samuel Ferreira (E), segura a placa de homenagem com Pr. Josué de Campos.

[close]

p. 11

Araçatuba – 4º lugar O Núcleo 1160, instalado na Igreja Evangélica Manancial de Águas Vivas, na cidade de Araçatuba (SP), alcançou o 4º lugar entre os melhores do ano 2014. É a primeira vez que este Núcleo figura entre os cinco primeiros colocados. No culto realizado em 05/04/2015, o diretor do Núcleo, monitor e presidente da igreja, pastor Luiz Carlos Gomes, recebeu a placa oferecida pelo pastor Terry Johnson, que se fez acompanhar de sua esposa, missionária Beth Johnson. Na ocasião, pastor Terry Johnson trouxe a mensagem oficial da noite, com base em Hebreus 4.12, ressaltando a necessidade de os crentes manusearem melhor a Palavra de Deus. Pastor Luiz, um grande incentivador do ensino teológico, agradeceu a diretoria e alunos do Núcleo, como também louvou a Deus pela iniciativa da EETAD em reconhecer o trabalho de todos. Atualmente, o Núcleo conta com um total de 99 Pr. Terry Johnson entregando a palavra oficial para a igreja e, no detalhe, alunos (Básico/Médio). Os demais membros da diretoria juntamente com os membros da diretoria do Núcleo na entrega da placa. são: Eduardo C. H. Bacelar (coordenador); Maria Aparecida P. de Alencar (secretária-tesoureira); Michel S. Neto (monitor). Lavras – 5º lugar O Núcleo 805, instalado na Igreja Assembleia de Deus em Lavras (MG), presidida pelo Pr. Antônio Cerqueira (dir. do Núcleo), encerrou a classificação dos melho res Núcleos de 2014, conquistando de forma honrosa o 5º lugar. A entrega da placa em homenagem ao Núcleo foi feita durante o culto realizado em 08/03/2015 pelo pastor Terry Johnson (presidente da EETAD), que se fez acompanhar do pastor Salvador Antunes (presidente da AD em Varginha-MG e membro da diretoria da EETAD). É a segunda vez que o Núcleo figura entre os cinco primeiros colocados (4º lugar/2009) Na ocasião, pastor Terry pregou a Palavra de Deus e destacou o excelente trabalho realizado pela diretoria do Núcleo. Também agradeceu o apoio dado pelo pastor Cerqueira e encorajou os alunos à continuidade dos estudos. O Núcleo conta atualmente com 146 alunos (Básico/ Superior). Os demais membros da diretoria são: Roberto M. de Oliveira (coordenador e monitor); Airison J. Naves (secretário-tesoureiro); Willian B. de Carvalho (monitor). Pastor Salvador (E), segura a placa de homenagem ladeado pelo pastor Antônio Cerqueira e demais membros da diretoria do Núcleo. No detalhe, pastor Terry, entregando a mensagem oficial do culto. EETAD em Revista | 09

[close]

