Boletim UJC - Edição 1

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

boletim jc informativo u união o tude c juven da sta muni crescimento do capitalismo acarreta para a classe trabalhadora e em particular para a juventude a impossibilidade de melhores condições de vida a humanidade necessita superar o capitalismo para construir uma sociedade justa fraterna e igualitária uma sociedade socialista na perspectiva do comunismo a crise econômica mundial agrava a situação da classe trabalhadora em vários países do mundo em portugal na espanha e na grécia as juventudes dos partidos comunistas em conjunto com o movimento sindical se opuseram às políticas da união européia para a contenção dos efeitos da crise altas taxas de desemprego são verificadas em vários países europeus luta foi a respostas da classe trabalhadora destes países com paralisações e greves gerais na américa latina a juventude colombiana é vítima das políticas uribistas assassinatos de jovens da periferia das grandes cidades colombianas são contados como baixa dos exércitos guerrilheiros estes assassinados são chamados de falsos positivos e são a tônica da política do estado colombiano o estado realiza ainda uma forte perseguição política as lideranças estudantis na colômbia a luta da juventude comunista colombiana ­ juco e das entidades estudantis merece nosso total apoio e solidariedade na busca por uma solução política para o conflito armado com paz e justiça social países como venezuela e bolívia trilham novos caminhos e se contrapõem aos interesses do imperialismo a luta da juventude nesses países ganhou fortes aliados nos governos progressistas e o a uniÃo da juventude comunista e as eleiÇÕes gerais de 2010 avançados que buscam a integração através da construção da alternativa bolivariana para os povos de nossa américa cuba socialista resiste ao feroz bloqueio econômico impetrado pelos estados unidos a rebeldia dos cubanos inspira a nossa luta pelo socialismo no brasil a união da juventude comunista do brasil apoiará as candidaturas do partido comunista brasileiro ­ pcb ­ nas eleições gerais de 2010 fruto da necessidade de apresentar e defender a construção uma frente permanente de caráter antiimperialista e anticapitalista surge às candidaturas do pcb a ujc por sua vez ao reforçar e estabelecer uma relação política e ideológica com a linha política do pcb manifesta seu apoio militante às candidaturas do partido os governos neoliberais são os responsáveis diretos pela aplicação de políticas nefastas para a juventude brasileira o governo social liberal de lula não trouxe nenhum avanço para a juventude brasileira no sentido de alterar o grave quadro em que se encontra a juventude brasileira marcado principalmente pela violência e pelo desemprego o desemprego atinge diretamente os jovens brasileiros e as políticas públicas para a juventude como o programa primeiro-emprego do governo federal não trouxe nada de novo apenas mais uma propaganda governamental a crescente violência urbana faz com que os jovens principalmente das periferias das grandes cidades estejam na frente nos índices de homicídios a ausência de perspectivas de possibilidades e serviços públicos essenciais faz com que uma parcela considerável de jovens se associe ao

[close]

