O Farmacêutico em Revista - Ed. 112

 

Embed or link this publication

Description

Um ano para comemorar!

Popular Pages


p. 1

O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 1

[close]

p. 2

2 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 20 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FARMACÊUTICO

[close]

p. 3

::: EXPEDIENTE::: O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição nº 112 - 2015 Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná Rua Presidente Rodrigo Otávio, 1.296, Hugo Lange Curitiba/PR | 80.040-452 DIRETORIA CRF-PR PRESIDENTE Dr. Arnaldo Zubioli VICE-PREDIDENTE Dra. Mirian Ramos Fiorentin DIRETORA TESOUREIRA Dra. Marina Gimenes DIRETORA SECRETÁRIA Dra. Marisol Dominguez Muro CONSELHEIROS REGIONAIS Dr. Cynthia França Wolanski Bordin Dr. Edmar Miyoshi Dr. Emyr Roberto Carobene Franceschi Dr. Márcio Augusto Antoniassi Dra. Maria do Carmo Baraldo Wagner Dra. Marilene Provasi Dra. Marina Sayuri Mizutani Hashimoto Dra. Mônica Holtz Cavichiolo Grochocki Dra. Sandra Iara Sterza CONSELHEIROS REGIONAIS SUPLENTES Dr. José Antônio Zarate Elias Dr. Maurício Portella CONSELHEIRO FEDERAL Dr. Valmir de Santi Dr. Dennis Armando Bertolini (Suplente) ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Ana C. Bruno | MTB 2973 DRT/PR Dayane Carvalho | MTB 6990 DRT/PR DIAGRAMAÇÃO Gustavo Lavorato Michelly M. T. Lemes Trevisan CTP E IMPRESSÃO Finaliza Editora e Ind. Gráfica Tiragem: 16.000 mil exemplares NESTA EDIÇÃO 10 5 7 8 10 12 13 17 18 19 21 22 23 24 27 29 30 31 34 PRÊMIO AUGUSTO STELLFELD FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA MÓVEL 18 24 90% DOS FARMACÊUTICOS PARANAENSES EXERCERAM O DIREITO AO VOTO SEMINÁRIO DE APRIMORAMENTO FARMACÊUTICO EM CASCAVEL PRÉ-CONFERÊNCIAS PARANAENSE DE FARMACÊUTICOS CAPA - 2015 UM ANO PARA COMEMORAR FARMÁCIA DO PARANÁ - UMA DAS MAIORES DO BRASIL SEMINÁRIO DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES ARTIGO: ENTENDENDO A FLORALTERAPIA CRACHÁ DE ESPECIALISTA ARTIGO: ASSESSOR DE SEGURANÇA EM COSMÉTICA CRF-PR EM AÇÃO X CONGRESSO BRASILEIRO DE FARMÁCIA HOSPITALAR FARMACÊUTICO LANÇA LIVRO SOBRE MEDICAMENTOS ANTINEOPLÁSICOS CRF-PR, MP E VISAS REALIZAM AÇÃO INTEGRADA DE FISCALIZAÇÃO EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - ANÁLISES CLÍNICAS ONLINE FÓRUM SUL BRASILEIRO DE ANÁLISES CLÍNICAS TRANSPARÊNCIA Artigos não manifestam necessariamente a opinião de “O Farmacêutico em revista”, e são de inteira responsabilidade dos seus autores. CAPA Gustavo Lavorato Michelly M. T. Lemes Trevisan FOTOS Assessoria de Comunicação - CRF-PR iStock - Banco de Imagens www.crf-pr.org.br facebook.com/crfpr twitter.com/crf_parana youtube.com/crfparana

[close]

p. 4

EDITORIAL Na última edição de 2015, a Farmacêutico em Revista apresenta as principais conquistas do ano para a classe farmacêutica. Sem dúvida, foi um ano de muitas lutas e muitas vitórias. Temos muito a comemorar, mas ainda muito a conquistar. Que no ano que se aproxima, possamos lograr êxito em novas batalhas, ampliando e fortalecendo ainda o poder de atuação do farmacêutico não apenas em âmbito estadual, mas em todo o território nacional. Lembre-se: o CRF-PR é a casa do farmacêutico, conte sempre com o nosso apoio! Desejamos a todos um excelente 2016. Diretoria do CRF-PR: Dr. Arnaldo Zubioli, Presidente; Dra. Mirian Ramos Fiorentin, Vice-Presidente; Dra. Marina Gimenes, Diretora Tesoureira; e Dra. Marisol Dominguez Muro, Diretora Secretária-Geral BOAS FESTAS E BOA LEITURA! ERRATA: Na matéria sobre o Projeto Piloto Descarte de Medicamentos de Curitiba, publicada na edição anterior, faltou mencionar que a DistriO FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 buidora Nunesfarma continua apoiando o projeto nas três Unidades Básicas de Saúde. Como as coletas continuam a ser realizadas, ainda não há dados finais a serem apresentados. A Coordenação do projeto agradece a relevante participação da referida empresa. 4

