Informativo Tá Limpo Junho - 2015 - SINDIASSEIO

 

Embed or link this publication

Description

Informativo Tá Limpo SINDIASSEIO - Sindicato dos empregados em empresas de asseio, conservação e limpeza urbana da região metropolitana de Belo Horizonte

Popular Pages


p. 1

SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE ASSEIO, CONSERVAÇÃO E LIMPEZA URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE Sindi-Asseio RMBH . Rua São Vicente,18, Centro, Betim/MG . CEP .: 32600-070 Preparativos para a 8ª Festa da Família promete novidades TÁ LIMPO INFORMATIVO A tradicional Festa da Família Sindi-Asseio, programada para o dia 30 de agosto, será realizada este ano no Sítio Três Barras, em Contagem. Cada detalhe está sendo preparado com muita dedicação e carinho pela equipe do sindicato, para fazer desta confraternização um momento de muita alegria e descanso dos associados junto aos seus familiares. Durante o evento, os convidados vão desfrutar de música ao vivo com um grupo de pagode, além de piscina, atividades de recreação para a criançada, brindes, sorteios e saborosas comidas e bebidas. A programação ainda promete surpresas para que esta edição seja ainda mais animada, cheia de descontração e novidades. Página 5 Terceirização Fique por dentro das mudanças em relação à responsabilidade subsidiária e solidária. Página 3 Doenças de Inverno Pediatra alerta sobre como evitar problemas de saúde e cuidados com as crianças no período de frio. Página 4 Entrevista João Capana, diretor do Siemaco São Paulo, esclarece todas as dúvidas dos trabalhadores sobre CIPA. Página 8 Quem faz a cidade brilhar merece ser homenageado todos os dias. TRABALHADOR DA LIMPEZA URBANA, PARABÉNS! IMPRESSO TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015

[close]

