Informativo Tá Limpo Maio - 2015 - SINDIASSEIO

 

Embed or link this publication

Description

Informativo Tá Limpo SINDIASSEIO - Sindicato dos empregados em empresas de asseio, conservação e limpeza urbana da região metropolitana de Belo Horizonte

Popular Pages


p. 1

SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE ASSEIO, CONSERVAÇÃO E LIMPEZA URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE Sindi-Asseio RMBH . Rua São Vicente,18, Centro, Betim/MG . CEP .: 32600-070 Para vencer a dengue faça parte do time da limpeza TÁ LIMPO INFORMATIVO Precisamos, mais uma vez, escalar o time da limpeza e prevenção para vencer a dengue. O mosquito Aedes aegypti se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias. Por isso, não deixe acumular água nas calhas e lajes. Feche as caixas d’águas, cisternas e tambores. Coloque terra nos vasos de plantas e proteja pneus e garrafas. Só assim, a saúde ganha esse jogo. Sintomas da dengue Procure orientação médica, caso tenha febre alta, dores de cabeça e atrás dos olhos e possíveis manchas vermelhas pelo corpo. Confira mais nas páginas 4 e 5. MÃE O cuidado maternal, o abraço afetuoso e o beijo carinhoso. Pequenos gestos que fazem parte de um grande sentimento, o amor incondicional. Parabéns! Seguro Desemprego Governo Federal altera regras para quem tem direito ao benefício. Advogado esclarece mudanças. Página 3 Entrevista Luciano Flório, Secretário de Meio Ambiente de Betim, fala sobre as ações e desafios na gestão dos resíduos sólidos da cidade. Página 8 Veja mais benefícios na edição deste jornal e aproveite tudo que planejamos e construímos para você e sua família, que são muito importantes para nós. 10 de Maio . Dia das Mães Confira a lista de parceiros que oferecem saúde, lazer e qualidade de vida para nossos associados. . Assistência médica com várias especialidades e dentistas . Consultas jurídica, civil e trabalhista . Clube de lazer para você e sua família desfrutarem à vontade Página 6 IMPRESSO TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015

[close]

p. 2

2 TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015 PALAVRA DO PRESIDENTE Momento de superar desafios Trabalhadoras e trabalhadores, ano de crise econômica é sinônimo de caça aos direitos dos trabalhadores. Por este motivo temos que nos manter ainda mais vigilantes, uma vez que a gana do capital em obter lucros excessivos diminui os ganhos dos verdadeiros produtores de riqueza. Com a ajuda do Estado, dos Governos democraticamente eleitos pelo povo, temos já no Congresso Nacional Medidas Provisórias, que restringem o acesso ao seguro desemprego, o recebimento do abono salarial e também de benefícios previdenciários. Não podemos ter ilusão, o Governo, qualquer Governo, seja de direita de esquerda ou de centro, trabalha não em favor de sua população trabalhadora, mas sim, em favor das forças produtivas. Vamos tentar entender a lógica da equação: de um lado temos os políticos profissionais que só querem se manter no poder para se servirem dos benéficos da máquina estatal; do outro lado temos as forças produtivas que emprestam dinheiro para as campanhas milionárias dos políticos, cobrando a conta mais tarde por meio da corrupção dos contratos entre eles e os governos; por fim temos o povo que de forma difusa é enganado, eleição após eleição, por promessas de melhores condições de saúde, educação e segurança. Temos que dar um basta nesta ciranda que de forma contundente só leva nosso País cada vez mais para o fundo do poço. Que pátria deixaremos para nossos filhos e netos? O poder da transformação está em nós, dentro de nós. Em nossa esfera de atuação sindical sempre buscamos algo novo que nos aproxime de nossa categoria, nosso objetivo é melhorar cada vez mais nossos serviços para trazer mais e mais trabalhadores para dentro da instituição e assim promover a verdadeira revolução classista. Ideias modernas de vanguarda desenvolvidas com paixão, melhoram a vida de nossas famílias e a direção de nossa entidade, que aponta para o futuro com prosperidade apesar das dificuldades e incompreensões que sofremos no nosso cotidiano. Temos algumas certezas: não agradaremos a todos o tempo todo, mas se a maioria estiver satisfeita grande parte da caminhada foi superada; tudo que fizermos é pouco, obvio que após tantos anos de massacre contra os trabalhado- Leonardo Vitor S. C. Vale Presidente res do nosso seguimento temos muito a avançar para superar nossas necessidades; os ventos não são favoráveis, além das dificuldades naturais, carregamos uma bagagem negativa fruto das mazelas cometidas em nosso meio sindical no passado e no presente, e, travamos uma batalha inglória contra a grande mídia, esta financiada pelo capital, que tenta colocar a sociedade e até você trabalhador contra sua entidade sindical. O desafio é gigantesco e superlativa nossa vontade de vencê-lo, venha junte-se a nossa família e ajude a construir nosso futuro. Juntos podemos muito mais. PARCERIAS E CONVÊNIOS Atendimento Ambulatorial Hospital Matermed Ltda. Contagem - Av. José Faria da Rocha, 4409, Eldorado Telefone: 31- 3396-1155 Belo Horizonte - Rua Padre Rolim, 700 - São Lucas Telefone: 31-3218-4600 EXPEDIENTE Redução da jornada de trabalho sem redução do salário. Venha fazer parte do Sindicato! BETIM: Rua São Vicente, 18, Centro / MG . CEP.: 32600-070 Fones: 3531-2367 / 3531-2653 /3511-9432 CONTAGEM: Rua dos Jequitibás, 393, Edifício dos Trabalhadores, Eldorado / MG - CEP.: 32310-390 Fone: 2565-9703 TÁ LIMPO INFORMATIVO Presidente: Leonardo Vitor Siqueira C. Vale Vice-presidente: Kátia Batista dos Santos Secretário Geral: Geral João Carlos Lourenço Tesoureiro Geral: Luis Cláudio Vieira Araujo Conselho Fiscal: Maria das Dores Nascimento TÁ LIMPO Conselho Fiscal: Anelina Gomes Patricio Conselho Fiscal: Marcelo Dias Almeida Diretor Social e do Patrimônio: Adalberto de Oliveira Cruz Diretor de Assuntos Sindicais: Ademir Coelho de Andrade Diretor de relações internacionais e comunicação: Rafael Sanzio Ramos Projeto editorial: Articulação Comunicação Estratégica Redação: Carolina Lisboa Fotografia: Edney Coelho INFORMATIVO Acesse nossa página na internet: www.sindiasseio.com E-mail: sindiasseio@hotmail.com Vladmir Araújo