[close]

p. 5

Diretoria e Conselheiros que compõe o Plenário do CRF-PR - 2016, com as presenças do Conselheiro Federal, Dr. Valmir de Santi, Dra. Marisol Dominguez Muro e Dr. Carlos Cecy. CRF-PR lança programa em TV aberta 90% dos farmacêuticos paranaenses exerceram o direito ao voto O Paraná foi o segundo Estado da Federação em comparecimento percentual ao processo eleitoral. Confira os resultados! As eleições para eleger novos Diretores e Conselheiros dos Conselhos Regionais de Farmácia de todo o Brasil foram realizadas no período de 09 a 11 de novembro, durante 48 horas consecutivas e com votação exclusivamente pela Internet. O procedimento foi coordenado pelo Conselho Federal de Farmácia, auditado por uma empresa especialista e os resultados foram divulgados em menos de uma hora após o término das eleições. Ao todo, o Paraná contabilizou 12.248 votos que representam 90,26% dos farmacêuticos paranaenses. O Paraná foi o segundo Estado da Federação em comparecimento percentual ao processo eleitoral, sendo superado apenas pelo Mato Grosso do Sul. A Diretoria do CRF-PR agradece a grande participação e a demonstração de cidadania dos farmacêuticos paranaenses. A Chapa Evolução foi eleita e deve dirigir o CRF-PR nos próximos dois anos. A nova Diretoria tem a seguinte composição: Dr. Arnaldo Zubioli como Presidente, Dr. Emyr Roberto Carobene Franceschi - Vice-Presidente, Dra. Mirian Ramos Fiorentin - Diretora Tesoureira e Dra. Marina Gimenes - Diretora Secretária-Geral. Para compor o plenário do CRF-PR na gestão 2016-2019, os Farmacêuticos elegeram cinco Conselheiros regionais e um Suplente, respectivamente por número de votos: Dr. Marcio Augusto Antoniassi (6.658), Dra. Marina Sayuri Mizutani Hashimoto (5.375), Dra. Karen Janaina Galina (4.041), Dra. Maria do Carmo Baraldo Wagner (4.028), Dr. José dos Passos Neto (3.921) e Dra. Mauren Isfer Anghebem (3.910). Os Conselheiros eleitos passam a representar os interesses da classe farmacêutica em questões de Ética, Fiscalização e do Exercício Profissional no Estado. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 5

[close]

p. 6

ELEIÇÕES 2015 JUSTIFICATIVA DE AUSÊNCIA Os farmacêuticos que não votaram, devem justificar ausência no portal www.votafarmaceutico.org.br. O formulário de justificativa estará disponível até 11/01/2016. DIPLOMAÇÃO A diplomação da Diretoria e dos Conselheiros eleitos foi realizada no dia 20 de novembro durante a 848ª Reunião Plenária do CRF-PR. Na ocasião, o presidente, Dr. Arnaldo Zubioli, fez uma apresentação intitulada “Ontem, Hoje e Amanhã” resgatando a história do CRF-PR e contemplando todas as conquistas alcançadas ao longo de sua gestão e os projetos a serem implantados. Citou a ampliação do número de Conselheiros no Plenário, de 12 para 15, devido à participação ativa no Conselho Federal de Farmácia. Falou do trabalho de fortalecimento das parcerias com entidades relacionadas à Saúde; dos avanços atingidos após um ano de aprovação da Lei 13.021 e as mudanças na Fiscalização a partir de 2016, quando o Conselho passará a cobrar a aplicação efetiva da Lei. Lembrou também das palestras que realizou em todo o Estado para orientar os Farmacêuticos a respeito das mudanças decorrentes da Lei e da expressiva agenda de cursos e eventos realizados gratuitamente com o intuito de capacitar e qualificar os profissionais e de sua continuidade em 2016. Entre outros projetos citados, o presidente deu as boas-vindas aos novos membros do Plenário, agradeceu a confiança dos farmacêuticos que votaram na Chapa Evolução e a colaboração de todos os Conselheiros e Colaboradores do CRF-PR, finalizou sua apresentação citando o poeta e farmacêutico, Carlos Drummond de Andrade: “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”, se referindo aos obstáculos que foram e serão superados sempre com ética, respeito e amor à profissão farmacêutica. Ao centro, a Diretoria que assumirá a Gestão 20162017: Dr. Emyr Roberto Carobene Franceschi - VicePresidente, Dr. Arnaldo Zubioli - Presidente, Dra. Mirian Ramos Fiorentin - Diretora Tesoureira e Dra. Marina Gimenes - Diretora Secretária-Geral. Novos Conselheiros do CRF-PR, Gestão 2016-2019: Dr. José dos Passos Neto, Dra. Mauren Isfer Anghebem, Dra. Marina Sayuri Mizutani Hashimoto, Dra. Maria do Carmo Baraldo Wagner, Dra. Karen Janaina Galina e Dr. Marcio Augusto Antoniassi. 6 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112