p. 2

TÁ LIMPO 2 TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 PALAVRA DO PRESIDENTE Sobre a proposta de Terceirização Nos últimos tempos o debate acerca da terceirização prevista no Projeto de Lei 4330, recentemente aprovado na Câmara dos deputados, nos remete a algumas reflexões. Seria o referido projeto bom ou ruim? Haveria abertura de postos de trabalho por meio da regulamentação da terceirização? Terceirização é sinônimo de precarização? Respostas difíceis de serem dadas com exatidão. Críticos e defensores destilam seus argumentos às vezes insanos, e nós que vivemos essa realidade somos colocados à margem das discussões sérias sobre o assunto. Há hoje no Brasil em torno de 15 milhões de trabalhadores terceirizados, dentre estes nossa categoria profissional, que tem como regulamentação principal a Súmula 331 do TST, a qual determina em seu inciso III que: “não forma vínculo de emprego com o tomador a contratação de serviços de vigilância (Lei 7.102, de 20.6.1983), de conservação e limpeza, bem como a de serviços especializados ligados à atividade – meio do tomador dos serviços, desde que inexista a pessoalidade e a subordinação direta”. A realidade nos impõe grande perversidade em relação à responsabilidade subsidiária no sentido que o maior beneficiário do nosso esforço e do nosso suor, não pode ser responsabili- zado diretamente por eventuais descumprimentos dos direitos trabalhistas. Assim, temos pais e mães de família que muitas vezes são privados dos direitos trabalhistas básicos tais como salários, verba alimentar, quando ocorre quebra de empresas, fato comum no nosso seguimento. A ação de nossa Entidade sempre conseguiu minimizar os efeitos perversos dessa realidade, mas, para tanto dependemos do Poder Judiciário que não consegue responder imediatamente às nossas demandas e necessidades. Enquanto isso somos obrigados a conviver com a tristeza e decepção das trabalhadoras e trabalhadores que se encontram neste horizonte hostil. Ultimamente quem tem nos socorrido é o Ministério Público do Trabalho onde, em grande medida, conseguimos negociar pagamentos aos trabalhadores sem a necessidade de ações judiciais. Temos este órgão estatal como parceiro e fiel apoiador em nossas árduas batalhas do dia a dia. Neste aspecto específico o PL 4330 nos é de grande valia, pois, em seus imperativos legais, determina a responsabilidade como sendo solidária, ou seja, a ofensa às Leis trabalhistas são de responsabilidade direta de todas as empresas. Isto não significa que somos favoráveis ao projeto e sim que a discussão sobre o assunto é salutar apesar de tardia. Temos que buscar segurança jurídica para os trabalhadores do nosso seguimento e só Leonardo Vitor S. C. Vale, Presidente assim poderemos melhorar ainda mais a situação de todos. No campo das conquistas trabalhistas, sem falsa modéstia, podemos afirmar que estamos na vanguarda do sindicalismo brasileiro. Em muitas situações nossas Convenções Coletivas de Trabalho são muito mais benéficas que as dos nossos tomadores de serviços. Isto só é possível porque nossas atividades, apesar de postas em segundo plano por muitos, inclusive por outras categorias profissionais, são essenciais para o desenvolvimento de qualquer atividade econômica, seja esta fabril, administrativa, pública ou privada. Temos grande valor enquanto agentes de transformação da natureza em bens e produtos que na ponta da cadeia viram lucros para o sistema. Nossa consciência de classe trabalhadora sempre deve ser o alvo de nossa mira. Juntos podemos muito mais. PARCERIAS E CONVÊNIOS Atendimento Ambulatorial Hospital Matermed Ltda. Contagem - Av. José Faria da Rocha, 4409, Eldorado Telefone: 31- 3396-1155 Belo Horizonte - Rua Padre Rolim, 700 - São Lucas Telefone: 31-3218-4600 EXPEDIENTE Redução da jornada de trabalho sem redução do salário. Venha fazer parte do Sindicato! BETIM: Rua São Vicente, 18, Centro / MG . CEP.: 32600-070 Fones: 3531-2367 / 3531-2653 /3511-9432 CONTAGEM: Rua Jequitibás, 393 - 4º andar, Edifício dos Trabalhadores, Eldorado/MG - CEP: 32310-390 Fone: 2565-9703/2564-4860 TÁ LIMPO INFORMATIVO Presidente: Leonardo Vitor Siqueira C. Vale Vice-presidente: Kátia Batista dos Santos Secretário Geral: Geral João Carlos Lourenço Tesoureiro Geral: Luis Cláudio Vieira Araujo Conselho Fiscal: Maria das Dores Nascimento TÁ LIMPO Conselho Fiscal: Anelina Gomes Patricio Conselho Fiscal: Marcelo Dias Almeida Diretor Social e do Patrimônio: Adalberto de Oliveira Cruz Diretor de Assuntos Sindicais: Ademir Coelho de Andrade Diretor de relações internacionais e comunicação: Rafael Sanzio Ramos Projeto editorial: Articulação Comunicação Estratégica Redação: Carolina Lisboa Fotografia: Edney Coelho INFORMATIVO Acesse nossa página na internet: www.sindiasseio.com E-mail: sindiasseio@hotmail.com Vladmir Araújo

[close]