[close]

p. 3

TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015 3 Saiba o que mudou ao solicitar o seguro-desemprego As novas regras do seguro-desemprego ainda não estão claras para os trabalhadores que precisam recorrer ao benefício. E para melhor informá-los sobre as mudanças, o advogado trabalhista Esdras Santos falará de forma prática sobre as mudanças da Medida Provisória (MP) nº 665. Anteriormente, o funcionário que fosse demitido após seis meses de trabalho já teria direito ao seguro-desemprego. Mas como o advogado explica, o direito ao benefício mudou conforme o tempo de trabalho. Para poder receber pela primeira vez, o funcionário precisa ter pelo menos 1 ano e 6 meses de trabalho. Se for a segunda solicitação de seguro-desemprego, o tempo mínimo de vínculo empregatício exigido ao trabalhador é de 12 meses. A partir do terceiro pedido, o período de carência passa a ser de seis meses. Segundo Esdras Santos, há um consenso de que “é fundamental e indispensável” aumentar o controle para proteger a sustentabilidade do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que é sustentado com dinheiro do empregado. “Essa MP tem como objetivo combater fraudes e buscar um maior SINDIASSEIO POR DENTRO DA LEI O advogado ressalta que as mudanças estão sendo revistas no Congresso controle na concessão dos benefícios”, afirma. O advogado ressalta que ainda que como se trata de uma “Medida Provisória” é possível ocorrer mudanças no texto ou mesmo a retirada dele e o retorno das regras antigas. Tanto é possível que a MP seja alterada, que já há uma comissão no Con- Mais mudanças gresso Nacional encarregada de discutir e alterar as mudanças no seguro-desemprego, seguro-defeso e no abono salarial. O trabalho dessa comissão é montar um relatório que depois deverá ser votado no Congresso, como explica o advogado. De acordo com Esdras, já há um entendimento de os prazos para concessão dos benefícios devem ser flexibilizados. Ainda segundo ele, é bom lembrar que desde 2013 no momento em que o trabalhador solicitar o seguro-desemprego será oferecida uma vaga no mercado de trabalho. “Aquele que recusar um novo emprego sem justificativa não terá direito ao benefício. Essa lei já existia, mas era pouco aplicada devido à falta de um Sistema Integrado Nacional”, explica o advogado. Além disso, se o trabalhador solicitar o benefício pela segunda em vez em um período de 10 anos será automaticamente pré-matriculado em uma instituição parceira do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Se o beneficiado tiver um número considerado de faltas no curso seu seguro será cancelado automaticamente”, alerta. SAÚDE EM PAUTA “O que você quer ser quando crescer?” que pode surgir no trabalho. A depressão é uma das perguntas mais ouvidas por é um problema quase tão frequente, mas crianças ao longo da infância. Mas qual- que tem motivações diferentes. Segundo quer que seja a resposta, ela definitiva- Cida Lopes, na maioria das vezes o tramente não vem seguida pelo adjetivo “es- balho não é a causa da depressão, mas ele tressado” ou “infeliz”. No entanto, é assim SINDIASSEIO que a grande maioria dos trabalhadores se sente - ao menos por um período de sua vida profissional. A cobrança de chefes, colegas e do próprio mercado estão entre as principais causas de tanta tensão. O grande problema é quando a ansiedade, irritabilidade e insatisfação aumentam a ponto de tirar da pessoa a possibilidade de controlá-los, prejudicando a saúde física e emocional. Pânico, cansaço maior que o habitual, dificuldade de relacionamento em casa, dores de cabeça, taquicardia, sudorese, desânimo são outros sinais. A psicóloga e educadora Cida Lopes chama essa reação de somatização. “Quando você não encontra uma maneira de colocar o que te incomoda para fora, seu corpo encontra ela por você. Tudo isso são maneiras que seu corpo encontra de te falar: ‘pare e reveja’, porque você está fazendo alguma coisa errado”, explica. Psicóloga alerta que o estresse e a A psicóloga ressalta que o estresse não depressão também aumentam o risco é o único tipo de adoecimento psicológico de infartos e diabetes Estresse e depressão no trabalho: como mudar isso pode atuar como “um fator a mais” quando não existe adaptação ou prazer na atividade realizada. “A depressão é mais frequente em atividades em que temos um fator chamado monotonia ou em que o trabalhador não se adapta. Mas este quadro é muito amplo e tem relação com a vida moderna em geral”, explica. Longe de citar fórmulas de sucesso e satisfação, Cida Lopes sugere que a felicidade e satisfação sejam construídas por decisões que coloquem em equilíbrio o bem estar no trabalho e na vida. “Precisamos repensar nossa relação com o dinheiro, nossas decisões de carreira, levando em conta mais critérios”, afirma. De acordo com ela, para ser mais feliz no trabalho deve-se levar mais coisas em consideração não só o dinheiro, mas também o equilíbrio, a autonomia e a motivação que nos leva a acordar cedo todas as manhãs. Mudanças no estilo de vida, principalmente no que diz respeito à alimentação, sono e atividade física também são importantes. Buscar o apoio da família é outra recomendação, assim como uma checagem do estado de saúde. De bem com a vida