p. 2

boletim informativo 2 ujc união da juventude comunista tráfico de drogas e a delinqüência juvenil a ausência de um sistema público de saúde de qualidade faz com que vários adolescentes e jovens sofram de doenças originadas pelas mazelas sociais o aborto praticado clandestinamente acarreta no falecimento de várias jovens e adolescentes a maior parte da juventude brasileira não é atendida por um sistema de saúde pública universal o aumento no investimento em educação pública não possibilitou mudanças substanciais na educação em nosso país o setor da educação privada foi amplamente beneficiado com programas de isenção de impostos em troca de vagas a abertura de vagas para estudantes nas instituições federais de educação superior não trouxe consigo melhorias na assistência estudantil os institutos e centros de formação tecnológica buscam a formação técnicoprofissional voltada para as demandas do capital excluindo por exemplo a formação humanística os projetos e programas de incentivo ao esporte e lazer são destinados a uma parcela minoritária de jovens a maioria dos jovens brasileiros não tem acesso a políticas públicas para a juventude na área do esporte e lazer o incentivo a cultura e as atividades culturais dos jovens são insignificantes e mitigados enquanto se fomenta através de financiamento público projetos culturais ligados a iniciativa privada no campo o crescimento do agronegócio leva milhares de jovens a migrarem para as grandes cidades ou optarem por ocupações com condições precárias de trabalho as políticas habitacionais são insuficientes e a ausência da reforma urbana faz com que os jovens brasileiros sejam vitimados pela especulação imobiliária que proporciona aos filhos da classe trabalhadora condições precárias de moradia frente a este grave quadro social e econômico a resposta da juventude brasileira tem que ser política através do movimento estudantil da luta dos jovens trabalhadores do movimento negro do movimento feminista das intervenções culturais e de outros movimentos sociais e populares a juventude pode deixar sua marca de rebeldia e combatividade organizar a juventude brasileira para lutar contra as mazelas do capitalismo e em busca de um horizonte socialista é nossa tarefa principal a união da juventude comunista apóia e integra a campanha movimento do partido comunista brasileiro a candidatura de ivan pinheiro secretário geral do pcb a presidência da república é de fundamental importância para darmos um passo na construção de uma frente de caráter antiimperialista e anticapitalista o pcb lançará candidaturas em vinte estados do brasil as candidaturas do pcb são diferentes das demais candidaturas buscam a ligação com os movimentos sociais e populares através de uma campanha de novo tipo uma campanha movimento vários candidatos do pcb integraram a juventude comunista e participaram efetivamente da luta da juventude pelo socialismo no brasil em diferentes momentos de nossa história a ujc apresenta também várias candidaturas de membros da organização em santa catarina rodrigo lima é candidato a deputado federal e em goiás paulo vinicius mascote é candidato a deputado federal estes e outros camaradas compõem as chapas do pcb pelo brasil as eleições gerais de 2010 no brasil é um momento político importante para os jovens comunistas a ujc defende os apontamentos gerais e as propostas contidas no manifesto de agosto de 2010 do partido comunista brasileiro a coordenação nacional da união da juventude comunista ­ ujc ­ brasil se dirige a juventude brasileira manifestando seu posicionamento nas eleições gerais de 2010 todo apoio às candidaturas do partido comunista brasileiro juventude comunista vota 21!

[close]