p. 3

TÁ LIMPO TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 3 POR DENTRO DA LEI Você já deve ter ouvido falar sobre a lei de terceirização e questionado as vantagens e desvantagens que ela trará se for aprovada. O advogado, Eder Generozo, explica que a discussão do Projeto de Lei de 11 anos atrás foi retomada agora. “O projeto foi encaminhado para os senadores, após aprovação do texto pela Câmara dos Deputados no mês de abril. Neste momento, o projeto está aguardando as devidas decisões do Senado”, afirma. O advogado esclarece que, atualmente, com base na súmula nº 331 do TST, predomina a responsabilidade subsidiária, ou seja, se o empregado tiver alguma verba trabalhista ou previdenciária não paga pela empresa prestadora de serviços que o contratou, deve-se fazer a cobrança da dívida e ajuizar ação contra as duas (prestadora e tomadora de serviços), no entanto, a sentença judicial determinará que, só depois, caso não haja pagamento por parte da terceirizada, é que a empresa Entenda o projeto de lei da terceirização SINDIASSEIO O advogado Eder Generozo esclarece dúvidas sobre o Projeto de Lei tomadora de serviços terá responsabilidade com o pagamento da dívida. Já com a nova proposta, a lei, se aprovada, irá determinar que a responsabilidade passe a ser das duas empresas envolvidas na terceirização: a tomadora e a prestadora de serviços. “A responsabilidade torna-se solidária, o que signifi- ca que, caso o empregado verifique que não recebeu todos os direitos trabalhistas e previdenciários, ele pode ajuizar ação contra as duas empresas (a empresa que o contratou e a que está prestando serviços). Ambas serão responsabilizadas pelo pagamento integral da dívida e só se eximirão da responsabilidade, após ter quitado integralmente a dívida perante a justiça”, ressalta Eder Generozo que considera positiva a possível mudança. “Vejo como benefício para o trabalhador. Assim ele terá mais garantia de que seus direitos serão pagos”, afirma o advogado. Entre os pontos mais polêmicos da matéria está a emenda que possibilita que as empresas contratem terceirizados para atividades-fim. Com isso, os empresários estarão autorizados a contratar funcionários terceirizados, inclusive para a atividade principal da empresa. Por exemplo, em uma empresa, além do serviço de segurança e limpeza, o quadro administrativo também pode ser terceirizado. SAÚDE EM PAUTA O inverno ainda não chegou, mas, an- (quando a temperatura corporal cai). tes mesmo do dia 21 de junho (início “Deve-se agasalhá-las devidamente, oficial da estação mais fria do ano) já es- protegendo-as do frio. Pode usar uma tamos sentindo a queda de temperatura. touca, por exemplo, para aquecê-las Se para os adultos os ventos gelados já melhor”, descreve. SINDIASSEIO incomodam e atividades como sair e toPara tornar o banho mais agradável mar banho ficam, às vezes, complicadas, nos dias mais frios, é bom escolher o hoimagine para as crianças que são mais rário mais quente do dia, normalmente sensíveis? Por isso, são necessários al- logo após o meio dia. A temperatura da guns cuidados, como esclarece o médico pediatra Sávio Magalhães Andrade. O médico explica que os cuidados devem ser redobrados com os bebês menores de um ano de idade. “É importante enrolar os recém-nascidos com tecidos quentes, como cobertores e mantas para mantê-los aquecidos, porém é importante evitar o excesso de roupas que pode elevar a temperatura da criança, deixá-la incomodada e até causar brotoejas ou hipertemia (aumento anormal de temperatura corporal), que não é febre, mas impede que os processos bioquímicos e biológicos sejam realizados perfeitamente”, esclarece. Sávio Magalhães informa que a temperatura corporal considerada normal está entre 35 graus e meio a 37 graus e meio. Ainda ressalta que as crianças recém-nascidas e prematuras de baixo O pediatra Sávio Magalhães fala sobre doenças comuns no inverno peso correm mais risco de hipotermia Cuidados com as crianças no inverno água não pode estar muito quente, deve ser morna. É importante acelerar os banhos nos dias frios, e enrolar o bebê em uma toalha logo que acabar. “E é mito falar que lavar os cabelos das crianças todos os dias pode causar resfriado”, revela Sávio. As doenças mais comuns no inverno, segundo o médico pediatra são: resfriado, sinusite, asma, bronquite, rinite e faringite. É primordial procurar atendimento médico logo que identificar algum sinal, como febre, de que a criança pode estar com alguma doença de inverno. “É difícil evitar que as crianças fiquem gripadas no inverno, pois estamos no período sazonal de doenças respiratórias. As que frequentam creche ou escola vão gripar com mais frequência nesta época. Já as crianças com idade para receber a vacina contra a gripe devem vacinar (bebês a partir dos seis meses e crianças menores de cinco anos de idade)”, afirma o médico pediatra. O prazo da campanha de vacinação contra a gripe deve ser estendido já que houve baixa procura. No inverno também é importante não esquecer de oferecer água para a criança. “Percebe-se que o filho não está bem hidratado quando ele faz pouco xixi”, explica.