[close]

p. 4

4 TÁ LIMPO Maio de 2015 PREVENÇÃO INFORMATIVO Dengue: limpeza urbana ajuda a combater a doença Cidades em sinal vermelho O Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Liraa) aponta que os principais focos de infestação da dengue são encontrados dentro das residências. Segundo o levantamento, são focos de fácil remoção, como vasos e frascos com água, garrafas, bebedouros, entre outros. Ainda dentro das residências, locais de captação e armazenamento de água, como tonéis, filtros, poços, tambores e até caixas d’água também contribuem para o surgimento do mosquito. Em terceiro lugar, estão os lixos, sucatas e entulhos. A Região Metropolitana de Belo Horizonte já foi caracterizada como situação de epidemia. Até o dia 17 de abril, Betim já registrava mais de 5 mil casos da doença este ano e por causa disso, precisou receber uma força-tarefa de combate ao mosquito. Contagem também está em estado de alerta. Foram feitas 4.255 notificações de suspeitas de dengue e foram confirmados 900 casos nos três primeiros meses de 2015. Já em Belo Horizonte já foram confirmados 581 casos de dengue só neste ano. Até o momento, não há registro de nenhum caso confirmado de Chikungunya nas três cidades em 2015. Só na região Sudeste, 54 municípios encontram-se com índices de risco de epidemia. É a segunda região com mais cidades com infestação da doença. Com trabalho diário de recolhimento do lixo, trabalhadores da limpeza urbana ajudam a diminuir e identificar focos da doença Quando chega esta época a mesma cena se repete todos os anos: o aumento dos casos de dengue no país. É quando o mosquito transmissor do vírus da doença, o Aedes aegypti, encontra o ambiente ideal para sua reprodução. As larvas do mosquito são incubadas em locais com presença de água parada. Como não existe uma vacina para prevenir a doença, a única forma de prevenção é o combate aos mosquitos, eliminando possíveis focos da dengue. E é aí que entra o importante trabalho dos profissionais da limpeza urbana evitando o acúmulo de lixo e, consequentemente, de criatórios de larvas para surgimento do mosquito. A gari Kátia Batista dos Santos, de 43 anos, conta que é muito comum recolher garrafas e sacolas jogadas pelas ruas. E que já encontrou larvas do Aedes aegypti em locais que as pessoas menos desconfiam. “Qualquer material possível de acumular o mínimo de água pode ser foco, como uma tampinha ou até mesmo rótulos de embalagens. São tantos focos da doença que não é preciso mais estar no período chuvoso para o aumento de casos”, afirma. Segundo Kátia, infelizmente a população contribuiu, “e muito”, para o fortalecimento do mosquito. “Agora a pouco vi um rapaz jogar uma garrafa de água no en- Segundo Kátia, descuido da população contribuiu para a proliferação do Aedes aegypti tulho e gritei ‘olha a dengue’, tentando alertá-lo. Ele simplesmente me respondeu, ‘tenho convênio’. As pessoas acham que o mosquito escolhe quem vai picar. Rico ou pobre, todos estão sujeitos a pegar dengue”, alerta a gari. Moradora do Bairro Vila das Flores, em Betim, Kátia não contraiu a doença. Mas sua família não teve a mesma sorte. Além do marido e da irmã, esta é a terceira vez que a filha sofre com a dengue. A gari explica que a rua em que mora está cheia de entulhos e que já conversou com os vizinhos para que essa situação mude. “Não adiantou nada, as pessoas são muito ignorantes. Ninguém quer fazer a própria parte. Não adianta eu eliminar os focos da minha casa, se meu vizinho também não contribui. Por causa da incompetência de alguns, muitos são prejudicados”, indigna-se Kátia.