p. 3

boletim informativo 3 ujc união da juventude comunista ivemos hoje no brasil um momento de recuo dos direitos trabalhistas a classe trabalhadora vê seus direitos sendo lentamente retirados o primeiro a ser atacado de forma mais aberta é o direito de greve nos últimos anos houve uma política institucional de enfraquecimento dos instrumentos de organização da população incluindo os sindicatos a destruição da organização da classe trabalhadora não se deu no entanto apenas pelo ataque às entidades de classe através da ferramenta da terceirização dos estágios dos empregos temporários a classe trabalhadora encontrou uma inconstância de emprego os terceirizados são enviados para trabalhar em outras empresas tão logo criem qualquer laço com seus colegas de local de trabalho os estagiários sofrem a constante pressão dos patrões e aceitam-a temendo sempre ser mandado embora recebendo metade para trabalhar o máximo possível os estagiários são explorados maltratados e ainda escutam que é para o bem do futuro que eles estão aprendendo ao ser explorados os trabalhadores temporários encontram-se em pior situação pagos por um período curto de tempo acabam em realidade trabalhando quantas horas por dia forem pedidas pelos patrões mesmo com subpagamento ou não pagamento de horas extras ao fim do tempo de contrato são jogados ao mar do desemprego mais uma vez essas precárias condições de trabalho são a regra entre a juventude os jovens trabalhadores hoje são em sua maioria ou estagiários ou empregados temporários ou encontram-se em condições de trabalho precário sem carteira assinada os jovens são também vítimas da terceirização trabalhando para pequenas ou grandes empresas prestadoras de serviço que vende o trabalho de seus empregados como os jesuítas faziam com os índios aldeados diante dessas condições os jovens encontram uma inconstância nas suas condições de vida de trabalho e também de estudo e pouco podem fazer pela baixa capacidade de organização sindical que as condições de trabalho dos mesmos permite É comum aos jovens nem mesmo permanecer na mesma área de trabalho por muito tempo dificultando ainda mais a sindicalização há ainda o desemprego crônico pelo qual passa a juventude o desemprego entre jovens é grande o suficiente para que o próprio estado brasileiro se preocupe com o incentivo de programas de criação de empregos para jovens É comum os v precarizaÇÃo do trabalho e sub-emprego estados pagarem parte do salário dos jovens em conjunto com as empresas privadas e vinculam o emprego do jovem ao desempenho do mesmo É o caso típico do programa meu primeiro emprego em são paulo exemplo que se repete em outros estados com outros nomes e especificidades próprias o estado não só aumenta o lucro das empresas privadas como adota a lógica empresarial de ver o auxilio à vida quem produz mais merece ter condições de vida quem não o faz é jogado junto aos condenados diante de tal realidade a ujc não pode se abster É o nosso papel denunciar as condições precárias às quais os jovens trabalhadores são jogados a ujc estará sempre atenta ao estudo do significado mais profundo de cada forma de emprego e cada programa de auxílio dos governos mas isso pouco significará se a juventude não estiver organizada por isso a ujc atua para a organização dos jovens criando espaços de discussão e aprendizado junto à nossa organização para que a falta de condições de trabalho não impeça que nós jovens lutemos por nossos direitos e por mudanças profundas em nossa sociedade viva a juventude trabalhadora por condições de vida trabalho e estudo!

[close]

p. 4