[close]

p. 4

TÁ LIMPO 4 TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 Entenda o que é assédio moral e o que fazer Humilhações constantes no trabalho: assédio moral é crime João vivia sob pressão no trabalho, mas não era a pressão normal que todo trabalhador sofre. Ele era tratado com pouco respeito. Brincadeiras de mau gosto e de maneira constrangedora perto dos colegas eram realizadas constantemente por seu superior. O trabalhador nunca sabia como agir naquelas situações. Era chamado de incompetente e se sentia humilhado a ponto de não ter vontade de sair de casa para trabalhar. O empregado era tratado pelo chefe direto com agressividade, gritos ou palavrões. A situação foi ficando insuportável. O que antes era feito com alegria, agora era realizado com muito esforço e falta de vontade, pois sabia que poderia ser humilhado a qualquer momento. Esse tipo de angústia estava causando efeitos em sua saúde. O abalo emocional criou um quadro de depressão e tensão muscular que geraram dores, além do medo e desmotivação em ir para o trabalho. Ele já não tinha mais a alegria de antes e vivia cabisbaixo pelos cantos. Até que um amigo disse à João que sua situação era considerada assédio moral e que ele poderia buscar seus direitos por ter sofrido tanto tempo constrangido. O trabalhador buscou orientação no sindicato, e junto a um advogado ajuizou ação contra a empresa. Em casos como esse é preciso anotar com detalhes todas as O trabalhador buscou orientação no sindicato, e junto a um advogado ajuizou ação contra a empresa. humilhações sofridas: dia, mês, ano, hora, local, setor, nome do agressor, conteúdo da conversa e o que mais achar necessário. Além disso, é importante conseguir colegas que testemunharam a agressão verbal sofrida.

[close]

p. 5

TÁ LIMPO TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 5 Como agir e denunciar em casos de assédio moral Se você é vítima de assédio moral em seu ambiente de trabalho, não fique calado. Existem inúmeros meios para denunciar e agir contra esse tipo de violência: Onde denunciar? . No sindicato da categoria; . Nos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), relatando o ocorrido ao médico, assistente social ou psicólogo; . Se você for celetista: denuncie no Ministério do Trabalho e Emprego (Supe. . Converse, inicialmente, com o agressor para esclarecer como você se sente (se houver possibilidade de diálogo); . Procure solidariedade, ajuda mútua e estratégias coletivas para enfrentar o problema; . Procure suporte emocional com amigos, família, colegas e psicólogos; . Evite conversar a sós com o agressor. Leve um colega ou representante sindical para servir como testemunha; . Relate as agressões na Ouvidoria ou no setor de Recursos Humanos e solicite uma mediação para solucionar o problema; . Busque apoio jurídico com profissionais devidamente habilitados; . Entre em contato com os responsáveis pelo Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) ou a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). rintendências Regionais do Trabalho e Emprego – Comissão de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Combate à Discriminação); Se você for servidor público: procure ajuda no setor atendimento à saúde ou Recursos Humanos e/ou nas seguintes instituições e órgãos: Ministério Público do Trabalho, Justiça do Trabalho, Comissão dos Direitos Humanos. O basta à humilhação depende também da informação, organização e mobilização dos trabalhadores. Um ambiente de trabalho saudável é uma conquista diária possível na medida em que haja “vigilância constante”, objetivando condições de trabalho dignas, baseadas no respeito ‘ao outro como legítimo outro’, no incentivo à criatividade, na cooperação. O combate de forma eficaz ao assédio moral no trabalho exige a formação de um coletivo multidisciplinar, envolvendo diferentes atores sociais: sindicatos, advogados, médicos do trabalho e outros profissionais de saúde, sociólogos, antropólogos e grupos de reflexão sobre o assédio moral. Estes são passos iniciais para conquistarmos um ambiente de trabalho saneado de riscos e violências e que seja sinônimo de cidadania. Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina A lei do assédio moral O artigo 136-A do novo Código Penal Brasileiro institui que assédio moral no trabalho é crime, com base no decreto - lei n° 4.742, de 2001. O Congresso Nacional então decreta, no artigo 1° - O decreto lei n° 2.848, de 07 de dezembro de 1940, que no artigo 136- A, depreciar, de qualquer forma, e reiteradamente, a imagem ou o desempenho de servidor público ou empregado, em razão de subordinação hierárquica funcional ou laboral, sem justa causa, ou tratá-lo com rigor excessivo, colocando em risco ou afetando sua saúde física ou psíquica pode acarretar uma pena de um a dois anos de reclusão. Ainda no mesmo artigo consta que desqualificar, reiteradamente, por meio de palavras, gestos ou atitudes, a autoestima, a segurança ou a imagem do servidor público ou empregado em razão de vínculo hierárquico funcional ou laboral pode causar a detenção de três meses a um ano e multa.