[close]

p. 5

TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015 5 Infelizmente, é difícil encontrar uma pessoa que não tenha contraído a dengue ou que não conheça alguém que tenha ou já teve a doença. Recentemente, o filho da gari Liliane Cristina Rodrigues dos Santos, de 34 anos, ficou em estado crítico por conta da dengue. Moradora do bairro Chácara, no centro de Betim, ela afirma que sua rua está com infestação por conta de um Ferro Velho. Para Liliane, multar donos de locais com focos do mosquito seria uma boa solução para diminuir casos da doença. “Quem sabe quando começar a doer no bolso as pessoas tomem consciência da própria responsabilidade em diminuir casos da doença”, questiona Liliane. Mas não são apenas as residências ou pontos de comércio que ajudam na proliferação das larvas do Aedes aegypti. Prédios públicos, como escolas também estão sujeitos a infestação. O roçador Manoel Alves, de 55 anos, revela já ter encontrado muitos focos da doença em entulhos bem próximos às escolas. “As crianças são alvos fáceis para a dengue e são os que mais sofrem”, lamenta. Ele ressalta ainda que nesses locais também podem ser encontrados outros bichos perigosos, como escorpiões. Mas será que todos sabem diferenciar um mosquito da dengue? Ele é menor e mais escuro que o pernilongo comum e possui listras brancas no corpo e nas patas. Após a picada, os vírus caem na corrente sanguínea, invadem as células do organismo e começam a se reproduzir. Geralmente, os sintomas se manifestam a partir do terceiro dia depois da picada do mosquito. Os principais sintomas são: febre elevada, fortes dores de cabeça e nos olhos, além de dores musculares e nas articulações. Existem quatro tipos diferentes de vírus da dengue e para estar totalmente imunizado é necessário ter tido contato com todos eles. Caso contrário, a cada contágio com um novo tipo de vírus, os sintomas são mais intensos e o risco de desenvolver a doença em um nível mais grave é alto. Papel da população é importante no combate à dengue Para Liliane, multas podem ajudar na conscientização da população Manoel conta que é comum encontrar focos da dengue em entulhos Confira abaixo algumas dicas para combater à dengue: Faça furos nos pneus velhos - Os furos permitem que a água acumulada escorra, não ficando parada e, assim, evitando que o mosquito se reproduza; Cuidado com a caixa d’água - Ela é um excelente reservatório para os ovos da dengue. Mantenha-a sempre fechada e faça a limpeza frequentemente com produtos específicos. Isso também vale para poços, cisternas e caçambas; Remova folhas e galhos das calhas - Estes objetos, assim como outros (flores, pedaços de garrafa, etc) impedem que a água escoe e, então, se acumule; Evite cultivar plantas aquáticas - A água das plantas aquáticas é limpa e propícia para a reprodução da dengue; Mantenha latas e garrafas emborcadas para baixo - Isso evita que a água da chuva se acumule e fique parada por muito tempo; Use telas protetoras - A tela protetora evita que os mosquitos entrem em sua casa. Mas não impede que ele se reproduza; Cuide das piscinas - Se você não a está utilizando, cubra-a com uma lona. Trate a água da piscina com cloro e outros desinfetantes específicos; Preste atenção ao lixo - Muitas pessoas pensam que os lixos, por acumularem água suja, não apresentam perigo à dengue. Mas a verdade é que se há água acumulada, há a possibilidade de reprodução do mosquito. Para isso, vede os sacos de lixo e não os deixe expostos.

