Tasso & Scalzer Informa Ed. 9

 

Embed or link this publication

Description

Tasso & Scalzer Informa Ed. 9

Popular Pages


p. 1

Ano II - Edição 09 - Dezembro 2015

[close]

p. 2

A busca pela qualificação Educação Continuada é a base para a valorização das qualidades do profissional Apesar de ter sido um ano difícil, com vários momentos complicados, seja na política ou na economia, na verdade todas as áreas acabam sendo afetadas, nós da TASSO & SCALZER temos muito que agradecer. Nosso trabalho manteve o ritmo e a responsabilidade em atender bem todos os clientes também foi a base das ações de 2015. Assim como, ultrapassando as barreiras, conseguimos conquistar várias oportunidades e benefícios, numa soma de atitudes e planejamentos bem elaborados. Dessa forma, destacamos a importância da busca permanente por atualização, em que a qualificação profissional fará sempre a diferença no mercado. E outro fator determinante para enfrentar os desafios que ainda estão por vir é atuar com uma consultoria atualizada e eficaz, no qual a satisfação de ambas as partes é a melhor resposta nos períodos de crise. Portanto, agradecemos mais um ano de parceria e estamos à disposição para continuar esse trabalho de fortalecimento da contabilidade e de todos os profissionais que atuam junto nessa área. Carla Tasso Desde novembro de 2014, a Norma Brasileira de Contabilidade - NBC PG 12 destaca as informações relevantes sobre a Educação Profissional Continuada (EPC), em que os objetivos, além de traçar metas para o Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC), é também, definir as ações que o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e os Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) devem desenvolver para viabilizar, controlar e fiscalizar o seu cumprimento. Vale ressaltar que a EPC está baseada como atividade formal, que visa manter, atualizar e expandir os conhecimentos e competências técnicas e profissionais, além de elevar as habilidades multidisciplinares e do comportamento social, moral e ético dos profissionais da contabilidade. Todas essas informações também são indispensáveis para a qualidade dos serviços prestados e ao pleno atendimento das normas que regem o exercício da profissão contábil. Dentro do conteúdo da NBC PG 12, estão: conceitos e objetivos; campo de aplicação e obrigações dos profissionais; comissão de educação profissional continuada; diretrizes para credenciamento de capacitadoras; eventos de educação profissional continuada; tabelas de pontuação; relatório de atividades dentre outros assuntos para o bom funcionamento da Norma. O mais importante é levar em consideração que essa Norma veio para valorizar e fortalecer a busca por qualificação, e o melhor, proporcionar aos profissionais valiosas oportunidades para investir nas competências e melhorar o mercado de trabalho. Para mais informações, procure ler na íntegra a Norma Brasileira de Contabilidade – NBC PG 12, de 21 de novembro de 2014. Porém, é importante ressaltar que os profissionais contábeis serão obrigados a ter que concluir a grade de pontuação. Por isso, é necessário procurar as empresas capacitadoras e credenciadas, como o caso da TASSO & SCALZER, que já tem os cursos abaixo cadastrados e já está vendo outros para 2016. - CONTABILIDADE E ANÁLISE DE BALANCOS DE EMPRESAS CONSTRUTORAS - ES- 00184 = 16 pontos - TRIBUTOS RETIDOS NA FONTE - ES 00183 = 8 pontos - FECHAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PMES - ES 00185 = 8 pontos INFORMATIVO TASSO & SCALZER 2

[close]

p. 3

CURSOS INFORMATIVO TASSO & SCALZER 3

[close]

p. 4

CURSOS INFORMATIVO TASSO & SCALZER 4

[close]