[close]

p. 6

TÁ LIMPO 6 TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 Consultórios médicos . CLÍNICA MÉDICA PADRE EUSTÁQUIO dermatologia deverá ser agendado. Telefones: 35960330/35965143. Av. Juscelino Kubitscheck, 725, Centro-Betim Convênios dor Valadares, 471, Centro-Betim. Telefone: 3532-2264. – SANTA LUZIA - Av: Brasília, 530, Benedito, Santa Luzia-MG. Telefone: 31- 3637-2099 Especialidades: Clínica Geral, Dermatologia, Ginecologia, Ortopedia, Pediatria, Psicologia, Urologia e Cardiologia. . ­ CLINIMED - Rua Gilda Maria da Silva, 972, . LABORATÓRIO ROJAN: BH: 3207-2040, . CLÍNICA RADIOLÓGICA CEDUS EMI: Curso - PQM CENTRAL SAÚDE - Avenida José Faria da Rocha, 4281- Eldorado - Contagem. Telefone: 31-3395-9040. Especialidades: Angiologista Cardiologia, Clínica Geral, Endocrinologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Mastologia, Neurologia, Pediatria, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Hematologia, Reumatologia, Geriatria, Urologia e Oftalmologia. Exames laboratoriais e radiológicos sob consulta em nossa unidade. . Contagem/MG. Telefones: 25671077, 25670757 e 25675626. Especialidades: Cirurgia Geral, Clínico Geral, Ginecologia, Gastroenterologia, Nutricionista, Otorrinolaringologia, Pediatria, Psicologia e Urologia. dares, 69, sala 10 e 11 no Shopping de Nova Lima, Centro, Nova Lima/MG. Tel.: 35412813-35425828 Especialidades: Angiologista, Cardiologia, Clínica Geral, Endocrinologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Mastologia, Neurologia, Pediatria, Ortopedia, Urologia e Oftalmologia. 140, 4º andar, sala 409, Centro - Betim. Tel: 3531-1454. Especialidade: Cardiologista. Betim: 3594-4790, Nova Lima: 3541-7431, Contagem: 3356-4804, Rua Neves: 3624-6239, Lagoa Santa: 3689-7668 e Sabará: 3674-8748. Exames de Raios-X e Ultrassonografia. Unidades BH, Betim, Contagem e Venda Nova. Central de Marcação: 31 3298-5500. . CLÍNICA SÃO LUCAS - Rua Benedito Vala- . MEGA ESCOLA DE INFORMÁTICA - Rua Rio de Janeiro, 515, Centro/Betim. Tel.: 35313694. Av. Araguaia, 135, São Caetano - Contagem. Telefone: 31 3397-7806. Curso Básico de Informática sem custo adicional . DR. REINALDO RAMOS VALENTE: Rua JK, . DRA. CLÁUDIA FONSECA: Rua JK, 140, 4º andar, sala 409, Centro - Betim. Tel: 3531-1454. Especialidade: Pediatria. DRA. REGINA FREIRE DE SOUZA: atendimento na clínica Fisiomed na Av. Governador Valadares, 671- Centro/Betim. Telefones: 3571-1713/3251-1636 Especialidade: Psicologia. Lazer . CLÍNICA GASTRUS - Antiga Clinibet, Av. . CLUBE RECREATIVO SINDEAC - Rua Professor Clóvis Salgado, 188 - Centro/Betim. Consultas marcadas pelo telefone: 3532-2261 Especialidades: Clínico Geral, Cirurgião Geral, Endoscopia e Ortopedia. . . CLINICAL CENTER - Unidades 1 e 2 - Rua Rio de Janeiro, 600 - 10ª andar e Afonso Pena, 726 3º andar, Centro /BH. Telefones: 3272-7360 ou 3272-7679. Especialidades: Angiologia, Cardiologia, Clínico Geral, Dermatologia, Ginecologia/Obstetrícia, Medicina do Trabalho, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Ultrassonografia e Endoscopia Digestiva. .CLUBE ASCOBOM (antigo clube do Gugu) Quatro, 525, Bairro Nacional (Chácara Cotia) Contagem. Telefone: 31 3913-5023. Linhas de Ônibus: 4402 Centro/BH, ou 101 B Xangrilá/Nacional - Contagem. OBS: Para liberação no clube, deverá ser apresentada carteirinha do titular e documento de identidade dos dependentes. Via expressa, Contagem, Telefone: 3398-1345. Será necessário o exame de pele na portaria do Clube. · Para realização