[close]

p. 7

Conheça os trabalhos vencedores No mês de outubro a Comissão Executiva do Prêmio Farmacêutico Augusto Stellfeld – CRF-PR 2015 tornou pública a relação de trabalhos deferidos. O prêmio visa incentivar os Farmacêuticos a relatarem suas experiências a fim de contribuir para o desenvolvimento da profissão. Nesta edição, o tema contemplado foi “O Farmacêutico e as obrigações impostas pelo artigo 13 da Lei Federal 13.021/2014”. Na categoria individual, os vencedores foram os autores, Dra. Kelly Cristina Walentim e Dr. Geancarlo Augusto Alves, com o artigo “Adesão do paciente oncológico à terapia antineoplásica oral: revisão de literatura”. Na categoria institucional, o trabalho premiado trata sobre “Aconselhamento farmacoterapêutico na alta hospitalar em unidades de cardiologia: ensaio controlado randomizado” e foi escrito pelos farmacêuticos: Dra. Aline de Fátima Bonetti, Dra. Bruna Aline de Queirós Bagatin, Dr. Antonio Eduardo Matoso Mendes, Dra. Renata Cristiane dos Reis e Dra. Maria Luiza Drechsel Fávero. Os vencedores receberão os respectivos prêmios durante o Jantar do Farmacêutico, que será realizado no dia 29 de janeiro de 2016, às 19h, no Restaurante Madalosso, em Curitiba. Para conhecer os trabalhos na íntegra, acesse o site do CRF-PR, clicando no menu “CIM”, e em seguida “Prêmios”. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 7

[close]

p. 8

FISCALIZAÇÃO CRF-PR começa a testar ferramenta de Fiscalização Eletrônica Móvel A novidade permite monitoramento eficaz e integração com o sistema do Conselho O CRF-PR está constantemente investindo em tecnologias para melhorar os serviços prestados aos Farmacêuticos e estabelecimentos inscritos e registrados no Conselho. A criação do sistema CRF-PR em Casa, por exemplo, possibilitou o acesso a alguns serviços e documentos referentes à fiscalização de maneira simples e prática, via Internet. Dentro deste contexto, visando a qualificação do atendimento, o Departamento de Fiscalização está implantando a ferramenta de Fiscalização Eletrônica Móvel (FEM). Ainda em fase de teste, a FEM vai permitir o monitoramento eficaz das atividades de fiscalização através de dispositivos eletrônicos e, principalmente, possibilitar a integração dos dados que estarão disponíveis no CRF-PR em Casa. Ao fazer a inspeção, o Fiscal gera o “Termo de Inspeção” e/ou “Auto de Infração” na tela do dispositivo que permite receber as assinaturas do profissional e do próprio Fiscal, além do envio de mensagem de texto (SMS) para celular. Na sequência, os documentos ficarão disponíveis para consulta no CRF-PR em Casa. O dispositivo eletrônico utilizado pelo Fiscal também possui localização por GPS para comprovar o local onde foi feita a inspeção, além de possibilitar a inclusão de arquivos de fotos. Ao acessar a ferramenta CRF-PR em Casa, o Farmacêutico e/ou proprietário da farmácia, poderá consultar todos os documentos e acompanhar os procedimentos com agilidade. Dr. Arnaldo Zubioli, Presidente do CRF-PR, acompanhou treinamento da equipe de Fiscais sobre a FEM. 8 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112