boletim informativo 4 ujc união da juventude comunista os últimos anos a petrobrás a partir da tecnologia desenvolvida pela própria em explorar petróleo em águas com grande profundidade fez a grande descoberta de jazidas de petróleo e gás natural no litoral brasileiro na chamada camada pré-sal que podem chegar a mais de quarenta bilhões de barris possuindo um alto valor no mercado internacional descobertas essas que são fruto dos trabalhadores da petrobrás e que poderiam estar a serviço da resolução dos problemas sociais do país contudo tais recursos atualmente são desviados em nome da abstrata lógica do mercado principalmente nas medidas do governo lula que ainda mantém a estrutura privatizante iniciada nos anos 90 antes de tudo devemos saber o que representa a tal lógica de mercado quais são as suas implicações reais e para quem ela interessa de fato n a juventude comunista e a questÃo do petrÓleo a privatização do petróleo e a anp durante os governos de fhc foi instituído dentro do pacote de quebra do monopólio estatal na exploração de petróleo a agência nacional do petróleo anp cuja finalidade é gerenciar e intermediar os leilões de concessão da exploração das nossas riquezas estas concessões para o setor privado representam uma maior qualidade na exploração não além de a petrobrás possuir uma tecnologia altamente qualificada e desenvolvida muitas concessões são dadas a empresas pioneiras e sem a menor experiência no ramo como a do milionário eike batista ou seja a privatização do petróleo evidencia mais ainda o privilégio que o estado brasileiro concede aos interesses da burguesia brasileira e do imperialismo justamente através das grandes empresas e corporações com participações de capitais nacionais e internacionais por vivermos em uma sociedade de classes o discurso e medidas em torno da problemática das descobertas do pré-sal vem sendo divulgadas e debatidas pela grande mídia a partir do ponto de vista da burguesia sendo enfatizado a demanda de crescimento econômico a repartição entre as frações da burguesia e suas diferenciações por regiões conforme acompanhamos no rio de janeiro nós comunistas compromissados com os interesses históricos das classes trabalhadoras discutimos e agimos na problemática do petróleo com a perspectiva da superação dos problemas sociais através de outras relações de poder direto o que chamamos de poder popular além de apontarmos para a necessidade de construção de uma nova sociabilidade e qual é o nosso posicionamento primeiramente temos a clareza da necessidade de rompimento com estruturas privatizantes no estado brasileiro e por isso propomos o fim da anp e o fim imediato dos atuais leilões e é claro apontamos como prioritária a reestatizaÇÃo da petrobras tendo em vista que a mesma não é 100 estatal mais de 50 de suas ações são vendidas em bolsas de valores como em nova iorque contudo é notório que na atual forma de organização do estado brasileiro a reestatização por si só não resolve o problema de finalidade e prioridade de investimentos pois o atual estado está inteiramente compromissado com os interesses da burguesia brasileira e internacional por isso acreditamos que é fundamental o controle dos trabalhadores neste processo de reestatização com o apontamento de superação do capitalismo no que tange a distribuição dos recursos pelo país defendemos que o critério utilizado seja o índice de desenvolvimento humano idh de cada estado através de maior recebimento aos estados em piores situações sociais ou seja desenvolvemos uma proposta a partir da ótica dos interesses das classes trabalhadoras antagônicas com as demandas e desejos das classes dominantes que inclusive revelam contradições em suas frações regionais e locais em suma a proposta dos comunistas do pcb e da ujc se caracteriza por ser efetivamente nacional comprometida com as questÕes sociais além de estar subordinado à estratégia de superaÇÃo do capitalismo através da constituição e controle destas riquezas pelo poder popular a campanha o petróleo tem que ser nosso a ujc juntamente com o pcb vem participando ativamente da campanha que contempla um conjunto de forças organizações e movimentos de diferentes concepções e estratos sociais a campanha acertadamente iniciou de fato através de um programa mínimo fruto do consenso estabelecido na plenária em guararema¹ na escola florestan fernandes tal programa reunia pontos como a reestatização da petrobrás o fim dos leilões do petróleo e o cancelamento de todos até então realizados em sua maioria pela anp com grande influência das propostas formuladas pelo pcb a partir desta unidade programática se intensificaram atos,