de todos os procedimentos, médicos odontológicos, laboratoriais e radiológicos é obrigatória a apresentação da carteira do Sócio e da guia de autorização que deverá ser retirada na sede do Sindi-Asseio RMBH (Betim ou Contagem). Dentistas Tratamento básico sem custo adicional . CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO – Dra . DR. ILDEU NOGUEIRA BATISTA - Rua Inconfidência, 414, sala 102, Centro-Betim. Telefone: 31 3531-3102. Michele Petrucelli - Rua João Batista Nogueira, 08, Centro, Ribeirão das Neves. Telefone: 31-36242700. Escola de limpeza Sindi-Asseio Cursos oferecidos: curso oferecido : Higienização Geral Higienização Hospitalar , Portaria e Recepção , Supervisor de Limpeza Encarregado de Limpeza Endereço: Rua dos Jequitibás, 393, Eldorado - Contagem/MG. (Em frente a estação Estação Eldorado do metrô). Telefones: 2565-9703, 2564-4860, 25644097. Gratuidade para associados e seus dependentes, e baixo custo para público e geral. . CLINIBEL (Diversos dentistas) - Descontos de 50 a 80% nos procedimentos. Formas de pagamento a combinar na clínica.Telefone: 3503-3610. . PIONEIROS SAÚDE - Av. José Faria da Rocha, 5959, Eldorado/Contagem. Telefone: 3395-1040 Especialidades: Cardiologia, Clínica Geral, Ginecologia, Pediatria e Ortopedia, Urologia, Cardiologia, Oftalmologia, Angiologista, Neurologia e Psiquiatra. . DR. EMERSON REBELO ARAÚJO - Atendi- mento em Betim, às terça-feiras de 9hs às 18hs. Av. Amazonas, 355, Centro. Atendimento em BH, às quartas, quintas, sexta-feiras e sábados até às 14h. Rua Pampas, 410, Prado, perto do Clube dos Oficiais. Telefone: 2555-9454 e 9792-2122. . CLINESP - Rua Professor Clóvis Salgado, 400, Centro, Betim. Telefone: 3532-2004. Especialidades: Cardiologista e Clínico Geral (Drº Hélio Conroy). . ODONTOVIDA - Diversos profissionais. Cruz, 525 A, Centro, andar superior/Betim. Telefone: 31-3532-1716. Av. José Faria da Rocha, 5959, 3º andar, Eldorado/ Contagem. Telefone: 31 33952039. . DR. GILSON VICENTE BIBIANO. Rua Santa Convênios laboratoriais . CLINICARE - Atendimento médico prioritário aos fins de semana, sábados, domingos, feriados e fora do horário comercial (após 18h). O atendimento em pediatria, ginecologia e *Taxa de Sindicalização . LABORATÓRIO JOÃO PAULO: Av. Governa- Trabalhador, sindicato forte é o que tem muitos sócios! Seja mais um sócio. Juntos, podemos muito mais! Documentos necessários (XEROX): Certidão de casamento; Certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos; Comprovante de endereço com CEP; Carteira de Trabalho onde consta o número, a série e o contrato de admissão; 01 Foto 3/4 do Titular; Preenchimento da fixa cadastral. O Associado e seus dependentes (esposa e filhos menores de 18 anos) usufruem de todos os benefícios que o Sindi-Asseio RMBH oferece. Assistência Jurídica gratuita em todas as esferas do poder Judiciário. O associado pagará apenas custas processuais. Atendimento de segunda a sexta, de 8h às 12h. 4% (quatro por cento) do salário, com limite de R$ 45,40 (QUARENTA E CINCO REAIS E QUARENTA CENTAVOS). Além dos benefícios o trabalhador associado ao Sindi-Asseio fortalece a entidade para lutar por melhores condições de salário e de trabalho. Não perca mais tempo venha fazer parte do seu Sindicato, junto construiremos um futuro melhor para nós e nossas famílias. SEDE - Rua São Vicente, 18, Centro/Betim CEP 32600-070 Telefones: 3531-2367/3531-2653 SEDE ADM. Rua Jequitibás, 393-Eldorado Contagem/CEP 32310-390 Telefones: 2565-9703/2564-4860