[close]

p. 9

EXPANSÃO DO SISTEMA Em breve, o Conselho irá disponibilizar mais serviços pelo CRF-PR em Casa e expandir o sistema para permitir acesso à capacitação profissional através de cursos e palestras online. A FEM vai permitir monitoramento eficaz das atividades de fiscalização através de dispositivos eletrônicos e integração de dados com o CRF-PR em Casa. ACESSO ÀS VANTAGENS Só é possível usufruir das vantagens do CRF-PR em Casa quem possui os dados cadastrais atualizados, tais como endereço de e-mail, número de telefone celular, entre outros. Caso ainda não tenha efetuado seu cadastro, acesse crf-pr.org.br/crfemcasa e aproveite as facilidades ofertadas por essa ferramenta. Acesse: www.crf-pr.org.br/crfpremcasa FEM EM FASE INICIAL Os Fiscais do CRF-PR receberam treinamento para trabalhar com a FEM, no último dia 19 de novembro. A novidade foi apresentada pela Colaboradora Vanessa Panek e pelo Gerente de Fiscalização, Dr. Eduardo Pazim. A reunião contou com a presença da Diretoria do CRF-PR e do Conselheiro, Dr. Emyr Franceschi. O uso definitivo do sistema nas atividades da equipe de Fiscalização do CRF-PR tem previsão para o início de 2016. Equipe de Fiscais em treinamento para trabalhar com a FEM. Ferramenta está em fase de teste. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 9

[close]

p. 10

SEMINÁRIO Seminário de Aprimoramento reúne mais de 400 farmacêuticos em Cascavel Palestra “Farmácia Estabelecimento de Saúde: o que muda com a Lei 13.021?” foi proferida pelo Dr. Arnaldo Zubioli, Presidente do CRF-PR, para esclarecer as mudanças decorrentes da Lei. A Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste, em Cascavel, recebeu no dia 27 de outubro, mais uma edição do Seminário de Aprimoramento Farmacêutico. O evento reuniu cerca de 400 profissionais que atuam nas áreas de Farmácia Comunitária, Farmácia Hospitalar, Farmácia com Manipulação e Serviço Público, além de acadêmicos e professores do curso de Farmácia. O CRF-PR realiza anualmente este Seminário com o objetivo de elevar e manter a qualidade do exercício profissional. Visando um aten- dimento diferenciado ao paciente, esta iniciativa faz parte do modelo de gestão da atual Diretoria do CRF-PR, que busca a aproximação com a base profissional e procura atender da melhor forma aos anseios dos profissionais farmacêuticos. A mesa de abertura do evento foi composta pelas seguintes autoridades: Dr. Arnaldo Zubioli – Presidente do CRF-PR; Dr. Alex Sandro Jorge – Coordenador do Curso de Farmácia da Unioeste, representando o Magnífico Reitor, Dr. Paulo Sérgio Wolff; Dr. Miroslau Bailak - Diretor da 10ª Regional de Saúde; Dra. Valéria Bueno Piaza, 10 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112

[close]

p. 11

representando o Secretário de Saúde de Cascavel, Sr. Reginaldo Roberto Andrade; Sra. Palmira Soares Rangel, representando o Sr. Celso da Silva – Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Cascavel; Dra. Marisol Dominguez Muro – Diretora Secretária-Geral do CRF-PR; Dra. Maria do Carmo Baraldo Wagner – Conselheira e Coordenadora da Seccional CRF-PR Cascavel e Dra. Fabiana André Falconi – Docente do Curso de Farmácia da Unioeste. A solenidade foi conduzida pela Dra. Mirian Ramos Fiorentin – Vice-Presidente do CRF-PR. PROGRAMAÇÃO Durante o Seminário, Farmacêuticos recém-formados receberam carteira profissional e participaram da solenidade de juramento. Na ocasião, 19 Farmacêuticos recém-formados receberam a identidade profissional e participaram da solenidade de Juramento. Ainda na parte da manhã, os farmacêuticos e acadêmicos presentes assistiram à palestra “Farmácia Estabelecimento de Saúde – O que muda com a Lei 13.021/14?”, ministrada pelo Dr. Arnaldo Zubioli para elucidar e esclarecer as mudanças decorrentes da lei aprovada há pouco mais de um ano e que será cobrada em sua integralidade a partir de 2016. Em seguida, a palestra “Serviços Clínicos Farmacêuticos: propostas e desafios”, foi proferida pela Dra. Gladys Marques Santana – Coordenadora da Comissão de Produtos de Prescrição Farmacêutica e pela Dra. Emanuelle de Almeida Santos, integrante da mesma Comissão. Na parte da tarde, os Farmacêuticos convocados participaram das Reuniões de Orientação nas áreas de Farmácia Comunitária, Farmácia Hospitalar, Farmácia com Manipulação e Serviço Público. Nas reuniões de orientação, os Farmacêuticos convocados receberam informação e esclarecimentos sobre as áreas em que assumem responsabilidade técnica. O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 11