[close]

p. 5

boletim informativo 5 ujc união da juventude comunista organizações de comitês panfletagens e mobilizações de rua como por exemplo a manifestação que houve em frente à sede da anp contra os leilões do petróleo ­ manifestação que foi duramente reprimida pela polícia deixando diversos militantes feridos alguns com gravidade no entanto a partir da necessidade concreta de expandir a campanha hoje existe claramente uma divisão no interior da mesma inclusive refletindo as divergências que existem entre a categoria dos petroleiros de um lado estão grupos como por exemplo correntes do pt que podemos classificar como nacionalistas que defendem a petrobrás sem contestar com ênfase a atual estrutura de gerência com o setor privado no interior da empresa defendendo as medidas que o atual governo vem gerindo nesta questão do petróleo porém estes estiveram na construção política de guararema ainda temos o pc do b ocupando a presidência da anp que propõe uma nova estatal para gerenciar as riquezas do pré-sal esta posição vem sendo representada através da une inclusive no pressuposto de ampliar a campanha para grupos² como o próprio pc do b e pmdb existe o risco de se flexibilizar o consenso programático de guararema o outro setor que denominamos como socialista na campanha defende o consenso político estabelecido como fundamental para se construir as mobilizações e a massificação das reivindicações neste setor o pcb/ujc assim como o mst o mtd e o consulta popular vem tendo muitas convergências a ações conjuntas correntes do psol e pstu também estão no campo contudo com um distanciamento por conta do sectarismo ou ausência de formulações concretas para esta questão a ujc/pcb vem sendo totalmente contra a proposta por uma nova estatal pois enxerga que esta serviria como uma nova agência reguladora de leilões além de analisar a flexibilização de bandeiras como a reestatização da petrobrás e o fim dos leilões como algo extremamente rebaixado nos rumos da campanha portanto atualmente a nossa atuação se baseia no consenso programático estabelecido na plenária de guararema principalmente nos itens de reestatização da petrobrás e o fim dos leilões e cancelamento dos anteriores por construir uma linha política acertada e nacional é fundamental que a ujc coopere na construção e fortalecimento da campanha nacionalmente por mais que infelizmente esta ainda esteja concentrada no rio de janeiro rio grande do sul e minas gerais fortalecimento este que deve se dar através de suas frentes de luta seja no movimento estudantil formando comitês nas universidades escolas e propagando nossas propostas seja no movimento sindical ou no movimento cultural outra questão fundamental é que cada vez mais discutamos e nos informamos sobre esta questão em grande disputa e em constantes mudanças para que possamos continuar influindo qualitativamente neste movimento em suma cumprindo o papel histórico dos comunistas 1 a plenária ocorreu em maio de 2009 2 também por motivos eleitorais obviamente o bloco de sustentação do governo do pt sperança é o principal sentimento emanado por cuba seu povo e sua revolução aos oprimidos por todo o mundo há mais de 51 anos em um 1 de janeiro de 1959 que o heróico povo cubano livrou-se definitivamente das garras da grande águia do norte e iniciou seu próprio caminho de soberania liberdade e justiça o triunfo da revolução cubana é o culminar de quase 100 anos de incansáveis batalhas e sacrifícios das massas e seus verdadeiros heróis uma esperança que se torna ainda mais concreta se compreendemos a história deste processo real e presente forjado por um movimento de gerações revolucionárias e cuba e a esperanÇa socialista se compreendemos a história deste processo real e presente forjado por um movimento de gerações revolucionárias a medida que avançavam as conquistas do heróico povo cubano pós 59 crescia também a contra-ofensiva do império que se mantem até hoje tentando dificultar a construção desta nova sociedade um exemplo é o impacto dos atentados terroristas e do bloqueio economico aprovado em 1962 e reafirmado este ano mesmo assim em tao adverso cenário os feitos da revolução cubana seguiram impressionando os povos em poucos anos