[close]

p. 7

TÁ LIMPO TÁ LIMPO INFORMATIVO Junho de 2015 7 FESTA DA FAMÍLIA 2015 Vem aí a 8ª edição da Festa da Família do Sindi-Asseio A tradicional Festa da Família promete muita diversão e alegria para todas as idades. A confraternização acontece no dia 30 de agosto no Sítio Três Barras, em Contagem. Preparada com muita dedicação e carinho pelo sindicato, a festa é um momento para o trabalhador, junto da família, descansar e aproveitar o dia. Durante o evento os convidados vão desfrutar de música ao vivo com um grupo de pagode, além de piscina, atividades de recreação para a criançada, brindes, sorteios e saborosas comidas e bebidas. Não perca a festa e a chance de confraternizar com os colegas de trabalho e sua família! Será um momento animado, cheio de descontração e surpresas. Para o presidente do sindicato, Leonardo Vitor, o evento, assim como no ano passado, será um sucesso. “O Sindi-Asseio tem orgulho de realizar a famosa Festa da Família e proporcionar alegria para os trabalhadores. No ano passado foram cerca de 2 mil participantes. Isso demonstra o compromisso que o sindicato tem com o associado, levando entretenimento tanto para eles, quanto para familiares”, afirma o presidente, convidando a todos para aproveitar a festa.

[close]