[close]

p. 12

Pré-Conferência Paranaense de Farmacêuticos reuniu propostas de melhorias para a classe Diretoria e Conselheiros do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná – CRF-PR, durante o ano de 2015, se reuniram com profissionais atuantes nas diversas áreas da Farmácia com o propósito de fazer um diagnóstico do setor no Estado. Além da capital, o evento aconteceu nas 06 cidades-sedes das seccionais do CRF-PR, (Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Cascavel, Francisco Beltrão e Umuarama). Cerca de 300 farmacêuticos que participaram dos encontros levaram propostas de melhorias para a classe, houve sugestões que abordaram desde a oferta de educação continuada e aprimoramento aos profissionais, atuação profissional nos setores público e privado, até propostas de Deliberações ao CRF-PR, como a inclusão do serviço de realização de exames de saúde aos usuários das piscinas em clubes, alterando a Resolução nº 585 de 29/08/13, do Conselho Federal de Farmácia – CFF. Porém, um dos assuntos mais discutidos foram as mudanças que estão sendo introduzidas no funcionamento de farmácias e drogarias de todo o País após a Lei 13.021, sancionada em agosto de 2014, e iniciativas que vêm ganhando força no setor, como a prescrição farmacêutica. A última Pré-Conferência aconteceu em outubro na cidade de Cascavel com a maior participação de profissionais, mais de 150. O presidente do CRF-PR, Dr. Arnaldo Zubioli, salientou que a Conferência Paranaense será o principal fórum para a definição de estratégias e de mobilização para a efetivação das propostas. “As conferências são espaços privilegiados de debate e deliberações acerca do que a profissão entende como pontos essenciais a serem modificados, melhorados ou transformados”, finalizou. Agora, as propostas de todas as regiões serão levadas à Conferência Paranaense de Farmacêuticos que acontecerá nos dias 11 e 12 de março de 2016, em Curitiba, na sede do Conselho (a programação deste evento será divulgada no site: crf-pr.org.br). A Pré-Conferência de Farmacêuticos realizada em Cascavel foi um encontro muito produtivo onde os participantes tiraram dúvidas, apresentaram propostas e sugestões para a melhoria da profissão. 12 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112

[close]

p. 13

ano de 2015 foi marcado por lutas, que não foram poucas, e vitórias para os farmacêuticos. O CRF-Paraná se fez presente em todos os debates em que a profissão ganhou mais espaço no mercado de trabalho e buscou valorização e estímulo para o farmacêutico. Destacamos aqui cinco grandes conquistas para o Farmacêutico que diz respeito a novas atribuições profissionais (aplicação de vacinas em farmácias e drogarias, saúde estética, hemocentros e assistência integral em farmácias hospitalares), além da Frente Parlamentar das Análises Clínicas, que dedicará atenção especial ao setor que há décadas tem sido negligenciado. As conquistas foram várias e valiosas. Fruto de um trabalho intenso do CRF-PR em conjunto com diversas instituições como o Conselho Federal de Farmácia, Governos Municipal, Estadual e Federal, Sindicatos, Instituições de Ensino, CRFs, entre outras. O O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 13