p. 12

A r t i g o T e o l ó g i c o F A E TAD Teologia – A pedagogia do desafio Quando praticada nos limites das Escrituras, a Teologia é uma dádiva espiritual. Feita além dos termos da Bíblia, ela se reduz a uma armadilha intelectual. Professor Gunar Berg A expressão pedagogia do desafio foi cunhada por um amigo chamado Isaías Araújo (autor do Manual de Estudos Português & Técnicas de Redação, da FAETAD). Ele desenvolveu uma técnica para ensinar língua portuguesa aos seus alunos do Colégio Militar do Rio de Janeiro baseada em perguntas e respostas. Eram questões muito bem elaboradas e que forneciam ao estudante a chance de investigar as soluções. O desafio tornava-se eficaz, pois inquietava os alunos até que a resposta certa fosse apresentada. É como penso que a Teologia funciona, como uma pedagogia do desafio, sendo que a inquietação não parte de um professor, mas do Mestre para onde convergem as questões mais fundamentais do ser humano. Desta forma, a Teologia não é a resposta, mas as perguntas; e Deus é mais que respostas, Ele é a verdade. O desafio teológico não é compor um argumento, mas chegar ao conhecimento da verdade. Embora o mundo pareça cada dia mais anticristão, existe uma demanda plena pelo conhecimento de Deus. Talvez seja difícil concordar com esta afirmação, pois os movimentos antiteístas só fazem aumentar em tamanho e força, mas não esqueça que nem todo questionamento é pontuado com uma interrogação, e que discordar é a forma predileta do ser humano inquirir. Para este fim existe a Teologia, para buscar responder o inato e inquestionável desejo humano pelo conhecimento sobre Deus. Nesse sentido, a Teologia não é apenas coisa de crente, mas o resultado de um esforço universal e individual para entender Deus, afinal, todo ser humano tem algo a dizer sobre Deus. Evidentemente, os sistemas teológicos são incapazes de explicar plenamente Deus, nem mesmo as 10 | EETAD em Revista Escrituras contam tudo a respeito do Criador: “As coisas escondidas pertencem a Jeová, nosso Deus, mas as coisas que são reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos, para sempre, para que observemos todas as palavras desta lei.” (Dt 29.29) Mas o que os afoitos veem como lacuna imperdoável, os atentos notam como estratégico limite de segurança teológica: ora, o termo da Teologia é Bíblia, a fronteira da palavra sobre Deus é a Palavra de Deus. Se não é possível ao homem compreender tudo sobre Deus, então tudo sobre Deus poderia ser um tropeço à fé. O único que sabe todas as coisas sobre o Senhor é o Espírito do Senhor (1Co 2.11). Quando algum teólogo insiste peregrinar para além dos termos da Palavra, gradativamente sua Teologia vai baixando ao nível da metafísica, até não ser mais que filosofia. Para ser genuína, a Teologia deve depender só e somente das Escrituras. É exatamente neste ponto que tantos acadêmicos tropeçam na fé, e não se levantam. Imaginando suficiência no pensamento teológico, não podem admitir que há limites para o conhecimento convencional, após o que inicia-se o terreno do aprendizado pela fé. Mas fé não parece algo digno dos corredores universitários, não é mesmo? Fé é imaterial demais, irracional demais, simplória demais para ser advogada por um pensador, um teólogo. Resultado: sem fé não há verdadeira teologia, e teologia não verdadeira dispensa o uso das Escrituras, e teologia sem Bíblia é metafísica, e metafísica serve apenas para encher os ouvidos dos que estão com os corações vazios.

[close]

p. 13

Prosseguir em conhecer “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor:” (Os 6.3) As vantagens e oportunidade de cursar o Programa de Formação Superior Livre em Teologia da EETAD/FAETAD H á cerca de um ano a EETAD e a FAETAD iniciaram um projeto educacional cuja principal característica é a integração dos cursos oferecidos por ambas as escolas. Como forma de incrementar essa fórmula estudantil, a FAETAD passou a abrir Núcleos, tal como a EETAD tem feito desde 1979. Desta forma, os alunos da EETAD, acostumados ao estudo presencial em suas igrejas podem, assim que concluírem os 1º e 2º Ciclos (comumente chamados Básico e Médio) iniciar os estudos na FAETAD, no 3º Ciclo do Programa de Formação Superior Livre em Teologia, no ambiente de suas próprias igrejas. Além destas, há outras facilidades como a contagem de créditos acadêmicos, que determina uma grade curricular na FAETAD de 9 a 14 disciplinas, de acordo com a formação teológica obtida pelos alunos dos dois primeiros Ciclos. Este arranjo educacional teológico abriu as portas do aperfeiçoamento teológico aos estudantes formados pela EETAD, que dispõem, agora, da oportunidade de ingressarem na FAETAD mais rapidamente. Mas a grande vantagem desta integração é curricular. O arranjo didático e teológico da grade de matérias possibilita ao estudante uma progressão acadêmica e de conhecimento. Por exemplo, depois de concluir os três Ciclos, o aluno terá experimentado disciplinas organizadas em fila, como Apologética I, II e III, uma a cada Ciclo. Os estudantes que se deixarem tocar pelas palavras de incentivo do pastor Terry Johnson, na abertura desta edição, notarão que ao progredirem do 1º para o 2º Ciclo estudarão novos conteúdos, serão apresentados a uma nova abordagem teológica dos temas bíblicos. Avançando do 2º para o 3º Ciclo, o estudante terá contato com as matérias críticas, que lhe abrirão os olhos e o coração para uma nova profundidade no conhecimento de Deus. Existe uma estrutura de saber e de conhecimento pronta para você, aluno. Isso significa que parar ao término do 1º ou do 2º Ciclo é o desperdício de uma oportunidade única, a oportunidade de estudar no mais profundo material didático teológico de confissão pentecostal do Brasil. Ainda que para algumas pessoas possa parecer demorado estudar teologia durante três Ciclos, a verdade é que estamos falando de Bíblia, diante do que não há alguém que seja suficiente. Um advogado pode ser formado em 5 anos, mas quanto tempo é necessário para formar um estudioso de Deus? Apologética I - 06/Jul As Epístolas Paulinas II - 10/Ago As Epístolas Paulinas III - 14/Set Os Livros Históricos - 19/Out Médio II (16 matérias) Soteriologia I - 13/Jul Teontologia - 17/Ago Didática Geral I - 21/Set Ang., Antrop. Bíb. e Ham. - 26/Out NÚCLEOS DE 14 MATÉRIAS Port. & Téc. de Redação - 02/Jun Didática Geral II - 11/Ago Liturgias da Igreja Cristã - 06/Out NÚCLEOS DE 9 MATÉRIAS Médio I (32 matérias) Ética Cristã - 20/Jul Bibliologia I - 24/Ago O Pentateuco - 28/Set Elem. da Teologia Biblica - 03/Nov Apologética III - 02/Jun Adm. Eclesiástica - 11/Ago Liturgias da Igreja Cristã - 06/Out