p. 5

4 passos para um Planejamento Tributário eficaz em 2016 Atualmente, o principal desafio que as empresas enfrentam está relacionado diretamente à elevação do custo Brasil e à alta complexidade do nosso sistema tributário. Nesse sentido, conhecer a legislação e trabalhar o planejamento tributário estratégico da companhia é um dos diferenciais que pode resultar em redução da carga tributária ou, até mesmo, garantir a sobrevivência da empresa. Já entramos no último trimestre de 2015 e, se não começarmos a trabalhar agora, o trimestre vai acabar e você ainda não terá planejado o próximo ano. Daqui a pouco é janeiro, passa fevereiro, o carnaval e – se você não se atentar – sua empresa ficará sem planejamento tributário em 2016. Muitas empresas, por conta da correria que já virou rotina, acabam criando no máximo uma ideia de planejamento, com base em dados superficiais. Para ajudá-lo, listo abaixo quatro passos essenciais para elaborar um planejamento tributário eficaz e obter o sucesso. Confira! 1- Primeiramente, a empresa deve reunir um grupo de pessoas com diferentes competências, sendo essas de preferência: contábeis, tributárias, jurídicas e administrativas. Com isso, será possível formar um conselho fiscal. Avalie a situação fiscal e legal da empresa no atual momento, envolva a alta direção nas reuniões e solicite informações do planejamento estratégico da companhia para o próximo ano. Identifique o que a empresa pretende implementar a curto, médio e longo prazo. Elabore um diagnóstico com base nas informações obtidas. 2- Realize simulações com base no diagnóstico, compare todas as formas de tributação, Lucro Real, Presumido e Simples Nacional. Considere possíveis benefícios fiscais disponibilizados pela legislação tributária para o ramo de atuação. Verifique até mesmo a possibilidade de afastamento da incidência de fatos geradores dos tributos envolvidos na operação da companhia. Considere também a opção de revisar procedimentos operacionais e procure inovar nesse sentido. 3- Após mapear todas as possibilidades tributárias, é importante verificar os impactos que essas ações terão sobre as operações da empresa em diferentes cenários, ou seja, qual o impacto que essas operações terão sobre um movimento de faturamento baixo/ruim, com resultados normais (conservador) e sobre resultados elevados (arrojado). Nesse momento, é indispensável considerar a totalidade dos tributos incidentes na operação da empresa. Isso quer dizer que, ao final do processo de análise individual dos tributos, devemos confrontar a redução da carga tributária efetiva imposta sobre a empresa. 4- Por fim, apresente para a diretoria e obtenha a aprovação. Então, tome todas as providencias necessárias para executar as tarefas e garantir os benefícios que foram estudados e mapeados para 2016. O importante é nunca esquecer: o sucesso do seu planejamento depende da soma de atitudes repetidas todos os dias. Então, mãos à obra! Luan Roberto Tavares Consultor de Contabilidade Consultor Empresarial certificado pelo SESCAP/PR INFORMATIVO TASSO & SCALZER 5

[close]

p. 6

FIQUE EM DIA Obrigatoriedade dos Profissionais Liberais Informar CPF de Clientes Médicos, odontólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, advogados, psicólogos e psicanalistas terão que identificar o CPF dos titulares do pagamento de cada um desses serviços, para fins de apuração do imposto de renda na modalidade Carnê-Leão, a partir de 2015. A estratégia da Receita Federal é cruzar as informações, a partir destes dados e obter indícios de omissão de receita de tais clientes. Esta nova obrigação está prevista na Instrução Normativa RFB 1.531/2014. Mesmo que não utilizarem o programa da Receita para o Carnê Leão, as informações relacionadas deverão ser prestadas nas Declarações de Ajuste Anual do ano-calendário a que se referirem. A Receita espera coibir fraudes na dedução e esses cruzamentos eletrônicos tendem a se intensificar com esta nova INFORMATIVO TASSO & SCALZER 6

[close]

p. 7

FIQUE EM DIA INFORMATIVO TASSO & SCALZER 7

[close]

p. 8

Não perca o próximo Seminário. Faça logo sua inscrição!!!! INFORMATIVO TASSO & SCALZER 8

[close]

p. 9

TASSO & SCALZER - CONTABILIDADE, CONSULTORIA E AUDITORIA LTDA Rua José Penna Medina, n° 195 Sala 903, Ed. Unique Business - Praia da Costa - Vila Velha/ES - CEP:29.101-320 Diretores Carla Tasso e Marcelo Scalzer Contato faleconosco@tassoconsultoria.com.br (27) 3311-5373 Jornalista responsável Danielle Rodrigues 1099/ES /TassoScalzer Editoração Produção /TassoScalzerConsultoria tassoconsultoria.com.br INFORMATIVO TASSO & SCALZER 9

[close]

Comments

no comments yet