[close]

p. 6

6 TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015 Consultórios médicos . CLÍNICA MÉDICA PADRE EUSTÁQUIO dermatologia deverá ser agendado. Telefones: 35960330/35965143. Av. Juscelino Kubitscheck, 725, Centro-Betim Convênios Convênios laboratoriais – SANTA LUZIA - Av: Brasília, 530, Benedito, Santa Luzia-MG. Telefone: 31- 3637-2099 Especialidades: Clínica Geral, Dermatologia, Ginecologia, Ortopedia, Pediatria, Psicologia, Urologia e Cardiologia. . ­ CLINIMED - Rua Gilda Maria da Silva, 972, . LABORATÓRIO JOÃO PAULO: Av. Governa. LABORATÓRIO ROJAN: BH: 3207-2040, . CLÍNICA RADIOLÓGICA CEDUS EMI: Curso - PQM dor Valadares, 471, Centro-Betim. Telefone: 3532-2264. Betim: 3594-4790, Nova Lima: 3541-7431, Contagem: 3356-4804, Rua Neves: 3624-6239, Lagoa Santa: 3689-7668 e Sabará: 3674-8748. Exames de Raios-X e Ultrassonografia. Unidades BH, Betim, Contagem e Venda Nova. Central de Marcação: 31 3298-5500. CENTRAL SAÚDE - Avenida José Faria da Rocha, 4281- Eldorado - Contagem. Telefone: 31-3395-9040. Especialidades: Angiologista Cardiologia, Clínica Geral, Endocrinologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Mastologia, Neurologia, Pediatria, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Hematologia, Reumatologia, Geriatria, Urologia e Oftalmologia. Exames laboratoriais e radiológicos sob consulta em nossa unidade. . Contagem/MG. Telefones: 25671077, 25670757 e 25675626. Especialidades: Cirurgia Geral, Clínico Geral, Ginecologia, Gastroenterologia, Nutricionista, Otorrinolaringologia, Pediatria, Psicologia e Urologia. dares, 69, sala 10 e 11 no Shopping de Nova Lima, Centro, Nova Lima/MG. Tel.: 35412813-35425828 Especialidades: Angiologista, Cardiologia, Clínica Geral, Endocrinologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Mastologia, Neurologia, Pediatria, Ortopedia, Urologia e Oftalmologia. 140, 4º andar, sala 409, Centro - Betim. Tel: 3531-1454. Especialidade: Cardiologista. . CLÍNICA SÃO LUCAS - Rua Benedito Vala- . DR. REINALDO RAMOS VALENTE: Rua JK, . DRA. CLÁUDIA FONSECA: Rua JK, 140, 4º andar, sala 409, Centro - Betim. Tel: 3531-1454. Especialidade: Pediatria. . MEGA ESCOLA DE INFORMÁTICA - Rua Rio de Janeiro, 515, Centro/Betim. Tel.: 35313694. Av. Araguaia, 135, São Caetano - Contagem. Telefone: 31 3397-7806. Curso Básico de Informática sem custo adicional . CLÍNICA GASTRUS - Antiga Clinibet, Av. Professor Clóvis Salgado, 188 - Centro/Betim. Consultas marcadas pelo telefone: 3532-2261 Especialidades: Clínico Geral, Cirurgião Geral, Endoscopia e Ortopedia. . CLUBE RECREATIVO SINDEAC - Rua Lazer . CLINICAL CENTER - Unidades 1 e 2 - Rua . DRA. REGINA FREIRE DE SOUZA: Clínica Rio de Janeiro, 600 - 10ª andar e Afonso Pena, 726 3º andar, Centro /BH. Telefones: 3272-7360 ou 3272-7679. Especialidades: Angiologia, Cardiologia, Clínico Geral, Dermatologia, Ginecologia/Obstetrícia, Medicina do Trabalho, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Ultrassonografia e Endoscopia Digestiva. Gastrus - Rua Professor Clóvis Salgado, 188, Centro Betim - Tel.: 35321260 ou Clínica-Fisiomed Av: Governador Valadares, 671 Centro - Betim Telefones: 25711713 ou 25711636. Especialidade: Psicologia. Dentistas Tratamento básico sem custo adicional .CLUBE ASCOBOM (antigo clube do Gugu) Quatro, 525, Bairro Nacional (Chácara Cotia) Contagem. Telefone: 31 3913-5023. Linhas de Ônibus: 4402 Centro/BH, ou 101 B Xangrilá/Nacional - Contagem. OBS: Para liberação no clube, deverá ser apresentada carteirinha do titular e documento de