[close]

p. 6

boletim informativo 6 ujc união da juventude comunista cuba desenvolve-se como potência científica em diversas áreas como a medicina e a farmacologia torna-se o país com maior expectativa de vida e menor mortalidade infantil das américas números comparáveis aos mais desenvolvidos países europeus desenvolve-se no âmbito dos esportes e cultural sendo por exemplo o país de todo mundo com o maior percentual de escritores per capita mostra do nível intelectual alcançado pelo povo durante o socialismo nas artes plásticas na dança na música no cinema e no teatro a revolução deixou também sua marca um povo culto é um povo livre parafraseando josé martí o socialismo cubano também não acabou em si mesmo os cubanos deixaram marcas de emancipação em diversos países na África para exemplificar contribuíram com os esforços para a libertação nacional de várias nações como angola etiópia congo e moçambique sendo sua participação fundamental para o fim do regime apartheid na África do sul na década de 80 os acordos com o campo socialista passaram a responder por 85 do intercambio de mercadorias realizadas por cuba na década de 90 com a desintegração da urss e do socialismo no leste europeu teve inicio uma das épocas mais difíceis da história do aguerrido povo cubano o período especial no primeiro ano após a dissolução do campo socialista do leste europeu e da união soviética o produto interno bruto decaiu 33 a questão energética foi uma das mais prejudicadas colapsando o transporte um exemplo do caos gerado foram as muitas safras de alimentos que apodreceram no campo já que sem combustível para o transporte não podiam ser deslocadas às cidades faltavam alimentos remédios e outros produtos essenciais nesse contexto o cruel bloqueio imperialista tornou-se ainda mais perverso mesmo com tamanhas dificuldades em pleno período especial o povo cubano reafirma sua vontade de seguir construindo o socialismo em plebiscito nacional com mais de 90 dos votos e uma participação de quase 100 da população talvez por tão heróica resistência e convicção do rumo escolhido que fidel considera o período especial o mais glorioso dos 50 anos da revolução cubana em contraponto o período especial gerou também uma serie de novas contradições cujas soluções tornaram-se atualmente os principais desafios para o avanço do socialismo em cuba para reverter o processo de carência e dependência econômica criaram-se diversas empresas mistas parcerias entre o estado sócio majoritário ­ e empresas capitalistas com a finalidade de aumentar e diversificar a produção agrícola e industrial para incrementar a arrecadação do estado cuba foi obrigada a abrir-se ao predatório turismo internacional com tais medidas cuba pôde evitar a ofensiva da contra-revolução capitalista e manter as mais importantes conquistas da revolução no entanto este longo período de dificuldades materiais foi bastante marcante na determinação da consciência social um grande contingente de cubanos deixou o país durantes os anos do período especial e problemas como a prostituição o mercado negro e a corrupção tornaram-se novamente presentes as desigualdades internas foram intensificadas essas contradições têm sido os maiores desafios do estado cubano do partido comunista e das organizações de massa o governo revolucionário tem proposto à população uma série de reformas que não significam uma abertura ao sistema capitalista como muitos afirmam mas sim a necesária busca pela superação destas contradições uma delas trata da legislação trabalhista e objetiva aumentar a produtividade industrial e a agilidade dos serviços por meio de incentivos materiais aos trabalhadores mais dedicados e comprometidos com a revolução tal medida vem no sentido de reafirmar o principio socialista de receber de acordo com seu próprio trabalho e esforço rumando assim no sentido de diminuir a burocratização dos serviços e a corrupção que estagnam a produção outra importante medida adotada recentemente é a distribuição das terras ociosas do estado aos pequenos agricultores e a garantia de condições para produzir com o objetivo de aproximar cuba da soberania alimentar nós da juventude comunista lutamos para que os jovens não apenas se solidarizem com a revoluçao cubana mas que criem uma visão crítica também sobre os processos que defendemos como parte da nossa própria luta a revolução cubana não é perfeita não está acabada e não é homogênea É sim um processo contraditório inacabado e profundamente heterogêneo assim como segue sendo qualquer processo de transformação incluindo a transição socialista e para além os cubanos e sua direção

[close]

p. 7

boletim informativo 7 ujc união da juventude comunista não está acabada e não é homogênea É sim um processo contraditório inacabado e profundamente heterogêneo assim como segue sendo qualquer processo de transformação incluindo a transição socialista e para além os cubanos e sua direção revolucionária unidos como um só movimento conhecem e cotidianamente buscam criar os meios para superar as contradições que surgem ao caminhar no entanto o povo cubano tem a clareza que existem contradições em que as soluções estão fora do seu alcance direto que não dependem se suas próprias pernas não queremos fazer referencia apenas ao genocida bloqueio ou qualquer outra das repugnantes políticas imperialistas mas da dificuldade potencializada que é construir o socialismo em uma pequena e pobre ilha caribenha dessa forma cuba não cruza seus braços e o solidário internacionalismo proletário é efetivado com inúmeras ações como os quase 50 mil estrangeiros atualmente estudando em suas universidades ou as missões em mais de 70 países dos médicos e educadores cubanos o povo cubano sabe que para continuar defendendo e avançando no seu socialismo é uma necessidade mais que urgente o levante dos povos oprimidos pelo mundo seguindo esse mesmo princípio a ação mais importante do povo brasileiro na defesa da revolução cubana é a realização da sua tarefa de casa a revolução socialista no brasil esde a segunda guerra mundial a região do oriente médio foi considerada uma das mais explosivas do nosso planeta dentro dessa região encontra-se a questão palestina em 1947 a onu sem consultar a população árabe local aprovava o plano de partilha da palestina de acordo com esse plano seriam criados dois estados um judeu e outro árabe-palestino no entanto o povo árabe sem curvar-se à imposição das potências ocidentais não aceitou a partilha nem a criação do estado de israel iniciando o primeiro conflito armado entre árabes e judeus importante ressaltar que essa não é uma questão puramente religiosa pois esses povos viveram harmonicamente durante muito tempo principalmente durante a idade média portanto a questão é fundamentalmente política o resultado desse conflito foi a vitória israelense o território demarcado para o estado palestino foi riscado do mapa sendo partilhados entre israel a maior parte a jordânia e o egito nesse momento iniciava-se a diáspora palestina conhecida como questão palestina muitos apostavam ­ principalmente o estado d solidariedade À palestina de israel que com o tempo os palestinos iriam integrar-se nos países árabes vizinhos entretanto ocorreu o contrário mesmo com toda a agressividade do estado terrorista de israel e passados 63 anos da partilha da onu o povo palestino resiste e cultiva o sentimento cada vez mais forte de libertação nacional assim com essa breve apresentação da questão palestina fica clara a importância da solidariedade das organizações revolucionárias com o povo palestino para a união da juventude comunista ujc a questão palestina deve ser encarada como uma campanha prioritária para nossa atuação política nesse sentido nossa militância em cada estado deve buscar articulações com outras forças políticas e movimentos sociais organizando debates nas escolas e universidades panfletagens e atos públicos e uma ampla campanha de agitação e propaganda com bandeiras camisas faixas chaveiros dentre outros materiais em breve a coordenação nacional da ujc estará disponibilizando uma pequena brochura sobre