p. 8

TÁ LIMPO 8 TÁ LIMPO Junho de 2015 ENTREVISTA João Capana - Diretor do Siemaco São Paulo - Sindicato dos Trabalhadores em Empresas INFORMATIVO 1 – É fundamental que os trabalhadores da limpeza urbana usem os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para manter a segurança. Quais são os EPIs necessários e qual a importância do uso adequado? A categoria de limpeza urbana envolve dezenas de funções nas mais variadas condições de trabalho. Sendo assim há diversos tipos e modelos diferentes de EPIs para estas funções. De modo geral o que há de comum é o sapato de segurança que deve ser de material que não seja de boa aderência ao chão, luvas com resistência a abrasão e cortes e boné para proteger a cabeça à incidência direta dos raios de sol nos olhos. O uniforme com material refletivo também é muito importante no trabalho noturno. O protetor solar deveria ser amplamente utilizado já que os serviços sempre são feitos a céu aberto. No entanto, devemos lembrar que os EPIS não são capazes de evitar todos os acidentes e doenças como, atropelamentos, ataques de animais, quedas, dermatites de contato ou contaminações por material biológico. É importante que o trabalhador use todos os equipamentos necessários para trabalhar com segurança e mais conforto, procurando evitar acidentes. 2 - A CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - é fundamental para esse processo de segurança? Como ela funciona? Como o funcionário pode participar e cobrar das empresas ações nesse sentido? Sim, pois a CIPA é ao mesmo tempo os ‘olhos’ dos técnicos de segurança da empresa e também do sindicato desde que haja esta parceria. A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) realiza reuniões mensais através de calendário pré-estabelecido para todo o mandato, que tem duração de um ano. A quantidade de componentes da CIPA é dimensionada de acordo com a atividade econômica, o grau de risco e a quantidade de trabalhadores no local. Os representantes são escolhidos através de eleição onde há a mesma quantidade de representantes dos trabalhadores (os eleitos) e representante do empregador (os indicados). Dessa forma é garantida a paridade na CIPA. A participação na CIPA é livre, ou seja, qualquer funcionário da empresa independente de setor ou cargo pode se candidatar. A Legislação garante estabilidade provisória de dois anos aos titulares e suplentes somente para os eleitos (representantes dos trabalhadores). 3 - Caso a empresa não forneça todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários, o que o trabalhador deve fazer? Primeiramente, o funcionário deve cobrar a empresa o devido fornecimento. Caso não seja atendido deve recorrer à CIPA e ao técnico em segurança do trabalho responsável. Ainda não havendo o atendimento, o trabalhador deverá recorrer ao sindicato para que entre em contato com a empresa visando solucionar o problema. É importante ressaltar que Trabalho seguro exige consciência de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo e Assessor Técnico da Fenascon - Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes. Os trabalhadores devem ser treinados pela empresa quanto aos procedimentos de segurança e riscos a que estão expostos e seguir rigorosamente os procedimentos estipulados. Caso isso não aconteça é necessário cobrar o devido treinamento. Se a empresa se recusar a oferecer o devido treinamento, é necessário procurar o sindicato. 7 - Quais os acidentes mais comuns? Através de nossas estatísticas com as CATs – Comunicação de Acidente de Trabalho - fornecidas pelas empresas de limpeza urbana, constata-se que a maioria dos acidentes se dá por impactos contra veículos motorizados (atropelamentos) e entorses, fraturas e luxações causadas pelas condições irregulares das vias ou pelo próprio ritmo intenso de trabalho. O ataque de cães e o descarte irregular dos resíduos pela população também é um importante causador de acidentes, uma vez que, materiais pontiagudos e perfuro cortantes são verdadeiras armadilhas contra os trabalhadores. 8 - Como o funcionário será amparado legalmente em caso de acidente? Através da legislação previdenciária que garante estabilidade de emprego no retorno de afastamentos devido a acidente ou doença do trabalho (lei 8213 de 24 de julho de 1991). Ela dispõe sobre os segurados do INSS, preenchimento do Comunicado de Acidente de Trabalho (CAT), estabilidade provisória, garantia de deposito do FGTS durante o tempo de afastamento entre outras providencias. Caso a empresa não cumpra o procedimento correto para o afastamento do funcionário este deverá recorrer ao sindicato. 9 - A Fenascon - Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes - lidera a criação da Norma Regulamentar da Limpeza Urbana. Como ela irá contribuir para melhores condições de trabalho e segurança? Espera-se que a norma regulamentadora padronize o modo de trabalho por todo o país, afinal em algumas cidades a coleta de lixo ainda é realizada por tração animal e sem uso de equipamentos de segurança, por exemplo. Caminhões também serão padronizados, pois terão mais recursos de segurança como luz e dispositivo sonoro de ré (em algumas regiões do país a coleta é feita com o caminhão com a caçamba ou tratores puxando carretas), isso dificulta muito o trabalho e contribui para aumentar as condições inseguras. Estes são alguns exemplos que a norma irá atingir a nível nacional. A Norma contribuirá para uma verdadeira gestão em segurança do trabalho nas empresas de limpeza urbana. Assim, com novos estudos surgirão equipamentos de segurança determinados para cada atividade e com procedimentos mais elaborados. Além da redução de índices de acidentes, afastamento e mortes em nível nacional. João Capana, diretor do Siemaco São Paulo É importante que o trabalhador use todos os Equipamentos necessários para trabalhar com segurança e mais conforto, procurando evitar acidentes. o trabalhador pode negar-se a desenvolver suas funções mediante a falta de condições seguras e equipamentos adequados. 4 - Fale sobre as Normas Regulamentadoras (NR) do Ministério do Trabalho que resguardam o funcionário sobre a segurança? As Normas Regulamentadoras (NR) do Ministério do Trabalho são a principal legislação que resguardam os direitos e deveres dos trabalhadores e empresas quanto à segurança do trabalho. Atualmente há 36 Normas Regulamentadoras. A própria Constituição Federal e a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho - assim como as Súmulas dos Tribunais de Justiça são instrumentos que podem resguardar os direitos e a segurança dos trabalhadores. 5 – Além dos EPIs necessários, se o trabalhador observar que medidas de segurança não estão sendo cumpridas pela empresa para prevenir acidentes, o que o funcionário deve fazer? Deve recorrer ao sindicato o quanto antes para que o problema seja resolvido com a empresa. Caso não seja possível, o sindicato irá ao Ministério do Trabalho e Emprego tentar a solução através do pedido de fiscalização. Há situações em que a paralisação dos serviços é necessária para o respeito e melhoria imediata das condições de segurança. 6 – E os profissionais, o que devem fazer para evitar acidentes?

[close]

Comments

no comments yet