identidade dos dependentes. Via expressa, Contagem, Telefone: 3398-1345. Será necessário o exame de pele na portaria do Clube. · Para realização de todos os procedimentos, médicos odontológicos, laboratoriais e radiológicos é obrigatória a apresentação da carteira do Sócio e da guia de autorização que deverá ser retirada na sede do Sindi-Asseio RMBH (Betim ou Contagem). . CLINIBEL (Diversos dentistas) - Descontos . CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO – Dra . DR. ILDEU NOGUEIRA BATISTA - Rua Inconfidência, 414, sala 102, Centro-Betim. Telefone: 31 3531-3102. de 50 a 80% nos procedimentos. Formas de pagamento a combinar na clínica.Telefone: 3503-3610. Michele Petrucelli - Rua João Batista Nogueira, 08, Centro, Ribeirão das Neves. Telefone: 31-36242700. Escola de limpeza Sindi-Asseio Cursos oferecidos: curso oferecido : Higienização Geral Higienização Hospitalar , Portaria e Recepção , Supervisor de Limpeza Encarregado de Limpeza Endereço: Rua dos Jequitibás, 393, Eldorado - Contagem/MG. (Em frente a estação Estação Eldorado do metrô). Telefones: 2565-9703, 2564-4860, 25644097. Gratuidade para associados e seus dependentes, e baixo custo para público e geral. . PIONEIROS SAÚDE - Av. José Faria da Rocha, 5959, Eldorado/Contagem. Telefone: 3395-1040 Especialidades: Cardiologia, Clínica Geral, Ginecologia, Pediatria e Ortopedia, Urologia, Cardiologia, Oftalmologia, Angiologista, Neurologia e Psiquiatra. . DR. EMERSON REBELO ARAÚJO - Atendi- . CLINESP - Rua Professor Clóvis Salgado, 400, Centro, Betim. Telefone: 3532-2004. Especialidades: Cardiologista e Clínico Geral (Drº Hélio Conroy). mento em Betim, às terça-feiras de 9hs às 18hs. Av. Amazonas, 355, Centro. Atendimento em BH, às quartas, quintas, sexta-feiras e sábados até às 14h. Rua Pampas, 410, Prado, perto do Clube dos Oficiais. Telefone: 2555-9454 e 9792-2122. . ODONTOVIDA - Diversos profissionais. . CLINICARE - Atendimento médico prioritário aos fins de semana, sábados, domingos, feriados e fora do horário comercial (após 18h). O atendimento em pediatria, ginecologia e Av. José Faria da Rocha, 5959, 3º andar, Eldorado/ Contagem. Telefone: 31 33952039. DR. GILSON VICENTE BIBIANO. Rua Santa Cruz, 525 A, Centro, andar superior/Betim. Telefone: 31-3532-1716. Trabalhador, sindicato forte é o que tem muitos sócios! Seja mais um sócio. Juntos, podemos muito mais! Documentos necessários (XEROX): Certidão de casamento; Certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos; Comprovante de endereço com CEP; Carteira de Trabalho onde consta o número, a série e o contrato de admissão; 01 Foto 3/4 do Titular; Preenchimento da fixa cadastral. O Associado e seus dependentes (esposa e filhos menores de 18 anos) usufruem de todos os benefícios que o Sindi-Asseio RMBH oferece. Assistência Jurídica gratuita em todas as esferas do poder Judiciário. O associado pagará apenas custas processuais. Atendimento de segunda a sexta, de 8h às 12h. 4% (quatro por cento) do salário, com limite de R$ 45,40 (QUARENTA E CINCO REAIS E QUARENTA CENTAVOS). Além dos benefícios o trabalhador associado ao Sindi-Asseio fortalece a entidade para lutar por melhores condições de salário e de trabalho. Não perca mais tempo venha fazer parte do seu Sindicato, junto construiremos um futuro melhor para nós e nossas famílias. SEDE - Rua São Vicente, 18, Centro/Betim CEP 32600-070 Telefones: 3531-2367/3531-2653 SEDE ADM. Rua Jequitibás, 393-Eldorado Contagem/CEP 32310-390 Telefones: 2565-9703/2564-4860 *Taxa de Sindicalização