[close]

p. 14

CONQUISTAS 2015 APLICAÇÃO DE VACINAS Com base na resolução nº 574/05/2013 do Conselho Federal de Farmácia (CFF) que dispõe sobre as competências do profissional farmacêutico na dispensação e aplicação de vacinas e na Lei 13.021/14 que diz: “...farmácias poderão dispor, para atendimento imediato à população, de vacinas e soros que atendam ao perfil epidemiológico da região; (...) devem dispor de equipamentos necessários à conservação adequada de imunológicos”. O CRF-PR, através da Comissão Temporária de Vacinas, elaborou uma proposta de Resolução para a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná – SESA-PR, com o objetivo de regulamentar a administração de vacinas em farmácias. O texto final, aprovado na reunião Plenária de novembro de 2015, foi encaminhado para SESA-PR e aguarda o término da avaliação. O próximo passo será uma reunião entre as entidades para finalizar o texto. Nesta proposta o CRF-PR estabelece a Norma Técnica das condições físicas, técnicas e sanitárias para guarda, comercialização e administração de vacinas em farmácias de qualquer natureza no Estado Paraná. Membros da Comissão Temporária de Regulamentação de Vacinas, Soros e Imunobiológicos. Da esq.p/dir: Dr. Eduardo Pereira Pazim, Dr. Paulo Costa Santana, Dra. Mirian Ramos Fiorentin (Coordenadora da Comissão e Vice-Presidente do CRF-PR), Dr. Jackson Carlos Rapkiewicz, Dr. Márcio Augusto Antoniassi e Dr. Edivar Gomes. Os demais integrantes desta Comissão são: Dr. Benvenuto Juliano Gazzi, Dr. José dos Passos Neto, Dra. Adriane Cordeiro Trevisani e Dr. Everson Giovanne Bobato. ATUAÇÃO DO FARMACÊUTICO NOS HEMOCENTROS E EM SERVIÇOS DE HEMOTERAPIA Na semana em que se comemorou o Dia Nacional do Doador de Sangue, 25 de novembro, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) publicou resolução regulamentando as atribuições do farmacêutico nos Hemocentros Nacional e Regionais bem como em serviços de hemoterapia e/ou bancos de sangue (Resolução CFF Nº 617 DE 27/11/2015). Entre as atribuições do farmacêutico previstas na nova resolução estão fazer a anamnese farmacêutica, verificar sinais e sintomas, acessar e conhecer as informações constantes no prontuário e realizar a conciliação medicamentosa do receptor; registrar no prontuário do receptor a evolução farmacêutica e, quando se fizer necessário, relatar informações úteis sobre a assistência prestada 14 O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112

[close]

p. 15

ao paciente, inclusive laboratorial e solicitar exames laboratoriais de receptores para fins de monitorização dos efeitos transfusionais. Ainda de acordo com a proposta, o profissional também deverá avaliar e monitorar, no âmbito da vigilância sanitária, materiais, equipamentos, substâncias e insumos industrializados, como bolsas, equipamentos de transfusão, seringas, filtros, conjuntos de aférese, agulhas, anticoagulantes, dentre outros, utilizados para a coleta, preservação, processamento, armazenamento e transfusão de hemocomponentes, assim como os reagentes usados para os testes imunosorológicos e imunohematológicos. AUTORIZAÇÃO PARA REALIZAR PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS INVASIVOS NÃO CIRÚRGICOS Em 2013, os farmacêuticos acompanharam a ampliação de seu campo de trabalho através do reconhecimento da saúde estética como uma especialidade profissional tendo, desde então, a oportunidade de atuar em procedimentos multifuncionais na área facial e corporal (Resolução nº 573/05/2013). Porém, a reunião plenária do Conselho Federal de Farmácia (CFF) que aconteceu em novembro de 2015, foi marcada pela aprovação, por unanimidade, da resolução que regulamenta a realização de procedimentos estéticos invasivos não cirúrgicos por farmacêuticos. A partir da publicação da resolução (ocorrida em 27 de novembro/2015) estão permitidos a aplicação de toxina botulínica, o preenchimento dérmico, a carboxiterapia, a intradermoterapia/mesoterapia, o agulhamento/ microagulhamento estético e a criolipólise. FARMÁCIA HOSPITALAR COM FARMACÊUTICO EM HORÁRIO INTEGRAL Desde 1º de janeiro de 2015, os hospitais públicos e privados devem dispor dos serviços de assistência farmacêutica integral durante todo o seu horário de funcionamento. A exigência foi imposta pela Lei 13.021/14, que entrou em vigor em sua totalidade no dia 9 de dezembro de 2014. O artigo 8º da Lei determina que as farmácias hospitalares estão condicionadas às mesmas O FARMACÊUTICO EM REVISTA Edição 112 15

[close]

Comments

no comments yet