[close]

p. 14

Com a Palavra, Liderança e alunos Quero externar a minha alegria e louvor a Deus pela existência da EETAD que, ao longo de sua história, tem primado pelo ensino teológico de qualidade, bem como pela pureza da doutrina bíblica cristã. Não só recomendo, mas posso assegurar, que quem tiver o privilégio de cursar a EETAD estará preparado para desenvolver seu ministério com excelência e profundidade. A minha oração é para que Deus continue abençoando a EETAD, sua competente diretoria, escritores e todos aqueles que, usados por Deus, têm contribuído para que esse tão conceituado curso chegasse aonde chegou. Pr. Orcival P. Xavier Presidente da Convenção dos Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus de Brasília e de Goiás (COMADEBG) e presidente da Assembleia de Deus de Brasília GRATIDÃO Sou grato a Deus pela grande oportunidade de cursar a EETAD, pois refletiu em minha vida, da melhor maneira possível, a Palavra de Deus. Uma vez cursando a EETAD a luz da Palavra de Deus veio com certeza iluminar meu caminho, dando-me cada vez mais firmeza e a convicção do que Deus quer para minha vida. Tiago Leandro de Lima Núcleo 200 – Ribeirão Preto (SP) DIDÁTICA EXCELENTE O curso da EETAD é uma bênção em minha vida. Uma didática excelente ao apresentar cada assunto dando sempre importância para tópicos que serão relevantes para minha formação vocacional e não somente conhecimento intelectual e teológico. Denilson Rocha – TeleCurso Nº 3986 – Campo Belo (MG) sem sucesso. Porém, enquanto estudava o livro a Doutrina do Espírito Santo, em uma noite durante a leitura do livro, pela madrugada sonhei que falava línguas estranhas e quando tive a oportunidade de orar, falei sem impedimentos em línguas estranhas. Antonio C. L. Santos – Nº 11.0503 Ipatinga (MG) MOTIVAÇÃO Antes eu não gostava muito de ler, mas, depois que comecei a fazer EETAD passei a ter mais fome da Palavra de Deus. Hoje, tenho uma biblioteca, sou professor da EBD e dou estudo para outros professores. Estou concluindo o Bacharel da FAETAD. Dou graças a Deus porque foi um incentivo à leitura. Sempre indico a EETAD para aqueles que desejam fazer um curso teológico. Sebastião Paulino – Nº 11.0287 Capivari (SP) CONHECIMENTO O curso da EETAD proporciona maior conhecimento nas Escrituras Sagradas a ponto de poder mudar a minha vida espiritual para melhor. Alzira R. M. de Moura – TeleCurso Nº 4834 – Regente Feijó (SP) SATISFAÇÃO Na certeza de que Deus tem aben-çoado a EETAD, seus líderes e a mim também, sinto-me muito feliz por con-cluir o curso Básico de Teologia. Já estou pronta para trabalhar na obra do Senhor. Que o Senhor continue me abençoando cada vez mais, e a todos vocês que são maravilhosos. Helena B. P. Bezerra – TeleCurso Nº 3112 – Campinas (SP) Batismo NO Espírito santo Estava na igreja há aproximadamente 3 anos e, por muitas vezes, busquei o batismo no Espírito Santo Esta seção é reservada aos alunos da EETAD e da FAETAD. Envie texto, foto, nº do Núcleo e nº de sua matrícula para revista@eetad.com.br 12 | EETAD em Revista

[close]

p. 15



[close]

Comments

no comments yet