[close]

p. 7

TÁ LIMPO INFORMATIVO Maio de 2015 7 TERAPIA DO RISO PIADAS Mau entendido O sujeito entra num bar, senta-se à uma mesa e logo um garçom aparece para atendê-lo. - Boa noite, o que o senhor toma? - Eu tomo vitamina C pela manhã, o ônibus para ir ao serviço e uma aspirina quando tenho dor de cabeça. Desculpe, mas acho que SINDIASSEIO não fui claro. Eu quis dizer o que é que o senhor gostaria? - Ah, tudo bem! Eu gostaria de ter uma Ferrari, de viajar para Dubai e mandar a minha sogra para bem longe. - Não é nada disso, meu senhor! - Continuou o garçom, ainda calmo. - Eu só gostaria de saber o que o senhor deseja beber. - Ah, é isso? Bem…o que é que você tem? E o garçom: - Eu? Nada, não! Só tô um pouco chateado por que o meu time perdeu pro São Caetano! Cabelos brancos O fazendeiro estava pagando trezentos reais pra quem conseguisse pegar a onça que tava comendo os bezerros da fazenda. Apresentou-se um compadre pobre e foi se oferecendo pro serviço. Magrinho, sandália japonesa, chapéu de palha, lá foi ele fazenda a dentro. Certa hora deu de cara com a pintada. Danou-se a correr, e a onça atras. O fazendeirão tava sentado na varanda quando o compadre pobre chegou correndo e perseguido pelo felino. Por sorte, na hora que a onça deu o bote, ele tropeçou numa pedra e caiu. A onça voou por cima e caiu no terreiro, bem em frente a porta do fazendeiro. Aí o caçador de onça gritou: - Segura essa aí, compadre, que eu vou buscar outra! 4 - Dois vizinhos. Um não vai a casa do outro e os dois não se vêem por causa de um morrinho? Quem são eles? 5 - O que é que é do tamanho de uma bolota e enche a casa até à porta? Como se associar ao Sindicato e seus benefícios. Trabalhador, sindicato forte é aquele que tem muitos sócios. Seja mais um. Juntos, podemos mais! Documentos necessários (xerox) . Certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos . Comprovante de endereço com CEP . Carteira de trabalho onde consta o número, a série e o contrato de admissão . 1 foto 3/4 do titular . Preenchimento da ficha cadastral * O associado e seus dependentes (esposa e filhos menores de 18 anos), usufruem de todos os benefícios que o Sindi-Asseio RMBH oferece. Maio é o mês de homenagear o brilho de quem faz a cidade brilhar. Parabéns! 16 DE MAIO . DO TRABALHADOR DA LIMPEZA URBANA A família cresceu. Venha e junte-se a nós. BETIM: Rua São Vicente, 18, Centro, MG . CEP.: 32600-070 . Fones: 3531-2367/3531-2653/3511-9432 CONTAGEM: Rua dos Jequitibás, 393, Edifício dos Trabalhadores, Eldorado/MG - CEP.: 32310-390 Acesse nossa página na internet: www.sindiasseio.com E-mail: sindiasseio@hotmail.com Resposta: 1 - Um doido varrido 2- O sal 3 - Para acordar em cima da hora 4 - Os olhos 5 - A luz A onça Um dia, uma menina estava sentada observando sua mãe lavar os pratos na cozinha. De repente, percebeu que sua mãe tinha vários cabelos brancos que sobressaíam entre a sua cabeleira escura. Olhou para sua mãe e lhe perguntou: - Por que você tem tantos cabelos brancos, mamãe? A mãe respondeu: - Bom, cada vez que você faz algo de ruim e me faz chorar ou me faz triste, um de meus cabelos fica branco. A menina digeriu esta revelação por alguns instantes e logo disse: - Mãe, porque TODOS os cabelos de minha avó estão brancos? CHARADAS 1 - O que é que se tem debaixo de um tapete de hospício? 2 - Na água nasci, na água me criei, mas se me jogarem na água morrerei? 3 - Por que algumas pessoas colocam o despertador debaixo do travesseiro?

[close]