[close]

p. 8

boletim informativo 8 ujc união da juventude comunista sociais organizando debates nas escolas e universidades panfletagens e atos públicos e uma ampla campanha de agitação e propaganda com bandeiras camisas faixas chaveiros dentre outros materiais em breve a coordenação nacional da ujc estará disponibilizando uma pequena brochura sobre a questão palestina esse material servirá como subsídio para as discussões estaduais e estará dividido em dois tópicos uma fundamentação teórica sobre a temática e as diferentes formas de luta que podem ser encampadas pelas estaduais nossa tarefa fundamental é nos articularmos com outras organizações/movimentos e construirmos atividades exercendo nossa solidariedade internacionalista e lutando cotidianamente por uma palestina livre laica e democrÁtica ousar lutar ousar vencer ujc união da juventude comunista fundada em 01 de agosto de 1927 completará esse ano 83 anos de luta sendo organicamente ligada ao pcb partido comunista brasileiro e reconhecida pelo partido como sendo sua expressão política e organizativa junto à juventude possui uma historia marcada por importantes lutas junto ao partido e o povo brasileiro como á exemplo na campanha do petróleo é nosso e na fundação e organização da une no período da ditadura passa nos dias de hoje por um momento de reorganização que se iniciou em 2006 no congresso nacional de reorganização na cidade de belo horizonte e que se concretizou recentemente em nosso v congresso nacional fortalecendo nossa organização dando assim um importante passo na construção de um instrumento na luta pelo socialismo sabemos que na atual conjuntura vivemos uma onda de globalização responsável pela generalização do pensamento neoliberal em detrimento a autodeterminação dos povos a viva À ujc pelos seus 83 anos transformando e regulando quase que todas as culturas e suas estruturas na regra de mercado este possuidor de uma lógica consumista e desumana do capitalismo tal pensamento é responsável pelo atual quadro de crise econômica em que vivemos onde só quem paga é o trabalhador diante desta realidade a juventude não se vê livre das mazelas geradas pelo capitalismo visto que é um dos segmentos da sociedade que mais sofrem com esse sistema seja em marginalização e criminalização ou na falta de oportunidade do emprego ou da educação por isso em seu 83° aniversario a ujc reafirma seu compromisso com a tática e estratégia do pcb para com a revolução brasileira esta de caráter anti-capitalista e anti-imperialista e entende que para concretizar esta estratégia é necessário organizar os jovens comunistas brasileiros para que junto com o povo e sua classe operaria possamos consolidar o caminho para revolução socialista 83 anos de lutas acesse site www.ujc.org.br blog www.uniaodajuventudecomunista.blogspot.com/

[close]

Comments

no comments yet