p. 8

8 TÁ LIMPO Maio de 2015 ENTREVISTA Luciano Flório - Secretário de Meio Ambiente e INFORMATIVO 1) Recentemente o senhor teve uma reunião com o presidente do Sindi-Asseio para tratar das negociações salariais deste ano. Qual o papel da Prefeitura nessas negociações? A Prefeitura de Betim, durante a reunião, desempenhou o papel de mediadora entre Sindicato e a empresa que nos presta serviço. Atualmente, a cidade tem em atividade na Limpeza Urbana 428 funcionários. Mas, infelizmente, eles não são suficientes. O número ideal seria de 600 trabalhadores. “A cada ano temos novos desafios” Desenvolvimento Sustentável de Betim O trabalho é realizado “porta a porta”. O intuito é melhorar a qualidade dos resíduos que chegam à Associação dos Catadores e ampliar a coleta para toda a cidade. O grande problema é que as pessoas se esquecem facilmente e acabam parando de fazer a coleta por vários motivos. Por isso, existe uma necessidade constante de mobilização para reforçar que a coleta existe e que ao separar os resíduos adequadamente as pessoas contribuem com o Meio Ambiente e com o convívio geral. 9) Como dar conta do lixo produzido numa época em que o consumo de produtos embalados dominam e, obviamente, se descartam mais papel, plástico? É um grande desafio, já que há um aumento constante dos resíduos existentes e novos resíduos são criados. Mas não podemos desistir! Temos que investir na coleta seletiva para reduzir a quantidade de matéria-prima a ser retirada da natureza, fazendo esses materiais retornarem à cadeia produtiva, gerando emprego e renda para os trabalhadores da área. E o mais importante: aprender novos hábitos, como, por exemplo, rejeitar o uso em excesso de embalagens de um modo em geral. 10) A PNRS menciona o incentivo à criação e ao desenvolvimento de cooperativas e associações. Como essa proposta tem sido realizada na prática? O município, desde a criação da Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Materiais Reaproveitáveis de Betim (Ascapel), sempre apoiou e incentivou a atividade, investindo recursos financeiros e humanos em sua realização. Os catadores participam diretamente deste processo com a Secretaria. Todo o resíduo da coleta seletiva é destinado à Ascapel. Custeamos o aluguel de caminhões para a busca de doações nas empresas, assim como também custeamos água, energia elétrica e motoristas. Temos ainda técnicos que trabalham diretamente com os associados, dando toda a atenção necessária aos mesmos. 11) Qual é o balanço do ano de 2014 e as expectativas para 2015? O ano de 2014 foi produtivo. A cada ano temos novos desafios e 2015 não vai ser diferente. Teremos o funcionamento da Parceria Público Privada (PPP) dos resíduos sólidos, que está prevista para começar a funcionar no segundo semestre. Também temos expectativa para o inventário de geração de gases do efeito estufa. Temos a licitação que permitirá a montagem da Usina de Reciclagem dos resíduos da construção civil, além do fechamento e da recuperação ambiental da área do aterro sanitário no Citrolândia. 2) Qual a situação dos resíduos sólidos urbanos em Betim? Quanto lixo a cidade gera e que percentual é possível reciclar? Em média, são quase 7 mil toneladas de resíduos domiciliares por mês, gerando mais de 83 mil toneladas de lixo domiciliar ao ano. Deste montante, apenas 80 toneladas são possíveis de serem reciclados. 3) Quais os avanços após a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos? Para Betim, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi essencial e contribuiu para regulamentar o que há muito tempo já vínhamos fazendo. Boa parte do que está na PNRS e que é de responsabilidade do município já era realizado na cidade. Exemplo disso foi o apoio às organizações de catadores, a coleta seletiva, o tratamento adequado de resíduos, dentre outras ações. 4) Betim possui quantos aterros em uso atualmente. Qual a vida útil deles e quanto de resíduo eles recebem? Hoje, temos um aterro licenciado pela Essencis MG Soluções Ambientais S/A. O empreendimento é privado, o que nos impede de ter informações diretas sobre sua vida útil e o volume. 5) O aterro do bairro Citrolândia foi totalmente desativado? O aterro do Citrolândia está fechado para a destinação de resíduos e aguardando a licitação para fazer o processo de recuperação ambiental da área. 6) Em 2009 Betim, por meio da gestão de Maria do Carmo, e os municípios de Brumadinho, Juatuba, Mário Campos, Mateus Leme, Ibirité, Igarapé, São Joaquim de Bicas e Sarzedo, assinaram a criação do Consórcio Médio Paraopebano de Resíduos Sólidos Urbanos, o (COMPARESOLURB). Ele teria a finalidade de planejar e executar a implantação de um aterro sanitário que receberia os resíduos das nove cidades. Em que pé está isso? Em 2011, a Agência Metropolitana apre- Luciano Flório fala sobre as ações e desafios na gestão dos resíduos sólidos, em Betim Para Betim, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi essencial e contribuiu para regulamentar o que há muito tempo já vínhamos fazendo. Boa parte do que está na PNRS e que é de responsabilidade do município já era realizado na cidade. sentou uma proposta para os municípios da Região Metropolitana que previa a criação de uma Parceria Público Privada (PPP) para a gestão de resíduos sólidos, especificamente para destinação final do lixo de todas essas cidades. A proposta foi muito bem aceita por todos os municípios, já que o custo para tal fim é expressivamente menor do que aquele empregado nos pequenos consórcios. A parceria foi então firmada entre todos os municípios do Colar Metropolitano e a empresa vencedora da licitação, que vai fazer o transbordo e a destinação dos resíduos. A previsão é que o trabalho tenha início neste ano. 7) O Consórcio não seria uma solução mais sustentável e barata para os municípios envolvidos? Antes da parceria com o Estado, sim. Hoje, a melhor solução é o convênio mencionado. 8) E a coleta seletiva, como ela é feita atualmente? Quais os desafios?

[close]

Comments

no comments yet